Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Mauro Maleque

Capixabas no Rio dos Peixes MT

Posts Recomendados

Relato da pescaria no Rio dos Peixes, fazenda a 300km de SINOP MT.

Este ano de crise não foi facíl viajar, tivemos que apelar para o amigo do amigo. Neste caso o André gerente de uma fazenda de manejo de madeira perto de Tabaporã. Junto com três amigos que já foram no local organizamos nossa pescaria anual com base nos relatos de pescarias anteriores, muito trairão e tucunas grandes, contamos com dois conjuntos de barco e a orientação do André e dos companheiros. Saindo de Cachoeiro até Vítoria de carro, voamos até Cuiaba e pra variar a Azul cancelou o voo até Sinop e nos botou em um onibus com 8 horas de viagem, sem comentários, alugamos um carro e fomos mais 280 km até a fazenda.

Animação na viagem

100_4543_zpsl5rsj0ha.jpg

100_4546_zpsd7j5al8f.jpg

100_4641_zpshtnt1o7d.jpg

100_4552_zpsuak1ggkn.jpg

Fazenda sede e nossa turma.

DSC07383_zpsmrq5ec0o.jpg

DSC07380_zpsdawabt38.jpg

Casa do meio(40min barco da sede), Ó timo ponto.

100_4621_zpsqzkteow1.jpg

Cuiabano terceira casa, local fantástico.

100_4560_zpsqizhimj0.jpg

100_4559_zpsly4tetbs.jpg

DSC07345_zpsupwkj6qt.jpg

 

O Rio dos peixes têm alguns pedrais com correntes fortes e poços mais profundos aonde fica o trairão, tanto no rebojo das pedras quanto no fundo. Os tucunas ficam nos rebojos e dentro das fendas dos pedrais, além de algumas bocas de igarapé. Com o rio um pouco cheio os peixes estavam espalhados dificultando a pescaria. Com o passar dos dias fomos conhecendo as condições e comportamento dos peixes e fizemos uma pescaria bem variada quanto as técnicas.

 Paisagem com arvóres lindas.

DSC07350_zpsvnyvrzax.jpg

Fomos preparados para pescar na superfície com iscas grandes, não deu resultado, usamos  mais iscas pequenas como a sticknina da deconto que foi a campeã disparada, inclusive  pegando meu troféu, um tucuna de 4,5 kg que bateu no rebojo da correnteza e brigou muito. Pescamos todos os dias nas bocas de valas com boas ações e capturas de tucunas na superfície. Junto usamos meia água cobrindo superfície e nos pedrais como isca principal,  campeã x-rap 10 e fusion shad. Tucunas de 1 a 3kg muito fortes, de vez em quando algum trairão batia no mesmo lugar na meia água, mais trairão é um capítulo a parte.

Tucuna na superfície 

DSC07355_zpsou8mwyyr.jpg

DSC07353_zpshbslz2fq.jpg

DSC07305_zps2c6igxew.jpg

DSC07307_zps6syom2or.jpg

DSC07317_zps9ir2akp4.jpg

Meia-água pegou mais

Marcelo

DSC07290_zps2tou4vo8.jpg

DSC07274_zpstw0dl7os.jpg

Romário

IMG_3718_zps4dedaukq.jpg

Júnior

IMG_3717_zpsjoflb1yv.jpg

IMG_3657_zpstl5ux4zc.jpg

Cyro

IMG_3655_zpslc34znz5.jpg

IMG_3654_zpssr0z1mwo.jpg

Meu trófeu de Tucuna, 10 lbs(4,5kg), felicidade total com ataque sensacional.

100_4582_zpsgrud1cio.jpg

100_4577_zpscndrjpxj.jpg

100_4586_zpsczphxsam.jpg

100_4580_zps3wf54arc.jpg

Na pesquisa do local da pescaria, vimos fotos de trairões enormes pegos com iscas grandes, tipo pescaria de mar.... como não tenho e nunca usei tal tipo de isca levei duas dep dark médias e pouca opção de fundo. Chegando lá vimos que o trairão gigante só mesmo no fundo( nivél do rio) e nas horas quentes era corrico nelas, muito efetivo pegamos vários e aos poucos nossas iscas foram acabando e não saiu nenhum gigante.

Nosso amigo que conhece o rio a anos e praticamente achou o trairão neste rio, novamente inovou e alcançou exelente resultado imaginem com jig hed + suporte e camarão médio escuro, simplesmente pegou dois trairões acima de 15 kg e vários na faixa de 8 a 10kg. Os colegas Júnior e  Romário também tiraram belos peixes com a mesma técnica. Eu e Marcelo com pouco jig e iscas softs fizemos adaptações mais a sorte não ajudou, perdi quatro trairões em poucos minutos que escaparam no salto, mais valeu ficou a imagem e filmagem.

Trairões pegos no corrico, no picho de fundo e no jig hed com soft.

Romário

DSC07289_zpsfydf5tat.jpg

Marcelo

DSC07278_zpsa0ryjdng.jpg

DSC07282_zpshp4kg52z.jpg

Mauro

100_4610_zps3fqsthor.jpg

100_4557_zpsrar8vql5.jpg

100_4570_zps9kedsk3b.jpg

100_4555_zpsvqlwppd9.jpg

Júnior

100_4604_zpsks8brntr.jpg

IMG_3722_zpskbtkl9iy.jpg

IMG_3666_zps2m73cmaz.jpg

 

Cyro e a gigante. Não dá pra ter ideia do tamanho do peixe pois o pescador é um peso pesado de mais de 120kg.

IMG_3665_zpsu2f8ow35.jpg

Na hora do rancho o assado ficou assim,

DSC07342_zpsqmai3ken.jpg

DSC07291_zpsx1fkzu1m.jpg

DSC07346_zps2kim8ynf.jpg

DSC07343_zpspffmwu17.jpg

Fauna local

IMG_3737_zpszo4vbpux.jpg

Pescaria muito boa em companhia de Marcelo( irmão, professor e guia), Romário(mestre), Junior e Cyro( feras na pescaria e mateiros de primeira), André ( gente finíssima que sabe tudo do rio e tira os trairões gigantes). Convivemos em uma fazenda muito peculiar e experimentamos uma culinária regional bem variada, com pratos de peixe e carne sensacionais. Torcemos pela preservação do local que merece pois é belo e abriga peixes enormes.

Os peixes das fotos foram soltos, retiramos somente para consumo local, o que não é infelizmente a realidade no rio dos peixes. 

Segue alguns videos bem amadores mais com muita emoção de todos pecadores, valeu minha turma foi nota dez.

 


Meu troféu de tucuna


Alguns Trairões


Tucunas


Capixabas em ação


Nosso amigo mestre Romário


Um dia típico de pescaria


Peixes perdidos e video-cassetada


 

Obrigado a  família, a todos e principalmente a Deus que nos permitiu está feliz pescaria.

 

 

 

 


 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...