Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
rafaellofontana

Troca de garatéias

Posts Recomendados

Pessoal, desculpe se estou voltando a um assunto já discutido; mas procurei pelo site a não encontrei nada de específico sobre o assunto. Mas o mais provável é que eu não tenha procurado direito.

Enfim, minha dúvida é sobre a troca de garatéias para as iscas a serem utilizadas na amazônia. Gostaria de saber da experiência de vocês se a troca das garatéias é, mesmo, necessária para enfrentarmos os açus.

O que sempre se diz é sobre a nacessidade da troca das garatéias das iscas importadas.

Sendo assim, pergunto se, para as iscas listadas abaixo, a troca deve ser feita, ou se dá pra arriscar com as garatéias normais.

Heddon Super Spook;

Trairão;

Bombers 15, 16 e 17

X-Rap 10 e 12 - quanto à x-rap 10 eu desconfio que seja necessária a troca, pois na Serra da Mesa um azulão simplesmente arrancou a garatéia traseiro num salto;

Aile Magnet 115;

Sobre as nacionais, como as iscas da KV parece que já vêm com garatéias fortes o suficiente, correto?

Bom, obrigado pela ajuda.

Em tempo: a pescaria vai ser no rio Branco (Roraima) e afluentes.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafaello,

Não posso opinar sobre as demais iscas, mas com certeza a Heddon Super Spook e a Trairão deve se trocar as garatéias, inclusive split rings...

Deixa o pessoal com "experiência amazônica" se pronunciar que com certeza irão tirar suas dúvidas...mas, creio que lá para "aquelas bandas" no mínimo garatéias 4X sejam ideais.

Abraço e boa sorte lá

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se não quiser perder "aquele" peixe é melhor trocar. De que adianta multifilamento de 65 lbs, varas de 25, etc... etc... se pescar com as garatéias frágeis ?

Boa sorte lá amigo. joia::: joia::: joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo Rafaello, para as pescarias dos ........bocudos da amazônia........ é fundamental a troca das...... gatatéias..... e...... argolas..... por modelos reforsados, joia::: sempre levando em conta o tamanho da garatéia para não desbalancear a isca, eu prefiro as da marca VMC 1/0 ou outra que melhor se adeque ao tamanho da isca, sempre acima de 4x de resistência. As iscas......HEDDON......TRAIRÃO........E A.....RAPALA X-RAP SUB WALKER, eu troquei, valeu amigo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho que a unica que da pro gasto é a Aile 115 o resto é bom trocar!!!

Com relação a Trairão é melhor trocar de isca pois nem trocando argolas e garateias ela aguenta, simplesmente se o força for intensa abre a alça da isca!!!!

As nacionais costumam ter garateias reforçadas, mas nem sempre de qualidade!!!

Abços!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Rafaello,

O diferencial de algumas de nossas iscas nacionais, é exatamente esse processo de "tropicalização" pelo que passam, exatamente para enfrentarem a brutalidade de nossos peixes amazônicos !

A maior parte das iscas estrangeiras ( embora existam exceções ) chegam a ser um tanto frágeis para aguentar o tranco, quanto mais possuirem garatéias suficientemente resistentes para isso !

arrow:: É sempre importante lembrar que algumas dessas iscas estrangeiras já estão sendo produzidas para nosso mercado ( AICAS - por exemplo ) e com isso apresentam uma resistência bem mais adequada !

Iscas como a KV, Jennerlure, Borboleta, Moro/Deconto e outras nacionais, já se aprimoraram nesse quesito, e não oferecem maiores riscos, embora mesmo assim, algumas de suas garatéias sejam por vezes destroçadas ( mas nessas horas, poucas reforçadas aguentariam... ).

arrow:: Pessoalmente não troco as garatéias das minhas ( de origem nacional - em número cada vez maior... )

Com relação as iscas estrangeiras, é importante verificar a que se destinam, já que as grandes hélices ( Highlures, Jensen, Caribean, etc... ) já estão adequadas para os grandes troféus !

A dificuldade passa a ser quando as iscas são "intermediárias", ou seja, de tamanho e peso que possam ser usadas fora do ambiente amazônico ( também ) ! Aí a coisa pega...

Não há o que questionar de uma isca Rapala, Rebel, Heddon e outras mais, mas suas garatéias são frágeis demais para correremos os riscos ! Dessas, é melhor trocar todas, sem esquecer a necessidade de manter o equilíbrio da isca após a troca das garatéias ( procure sempre um mesmo padrão de tamanho das garatéias que serão substituídas ), pois o trabalho da isca dentro d'água é de fundamental importância para atrair o peixe...

Acho que é por aí... ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza, turma. Obrigado pelas informações. joia::: ::tudo::

Então não devo me preocupar com as garatéias das iscas nacionais. Isso é bom, pois é o que mais pretendo levar: as KV, Zagaia (Hi Lures), Moro/Deconto, Jennerlures é só tirar da embalagem e colocar na água, certo?

As estrangeiras, específicas para o que eles chamam de Peacock Bass tb. MAs pergunto, mesmo as Luhr Jensen Woodchopper menores aguantariam o tranco?

Bem, já andei comprando uns split rings do Glico e agora faltam as garatéias.

Além das VMC, já citadas, alguma outra que tenha uma melhor relação custo/benefício?

O que acham das garatéias da Marine Sports?

Obrigado novamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Beleza, turma. Obrigado pelas informações. joia::: ::tudo::

Então não devo me preocupar com as garatéias das iscas nacionais. Isso é bom, pois é o que mais pretendo levar: as KV, Zagaia (Hi Lures), Moro/Deconto, Jennerlures é só tirar da embalagem e colocar na água, certo?

As estrangeiras, específicas para o que eles chamam de Peacock Bass tb. MAs pergunto, mesmo as Luhr Jensen Woodchopper menores aguantariam o tranco?

Bem, já andei comprando uns split rings do Glico e agora faltam as garatéias.

Além das VMC, já citadas, alguma outra que tenha uma melhor relação custo/benefício?

O que acham das garatéias da Marine Sports?

Obrigado novamente.

Rafaello, tem as OWNER STINGER TREBLE 4x, que na minha opinião são as THE BEST. São carinhas massssss são excelentes!!

As da marine sports, sendo 4x também dá pro gasto...são melhores que as garatéias originais que vêm nas iscas gringas...

Já vi garatéias 4x e comprei umas inclusive sendo vendidas na embalagem da RAPALA, mas olhando direito a embalagem vc vê bem pequeno VMC, ou seja são da VMC feitas para Rapala...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os anzois da Marine Sports sao os meus favoritos disparado!

Ja as garateias nem tanto... Mas ainda assim sao bem fortes (e grossas) as grandes, e as pequenas sao otimas! Pra tucunas onde o rasgamento da boca durante a briga causa grande numero de perdas, vale usar essas garateias bem grossas; elas so nao sao boas pra dourados onde enterram com dificuldade...

Sobre trocar as garateias das iscas, so um conselho; por a isca para flutuar em uma vasilha transparente com agua e verificar como flutuam, o angulo em relacao a superficie da agua, e quanto da isca fica para fora da agua,...; e comparar com como as iscas flutuam depois de tracadas as garateias. E uma forma de antever qual a influencia no trabalho que as garateias novas terao, comparar o antes e o depois.

Nao que eu esteja dizendo que nao pode mudar uma isca...; mas vale o teste como uma forma mais cientifica de fazer trocas de garateias!

Teve um topico que eu abri faz um bom tempo onde eu mostrava como fazer isso assim como outras modificacoes (e muitos me criticaram...); depois com mais tempo verei se acho.

Aquele abraco a todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafaello,

As garatéias da Marine Sports são excelentes !

As que acompanham as Luhr Jensen, se forem as das iscas grandes ( hélices ) suportam bem as porradas ( já as testei antes ).

O que dizer das Owner ( são as melhores mesmo ), mas caras... ( não precisa de tanto assim ) !

As VMC ( que são produzidas para as Rapalas tropicalizadas ) são apenas razoáveis ! Aguentam o tranco, mas você termina correndo algum risco...

Faltou falar de um aspecto, parte do qual, você abordou ! As argolas também precisarão acompanhar essa mudança, senão de nada adiantará a mudança realizada, pois a argola irá abrir... As argolas nacionais ( Moro e Borboleta ) já são bastante boas para isso...

Por fim, e dentro do mesmo tema, tá ligado na questão do "snap" ( grampo ) ?

É onde o efeito do empuxo do peixe mais se centraliza, e por conta disso, é necessário ser bastante reforçado !

Nessa linha, há uma escala a ser observada :

Na minha opinião ( embora seja algo pessoal ) !

1. Capela - tamanho G ( o tamanho GG só se abre com alicate... ) - aguenta linha de 80 lb fácil !

2. Berkley ( 65 lb / 100 lb ) - também são confiáveis mas não fáceis de serem encontrados !

3. Moro ( tamanho maior / intermediário ) - são bastante bons na ausência de um dos anteriores...

Acho desnecessário, MAS, já que falei tanto, é sempre bom lembrar que todo o conjunto de pesca precisa estar equilibrado com o que você está usando, senão haverá uma sobrecarga nas outras partes do equipamento que poderão levar ao desgaste / quebra dos mesmos ( linha, vara molinete/carretilha ).

Em outras palavras, usar iscas reforçadas com linha de 30 lb é um convite ao insucesso e perda !

Usar linha de 80 lb em vara que trabalha de 8 á 17 lb é outro problema... ( mesmo com freio aberto ).

Por fim, o molinete / carretilha tem freio para segurar a tomada de linha ?

É preciso que o conjunto - além de equilíbrio - tenha também qualidade ! joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os anzois da Marine Sports sao os meus favoritos disparado!

Ja as garateias nem tanto... Mas ainda assim sao bem fortes (e grossas) as grandes, e as pequenas sao otimas! Pra tucunas onde o rasgamento da boca durante a briga causa grande numero de perdas, vale usar essas garateias bem grossas; elas so nao sao boas pra dourados onde enterram com dificuldade...

Sobre trocar as garateias das iscas, so um conselho; por a isca para flutuar em uma vasilha transparente com agua e verificar como flutuam, o angulo em relacao a superficie da agua, e quanto da isca fica para fora da agua,...; e comparar com como as iscas flutuam depois de tracadas as garateias. E uma forma de antever qual a influencia no trabalho que as garateias novas terao, comparar o antes e o depois.

Nao que eu esteja dizendo que nao pode mudar uma isca...; mas vale o teste como uma forma mais cientifica de fazer trocas de garateias!

Teve um topico que eu abri faz um bom tempo onde eu mostrava como fazer isso assim como outras modificacoes (e muitos me criticaram...); depois com mais tempo verei se acho.

Aquele abraco a todos!

Moacyr.

Eu tinha conhecimento do risco de alteração no trabalho de isca ao mudarmos as garateias, mas, sinceramente, achava que era muito preciosismo dar importância a isso.

De todo modo, acho que não há muito o que fazer.

Se uma garateia de igual tamanho ao da original acabar sendo mais pesada; e se essa diferença for tal que altera o trabalho; qual a saída?

Colocar garatéias menores para compensar seu maior peso?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafaello,

As garatéias da Marine Sports são excelentes !

Que bom saber disso, pois elas são mais fáci$$ de se obter, né, hehehe

As que acompanham as Luhr Jensen, se forem as das iscas grandes ( hélices ) suportam bem as porradas ( já as testei antes ).

Kid, me refiro a umas iscas Luhr Jenses de hélice que tenho lá, mas menores, digamos, uns 10 cm. Algumas se chamam tb Woodchopper e outra tem Peacock Bass no nome. Depois vejo com mais atenção e informo corretamente. De todo modo, posso presumir que estão com garateias adequadas para esse fim, certo?

O que dizer das Owner ( são as melhores mesmo ), mas caras... ( não precisa de tanto assim ) !

As VMC ( que são produzidas para as Rapalas tropicalizadas ) são apenas razoáveis ! Aguentam o tranco, mas você termina correndo algum risco...

Faltou falar de um aspecto, parte do qual, você abordou ! As argolas também precisarão acompanhar essa mudança, senão de nada adiantará a mudança realizada, pois a argola irá abrir... As argolas nacionais ( Moro e Borboleta ) já são bastante boas para isso...

Bem observado, Kid. Mas já comprei uns par de argolas feitas artesanalmente pelo Glico. Conhece? 80lb pra cima cada uma. Se considerarmos que há a chance dos bichos maiores fisgarem em 2 garatéias, acho que estou bem servido.

Por fim, e dentro do mesmo tema, tá ligado na questão do "snap" ( grampo ) ?

É onde o efeito do empuxo do peixe mais se centraliza, e por conta disso, é necessário ser bastante reforçado !

Nessa linha, há uma escala a ser observada :

Na minha opinião ( embora seja algo pessoal ) !

1. Capela - tamanho G ( o tamanho GG só se abre com alicate... ) - aguenta linha de 80 lb fácil !

2. Berkley ( 65 lb / 100 lb ) - também são confiáveis mas não fáceis de serem encontrados !

3. Moro ( tamanho maior / intermediário ) - são bastante bons na ausência de um dos anteriores...

Eu descolei uns Berkley 100lb. Vou com eles e com os snaps de engate rápido do Glico, de 80 lb.

Acho desnecessário, MAS, já que falei tanto, é sempre bom lembrar que todo o conjunto de pesca precisa estar equilibrado com o que você está usando, senão haverá uma sobrecarga nas outras partes do equipamento que poderão levar ao desgaste / quebra dos mesmos ( linha, vara molinete/carretilha ).

Em outras palavras, usar iscas reforçadas com linha de 30 lb é um convite ao insucesso e perda !

Usar linha de 80 lb em vara que trabalha de 8 á 17 lb é outro problema... ( mesmo com freio aberto ).

Por fim, o molinete / carretilha tem freio para segurar a tomada de linha ?

É preciso que o conjunto - além de equilíbrio - tenha também qualidade ! joia:::

Neste ponto você sintetizou tudo: EQUILÍBRIO é a senha. Para as hélices, que são aquelas que têm maiores chances de pegar um bicho de porte, vou com uma Daiwa Heartland 25lb que é um toco; Revo STX 7.1 (por causa do drag alardeado de 20lb); Power Pro 65lb. Quanto ao líder, pretendo usar o fluorcarbono da MS (Vexter) de 0,70mm (50lb). Acha que tá equilibrado? Pesado certamente está, hehehe.

Obrigado pela ajuda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafaello,

Alguns pequenos "ajustes"...

arrow:: Peacock Bass da Luhr Jensen - espero que seja desse modelo menorzinho, que são os meus preferidos ! Normalmente engatam os bocudos em duas garatéias ! Olha a foto dela aí ! Essa é a que eu mais gosto !

Imagem Postada

Já as woodchopper são um pouquinho maiores, olha só...

Imagem PostadaImagem Postada

arrow:: Já tive uma garateia dessas aberta, mas é que só pegou numa das hastes... ( eu não as trocaria por conta disso, pois o balanceamento é muito legal )

Nunca usei as Glico, mas já ouvi falar ( bem ) delas...

Mas se aguenta esse tipo de tranco ( 80 lb ) tá tranquilo...

As Berkley são boas, MAS prefiro as Capelas ( também nacionais - acho que o Halieuta aqui do Fórum, as comercializa - dá uma verificada com ele... )

Finalmente, acho que o esquema do líder é legal, MAS a não ser que você faça questão de trabalhar com a "dureza da linha de fluorcarbono"...

arrow:: Prefiro trabalhar com uma mono comum ( de 50 ou 60 lb ), que é muito mais macia, só que trançada, e mesmo assim, com apenas 1 ou 1,5 metros... Não precisa mais que isso... Mas é uma questão de gosto !

Por fim, e apenas para não ficar esquecido !

arrow:: Este deverá ser seu equipamento pesado, não ?

É fundamental que tenha um outro ( pelo menos ) mais leve para aguentar o tranco da pescaria, deixando esse mencionado na espera no fundo do bote, de uma oportunidade para uso !

No normal, busque algo bem mais leve que isso, pois os braços / corpo irão reclamar muito de tanto esforço... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, desculpe se estou voltando a um assunto já discutido; mas procurei pelo site a não encontrei nada de específico sobre o assunto. Mas o mais provável é que eu não tenha procurado direito.

Enfim, minha dúvida é sobre a troca de garatéias para as iscas a serem utilizadas na amazônia. Gostaria de saber da experiência de vocês se a troca das garatéias é, mesmo, necessária para enfrentarmos os açus.

O que sempre se diz é sobre a nacessidade da troca das garatéias das iscas importadas.

Sendo assim, pergunto se, para as iscas listadas abaixo, a troca deve ser feita, ou se dá pra arriscar com as garatéias normais.

Heddon Super Spook;

Trairão;

Bombers 15, 16 e 17

X-Rap 10 e 12 - quanto à x-rap 10 eu desconfio que seja necessária a troca, pois na Serra da Mesa um azulão simplesmente arrancou a garatéia traseiro num salto;

Aile Magnet 115;

Sobre as nacionais, como as iscas da KV parece que já vêm com garatéias fortes o suficiente, correto?

Bom, obrigado pela ajuda.

Em tempo: a pescaria vai ser no rio Branco (Roraima) e afluentes.

Fala Rafaello

Eu troco de todas as iscas importadas citadas as garatéias e os Split Rings!

Pode procurar 4X de preferencia as Owner, caso contrário vai de VMC que não fica tão caro no cabelas pois o pacote é de 25 unid. VMC 4x é confiável mas mesmo assim se enganchar no pau ou travar demais a carreta o tucunão abre já aconteceu comigo mesmo! rsrsrsr As Owner de 4X para cima eu nunca ví abrir mas não duvido da força do bruto!

As nacionais já vem reforçadas na maioria das vezes!

Quanto a Snaps voce está muito bem servido, o Berkley 100 LB é show para hélices mas é grande para as iscas tipo jumpin Minnow aí teras que usar o Glico que não testei mas devem se encaixar melhor! Os capellas G reforçados são os ideais, já testados, vale apena adiquirir, agora o berkley 65LB é roubada, muito frágil, ano passado um tucuna de uns 5 kg abriu o meu e escapou com facilidade dixando o snap detonado e voce pegando e apertando sente que ele é mole e frágil.

Abraço!

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os anzois da Marine Sports sao os meus favoritos disparado!

Ja as garateias nem tanto... Mas ainda assim sao bem fortes (e grossas) as grandes, e as pequenas sao otimas! Pra tucunas onde o rasgamento da boca durante a briga causa grande numero de perdas, vale usar essas garateias bem grossas; elas so nao sao boas pra dourados onde enterram com dificuldade...

Sobre trocar as garateias das iscas, so um conselho; por a isca para flutuar em uma vasilha transparente com agua e verificar como flutuam, o angulo em relacao a superficie da agua, e quanto da isca fica para fora da agua,...; e comparar com como as iscas flutuam depois de tracadas as garateias. E uma forma de antever qual a influencia no trabalho que as garateias novas terao, comparar o antes e o depois.

Nao que eu esteja dizendo que nao pode mudar uma isca...; mas vale o teste como uma forma mais cientifica de fazer trocas de garateias!

Teve um topico que eu abri faz um bom tempo onde eu mostrava como fazer isso assim como outras modificacoes (e muitos me criticaram...); depois com mais tempo verei se acho.

Aquele abraco a todos!

Moacyr.

Eu tinha conhecimento do risco de alteração no trabalho de isca ao mudarmos as garateias, mas, sinceramente, achava que era muito preciosismo dar importância a isso.

De todo modo, acho que não há muito o que fazer.

Se uma garateia de igual tamanho ao da original acabar sendo mais pesada; e se essa diferença for tal que altera o trabalho; qual a saída?

Colocar garatéias menores para compensar seu maior peso?

Ai e que esta...

Eu nao considero que uma modificacao no trabalho da isca seja necessariamente uma piora deste. Especialmente se esta modificacao alterar para melhor a "taxa de embarque". Muitas iscas tem serios problemas com perdas por ferrar mal, e isso pode ser melhorado!

por exemplo uma helice; se voce aumentar exageradamente o tamanho das garateias, ela ficara flutuando na vertical. Um toque seco fara esta isca voltar a horizontal e pouco do trabalho original sera perdido! Sem contar que a isca fara um "chuuua", quase que uma popada ao ser puxada estando de lado.

Ja uma plug de barbela; aumentar a garateia da cauda certamente prejudicara o trabalho. Mas aumentando a garateia ventral (especialmente se por 2 argolas), nao trara prejuizo ao trabalho da isca; que pode ficar diferente mas nao menos interessante.

Ocasionalmente eu diminuo o tamanho da garateia caudal e aumento o tamanho da garateia ventral, pondo 2 argolas nesta; obtendo uma isca que trabalha melhor que a original!

Bom, espero ter sido esclarecedor!

Aquele abraco a todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho o seguinte: Owner 4x (aquelas pretas) e acabou! O restou ou abre fácil ou é pesada demais!!! É mais caro? É! Vale a pena? Vale!!!

::tudo:: ::tudo:: ::tudo::

Também, quando eu voltar lá só usarei as owner 4x, vc tocou em uma questão crucial o peso, mas a outra sem ser preta também é boa!

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rafaello,

Alguns pequenos "ajustes"...

arrow:: Peacock Bass da Luhr Jensen - espero que seja desse modelo menorzinho, que são os meus preferidos ! Normalmente engatam os bocudos em duas garatéias ! Olha a foto dela aí ! Essa é a que eu mais gosto !

Imagem Postada

Kid, as Woodchopper menorzinhas sobre as quais falei são essas: veja neste link http://www.tacklewarehouse.com/descpageLJTOP-LJWC.html

Sei das restrições sobre hélices na frente e atrás, mas o que acha delas?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...