Ir para conteúdo

Rogerio_MGA

Membro
  • Total de itens

    424
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    8

Rogerio_MGA venceu a última vez em Fevereiro 3

Rogerio_MGA had the most liked content!

5 Seguidores

Sobre Rogerio_MGA

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 28-03-1970

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Rogério Luis Araujo
  • Sobre mim
    Gerente Comercial na empresa Palmali Alimentos

Informações de Perfil

  • Localização
    Maringa - PR
  • Interesse
    Pesca com iscas artificiais, voltada aos seguintes peixes : tucunaré, dourado, traíra;

Últimos Visitantes

1.050 visualizações
  1. SHOW DE PESCARIA JOAO ..... TO PRECISANDO VOLTAR EM EPITÁCIO, TÃO PERTO.....
  2. Obrigado, Amigo Betão.... a moqueca mais gostosa que ja comi foi aquelaque vc fez neste mesmo barco...... aquela pescaria ficou na história... as resenhas com você e o Cristiano Julio foram um momento ímpar!!!! pra sempre na memória , muitas saudades daqueles dias e uma ansiedade para a próxima....sei que não preciso lembrar mas o convite para você é permanente!!!!!
  3. Imagina..... pescar ao lado de uma lenda da pesca do tucunaré como você é um prazer.....o único Ramon Tucuna.....kkkkk
  4. gostaria de agradecer aos amigos que aqui postaram, e informar a todos que devido a falta de tempo editei o Post faltando ainda algumas imagens as quais inseri hoje!
  5. Vindos de Curitiba Amarildo, Gustavo e Roberto chegaram em Manaus na quinta, de São Paulo vieram na sexta o Edson e o Kudaka, eu sai do Paraná na noite de sexta-feira e encontrei a turma no aeroporto as 5hs da manhã de sábado dia 18, e seguimos para Barcelos aonde Ramon Paz, proprietário do barco ExplorerXX nos aguardava ….Com a cultura e a culinária local devidamente apreciadas em Manaus, chegamos em Barcelos e com um roteiro definido .... faltando apenas os atores principais os valentes tucunarés aparecerem...... Barco pronto, turma embarcada, seguimos rumo ao Rio Arirarra, o qual já pescamos no segundo dia, partido dali para dentro do Rio até aonde o barco conseguiu passar, fixando o barco como apoio em um ponto , de onde saímos três dias para pescar, sendo que dois deles subimos quase 2 horas de voadeira, pescando o dia inteiro em pontos do Rio que acreditamos ter pouca pressão de pesca….. O Rio estava na caixa, sem a presença de água nova, com ph em torno de 4,5 e 5,0 em todas as medições feitas, principalmente nas lagoas, que tinham uma coloração de água bem mais escura que a do rio e sem a presença de sedimentos em suspensão ….. Os tucunarés borboletas estavam extremamente ativos atacando sticks, zaras e para nossa alegria hélices, em lagos com cardumes muito grandes, podia pescar um atras do outro o dia todo se assim quisesse….. Nas praias e pontas de ressacas grandes borboletas com comportamento similares aos Açú….a maioria dos peixes entre 3 e 6lbs, mas saíram uns bem grandes como um exemplar de 60cm e 11lbs de encher os olhos pego em uma praia na isca de hélice….. Estes tucunarés estavam muito ativos tivemos duplas, que chegaram a pescar quase 300 peixes.... Os tucunarés com a coloração Paca, estavam também ativos, tomando conta das pontas dentro das lagoas , atacando as iscas de hélice nestes pontos, e os barrancos com pauleiras do rio, sendo que nestes pontos as iscas stick foram as efetivas…. Os tucunarés Açus estavam no choqueiro, visivelmente inativos, em locais de difícil acesso, porém em algumas lagoas rasas foi possível capturá-los inicialmente trabalhamos as iscas de hélices nos pontos conhecidos dos Açús, pontas e praias com Drop nas lagoas, fazendo eles se mostrarem e daí vem a captura com sticks ou com Jumping Minow, em outras lagoas trabalhando iscas de hélices, ouvia-se os estrondos em meio a vegetação ( molongós ) aonde estavam chocando, e saíram para fora dos choqueiros, em local aberto e para nossa alegria comendo, e atacando hélices, talvez algum peixe atrasado para a procriação , digo isto por causa do galo na cabeça de alguns machos que capturamos. Os Açus variaram de 6 a 12 lbs com alguns peixes maiores na faixa de 80 cm, a mudança de coloração e de comportamento era visível nos Açus de acordo com a incursão dentro do Rio... perto da boca o peixe estava bem escuro ainda, e praticamente sem muitas ações , conforme adentrávamos apareceram peixes mais claros.... No último dia a pescaria foi na boca do Aracá aonde saíram alguns peixes também, e neste caso estavam com uma coloração mais clara também.... Nosso amigo Kudaka pegou o maior peixe da pescaria,.... aqui ele soltando a fera... Enfim tivemos uma semana abençoada por Deus, Rio na caixa e sem água nova, fazia tempo que não via, uma semana praticamente sem chuva, amigos fantásticos, boa prosa muita troca de informações muitas risadas …. Muita cerveja gelada, um barco extremamente confiável e confortável, uma tripulação sempre pronta a servir e piloteiros extremamente experientes e conhecedores da sua função de guia de pesca nos conduziram com muita segurança o tempo todo.... Concluida mais uma etapa já planejando retorno em setembro, agradeço nominalmente os integrantes desta jornada...grandes companheiros , grandes amigos até próxima Amarildo Pescoço Edson Coimbra Gustavo Bizinelli Marco Kudaka Ramon Paz Roberto Borba
  6. Pescaria incrível!!!!! Fiquei cansado só de ler o translado !!! Mas tenho certeza que valeu a pena cada minuto , pela pescaria que fizeram parabéns aos participantes!!!!!!
  7. Eu não falei que temos um novo açú-maníaco!!!!! parabéns meu irmão !!!!
  8. Betão , vc é o “cara” precisamos pescar no mesmo barco novamente !!!!!!
  9. Juju ratoeira ,...... tá doido, é tanta ratoeiragem que me fez sentir parecido com Madre Teresa.... um santo ......kkkkkk
  10. Kkkkkkk travou o celular de tanta foto de peixe !!!!!! Show ! Show ! Show ! pra mim a melhor do ano , parabéns ao casal 20 kkkkkkk
  11. Uma aventura atrás dos gigantes Tucunarés Açús do Rio Negro Nota técnica na abertura da pescaria .... esta turma funciona melhor com ....... Alguns já haviam pescado juntos, outros já se conheciam de passagem por aeroportos ou restaurantes nos roteiros de pesca, mas todos já eram amigos no fórum turma do biguá, com exceção do Vicente que estava fazendo sua primeira pescaria de tucunarés com isca artificial, uma turma eclética de AçúManiacos , então a pescaria prometia muita troca de informações e de técnicas, além de uma profusão de costumes uma vez que tínhamos um baiano, um brasiliense, um paulistano, um paranaense pé vermelho, um piauiense e um goiano..... abaixo Betão ensina uma técnica ao grupo " TÉCNICA DO CHUPARINO" da esquerda para direita ...... Beto Caranha, Cristiano julio, Cap Edson , rogerio_mga, Francisco Cavalcante , Vicentão ( primeira pescaria de tucunaré com iscas artificiais ) Nos encontramos em Manaus, para o roteiro conhecido com almoço em restaurante regional , visita a loja da Sucuri, e o fim de tarde na cachaçaria do Dedé tudo isso na sexta-feira, e seguindo para Barcelos no dia seguinte de madrugada. O encontro de várias turmas que nutrem a mesma vontade e que irão pescar em barcos diferentes, rios diferentes e até cidades diferentes na região da bacia do Rio Negro, que é a casa do cichla temensis , traz para as rodas de conversas informações como nível da água dos afluentes e das diferentes regiões do negro, iscas artificiais que estão apresentando melhores resultados, técnicas e trabalhos diferenciados, informações de amigos que ali estiveram dias antes, tudo isso só aumente a ansiedade e traz esperança de encontrar um peixe 90UP. Abastecidos de informações, chegamos em nosso Barco o ExplorerXX do pescador e amigo Ramon Paz, um barco pensado de pescador para pescador nos mínimos detalhes, iniciando assim nossa aventura pelo Rio Negro, e olha o almoço sendo servido antes do primeiro round Nosso roteiro definido em conjunto com a tripulação era o Rio Negro nas regiões do Parana Atauí, do Paraná da Floresta, do Bafuana, cachoeirinha terminando na boca do Aracá. O Rio negro estava ainda timidamente pegando água nova, sem muita variação de altura. Durante a pescaria encontramos pontos com muita água nova com ph variando de 5,6 a 6,2, com o peixe totalmente parado nestes pontos, exemplo do Parana Atauí, e outros pontos como o Cachoeirinha e Bafuana que apresentaram pontos com pouca água nova, com ph variando entre 4,7 e 5,3, e temperatura na faixa de 29C, nos lagos, a pescaria foi difícil mas contando com a experiência dos guias que são nativos desta região do Negro e das informações que tínhamos , buscamos lagos e canais com mesnos interferência da água nova , e com muita observação e trabalho conseguimos bons resultados..... Encontramos várias situações, com peixes variando entre 10 e 17lbs ( 69 a 76cm) atacando iscas de hélice, nos pontos costumeiros de Açús, boca de lagoas, pontas e bicos cortados em lagos, entradas de água do igapó em lagoas e praias no rio no final da tarde, porém a produtividade maior foi nas iscas tipo stick como a red pepper Magnum , Rebel Jumping Minow T-20 e Sticknina 110 e 130 da Deconto, Sará Sará , no trabalho lento nas partes razas ( locais aonde o mato estava verdinho ) situação identificada pelo amigo Betão e compartilhado entre todos. Outra situação que identifiquei era a grande quantidade de peixes na situação de coloração paca , com tamanho variando entre 2 e 3kg aproximadamente nos barrancos do rio, em regiões aonde o alagamento já suplantava o baranco em 20 ou 30 cm, atrás das árvores que tinham o pé alagado sempre tinha um bocudo na espera de um peixinho para emboscar, daí nossos stick´s fizeram a diferença, sendo possível a captura de vários exemplares deste porte nesta situação..... E não foi só tucunaré na pescaria A maioria de todos os pescadores de tucunaré açú sem duvida foca na captura de peixes acima de 20lbs e histórias de peixes deste porte estão sempre presentes em nossas pescarias, melhor quando conseguimos capturar um exemplar deste porte, o que não ocorreu desta vez, porém um monstro destes apareceu para nosso amigo Vicente, deixando nosso amigo calouro alucinado..... Quando Vicente estava pescando alguns borboletas em uma entrada de água em uma lagoa promissor da região do cachoeirinha ,, ao trazer um borboleta de aproximadamente 30cm de comprimento o peixão apareceu do nada engoliu o tucuninha inteiro e arrancou em grande velocidade para o fundo, causando um efeito de chicote na vara, que jogou a isca para cima............ nosso amigo naquele momento olhou para mim com um sorriso no rosto, naquele momento eu senti que ele havia sido infectado pelo vírus “ AçúManíaco “...... .......... na foto abaixo a satisfação de nosso amigo Vicentão ao pegar o seu primeiro tucunaré em iscas de hélice!!!!! Ponto alto da pescaria foi a captura de um Surubin de 91cm pelo amigo Cristiano Julio, pensa num cara que tomou um susto, por alguns momentos ele acreditava que as corridas violentas do Surubin preconizava a captura de um Açu gigante, porém ao trazer para perto do barco, notou eu tratava-se de um exemplar se Surubin Moqueca.....kkkkkkk chama o Betão!!!! e não deu outra, Betao matou a pau com a moqueca mais saborosa que já comi..... muito obrigado amigão!!!! Nesta viagem para apimentar nossa pescaria foi criado o troféu ExplorerXX para o maior tucunaré da pescaria, e eu foi vencido pelo amigo e pescador Francisco Cavalcante , receba aqui formalmente os parabéns da equipe do ExplorerXX, e de seus amigos pescadores da turma...... Mensagem da turma " Pratique o pesque e solte sempre, mantenha seu peixe saudável durante o manuseio e fotos " E no retorno a Manaus, fomos recebidos pelo Magal , nosso amigo e anjo da guarda em Manaus , primeiro visitamos o mercado municipal e em seguida para um almoço show no Bragança!!!!! Agradeço Deus por mais uma temporada amazônica, pelos novos amigos que fiz, foi muito bom,.... obrigado meu amigo Ramon Paz...... jan-2020 já está reagendado
×
×
  • Criar Novo...