Ir para conteúdo

Fabricio.Passos

Mod Temp
  • Total de itens

    347
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Fabricio.Passos deu reputação a Fábio Tittoto em DESAPROVADO. Guia Vitor Silva. Lago de Palmas.   
    muito importante colocarmos aqui as reclamações ou satisfações, pois, assim conseguiremos aos poucos mudar o rumo dos maus atendimentos!!! eu estava combinando com o guia vitor la de Palmas para pescar agora março com, sendo assim ja vou pular fora e vou para SM mesmo. temos de fazer valer a nossa satisfação, pois saimos de casa para relaxar e divertir e não passar raiva!!!!
  2. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Falcão em DESAPROVADO. Guia Vitor Silva. Lago de Palmas.   
    Acredito que não tenha ninguém que não tenha passado por experiências frustrantes como essas. Outra coisa que pouca gente comenta é que, após pescar muito tempo com o mesmo piloteiro, por melhor que ele seja, acaba pegando umas "manhas".
    Enquanto está preocupado em cativar o cliente ele vai bem, mas depois que voce vira fregues, começa a relaxar.
    Cheguei a ir numa pousada e depois de anos pescando com o mesmo piloteiro. De cara percebi que ele tinha pescado dia e noite com outra turma e desde o primeiro dia estava caindo de sono. Parava nos pontos e quando eu via ele tava cochilando. Para piorar, no último dia ele veio conversar comigo e minha esposa: olha, chegou um pessoal aí que marcou comigo.... mas eu posso arrumar outro piloteiro para vcs pescarem amanhã...
    Não quis. Comigo a coisa resolve rapidinho.
    Saia da Pousada e fui para outra concorrente. Achei o cúmulo agendar duas pescarias na mesma data e querer me dar outro piloteiro. Além do mais eu era cliente antigo.... Mas como eu disse, ele preferiu agradar o cliente novo. Se lascou. O pessoal novo só tinha dinheiro para pescar um dia - pescou um dia e foi embora.
    Agora ele fica ligando para mim para saber quando eu vou para lá. Sabem quando será? NUNCA!
    Já agendei pescaria deste ano com outro piloteiro e em outra pousada.
    Dinheiro não é capim e pescaria não é coisa barata, todo mundo sabe disso.
    O mínimo que se espera é um bom atendimento. E acreditem, eu e minha esposa não somos exigentes. Mas um mínimo tem que ter de atenção com o cliente.
     
  3. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Cristiano Rochinha em POUSADA SÃO RAFAEL,RIO JURUENA   
    Eu não cheguei a perguntar isso a ele. Mas vou sugerir que ele se cadastre no fórum que as vezes pode ser que mais pessoas tenham dúvidas. 
    Um abraço e boas pescarias
  4. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Cristiano Rochinha em POUSADA SÃO RAFAEL,RIO JURUENA   
    Olá @Cristiano Rochinha
    Eu ainda não conheço a pousada pessoalmente, mas fui o responsável pelo desenvolvimento do site da pousada e o Júlio, que é de Minas Gerais e proprietário desta Pousada, foi muito correto em todos nossos acordos.
    Entre em contato com ele e certamente irá te passar mais referências.
    Em breve irei conhecer a operação dele.
  5. Thanks
    Fabricio.Passos deu reputação a Fabrício Biguá em Dicas de captura do grandes bocudos. Dica 3 - A tralha -   
    Possivelmente o mais controverso de todos os temas.
    Por mais equipado que você esteja, ainda continuará pensando. "Será que estou pronto ?"
    Esse pensamento é mais comum do que se imagina. O grande investimento feito no pacote e, a certeza de estar no paraíso dos grandes bocudos, fará com que compre compulsivamente tralhas e mais tralhas.
    Tentarei expôr aqui uma relação de materiais mais "enxuta" possível. Tralha essa que seja próxima da ideal, mas que não acabe ficando sem uso ou te deixando na mão... Vamos lá !
    Qual a tralha recomendada para se capturar os grandes bocudos amazônicos ?
    Antes de entrar no cerne da questão vale lembrar que os vôos realizados entre Manaus/Barcelos/Santa Izabel do Rio Negro disponibilizam muito pouca bagagem aos seus passageiros. Geralmente 13kg ou 15kg para Bandeirantes fretados, e uns 18kg para os vôos comerciais da Trip, portanto, leve apenas o necessário.
    Pese tudo em casa, pois cada quilograma de excesso irá lhe custar por volta de R$ 30,00, além de muita chateação, pois a sua tralha poderá ficar pra trás!
    Muitos pescadores especulam sobre equipamentos mais leves, iscas pequenas, varas de baixa libragem, etc... e até mesmo de que o pescador deve dar chance de fuga ao peixe, "que isso, que aquilo".
    A verdade é uma só. O tucunaré é um peixe que despeja toda a sua força nos primeiros 30 segundos de briga, portanto não o subestime. Imagine um peixe de 10Kg soltando toda a sua força na primeira tomada de linha ? Pois é, este é o peixe que você estará tentando embarcar.



    Na década de 70 e 80 vários pescadores brasileiros ganharam projeção no cenário internacional por quebrarem recordes e mais recordes de tucunarés ( na faixa de 9kg e 10Kg ) utilizando linhas de 10lb, 12lb, etc...
    Mas naquela época os grandes peixes eram facilmente encontrados.
    Perder um ou outro peixe não era grande coisa.
    A distância percorrida para se pegar um grandão era relativamente pequena, e a "especulação" pesqueira não era tão grande como nos dias de hoje.
    Não aconselho ninguém a pescar nessa região, depois de desembolsar boa quantia em dinheiro, a dar chance para o peixe.
    Chegar lá é muito difícil para a maioria dos pescadores brasileiros, então, esteja pronto em cada arremesso realizado.
    Ficar com peso na consciência por ter visto um gigante saltando com a sua isca na cara, lá no meio do lago, depois de ter estourado a sua linha é uma frustração. Não queira passar por isso...hehee.. ( experiência própria ! )
    Separando por ítens a fim de facilitar o entendimento :
    Varas:
    - Devem ser de 25lb, e pronto. Certa feita um tucunaré-paca de 9kg engatou uma "terceira marcha" na ponta da minha linha q eu senti o blank estalando na mão. Acabou que eu tive q dar ponta de vara pro peixe. Caso contrário ele teria estourado a minha vara/linha/isca. Claro q vc pode dar a sorte do peixe correr para o limpo, ou de não estar "com o diabo no corpo" e vc conseguir embarca-lo com uma vara de 14lbs, mas não estamos lá para contarmos com a sorte.
    - O tamanho da vara está condicionado a várias variantes. Já pesquei com varas de 6.3, 6' e, atualmente, só uso 5.7' ou 6´ pés. Como trabalho apenas com a ponta da vara pra baixo e em canoas de alumínio, varas com mais de 5.6' podem ficar tocando na água, borda do barco, e acabam atrapalhando o trabalho de isca, principalmente iscas q exigem um trabalho de ponta de vara pra baixo.
    Encontre o tamanho que mais lhe agrade e seja feliz.
    - Cheque o estado geral da vara antes da sua partida. Todos os passadores devem estar bem presos, o cabo da vara deve ser do tamanho que mais lhe agrada ( ou lhe dê conforto ), e a ponteira deve estar bem fixada.
    - Não vejo a necessidade de se levar mais de 3 ou 4 varas ( no máximo ), desde que de boa qualidade, para a pesca dos grandes tucunarés.
    - Se vai pescar de fundo, leve apenas uma boa vara maciça para mais de 50lb.
    Carretilhas/Molinetes
    - Devem ser de boa qualidade sim !
    Titan 6000 e outras carretilhas / molinetes mais baratos, são bons ?
    Sim, são ótimos, mas podem não aguentar 600 arremessos diários (ou mais) arremessando iscas pesadas (35g pra cima).
    Com 2 ou 3 dias estes equipamentos estarão fazendo barulhos internos, travando, ou algo semelhante.
    Tente levar 2 ou 3 carretilhas de boa marca, como Shimano, Daiwa, Quantum, Abu e etc.
    - As carretilhas / molinetes devem ter capacidade para 80m ou mais de linha. Não que o peixe irá levar isso tudo de uma vez, mas porque você estará constantemente cortando pedaços de linha desgastados, e isso comprometerá a sua pescaria lá para o meio da semana.
    Linhas e Snaps:
    - Use linhas entre 65lb e 80lb multifilamento. A bitola delas gira em torno de 0.38mm, 0.41mm. Eu já vi 03 pancadas seguidas em cima de uma linha 80lb da Power Pró e a linha estourar.. Comigo nunca aconteceu, mas para agradar a "Gregos e Troianos"... uso apenas 65lb.
    - Alguns usam líder de fluorcabono ou de monofilamento 0.50mm, e por aí vai. Respeito a opinião de todos, mas lá não há pedras nos lagos, então, pode usar apenas a linha amarrada diretamente no pitão q eu garanto (claro q uma linha 65lbs ou mais). A "serra" da boca do peixe dificilmente consegue cortar uma linha 4 fios de 65lbs. Agora, de uma forma geral, faça o que você estiver acostumado.
    - A principal vantagem de se usar linhas mais grossas ( 65lb, por exemplo ) é q elas são relativamentes finas ( 0.40 mm ) e se acomodam muito bem no carretel. Em arremessos mais longos e em ferradas de peixes já na borda do barco, elas não "encavalam", consequentemente, não perdem resistência com trancos e não estouram.
    - Se as suas carretilhas estiverem cheias de linha, linhas essas novas, vc não precisará levar mais q 01 carretel de linha sobressalente (300m)...normalmente um carretel de linha aguenta bem o trabalho de 1 semana de pesca.
    - Uso apenas snaps de 100lb da Berkley, isso, quando uso. O problema é q começaram a falsificar estes snap. A partir de 2010 comecei a usar os snaps canadenses da Strengease. O de 120lbs é muito pequeno.
    Iscas / Garatéias / Argolas:
    - A primeira coisa a se fazer é deixar todas as suas iscas pequenas em casa. Elas apenas ocuparão espaço extra nessa viagem. Pode acreditar.
    Lá você usará 10 iscas no MÁXIMO.
    - Isca grande atrai peixe grande ?!
    Pergunta / resposta que você ouvirá o tempo todo.
    Não é novidade que o tucunaré ataca qualquer tamanho de isca, então, isca grande não atrapalha. A maior vantagem que vejo na utilização de iscas grandes é que elas aceitam grandes garatéias.
    - Um "erro fatal" que grande parte dos pescadores comete é o de trocar argolas e garatéias por outras superdimensionadas. Reforçar garatéias e argolas é uma necessidade mas CUIDADO PARA NÃO EXAGERAR e fazer com que suas iscas não trabalhem direito.
    - Garatéias 6x são absurdamente pesadas e possuem "volta do anzol" ( GAP ) com um ângulo muito pequeno, o que dificulta o engate do peixe. Tente usar boas garatéias, como Gamakatsu, Owner, VMC ( Sure Set ), que são 3x ou 4x, dão conta do recado (quando não forçadas pelo pescador) e não atrapalham o trabalho das iscas. Fato é que garatéias pequenas fazem cócegas na cara dos grandes bocudos. Se ele encharutar, ótimo, caso contrário, irá destruir suas garatéias.
    - As cores das iscas devem ser vibrantes e opacas. Cor de osso, barriga amarela, barriga vermelha, alaranjado, são as cores que mais dei / dou sorte.
    - Nunca fiz boas pescarias usando iscas metalizadas, como cromadas e douradas...e também nunca vi os guias comentarem bem delas.
    Zaras/Sticks:
    - São excelentes. Funcionam otimamente quando o peixe está mais manhoso.
    - Devem ser arremessadas mais próximo as margens, estruturas, filhoteiros, e etc. Geralmente o peixe a ataca logo quando cai na água ou nas primeiros 3 ou 5 vezes com que são trabalhadas.
    - Jumpping Minnow da Rebel e Bonnie 115 da Jackall são as duas iscas de superfície mais matadeiras que existem. Coloquem uma garateia tamanho 1 na traseira e outra menor (mas reforçada) na barriga e tenha a certeza que elas pegam mesmo. Claro q existem várias outras iscas show de bola no mercado, como Dr. Spock da KV, SuperSpock da Heddon, as grandes Pencil da Daiwa, , e várias outras q vc está acostumado a usar, são as mais indicadas.
     
    Poppers
    - Boas em qualquer ocasião. O barulho do popper, quando bem feito, só atrai peixão. Infelizmente eu não sei trabalha-los corretamente... ( também não tenho paciência...  )
    - Tb deve ser arremessada o mais próximo das margens, estruturas e filhoteiros.
    - Pop Queen da Maria (tamanho 105 ou 130), Knuckle Head da Cheek Chub, Chug Bug da Storm, são super matadeiras.
     
    Hélices
    - São as minhas preferidas. Apesar de serem menos atacadas, quando o ataque acontece é inesquecível. Exige bom preparo físico do pescador.
    - Chama os peixões que estão "estacionados" no fundo de lagos de média profundidade e podem ser atacadas a qualquer momento. Inclusive lá no meio do lago.
    - Incrivelmente as hélices que fazem aquele barulhinho metalizado ( de metal contra metal ) são mais efetivas que aquelas que só fazem barulho de arrasto na água.
    - Rip Roller da HighRoller (5.5 e 6.25), Woodchooper Slim da Luhr Jensen (q retornou com toda a força ao mercado em 2015), Tucunarex 170 quando trocado os metais, Devassa 140 da Yara, são as mais matadeiras.
     
    Meia Água/Subsuperfície
    - Utilizar apenas iscas de meia na Amazônia, na minha opinião, é frustrante...
    O que mais gosto de ver em minhas pescarias de tucunaré são os ataques frenéticos. Se você quiser qualidade de peixe, use apenas iscas de superfície.
    - Utilizadas apenas quando os peixes não atacam na superfície, ou no caso de refugo.
    - Cristal Minnow da Yo-Zuri, Perversa da Borboleta, Prima da Zagaia e Nikita da Aicás são animais. 
     
    Jigs
    - Bons e grandes Jigs de cor amarela e rabo vermelho são ótimos quando o peixe refuga. Vale a pena levar alguns com anzóis reforçados.
    - Segundo informações recentes os Jigs pretos estão sendo bastante atacados por lá. Tentarei essa cor na próxima pescaria.
    - Existem muitos fabricantes top de jigs....mas os da Xtreme Jig são demais. Pode levar alguns q vc não se arrependerá.
     
     Dicas:
    - Não precisa levar todas essas iscas que foram citadas. Umas 20 / 25 iscas são mais que suficientes para uma boa pescaria.
    - Caso você insista em usar linha fina, aí sim, leve mais iscas. :twisted:
    - Leve 70% de iscas ( e respectivas forma de trabalho - superfície, hélice, stick, popper, etc... ) que realmente gosta, domina e utiliza. Os outros 30% serão de iscas que você "acha" que poderão dar certo.
    - Se possível use a linha diretamente amarrada no pitão. E se for usar snap, use os de 80lb / 100lb da Berkley.
    - O bom trabalho da isca, aliado ao lançamento no lugar correto, serão os responsáveis por 50% do sucesso da sua pescaria.[/b]
    Caixa / Bolsa de Pesca / Diversos
    - Caixas de pesca são mais resistentes, porém as bolsas com caixas plásticas para iscas ( aquelas transparentes ) acomodam melhor o seu material. Particulamente estou migrando para as bolsas de pesca.
    - Carteira de pesca embarcada ( IBAMA )
    - Alicate de contenção com balança aferida é fundamental. Se o alicate tiver aquela fita métrica melhor ainda.
    - Alicate para troca de garatéias. ( com biquinho na ponta )
    - Alicate de corte de grandes garatéias. Pelo menos um da turma deve levar um desses alicates ( tipo alicate de cortar cadeado ).
    - Lanternas compactas e de boa marca. Dificilmente você fará pesca noturna por lá ! Às 18h todos retornam para o barco hotel, e as lanternas grandonas poderão te atrapalhar, e muito.
    - Faca ou canivete. Item obrigatório.
    - Sacos plásticos de lixo de 100 litros. Necessário para proteger bolsas, roupas, tênnis, eletrônicos, etc das constantes pacadas de chuva diárias... 4 sacos são suficientes.
    - Máquina fotográfica. Item obrigatório. Leve cartões de memória suficientes para tirar fotos de alta resolução. Não deixe sua máquina em ambientes refrigerados, pois elas irão embaçar por dentro. Use aqueles saquinhos estanque ( tipo a prova dágua ) São baratos e muito úteis.
    - Filmadora. Se tiver uma compacta e quiser correr o risco da filmagem feita pelo seu parceiro, leve-a...
    - GPS ( Global Position System ). Pra mim um dos mais importantes itens da minha caixa de pesca. Uso desde 1999 e a cada dia gosto mais do aparelho. Leve um compacto e que tenha mapa em sua base. Do Etrex Legend ( azul ) pra cima. Com R$ 300 você compra o Legend que "teoricamente" faz a mesma coisa que os aparelhos mais modernos e coloridos.
    - Capa de chuva de boa qualidade. Item obrigatório.
    - Óculos de sol ( Polarizado é ainda melhor ).
    - 2 jogos de pilhas recarregáveis são suficientes.
    Roupas e calçados.
    - Eu gosto de usar roupas curtas ( camisetas e bermudas ) ! Me empantufo de protetor solar e pronto. É mais fresco e no final do dia você estará bem disposto. Mas existem também aqueles que preferem usar calças e camisas de mangas compridas ! Também é válido, desde que se sinta confortável ( essa é a palavra de ordem ) !
    - Verifique se no seu pacote contratado, eles oferecem serviços de lavanderia. Em caso positivo, três mudas de roupas leves são suficientes.
    - Lembre-se q no Rio Negro não existem pernilogos.
    - Um par de tênis ou Crocs (preferencialmente). Crocs são confortáveis e muito versáteis. Em caso de chuva em plena pescaria, caso esteja de tênis, coloque o dentro de um saco plástico até ela passar. É uma ótima dica...
    - Meias e cuecas para todos os dias da semana.
    - Chinelo de dedo e bonés. Item obrigatório.
    - Leve as roupas que você está acostumado a usar. Lá faz muito calor, lembre-se disso.
     Medicamentos.
    - Geralmente o barco hotél tem um kit de primeiros socorros, mas antibióticos e anti-inflamatórios potentes e modernos podem salvar a sua pescaria. Acerte com o grupo para que apenas 1 pescador leve um kit mais completo. Todos participam da compra.
    - Caso você faça o uso de algum medicamento exclusivo informe ao grupo e leve em maior quantidade.
    - Esteja com as suas vacinas em dia.
    - Gases, mercúrio-chromo, ataduras, gases, relaxantes musculares, anti-térmicos, tesourinha, esparadrapo, anti-séptico, creme para assaduras, Floratil 100 ou 200 ( para flora intestinal ), anti-ácido, e aqueles remédios de uso mais frequentes são importantíssimos. Geralmente 1 ou 2 pescadores do grupo farão o uso de algum desses medicamentos... ( pelo menos essa é a tradição )
    Bem, essa foi a lista mais enxuta q eu consegui postar aqui. Se organizar tudo direitinho esses "itens" ocuparão pouco espaço, pode apostar.
    Espero que isso ajude aos marinheiros de primeira viagem. :wink:
    Um grande abraço. Fabrício Biguá
     
     Dica para os novatos.
    Vai pela primeira vez e está maluco de tanta informação que não sabe quem ouvir ou o q levar?!?!
    Vai a minha dica de caixa de iscas:
    - 03 hélices grandes (15cm em média).
    - 02 PopQueen 105
    - 03 Jummping Minnow cor de Osso.
    - 01 Bonnie 115.
    - 02 Perversas
    - 02 Nikitas.
    - 05 Jigs de pena.
    São 19 iscas q farão a sua pescaria muito, mas muito efetiva. Pode apostar.
  6. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Ramon Paz em ExplorerXX - Adentrando o Rio Arirarra   
    Que maravilha enfim ler um relato de uma turma que pegou semana perfeita. Parabéns pelo show de fotos e parceria da turma.
     
    Um abraço e boas pescarias.
  7. Like
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Edson C. Martins em ExplorerXX - Adentrando o Rio Arirarra   
    Que maravilha enfim ler um relato de uma turma que pegou semana perfeita. Parabéns pelo show de fotos e parceria da turma.
     
    Um abraço e boas pescarias.
  8. Upvote
    Fabricio.Passos deu reputação a Marcel Werner em Carretilhas e Varas para Amazônia- Sucunduri   
    Concordo. Sucunduri não é lugar de peixe grande, e sim de fartura. Sai um ou outro Peixe de 5 kg, 6 kg, mas quando você já pegou 20 peixes de 3 kg, que brigam bastante, a diferença é a tomada inicial de linha, os primeiros 30 segundos. Deve estar muito seco em outubro, sendo assim terá muito pouco enrosco, deixa o bicho brigar mais livre, até para diminuir as chances de abrir o anzol. 
     
    Você já deve ter varas que usa para os azuis do Goiás. As mais fortes servirão para essa pescaria. Claro que os peixes do Sucunduri (espécie ainda não descrita pela ciência) são mais fortes que azuis, mas varas de 17 lb dão conta sim. Você só vai precisar de uma de 25 lb para iscas mais pesadas, como as hélices, que devem ser de 14 cm ou menos. Mas acho que a Enzo que você já tem serve bem. 
     
    Minha sugestão:
     
    Conjunto 1: Premier com a Enzo 25 lb para Rip Roller 5.25”, pode deixar fixo. Tem umas iscas da Dojô que são bem interessantes entre 12 e 14 cm. A Borboleta também tem. São iscas mais suaves de puxar, boas para aprender as diferenças também. Uma de cada está ótimo. 
     
    Conjunto 2: Curado 71 com uma boa vara de 17 lb, focada mais em resistência do que leveza, como a Venator SE, Saint Tucuna Pro ou Lumis Viper. Não são varas levíssimas, mas aguentam tranco. Leva duas por garantia, mas só precisa montar uma no barco. 
     
    Conjunto molinete: vara de 17 lb também, mais comprida, eternamente montada com jig ou shad. Se for usar shad, na medida do possível, use sem chumbo. 
     
    Linha: vai no que tá comprovado ser bom, Power Pro ou J-Braid 40 lb dão conta. Líder 0,62 mm, o mais próximo disso possível. 
     
    Iscas de 9 a 10 cm pesadinhas, como Bonnie 95, Borá 10, Sará Sará 100, Sticknina 90. T20 é uma boa para buscar o troféu, e a nova Bonnie 107 talvez cumpra essa função também. Minha preferida nessa faixa de tamanho ainda é a Realis Pencil 110. 
     
    Lembre-se que você está debutando nesse padrão de pescaria, procure aprender o básico até ficar craque. Saber trabalhar muito bem uma T20 vale mais do que ter um monte de recursos à disposição. 
     
    Se precisar de ajuda, é só chamar. Boa pescaria!
  9. Like
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Adalberto Magrao em Tubo de pesca - aeroporto   
    Adalberto em nossa viagem em Outubro pagamos os R$ 140,00 viajando pela Latam. Isso para perderem nossas bagagens e depois de mais de um dia inteiro sem notícias encontrarem elas todas danificadas. Felizmente as varas  foram bem protegidas e os tubos só estragaram por fora.
     
    Um abraço e boa sorte.
  10. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Marcel Werner em Qual o papel real das agências e agenciadores de pacotes na Amazônia   
    Olá amigos pescadores.
    Como muitos acompanharam e inclusive me ajudaram aqui no fórum, conversei com diversas pousadas em algumas regiões da Amazônia como Juma, Mutuca, Uatumã, Rio Preto da Eva entre outros. Percebi que em poucos casos consegui falar diretamente com a Pousada, sendo que na maioria das vezes tinha um agenciador ou até mesmo uma empresa de turismo de pesca que era responsável por toda a operação.
    Minha pergunta é: O que nós pescadores e os próprios donos de pousada ganham com estes serviços intermediários?
    Obs:. Eu não tenho nenhuma experiência com pescarias na Amazônia e estou apenas querendo entender este modelo, visto que as empresas que conversei sinceramente não ofereceram nenhum serviço agregado que me leve a entender.
     
    Um abraço e boas pescarias.
     
  11. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Carlos Dini em CarlosDini-Pescaria de açus no Rio Juma-abrir c internet explorer   
    Amigos, agora em novembro decidimos voltar ao lendário Rio Juma, sabíamos que encontraríamos uma situação pouco favorável, pois nesta época o rio esta muito seco, e o peixe fica extremamente manhoso.
    Um pouco sobre o Rio Juma. Este rio, na verdade junto com os demais(Maçarico, Mamori, Mutuca, Tracajá, Madeirinha, Pantaleão, Matupiri, Igapó-Açu, Tupana e inúmeros outros) são gigantescos lagos, com comprimento de rios, que são formados durante a cheia do Solimões e Madeira. Suas aguas não correm, descem lentamente acompanhando o Rio Solimões na altura do município do Careiro do Várzea-AM. Eles pertencem aos alagados do município de Autazes-AM, na margem oposta a cidade de Manaus. Um parabéns ao município de Autazes-AM, que através de lei municipal, proíbe o abate e comercio do Tucunaré, reflexo é a quantidade de peixes em um local tão próximo da capital. Lá não existe repiquete, tem um regime bem fixo de aguas, pois é um alagado, então ele começa secar em julho, entra na caixa em meio de setembro e atinge o ápice da seca em novembro. Em dezembro ele começa novamente encher. Aqui a subida da agua não atrapalha, pois ela não tem a acidez da agua do Negro, então o pH flutua pouco(motivo que faz o temensis parar de comer), a subida da agua até aumenta a atividade do açu, pois traz agua nova com mais alimentos, coisas da Amazônia. As espécies que habitam são o tucunaré açu, o tucunaré popoca, aruana branca e pirarucu(estes cada dia mais frequentes na linha dos pescadores), não existem peixes de couro, pois a agua é parada.
    O Rio Juma:

     
    Chegando em Manaus, já encontro o lendário e gde amigo Magal.

    Alguns minutos depois

     
    Nosso grupo, Rodoval, Gustavo, Arimatea, Marcão, Jose Bento, Alfio, Andrezinho e este que aqui fala, grupo10.
    Esperando no porto do Ceasa para fazer a travessia do outro lado do Rio Amazonas


     
    Atravessando o encontro das aguas(rio Negro e Solimões)

     
    Pequeno mercado do peixe, na margem oposta a Manaus, já no porto do Careiro do Várzea-AM

     
    São mais uns 80kms de estrada de asfalto e terra, até chegarmos no Parana do Mamori


     
    e Chuva que cai

     
    De lá embarcamos em um barco rápido e em 2horas chegamos a Pousada Taboca no Rio Juma

     
    Recepção na Pousada Taboca

     
    Nossa anfitriã

     
     
    Primeiro dia optamos por pescar próximo a pousada, começamos com hélices e zaras, com poucas ações, qdo colocamos jigs ai começaram a aparecer. Os amigos que pescaram de spinerbait arrebentaram e foi assim até o fim da pescaria(isca do mal,kkkk)



     
    Estavam furadas

     
    Vida dura

     
    Segundo dia, fomo rio abaixo até o lago do Taquara, o único lago que estava mantendo uma cor de agua bonita. Lá foi meu melhor dia, pescaria de jig, mas diversos peixes perdidos e embarcados.

     
    11lbs jig

     


     
    Este já devia ter sido pego uma vez, estava caolho 10lbs 76cm-isca jig


    A tarde o tempo desabou

     
    Mas ainda saíram bons peixes

     
    10lbs-jig

     
    A noite uma boa caldeirada para esquentar

     
    Terceiro dia, subimos em direção ao Mamorizinho, comecei no jigs e embarquei alguns peixes bons, como lá as estruturas convidam bater hélice(pés de Macacaracuias secos), não aguentei e hélice na agua. Tomei 3 pauladas dignas de Rio Negro, infelizmente ninguém ficou para foto, só lembrança.
     

    10lbs 74cm-isca jig


     
    matar a sede

     

     
    Peixe não sabe brincar

     
     
    Quarto dia, o pior de todos, pescamos em lagos, rios, subimos, descemos, só porqueira. Somente o pessoal do spinner pegou peixe. Bom pelo menos tinha mais tempo para cerveja.

    Mas não dá para resistir


     
    Nosso Mutum de estimação


     
    Como foi ruim de peixe, matamos diversos desta espécie para encher a caixa térmica

     
     
     
    Quinto dia, subimos 1hora o rio, próximo ao Igarapé Preto, lá o rio fica estreito, a agua lá já sentia bem a seca, estava com aquele aspecto leitoso, manha toda perdida. A tarde falei, "truco", como não queria pescar de spinner bait(sou uma besta memso) comecei jogar Jumping Minnow e trabalhar nas raseiras e bicos, tarde muito divertidas, nada gde mas muitas ações.
     

     

     
     
    Hora do almoço


     
     
    Sexto dia, pesquei até a hora do almoço, tentei repetir o estilo do quinto dia, T20 na agua, foi menos ativo, mas divertido.
     



     
    Crianças voltando da escola


     
    Retornando a minha amada Manaus

     
    Alguns peixes dos amigos





















     
    Duro é voltar trabalhar

     
     
    Um comentário sobre o spinner bait, realmente é impressionante como o tucunaré açu pega bem nele, não tem como comparar nem com jig. Acho eu, que seu uso esta bem indicado em rios bem secos, muita pressão de pesca, peixe choco e pouco ativo, podem acreditar faz a diferença. Infelizmente os que existem no mercado quebram a haste metálica depois de alguns peixes. Recomendo os spinner bait com anzol 6/0 de 15-30g, evitem comprar alguns de tamanho gigante, pois peixe velhaco quer isca pequena. A Deconto tem um bom spinner bait, sei que nosso amigo Flavio da Extreme já esta preparando algo feito para os açus.

     
     
    Material Utilizado:
    1-Varas
    -Saint Croix SCIII 20lbs 5'7" by Waka
    -Venator SE 25lbs 5'6"
    -Falcon Cara 5'7"
    2-Carretilhas-Scorpion 201 e 201HG
    3-Linha Multi PP 50lbs
    4-Leadr Line System 50lbs
    5-Snap Capella G Amazonas
    6-Iscas mais utilizadas, Jigs(single tail 6/0 16g) e Jumping Minnow T20 cor osso
     
    A pousada Taboca-Rio Juma
     
    Ambiente familiar, muita cerveja gelada, quartos amplos com ar condicionado , banheiro privativo, barcos com motor 30hp zerados.
    Contato David-92-993470456
    -Instagram @taboca_amazon_lodge ou @pousadatabocaamazon

     
    Agradeço a Deus e minha família por esta vida maravilhosa.
     
    Abs a todos
     
    Carlos Dini
  12. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Ley em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Parabéns, bela pescaria...
  13. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Octávio Amaral em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Show de pescaria!!!
     
    O Bruno (proprietário da Cabana Quatá) é gente finíssima e preocupado com que tudo saia perfeito.
     
    Parabéns pela pescaria e obrigado pelo relato.
     
    Abraços,
  14. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Jonas Castilhos Mendes em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Obrigado

    Já tenho agendado
    2020 - Rio Branco - Roraima - Barco Tupana X
    2021 - Rio Juruena
    2022 - .....
  15. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Jonas Castilhos Mendes em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Parabéns, realmente uma grande pescaria, é muito bom saber que Balbina voltou a ser preservada.
    Esse é um local em que pretendo ir pescar ainda, quais são os melhores meses para pescar em Balbina?
    Obrigado por compartilhar com todos nós essa bela pescaria.
     
    Jonas Mendes
  16. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Macedo Bigua em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Parabéns a toda a turma. Grande pescaria!
  17. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Isaias em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Parabéns a todos envolvidos!
     
    Show de bola esta pescaria!!
     

  18. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Fabrício Biguá em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Q fera, Fabrício.
    Obrigado por compartilhar a sua aventura conosco...
    Belíssimos peixes...
  19. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Eduardo Sone em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Excelente pescaria!! É muita satisfação quando acertamos a mão na pescaria!
    Parabéns!! 
     
    Sone
  20. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Ricardo R. Monteiro em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Que beleza, pescaria show. 
    Tenho ouvido excelente comentários da Pousada Rancho Quata,
    Em Marco estarei por lá conferindo. 
  21. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Rafael Nunes Lima em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Bom meus amigos bora aproveitar o feriado para escrever o relato da melhor pescaria da minha vida. Devo muito ao fórum o sucesso desta viagem, pois aqui recebi a indicação da excelente Cabana Quatá. Cabe um elogio para a operação em geral (estrutura, cozinheira de primeira, guias excelentes, barcos novos e uma localização muito boa onde ficamos bem isolados e praticamente não vimos outros barcos.

    Na saída de Minas infelizmente tivemos um grande problemas com a LATAM e um atraso de mais de dez horas na chegada a Manaus. Enquanto a LATAM procurava nossas malas que tinham perdido, fui comer o tal KFC, Starbucks, tomar um choop e deu tempo até de jogar baralho.

     
    Chegando em Manaus já na madrugada do dia 16/10 ficamos no Hotel DaVinci e logo cedo já tomamos um café reforçado e partimos para o excelente passeio do encontro das águas, cidade flutuante e pesca do pirarucu.
    Turma uniformizada saindo do Hotel

    Pescaria do pirarucu é uma experiência sensacional

    Tomar uma cerveja num bar flutuante também foi bem diferente e divertido.

    A região de Presidente Figueiredo, caminho para Balbina, é muito famosa pelas belíssimas cachoeiras e paramos para almoçar em um restaurante bem ao lado de uma delas.

    Bora falar de peixe que é o que a turma gosta e graças a Deus teve de monte. No lago de Balbina habitam os tucunarés Cicla Vazorelli e são peixes muito fortes, mas que segundo tinham me falado dificilmente passam de 60cm. De acordo com alguns tucunarés acima de 50cm são considerados troféus e na maioria das vezes saem mais os pequenos.
    Na primeira manhã de pescaria já percebemos que realmente o peixe tem uma briga bruta e que exemplares acima de 50 não eram raros não. Até a hora do almoço já tinhamos capturados 12 peixes acima de 55cm e muitos peixes pequenos e médios em cardumes.


    Debaixo de chuva e o pau tava quebrando

    Destaque para a grande quantidade de cardumes, dubles e triples que pegamos todos os dias












     
    Teve um intruso nas nossas iscas também

     
    Todo dia chegar da pescaria e sentar na mesa da varanda da pousada e comer aquele tira gosto que já estava preparado e contar das capturas, peixes perdidos, troféus, e bichos avistados


    Realmente foram cinco dias maravilhosos de muito, mas muito peixe, bate papo, alegria e satisfação de ver um lugar tão maravilhoso e preservado como aquele.
    Foto do grupo com os guias Nias e Eduardo que se tornaram grandes amigos depois dessa empreitada. De muitos lugares que já fui pescar, sem dúvida estes foram os melhores guias que já tive contato

     
    Agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade maravilhosa de estar na Amazônia, a minha esposa que ficou cuidando da minha pequena durante essa semana, ao Cristiano que fez de tudo para que eu fosse nessa viagem, aos amigos Kayro e Mateus que fizeram parte dessa empreitada e a toda excelente equipe da Cabana Quatá.
     
    Um abraço pessoal e boas pescarias.
     
     




     
     
     







  22. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Cristiano Rochinha em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Bom meus amigos bora aproveitar o feriado para escrever o relato da melhor pescaria da minha vida. Devo muito ao fórum o sucesso desta viagem, pois aqui recebi a indicação da excelente Cabana Quatá. Cabe um elogio para a operação em geral (estrutura, cozinheira de primeira, guias excelentes, barcos novos e uma localização muito boa onde ficamos bem isolados e praticamente não vimos outros barcos.

    Na saída de Minas infelizmente tivemos um grande problemas com a LATAM e um atraso de mais de dez horas na chegada a Manaus. Enquanto a LATAM procurava nossas malas que tinham perdido, fui comer o tal KFC, Starbucks, tomar um choop e deu tempo até de jogar baralho.

     
    Chegando em Manaus já na madrugada do dia 16/10 ficamos no Hotel DaVinci e logo cedo já tomamos um café reforçado e partimos para o excelente passeio do encontro das águas, cidade flutuante e pesca do pirarucu.
    Turma uniformizada saindo do Hotel

    Pescaria do pirarucu é uma experiência sensacional

    Tomar uma cerveja num bar flutuante também foi bem diferente e divertido.

    A região de Presidente Figueiredo, caminho para Balbina, é muito famosa pelas belíssimas cachoeiras e paramos para almoçar em um restaurante bem ao lado de uma delas.

    Bora falar de peixe que é o que a turma gosta e graças a Deus teve de monte. No lago de Balbina habitam os tucunarés Cicla Vazorelli e são peixes muito fortes, mas que segundo tinham me falado dificilmente passam de 60cm. De acordo com alguns tucunarés acima de 50cm são considerados troféus e na maioria das vezes saem mais os pequenos.
    Na primeira manhã de pescaria já percebemos que realmente o peixe tem uma briga bruta e que exemplares acima de 50 não eram raros não. Até a hora do almoço já tinhamos capturados 12 peixes acima de 55cm e muitos peixes pequenos e médios em cardumes.


    Debaixo de chuva e o pau tava quebrando

    Destaque para a grande quantidade de cardumes, dubles e triples que pegamos todos os dias












     
    Teve um intruso nas nossas iscas também

     
    Todo dia chegar da pescaria e sentar na mesa da varanda da pousada e comer aquele tira gosto que já estava preparado e contar das capturas, peixes perdidos, troféus, e bichos avistados


    Realmente foram cinco dias maravilhosos de muito, mas muito peixe, bate papo, alegria e satisfação de ver um lugar tão maravilhoso e preservado como aquele.
    Foto do grupo com os guias Nias e Eduardo que se tornaram grandes amigos depois dessa empreitada. De muitos lugares que já fui pescar, sem dúvida estes foram os melhores guias que já tive contato

     
    Agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade maravilhosa de estar na Amazônia, a minha esposa que ficou cuidando da minha pequena durante essa semana, ao Cristiano que fez de tudo para que eu fosse nessa viagem, aos amigos Kayro e Mateus que fizeram parte dessa empreitada e a toda excelente equipe da Cabana Quatá.
     
    Um abraço pessoal e boas pescarias.
     
     




     
     
     







  23. Upvote
    Fabricio.Passos recebeu reputação de Fabrício Biguá em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Bom meus amigos bora aproveitar o feriado para escrever o relato da melhor pescaria da minha vida. Devo muito ao fórum o sucesso desta viagem, pois aqui recebi a indicação da excelente Cabana Quatá. Cabe um elogio para a operação em geral (estrutura, cozinheira de primeira, guias excelentes, barcos novos e uma localização muito boa onde ficamos bem isolados e praticamente não vimos outros barcos.

    Na saída de Minas infelizmente tivemos um grande problemas com a LATAM e um atraso de mais de dez horas na chegada a Manaus. Enquanto a LATAM procurava nossas malas que tinham perdido, fui comer o tal KFC, Starbucks, tomar um choop e deu tempo até de jogar baralho.

     
    Chegando em Manaus já na madrugada do dia 16/10 ficamos no Hotel DaVinci e logo cedo já tomamos um café reforçado e partimos para o excelente passeio do encontro das águas, cidade flutuante e pesca do pirarucu.
    Turma uniformizada saindo do Hotel

    Pescaria do pirarucu é uma experiência sensacional

    Tomar uma cerveja num bar flutuante também foi bem diferente e divertido.

    A região de Presidente Figueiredo, caminho para Balbina, é muito famosa pelas belíssimas cachoeiras e paramos para almoçar em um restaurante bem ao lado de uma delas.

    Bora falar de peixe que é o que a turma gosta e graças a Deus teve de monte. No lago de Balbina habitam os tucunarés Cicla Vazorelli e são peixes muito fortes, mas que segundo tinham me falado dificilmente passam de 60cm. De acordo com alguns tucunarés acima de 50cm são considerados troféus e na maioria das vezes saem mais os pequenos.
    Na primeira manhã de pescaria já percebemos que realmente o peixe tem uma briga bruta e que exemplares acima de 50 não eram raros não. Até a hora do almoço já tinhamos capturados 12 peixes acima de 55cm e muitos peixes pequenos e médios em cardumes.


    Debaixo de chuva e o pau tava quebrando

    Destaque para a grande quantidade de cardumes, dubles e triples que pegamos todos os dias












     
    Teve um intruso nas nossas iscas também

     
    Todo dia chegar da pescaria e sentar na mesa da varanda da pousada e comer aquele tira gosto que já estava preparado e contar das capturas, peixes perdidos, troféus, e bichos avistados


    Realmente foram cinco dias maravilhosos de muito, mas muito peixe, bate papo, alegria e satisfação de ver um lugar tão maravilhoso e preservado como aquele.
    Foto do grupo com os guias Nias e Eduardo que se tornaram grandes amigos depois dessa empreitada. De muitos lugares que já fui pescar, sem dúvida estes foram os melhores guias que já tive contato

     
    Agradecer primeiramente a Deus por essa oportunidade maravilhosa de estar na Amazônia, a minha esposa que ficou cuidando da minha pequena durante essa semana, ao Cristiano que fez de tudo para que eu fosse nessa viagem, aos amigos Kayro e Mateus que fizeram parte dessa empreitada e a toda excelente equipe da Cabana Quatá.
     
    Um abraço pessoal e boas pescarias.
     
     




     
     
     







  24. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Mauricio Rossetim em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    Muito bom saber que balbina continua com muito peixe.
    Belo reto parabéns.
     
  25. Like
    Fabricio.Passos deu reputação a Vagner em Pescaria insana Lago de Balbina Cabana Quatá Outubro de 2019   
    sempre falo que Balbina e top e um dos meus lugares preferidos
×
×
  • Criar Novo...