Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Flávio Henrique

Campanha Araguaia Cota Zero

Posts Recomendados

Olá Pessoal,

Estive conversando com o Álvaro Coutinho do site www.rioaraguaia.com.br e ele me pediu que o ajudasse na divulgação da "Campanha Araguaia Cota Zero". Criei uma comunidade no orkut sobre esse tema http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=52493450 e ainda é recente (acabei de criá-la) e peço a ajuda de vocês para que essa campanha se concretize para podermos paralizar a degradação ambiental que o rio Araguaia vêm sofrendo com a pesca predatória.

Abraço a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Flávio,

Conte comigo. Pesco no Araguaia desde 1992 e tenho todo o interesse em participar dessa campanha e de todas as medidas que puderem ajudar a salvar aquele rio.

Sei que meus filhos JÁ não têm a oportunidade de ver o que vi naquele corgão de águas barrentas. Assim, meu Pai e tios não puderam me transferir o legado que receberam do meu avô e sentem muito por isso. Daí, me obrigo a pensar que tenho o dever de permitir que haja vida no rio quando meus netos nascerem e lá forem. E porque não falamos de muito tempo, sei que devo avançar do campo das idéias para as ações.

Então pergunto se você sabe se já existem atividades práticas, implantadas ou em desenvolvimento, além das valiosas discussões em fóruns da internet? Vou conhecer o sítio e a comunidade que você sugeriu.

Parabéns! muito obrigado pelo tópico.

Um grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Macedão,

O Álvaro está começando a campanha agora e ainda não possui recursos suficientes para iniciar qualquer atividade prática. Mas ele está providenciando camisetas e adesivos sobre a campanha que serão vendidos para arrecadar recursos para implantar algumas atividades.

Abraços

Flávio,

Conte comigo. Pesco no Araguaia desde 1992 e tenho todo o interesse em participar dessa campanha e de todas as medidas que puderem ajudar a salvar aquele rio.

Sei que meus filhos JÁ não têm a oportunidade de ver o que vi naquele corgão de águas barrentas. Assim, meu Pai e tios não puderam me transferir o legado que receberam do meu avô e sentem muito por isso. Daí, me obrigo a pensar que tenho o dever de permitir que haja vida no rio quando meus netos nascerem e lá forem. E porque não falamos de muito tempo, sei que devo avançar do campo das idéias para as ações.

Então pergunto se você sabe se já existem atividades práticas, implantadas ou em desenvolvimento, além das valiosas discussões em fóruns da internet? Vou conhecer o sítio e a comunidade que você sugeriu.

Parabéns! muito obrigado pelo tópico.

Um grande abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Conheço o Araguaia desde 1998 , Luis Alves.

Conte comigo.

Temos que preservar tudo aquilo.

Conheço o Alvaro Coutinho que é um batalhador pela preservação.

conte comigo

Pelo pouco que o conheço vejo que como ele iniciou essa campanha ele não deve descansar até que consiga atingir os seus objetivos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante

Boa a ação pessoal,

ultima vez que estive no Araguaia vi uma cena que me deixou muito chateado.

Em um camping em uma das praias um senhor limpava uma Pirarara, paramos o barco e perguntamos se ele não sabia que aquilo era um crime. Ele so respondeu, que se não poderia levar, comeria ali mesmo.

Confesso que o sangue subiu, mas não podia fazer nada, so ficar com raiva mesmo e dar uma resposta a altura da ignorância dele. Acredito que ate hoje ele deve imaginar o que as palavras difíceis que falei devem significar. O Araguaia esta realmente acabando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também sou a favor da Cota Zero, não só para o Araguaia, mas para muitos outros rios desse nosso Brasil.

Vamos seguir o exemplo de nossos vizinhos argentinos, onde é proibido levar dourado e pintado das águas deles.

Com cota zero teremos mais peixes nos rios e consequentemente mais pescadores esportivos, mais turismo e mais dinheiro circulando nessas regiões. É melhor para todo mundo!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro que "Cota Zero" é algo mais radical e extremo, mas me vejo avaliando aqueles que frequentam o local, em busca de "um pescado" para levar de volta ! Não me joguem pedras, pois já abdiquei disso há muitos anos atrás...

A grande questão, dentro da nossa realidade, é - sem qualquer dúvida - incentivar o pesque & solte, mas proibir dessa forma, acho complicado ! Não nos esqueçamos de que as Pousadas vivem de clientes, e esses ( num primeiro instante ) não mais frequentarão a região ! Não seria muito mais racional, permitir que cada pescador levasse UM TROFÉU ( de qualquer espécie, dentro das medidas mínimas definidas pelo Ibama ) e apenas UM !

Paralelamente a isso, estaria PROIBIDA qualquer forma de Comercialização de Pescado TRANSPORTADO, com vigilância efetiva nas estradas da região ! Isso permitiria a manutenção da atração de pesca nas diversas áreas que trabalham com isso, e iniciaria uma mudança de mentalidade nos pescadores que ainda tem esse hábito de "levar peixe para casa"...

É mais fácil contar com a colaboração dos pescadores, do que lhes impor uma medida radical de Cota Zero ! Não temos ( nossa população que diz fazer pesca esportiva ) educação para essa questão de disciplina ! Quanto mais consciência, menor necessidade de vigilância... ( e certamente, menos corrupção ! ) Pensem nisso ! :twisted:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Claro que "Cota Zero" é algo mais radical e extremo, mas me vejo avaliando aqueles que frequentam o local, em busca de "um pescado" para levar de volta ! Não me joguem pedras, pois já abdiquei disso há muitos anos atrás...

A grande questão, dentro da nossa realidade, é - sem qualquer dúvida - incentivar o pesque & solte, mas proibir dessa forma, acho complicado ! Não nos esqueçamos de que as Pousadas vivem de clientes, e esses ( num primeiro instante ) não mais frequentarão a região ! Não seria muito mais racional, permitir que cada pescador levasse UM TROFÉU ( de qualquer espécie, dentro das medidas mínimas definidas pelo Ibama ) e apenas UM !

Paralelamente a isso, estaria PROIBIDA qualquer forma de Comercialização de Pescado TRANSPORTADO, com vigilância efetiva nas estradas da região ! Isso permitiria a manutenção da atração de pesca nas diversas áreas que trabalham com isso, e iniciaria uma mudança de mentalidade nos pescadores que ainda tem esse hábito de "levar peixe para casa"...

É mais fácil contar com a colaboração dos pescadores, do que lhes impor uma medida radical de Cota Zero ! Não temos ( nossa população que diz fazer pesca esportiva ) educação para essa questão de disciplina ! Quanto mais consciência, menor necessidade de vigilância... ( e certamente, menos corrupção ! ) Pensem nisso ! :twisted:

KID, sou cota zero pra transporte.

No local há consumo, transporte não.

Deixar levar 1 abre folga pra burlar daqui ou dali.

Cota zero de transporte num tem argumento, não pode ter peixe no carro e ponto. Pelo menos até os rios se estabelecerem mais.

É só ver o seguinte, qual a melhor estrutura de pesca esportiva do Brasil hoje?

MANTEGA. Por que? Porque lá é cota zero.

A Argentina é o melhor point dos dourados, por que? Porque é cota zero.

Estamos na hora de ter leis "talibãs" até pelo menos que os nossos rios reajam, depois que a cultura do pesque-solte se tornar um pouco mais comum, aí sim é testar o "afrouxo de rédeas".

Tratamento de longo prazo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:arrow: Xandego,

Não tenho qualquer problema em "votar" Quota Zero, até porque já a pratico há bastante tempo...

Quero saber o que irão dizer os "donos de pousada" e agentes de pesca num primeiro momento... Nada além disso ! :twisted:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:arrow: Xandego,

Não tenho qualquer problema em "votar" Quota Zero, até porque já a pratico há bastante tempo...

Quero saber o que irão dizer os "donos de pousada" e agentes de pesca num primeiro momento... Nada além disso ! :twisted:

Sim Kid, eu havia entendido seu ponto de vista, por isto coloquei os exemplos de 2 points onde tem que se agendar para pescar. E os 2 são cota zero.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos sonhar um pouco. A cota zero, uma vez instituída, irá eliminar o transporte - legal e ilegal - de pescado já que os Governos Federal, estaduais e municipais irão colocar um sem número de servidores patrulhando rios, lagos, estradas, etc., fiscalizando, apreendendo e multando (talvez até prendendo) aqueles que não respeitarem a lei. Afinal, são só 2.000Km de extensão no rio Araguaia, 2.600Km no rio Tocantins...

Isso - fiscalização eficiente e cumprimento da lei - já acontece, como bem sabemos, com a extração ilegal de madeira, contrabando de animais silvestres, contrabando de pedras e metais preciosos, etc.

Se eu acho que não se deva fazer nada? É claro que não. Mas impor mais restrições aos pescadores eventuais - aqueles que não fazem dessa atividade um meio de vida - não me parece ser a melhor solução.

Se todos sonhamos com um País em que as leis são cumpridas eu sonho com um País em que eu não tenha que pagar a conta por culpa da inércia, omissão e "falta de vontade" de quem é pago para agir em meu nome.

É claro que se a campanha "colar" eu e vocês iremos respeitar, mas, como sempre, "nestepaiz" só nós é que iremos arcar com o ônus e os "de sempre" continuarão a se refestelar na impunidade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:arrow: Xandego,

Não tenho qualquer problema em "votar" Quota Zero, até porque já a pratico há bastante tempo...

Quero saber o que irão dizer os "donos de pousada" e agentes de pesca num primeiro momento... Nada além disso ! :twisted:

Kid, acho que os donos de pousadas irão acabar apoiando o cota zero, pois quem teve essa idéia foi o dono do site www.rioaraguaia.com.br que "vive" praticamente de vender pacotes de pesca e observou que houve uma diminuição do número de pescadores. Como o Xandego citou o Mantega está recebendo um número cada vez maior de pescadores ao longo dos anos. Porque?!?! porque tem o que os pescadores procuram, Peixes. Acho que o araguaia tem muito a melhorar ainda, por isso que apoio uma atitude mais drástica.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, Flávio !

A grande questão é o "timming" !

Cria-se um ciclo vicioso em torno do assunto, pois as Pousadas precisam de clientes, os clientes não vão porque não tem peixe !

Acho ótimo que as ações preservacionistas sejam implemantadas ( sempre ), EMBORA acredite que não seja esse peixe levado que provoque o desequilíbrio que a todos preocupa ! Será que nos esquecemos de pensar nas pescas com redes, peixes fora de medida, e - principalmente - comercialização de pescado silvestre ?

É claro que Pousada Mantega, Thayaçu e outras mais conseguiram superar o impasse antes que eles se tornasse crítico ! Mas veja que todas elas são de difícil acesso, principalmente para os barcos e pescadores profissionais, além de constantemente vigiadas pela população ribeirinha local ( que tira proveito dos postos de trabalho que fornece a comunidade ).

Perdôe-me se meu "ceticismo" é grande, mas é que estou cansado de muita propaganda e discursos, para uma ação efetiva muito aquém do necessário, e nisso nem preciso ir mais longe do que o próprio contingente dos que se acham "pescadores"... É tudo uma questão cultural, que se inicia com a EDUCAÇÃO !

Mas pode ficar tranquilo, que já estou na COTA ZERO há tempos... lingua::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kid,

Você têm toda a razão, o que mais afeta o rio Araguaia é a pesca predatória que ocorre em suas águas, mas na situação que o rio se encontra seria melhor proibir todo e qualquer tipo de transporte de pescado pelo menos por uns 5 anos. O que ocorre também é que o Ibama "autoriza" a pesca dos peixes maiores, ou seja, as matrizes que produzem um maior número de alevinos e com maior chance de sobrevivência, em comparação com peixes em sua primeira reprodução. Acho que deveria existir uma tamanho mínimo e um máximo. Quanto as pousadas que vc cita, são mesmo de difícil acesso e até assim (mesmo não ocorrendo pesca predatória) eles adotaram o cota zero.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Flávio Henrique,

Não tenho dúvidas de que "o futuro" será feito de arrependimentos pelo atraso de medidas consideradas como "lógicas" nesse tempo em que vivemos ! Precisamos ( como povo ) mudar radicalmente nossa mentalidade de como levar a vida, e isso só pode acontecer quando as necessidades básicas de nosso povo ( e tudo passa por educação ) estejam equacionadas ! Ter consciência dos atos praticados é a melhor "fiscalização" que nossa pesca esportiva poderá receber ! A "natureza", ainda pródiga, permite que a reconstituição do equilíbrio se restabeleça, desde que não seja "judiada", o que infelizmente não vem acontecendo ! Claro que uma "segurada" no processo de "levar peixe" para casa, ajuda, embora a grande pressão que sufoca os cardumes sejam mesmo as ações de comercialização dos peixes silvestres ! Como controlar isso ? A resposta é difícil e complicada nos dias de hoje, mas só o fato de existir mobilizações em alguns dos locais ( cito-lhe a APEGO, do meu amigo jckruel, entre outras ) faz-nos acreditar ( e ter esperança ) de que os tempos irão mudar...

Concordo com você no que diz respeito ao tamanho máximo dos peixes ! Não são bons para alimentação e se perdem ótimas matrizes na natureza ! O esquema de "tolerância zero", minimiza o problema, mas não soluciona, pois este, só quando cada um de nós fizer sua parte !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Concordo plenamente com a cota zero para o Araguaia.

Pesquei lá por mais de vinte anos, sem falhar nenhum, e depois fiquei uns 5 anos sem ir.

Não conheci mais o rio.

Parabéns pela iniciativa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ESTOU NESSA!

COTA ZERO JÁ EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL. O VERDADEIRO PESCASOR ESPORTIVO NÃO É MATADOR EXTERMINADOR DE PEIXE.

PENSEM TAMBÉM NA COTA ZERO PARA A PESCA PROFISSIONAL, EM MUITOS CASOS É UM VERDADEIRO MASSACRE DE ESPÉCIES QUE NÃO SÃO COMERCIAIS, MAS SÃO AS QUE SERVEM DE FORRAGEM A OUTRAS OU MANTÉM OS ECOSSISTEMAS EM EQUILÍBRIO.

NUNCA VI UM PESCADOR RIBEIRINHO COM UM PADRÃO DE VIDA RAZOÁVEL, MAS O PESCADO CHEGA ATÉ NÓS A UM PREÇO BASTANTE SALGADO. QUEM ESTÁ GANHANDO? ACHO QUE O PEIXE COMERCIALIZADO DEVIA VIR DE FAZENDAS OU CRIATÓRIOS PARTICULARES PARA SEREM COMERCIALIZADOS, COM CERTIFICADO DE ORIGEM E RIGOROSA FISCALIZAÇÃO DE SANITÁRIA.

SERÁ QUE É MUITO DIFÍCIL AS PESSOAS ENTENDEREM QUE DE TANTO TIRAR UM DIA IRÁ FALTAR.

GRANDE ABRAÇO E CONTEM COMIGO!!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×