Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Sergio Nave

Manaus INDIGNAÇÂO

Posts Recomendados

Por varias vezes tive a oportunidade de pescar na região de Manaus,mas só recentemente,me sobrou tempo para conhecer a cidade,e confeso que sou um pescador fominha.Então fui conhecer o Mercado do PEIXE,lugar deprimente,achei um absurdo o que vi por lá,PEIXES com uma genetica previlegiada mortos por malhadeiras,mas isso é muto para tentar explicar,para as autoridades imcompetentes do IBAMA!Então vou me ater,apenas no que a (burra) LEI manda,nos PEIXES fora de medida,peixes com a pesca proibida e na matança descabida e sem medida que vi por lá é um absurdo!Em uma breve conversa com os comerciantes de lá,fiquei sabendo que quado a oferta é maior que a demanda,o pescado e jogado fora,para que o preço se mantenha!(ABSURDO).Minha maior indignação é com esse orgão incompetente chamado IBAMA,que fecha pousada,destinada a pesca esportiva,e adora uma reportagem sensacionalista, mas não fiscaliza o que realmente deveria ser fiscalizado,sem falar em outros absurdos cometidos por esse IBAMA.Na verdade esse pais não é sério.

ATÉ QUANDO O NOSSOS RIOS, VÂO SUPORTAR TAMANHA DEPREDAÇÂO e DESCASO DAS Autoridades (INCOMPETENTES)e politicos corruptos que só pensão em votos!Nossos Rios estão sangrando ,morrendo aos poucos,temos de fazer algo URGENTE! Acho que que unidos temos força e podemos ser ouvidos.

Péço desculpa, pelos meus erros de ortografia, mas não podia deixar de desabafar nesse site que considero,um dos melhores se não o melhor site de pesca esportiva do Pais!ABRS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

concordo plenamente com as colocacoes, mas temos que atentar para um ponto, que as vezes passa desapercebido por nos, amantes da pesca esportiva do tucunare, especialmente no rio negro.

menos de 5% do pescado comercializado em manaus vem do rio negro, ou seja, as malhadeiras e outros que depredam tanto os rios amazonicos talvez nao influenciem tanto assim a pesca esportiva do tucunare em barcelos e SIRN, se eu estiver errado nessa colocacao, por favor me corrijam...logico que influencia, mas nao sei ate que ponto, mas isso e assunto pra mil e um comentarios...

deixando claro que sou totalmente contra as malhadeiras nos rios amazonicos, o ecossistema e saudavel e daria pra ter o pescado comercializado em manaus sem as malhadeiras ilegais e teria peixe pra todo mundo consumir sem problemas, mas como todos sabem , assim e o nosso querido brasil, uma zona generalizada.

por essas e outras, que a argentina, que tem muuuuitos menos rios com aptidao para a pesca esportiva que o brasil, esta mil anos na nossa frente e faturam mais com o turismo da pesca esportiva, lamentavel.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sergio, eu senti a mesma coisa quando estive em Manaus pela primeira vez em 2009

Fui 2 dias antes da pescaria para conhecer a cidade.

Queria conhecer o mercado, a cidade, enfim. .. fazer um toor

Quando cheguei naquele Mercado Imundo, sujo, com esgoto correndo a ceu aberto eu não tive nem coragem de comprar uma agua para beber.

Então quando vi aquele monte de tucunares mortos, filhotes ainda .....fiquei P. da vida.

Como pode uma coisa dessas????????????

Uma cidade muito suja, não gostei daquele local. Em especial do mercado que achei coisa deprimente. Ainda mais com a matança que pude observar.

Infelizmente são coisas que acho nunca vão mudar, porque ainda temos somente 500 anos de descobrimento.

Quem sabe talvez daqui mais uns 2000 anos novas gerações não pensem totalmente diferente.

Desculpem o desabafo.

Adalberto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos,

Indignação é algo comum a todos que vão até lá, ou em qualquer outro mercado de peixe no No/Ne.

Não sou diferente nessas raivas, mas me pergunto se o problema é mesmo o que nos parece ser...

arrow:: Em outras palavras (sem fugir do absurdo retratado), qual seria a alternativa real para grande parte daqueles que fazem dessa atividade seu meio de vida ?? Será que lhes é possível ter uma escolha consciente ?

Para os que já me conhecem há mais tempo, devem saber de meu posicionamento conservacionista, daí me sentir a vontade para ressaltar que MUITO MAIS GRAVE do que encontrarmos em cenas como as descritas, é acompanhar o DESCASO com que essas comunidades ribeirinhas são tratadas em termos de oportunidades mínimas e básicas para ter uma vida digna (nada mais que isso).

Não quero, nem vou polemizar o tema, MAS não me sinto confortável em "apenas criticar" uma situação encontrada, SEM PENSAR nas suas verdadeiras causas...

arrow:: E para concluir, que fique registrado que mais do que a exigência que fazemos em torno de legislação e atitudes sensatas, precisamos mesmo nos dar conta (como sociedade) que somos o retrato daquilo que colocamos no poder... (numa democracia, o que conta é o coletivo, e não o individual consciente...).

Pense nisso ! diabo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Voce Votou? consciente? vai votar em um deputado estadual, federal, senador ou até mesmo num presidente, então lembre-se do que esta vendo e analise seu voto, e principalmente cobre seu voto. Nós não fazemos as leis, mas elegemos quem as fazem, se eles estão fazendo ou não, cabe a nós verificarmos e cobrarmos, não adianta? é perca de tempo, e ficar aqui choramingando é o que, a solução de todos os nossos problemas., desculpe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É por isso que não tenho interesse em conhecer.

Só pelos relatos ja fico P..., se ver td isso que é relatado, vai estragar minha viajem.

Grande abçooo!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por varias vezes tive a oportunidade de pescar na região de Manaus,mas só recentemente,me sobrou tempo para conhecer a cidade,e confeso que sou um pescador fominha.Então fui conhecer o Mercado do PEIXE,lugar deprimente,achei um absurdo o que vi por lá,PEIXES com uma genetica previlegiada mortos por malhadeiras,mas isso é muto para tentar explicar,para as autoridades imcompetentes do IBAMA!Então vou me ater,apenas no que a (burra) LEI manda,nos PEIXES fora de medida,peixes com a pesca proibida e na matança descabida e sem medida que vi por lá é um absurdo!Em uma breve conversa com os comerciantes de lá,fiquei sabendo que quado a oferta é maior que a demanda,o pescado e jogado fora,para que o preço se mantenha!(ABSURDO).Minha maior indignação é com esse orgão incompetente chamado IBAMA,que fecha pousada,destinada a pesca esportiva,e adora uma reportagem sensacionalista, mas não fiscaliza o que realmente deveria ser fiscalizado,sem falar em outros absurdos cometidos por esse IBAMA.Na verdade esse pais não é sério.

ATÉ QUANDO O NOSSOS RIOS, VÂO SUPORTAR TAMANHA DEPREDAÇÂO e DESCASO DAS Autoridades (INCOMPETENTES)e politicos corruptos que só pensão em votos!Nossos Rios estão sangrando ,morrendo aos poucos,temos de fazer algo URGENTE! Acho que que unidos temos força e podemos ser ouvidos.

Péço desculpa, pelos meus erros de ortografia, mas não podia deixar de desabafar nesse site que considero,um dos melhores se não o melhor site de pesca esportiva do Pais!ABRS

Amigo Sergio, são toneladas de peixes jogadas fora na região de Manaus praticamente todos os dias, conheço um pouco desta historia porque vou naquela região vez ou outra, vergonhoso mesmo tudo o que acontece, e mais vergonhoso ainda é a cultura do povo, que pensam ser correta esta atitude (e ainda dizem que naquela região nunca vão acabar os peixes, isto ouvi de varias pessoas lá). Mas isto não fica somente em Manaus e região, aqui no TO, região do lago de Lageado, a pesca profissional está acabando com todas as especies de peixas, e o pior é que com aval do governo federal, que o ilustre Sr. Luis Inácio LULA da Silva, afirmou existir muitos peixes no Brasil e deveria ser explorada a pesca comercial, dando inicio a matança desenfreada e atando as mãos dos fiscais (não que eu esteja defendendo qualquer orgão de fiscalização). Como vc disse, este pais não é serio, mas a mentalidade das pessoas aos poucos está mudando, assim como nos, a cada dia estão pensando no amanhã, na preservação da flora e da fauna, na vida. Este assunto ainda vai longe :gorfei: :gorfei: .

Abraços

Fernando

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigos,

Indignação é algo comum a todos que vão até lá, ou em qualquer outro mercado de peixe no No/Ne.

Não sou diferente nessas raivas, mas me pergunto se o problema é mesmo o que nos parece ser...

arrow:: Em outras palavras (sem fugir do absurdo retratado), qual seria a alternativa real para grande parte daqueles que fazem dessa atividade seu meio de vida ?? Será que lhes é possível ter uma escolha consciente ?

Para os que já me conhecem há mais tempo, devem saber de meu posicionamento conservacionista, daí me sentir a vontade para ressaltar que MUITO MAIS GRAVE do que encontrarmos em cenas como as descritas, é acompanhar o DESCASO com que essas comunidades ribeirinhas são tratadas em termos de oportunidades mínimas e básicas para ter uma vida digna (nada mais que isso).

Não quero, nem vou polemizar o tema, MAS não me sinto confortável em "apenas criticar" uma situação encontrada, SEM PENSAR nas suas verdadeiras causas...

arrow:: E para concluir, que fique registrado que mais do que a exigência que fazemos em torno de legislação e atitudes sensatas, precisamos mesmo nos dar conta (como sociedade) que somos o retrato daquilo que colocamos no poder... (numa democracia, o que conta é o coletivo, e não o individual consciente...).

Pense nisso ! diabo::

palmas:: palmas:: palmas:: palmas:: palmas:: palmas::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com certeza os grandes culpados não são os ribeirinhos,e sim governo e autoridades in[competentes],mas a falta de fiscalização e leis inteligentes fazem com que pessoas,com melhor grau de informação e que exercem outras atividades ,aproveitem da situação ,só pensando em ganhar algum! (nojento) E ainda pregam a cultura local de que numca faltara o pescado na região!Então,com certeza nós povo, tambem temos a nossa parcela de culpa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O assunto é antigo, a solução é antiga, apenas não temos um novo governo municipal/estadual/federal preocupado pois isto não dá ibope:

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia ... anaus.html

11/08/2012 17h04 - Atualizado em 11/08/2012 17h18

Toneladas de peixe são jogadas no lixo diariamente em feira de Manaus

Falta de estrutura faz com que comerciantes deixem pescado no chão.

Pescadores reclamam de falta de vaga em balsa na Feira da Panair.

Do G1 AM

3 comentários

Sem local para estocar o pescado, vendedores acabam perdendo a carga (Foto: Reprodução/TV Amazonas)Sem local para estocar o peixe, vendedores acabam

perdendo a carga (Foto: Reprodução/TV Amazonas)

Com a época de fartura nos rios do Amazonas, um problema se repete nas feiras de Manaus: diariamente, toneladas de peixe são jogadas no lixo. Sem local para estocar o pescado, vendedores acabam perdendo a carga.

Na Feira da Panair, Zona Sul de Manaus, não há vaga para os pescadores atracarem na balsa. Um dos prejudicados é o pescador Antônio Batista: ele está com seis toneladas de peixe no barco, e caso não consiga lugar para parar e vender no prazo de cinco dias, poderá perder a todo o peixe. "Quando a gente chega, não existe um lugar em que possamos vender o peixe para o consumidor. É por isso que estraga", relatou.

Para atracar na balsa da feira, Antônio Batista esperou mais três dias. No entanto, nem todo o pescado foi vendido e o pescador calcula que teve prejuízo de aproximadamente duas toneladas.

A situação na Feira da Panair é ainda pior: sem infraestrutura, o pescado fica no chão dos barcos, balsas e em bancas ao ar livre. Para não perder toda a mercadoria, feirantes buscam vender peixes em bairros da periferia da capital. "Vou vender os peixes de maneira mais barata, mesmo porque muitas pessoas estão precisando para se alimentar", disse o feirante Sebastião dos Santos.

A Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) informou que já foram tomadas medidas para reduzir o problema de desperdício de peixe na Feira da Panair. A partir da próxima semana, uma nova balsa frigorífica e um frigorífico deverão ser disponibilizados aos pescadores.

A pasta disse ainda que pretende criar pontos fixos de vendas em quatro zonas da capital, na tentativa de equilibrar a venda e o armazenamento do pescado. A Sepror afirmou também que não é responsável pela administração do porto onde ficam instalados os pescadores. A reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Produção e Abastecimento (Sempab), mas não obteve resposta.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×