Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Celso Mendonca

Sirn X Barcelos,Resposta Fácil

Posts Recomendados

Salve galera !

Passados 45 dias das primeiras pescarias na região do Rio Negro,tenho a leve impressão que quem optou por Barcelos nesse período,fez a escolha certa. ::tudo::

Pelos relatos dos grupos e fotos enviadas por amigos,me parece que na média,as pescarias em Barcelos estão mais produtivas.O reflexo disso foi a debandada de barcos da "temperamental" SIRN. doeu::

Muita água ainda vai rolar até o final da temporada,mas por enquanto....

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia

Acredito eu, sendo a minha primeira temporada na região, que SIRN virou sonho de consumo, afinal é la que se encontram os 2 dígitos.

Lendo alguns post aqui no FTB a algum tempo atras, alguém me disse o seguinte. " Barcelos = Maior quantidade e menos qualidade. SIRN = menor quantidade e mais qualidade ".

Resumindo, para que vai a primeira vez, acho que Barcelos seria a melhor pedida. Agora para os feras, acho que mesmo com a superlotação de SIRN, este é o lugar.

Acredito que na próxima temporada, com esta muvuca de barcos em SIRN, as coisas vào voltar ao normal, e vai ficar tudo bem dividido como era antes.

Minha opinião. Não levem a mal.

Grande abçoo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia

Acredito eu, sendo a minha primeira temporada na região, que SIRN virou sonho de consumo, afinal é la que se encontram os 2 dígitos.

Lendo alguns post aqui no FTB a algum tempo atras, alguém me disse o seguinte. " Barcelos = Maior quantidade e menos qualidade. SIRN = menor quantidade e mais qualidade ".

Resumindo, para que vai a primeira vez, acho que Barcelos seria a melhor pedida. Agora para os feras, acho que mesmo com a superlotação de SIRN, este é o lugar.

Acredito que na próxima temporada, com esta muvuca de barcos em SIRN, as coisas vào voltar ao normal, e vai ficar tudo bem dividido como era antes.

Minha opinião. Não levem a mal.

Grande abçoo...

Opa Diogo.

Vc tem razão,mas em Barcelos tem muito peixe grande também.Os últimos relatos são a prova disso. ::tudo::

Como SIRN era freqüentado por pouca gente,a possibilidade de capturar um troféu/pescador era maior,com a atual demanda ,ela ficou diluída. doeu:: Junta-se aí a instabilidade do tempo,que lá é muito mais imprevisível...... doeu::

Não dá p tomar como base relatos como o do Lance e do Gusso,os caras praticamente moram em SIRN..... :gorfei: :gorfei: Se soltar aqueles dois em Barcelos,vão fazer estragos também... :gorfei: :gorfei:

Vamos aguardar,a temporada está só começando. joia:::

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem algumas "teses" sobre esses dois excelentes pontos de pesca !

arrow:: Acho até que o cometário indicado pelo Diogo foi meu, ou se não foi, endosso-o... joia:::

Em Barcelos existe um verdadeiro "criadoro" de peixes dada aos inúmeros rios e igarapés que irrigam a região ! Condições de acidez, temperatura da água, e ingredientes alimentares, transformam essa região num enorme berçário - não é a toa que lá se situam os principais mananciais de captura e exportação de peixes ornamentais do país... (e alevino é sempre "comida", qualquer que sejam os predadores). A abundância de presas é tamanha, que os cardumes de tucunaré chegam a se confundir entre borboletas, pacas, e açus por diversos locais, quase sempre fantásticos em estruturas e possibilidades de desenvolvimento da espécie.

arrow:: Também a região conta com "maternidades" especiais, já que os lagos se multiplicam numa série infindável de pontos de refúgio para toda a cadeia alimentar dessas espécies. Certamente contudo, existe um "equilíbrio" químico (ph, estrutura, temperatura, limpidez, pressão atmosférica, entre outros, alguns dos quais desconhecidos para os "não especialistas" pescadores - que somos todos nós) que torna a região uma verdadeira concentração de cardumes em busca de diversos objetivos, sendo o principal deles a alimentação.

Não chega a ser "por acaso" que a quantidade é espantosa, apesar do excesso de pesca que já começa a acontecer por lá...

Santa Isabel do Rio Negro, para os que já tiveram a oportunidade de conhecer, apresenta estruturas bastante diferentes das encontradas em Barcelos (e arredores). A piscosidade dos afluentes é vista como um local onde os grandes brutos se permitem a levar uma vida mais amena, mas nem por isso menos competitiva. Os borboletas "infestam" com cardumes bem grandes e agilidade na briga pelo alimento. Via de regra, local dos grandes tucunarés, não tem "concorrentes" por perto ! Ali a briga é feia... Andam quase sempre em pares (casal) ou solitariamente a espreita de oportunidades, quase sempre propiciadas pela vegetação do local, ideal para que possam surpreender suas presas. Outro fator de consideração local, são as incidências de estruturas com maior profundidade próximas às margens, possibilitando um melhor e natural acesso aos seus grandes corpos e deslocamentos produzidos... Drop offs, e pontas de praia são mais frequentes nessa região, e quase sempre reservam um troféu a espreita.

Por fim, e sem querer provocar qualquer polêmica, entendo que se tratam de pescarias diferentes :

arrow:: A de Barcelos é mais "espalhafatosa", com maior índice de capturas, e festa de cardumes de diversos tamnahos e valentias, embora não afastem a possibilidade de um enorme dois dígitos estar disponível (depois de tantas iscas ançadas nas temporadas por que passou, trata-se de um "velhaco" ardiloso, podem ter certeza disso...)

arrow:: Já a de SIRN, é focada - quase que exclusivamente - nos grandes troféus ! É na linha clássica da "obsessão" de pegar um dois dígitos ! Não tem outra definição (verdadeira) que não seja essa ! Locais onde os cardumes de "borboletas" estão comendo, são efetivamente evitados pelos piloteiros quando em trabalho em SIRN, não apenas por vontade e desafio pessoal (e eles levam isso a sério - por conta do caixinha esperado), mas principalmente pela "cobrança permanente" dos pescadores em torno do objetivo maior dessa pescaria, ou seja, "cadê o troféu" ???

Não tem "pior ou melhor", e sim aquela que mais se adequa ao que se está a procura ! ::fishing

arrow:: Pessoas que vão pela primeira vez, TENDEM a apreciar mais Barcelos, enquanto que os "obsessivos" (quase sempre usuários exclusivos de iscas de hélices) buscarão a região do Alto Rio Negro, onde ficam os principais afluentes do Negrão... lingua2::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem algumas "teses" sobre esses dois excelentes pontos de pesca !

arrow:: Acho até que o cometário indicado pelo Diogo foi meu, ou se não foi, endosso-o... joia:::

Em Barcelos existe um verdadeiro "criadoro" de peixes dada aos inúmeros rios e igarapés que irrigam a região ! Condições de acidez, temperatura da água, e ingredientes alimentares, transformam essa região num enorme berçário - não é a toa que lá se situam os principais mananciais de captura e exportação de peixes ornamentais do país... (e alevino é sempre "comida", qualquer que sejam os predadores). A abundância de presas é tamanha, que os cardumes de tucunaré chegam a se confundir entre borboletas, pacas, e açus por diversos locais, quase sempre fantásticos em estruturas e possibilidades de desenvolvimento da espécie.

arrow:: Também a região conta com "maternidades" especiais, já que os lagos se multiplicam numa série infindável de pontos de refúgio para toda a cadeia alimentar dessas espécies. Certamente contudo, existe um "equilíbrio" químico (ph, estrutura, temperatura, limpidez, pressão atmosférica, entre outros, alguns dos quais desconhecidos para os "não especialistas" pescadores - que somos todos nós) que torna a região uma verdadeira concentração de cardumes em busca de diversos objetivos, sendo o principal deles a alimentação.

Não chega a ser "por acaso" que a quantidade é espantosa, apesar do excesso de pesca que já começa a acontecer por lá...

Santa Isabel do Rio Negro, para os que já tiveram a oportunidade de conhecer, apresenta estruturas bastante diferentes das encontradas em Barcelos (e arredores). A piscosidade dos afluentes é vista como um local onde os grandes brutos se permitem a levar uma vida mais amena, mas nem por isso menos competitiva. Os borboletas "infestam" com cardumes bem grandes e agilidade na briga pelo alimento. Via de regra, local dos grandes tucunarés, não tem "concorrentes" por perto ! Ali a briga é feia... Andam quase sempre em pares (casal) ou solitariamente a espreita de oportunidades, quase sempre propiciadas pela vegetação do local, ideal para que possam surpreender suas presas. Outro fator de consideração local, são as incidências de estruturas com maior profundidade próximas às margens, possibilitando um melhor e natural acesso aos seus grandes corpos e deslocamentos produzidos... Drop offs, e pontas de praia são mais frequentes nessa região, e quase sempre reservam um troféu a espreita.

Por fim, e sem querer provocar qualquer polêmica, entendo que se tratam de pescarias diferentes :

arrow:: A de Barcelos é mais "espalhafatosa", com maior índice de capturas, e festa de cardumes de diversos tamnahos e valentias, embora não afastem a possibilidade de um enorme dois dígitos estar disponível (depois de tantas iscas ançadas nas temporadas por que passou, trata-se de um "velhaco" ardiloso, podem ter certeza disso...)

arrow:: Já a de SIRN, é focada - quase que exclusivamente - nos grandes troféus ! É na linha clássica da "obsessão" de pegar um dois dígitos ! Não tem outra definição (verdadeira) que não seja essa ! Locais onde os cardumes de "borboletas" estão comendo, são efetivamente evitados pelos piloteiros quando em trabalho em SIRN, não apenas por vontade e desafio pessoal (e eles levam isso a sério - por conta do caixinha esperado), mas principalmente pela "cobrança permanente" dos pescadores em torno do objetivo maior dessa pescaria, ou seja, "cadê o troféu" ???

Não tem "pior ou melhor", e sim aquela que mais se adequa ao que se está a procura ! ::fishing

arrow:: Pessoas que vão pela primeira vez, TENDEM a apreciar mais Barcelos, enquanto que os "obsessivos" (quase sempre usuários exclusivos de iscas de hélices) buscarão a região do Alto Rio Negro, onde ficam os principais afluentes do Negrão... lingua2::

Rapaz... Que aula!!! palmas:: palmas:: palmas::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem algumas "teses" sobre esses dois excelentes pontos de pesca !

arrow:: Acho até que o cometário indicado pelo Diogo foi meu, ou se não foi, endosso-o... joia:::

Em Barcelos existe um verdadeiro "criadoro" de peixes dada aos inúmeros rios e igarapés que irrigam a região ! Condições de acidez, temperatura da água, e ingredientes alimentares, transformam essa região num enorme berçário - não é a toa que lá se situam os principais mananciais de captura e exportação de peixes ornamentais do país... (e alevino é sempre "comida", qualquer que sejam os predadores). A abundância de presas é tamanha, que os cardumes de tucunaré chegam a se confundir entre borboletas, pacas, e açus por diversos locais, quase sempre fantásticos em estruturas e possibilidades de desenvolvimento da espécie.

arrow:: Também a região conta com "maternidades" especiais, já que os lagos se multiplicam numa série infindável de pontos de refúgio para toda a cadeia alimentar dessas espécies. Certamente contudo, existe um "equilíbrio" químico (ph, estrutura, temperatura, limpidez, pressão atmosférica, entre outros, alguns dos quais desconhecidos para os "não especialistas" pescadores - que somos todos nós) que torna a região uma verdadeira concentração de cardumes em busca de diversos objetivos, sendo o principal deles a alimentação.

Não chega a ser "por acaso" que a quantidade é espantosa, apesar do excesso de pesca que já começa a acontecer por lá...

Santa Isabel do Rio Negro, para os que já tiveram a oportunidade de conhecer, apresenta estruturas bastante diferentes das encontradas em Barcelos (e arredores). A piscosidade dos afluentes é vista como um local onde os grandes brutos se permitem a levar uma vida mais amena, mas nem por isso menos competitiva. Os borboletas "infestam" com cardumes bem grandes e agilidade na briga pelo alimento. Via de regra, local dos grandes tucunarés, não tem "concorrentes" por perto ! Ali a briga é feia... Andam quase sempre em pares (casal) ou solitariamente a espreita de oportunidades, quase sempre propiciadas pela vegetação do local, ideal para que possam surpreender suas presas. Outro fator de consideração local, são as incidências de estruturas com maior profundidade próximas às margens, possibilitando um melhor e natural acesso aos seus grandes corpos e deslocamentos produzidos... Drop offs, e pontas de praia são mais frequentes nessa região, e quase sempre reservam um troféu a espreita.

Por fim, e sem querer provocar qualquer polêmica, entendo que se tratam de pescarias diferentes :

arrow:: A de Barcelos é mais "espalhafatosa", com maior índice de capturas, e festa de cardumes de diversos tamnahos e valentias, embora não afastem a possibilidade de um enorme dois dígitos estar disponível (depois de tantas iscas ançadas nas temporadas por que passou, trata-se de um "velhaco" ardiloso, podem ter certeza disso...)

arrow:: Já a de SIRN, é focada - quase que exclusivamente - nos grandes troféus ! É na linha clássica da "obsessão" de pegar um dois dígitos ! Não tem outra definição (verdadeira) que não seja essa ! Locais onde os cardumes de "borboletas" estão comendo, são efetivamente evitados pelos piloteiros quando em trabalho em SIRN, não apenas por vontade e desafio pessoal (e eles levam isso a sério - por conta do caixinha esperado), mas principalmente pela "cobrança permanente" dos pescadores em torno do objetivo maior dessa pescaria, ou seja, "cadê o troféu" ???

Não tem "pior ou melhor", e sim aquela que mais se adequa ao que se está a procura ! ::fishing

arrow:: Pessoas que vão pela primeira vez, TENDEM a apreciar mais Barcelos, enquanto que os "obsessivos" (quase sempre usuários exclusivos de iscas de hélices) buscarão a região do Alto Rio Negro, onde ficam os principais afluentes do Negrão... lingua2::

Ai é que me refiro Kid.

Parabens pelas sabias palavras!! palmas:: palmas::

Grande abço amigo!!! :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom dia

Acredito eu, sendo a minha primeira temporada na região, que SIRN virou sonho de consumo, afinal é la que se encontram os 2 dígitos.

Lendo alguns post aqui no FTB a algum tempo atras, alguém me disse o seguinte. " Barcelos = Maior quantidade e menos qualidade. SIRN = menor quantidade e mais qualidade ".

Resumindo, para que vai a primeira vez, acho que Barcelos seria a melhor pedida. Agora para os feras, acho que mesmo com a superlotação de SIRN, este é o lugar.

Acredito que na próxima temporada, com esta muvuca de barcos em SIRN, as coisas vào voltar ao normal, e vai ficar tudo bem dividido como era antes.

Minha opinião. Não levem a mal.

Grande abçoo...

Opa Diogo.

Vc tem razão,mas em Barcelos tem muito peixe grande também.Os últimos relatos são a prova disso. ::tudo::

Como SIRN era freqüentado por pouca gente,a possibilidade de capturar um troféu/pescador era maior,com a atual demanda ,ela ficou diluída. doeu:: Junta-se aí a instabilidade do tempo,que lá é muito mais imprevisível...... doeu::

Não dá p tomar como base relatos como o do Lance e do Gusso,os caras praticamente moram em SIRN..... :gorfei: :gorfei: Se soltar aqueles dois em Barcelos,vão fazer estragos também... :gorfei: :gorfei:

Vamos aguardar,a temporada está só começando. joia:::

Abs.

Corretíssimo Celso. joia:::

Os relatos de Barcelos estão vindo com força. ::tudo:: ::tudo::

Grande abçooo!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Existem algumas "teses" sobre esses dois excelentes pontos de pesca !

arrow:: Acho até que o cometário indicado pelo Diogo foi meu, ou se não foi, endosso-o... joia:::

Em Barcelos existe um verdadeiro "criadoro" de peixes dada aos inúmeros rios e igarapés que irrigam a região ! Condições de acidez, temperatura da água, e ingredientes alimentares, transformam essa região num enorme berçário - não é a toa que lá se situam os principais mananciais de captura e exportação de peixes ornamentais do país... (e alevino é sempre "comida", qualquer que sejam os predadores). A abundância de presas é tamanha, que os cardumes de tucunaré chegam a se confundir entre borboletas, pacas, e açus por diversos locais, quase sempre fantásticos em estruturas e possibilidades de desenvolvimento da espécie.

arrow:: Também a região conta com "maternidades" especiais, já que os lagos se multiplicam numa série infindável de pontos de refúgio para toda a cadeia alimentar dessas espécies. Certamente contudo, existe um "equilíbrio" químico (ph, estrutura, temperatura, limpidez, pressão atmosférica, entre outros, alguns dos quais desconhecidos para os "não especialistas" pescadores - que somos todos nós) que torna a região uma verdadeira concentração de cardumes em busca de diversos objetivos, sendo o principal deles a alimentação.

Não chega a ser "por acaso" que a quantidade é espantosa, apesar do excesso de pesca que já começa a acontecer por lá...

Santa Isabel do Rio Negro, para os que já tiveram a oportunidade de conhecer, apresenta estruturas bastante diferentes das encontradas em Barcelos (e arredores). A piscosidade dos afluentes é vista como um local onde os grandes brutos se permitem a levar uma vida mais amena, mas nem por isso menos competitiva. Os borboletas "infestam" com cardumes bem grandes e agilidade na briga pelo alimento. Via de regra, local dos grandes tucunarés, não tem "concorrentes" por perto ! Ali a briga é feia... Andam quase sempre em pares (casal) ou solitariamente a espreita de oportunidades, quase sempre propiciadas pela vegetação do local, ideal para que possam surpreender suas presas. Outro fator de consideração local, são as incidências de estruturas com maior profundidade próximas às margens, possibilitando um melhor e natural acesso aos seus grandes corpos e deslocamentos produzidos... Drop offs, e pontas de praia são mais frequentes nessa região, e quase sempre reservam um troféu a espreita.

Por fim, e sem querer provocar qualquer polêmica, entendo que se tratam de pescarias diferentes :

arrow:: A de Barcelos é mais "espalhafatosa", com maior índice de capturas, e festa de cardumes de diversos tamnahos e valentias, embora não afastem a possibilidade de um enorme dois dígitos estar disponível (depois de tantas iscas ançadas nas temporadas por que passou, trata-se de um "velhaco" ardiloso, podem ter certeza disso...)

arrow:: Já a de SIRN, é focada - quase que exclusivamente - nos grandes troféus ! É na linha clássica da "obsessão" de pegar um dois dígitos ! Não tem outra definição (verdadeira) que não seja essa ! Locais onde os cardumes de "borboletas" estão comendo, são efetivamente evitados pelos piloteiros quando em trabalho em SIRN, não apenas por vontade e desafio pessoal (e eles levam isso a sério - por conta do caixinha esperado), mas principalmente pela "cobrança permanente" dos pescadores em torno do objetivo maior dessa pescaria, ou seja, "cadê o troféu" ???

Não tem "pior ou melhor", e sim aquela que mais se adequa ao que se está a procura ! ::fishing

arrow:: Pessoas que vão pela primeira vez, TENDEM a apreciar mais Barcelos, enquanto que os "obsessivos" (quase sempre usuários exclusivos de iscas de hélices) buscarão a região do Alto Rio Negro, onde ficam os principais afluentes do Negrão... lingua2::

Sem dúvida, essa foi uma das melhores explicações sobre a pesca de tucunaré no Rio Negro, e sem maiores delongas ::tudo:: ::tudo:: !!

O senhor podia ser o novo ministro da pesca...

KKKKKKKKKKKKKK!

Parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kid, que show de resposta. :bompost:

E, se eu ainda pensava em SIRN, que não me agrada desde o nome, agora já era, meu mundo é Barcelos. love::

Nem de hélice eu gosto Conada , barulho chato do caramba! rindo3:: paia:: surtei:: anjo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×