Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Nelson Estêvão

Evolução reversa...

Posts Recomendados

Oi pessoal.

As vezes me pergunto se as coisa evoluíram ou apenas melhoraram seus matérias?

observando no tópico: http://www.pescaki.c...amento-vintage/

pude notar que em um dos modelos de molinete não dispõem da alça que envolve o carretel, e para arremessar, basta tirar a linha do cursor.

Olha que magnífico e pratico!!!

Outro exemplo:

Certa vez vi uma vara de duas partes que era composta por três peças.

A vara tinha a base como as de hoj,e ate ai nenhuma coisa magnífica...

Porem a diferença toda estava na parte que se encaixava. Ela vinha em 2 tamanhos diferentes... Então o sujeito comprava uma vara e "levava" 2. Tinha uma de 1,55m e outra de 1,80m. Apenas trocando a parte superior, olha que genial!!!

Ainda sobre varas...

Percebo hoje muitas varas de duas partes que vira e mexe tem a parte da ponteira arremessada com um arremesso mais forte, isso muitas vezes devido a força constante que a vara sofre a cada arremesso ou ate mesmo pelo desgaste do encaixe.

Pois bem, em 2 varas de 2 partes mais antigas que vi, não havia o encaixe e sim um encaixe com uma rosquinha pequena... tipo trava de mosquetão de escalada. Com isso nunca a parte superior vai ser arremessada pela força ou por desgaste do encaixe, pois esta rosqueada.

Estes são alguns exemplos que deixo para os amigos também trazerem outras coisas que sumiram e que fazem muita falta...

Grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem observado Nelson,

Só uma ressalva: Os molinetes sem o aro eu já os possuia quando tinha 12/13 anos, eram das marcas Sofi e Espadarte, para pesca de praia. Hoje estou com 51 anos.

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem lembrado Nelsão....

Temos ainda carretilhas pesadas q não tem guia. Eu não sei ao certo o funcionamento, se o pescador vai guiando a linha com o dedo, acredito q sim, mas seria uma um equipamento em "evolução".

A Flemming tb fabrica alguns modelos de varas onde o usuário troca apenas o cabo. Vem 2 hastes com tamanhos diferentes, e o usuário troca de acordo com o tipo de pescaria.

As atuais emendas das varas são show, dificilmente soltam...Claro q estou falando das marcas consagradas.

E por aí vai... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Carretilhas sem guias são usadas p pesca oceânica(marlin,etc)onde a tomada de linha é violenta demais.Para recolher o é no dedão mesmo.Imagina isso num peixinho de mais de 200 kg,tomando linha de vez em quando???!!!!

Ainda na pesca em água salgada atualmente dois molinetes top do mercado(Van Staal e ZeeBaaS)tem modelos sem os aros também.A Shimano(Japão)tem dois modelos de vara top onde o pescador pode comprar cabos e hastes diferentes e ir trocando conforme a pescaria.O encaiche é bem na junção do cabo.

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ola pessoal.

Como nao tenho muito tempo de pescaria e nao peguei a "evolução da coisa", nao sei de muitos exemplos.

Mas destes poucos que relatei, as vezes parece que as coisas andam para tras...kkkkk

vou deixar para os mais experientes relatar outras tralhas que eram convinientes ou eficientes e que hoje quase nao se ve mais.

Um grande abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

.A Shimano(Japão)tem dois modelos de vara top onde o pescador pode comprar cabos e hastes diferentes e ir trocando .O encaiche é bem na junção do cabo.

OI celso.

isso pra mim é novidade...mas olha que legal.

Um grande problema dependendo da pescaria ou da isca a se trabalhar, é o tamanho do cabo. Com isso se compra uma vara e nao duas, achei otimo! E outra praticidade é o local da junção..o blanck trabalha livre...

Muito bacana...

valeu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A Flemming tb fabrica alguns modelos de varas onde o usuário troca apenas o cabo.

As atuais emendas das varas são show, dificilmente soltam...Claro q estou falando das marcas consagradas.

quanto as cabos maneiro...

ja as emendas ate podem ser boas, mas fica a impressao que o blanck nao trabalhara em sua plenitude (no caso das emendas em black).

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu particularmente não gosto de vara com duas partes, mas vi uma Shaula da Shimano onde a junção é imediatamente após o realseat, no foregrip. Como era uma vara rápida, isso não atrapalha em nada seu trabalho. Já vi na internet (http://www.tackletour.com) também alguns lançamentos de varas com opções de cabos mais longos ou mais curtos. Você troca só a terminação.

Dificilmente, porém, vemos varas de qualidade com emendas no blank. Que eu me lembre, só tem uma Shaula mais antiga que pode ser dividida em 4 partes. E mesmo sendo Shaula, eu não confio...

Como bem colocou o Celso, as carretilhas de pesca oceânica não têm o distribuidor de linha. Isso porque a arrancada dos peixes de mar é tão forte, que estouraria tudo. Para recolher, você tem que meter o dedão na linha e ir distribuindo-a uniformemente no carretel. É um saco!

A indústria é isso mesmo. Conceitos vão e vem...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×