Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
João Biguá

OS CUIDADOS COM A SAÚDE DURANTE UMA PESCARIA

Posts Recomendados

Dedicado a todos os pescadores que têm restrições físicas e que gostam de arriscar.

É sabido por todos que, durante uma pescaria, de qualquer modalidade, normalmente fazemos uma relação completa do que vamos usar e precisar, sem esquecer dos Engoves e dos Sal de Fruta.

Aquela perguntinha que ninguém quer fazer fica esquecida. Qual perguntinha...? Esta: eu estou em condições físicas para enfrentar uma pescaria de 3 ou 4 dias, com sol no lombo, muita cerveja e longe de preocupações?

Em nossa última pescaria, no Lago do Peixe, eu pude fazer o teste.

Eu tenho algumas sequelas na Coluna Vertebral, fruto de muitos anos de farra, de trabalho duro, de carregar peso, às vezes desnecessariamente, às vezes sem opção de escolha.

Normalmente, eu procuro, de antemão, me cercar de cuidados para evitar danos maiores a mim e evitar causar transtornos aos companheiros de pesca.

Como a gente estava acompanhado de um pescador fanático, que saiu de São Paulo e só chegou na lá no Lago do Peixe na sexta-feira, quase na hora de vir embora, resolvemos encarar umas marolas, em frente à barragem, para ver se entrava alguma coisa.

Prá mim foi a gota d'agua. Coluna bichada não combina com marola. Comecei a sentir fortes dores que, lentamente foram minando minha resistência física. Afinal, eu já estou batendo nos 6.2. É muito tempo. Ao longo do dia em alternava cerveja e Tandrilax, e à noite alongamento e Vodka com RedBull. Aguentei a pescaria.

De volta à Brasília procurei atendimento médico, e uma semana depois estava quase bom, quando caí na besteira de subir no telhado da garagem da minha casa para abrir o portão, em virtude de falta de energia elétrica. Conseguí subir sem mais esforço. No outro dia, em plena cidade de Goiânia, minha coluna travou.

Resultado, 3 semanas de cama, já faz um mês que estou de molho, estou iniciando tratamento de Fisioterapia, perna afinando e outras coisas mais.

Fiz Ressonância Magnética e o diagnóstico foi Hérnia de Disco e algumas degenerações. Consequência> Nervo Ciático Pinçado.

Hoje, estou me sentindo um farrapo e preocupado com a pescaria de Setembro, na Amazônia. Devo ficar ainda um mês de molho, mas, com a ajuda de Deus e muito medicamento vou ficar bom.

Este relato é mais como um alerta para os companheiros que têm alguma deficiência para que se cuidem, pois ao menor descuido o bicho pega.

Cerveja é muito bom para o espírito, mas ginástica e esporte são ótimos para o corpo.

Depois eu conto mais.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Waltinho, não é só a velhice não... Pra mim o pior é o sedentarismo, excesso de peso e má alimentação que acabam por Fud... o camarada...

Ta certo que a idade só agrava a situação, assim como a genética... lacou::

Por falar nisso, tá na hora de tu perder uns quilinhos hein!!! :gorfei: :gorfei:

Amigo Amigo, nun guentei rsrsrsrsrs rindo3:: rindo3::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Voltando a parte que trata do assunto sem a "devida gozação", permitam-me :

Um dos principais fatores que precisa ser previsto por todos aqueles que se deslocam para uma pescaria mais longo ( acima de 5 dias - incluisve... ) é a "distribuição do esforço" ao longo dos dias, não exagerando no início...

Melhor dizendo, é impossível pedir a qualquer "fominha" ( e quem não o é no início de uma pescaria ! ) que "vá devagar" pois serão muitos dias de esforço, MAS à noite, finda a adrenalina do 1º dia, é hora de recondicionar as expectativas e lembrar sempre, que exatamente após os dias iniciais, é que o conjunto "pescador e tralha" estará no seu auge de eficiência, acertando os locais das pinchadas e aproveitando o máximo seus lançamentos !

Para isso, estar bem fisicamente é mais que uma "necessidade", é um dever prévio de qualquer um, principalmente quando se está em grupo, pois o nível de preocupação dos integrantes precisa ser focado exclusivamente no objetivo primordial da viagem, e não com o estado físico de qualquer um dos participantes... Pode parecer "bobagem", mas não é, principalmente para aqueles que tem o encargo de coordenar as ações junto ao operador !

Saber se comportar de forma "comportada" ( me referindo especificamente a alimentação e bebidas ), até em função dos dias subsequentes, é algo que todos devem ter em mente, sem que isso "prive" qualquer um de tirar o proveito que espera da pescaria, embora isso seja algo que precisa ficar claro para todos os integrantes !

Mas tem mais coisa... ( fica para depois... ) lingua2::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

chorei:: chorei:: SR jOÃO - EU QUASE CHOREI, com o seu relato chorei:: chorei::

Mas...eu, com 5.6, tambem faço essas m.e.r.d.a.s buaa:: buaa:: então...é de lei, nos os mais velhos prestarmos ensinamentos aos mais novos o que eles não devem fazer, mas...se fizerem ::tudo:: ::tudo:: que sejam felizes também :gorfei: Viva a Vida joia::: joia:::

Aprendi receita nova - Tandrilax com cachaça e exercicios fisicos -> levantamento de copo de vodka com arremesso de ponta de cigarro :gorfei: :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera,

O relato do seu João foi um desabafo, realmente o homem é um "côco", mas coluna é coisa séria e muitos se enganam pensando somente na idade, tenho 34 anos e venho enfrentando o mesmo problema desde outubro/09 (hérnia de disco na vértebra L4 e L5, pressionando a raiz do nervo ciático, melhorei, porém agora o nervo ciático está sendo "pinçado" pelo músculo piriforme), o problema veio a piorar após o falecimento do meu pai (talvez tenha algo "psicológico" envolvido, pois meu pai faleceu justamente em virtude de uma infecção generalizada após várias cirurgias na coluna, após 7 anos de sofrimentos, muitas cirurgias, antibióticos e antinflamatórios, o velho pescador finalmente descansou), mas voltando ao assunto, no meu caso acredito que o maior problema seja o sedentarismo e algo que aprendi nesses meses de "sofrimento"...alongamento...alongamento e mais alongamento (na linguagem dos fisioterapeutas, sou muito "encurtado")...atualmente faço fisioterapia 5 x/semana (isso quando não viajo) e sinto muita falta (dores e incômodo) quando não faço as sessões.

Por isso amigos, vamos nos alongar, cuidar do peso e praticar algum esporte...musculatura em dia + peso ideal = menor pressão sobre a coluna, evitando problemas e dores...

Abraços e melhoras seu João!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sr João, melhoras aí! Que Deus cuide bem do senhor!! E se cuide tbm!! Pular do telhado não é mole não!!

Eu tento me cuidar, corro de 3 a 4 vezes por semana aqui no parque águas claras. Sei que posso ficar ruim do mesmo jeito, mas pelo menos eu tento manter a forma!!!

Abraço para o senhor!!! E melhoras!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou agradecer a todos num tópico só para "não fazer muito esforço físico...rsrsr". Quero fazer referência ao Nilton Okada manifestando meu carinho e meu apreço em virtude do martírio imposto ao seu pai; e, dizer a todos que fico grato pelas palavras de incentivo e dizer que, hoje, já estou 90% curado. Prometo que não vou mais pular o telhado, vou beber só cerveja, vou continuar me alongando e frequentando a Academia de Musculação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×