Ir para conteúdo

Egberto

Membro
  • Total de itens

    44
  • Registro em

  • Última visita

7 Seguidores

Sobre Egberto

  • Rank
    Pescador de Lobó
  • Data de Nascimento 01-01-1974

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino

Informações de Perfil

  • Localização
    Curitiba - PR

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Fantástico! Mais uma vez, parabéns pelo relato Fabricio. Realmente você tem dom para pesca e relatos rs. Abraço.
  2. Moçada Mudando um pouco o foco... Uma vara montada por um rod buildes que valoriza o arremesso faz toda a diferença no quesito facilidade de arremesso de iscas grandes. Desde 2007 tenho usado para tucunas maiores duas Lamiglass, uma 20 e uma 25 montadas pelo Jansen. É gritante a diferença de conforto comparando com as varas originais de fábrica. Um guia uma vez viu uma vara montada pelo Jansen e falou que estava fora da espinha. Mostramos mais umas 6 varas montadas pelo Jansen e todas estavam na mesma linha da espinha, ou seja, idênticas uma a ourtra. O guia teimoso falou que a monstagem era estranha. Na volta da viagem perguntei pessoalmente ao Jansen e ele me explicou dessa valorização para o arremesso em suas montagens. Não é propaganda, pois ele não precisa disso. Faço no intuito de quem puder um dia experimentar uma vara dele ou de outro rod builder com essa visão verá a diferença.' Ah...outra coisa que acredito que faz diferença, é saber arremessar usando a ação da vara e com o freio centrífugo da carretilha bem solto, usando o dedão como freio. Saí totalmente do foco do tópico...apenas apra registrar, prefiro cortiça pelo grip que proporciona, mesmo quando molhada ou suada. Abraços
  3. Muito legal Fabricio! Viajei junto com vocês nesse relato. Com certeza valeu a experiência. Espero que possa fazer mais vezes, com um pouco mais de tempo e uma lista de compra menor hehe. Abraço.
  4. Fala Dr! Caprichados esses azuis... Vi que ta pretendendo ir a Serra da Mesa em janeiro. Estaremos por la com mais 10 amigos aqui do PR na pousada do Germano - do dia 21 ao dia 25. Abraco
  5. Ótima dica. O pagamento é feito na encomenda? Tenho empresa de avocacia e minha mulher de loja de roupa. Será que dá certo pedir numa dessas 2 pessoas jurídicas? Se meu sócio topar, vou encomendar um. Abraço.
  6. Kleverson Fui a Ita-Ibaté 2 vezes e mais 3 pra Paso de la Patria. A pesca lá é de janeiro até início de novembro. Sempre fomos em setembro ou outubro e sempre fizemos ótimas pescarias. Se preferir peixe de couro, de maio a agosto me parece que é a melhor época. Basciamente pescará dourado e peventualmente pintado no corrico e piaparas (bogas) apoitado. Pra primeira pescaria, vara de 30 à 60 libras , de tamanho 6.0 à 6.6 pés, linha multi 0.29. Pra segunda, vara de 20 libras de 6.0 ou 6.6 também, e linhas multi 0.19 ou mono .029, Quanto às iscas, as lojinhas de pesca lá ficam abertas até tarde da noite e vendem as famosas iscas Cocu e similares, aclamadas na regiãao, pois são pegadeoras e muito baratas em comparação às nossas iscas - custam cerca de 20 pesos (14 reais). Abraço.
  7. Acabei de ler todo o relato. Deixei de assistir o jogo do Brasil contra o Peru pra isso e não me arrependi. Você traduz muito bem todos os acontecimentos, destaca fatos inusitados, enfim comenta tudo o que queremos saber. Com certeza seus relatos são os mais completos que já vi e não há paradigmas na internet e muito menos em revistas. Estamos tentando fechar um grupo para 2009, mas é difícil conciliar datas dos pretendentes. Mas com certeza dará tudo certo e também poderei viver este prazer. Parabéns à você e a todo Grupo 20 e desde já fico na expectativa do relato do Grupo 21. Abraço.
  8. Kid Seus relatos são sempre fantásticos. Este, especialmente, cheio de detalhes, nos faz viajar. Ia ler uma parte por dia, mas já mudei de idéia rs. Vou ler tudo aora mesmo. Parabéns!
  9. Boa Sorte!! Espero que tudo dê certo e se for possível, que o Big One esteja à sua espera. Aguardamos o relato ansiosamente e vê se coloca o link na Caterva também pros mais desavisados apreciarem. Senão depois comento e alguns até duvidam de tucunas de 11.900 Kg rs. Abraços
  10. Egberto

    Mercury 25hp Sea Pro.

    Moçada Só pra registrar que esse tópico foi ao encontro da minha idéia de comprar esse motor. Se Deus quiser, ano que vem estaremos com esse motor formando conjunto com um Big Fish 5016. Aqui em Curitiba numa determinada época do ano, a MM Náutica parcela esse motor em 12 vezes sem juros. Abraços
  11. -- ------------------------------------------------------------------------------ Vou repetir o que disse num dos tópicos, apenas pra ficar registrado. Fabrício Você tá de parabéns por dividir com todos essas experiências. Muito espírito voluntarioso de sua parte mesmo, pois não todas as pessoas que tem esse altruísmo. Com certeza você ajudou centenas de pescadores como eu que sonham em ir pra Amazônia. Só falta mais uma coisa, juntar todos os tópicos e tornar fixo rs. Parabéns mesmo. Grande Abraço.
  12. Fabrício Você tá de parabéns por dividir com todos essas experiências. Muito espírito voluntarioso de sua parte mesmo, pois não todas as pessoas que tem esse altruísmo. Com certeza você ajudou centenas de pescadores como eu que sonham em ir pra Amazônia. Só falta mais uma coisa, juntar todos os tópicos e tornar fixo rs. Parabéns mesmo. Grande Abraço.
  13. Kid Parabéns pela coletânea. Isso será de grande valia para todos. Acho que poderia unir tudo isso e deixar como tópcio fixo, Abraço e obrigado.
  14. Parabéns Capitão. Estive em Paulicéia nos dias 4,5 e 6 de setembro agora. Em 3 dias, embarquei 10 tucnarés, 4 traíras, uma saicanga e uma piranha. Achei muito fraco. Fraca também era o atendimento da Pousada do Sol onde ficamos. Tudo muito amador demais. Olha que essa pousada foi indicação do site no Nelson Nakamura. Sem falar que a moda lá é matar peixe no arpão e no tridente. Vimos um pescador acampado numa ilha com mais de 200 Kg de tucunaré. Ele falou que era a segunda remessa que entregava naquela semana. Vi mais de 10 acamapmentos iguais nas ilhas da região. Nosso piloteiro não sabia onde ir. Ficava seguindo outros piloteiros ou nós que nunca fomos ao local que indicávamos os melhores pontos. Mas enfim o vento nos atrapalhou muito também. Além da pescaria ser ruim, tínhamos que chegar na pousda e esperar a janta até quase 10 da noite. Se fosse boa a comida, ainda valeria a pena, mas els terão que se esfroçar muito pra ficar razoável. Não recomendo pra ninguém. Espero na próximas acertar pousada, piloteiro e peixe...foi só isso que saiu errado na nossa rsrs. Abraço.
×
×
  • Criar Novo...