Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Fábio Alves

Membro
  • Total de itens

    286
  • Registro em

  • Última visita

2 Seguidores

Sobre Fábio Alves

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 25-03-1975

Profile Fields

  • Sexo
    Feminino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Fábio Alves

Informações de Perfil

  • Localização
    Paragominas - PA
  • Interesse
    O melhor dia para pescar é... sempre que você puder!!!

Últimos Visitantes

638 visualizações
  1. Bom dia, amigos. Aproveitando agora que ficou mais fácil de postar as fotos (rsrsrs), gostaria de mostrar o excelente trabalho realizado pelo meu xará Fábio Martins e toda a equipe Faca na Rede. Seguem imagens das camisas feitas para nosso grupo de pescadores, o PESCA PARAGOMINAS. Ainda não tive a oportunidade de estrear a minha camisa no rio, pescando, pois aqui está chovendo muito e os rios estão transbordando. Assim que estrear, eu mando mais fotos.
  2. Eu conheci o Eduardo ao encontrá-lo na Loja do Pescador em Belém. Batemos aproximadamente 1 hora de papo sobre a pesca de Tucunarés no Rio Capim e região. Garanto que se trata de pessoa muito simpática e humilde. Desejo muito sucesso para esse companheiro. Que Deus o abençoe sempre.
  3. Ok, amigos. Aprecio muito os produtos da Coleman: farol, caixa térmica, etc. Mas, ainda não tenho uma barraca. Vou experimentar. Muito obrigado.
  4. Olá, amigos. Sei que esse assunto já foi debatido no fórum, mas abri outro tópico para saber se alguém já descobriu alguma barraca que possua sobre-teto 100 % impermeável.
  5. Astra, você retirou o gancho da cinta de 9 metros???
  6. Pode cortar as sobras e queimar as pontas. Fica resolvido, pois as minhas estão assim há um bom tempo. Se quiser, leva na capotaria para costurar e aí vai durar 50 anos.
  7. A carretinha é para esse barco mesmo. Trata-se de um Karib 600. O deslocamento para a frente é de um pouco mais que 50 cm. Se colocar um barco de 7,00 mt. por exemplo, mesmo usando o batente da frente, vai sobrar popa para trás do pára-choque. No meu caso, não posso colocar o barco no batente da frente, senão o peso fica muito na dianteira. Daí tenho que colocar muita tralha extra lá na traseira para equilibrar melhor. Costumo carregar o motor em cima do eixo, onde acredito que balança menos. Daí, vou ajeitando as tralhas no piso do barco para o peso ficar somente um pouco dianteiro, sem exageros. Agora, se for carregar o motor acoplado, aí tem que ir para o batente da frente, sem dúvida. No início só havia o batente de trás e era mais alto (ver foto). Depois eu pedi para acrescentar outro batente mais dianteiro, para ser regulável. Só que, o de trás ficou muito baixo. Concordo que não ficou legal. Vou modificar isso em breve. O bom é que esse reboque é bem reforçado. Tem conhecidos que usam para transportar até lancha aqui na região.
  8. Astra, estou bem relax... rsrsrs. Eu só queria mesmo entender, pois sou muito metódico (os amigos dizem "enjoado") no transporte de embarcação. Obrigado pelas explicações. Acredito que conversando a gente sempre absorve algo de novo. Coisas que podem estar passando despercebidas. De qualquer forma, aqui na nossa região, não costumamos carregar o motor na traseira do barco, pois o acesso aos locais de pesca se dá por estrada de chão. E daí, já viu, né? A popa do barco sofre com isso e também o próprio motor, pois os solavancos são muitos. Geralmente o motor vai dentro do barco, o mais próximo possível do eixo da carreta. Parabéns e obrigado pelas suas ponderações. Acredito que matou a pau neste post. Gostaria de acrescentar que, sobre o barco passar por cima da roldana, concordo que o apoio ficou um pouco baixo. Porém, além da cinta à frente, eu amarro o barco ao estrado com duas cintas-catracas, pressionando para baixo, o que praticamente impossibilita de isto acontecer. De qualquer forma, posso reforçar o apoio dianteiro. A tomada que você bem observou, é de carreta grande. Muito superior à aquelas simplezinhas... Vou procurar se tem opção de metal, mas essa aí já está há um bom tempo e não requer troca ainda. Abraço.
  9. Astra, desculpe, mas não compreendi o problema citado. Gostaria de debater sobre isso, pois adoro aprender. Na verdade, acredito que, se eu não empurrar o barco mais para a frente, o motor acoplado na traseira fica ainda mais longe do eixo e aí sim pode causar danos ao reboque. Inclusive, se ficar muito traseiro penso que pode até ficar jogando para os lados em curvas mais fechadas. Algo primordial que aprendi para não haver rachaduras nas soldas, é você prender o bico do barco no braço do reboque (veja imagem), evitando assim que o motor crie uma movimentação de balança, como se fosse um pêndulo sobre o eixo. Seguem fotos do reboque: Note a cavidade no pára-choques para transportar o motor acoplado, de forma que o mesmo fique à frente das lanternas. Não tenho fotos do motor acoplado, pois não costumo transportar assim.
  10. Xará, tenho 2 reboques e os 2 tem regulagem no batente da quilha. Ou seja, se vou levar o motor acoplado, basta utilizar a regulagem mais na dianteira. Hoje, fico devendo as fotos, pois estão no meu escritório. Mas, se tiver dúvidas, posso postar amanhã. Abraço.
  11. Atenção, pessoal! Reforçando o convite... Será na próxima Sexta-feira, dia 28/08. Se a pessoa não quiser competir, pode pagar o ingresso pra acampar na fazenda e poderá degustar de 4 refeições com churrasco e 2 cafés da manhã. Assim, estará participando da festa. Abraços!
  12. Atenção, pessoal! Reforçando o convite... Será na próxima Sexta-feira, dia 28/08. Se a pessoa não quiser competir, pode pagar o ingresso pra acampar na fazenda e poderá degustar de 4 refeições com churrasco e 2 cafés da manhã. Abraços!
×
×
  • Criar Novo...