Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
George Henrique

O Tarpon de Ouro do Araguaia !

Posts Recomendados

Bom pessoal, é meu primeiro relato aqui no forum, e com certeza não será o ultimo, acompanhando os relatos da galera eu vejo que o nivel é bruto, as pescarias são lindas e muito bem fotografadas.

Vamo vê se eu consigo acompanhar! rs !

Vamos ao que interessa !

Essa pescaria foi em agosto do ano passado, na região de Aruanã, que fica a mais ou menos 320 km de Goiânia.

Eu trabalhava numa loja de pesca, por isso só tinha o domingo para pescar, sendo que no sabado eu saia da loja as 14 horas.

Combinei com a minha namorada pra que saissemos direto da loja pra estrada pois eu ainda teria que abastecer, e ao chegar na cidade pegar a gasolina para o motor e as iscas e assim deixar a canoa pronta para sair domingo bem cedo !

Imagem Postada

Cheguei na cidade ( na verdade eu pousei na cidade, pq fui a mil por hora de ansiedade!!) as 15 pras 5 da tarde, jantamos, fomos direto pra fazenda e enquanto minha namorada foi se deitar fiquei até um pouco mais tarde tomando uma cervejinha e tocando moda de viola por que ninguem é de ferro!

Depois fui durmir, e essa foi a parte mais curta da viagem!

Não conseguia pregar os olhos de ansiedade, e sei que voces sabem bem oque é isso, tanto que às 5 e 32 minha namorada me pôs pra fora por que não me aguentava mais ouvir a pesgunta: "Amor, quantas horas? Já são seis horas? "

E foi obrigado a me retirar do recinto e partir para o meu domingo de pescaria!

Não contando alguns atrasos, como os sacanas dos meus primos que chegaram de manha da farra e sairam escondendo minha tralha em cada canto da fazenda, foi tudo bem, já que da fazenda até o porto são 3 minutos de carro.

Cheguei no porto as 6 horas e sabia que teria que esperar pelo piloteiro, Pé Molhado, por isso fui tomar um café.

A essa altura do campeonato não mencionei que dois dos primos que foram para a farra me pediram pra ir pescar, e acabei deixando a cargo deles a tarefa de guardar a gasolina. Só que deu 7 horas, o piloteiro chegou e nada dos pé de cana !! Fiquei louco!

Saí andando pela cidade pra procurar os caras, e quando cheguei na casa aonde eles estavam os dois haviam chegado da farra não fazia meia hora !

Acordei os malandros com um bom balde de água fria e toquei os dois pra canoa e enfim consegui comecar a pensar em pescar !!

Nossa ! Que sufoco!

Mas enfim, pegamos rio acima rumo ao primeiro ponto.

Olha a cara de ressaca do meu primo Thiago e a minha de alegria todo serelepe! rs !

Imagem Postada

Fomos buscar iscas para que no final do dia tentassemos uma pirarara, mas nosso real objetivo eram corvinas, douradas ou apapás, e outros peixes como mandubés etc. Uma pescaria bem variada já que só tinhamos o domingo.

O primeiro ponto foi em um banco de areia em que a agua encobria, passava por cima dele, ficando submerso em + ou - 40 cm de agua e então formava um degrau direto no canal caindo abruptamente de profundidade.

São os chamados "Pés de banco", aonde ficam corvinas e douradas , e também cachorras e bicudas.

Imagem Postada

Logo, consegui com iscas artificiais, algumas bicudinha bem pequenas e me diverti com um cardume de cachorras-facão, que com seus saltos e a forca da corredeira faziam envergar minha varinha Impacto 14 libras.

Imagem Postada

Depois de me brincar bastante e separar algumas pra isca, partimos para outro ponto, acima da ponte do Itacaiú, ao lado de uma bonita praia e em outro pé de banco de areia, já visando a praia em nosso almoco.

Até aí tinhamos pescado algumas corvinas, mini bicudas que foram soltas por mim e algumas cachorras, somente usando iscas artificiais, enquanto os "esponjas" tentavam meio sem sorte com lambaris.

Esse ponto foi o mais expressivo e responsavel pela minha melhor captura.

Como apaixonado por iscas artificiais que sou, logo deixei de lado o meu abatido lambari e comecei a pinducar um pequeno jumping jig de 17 gramas e engatei algumas corvinas, mas resolvi mudar de estrategia e de isca e mandar um shad modificado e diminuido por mim na corredeira usando um jig head de mais ou menos 14 gramas.

Arremesso feito, deixo o shad afundar um pouco e comeco a dar toques secos de ponta de vara com a carretilha destravada e deixando a corrente levar.

Deixei levar por alguns bons metros e comecei a trabalhado com recolhimente rapido, algo que as Apapás adoram.

Continuei trabalhando até enxergar a isca que subiu pela forca da agua a uns 6 metros do barco e acontece a coisa mais linda e louca di mundo!

Eu parei de trabalhar e comecei a recolher continuamente e levei a maior porrada que ja tomei numa isca artificial!!

Não pude ferrar direito por que o bicho entrou tomando linha de forma desvairada usando a corredeira a seu inteiro favor !

A carretilha fritou enquando eu flagrava embasbacado bem longe a maior Apapá que eu ja tinha visto saltar desajeitadamente !!

E as coisas comecaram a esquentar quando ela comecou a subir o rio a milhão por hora e eu tive que ligar o motorzinho da munheca e acelerar o recolhimento ao maximo sob pena do anzol vermelho liso da Gamakatsu que eu usava no shad, se soltar da boca dura da dourada!

Ela ainda saltou às minhas costas e fazia um peso incrivel na linha !

Eu gritava para os companheiros para que me ajudassem e a colocassem no passaguá , pois se esperasse ela acalmar para colocar o alicate certamente a perderia nos chacoalhões na borda do barco!!

Quando finalmente o meu parceiro e piloteiro Pé Molhado a "Coou" , quase não segurei as lágrimas!! A adrenalina escorria pela camisa e eu fiquei até meio bobo com aquela perfeicão de peixe nas mãos !

Imagem Postada

Meu recorde pessoal, mas ainda pego uma maior !

Imagem Postada

Depois de toda essa emocão fui me recompor em um almoco na praia do rio feito com maestria pelo nosso piloteiro!

Imagem Postada

Os dois pingucos não resistiram e tiraram aquela soneca debaixo da estrutura do acampamento improvisado, enquanto eu fui fazer mais alguns arremessos.

Logo mais a tarde encerramos nossa pescaria com uma baby pirarara que me deu um baita susto !

Imagem Postada

Mas que voltou pra casa depois das fotos sob protestos para que convidade seus avós para me conhecer da proxima vez em que eu voltar a esse rio maravilhoso! O belo Rio das Araras, o Rio Araguaia !

Imagem Postada

Imagem Postada

Um grande abraco a todos e ótimas pescarias!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande George,

Ótimo relato de uma bela aventura nas águas desse fantástico rio, que é o Araguaia !

Um belo apapá, e certamente muita alegria e risadas ao longo do dia ! paia::

Que venham outros relatos, tão bons quanto esse ! Parabéns ! aplauso::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show de bola George

Esse peixe realmente é lindo, e o show que ele dá é digno de um tarpon mesmo.

Parabéns

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito interessante a comparação com o Tarpon.

Não conheço o apapá, mas o formato da boca, o rabo e o olhão do peixe de fato lembram MESMO o camurupin/tarpon. Gostaria de saber se o apapá também é dipnóico que nem o tarpon/aruanã/pirarucu?

E George, eu também concordo com você que esse site de pesca é o mais tranqüilo e com pessoas tecnicamente preparado da NET.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu George!! Belo relato...

Para mim que não vou a tempos pro araguaia deu para relembrar daquela água cor de tody e seus peixes maravilhosos rsrsrsrsr. viola::

Bração!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lindo apapá!!

Esse mini tarpon dourado do Araguaia proporciona uma das melhores pescarias que se pode fazer em água doce. Incomparável.

Muito bom o relato.

Abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lindo relato garotinho e que peixe lindo esta dourada. parabens e continue postando uns relatinhos mesmo de P&P.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito bom, é o tipo de pesca que deixa o pescador feliz da vida.

A briga que um Apapá dá não é brincadeira... quando ele sente a fisgada, pula e chacoalha pra se livrar da isca e, se o pescador der bobeira, o peixe sai da fisgada.

Belo relato, pesca no Araguaia é 10!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...