Ir para conteúdo

Fábio Neves

Biguá Team
  • Total de itens

    1.002
  • Registro em

  • Última visita

7 Seguidores

Sobre Fábio Neves


  • User Group: Biguá Team


  • Member ID: 389


  • Title: Integrante do Grupo


  • Post Count: 1.002


  • Post Ratio: 0.24


  • Total Rep: 10


  • Member Of The Days Won: 0


  • Joined: 03-03-2008


  • Been With Us For: 4121 Days


  • Last Activity:


  • Atualmente:


  • Age: 45


Clubes

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Fábio Fernandes Neves

Informações de Perfil

  • Localização
    Ribeirão Preto - SP

Últimos Visitantes

660 visualizações
  1. Fábio Neves

    Amazônia - Pescaria frustrada (de novo)

    Prezados, bom dia. Tenho ficado um pouco afastado dos Fóruns de Pesca, mas não posso deixar de compartilhar minha opinião sobre este tema. Pesco na amazônia desde 2004, cerca de duas vezes por ano. Nestas vinte e poucas semanas eu tive apenas duas semanas excelentes e umas três boas. No resto foi FERRO!! Mesmo nas semanas boas, fiquei pelo menos um dia dedão, visto que pesco quase exclusivamente de hélice, pois acho que seleciona peixe grande. Fui um dos primeiros pescadores esportivos a pescar em SIRN, antes de qualquer operação de pesca estruturada na região. Mesmo tendo todos os rios a minha disposição, na maioria das semanas foi FERRO!! São muitas variáveis climáticas, físicas e organizacionais envolvidas! A chance de tudo conspirar a favor é mínima! Quem vai achando que a cada arremesso é uma ação, com certeza vai se frustrar. Várias vezes eu saí de lá falando algo do tipo: "Isso aqui não me pega mais!!", "Nunca mais eu volto nesta m...!", "Esse operador FDP tá de sacanagem comigo!"...etc. Mas eu sempre voltava, por dois motivos: 1- A sensação de pegar um troféu é indescritível! Faz você esquecer todo o sofrimento das jornadas frustradas! 2- Com o tempo aprendi a valorizar mais a pescaria que o peixe! Comecei a curtir cada momento, da chegada a Manaus ao retorno para casa: o banho de rio, a noite com o céu estrelado, as cachaças no deck do barco, os fogos de chão, os papos cabeça, o baralho, as piadas e, principalmente, os novos amigos fisgados a cada semana! HOJE, TENHO MAIS AMIGOS NA PESCA ESPORTIVA QUE FORA DELA! Também passei a prestar mais atenção na técnica de pesca, na melhoria das minhas habilidades. Comecei a sentir prazer em acertar a isca naquela loca, fazer um trabalho diferente, escolher o tipo de isca mais produtiva para a condição de pesca, aprender a fazer leitura do rio... etc. Peixe passou a ser consequência!! EU GOSTO É DE PESCAR!! Um marco na minha jornada de pescador amazônico, foi a comparação entre duas turma de pesca: - Na primeira, estávamos em 14 pescadores e TODOS pegaram peixe acima de 20lb. Na hora de recolher a caixinha, vários se recusaram a participar do rateio por motivos bestas, puro mimimi... fulano não falou bom dia para mim, beltrano deixou a cerveja esquentar, zezinho posicionou mal barco, etc... - Na segunda, pegamos repiquete no afluente e nem peixe para o assado conseguimos capturar. Nem praia para o Luau existia no rio!! Quando chegava a noite no barco hotel, era só felicidade, turma alegre, ouvindo música, jogando truco, cozinhando, contando piada... sabe quantas reclamações eu ouvi? ZERO!! A mensagem é: ESCOLHA BEM SEUS PARCEIROS DE PESCA!! COM CERTEZA O PASSEIO VAI SER TOP!! Em relação ao rodízio dos operadores, eu acho que falta transparência e clareza nas regras. Mas alguma regra é melhor que nenhuma! É mandatório algum tipo de ordenamento pesqueiro na região! SIRN não suporta os 50 barcos de Barcelos. A estrutura de pesca é restrita, pois o rio negro fica muito na caixa naquela região (menos lagos, ressacas, ilhas e paranas). Espero que a regulação seja aprimorada a cada ano e que estes recursos não caiam na mão dos estrangeiros!!
  2. Fábio Neves

    fechado SIRN Angatu Mirim (GRUPO FECHADO)

    Bernardo, a vaga foi preenchida.
  3. Fábio Neves

    LaZona em Dez15. Dourados gigantes na superfície. 1 VAGA.

    Pessoal, um amigo de fora do FTB ficou com a última vaga. Quem tiver interesse, deixe o contato, porque sempre tem desistências de última hora.
  4. Mestre Eloy, muito me alegra tão ilustre companhia no nosso grupo. Será um prazer pescar contigo novamente.
  5. Fábio Neves

    Pesca no rio Marié

    Eu acho que o modelo é muito interessante: - Controle do número de pescadores e do período de temporada - Fiscalização e manejo técnico da reserva pesqueira - Inclusão das comunidades, gerando renda e empregos para os ribeirinhos - Parceria a longo prazo com possibilidade de desenvolvimento sustentável O grande problema é o investimento inicial e o custo fixo da operação (inclusive fora da temporada). Desta forma, com no máximo 96 pescadores por temporada, para dar um retorno adequado, o pacote deveria custar cerca de USD 5.000 (fora o aéreo). Será um produto acessível a poucos abastados (ou seriam abestados). Sinceramente, prefiro fazer três pescaria em Barcelos ou SIRN pelo mesmo valor. Ou mesmo ir para a Costa Rica, Panamá, Madagascar, Patagônia, LaZona... Seria importante se fazer um estudo técnico da real capacidade da região. Rios tão longos não podem comportar mais de 8 pescadores por semana? Isso tornaria o custo menor e o produto mais acessível.
  6. Claro que pode, Castelano! O tucunaré varia mais de 20% o seu peso dependendo da época do ano. Em 2009, peguei no Rio Preto um açu esquelético que media 93 cm e pesava "apenas" 21 lb. Por isso que eu acho que os torneios de pesca deveriam usar o critério medida de cumprimento e não peso. Parabéns pelo peixão!!!
  7. Fábio Neves

    Como anda a pousada Serra Negra?

    Boa tarde Marcos, Estive no feriado do dia 15/11 nesta pousada e me surpreendi positivamente. O atendimento melhorou sensivelmente, principalmente a qualidade da comida. O quarto, apesar de antigo, possui cama box, frigobar, ar condicionado e um bom chuveiro. A pousada Serra Negra não se compara à Vida de Peixe nem à Germano em termos de hotelaria, mas pelo excelente custo-benefício e pela proximidade dos principais pontos de pesca é, na minha modesta opinião, a melhor opção na Serra da Mesa. abraço e espero ter ajudado
  8. Fábio Neves

    Barcelos... chegou nossa vez!

    Vai com Deus mestre Eloy. Separe os bitelos d'água!!
  9. Fábio Neves

    Pescaria Panamá ou Costa Rica? Pousadas.

    Naum me deixa fora desta não Xandego!!!! ... rsrsrs
  10. Fábio Neves

    PRECISO DE UMA COLUNA NOVA

    Seu Jones, foi a melhor decisão. Agora é força e bola para frente, pois em 2013 vamos moer a amazônia e tomar com Red Bull.
  11. Fábio Neves

    HOJE É DIA DO FABRICIO BIAGUAZUDO.KKKKK

    Tudo de bom mano véio.
  12. Fábio Neves

    Quem se lembra do Xandego ?

    Parabéns fioti... tudo de bom!!!
  13. Fábio Neves

    PESCARIA EM SANTA ISABEL DO RIO NEGRO - GRUPO FECHADO

    Mestre João Sorrisão, pode contar comigo nesta jornada.
  14. Fábio Neves

    Sonar. Vale a pena?!?! Pela ótica de um pescador.

    Muito bom o tópico Fabrício. Parabéns! Em duas ocasiões eu percebi o diferencial que um sonar agrega à pescaria: 1- Pesca oceânica: o guia identificava o tipo de cardume no sonar. Teve uma hora que ele falou... "Olha um cardume de amarelinhos!"... 5 segundos depois bateram xaréus amarelos nas duas varas que estavam corricando. O mesmo aconteceu com olho-de-boi na vertical. 2- Represa: em Ipiaçú o Jorge Henrique localizou o ponto das grandes corvinas com o sonar. Saíamos 10 metros do local as bichas desapareciam. Toda hora tínhamos de reposicionar o barco. Em 15 minutos tiramos meia dúzia de corvinas sendo duas na casa dos 4 kg.
  15. Fábio Neves

    HOJE É DIA DO PAPAI URSO(MACEDÃO BIGUÁ)..

    Prezado mestre, Tudo de bom no seu dia. Que Deus te ilumine e a toda sua família.
×