Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Madeira

Fala que não é a cara da cachorra?

Posts Recomendados

Expedição na Floresta Amazônica encontra nova espécie de peixe. É a cara da cachorra com o nome de Characidae. Dei uma olhadinha no Google e descobri que essa tal de Characidae é parente da piranha e tem uma porrada de espécies.

Veja aqui a página do UOL

Sei não viu, mas acho que a Cachorra da Amazônia andou pulando a cerca ou o "corguinho". gorfei::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Madeira! Essa fiquei por entender também...Primeiro que Characidae é uma família, e que na América do Sul contem aproximadamente umas 1500 espécies já descritas...Ou seja, acharam um "Characidae" nas Guianas...Grande coisa... E a cachorra é um Caraciforme (ordem) e da família "Cynodontidae". Não é da familia "Characidae", como descrito.

Segundo, muito peixe dos rios costeiros das Guianas (as duas), Suriname, Amapá compartilham espécies com a bacia amazônica também, devido a sua história geológica.

Aliás, eu acho a biogeografia da bacia interessante. Algum tempo atrás (~15milhoes de anos), começou a subir a cordilheira dos Andes. Antes disso, o "rio amazonas" fluia na direção sudeste - noroeste, desaguando no pacífico, pela calha do atual rio Orenoco. Com o soerguimento da cordilheira, o rio foi barrado e formou-se um imenso lago e pantano. A cordilheira continuo subindo e as águas passaram a ser drenadas no sentido oeste-leste, como é hoje. Por isso, esses rios estiveram conectados a "pouco tempo" atrás, então apresentam muitas espécies em comum (a cachorra da foto, tucunarés, surubins, o trairão, que atrai um monte de turista frances para pescar lá...).

Enfim, não acho que "descobriram o Brasil" dessa vez... Mas é da BBC, "para inglês ver"!!

Isso aí, abraços!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu heim...

se fisgasse uma dessa chamaria de cachorra.

Ou colocaram uma foto errada, ou então esses pesquisadores ficaram doidos com o calorão do norte.

Hydrolycus => Cachorra

Characidae => Piranha

Depois eu que sou doido blink::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Madeira! Essa fiquei por entender também...Primeiro que Characidae é uma família, e que na América do Sul contem aproximadamente umas 1500 espécies já descritas...Ou seja, acharam um "Characidae" nas Guianas...Grande coisa...

Segundo, muito peixe dos rios costeiros das Guianas (as duas), Suriname, Amapá compartilham espécies com a bacia amazônica também, devido a sua história geológica.

Aliás, eu acho a biogeografia da bacia interessante. Algum tempo atrás (~15milhoes de anos), começou a subir a cordilheira dos Andes. Antes disso, o "rio amazonas" fluia na direção sudeste - noroeste, desaguando no pacífico, pela calha do atual rio Orenoco. Com o soerguimento da cordilheira, o rio foi barrado e formou-se um imenso lago e pantano. A cordilheira continuo subindo e as águas passaram a ser drenadas no sentido oeste-leste, como é hoje. Por isso, esses rios estiveram conectados a "pouco tempo" atrás, então apresentam muitas espécies em comum (a cachorra da foto, tucunarés, surubins, o trairão, que atrai um monte de turista frances para pescar lá...).

Enfim, não acho que "descobriram o Brasil" dessa vez... Mas é da BBC, "para inglês ver"!!

Isso aí, abraços!!

É show ver o que o Michel fala, e é de uma maneira simples (pra gente entender) e bem explicado. Uma bela aula aqui no forum. A cada dia a gente aprende mais.

Valeu Michel.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se for cachorra para inglês ver poderiamos mostrar para eles uma matrinchã e falar que é lambari...kkkkk..eles acreditam em tudo mesmo....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×