Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Aline Patricia

O príncipe do rio

Posts Recomendados

O príncipe do rio

A pesca do lambari muitas vezes foi a primeira de grandes pescadores. Pequeno e astuto, essa espécie pode proporcionar pescarias inesquecíveis

Imagem Postada

Embora o lambari (Astianax SSP) seja pequeno, não podemos menosprezar este peixe que fez e faz a alegria de muitos pescadores. Grandes nomes do mundo da pesca começaram a pescar o lambari. Depois alguns foram se especializando em peixes maiores e deixaram de lado esse nosso gigante, mas muitos ainda vão longe em busca dele.

Pescar lambari requer muita agilidade do pescador na hora de fisgá-lo, pois ele é muito rápido e em segundos leva a isca. É conhecido como lambari no estado de São Paulo e Minas Gerais; e como piaba, no Centro, Norte e Nordeste do País.

É o primeiro peixe da cadeia alimentar de água doce, ele é a “ forragem” para cada espécie de peixe carnívoro. O lambari se alimenta das ovas desses peixes, mas acaba recompensando em um item: apesar de dizimar as ovas, ele acaba sendo devorado pelos predadores mais tarde.

O lambari é muito valente, briga muito, se ele tivesse um porte maior seria muito esportivo. Mas mesmo tão pequeno já faz a alegria de muita gente.

O equipamento a ser usado em uma pesca exclusiva de lambari vai do mais simples que seria uma varinha de bambu ou telescópica, uma linha enrolada em uma latinha, um molinete para pescaria leve, até os mais elaborados, como os sabikis, um chicote com mais ou menos uns 3 anzóis, podendo usar miçanga ou outra isca e, com um pequeno molinete, arremessar e recolher lentamente. É comum fisgar vários lambaris de uma só vez. Lembrando que o anzol tem que ser o mosquitinho, bem pequeno mesmo, para não machucar tanto o peixe e, de preferência, se for soltar o peixe, que amasse a pequena farpa que o anzol tem.

Pode-se usar também uma pequena bóia, assim é mais fácil para ver quando ele "atacar" a isca. Quando o equipamento está sem bóia, ele pode levar a isca e o pescador nem perceber. Concentração em uma pescaria de lambari é muito importante. A linha normalmente usada nesse tipo de pescaria é a 0.15 ou até menos. Já usei em minhas pescarias uma mini carretilha, onde aumenta a esportividade da pesca desse pequeno gigante.

E tem uma modalidade que cresceu muito nos últimos anos que é o Fly. Esta requer muita técnica e habilidade do pescador mas, depois que se aprende, é simplesmente fantástico.

As iscas são bem variadas: além da indispensável minhoca, pode-se usar também miçanga, milho, larvas, macarrão, massinhas compradas em casas de pesca.

Para tentar capturar peixes maiores, jogue a isca o mais longe que conseguir, ela deve ser um pouco maior, assim com sorte terá oportunidade de capturar um lambari-guaçu ( Astianax rutilus ). Próximo ao barranco ficam os menores.

Hoje é possível fazer boas pescarias de lambari até em pesqueiros. Mas para quem ainda prefere ir para um rio, cachoeira, devemos lembrar que eles ficam bem próximos às corredeiras, embaixo de pontes, próximos às arvores, sempre em busca de alimento, à espera de que algo venha na água ou caia da vegetação.

O nosso valente, além de proporcionar bons momentos na pescaria, também faz a felicidade daqueles que adoram um petisco bem feito e assim, ganha espaço na mesa do consumidor, frito de forma simples ou com queijo, como é feito em Minas Gerais. É de dar água na boca.

Importante para a criação comercial é a capacidade de crescimento. Os exemplares atingem a maturidade sexual em quatro meses e, colocados a uma temperatura de 26 a 28 graus. Essa condição é ideal para iniciarem o ciclo reprodutivo, que vai de agosto a março.

De fácil adaptação, tem sido a mais procurada isca viva para pesca esportiva de peixes carnívoros. A diferença entre o macho e a fêmea é a seguinte: colocando o dedo polegar e indicador na barbatana anal do lambari, no macho é mais áspera, na fêmea é lisa.

Pescar lambari é ótimo. Pesquei meu primeiro peixe com mais ou menos 7 anos de idade, meu avô sempre gostou de pescar e algumas vezes me levava junto com meus primos. Os anos se passaram, comecei a praticar a pesca esportiva e o lambari ficou para trás.

Recentemente fui a alguns lugares e revivi a emoção de pescar o esse peixe valente... Comecei pelo Rio Pinheirinho e Rio Sapucaí, ambos, próximos a Santo Antonio da Alegria –SP. Foi maravilhoso, águas claras, mata ciliar preservada e mesmo com um bar próximo ao rio não havia lixo no local.

Passei pela região de Guapé (MG) ,corredeiras belíssimas, onde era possível ver peixes nadando tranquilamente e lambaris de todo tamanho.

Consegui belos exemplares em um pesqueiro. E por fim até a chácara da minha família, onde tudo começou, após mais de 20 anos eu voltei a pescar lambari lá, me senti criança novamente. Poucos metros da sede, tem duas cachoeiras, uma pequena e uma maior, ali passei minha infância e adolescência.

Peguei minha mini carretilha, muitas minhocas e fui atrás do gigante. Sentei bem próxima à cachoeira e fiquei ali um tempinho ouvindo a água cair.

Ouvindo os pássaros (são muitos) e comecei a pescar. Os ariscos lambaris estavam presentes. Depois de fisgar alguns percebi que ali estavam duas espécies conhecidas, o de rabo amarelo (Astyanax bimaculatus) e de rabo vermelho (Astyanax fasciatus).

Reviver que por pouco tempo esta sensação de pescar onde tudo teve inicio foi maravilhoso. Para quem ama a pesca esportiva, o tamanho do peixe nem sempre é o principal Pescar é muito mais que um peixe na linha, seja ele grande ou pequeno.

Pescar é ter a oportunidade de estar próxima à natureza, aos animais, apreciar o que temos de mais bonito e que muitas vezes na correria do dia a dia passa despercebido.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Por: Aline Patrícia Horikawa

em: 12/2009

http://pesca-cia.uol.com.br/exclusivo/e ... spx?c=2890

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Putz nota 10 heim!

Lambarizinho creio que seja a porta de entrada para a escola do fantástico mundo da pesca esportiva. Quando criança quem não gritou de emoção quando fisgou seu primeiro Lambari?

Para quem ama a pesca esportiva, o tamanho do peixe nem sempre é o principal Pescar é muito mais que um peixe na linha, seja ele grande ou pequeno.

Vendo a foto do meu avatar faz jus ao dizer citado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

GOSTEI DE VER.... LEMBREI DA ÉPOCA QUE PESCAVA COM UMA VARA CAIPIRA NOS RIBEIRÕES DE MONTES CLAROS-MG

aplauso:: aplauso:: :bompost: :bompost: aplauso:: aplauso:: aplauso::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oiiii... Bom essa matéria eu fiz a pedido de um grande amigo de SP, e fiquei muito feliz em falar do nosso pequeno gigante... Acho que consegui transmitir toda emoção que senti ao fazê-la.

Agradeço a todos pelo carinho e pelas palavras... É muito importante p mim...

:amigo: :amigo: :amigo: :amigo: :amigo: :amigo: :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...