Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Walther Volpini

Advogado judeu

Posts Recomendados

O ADVOGADO JUDEU

Uma instituição de caridade nunca tinha recebido doação do advogado mais rico da cidade, um judeu.

O diretor da instituição decidiu ele mesmo ir falar com o advogado.

- Nossos registros mostram que o senhor ganha mais de R$ 3.000.000,00 por ano e mesmo assim nunca fez uma pequena doação para nossa caridade. O senhor gostaria de contribuir agora?

O advogado respondeu:

- A sua pesquisa apurou que minha mãe está muito doente e que as contas médicas são muito superiores à renda anual da aposentadoria dela?

- Ah, não, murmurou o diretor.

- Ou que meu irmão mais novo é cego e desempregado?

Continuou o advogado.

O diretor nem se atreveu a abrir a boca.

- Ou que o marido da minha irmã morreu num acidente e a deixou sem um tostão e com cinco filhos menores para criar, sendo que um deles tem Síndrome de Down?

Falou o advogado judeu, já com ar de indignação.

O diretor já se sentindo humilhado disse:

- Eu não tinha a menor idéia de tudo isso...

- E a sua pesquisa apurou que meu pai é diabético, cardiopata e que está na cadeira de rodas há mais de dez anos?

- Não senhor...

- E foi, por acaso, verificado que eu tenho dois sobrinhos surdos-mudos?

Silêncio do diretor.

- Além de tudo isso, vocês já sabem que meu irmão mais velho pediu falência e perdeu todos os seus bens?

- Não, absolutamente não, senhor! Respondeu o diretor totalmente envergonhado com o papelão que fazia.

- Pois então, disse o advogado,

- SE EU NÃO DOU UM TOSTÃO PARA ELES,

POR QUE EU IRIA DAR PARA VOCÊS!?!?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×