Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
WD Allen

Pescaria exclusiva em rios amazônicos.

Posts Recomendados

A Amazona experiência é um empréstimo de nossas crianças e nossos netos.........!

O que vai você fazer sobre operadores que pagam por acesso exclusivo a suas pescas, seu peixe, & seu país?

Durante a maioria de 2010/11 estação o Rio Marie que são ocidental de Sta Isibel do Rio Negro, (mais outros rios também) era liquidado para uso exclusivo privado.

Agora.....................

Promoções são atualmente públicas para a estação 2011/2012 que usa um falso nome de Rio Tucano para Rio Marie como pescas de acesso privadas exclusivas.

(Também otros áreas em reservas de indigenious)

http://tripfinder.acuteangling.com/Trip ... .cfm?ID=11

http://www.acuteangling.com/Newsletters ... AAnews.pdf

(Quem sabe isso que Rio ao que o falso nome de Rio Arara recorre?)

Se você planejar fazer diferente de há pouco falar sobre isto, você deveria fazer isto agora, porque estação é agora 5/6 meses de.

Meu avô disse, ("nós normalmente achamos uma diferença grande no tamanho da boca de um homem & o tamanho das bolas dele"....)

Assim Naonao:: negativo:: Conada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

WD, muito complexo essa questão.

Não sei se o q vou dizer abaixo representa a verdade "verdadeira"...hehee...então, caso eu esteja falando alguma inverdade, por gentileza me corrijam...ok?!?! A turma mais experiente aí, mais sabedoura de direitos ambientais e etc...me ajudem.

WD.....quanto a sua pergunta, vamos lá.

O Rio Marié...até os dias de hoje, e até onde se sabe, é um rio que passa dentro de TERRAS INDÍGENAS FEDERAIS, portanto, pescaria esportiva lá dentro é PROIBIDA.

Em rios "indígenas" só existem poucas licenças de acesso, dentre elas, a de pesquisa científica e outras poucas...ou seja, visitação, pesca esportiva, passeios e etc, TAMBÉM SÃO PROIBIDOS.

O Rio Marié até ontem não era "cobiçado" pelos pescadores/operadores amazônicos. Se nós apagássemos o Marié do mapa do Brasil não faria a menor diferença para pesca esportiva do tucunaré, mas como o Andréa tinha autorização de acesso ao rio (pesquisa científica), e após ele ter batido o recorde mundial e todos acreditarem q ele pegou este peixe lá dentro....tá todo mundo querendo pescar lá.

Os operadores norte americanos estão divulgando aos "4 cantos do mundo" q o peixe foi pego lá...e estão fazendo um marketing enorme em cima disto para ganharem dinheiro (capitalismo puro).

É sabido de todos nós q os norte americanos fazem de tudo para terem acesso exclusivo a estes rios indígenas, isso, para pesca esportiva.

O q os americanos fazem para pescar exclusivamente nestes rios?!?!?

Simples, eles pagam caro pra isso. Pagam até 30 mil dólares a temporada para terem acesso exclusivo.

Mas a verdade é q todos nós tb queríamos pescar lá dentro, só q não temos dinheiro para fazer a mesma coisa q eles estão tentando fazer.

Como a terra "pertence" aos índios, nada q muitos dólares não possam mudar a idéia deles de manterem contato com o branco...kkkkk...E, como a terra "é deles", eles podem deixar entrar apenas quem eles querem. O resto eles podem proibir o acesso.

Já nós, alguns brasileiros, e alguns norte americanos que não tem dinheiro para pagar o acesso ao Marié, ficam putos quando os gringos conseguem acesso a estes rios e cobram quase 6 mil dólares a semana de pesca lá dentro.

O q há de ilegal nisto???

Não sei te dizer.

Não sei como estes dólares entram no Brasil, não sei se estes operadores pagam os impostos devidos ao Governo (isso se tiver q pagar mesmo).

Agora, cabe ao Governo e seus órgãos, fiscalizarem isto.

Eu, como simples pescador esportivo, não posso sair denunciando as pessoas por aí sem ter provas de q elas estão fazendo ou deixando de fazer algo legal.

Cabe a mim, como denunciante, provar q estes gringos estão fazendo algo de ilegal.....e se eu não conseguir provar nada, futuramente eles podem me acionar na justiça por ter feito uma denúncia falsa contra ele.

O q vou lhe falar é fato.

Caso os gringos sejam proibidos de pescar dentro do Maríe....NINGUÉM será autorizado a pescar lá dentro.

joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

WD,em primeiro lugar essa operacao nao eh exclusiva para gringos,ela esta focada nesse cliente,mas qualquer um de nos pode ir pescar la,basta pagar.Caro, eh verdade doeu:: ,mas nao ha discriminacao de nacionalidades.Um dos socios eh brasileiro e mora em Manaus.

Em segundo, acho que o caminho para a preservacao de reservas como o Marieh eh esse mesmo. ::tudo:: A operadora ''abriu'' o rio porque apresentou bem elaborado projeto de inclusao social atraves da pesca esportiva e tiveram aval dos orgaos competentes para tal. Outras operadoras tambem podiam faze-lo,no entanto.............da um trabalho. doeu:: doeu::

Pena que os Governo Federal e o Estado do Amazonas, nao tenham ordenado a pesca em todos os rios da regiao amazonica dessa maneira,se isso tivesse sido feito a 20 anos atras...... danca:: danca::

Alias,se alguem aqui do forum quiser dar um tiro la em Setembro,me da um toque,podemos arranjar isso. joia:::

Sds.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

WD,em primeiro lugar essa operacao nao eh exclusiva para gringos,ela esta focada nesse cliente,mas qualquer um de nos pode ir pescar la,basta pagar.Caro, eh verdade doeu:: ,mas nao ha discriminacao de nacionalidades.Um dos socios eh brasileiro e mora em Manaus.

Em segundo, acho que o caminho para a preservacao de reservas como o Marieh eh esse mesmo. ::tudo:: A operadora ''abriu'' o rio porque apresentou bem elaborado projeto de inclusao social atraves da pesca esportiva e tiveram aval dos orgaos competentes para tal. Outras operadoras tambem podiam faze-lo,no entanto.............da um trabalho. doeu:: doeu::

Pena que os Governo Federal e o Estado do Amazonas, nao tenham ordenado a pesca em todos os rios da regiao amazonica dessa maneira,se isso tivesse sido feito a 20 anos atras...... danca:: danca::

Alias,se alguem aqui do forum quiser dar um tiro la em Setembro,me da um toque,podemos arranjar isso. joia:::

Sds.

É por aí mesmo, Celso...Vem alguém primeiro e se lasca para conseguir acesso, perde tempo, dinheiro, e etc, daí o resto do mundo e quer entrar na macióta, sem pagar nada...hehehe.

O rio é indígena...então, como disse lá pra cima, é proibido a pesca.

Como os gringos tem "bala" pra gastar...acabam se dando bem.

Agora, nem tudo "são flores"....pois este tipo de operação tem tudo para ser feita apenas pelos abonados, sejam eles gringos ou não, o q não é "bom" para a grande maioria de nós pescadores "mortais".

Foram estes gringos/operadores q estavam lá no Marié quando o Andréa foi barrado...e o Andrea me disse q uma das exigências q eles fizeram foi a de ter exclusividade no rio.

Sei q tal procedimento faz parte do comércio, dos negócios e etc....mas não me sinto confortável em saber q gringos abonados abrem portas antes fechadas para todos.

Cabe aos outros operadores correrem atrás do prejuízo e tentarem fazer o mesmo.

Enquanto isto...deixemos os gringos pescarem lá pra cima...Fazer o q?!??! doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio,vou um pouco mais longe........

Se houvessem mais locais fechados na Amazonia,acabava com aquela bagunca que viraram alguns rios.Tenho certeza que o aumento da oferta de bons locais de pesca,faria com que o preco desses tipos de pacotes fossem viaveis para a maioria dos pescadores.Lei da oferta e da procura.Acho que a solucao para a pesca esportiva na regiao,passa pelo ordenamento da atividade e o licenciamento especifico para cada regiao.Vc ja viu a quantidade de operador que tem em Barcelos?! doeu::

Quem montou o projeto do Marie foi um brasileiro,morador de Manaus,o cara foi la,investiu correu atras... joia:::

Torco para que outros operadores brasileiros facam o mesmo,quem sabe isso nao vai democratizar essas regioes ::tudo::

O Jau ta la dando sopa,quem se habilita?? :gorfei: :gorfei:

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio,vou um pouco mais longe........

Se houvessem mais locais fechados na Amazonia,acabava com aquela bagunca que viraram alguns rios.Tenho certeza que o aumento da oferta de bons locais de pesca,faria com que o preco desses tipos de pacotes fossem viaveis para a maioria dos pescadores.Lei da oferta e da procura.Acho que a solucao para a pesca esportiva na regiao,passa pelo ordenamento da atividade e o licenciamento especifico para cada regiao.Vc ja viu a quantidade de operador que tem em Barcelos?! doeu::

Quem montou o projeto do Marie foi um brasileiro,morador de Manaus,o cara foi la,investiu correu atras... joia:::

Torco para que outros operadores brasileiros facam o mesmo,quem sabe isso nao vai democratizar essas regioes ::tudo::

O Jau ta la dando sopa,quem se habilita?? :gorfei: :gorfei:

Abs.

Poderia dar mais detalhes, Celso???

O quê foi feito? Algum convênio com contrapartida?

Houve participação da FUNAI e/ou do Ministério Público Federal?

[]s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"A Amazona experiência é um empréstimo de nossas crianças e nossos netos."

Sim eu concordo Fabricio,

às vezes nós pensamos que nós sabemos que certas coisas e nós achamos que nós não sabemos nada com certeza.

Então há tempos eu me lembro de repente eu estou no Brasil e talvez não há nada com certeza…… ?KKKKKK?

Aqui estão alguns pontos que eu acredito para ser fatos de minha experiência. Poderia provar interessante se alguma pessoa qualificada elaborar mais longe.

1. nenhum líder índio local pode organizar acordos empresariais com qualquer um que propósito do acordo é regulado por FUNAI. Qualquer chefe índio ou índio que concordou em evitar leis de FUNAI federais estaria em ações ilegais.

2. qualquer permissão para entrar em qualquer FUNAI reserva indígena só deve ser assinada pela diretora de FUNAI depois de requerimento e prova de identidade por cada pessoa individual no grupo visitante.

3. uma permissão deve ser emitida para cada pessoa e deve ser válido para só aquela viagem ou deve ser especificado projeto e um tempo específico. Mais de uma viagem de projeto deve ser aprovado e deve ser reeditado cada tempo de entrada por cada pessoa entrar.

4. é altamente improvável qualquer permissão será emitida para pesca de esporte dentro da área de reserva. (Porém, eu acredito que FUNAI é obrigado permitir um grupo para ATRAVESSAR uma reserva índia para chegar a do rio acima e não dentro da reserva. Eu acredito que isto vem sob a condição de não recusará acesso público?)

5. embora algum operador pode ter prometido $30 mil dólares por temporada para a comunidade, há ninguém que ingênuo, não qualquer um. Isso é uma piada. Com os custos de operação e trocaUSD$,, ninguém poderia operar pagando que como uma verdadeira obrigação $30 mil. (Eu acredito que você achará promessas feitas e realidade pagou longe de igual e muito como o circo de Rio Unini prévio,, onde subornou os habitantes achou os dólares prometidos um bastante curto quando contou. É irônico que nós achamos alguns dos mesmos operadores envolvidos em Marie e o circo de Unini prévio, eu penso.)

6. eu tenho que lembrar Sr. Mendonça que debaixo de lei federal, não importa que programas de ajuda social ou financeira dá às pessoas. O fato de dar ilegalmente viola o espírito de por que a reserva é ordenada. É ilegal poluir a religião indígena, cultura e vida por qualquer estranho se Brasilaro, Americano, ou pequeno Chinês, Celso. Naonao::

Os comentários sobre seria sobre que a pessoa poderia esperar, e eu estou chocado que o assunto pode explicado tão facilmente & esquecido por ' dólares de gringo'. doeu:: Eu aconteço para acreditar que algumas pessoas não gostam sendo jogado,,, quando vem a direitos, e reais leis?????????? mau:: Nós veremos.

Alguém deveria descobrir o que FUINAI tem que dizer sobre este primeiro, não?

Talvez um telefonema!

A razão eu acredito o anterior ser um pouco verdade é que eu sou um engenheiro mineiro que lidou com FUNAI e licenças de acesso durante os últimos 20+ anos no Brasil do norte. buaa::

"WD"

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

"A Amazona experiência é um empréstimo de nossas crianças e nossos netos."

Sim eu concordo Fabricio,

às vezes nós pensamos que nós sabemos que certas coisas e nós achamos que nós não sabemos nada com certeza.

Então há tempos eu me lembro de repente eu estou no Brasil e talvez não há nada com certeza…… ?KKKKKK?

Aqui estão alguns pontos que eu acredito para ser fatos de minha experiência. Poderia provar interessante se alguma pessoa qualificada elaborar mais longe.

1. nenhum líder índio local pode organizar acordos empresariais com qualquer um que propósito do acordo é regulado por FUNAI. Qualquer chefe índio ou índio que concordou em evitar leis de FUNAI federais estaria em ações ilegais.

2. qualquer permissão para entrar em qualquer FUNAI reserva indígena só deve ser assinada pela diretora de FUNAI depois de requerimento e prova de identidade por cada pessoa individual no grupo visitante.

3. uma permissão deve ser emitida para cada pessoa e deve ser válido para só aquela viagem ou deve ser especificado projeto e um tempo específico. Mais de uma viagem de projeto deve ser aprovado e deve ser reeditado cada tempo de entrada por cada pessoa entrar.

4. é altamente improvável qualquer permissão será emitida para pesca de esporte dentro da área de reserva. (Porém, eu acredito que FUNAI é obrigado permitir um grupo para ATRAVESSAR uma reserva índia para chegar a do rio acima e não dentro da reserva. Eu acredito que isto vem sob a condição de não recusará acesso público?)

5. embora algum operador pode ter prometido $30 mil dólares por temporada para a comunidade, há ninguém que ingênuo, não qualquer um. Isso é uma piada. Com os custos de operação e trocaUSD$,, ninguém poderia operar pagando que como uma verdadeira obrigação $30 mil. (Eu acredito que você achará promessas feitas e realidade pagou longe de igual e muito como o circo de Rio Unini prévio,, onde subornou os habitantes achou os dólares prometidos um bastante curto quando contou. É irônico que nós achamos alguns dos mesmos operadores envolvidos em Marie e o circo de Unini prévio, eu penso.)

6. eu tenho que lembrar Sr. Mendonça que debaixo de lei federal, não importa que programas de ajuda social ou financeira dá às pessoas. O fato de dar ilegalmente viola o espírito de por que a reserva é ordenada. É ilegal poluir a religião indígena, cultura e vida por qualquer estranho se Brasilaro, Americano, ou pequeno Chinês, Celso. Naonao::

Os comentários sobre seria sobre que a pessoa poderia esperar, e eu estou chocado que o assunto pode explicado tão facilmente & esquecido por ' dólares de gringo'. doeu:: Eu aconteço para acreditar que algumas pessoas não gostam sendo jogado,,, quando vem a direitos, e reais leis?????????? mau:: Nós veremos.

Alguém deveria descobrir o que FUINAI tem que dizer sobre este primeiro, não?

Talvez um telefonema!

A razão eu acredito o anterior ser um pouco verdade é que eu sou um engenheiro mineiro que lidou com FUNAI e licenças de acesso durante os últimos 20+ anos no Brasil do norte. buaa::

"WD"

Excelente posicionamento WD. palmas::

Gostei muito dos seus comentários.

Estarei com um amigo discutindo isso lá na Serra da Mesa este final de semana...Quando chegar verei o q realmente estes operadores estão fazendo.

Irei na FUNAI de Brasília me inteirar melhor sobre estes acordos. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo WD,foi exatamente isso que me referi,nenhum acordo(ou contrato) entre pessoas fisicas ou juridicas eh superior as leis federais.Os caras correram atras e conseguiram,o resto eh choradeira.Se eles acertaram com o povo local US$ 30.000,00(sua informacao) ou US$ 3,00,pouco importa,o que importa eh a legalidade da operacao e isso me parece que eles estao 100%.Tambem acho que a licenca deve ser checada !! ::tudo::

Mas comparar licenca para mineracao em terra indigena e licenca para pesca esportiva eh meio complicado ne?! doeu::

Abraco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo WD,foi exatamente isso que me referi,nenhum acordo(ou contrato) entre pessoas fisicas ou juridicas eh superior as leis federais.Os caras correram atras e conseguiram,o resto eh choradeira.Se eles acertaram com o povo local US$ 30.000,00(sua informacao) ou US$ 3,00,pouco importa,o que importa eh a legalidade da operacao e isso me parece que eles estao 100%.Tambem acho que a licenca deve ser checada !! ::tudo::

Mas comparar licenca para mineracao em terra indigena e licenca para pesca esportiva eh meio complicado ne?! doeu::

Abraco.

Não é complicado não, Celso ... qualquer exploração mineral, hídrica etc. em terras indígenas tem mesmo tratamento e sede constitucional, sendo PROIBIDA qualquer exploração antes de ouvidas as comunidades afetadas E antes de autorização do Congresso Nacional ...

Artigo 231 §§ 3º e 6º da Constituição Federal de 1988:

§ 3º - O aproveitamento dos recursos hídricos, incluídos os potenciais energéticos, a pesquisa e a lavra das riquezas minerais em terras indígenas só podem ser efetivados com autorização do Congresso Nacional, ouvidas as comunidades afetadas, ficando-lhes assegurada participação nos resultados da lavra, na forma da lei.

§ 6º - São nulos e extintos, não produzindo efeitos jurídicos, os atos que tenham por objeto a ocupação, o domínio e a posse das terras a que se refere este artigo, ou a exploração das riquezas naturais do solo, dos rios e dos lagos nelas existentes, ressalvado relevante interesse público da União, segundo o que dispuser lei complementar, não gerando a nulidade e a extinção direito a indenização ou a ações contra a União, salvo, na forma da lei, quanto às benfeitorias derivadas da ocupação de boa fé.

Mas, averiguemos ...

Forte abraço,

Wellington . . .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma coisa q já expliquei para o Lance...é o seguinte.

Rio Indígena é uma coisa.

Área de Proteção Ambiental é outra coisa.

Reserva Florestal é outra.

E "rios comuns" é outra coisa.

Não podemos misturar as coisas... joia:::

Ao invés de ficarmos arrumando intriga, pq não tentamos acessar o Curicuriai, por exemplo, ou as dezenas de outros rios indígenas q existem?!?!

Fica a mensagem para análise. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho esta discussão muito interessante, mas como meus conhecimentos juridicos são muito limitados, não vou me meter a fazer comentarios. O engraçado é que todo mundo pensa que o açuzão saiu no marie, enquanto que quem conhece realmente a historia sabe que não.

Mas que eu queria pescar um di nesse tal de marie, oh se eu queria...

Interessante, quem conhece o guia Kelson, ele comentou que o marie não é todo reserva e falou que iria agora em maio junto a prefeitura de São gabriel conseguir uma autoriização para pescar lá????

Abs

Dini-Esperando a agua baixar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao invés de ficarmos arrumando intriga, pq não tentamos acessar o Curicuriai, por exemplo, ou as dezenas de outros rios indígenas q existem?!?!

Fica a mensagem para análise. joia:::

Demorou,vamos nessa !!! danca:: danca::

Abraco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao invés de ficarmos arrumando intriga, pq não tentamos acessar o Curicuriai, por exemplo, ou as dezenas de outros rios indígenas q existem?!?!

Fica a mensagem para análise. joia:::

Demorou,vamos nessa !!! danca:: danca::

Abraco.

É isso AÊ ... ::tudo:: ::tudo:: ::tudo:: ::tudo::

alegre:: alegre:: alegre:: alegre:: alegre::

fome:: fome:: fome:: fome:: fome:: fome::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu adivinho eu estava sonhando recentemente isso havia uma discussão enorme e luta sobre exclusividade do Rio Agua Boa em Roriama.

Deveria ter sido um sonho, porque não há nenhuma diferença Marie o Agua Boa na LEI ou ÉTICAS quando vier a subornos para favores pessoais, e como Fabricio disse “E OS GRINGOS CONTINUAM APRONTANDO NO AMAZONAS.”

viewtopic.php?f=2&t=15907

Eu espero que eu esteja errado mas minha compreensão de alguns postes aqui, me leva a pensar que alguns aceitam & endosse esa ético e ilegais ações para preferência pessoal que afetará tudos Pescadores do Desportista no Brasil & muitos outros do mundo inteiro. oloko::

A pergunta é por que isto seria aceitável a qualquer um que não estava ganhar algo?

Onde alguns pescadores brasileiros não têm aceitado na história de Tucanare que o futuro de todos os pescadors esportivos que pescam em Brasil para espécies esportiva, só está em suas mãos e suas mãos solo.

Como me lembraram simpre a "Amazona Experiência é só um empréstimo de nossas crianças e netos."

Assim permanece ser descoberto quem é um pescador e quem é um “pescador de desportista”!

A diferença é éticas.............................................]

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente, eu acho que WD está certo. As operações de River Plate Anglers e agora Acute Angler SEMPRE fazem isso. Cansei de me aporrinhar em RR e em outros rios do AM. Eles pagam os ribeirinhos, os políticos que fazem as leis em certas Secretarias de Meio Ambiente para pescarem sós. Duvido que outros membros desse fórum não tenham sido constrangidos em áreas como Unini (tempos atrás), Xeriuni, Itapará, Igarapé Kuriuku, Agua Boa, Cuiuni, Marie, entre outros, por conta disso.

Sugerir que nós tb possamos ir lá basta pagar caro não é justo pois nós SO poderemos ir lá se ELES deixarem. e eles são americanos e estão atuando no Brasil do jeito que ELES querem. Não acho justo mesmo não.

E para ser franco, Fabricio, eu ainda acredito que o peixe recorde tenha sido pescado no Marie sim.

O pessoal da IGFA me consultou como representante deles e fui honesto com eles. Disse a eles que sabia que o peixe tinha sido pego lá no rio Marie mas não tinha como provar e, por isso, eles o estão homologando.

E afirmo isso em função do guia Kelson (que estava com Andrea na voadeira) ter espalhado essa informação aos quatro ventos lá em Barcelos. Nós conhecemos quase toda a família dele e os próprios irmãos dele confirmaram a mesma informação.

Infelizmente, quando o bicho "pegou", ele desmentiu oficialmente por meio de uma carta enviada a IGFA que, certamente, não foi ele quem escreveu, mas assinou.

Mas paciência, agora é pegar um maior e se a festa do Tucano começar, já já sai um de 15 quilos kkk

Abs a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente, eu acho que WD está certo. As operações de River Plate Anglers e agora Acute Angler SEMPRE fazem isso. Cansei de me aporrinhar em RR e em outros rios do AM. Eles pagam os ribeirinhos, os políticos que fazem as leis em certas Secretarias de Meio Ambiente para pescarem sós. Duvido que outros membros desse fórum não tenham sido constrangidos em áreas como Unini (tempos atrás), Xeriuni, Itapará, Igarapé Kuriuku, Agua Boa, Cuiuni, Marie, entre outros, por conta disso.

Sugerir que nós tb possamos ir lá basta pagar caro não é justo pois nós SO poderemos ir lá se ELES deixarem. e eles são americanos e estão atuando no Brasil do jeito que ELES querem. Não acho justo mesmo não.

E para ser franco, Fabricio, eu ainda acredito que o peixe recorde tenha sido pescado no Marie sim.

O pessoal da IGFA me consultou como representante deles e fui honesto com eles. Disse a eles que sabia que o peixe tinha sido pego lá no rio Marie mas não tinha como provar e, por isso, eles o estão homologando.

E afirmo isso em função do guia Kelson (que estava com Andrea na voadeira) ter espalhado essa informação aos quatro ventos lá em Barcelos. Nós conhecemos quase toda a família dele e os próprios irmãos dele confirmaram a mesma informação.

Infelizmente, quando o bicho "pegou", ele desmentiu oficialmente por meio de uma carta enviada a IGFA que, certamente, não foi ele quem escreveu, mas assinou.

Mas paciência, agora é pegar um maior e se a festa do Tucano começar, já já sai um de 15 quilos kkk

Abs a todos.

??????????????

blink:: blink:: blink:: blink:: blink:: blink::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente, eu acho que WD está certo. As operações de River Plate Anglers e agora Acute Angler SEMPRE fazem isso. Cansei de me aporrinhar em RR e em outros rios do AM. Eles pagam os ribeirinhos, os políticos que fazem as leis em certas Secretarias de Meio Ambiente para pescarem sós. Duvido que outros membros desse fórum não tenham sido constrangidos em áreas como Unini (tempos atrás), Xeriuni, Itapará, Igarapé Kuriuku, Agua Boa, Cuiuni, Marie, entre outros, por conta disso.

Sugerir que nós tb possamos ir lá basta pagar caro não é justo pois nós SO poderemos ir lá se ELES deixarem. e eles são americanos e estão atuando no Brasil do jeito que ELES querem. Não acho justo mesmo não.

E para ser franco, Fabricio, eu ainda acredito que o peixe recorde tenha sido pescado no Marie sim.

O pessoal da IGFA me consultou como representante deles e fui honesto com eles. Disse a eles que sabia que o peixe tinha sido pego lá no rio Marie mas não tinha como provar e, por isso, eles o estão homologando.

E afirmo isso em função do guia Kelson (que estava com Andrea na voadeira) ter espalhado essa informação aos quatro ventos lá em Barcelos. Nós conhecemos quase toda a família dele e os próprios irmãos dele confirmaram a mesma informação.

Infelizmente, quando o bicho "pegou", ele desmentiu oficialmente por meio de uma carta enviada a IGFA que, certamente, não foi ele quem escreveu, mas assinou.

Mas paciência, agora é pegar um maior e se a festa do Tucano começar, já já sai um de 15 quilos kkk

Abs a todos.

Yan....vc está certo...

Realmente não podemos, como brasileiros q somos, ver algo errado ser feito debaixo de nossas barbas e não fazer nada.

O Phil, do antigo Rio Negro Lodge, era um dos grandes empresários q brigavam por aquele lugar...Claro q ele puxava a "sardinha" pro lado dele...mas com ele fóra da jogada as outras grandes empresas norte americanas vão nadar "dis costas" por aquelas bandas.

Não sei se existe lavagem de dinheiro por lá, e nem posso acusar ninguém, mas cabe a Governo brazuca investigar isto. Não tem lógica esses caras pagarem fortunas para terem acesso aos rios por algumas semanas. Eles estão sempre, sempre e sempre, tentando estar a nossa frente. Vá se lascar estes caras...Vamos mostrar pra eles o tanto q somos otários. mau::

Não podemos aceitar q afortunados usem a máquina administrativa brasileira paga por nós para acessar lugares proibidos ao restante de pescadores brasileiros.

O Wellinton nos mostrou q o Congresso Nacional precisa aprovar a exploração de terras e águas indígenas, e eu duvido muito q eles saibam disto. Tá arriscado funcionários do alto escalão do Governo do AM estarem ganhando para autorizar ilegalmente estas operações por lá.

Tb vou lhe ser sincero....Eu sou um apaixonado por aquelas terras...mas sou um nada, q pesca por lá algumas vezes por ano...Acho uma sacanagem vários operadores, q ganham fortuna por lá, não mexerem um dedinho sequer para coibir isto, e eu, daqui de Brasília, ficar me queimando, gastando dinheiro do bolso para defender "o Brasil" enquanto estes operadores enchem os bolsos de dinheiro.

Estou fazendo a minha parte, mas q é uma sacanagem, isso é.

Gastei dinheiro do bolso e tempo para denunciar os gringos q subornavam as comunidades dos afluentes de SIRN, ou o Governo Municipal omisso q não fazia nada a respeito...Arrumei uma briga feia...em 2007 conseguimos acesso lá...E agora?!?! Estão lá, vários operadores chegando quietinhos e se estabelecendo na região...Muitos não conhecem sequer a boca dos rios...mas estão lá...se aproveitando das informações de peixes grandes para ganharem dinheiro. suici::

Tudo isso é normal...afinal, eles estão trabalhando....mas estou reclamando da omissão deles...q chegam, usam, abusam e depois deixam a bomba pra trás, e se pedir 10 reais para ajudar em algumas coisa eles pulam fóra.

Estes mesmos operadores, com exceção do ASF, não sabem nada da região, não conhecem os rios, mas enchem a boca para anunciar pacotes por aí. Todos os dias recebo MPs de usuários do fórum me pedindo informações de operadores q estão oferecendo pacotes em SIRN. Estes enganam clientes, arrumam confusão na região, prometem "mundos e fundos" para as comunidades indígenas das bocas destes rios e depois somem.

Pasme vc....mas este ano, sim, este ano, depois da prefeitura de SIRN organizar o acesso de barcos hotéis nos afluentes de lá....um féla norte americano, com a ajuda de um brasileiro, q não vou falar o nome aqui, mas tenho certeza q ele está lendo este tópico, foi novamente subornar as comunidades do Jurubaixi para q apenas a empresa dele tivesse acesso lá...Os operadores/pescadores brasileiros, após pagarem a taxa junto a prefeitura de SIRN, ainda foram barrados ao longo do Rio e intimados a pagarem mais 3.000 reais para estas comunidade...kkkk...ou seja, é uma piada. :gorfei:

Bem...estarei fazendo novamente a minha parte daqui...Vamos ver se investigam essa operação q estão fazendo em terras indígenas. Depois posto novidades.

E sobre o peixe do André...o q sei está postado no tópico aqui no fórum.

O q sei é q tanto o André quanto o gringo q estavam tentando acesso exclusivo no Marié foram barrados pelas comunidades indígenas.

Tb ouvi muita coisa lá em Barcelos...e por existir várias e várias versões, continuarei acreditando no André.

Ouvi boatos de q foi o Kelson q fisgou o peixe...Outros q foi o parceiro de barco do André....Outros q o peixe foi pego no Cartucho (área tb indígena mas q fica no Rio Negro), outros de q foi realmente pego no Marié....então, em quem acreditar?!?!?! Só sei q chegaram ao ponto de ligar para o André para chantageá-lo, caso ele não pagasse "X", iriam ligar na IGFA e dizer q o peixe foi zagaiado e q o André pagou pelo peixe...kkkkkkk....Só se esqueceram q o peixe ainda está com André, detalhe, sem marca de zagaia.

Sobre a declaração assinada pelo Kelson, foi o André q redigiu, pois a declaração foi a mesma assinada por ele, pelo parceiro de barco e pelo Kelson....e foi eu, a pedido do André, q imprimi e pedi ao Kelson para assiná-la....Depois, encontrei com o André no aeroporto de Manaus e entreguei pra ele. Essa é a verdade, pois participei da ação. Qualquer informação diferente desta é mentira...pois eu sei o q realmente ocorreu e o q estava escrito na declaração. joia:::

Só sei q esta história está longe de acabar.

joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gente, eu acho que WD está certo. As operações de River Plate Anglers e agora Acute Angler SEMPRE fazem isso. Cansei de me aporrinhar em RR e em outros rios do AM. Eles pagam os ribeirinhos, os políticos que fazem as leis em certas Secretarias de Meio Ambiente para pescarem sós. Duvido que outros membros desse fórum não tenham sido constrangidos em áreas como Unini (tempos atrás), Xeriuni, Itapará, Igarapé Kuriuku, Agua Boa, Cuiuni, Marie, entre outros, por conta disso.

Sugerir que nós tb possamos ir lá basta pagar caro não é justo pois nós SO poderemos ir lá se ELES deixarem. e eles são americanos e estão atuando no Brasil do jeito que ELES querem. Não acho justo mesmo não.

E para ser franco, Fabricio, eu ainda acredito que o peixe recorde tenha sido pescado no Marie sim.

O pessoal da IGFA me consultou como representante deles e fui honesto com eles. Disse a eles que sabia que o peixe tinha sido pego lá no rio Marie mas não tinha como provar e, por isso, eles o estão homologando.

E afirmo isso em função do guia Kelson (que estava com Andrea na voadeira) ter espalhado essa informação aos quatro ventos lá em Barcelos. Nós conhecemos quase toda a família dele e os próprios irmãos dele confirmaram a mesma informação.

Infelizmente, quando o bicho "pegou", ele desmentiu oficialmente por meio de uma carta enviada a IGFA que, certamente, não foi ele quem escreveu, mas assinou.

Mas paciência, agora é pegar um maior e se a festa do Tucano começar, já já sai um de 15 quilos kkk

Abs a todos.

Yan....vc está certo...

Realmente não podemos, como brasileiros q somos, ver algo errado ser feito debaixo de nossas barbas e não fazer nada.

O Phil, do antigo Rio Negro Lodge, era um dos grandes empresários q brigavam por aquele lugar...Claro q ele puxava a "sardinha" pro lado dele...mas com ele fóra da jogada as outras grandes empresas norte americanas vão nadar "dis costas" por aquelas bandas.

Não sei se existe lavagem de dinheiro por lá, e nem posso acusar ninguém, mas cabe a Governo brazuca investigar isto. Não tem lógica esses caras pagarem fortunas para terem acesso aos rios por algumas semanas. Eles estão sempre, sempre e sempre, tentando estar a nossa frente. Vá se lascar estes caras...Vamos mostrar pra eles o tanto q somos otários. mau::

Não podemos aceitar q afortunados usem a máquina administrativa brasileira paga por nós para acessar lugares proibidos ao restante de pescadores brasileiros.

O Wellinton nos mostrou q o Congresso Nacional precisa aprovar a exploração de terras e águas indígenas, e eu duvido muito q eles saibam disto. Tá arriscado funcionários do alto escalão do Governo do AM estarem ganhando para autorizar ilegalmente estas operações por lá.

Tb vou lhe ser sincero....Eu sou um apaixonado por aquelas terras...mas sou um nada, q pesca por lá algumas vezes por ano...Acho uma sacanagem vários operadores, q ganham fortuna por lá, não mexerem um dedinho sequer para coibir isto, e eu, daqui de Brasília, ficar me queimando, gastando dinheiro do bolso para defender "o Brasil" enquanto estes operadores enchem os bolsos de dinheiro.

Estou fazendo a minha parte, mas q é uma sacanagem, isso é.

Gastei dinheiro do bolso e tempo para denunciar os gringos q subornavam as comunidades dos afluentes de SIRN, ou o Governo Municipal omisso q não fazia nada a respeito...Arrumei uma briga feia...em 2007 conseguimos acesso lá...E agora?!?! Estão lá, vários operadores chegando quietinhos e se estabelecendo na região...Muitos não conhecem sequer a boca dos rios...mas estão lá...se aproveitando das informações de peixes grandes para ganharem dinheiro. suici::

Tudo isso é normal...afinal, eles estão trabalhando....mas estou reclamando da omissão deles...q chegam, usam, abusam e depois deixam a bomba pra trás, e se pedir 10 reais para ajudar em algumas coisa eles pulam fóra.

Estes mesmos operadores, com exceção do ASF, não sabem nada da região, não conhecem os rios, mas enchem a boca para anunciar pacotes por aí. Todos os dias recebo MPs de usuários do fórum me pedindo informações de operadores q estão oferecendo pacotes em SIRN. Estes enganam clientes, arrumam confusão na região, prometem "mundos e fundos" para as comunidades indígenas das bocas destes rios e depois somem.

Pasme vc....mas este ano, sim, este ano, depois da prefeitura de SIRN organizar o acesso de barcos hotéis nos afluentes de lá....um féla norte americano, com a ajuda de um brasileiro, q não vou falar o nome aqui, mas tenho certeza q ele está lendo este tópico, foi novamente subornar as comunidades do Jurubaixi para q apenas a empresa dele tivesse acesso lá...Os operadores/pescadores brasileiros, após pagarem a taxa junto a prefeitura de SIRN, ainda foram barrados ao longo do Rio e intimados a pagarem mais 3.000 reais para estas comunidade...kkkk...ou seja, é uma piada. :gorfei:

Bem...estarei fazendo novamente a minha parte daqui...Vamos ver se investigam essa operação q estão fazendo em terras indígenas. Depois posto novidades.

E sobre o peixe do André...o q sei está postado no tópico aqui no fórum.

O q sei é q tanto o André quanto o gringo q estavam tentando acesso exclusivo no Marié foram barrados pelas comunidades indígenas.

Tb ouvi muita coisa lá em Barcelos...e por existir várias e várias versões, continuarei acreditando no André.

Ouvi boatos de q foi o Kelson q fisgou o peixe...Outros q foi o parceiro de barco do André....Outros q o peixe foi pego no Cartucho (área tb indígena mas q fica no Rio Negro), outros de q foi realmente pego no Marié....então, em quem acreditar?!?!?! Só sei q chegaram ao ponto de ligar para o André para chantageá-lo, caso ele não pagasse "X", iriam ligar na IGFA e dizer q o peixe foi zagaiado e q o André pagou pelo peixe...kkkkkkk....Só se esqueceram q o peixe ainda está com André, detalhe, sem marca de zagaia.

Sobre a declaração assinada pelo Kelson, foi o André q redigiu, pois a declaração foi a mesma assinada por ele, pelo parceiro de barco e pelo Kelson....e foi eu, a pedido do André, q imprimi e pedi ao Kelson para assiná-la....Depois, encontrei com o André no aeroporto de Manaus e entreguei pra ele. Essa é a verdade, pois participei da ação. Qualquer informação diferente desta é mentira...pois eu sei o q realmente ocorreu e o q estava escrito na declaração. joia:::

Só sei q esta história está longe de acabar.

joia:::

A deixa q eu precisava ...

Vamo pro pau ... mau:: mau:: mau:: mau:: mau:: mau:: mau:: mau:: mau::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

WD está de parabéns em suas colocações. É uma pena o que acontece na nossa terra. Eu me sinto envergonhado, mesmo não fazendo parte disso.

Quanto ao Andrea, só posso dizer uma coisa: A INVEJA É UMA M-E-R-D-A !!! chorei:: rindo2::

Abraço,

Edu Nakiri

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caros companheiros,

Se posicionar neste tópico proporciona uma verdadeira "viagem" a qualquer mortal... O assunto é muito complexo dado as variáveis aqui colocadas pelos companheiros: direito constitucional, direito civil, direito ambiental, comunidades locais (ribeirinhos) ética e o direito dos índios!

Entretanto, a título de colaboração e pensando em como contribuir para o esclarecimento da dúvidas aqui geradas vou tentar ponderar aquilo que entendo pertinente. (Lembrando que é apenas a minha opinião).

Primeiro é preciso que se diga que o Brasil é aquilo que nós somos! Nosso país, óbviamente, é habitado por pessoas e se determindas coisas (erradas) persistem em acontecer, elas são fruto de de nossa omissão e falta de cidadania. O simples debate sobre estes assuntos aqui no fórum já atestam a evolução e o amadurecimento de alguns que são e podem fazer a diferença...

Começando pela ética não tenho dúvidas em afirmar que ela falta em quase tudo o que está acontecendo por lá! A começar pelos pescadores brasileiros que pescam em terras indígenas (que não podem alegar desconhecer as nossas leis). Quanto aos estrangeiros eles não tem esta obrigação, mas os operadores sim e ao proporcionarem as pescarias em terras indígenas (pagando ou não) eles tem toda a responsabilidade civil e penal por estes atos de pesca em áreas proibidas (reservas indígenas).

Também os operadores (grande parte ou todos?) trabalham sem a imprescindível licença de operação (ambiental). Por que? Isso permitiria o fluxo e o controle dos barcos em relação ao estoque pesqueiro...

Com isso estou afirmando que pescar em áreas indígenas não é permitido e quem o faz está trangredindo a Constituição Federal e o Estatuto do Indio (Lei 6.001, de 19.12.1973), sem sequer entrar na área penal que já outra estória...

Todo o acordo envolvendo operadores de pesca em áreas indígenas (mesmo com os índios) é ilegal e imoral e não há hipótese legal que permita a assinatura de convênios, tratados, licenças ou acordos feitos com ou pelo poder público (municipal, estadual ou federal) com o objetivo de pescar nestas áreas!

Isso porque o artigo 231 da Constituição Federal in verbis não permite que ninguém possa fazer isso (nem a FUNAI). Vejam:

Art.231, §4º - As terras de que trata este artigo são inalienáveis e indisponíveis, e os direitos sobre elas, imprescritíveis."

Jurisprudência

"As terras habitadas pelos silvícolas são inalienáveis. São nulos os atos que tenham por objeto o domínio e a posse dessas terras, sem que seus ocupantes tenham direito a qualquer ação ou indenização contra a União ou a Fundação Nacional do Índio. Constituição Federal, art. 198. O Objetivo da norma Constitucional, ao transformar às áreas ocupadas pelos índios em terras inalienáveis foi o de preservar o habitat de uma gente, sem cogitar de defender à sua posse, mas dentro do sadio propósito de preservar um patrimônio territorial, que é razão de ser da própria existência dos índios. ..." (TFR - Apelação Cível nº 3.078-MT - Rel. Min. Adhemar Raymundo - DJ de 21.05.1981).

Para que não paire nenhuma dúvida sobre as terras indígenas é preciso que se diga, que elas não pertencem aos índios, mas à UNIÃO! Isso porque está explicitado na CF 88 em seu art. 20:

art.20 - São bens da União:

III - os lagos, rios e quaisquer correntes de água em terrenos de seu domínio, ou que banhem mais de um Estado, sirvam de limites com outros países, ou se estendam a território estrangeiro ou dele provenham, bem como os terrenos marginais e as praias fluviais;

XI - as terras tradicionalmente ocupadas pelos índios.

Coloquei propositadamente o inciso III para explicar que se existem lagos, rios ou qualquer correntes de água em áreas ocupadas pelos indígenas elas são bens da União e não compete aos estados ou municípios legislarem em áreas federais.

Com relação as comunidades ribeirinhas (não indígenas) é bom que eles saibam que o Direito Indígena é um direito congênito e por isso, sequer se aplica o conceito de posse civil sobre áreas ocupadas pelos índios...

Portanto, tais comunidades não tem direito de dar (ou não) acesso ás terras indígenas e se o fazem é apenas mais um dos arbítrios que grassam em nosso país.

Mas existe solução para os problemas aqui elencados?

Evidentemente que sim! Se tais áreas indígenas são da UNIÃO a responsabilidade pela fiscalização dos operadores de pesca é do IBAMA e à ele compete impedir que os operadores tenham acesso a pescarias ilícitas.

Se há condutas ilegais que possam configurar crime ambiental, compete à Polícia Federal tomar as providências cabíveis... Por outro lado, se há privilégio a pescadores estrangeiros em detrimento à sociedade como um todo, compete ao MPF abrir inquérito civil público e, se for o caso, propor o a ação compatível.

Mas o que dizer da situação atual daquela região?

a) O Rio Negro é federal e compete ao Ministério da Pesca promover o ordenamento pesqueiro. Por negligência, omissão, descaso ou irresponsabilidade ele, inexplicavelemente, não o faz... Por que?

b) Nas áreas de reservas ambientais tal competência é do ICMbio (Instituto Chico Mendes) que poderia regulamentar o uso através de licitações, permitindo a pesca esportiva de forma legal e regular aos operadores que ganhassem a licitação. Também, não o faz... Por que?

c) Em função destas omissões o Estado do Amazonas legisla via decreto e o que ele faz tem valor jurídico e é perfeitamente legal, embora insuficiente para eliminar os conflitos.

Finalmente haveria muito mais a dizer e explicar sobre os aspectos legais das questões propostas, mas a triste realidade é que o nosso país está sem ordenamento pesqueiro desde setembro de 2009, que urgem medidas saneadoras por parte do MPA e ele, estranhamente, continua sem nada fazer...

Se não faz para o País, por que faria algo em prol do Rio Negro e afluentes?

abração

kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Puts Kruel....valeu mesmo pelas orientações.

Tenha a certeza de q elas já fazem parte dos meus apontamentos preferidos...hehee.... joia:::

E anote aí...a coisa lá pra cima vai mudar. Claro q há muita coisa para ser feita...mas com essas orientações e com a ajuda do amigo Wellington o start está dado.

E quando falo q aquela cambada de operadores da região do Negro são burros, não é por menos....eu, caso vivesse da região, já teria criado uma associação forte e, com certeza, vc já estaria trabalhando pra nós há anos... joia:::

Em poucos anos a bacia do Negrão seria referência de pesca esportiva no Brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Venho acompanhando o tópico desde o ínicio e todas as colocações são pertinentes, cada qual sob seu ponto de vista.

Fico aqui pensando para tentar chegar a uma conclusão de como este assunto poderia ser tratado, mas está díficil chegar a esta resposta...

Por um lado temos um país de proporções continentais, governado e ocupado em sua boa parte por perpetuadores da "lei de Gerson", quando digo isso, não estou fazendo alusão apenas aos Operadores, mas sim aos Governantes, populações indígenas (que aprenderam rápido por sinal), ribeirinhos, ONG´s estrangeiras e até mesmo alguns de nós pescadores, todos querem de alguma forma levar vantagem, mesmo que esta não tenha caráter financeiro diabo::

Se a constituição é clara em que todos estes bens e recursos são da União conforme bem explanado pelo amigo Kruel, a grande dúvida é como a União pode e deve controlá-los e o que nós podemos fazer para cobrar e acompanhar isto junto ao Governo Federal? doeu:: Alguém sabe como anda o Projeto de Vigilância da Amazônia -Sivam ou quanto do imposto que você paga foi destinado a ele?

Ao meu ver, a complexidade da gestão destes recursos, sejam eles na AM ou no RS, é o maior entrave para uma solução definitiva do problema que atenda todos os envolvidos.Posso estar enganado, mas enquanto não houver uma definição clara dos papéis de cada um em cada esfera da sociedade e um controle sobre isto, continuaremos a assistir de camarote as Prefeituras, Operadores, Ìndios,ONG´s, Funai, Ibama, MPA, etc....Legislando em causa própria e quem deveria controlar, "batendo cabeça" sem chegar a uma soluçao eficaz.

Por exemplo: Quando um de nós está pescando na AM e constata um Operador pescando em terras índigenas, o que é proibido pela constituição, a quem devemos denunciá-los?

A polícia Federal por se tratar de área da União?

A Funai por se tratar de área índigena?

Ao Ibama por se tratar de meio ambiente?

Ao MPA por se tratar de embacação engajada na pesca?

A prefeitura mais próxima que havia delimitado os rios por operadores?

Será que eles mesmo sabem a resposta?Creio que não...È bem provavel você procurar estes orgãos com estas perguntas e cada um te dar uma reposta diferente.

Começo a me questionar até que ponto os Índios hoje em dia, precisam de um orgão para apoiá-los e defendê-los já que em sua maioria são parte da sociedade e se comportam como tal.Hoje o ìndice de alcolismo,drogas e assasinatos entre os Ìndios é grande.Quase todos eles querem a mesma coisa, diesel, dólar, armas e explorar "suas" terras de preferência com uma boa rentabilidade para a tribo...E o que a Funai ou a Polícia Federal fez e faz em todos estes anos para combater isso?

Ao meu ver, nada! Apenas os protegem favorecendo seu oportunismo e abrindo precendetes para negociações obscuras como as que acontecem entre eles, operadores de pesca, mineradores, traficantes internacionais, etc...

Enquanto isso, os recursos vão se esgotando...

Vejam o que aconteceu com o Sudeste, com o Pantanal de MS e de MT, Araguaia... Agora vem acontecendo com o geleiros em Barcelos e assim por diante...

Novamente me pergunto...Até quando? Porque a Argentina consegue ordenar seus recursos pesqueiros e nós não?

Será pelo tamanho de seu país ou pelo posicionamento e cultura de seu povo? doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será pelo tamanho de seu país ou pelo posicionamento e cultura de seu povo? doeu::

Perfeito, Schmidt...belíssimo texto.

E a resposta para a sua pergunta eu tenho....

Cultura deste povo q eu me incluo. suici::

Só para termos uma idéia do quão somos FDP como povo...mas vc assistiu o filme JOGO DE PODER, com Sean Penn?!?! É baseado em fatos reais.

Aqui um link pra ele.

http://cinezencultural.com.br/site/2011/03/24/jogo-de-poder-escancara-farsa-que-iniciou-guerra-no-iraque/

Resumidamente o q ocorre na trama.

Essa loira é agente da CIA, uma funcionária padrão, responsável pela inteligência americana em descobrir a tal das armas de destruição em massa q diziam Saddam possuir. Lembra da guerra e da invasão do Iraque?!?! Morte de Saddam e tals?!?!

Pois bem...a loira e seus agentes, descobriram q o Saddam não tinha "P" nenhuma...mas alguns félas do Governo americano queriam esta guerra.

Sean Penn é o marido da loira, um ex-embaixador americano no Iraque, mas como o cara era fera em política internacional, e conhecia muito a cultura Iraquiana, foi contratado pela CIA, por indicação da loira, para agir como agente de inteligência lá no Iraque. Ele foi um dos q sabia q o Saddam não tinha "P" nenhuma.

O governo dos EUA, contrariando os relatórios da CIA, deram início a invasão do Iraque...O resto vc já conhece.

Mas o q é legal no filme...Quando descobriram q Saddam não oferecia perigo, precisavam jogar a culpa em alguém...em quem ela caiu?!?! Na loira e seu marido. caveira::

O Secretário de Gabinete da Casa Branca divulgou e expôs o nome de agente da CIA (o q é crime nos EUA), mas jogou a culpa nela, q indicou o marido para a missão no Iraque....e ainda inventou coisas q ele não havia descoberto.

Resumindo....o Governo dos EUA estava contra uma funcionária da CIA e o seu marido....A vida deles virou um inferno, q quase se separaram.

Dois "nada" perto do governo.

E não é q no final do filme eles conseguem provar q o Secretário de Gabineté encriminou os dois para tirar o rabo dele e do Governo da reta?!?!

Pois é...o cara foi parar na cadeia por conta disso.

Mas o legal mesmo foi ver o Sean Pean, já no final do filme, orientando os seus alunos universitários para q não fiquem NUNCA com o rabo preso. Q todo cidadão americano ao ver algo de errado, DEVE denunciar e fazer algo para q isso não mais ocorra, não importa o tamanho do erro E NÃO IMPORTA CONTRA QUEM ELES IRÃO BRIGAR. Q tudo o q fizemos de errado se refletirá em nossos filhos e netos, pois devemos FAZER SEMPRE O Q É CERTO.

Igual aqui no Brasil... :gorfei:

xxxxxxxxxxxxxxxx

Agora vamos analisar se isto tivesse ocorrido aqui no Brasil?!?!? :gorfei: :gorfei: :gorfei:

Kkkkkkk.....

desculpem....caí da cadeira de tanto rir.... :gorfei:

Me lembrei q em nosso País o filho do presidente da república fóge com 1 milhão de reais na cueca, q o presidente do Congresso lava dinheiro em açougue, q 99% dos chefes do nosso executivo, legislativo e judiciário são tudo pilantras.

Qual a chance disso dar certo?!?!? Qual a chance de sermos 1º mundo?!?!

Nunca...heheee...

Desculpem a historinha acima, galera... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gostei do seu ultimo post Fabricio. rsrs

A discussào é muito boa e possui alto nível.

Vc deve saber bem que me enquadro naqueles que parecm cachorrinhos olhando frango assado na vitrine. como pescador e operador olho as empresas "americanas" pescando no Brasil e eu querendo entrar e não podendo pq tem jagunços (isso mesmo) armados impedindo a passagem, ou ameaças de toda sorte pairando em nome de seu barco e etc.

As histórias que ouvimos em barcelos são de arrepiar! Explosão de pista de pouso de um, acampamento de outro queimado e tudo isso ocorrendo com operadores americanos.

Essa história do recorde entào deu pano para as mangas. Mas as que vc soube ainda vão mais longe - chantagem, etc e etc... Tá feia a coisa. Muito orgulho.

Quanto á questão das terras indigenas para ecoturismo e pesca estamos evoluindo. Tanto no estado do AM quanto no Parque Indigena onde exerço um trabalho com os kamaiurás. No AM a Funai com os Tenharis estào fazendo experiências de turismo de pesca com autorizaçào direitinho. Mas eles querem mudar e operador. Estamos tentando ajudálos. Lá no PIX há uma fote movimento ddministração do Parque de controlar e permitir ecoturismo afinald e contas faz tempo que a Funai pouco ou nada faz mais pelos indios de lá.

Enfim, tb acho como Kruel (parabéns plo texto) que temos soluções e esse espaço está sendo excelente.

Parabéns a todos!

Vou continuar com meu recorde da traíra que stou feliz kkkk

Abs. Ian.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...