Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Nelson Estêvão

Do mar pro mangue

Posts Recomendados

A uns tempos atrás recebo uma mensagem no celular. Era o Rafael, pescador recém chegado aqui pelas minhas bandas, que buscava fazer novas amizades e bater uns peixinhos.

São Pedro por um longo período, castigava qualquer pescador com chuvas e ventos. Sendo assim a tal pescaria não aconteceu.

Bom tempo depois em conversa com o Rafa, vi que o homem já estava mais do que enturmado com o pessoal da pesca oceânica! Já havia feito algumas pescarias no mar azul, em costões e já estava ate com um grupo de pesca formado. Eu recém tinha feito uma ótima pescaria onde era para tudo ter dar errado devido as “travessuras” de São Pedro, então achei que podia contraria o homem mais uma vez e tentar pegar uns robalinhos.

Pra variar a previsão era das piores. Com fortes ventos e rajadas mais fortes ainda. Mas mesmo assim liguei pro Rafa e marcamos a pescaria.

No carro ele me conta que nunca havia pescado robalo, e que aquela seria sua primeira empreitada atrás dos bocudos prateados.

Aqui cabe um parêntese...

Como o Rafa é pescador de mar, seus equipamentos são um tanto quanto brutos!!! Nada mais lógico que ele estar “despreparado” para encarar a “trincaiada”. Pra essa pescaria ele usou seu conjuntinho mais leve...(risos) uma vara de ação moderada/rápida de 30Lbs e um molinete 3500!!!

Só comentei isso, pois acho importantíssimo mostrar a muitas pessoas que a ausência do “equipamento correto” não deve jamais te inibir de ir pescar. Já presenciei muitas vezes pessoas deixarem de ir pescar por não terem o equipamento “adequado”. Lembrem-se... a palavra adequado; deve se referir as possibilidades do pescador, e não as “exigências” dos peixes.

Isso fica muito mais evidente quando o assunto é pescar robalo!!!

Mistificam tanto este peixe, que as pessoas criam verdades absolutas em suas cabeças. Fazendo deste peixe um mito!  Onde se uma única coisa não for a “ideal”, não se obterá sucesso na pescaria dos prateados. Sempre brinco...

“ ... Se o robalo tivesse só a metade da perspicácia que as pessoas acham que ele tem, ele jamais atacaria um pedaço de plástico que vibra todo errado embaixo da água!!! ...” (gargalhadas)

Voltando a pescaria.

Chegando no local onde pegaríamos o barco, a visão não era nada animadora.

Um vento forte encrespava a água.

Imagem Postada

As bandeiras e bandeirolas dos barcos pesqueiros se esticarem como se alguém as puxasse na outra extremidade.

Imagem Postada

O Rafa parecia não ter se abalado com todo aquele vento. Mal sabia ele o quanto teria que remar por causa disso... (risos)

Pegamos o barco mesmo assim e fomos atrás do robalinhos.

Chegamos no local desejado e poitamos o barco.

Imagem Postada

Imagem Postada

O Rafa é então apresentado aos arremessos de robaleiro!!! Onde precisão é metade do sucesso. Mesmo com um conjunto bruto, o homem mostra talento. Com arremessos bem executados e dentro das estruturas.

Com o vento forte, o barco era constantemente arrastado e precisávamos ficar toda hora reposicionando o barco. Um trabalho árduo de muita remada e paciência.

Ate que o esforço é recompensado.

Capturamos o primeiro robalinho do dia. Ele era tão pequeno que mais parecia um filhote de trick... (risos).

Como achei que ele era uma exceção e seria o único robalo do dia, nem fotografei. Volto a trabalhar minha isca e tenho uma nova batida!

Eu ainda brigava com meu robalinho, quando escuto o parceiro gritar:

“... Bateu!!! ...”

No ímpeto de pescador de anchovas e dourados, ele confirma com uma bela fisgada. E o esperado ocorre... peixe perdido.

Com a perda do peixe, o Rafa deixa de ser pescador e vira fotografo.

Eu e o segundo robalinho do dia.

Imagem Postada

O Rafa volta a pescar, agora já com a primeira lição aprendida...

Nada de fisgadas rápidas e certeiras.

Ele arremessa bem dentro da estrutura, trabalha a isca bem cadenciada em movimentos erráticos. E sente o tão desejado peso na posta da vara.

É um robalinho. Seu primeiro robalo com plug!

Foto para a posteridade... (risos)

Imagem Postada

Insistimos mais um pouco no lugar e tivemos mais algumas ações.

Imagem Postada

Imagem Postada

Infelizmente, fomos cercados por tarrafeiros e linguiçeiros matadores.

Por isso não fotografamos mais os peixes. Quando capturávamos um peixinho, sentávamos no barco e deixávamos ele na água ate se soltar. E caso não se soltasse, disfarçadamente os soltávamos dentro da água mesmo. Assim conseguimos pescar numa boa. E sem chamar a atenção dos matadores que estavam por perto.

A maré baixava e com ela também o ritmo de capturas.

Imagem Postada

Já sem ações e cansados de tanto remar, decidimos ir embora.

Imagem Postada

Atracamos o barco e começamos a arrumar as tralhas.

Enquanto arrumávamos as coisas, noto que o vento estava mais fraco.

E então aquele sexto sentido falou mais alto...

Olho pro Rafa já com as tralhas prontas e digo:

“... Cara, tu topa dar mais uma remada? ...”

“... Estava afim de bater em um outro pontinho antes de irmos embora. ...”

Visivelmente contaminado pela pesca do robalo, ele responde de imediato;

“... Claro que topo!!! Pra onde vamos? ...”

Desatracamos o barco e fomos em direção aquele que seria o ultimo pesqueiro do dia e a ultima tentativa de encontrar um robalinho de melhor porte.

O barco desta vez ficou parado onde desejávamos. Ansioso, arremesso dentro da galhada.

Arremesso profundo, perfeito!!! A isca cai quase na margem.

Ainda comentei:

“... Esse foi na toca!!! Se não bater ninguém, é porque não tem ninguém em casa (risos) ...”

Dou a primeira chamadinha, a segunda chamadinha e espero... então recolho a linha fazendo a isca nadar na meia água. E a pegada é certeira! Mais um robalinho.

http://farm6.staticflickr.com/5487/10801875215_dab785a7bb_z.jpg

O Rafa já dominando o arremesso e o trabalho de isca, lança logo atrás e já acerta outro robalinho.

http://farm4.staticflickr.com/3809/10801874306_85c99ab9b2_z.jpg

Digo pra ele:

Arremessa nessa galhada na tua frente, que deve ter mais um ai.

http://farm3.staticflickr.com/2837/10801990104_0c4352de01_z.jpg

Ele faz um arremesso preciso. A isca cai no lugar certo!

Ele mal estica a linha e já vem o rebojo na flor da água!

Euforia no barco.

A briga já é mais forte. E depois de alguns segundos o troféu do dia sai para a foto.

Rafa, seu troféu e troféu da pescaria!

http://farm8.staticflickr.com/7317/10802100903_c0040f13f9_z.jpg

O Rafa já se tornou um grande robaleiro.

Não só pela técnica que apresentou nas capturas, mas também pela sua nobre e mais importante atitude.

http://farm8.staticflickr.com/7410/10802085873_a88e3df44b_z.jpg

Depois disso não tivemos mais ações.

Então voltamos a atracar o barco e arrumar novamente as tralhas.

Acredito que mais que viciar um pescador na pesca esportiva do robalo, fiz um novo parceiro de pesca e um grande amigo.

E contrariando a tudo e todas as crenças, o Rafa provou por “A” mais “B” que pra pescar robalo; tem que ir pescar robalo!!!

Não importa com qual  equipamento...

Um grande abraço a todos e ótimos peixes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de pescaria e relato, parabéns joia::: Gostei muito do que você falou no começo a respeito de tralhas, provando que técnica é útil, mas não é tudo. Fé e um pouquinho de sorte sempre fazem bem :gorfei:

Abraço :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de pescaria e relato, parabéns joia::: Gostei muito do que você falou no começo a respeito de tralhas, provando que técnica é útil, mas não é tudo. Fé e um pouquinho de sorte sempre fazem bem :gorfei:

Abraço :amigo:

Obrigado pescador.

Sim realmente sorte ajuda, mais pra mim técnica, conhecimento é mais importante.

Tendo a técnica, se improvisa com qualquer equipamento.

Abração.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...