Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Alexandre Vidal

Impacto ambiental - Rio Negro e afluentes

Posts Recomendados

Sempre fiquei com isso na cabeça e resolvi postar aqui.

Primeiro gostaria de dizer que eu curto muito um assado de tucuna nas praias de Barcelos. Não só pelo sabor do peixe, que é muito bom, mas também por todo o contexto por trás dessa viagem de pesca.

Mas será que isso não impacta o ambiente de uma maneira "severa"? Durante a temporada são muitos barcos, muitos pescadores e a demanda por esse destino tem aumentado progressivamente.

Claro que, praticamente 100% desses tucunas são borboletas e pimentas.

Na minha opinião, acredito que haja um impacto, mas tenho dificuldades em classificá-lo.

Na opinião de vocês seria um impacto baixo, moderado ou severo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alexandre na minha opnião é um impacto baixo, apesar de não ter nenhum conhecimento...

Acho q o Borboleta o povo nativo não deve quase consumir, pois da "pouca" carne... rsrs...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Assim como o Alexandre, não dispenso um peixinho assado nas praias do Negro e seus afluentes...

Contrariamente ao imaginado, não tenho qualquer dificuldade em visualizar isso como algo extremamente pequeno em termos de "impacto" à população dos tucunas ! Claro que a preferência são mesmo os "borboletinhas", e mesmo que não fossem, é sempre importante lembrar que a Natureza é pródiga em gerar estabilidade entre as espécies.

arrow:: Para os que ainda não tiveram oportunidade de encontrar um boto ao lado do barco, informo-lhes que certamente mais de 70% dos peixes soltos pelos pescadores, após serem embarcados (mesmo com os cuidados de oxigenação), vão parar na boca desses manhosos e ardilosos moradores amazônicos !

arrow:: Basta fazer essa conta e lembrar que independente dos "grupos de pesca", os botos e demais adversários naturais dos cardumes se fazem presentes e são parte do ciclo da vida na região. Não fosse isso, tucanas de dois dígitos seriam muito mais constantes do que já são...

arrow:: O que é preciso ter consciência refere-se a matança e transporte de peixe, principalmente com visão comercial.

O impacto se dá de forma imediata pela diminuição do estoque e a menos reposição de novos alevinos nos ciclos de crescimentos seguintes, embora, mesmo assim, menos filhotes servirão de alimento aos mais desenvolvidos...

arrow:: Comer um peixe assado na pescaria, faz parte do programa, e não tem como "desfalcar" o estoque existente...

arrow:: Basta lembrar o estrago produzido por uma simples rede, ou a captura noturna com zagaia... que a consciência fica mais acomodada e as "pupilas degustativas" apreciarão mais (e melhor) o sabor da carne do tucuna... fome::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

arrow:: Comer um peixe assado na pescaria, faz parte do programa, e não tem como "desfalcar" o estoque existente...

arrow:: Basta lembrar o estrago produzido por uma simples rede, ou a captura noturna com zagaia... que a consciência fica mais acomodada e as "pupilas degustativas" apreciarão mais (e melhor) o sabor da carne do tucuna...[/size] fome::

Eu espero que você escuta este comentário sábio de experiência, mas objeto pegado mais importante de VC mostrar preocupação pela matança de nosso tucanas de Negro e as pessoas que estão matando deles todos os dias para poco $$$$$$$ .

'WD'

joia::: joia::: joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que o impacto não é pequeno, porém pelas dimensões da região, não é significativo.

O mesmo conceito deve ser discutido a respeito do lago do Peixe, onde praticamente há pescadores o ano todo e a região é bem menor.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dá pra fazer um conta aproximada, mas vamos subestimar o cálculo da seguinte forma:

 

A ABOT (Associação Barcelense de Operadores de Turismo) tem 27 empresas cadastradas.

Digamos que cada empresa opera com 3 voadeiras ou 6 pescadores e 3 piloteiros. 9 pessoas.

Vamos considerar apenas 3 meses de temporada ou 12 semanas.

Que os peixes assados tenham o peso médio de 1,5Kg. e seja 1 por pessoa por dia.

 

- 21 peixes ou 31.5Kg por semana para cada voadeira por semana.

 

- 63 peixes ou 94.5Kg por semana para cada empresa cadastrada

 

- 756 peixes ou 1.134Kg por temporada de 3 meses por empresa cadastrada.

 

Total da conta:

 

- 20412 peixes ou 30.618Kg por temporada de 3 meses para as 27 empresas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Alexandre,

arrow:: Matematicamente os números impressionam !

Mas quantos são os botos existentes nas águas da região ?

arrow:: Quanto cada um deles come por dia... ?? Só falando do predador maior... (mas tem outros) !

Acho sempre que o ciclo da natureza se repõe, desde que exista o descanso para a reprodução (época das cheias).

arrow:: Importante também destacar que a pesca de redes e/ou zagaias, é muito mais contundente que esses cálculos apresentados !

Não acho sem motivo sua preocupação, mas temor maior é o que pensamos estar sendo feito sem que de fato aconteça...

arrow:: De onde vem os peixes que abastecem a cidade de Manaus, sem querer me estender no tema... Pois é...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...