Ir para conteúdo
João Guilherme

Rio Caurés - Amazônia - Outubro de 2015

Posts Recomendados

Como diria um grande amigo meu: "antes tarde do que mais tarde"!! Já faz 30 dias que voltei da Amazônia, mas mesmo assim quero compartilhar com os amigos a minha experiencia.
 

Em setembro de 2014 estive a primeira vez na Amazônia, cai de paraquedas e fui pescar em Barcelos. "Malemá" sabia arremessar, quizá trabalhar uma isca de superfície. Compensei a falta de talento com esforço e fui premiado com um "gigante" açú de 7,5kg na hélice.  Não fazia ideia que a partir dali ficaria totalmente viciado no mundo das artificiais. Durante o ano fiz algumas pescaria e fui evoluindo nas técnicas e não via a hora de estar de novo em águas amazônicas. Pra mim seria uma viagem mais que especial, afinal estaria viajando com meu pai, meu avô de 85 anos, meu primo, meu sogro, meu sócio, um amigo e com o jornalista e ótimo pescador Pepe Mélega.
 

Chegou o dia, confesso que o pré embarque foi extremamente saboroso. Carregar as carretilhas, trocar as argolas e garateias, discutir qual isca levar, qual não poderia faltar, definir como seria a estrategia de pesca, e tudo isso num ambiente extremamente alegre e sem muita neura, apenas muita ansiedade. Decolamos de Curitiba logo cedo, e perto das 13:30 já estávamos no Boteco, no shopping Manauara ao lado do nosso hotel Quality, comendo uma carne de sol com queijo coalho e tomando um belo de um chopp brahma, trin - can-do!!  Ainda passamos um dia inteiro em Manaus, a turma toda fez um city tour de dia todo, enquanto eu e Gláucio ficamos trabalhando no hotel. E para corar o dia, um jantar excelente na morada do peixe com ótima comida e preço justo, e é claro aquela cervejinha gelada!
 

Eis que as 6:30 decolávamos do Eduardinho,  o hidroavião foi uma surpresa extremamente agradável, destino rio Caurés. Sobrevoar aquela imensidão de água e mato é algo que acalma a alma, e depois de 1:15hrs de voo  avistamos o flutuante logo abaixo. Um ponto branco, no meio do NADA. O piloto fez uma volta e pousou suavemente, o pouso realmente foi alucinante. Desembarcamos, apresentação a tripulação toda, total de 11, pra cuidar de 8 pescadores. Café da manhã servido, um pequeno breffing de segurança, desfaz a mala e arruma as tralhas....com bastante calma as 9:20 já estamos todos na água!! Impressiona ter uma suite com ac e banheiro privativo a disposição.


No primeiro dia sai com meu amigo Eduardo Teixeira, e com o excelente guia Pacu. Navegamos menos de 3 minutos, e paramos no primeiro ponto. Achei que o Pacu estava de sacanagem, de tão pouco que navegamos, na hora pensei, aqui não vamos pegar nada. Eu estava com 3 conjuntos montados: vara black mamba ps com uma helice do moa, vara black mamba normal com uma t20 e uma daiwa com uma biruta 130 cabeça vermelha, todas 25 lbs. Perguntei ao Pacu, vou começar de T20, oque acha? Ele me olhou e disse, tem Helice ae?? kkkkk Não resisti e no primeiro pincho o tucuna deu uma rabada e jogou longe a minha isca. A partir dali percebi que as próximas horas seriam de muita diversão. Nessa primeira manhã eu e meu parceiro pegamos 40 tucunas, sendo o maior de 5,5kg. Quando voltamos ao flutuante por volta do meio dia, todo mundo era só alegria. Todos tinham feito uma excelente meia manhã de pesca. Inclusive meu avô de 85 anos estava extasiado com tudo aquilo, para ele o pesque e solte era uma grande novidade, imagina então as iscas artificiais. Um grande confraternização já rolou  antes do almoço.
 

E assim foram os 3 próximos dias de pesca. Bastante peixe, todo mundo pegando,superfície batendo. Mas nos 3 últimos dias o Rio secou bastante e o peixe ficou bem mais tímido. Saíram exemplares de 16 e até 17 lbs, mas a pescaria estava muito mais difícil.
 

Passamos 7 dias inteiros na cia de pessoas maravilhosas e em um lugar longe de tudo e de todos. Pesquei cada dia com um parceiro e foi sensacional, pude aprender muito com cada um. Destaque para a tripulação, e ao grande Mauricio que nos atendeu sempre muito bem, era cerveja gelada para todo lado. Preciso fazer um destaque especial há um momento que pesquei com o meu avô. O dia de pesca estava difícil (4º dia), chegamos na ponta de uma praia e no primeiro arremesso na T20 entrou um peixe que sugou a isca por baixo e fez muita força, mas que acabou soltando da isca. Nisso insisti 4 ou 5 vezes na helice no mesmo ponto, e tive um ataque sensacional. O tucuna de aproximadamente uns 4 / 5 kg, saltou inteiro pra fora d´gua e caiu de boca na isca. Essa cena aconteceu a uns 4 metros do barco na FRENTE do meu avô, ele delirou quando viu aquilo. Valeu demais o ataque, pena que não capturamos o peixe. Mas ele ganhou o dia, e eu tb!!
 

O rio secou tanto que na volta embarcamos no hidro direto da praia. A vista do rio negro estava impressionante, completamente diferente de uma semana atrás. Tudo MUITO seco. Pegamos mais de 40 tucunarés acima de 10 libras, e no total mais de 1.000 sendo o maior de 17lbs. Não tive nenhuma ação de peixe grande, meu maior foi de 15 lbs num lago (bom demais pegar peixe no lago). E pude soltar dois tucunas dentro  d´água (esse era o meu objetivo) , tomando aquela gelada e curtindo a adrenalina. Bommm demaaaaais!
 

Um agradecimento especial ao Marlon Otero da Peacock Bass Expediton e toda a sua equipe. Um abraço ao grande amigo Juscelino que nos atendeu muito bem em Manaus, ao Quality pela atenção e cuidado com o nosso café da manhã fora de horário. E aos integrantes dessa "barca" fora de série!!!
 
 
 
Danilo - Pai - estreou na pescaria de artificial, me surpreendeu com a velocidade que aprendeu a arremessar e pegou um tucuna de 5kg na superfície.

 
Anthenor - Avô - Era um dos mais animados, foi em todos os períodos de pesca. Surpreendeu pela disposição e pela alegria, perdeu um peixe grande quanto estava comigo, o peixe arrebentou tudo e levou a isca embora. 

Marcelo - primo - Marcelo foi meu grande parceiro de pesca ano passado em Barcelos, é pescador faz tempo, mas nas artificial é novato como eu, esse pra mim foi o rei da pescaria, pegou 3 tucunas entre 14 e 16 libras e estava radiante, muito merecido. E o melhor de tudo, um deles na superfície. Bom demaaaaais ver o parceiro feliz. 

Eduardo Teixeira - amigo - Na largada pegou ótimos exemplares, figura que curte contar piada e tomar uma. Grande companheiro. Perdeu um peixe grande quando estava com o Gláucio, e pescou com uma carretilha elétrica que fez uma hélice da devassa roncar pesado. 

Jony Brito - Sogro - Carinhosamente chamado de Dr Brito fez sua segunda pescaria no caurés na temporada. Impressiona pela consistência e pontaria nos arremessos. A ele devo a apresentação da Amazônia, do Tucuna e por ter liberado o casamento com a filha!! kkkkkk (devendo a alma praticamente)

Glaucio Gapski - socio - Meu grande mentor da[/size] pesca, tudo que aprendi nesse ultimo ano foi ele quem me ensinou. Foi proprietário do Aracá Camp, é um cara apaixonado pela amazônia e pelo tucunaré, ahhh e pela joão pepino, trabalha como ninguém. E eu tenho a sorte de ter esse ícone da pescaria na amazônia como sócio na Labadee Sport Fishing. Que venham ainda muitos anos e muitas pescarias, esse baixinho é gente fina!

Pepe Mélega - Entende muito do assunto, o dia que pesquei com ele foi de grande aprendizado. Um cara extremamente simples e que ama fotografia e pesca. No meio do dia perguntei, Pepe essa pooper funciona mesmo? Nunca peguei nenhum com ela, passa 10 segundos e BUMMM, estoura um de 14 lbs na pooper dele!! kkkkkkk Resposta dada com maestria ao novato!
 

Seguem algumas fotos, um grande abraço aos amigos pescadores!!
 
João Guilherme
 

 
Embarcando no Eduardinho
 
FnMfnk.jpg
 
 
HIdroavião na Pista

 

mhw6tl.jpg
 
Destino: Rio Caurés
 
flpCUr.jpg
 
 
Eduardo Teixeira
 
DZRk8Q.jpg
 
 
 
 QPNRfn.jpg
 
 
Marcelo Berto

 

R61eMw.jpg
 
 
Joao Guilherme
 

KvGfhm.jpg

uIPBB9.jpg
 

XDCjFL.jpg

 

 

9zxPnQ.jpg
 

 

8WTttf.jpg

 

 

gZbHG6.jpg

 

 

Chuva Amazônica

iyK8i2.jpg
 
Glaucio e Brito
 
ynf01f.jpg
 
 
Momento de fazer um brinde ao Tucuna!! Viva!!
 
 
cF6tSX.jpg
 
 
5:42 da manhã
 
U930Sd.jpg
 
 
Tietando no meio da pescaria...kkkkkk
 
bjuiB7.jpg
 
 
 
Glaucio
 
SasM93.jpg
 
 
FuEA62.jpg
 
Marcelo e JG
 
WQDguI.jpg
 
Brito
 
g8kcgr.jpg
 
Vôzim
 
FW9Qsk.jpg
 
Brito erguendo o seu troféu
 
YM167i.jpg
 
Marcelo
 
 
7VHwIa.jpg
 
Vô e Marcelo
 
 
 
gWjWhP.jpg
 
Pai
 
98tWtQ.jpg
 

 
 
nNUMhJ.jpg
 
 

 
 
Estacionamento perfeito
 
Jf0gFA.jpg
 
Piloto Fernando, dando uma aula de Caravan pra gente.

 

5paFUH.jpg
 

 
 
Rio Negro 
 
yIZP3f.jpg
 
 
Fechando a conta no Panela Cheia em Manaus

 

4VBb2c.jpg
 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sensacional a pescaria!!! belas imagens... Parabéns!!!

 

Pescar já é bom demais, na companhia da família então, não tem preço.

 

Graças a Deus tenho essa honra também....

 

Abraço.

 

Verdade Ricardo, foi tão bom que ano que vem já estamos planejamento novamente!! abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...