Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Diego Rudek

Membro
  • Total de itens

    1.352
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

Tudo que Diego Rudek postou

  1. Boa tarde amigo, passei por um problema parecido esses dias. Liguei da água pro Digo da Mazocco náutica e ele me instruiu a anular o sensor do óleo e sangrar o tanquinho de dentro do motor. Chegando em casa, levei a lancha para ele. O defeito é dentro do tanque de óleo. Vou ter que trocar. Chegou semana passada mas não consegui levar a canoa até lá. Custo de 900 pila.
  2. Boa tarde pessoal. Importei 3 motores elétricos Haswing Cayman GPS 01 55 libras 12v. Em 20 dias estarei com eles em mãos e um vai para a minha lancha para testes. É uma boa opção de baixo custo, que atende muito bem as nossas necessidades. Possui a opção de âncora, controle de mão e de pé sem fios. Os outros dois estarão disponíveis para venda. Por encomenda consigo qualquer modelo de motor elétrico, sonar, gps, jack plates e demais acessórios para embarcações. Caso alguém tenha interesse, pode vir falar comigo via whatsapp (45)999128698. Vou trabalhar com encomendas dos EUA que estarão em mãos em cerca de 15-25 dias.
  3. Compro casco Megabass Sport, Quest Z19S ou Z21, em bom estado de conservação. Pagamento a vista. Whatsapp (45)999128698
  4. Vejo o pessoal usando na 268 as futuras 25p. Na minha 270 com 175proxs uso uma trophy 24 4 pás. Creio que uma 25 vai cair bem.
  5. Desculpem a ausência no tópico. Passei por uma situação pescando em 2 casais na lancha. Vento sul e onda alta. Eu tinha duas opções: 1) Andar acima de 35-40mph e matar as mulheres do coração kkkk 2) Andar em umas 30mph com ela cavalgando e colocar o amigo na proa. Usei da opção 2. Quem ficou aleijado foi ele. Realmente deu dó! Esse é o problema em não ter a opção de andar mais lento. A proa levanta e não tenho visão de nada ou ela cavalga. E cavalgar em onda não da muito certo. Outro dia coloquei 2 pessoas na proa. Ficou show de bola! Agora pensando aqui, tenho 3 baterias no porão, sendo uma de 100 e duas de 105 amp, tanque de combustível que costumo andar com ele sempre acima de meio, tanque de óleo do motor, viveiro e passageiros. Pensei em algumas opções. 1) Jogas as baterias do elétrico que é 24v para a proa, sendo que perderei um porão de guardar coletes. 2) Trocar o motor elétrico para um de 12v e utilizar somente 1 bateria. 3) Usar uma cunha para negativar o Trim como o Fabrício disse acima. Caso for utilizar a cunha, devo instalar ela no Jack ou no cavalete do motor? Quantos graus seria necessário para não angular muito? Encontrei algumas cunhas prontas no ebay. Compensa comprar pronta ou mandar fazer? Já fiz cunha em Nylon para motores menores. Qual material utilizar se for mandar fabricar? Qual largura? Pois a pressão e força que o motor faz é bem diferente de um motor 90. Aguardo sugestões. Abraços!
  6. Excelente loja, recomendo 100%. Pessoal muito sério, tem tudo o que você precisa, desde acessórios, montagens impecáveis, oficina de ponta!
  7. Jonis, no 25 manual sem partida elétrica não vejo muita vantagem, pois tu teria que disponibilizar de uma bateria no barco. Agora se o motor já tem partida elétrica e tem a bateria instalada ou mesmo móvel, seria interessante, ainda mais para quem tem algum problema com levantar peso, ou mesmo quem queira instalar um comando mais pra frente. Como o Guto falou, nos EUA tem alguns modelos, porém no Brasil fica meio inviável o valor que tu gastaria para adaptar um. Com o valor, compensa tu comprar um motor maior e com trim de fábrica. Já vi em 25 Mercury 4 tempos. Um sistema que achei muito interessante é o que vem no Yamaha 40 4 tempos, que tem um pistão que alivia pra tu levantar e soltar o motor. Levanta ele com um dedo. Mas é possível adaptar sim, tu pode comprar um sistema de Power trim em alguma loja que trabalha com reforma de motores ou desmonta motores para retirada de peças, como no caso da MFONTANA em São José dos Campos, mas pode preparar na peça em torno de R$1200,00 a R$1500,00, mais adaptações, embuchamento no torno e etc... Botão para o controle já vi o pessoal adaptar até de vidro elétrico de carro. Vai funcionar, mas quem sabe vai ter que encurtar ou limitar o pistão. Tem a questão do tamanho do cavalete do motor, se vai caber o sistema do trim dentro (motor e bomba).
  8. Já comprou, tenho uma Quest 270 2007, motor 175 mercury proxs com 60 horas, hélice trophy 24 4 pás, 2 sonares garmin echo, jack de 6, motor elétrico de pedal 80lbs, 3 baterias de 105 amp, montagem nova e completa, carreta vivan para bass. Caso tenha interesse me chama no pv ou whats (45)999128698
  9. Show Fabrício, vou trocar uma ideia com meu mecânico. Já usei cunhas, mas o pessoal fazia meio gambiarrão aqui, com nylon. Não convém essa alternativa pra mim por questões estéticas da embarcação. Mas fazer de inox ou alumínio fica bom pelo jeito. Creio que vai ajudar nas velocidades baixas. Fica complicado tu andar acima de 30mph no meio de uma pauleira kkkkk Os passageiros quase se borram de medo
  10. Outra coisa é que não quero mexer na hélice, pois quando vou pescar longe, vai muito peso e ela se comporta muito bem carregada.
  11. Boa noite pessoal, estou apanhando um pouco com a minha Quest 270 + 175 Proxs. Uso um jack mecânico de 6", hélice trophy 24 4 pás. Acabei baixando um pouco o Jack, pois abaixo de 30mph ela cavalga bastante, mesmo com o trim todo baixo. Ultima velocidade máxima registrada em gps foi 67mph, mas creio que já chegou a 70, mas faltou lembrar de ligar o fishing points, pois não tenho chart no barco. Normalmente uso tanque quase cheio (cerca de 80l), tanque de óleo cheio, 3 baterias na popa, sendo uma de 80 amp e 2 de 105, eu (87kg) e a patroa (60kg) a bordo. O barco arranca muito nervoso e gosto disso. Vou medir a altura do motor em relação ao PAD e depois posto. Não sei qual o ponto de "equilibrio" desse casco, pois acho muito peso na popa. Quando estamos em 3, ela cavalga mais. Se um vai na proa, fica bom. Opções: Colocar baterias na proa, mas vou perder um porão. Descer um pouco o motor. Ou alguma sugestão? Acima das 30mph ela navega liso.
  12. Amigo, use conforme o manual. Os Mercury Optimax no período de amaciamento dosam o óleo optimax conforme necessita, lógico que em uma quantidade maior. Não se assuste se ele consumir mais óleo no começo. É assim mesmo. Não inventa moda e não escute os mecânicos de internet. Única coisa que tu pode fazer de diferente é usar uma gasolina Podium, mas não tem necessidade. Quando vou ficar um bom tempo sem usar o meu optimax, por recomendação do meu mecânico da Mercury, esgoto o tanque e coloco uns 20 litros de Podium e deixo funcionando no orelhão por uns 15 minutos para ficar no sistema. Porém já vi em vários casos, o smartcraft apitar e dizer que tem água na gasolina, porém é o processo que ocorre pela mudança na gasolina. Quando tu voltar a usar comum (pode completar o tanque normalmente), esse aviso vai apagar. Diferente dos motores 300 que só rodam no Podium. O meu nunca apitou, mas já vi 115 apitar. Qualquer dúvida, te passo no pv o telefone do meu mecânico, o Rodrigo Fantin da Mazocco Náutica de Toledo - Pr.
  13. Muito show! Para quem gosta das coisas organizadas e odeia gambiarras! O valor é pesado, mas também, é um catamarã, todo em fibra e equipado. Quem conhece o valor das coisas, sabe quanto custa um gerador náutico que é mais silencioso e usa a água do rio ou mar para refrigeração, que não sai por menos de 40 mil reais. Um ar condicionado das mesmas características não sai por menos de 20 mil reais e por ai vai... Náutica tudo que é realmente bom é caro... Uma vez pensava nas coisas baratas, porém na prática vi que coisas baratas não aguentam o tranco... Um exemplo grande é motor elétrico... kkkkk Quanto aos que tem no Brasil, duvido muito que cheguem aos pés desse em quesito beleza, navegação e etc... Poucas fábricas de embarcações de pequeno porte realmente tem um engenheiro naval que fez um projeto, testou e tudo mais. Vejo muita gambiarra aqui, isso sim.
  14. Sempre faço contrato de compra e venda bem feitinho, especificando tudo. Procure a plaqueta da lancha também, que tu vai precisar de foto dela pra mandar pra marinha.
  15. Tu vai precisar de um recibo de compra e venda do motor que esta anexo na embarcação também para fazer a transferência, reconhecido firma por verdadeiro de ambas as partes. Procure marcas de chaves no motor. Leva em um mecânico de confiança, pede pra medir compressão também.
  16. Pode ser sensor de câmbio tbm... no caso de estar em neutro. Troquei do meu proxs essa semana, mas não por esse motivo. Algumas vezes qndo desengatava o motor apagava. Quando comprei esse motor, estava a mais de 1 ano parado e tinha umas 20h de uso. Pode ter sido por falta de uso mesmo. Custou 320 reais o sensor.
  17. Os CT da mercury são maia leves que os 4 tempoa normais. Já andei com o 90 e o 115 CT. Tem uma arrancada superior e final tbm. No 90 não tenho a certeza que utiliza a rabeta do 150, mas no 115 sim. Os 115 são incríveis. Vi 115 ct montado em megabass classic usando hélice passo 28... andando a 60mph... Com certeza vale a diferença de valor sim. São muito silenciosos também.
  18. Que fera! Mas quando falo em acabamento, falo também da pintura. Essas pinturas cascudas grudam muita craca com o passar dos dias. Poderia ser algo mais liso e mais bonito. Gosto de detalhes e coisas bem feitas. Pode ser também que sou muito chato kkkk. Quando eu for fazer a minha nova vou por tudo isso em prática. É tipo tu pagar 40 mil (que é o que gira em média um casco) em um carro e tu abrir o porta malas e ser tudo cascudo e feio, ou abrir o capo e estar uma bagunça. O mecânico conta muito na organização da montagem. Já vi tanta gambiarra, desde mangueira do combustível preso no positivo da bateria com arame pra cima. Um verdadeiro ninho de rato. Lancha de 120 mil reais pra cima com motor 250 sem uma chave geral...
  19. Ficou show heim! Muito bom o desempenho também. Importou de onde e qual loja o console? Parabéns pela lancha, que lhe traga momentos inesquecíveis!
  20. Pois é, essa questão das baterias... as minhas 3 ficam do lado do tanque kkkkkk Não sei por centro de gravidade, mas em uma montagem de uma Quest 160 com 75 optimax, tive que colocar as 2 baterias na proa, duas de 100 amp da bosch. Na popa ninguém segurava ela. Ficava com a traseira socada, isso que usava um tanque de 45 litros nela. Nas mega, hoje fui na loja olhar uma Classic Sport zero, onde colocaram umas mangueiras tipo de construção civil que passa fio e pintaram mal e porcamente por cima. 3 pedaços na extremidade da popa, 3 na frente e 1 em cada lateral. Mal pintado e feio pra caramba. Outra coisa em alguns cascos que não acho legal o tal do bocal de abastecimento e a dificuldade quando precisa esgotar o tanque. Um amigo mandou fazer o tanque dele em inox e colocou uma bomba de injeção eletrônica com um botão em local estratégico para quando precisar esgotar ele. Acontece muito de deixar a lancha parada por um bom tempo, principalmente aqui que tem inverno, a gasolina de má qualidade separar em água/alcool e gasolina... pensa no pepino... Poderia ter uma saída fixa no fundo do tanque com uma torneira para esgotar para fora do casco. Pelo menos o meu tanque é um parto...
×
×
  • Criar Novo...