Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Renato Ferencz

Membro
  • Total de itens

    206
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Renato Ferencz

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 05-03-1986

Profile Fields

  • Sexo
    Feminino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Renato Ferencz

Informações de Perfil

  • Localização
    Curitiba - PR

Últimos Visitantes

575 visualizações
  1. Andrey, o programa da GoPRO mesmo é free e tem bastante opções!! É relativamente fácil de mexer, único porém que ele converte os vídeos antes de começar a edição então se for vídeo grande pode levar um certo tempo. Uso em combinação com o de edição da Sony, mas o da gopro é bem mais completo, inclusive podendo usar Templates que você vai encaixando o vídeo e fica uma edição bem legal.
  2. A minha dúvida não é qto a questão da quantidade de Alcool pela octanagem, mas sim pela lubrificação dos motores 2 tempos, visto que o óleo para eles é feito para ser misturado a gasolina. Será que ele mistura ao álcool da mesma forma para que não haja perda da lubrificação dos motores? Se 25% do combustível de queima (alcool) for sem óleo acredito que influencie na vida útil do motor!
  3. Sim, essa forma que você apresenta seria desmontando a parte da carretilha mesmo. Alguém postou no fórum aqui essa forma. Eu prefiro tirar os imãs por ser mais fácil e rápido para voltar se precisar, mas a sua forma é a mais completa de fazer mesmo.
  4. Tenho uma Sony HDR100 que vem o com o controle remoto seguem alguns pontos positivos e negativos: Cartão de 16gb dá para 1h e 12min de filmagem em full hd 60 fps, que é a qualidade máxima dela, ou seja, no mínimo 1h e 12 min. Positivos: -Qualidade, ângulo e estabilização de filmagem excelentes - Som excelente - Filma em slow motion até 240 fps ( 8x mais lento fica em 30fps que é o padrão para assistir) - Splashproof, ou seja, pode molhar ela sem a capa (não mergulhar, claro) - Controle remoto auxilia para ativar a distância - GPS embutido grava todo o percurso com velocidade que depois dá para embutir na filmagem, no youtube tem demonstrações Negativos: - Case à prova dágua embaça, para resolver é necessário colocar um saquinho pequeno de silica dentro, por sorte tem uma folga entre câmera e case que cabe certinho - Não é possível ver o que filmou ou fotografou na câmera através do controle remoto - Não é possível apagar fotos ou filmes pela câmera (apenas formatar o cartão, apagando tudo de uma vez só) Considerações: Ela equipara-se a GOPRO 3 Black (top da gopro 3) , mas custou 700 reais a menos. Paguei R$1000,00, e não me arrependo, funciona muito bem. Os pontos negativos dela eu já sabia antes de comprar e dá para viver com isso. Importante sempre ter bateria e memória reserva, porque já deixei ela gravando sem querer sozinha e acabou os 2, aí se não tiver reserva já era (como não consegue apagar o video sozinho teria q formatar, e se já filmou coisas importantes antes fica perdido)
  5. Eu fiquei satisfeito com as 68mph na verdade, o que estranhei mesmo foi ele não descolar com a tempest, mas logo testarei com ela sozinho, aí digo aqui, valeu as dicas!!
  6. Fala Fabrício, obrigado pela resposta. É bem próximo do que eu imaginava mesmo. O motor é o F200, 4 cilindros e o jack é mecânico. Com a trophy ele bateu 68mph com o barco leve e trim alto, a pressão d água dele ainda não alterou nessa configuração mas o casco já parece estar no limite de "não descolar" . Minha ideia é chegar no máximo do barco apenas para saber que eu estou navegando na configuração ótima, não para ficar andando no limite não, então quero buscar uma configuração que navegue ao máximo com uma carga média, sem cair drasticamente se estiver mais carregado por não descolar. O que mais me confundiu foi o fato de na mesma altura ele mudar tanto da trophy pra tempest, mas a carga mudou razoavelmente de um teste pro outro, o que atrapalhou com certeza. (uma pessoa mais tralhas e uns 30 a 40l de combustivel a mais). Tinha experiência no quest 160 com 90hp, o salto é grande... mas já peguei um tanto o jeito com esse também. Ninguém pilotou ainda até o limite para eu comparar, mas não sobrou trim nem manete pra eu passar dos 5600 e 68mph na minha tocada então não sei se nessa configuração passa muito disso.
  7. Boa tarde, queria ver se alguém me dava uma luz do que fazer, vamos as especificações: Barco : Quest Z19 Motor: Yamaha 200hp 4t Jack 10" 1º Teste: Hélice Original Yamaha 21 com motor bem baixo : 62 mph - Rotação estourando os 6200 rpm 2° Teste: Hélice Trophy 24 - Subi o motor (não sei a altura q está) : 68mph - 5600rpm , mas o barco parece já estar no limite de altura da frente próxima a água, parece que se subir mais não descolará pois --- 3º Teste: Hélice Tempest 25 - Motor mesma altura da Trophy : Barco não descola da água, resultando em 55mph e 5400 rpm se não me engano... Minha dúvida é se baixar o motor e usar a 25 conseguirei descolar o barco ou se isso já demonstra que a 24 está mais perto do ajuste e devo continuar trabalhando nos ajustes em cima dela.
  8. Valeu Fernando, arrumei, era só colocar o link completo invés do link que eles dão pra compartilhar né... bobeira minha!
  9. Segue uma dica que fiz mostrando como arrumo meus camarões com rabo torto, aqueles que entortam ao entrar em contato com outras marcas de camarão e reagir. Tomara que ajude: https://www.youtube.com/watch?v=PJD0mowDW0k
  10. Segue um vídeozinho que fiz explicando a forma de melhorar a soltura de linha das carretilhas que possuem freio magnético. Sei que essa dica já foi dada outra vez, mas vejam o vídeo e entenderão que a forma que faço é mais rápida e fácil!!! Espero que seja útil: https://www.youtube.com/watch?v=VVCQkhv45uw O vídeo não está aparecendo aqui não sei porque, mas aí o link!
  11. Talieri, apesar desse modelo que você mostrou ser menos feio eu não recomendo-o, porque? Veja que ele não tem furos em volta, logo, se molhar o pé, a água acumula dentro do calçado tipo uma piscininha, só percebi isso depois de usar um desse uma semana na Amazônia.. Uso aquele com "couro" em cima que apesar de ser pior para molhar e ter o velcro atrás ele não queima o pé que nem o de bolinhas, então nem preciso passar protetor no pé, e está aguentando bem o tranco, já o uso a uns 3 anos ou mais
  12. Gostei, gostei também por ficar mais barato e por poder escolher tamanho de chumbo independente de tamanho de anzol. Quando compra jighead sempre fica limitado no que tem a venda. Gosto de uma cor bem próxima a essa também. Valeu a dica
  13. No Carolina rig não se perde sensibilidade da batida pela linha estar esticada até o chumbo e depois do girador o camarão fica "solto" lá para trás? Que perde menos peixe depois de fisgado concordo, mas para fisgá-los não sei se facilita. Quanto a montagem atada achei bem bacana pelo fato da mudança rápida de chumbo, a linha não enrosca ali de vez em quando?
×
×
  • Criar Novo...