Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
Edu_Nakiri

Sonar - Ó dúvida cruel.... rsrsrsrsrs

Posts Recomendados

Pois é, acho que muita gente já passou por isso, ou está passando... Não é fácil. Tem muitos modelos, muitos preços e a gente nunca tem certeza se está fazendo um bom negócio, ou comprando uma porcaria... rsrsrs

Não tenho barco, então não tenho porque comprar um Sonar de mil dólares, por exemplo. Mas também não queria comprar uma porcaria que só servisse para encher o meu saco e não indicasse nem a profundidade correta... rs

Vi um tal de Fishin' Buddy, da Hummimbird. Ele diz ter um transducer apontabdo para baixo e outro apontando para a lateral. Assim ele mostra a estrutura (e peixes) no fundo e, do barco para a margem, se tem peixe e a distância dele(s) para o barco.

Pergunta: isso é bacana ? Presta ? Esse sonar é preciso ?

Minha idéia é de usar para pescar tucunarés e robalos. A idéia desse é porque ele é portátil e porque "vê" a margem, não só para o fundo.

Se alguém conhece e puder falar a respeito dele, agradeço.

Se alguém quiser dar alguma outra sugestão, também é bem vinda ! O que eu gostaria é que o Sonar fosse fácil de ler (colorido) e que fosse preciso (profundidade). Se for portável, melhor. Não é imprescindível...

Alguém pode dar uma força ?

Valeu !

Edu Nakiri

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se tem algum amigo que tem 1, pede emprestado, usa, usa, usa e decide, com certeza vai comprar o barco primeiro.

Robalo ainda sai nadando, assim o "bicho" pode acusar um peixe, pegar ele é outra coisa.

Tucuna - vás ficar olhando para um "ponto" escuro, parado, se ele nadar naquele momento, saiu e foi em busca de uma "presa" - não foi a tua.

Faz um curso de mergulho, faz uns mergulhos e vás descobrir que para pescar, não deves gastar $$$ com isto.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Edu....seguinte....toda e qualquer informação q vc receba, que lhe mostre o q está sob a linha d'água....é válida.

Esse sonar q vc aponta parece ser bem interessante. Eu compraria sem medo de ser feliz.

Considerações:

Si interpretar as informações q estão sob o barco, já é difícil, imagina interpretar o q está na frente/lados dele?!?! Eu andei dando uma olhada nas imagens laterais feitas por esse sonar q vc aponta, e vi q elas são bem simples.

Na minha opinião ou vc comprar logo um sonar escroto, com o novo sistema Down Imaging, ou....

Imagem Postada

Dê uma olhada nesses vídeos aqui.

http://www.humminbird.com/on_the_water/default.aspx?category=Side+Imaging+Gallery&blogid=46

...ou então comprar um simples mesmo....Apenas para saber a profundidade do local e para vc ter uma idéia de qual seja o relevo submeso.

Repare na segunda imagem acima...veja como é apresentada a imagem de uma árvore na tela de um sonar colorido, mas um colorido TOP, que pode chegar a custar 500 dólares lá nos EUA....Depois veja a mesma árvore no sistema Down Imaging?!?!? A diferença é muito grande.

Nem dual beam, ou quad band, eu aconselho.

Colorido, como eu disse, tb não é negócio...hehee....tá a imagem acima para vc comparar e ver q o difícil é interpretar o q lhe é exibido.

No mar a coisa é diferente...pois lá vc tem uma coluna de água muito grande...O relevo do fundo é mais plano, com menos tranqueiras e tals...Lá vc encontrar cardumes de peixes nadando no meio do "nada"...coisa q vc não vê em nossos rios...

Então...ou comprar logo o de 1000 dólares (nos EUA + impostos), ou então compra um Cuda mesmo...Comprando das marcas renomadas vc estará muito bem servido. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vixe Fabrício, vc sempre apela... kkkkk

O side Imaging que o Fishin' Buddy fornece não chega nem perto do que você mostrou... rs

Ele não mostra relevo, profundidade, nada. Ele só mostra a distância que o peixe está em relação ao barco, mais nada... rs

Imagem Postada

Imagem Postada

Display

3.5" diagonal

320V x 240H

Single Beam Down/Side

200 kHz / 34° @ -10db

455 kHz / 10° @ -10db

Depth: 240 ft.

(240 ft Down, 120 ft Side)

Tinham me falado que o colorido seria melhor porque dá prá diferenciar o tipo de fundo (lama, rocha, areia, etc) mais facilmente do que no Preto e Branco. Balela ?

Não dá prá comprar um "poderoso". Só quando eu comprar meu bassboat... rs

Só não quero comprar um que seja uma porcaria. Uma vez eu vi um que no plano marcava 5m, 15m, 28m, 3m... Direto. Assim é fueda, né.... rs

Valeu !

Edu Nakiri

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Entendo a sua preocupação Edu....e pra falar a verdade, eu tb não entendo muito de sonares...hehee....sou fuçador.

Mas pelo pouco q eu sei, seja o color ou o black...vc conseguirá saber qual o tipo de fundo...Até mesmo pq geralmente vc conhece o fundo do rio/lago da região onde está pescando.

Se o fundo é mais "compactado", é pq é pedra/duro....se ele é mais "fofão", com uma extensa imagem do fundo, é pq ele é mais arenoso, ou pq vc está em cima de vegetação.

O problema maior q eu vejo nessa identificação do peixe....é q nem sempre o sonar acerta. Talvez seja algum erro na leitura e com certeza vc irá ficar lá, perdendo tempo tentando acertar a cabeça do peixe..hehee..

Eu acho q se não vai investir pesado, vc não deve investir "medianamente"....Compre apenas um simples...q te forneça informações básicas. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescadores............

Escrevo com conhecimento de causa.

Quase 100% dos pescadores que compram uma Echosonda que é diferente de um Fishfinder ou compram um fishfinder, Abandonam os "pobrezinhos", pois não APRENDEM a usar.

Ambos equipamentos são FANTÁSTICOS se BEM UTILIZADOS. (ministro curso sobre o assunto).

Veja o SEU histórico de vida(pessoal) e avalie se é o que quer, se vc realmente é e será DEDICADO a "isto", caso contrário, ESQUEÇA, aplique sua grana em outra coisa.

Conheço muito bem os casos.

No Litoral do Pará temos uma indústria pesqueira que utiliza o que de melhor existe, isto repercute na sociedade que "achou" que deveria "comprar" para ter em sua "lancha", "barco", etc.

Resultado.

Tenho em meu barco isto http://www.si-tex.com/2009products_fish ... unders.htm

Comprei a preço de banana, o cara não sabe usar e se "cansou".

Agora no Brasil a onda é GPS, todos querem ter. ótimo pra mim, estou tendo alunos sempre, alunos que estão "ABANDONANDO" GPS de R$2000.

Veja isto http://www.lowrance.com/Products/Marine ... Sounder-1/

Procure no Youtube sobre fishfinder, veja muitos.

Minha opinião continua a mesma - peça emprestado e use, depois decide.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fala Nelson,

Eu sou um cara que minha esposa definiu como "doente por tecnologia"... kkkk

Tenho GPS deste 1998 e nunca fiquei sem; claro que a tecnologia foi mudando e algumas coisas mais novas eu vim descobrir agora, mas gosto dessas "tralhas".... rs

Quanto ao sonar, nunca tive um. Então não posso afirmar que vou usar bem ou não. Mas eu já vi que faz falta; se não por por "localizar o peixe" (que eu acho que é um plus, não o principal), pelo simples fato de reconhecer o fundo para saber se aquele é um ponto que vale a pena ou não parar e arriscar uns pinchos.

Na verdade o maior uso dele (prá mim) seria no mar, para encontrar os drop-offs, os pontos mais fundos, fundos de pedra, etc. Na represa acabo usando, mas como só saio atrás de Tucunarés, ele não seria um grande aliado, só daria uma forcinha... rs

Independente de exibir se ali tem peixe ou não, se eu encontro um lugar que eu acho bom para jigar por exemplo, pode ter certeza que eu bateria ali... Confiar 100% nunca... hehehehe

Mas pegar emprestado prá testar não é uma coisa simples, pelo menos não por aqui. Tem um zilhão de modelos no mercado e encontrar um que tenha o que eu procuro não seria muito simples, sem contar o fato de que emprestar um aparelho destes tb é muita responsabilidade.... rs

Ah, se tiver algum aí "a preço de banana" me avise... Aí vale mais à pena ainda... hehehe

Abração,

Edu Nakiri

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ótimo, conhecimento vc tem e muito..........

até o momento só conheci 1 equipamento confiável para ver tudo. Scanner

http://www.interphase-tech.com/iScanV90se.htm

foi este, tem 1 em SP, acompanhei 1 trabalho da Marinha no litoral do Pará, os caras estavam procurando 1 U-BOAT de 1943 - não acharam nada, mais o equipamento é o bicho. mais isto é OUTRA estória.

Eu uso 1 160C(Gramin) e aprendi muito com ele, somente os "meus" teste me fizeram "entender" muita coisa sobre os fundos, estruturas, movimentos, etc, etc, etc. é bem simples e barato.

Exemplo: em 1 rio no litoral do Pará, eu fui até 1 local onde os pescadores encontravam pescada amarela, lá(12m de profundidade), "descendo e subindo"(visitei o mesmo local 4x) com motor elétrico, identifiquei o terreno, uma pequena "bola" +/- 40m2 onde ocorria movimento, (a identificação se deu em função da diferença que se mostrava na tela - na "bola" aparecia mais escura na superfície do fundo. Mergulhei no local, encontrei cascalho e neste, crustáceos, eu não tinha visibilidade, mais acredito que o movimento maior era de pequenos peixes e os maiores "chegavam" para o banquete.

Não tenho dedicação(falta de tempo), estou fazendo visitas no lago de Tucuruí, neste local os pescadores encontram pescadinha branca, falta fazer umas 2 visitas e um mergulho para saber o que tem lá embaixo. (as imagens identificam uma "bola" de +/- 200m2)

Este é o motivo que falo sobre emprestar, então compre 1 barato, use, use, use, vai aprender muito, quando investir no barco, tenho certeza que vc vai ter conhecimento suficiente para escolher o que comprar.

Vou saber com os contato se tem coisa barata para comprar, aviso depois.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já são 2 falando bem do 160C... De repente... rs

Valeu Nelson; não tenho tanto conhecimento assim senão nem teria tantas dúvidas... rs Mas também eu sei que não vou mergulhar prá olhar o fundo igual à você (primeiro que não posso)... Mas vou pegando dicas dos amigos que já têm parar tentar fazer a identificação corretamente... Espero... hehehe

Valeu pelas dicas !

Abraço,

Edu Nakiri

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho estudado para entender não só o funcionamento mas principalmente a aplicação das sondas ou fishifinder lendo os vários artigos aqui disponíveis ( vejam informações passadas pelo o Fabrício pois, entendo que os comentários baixo serão um complemento ) além de consultar sites dos fabricantes e suas respectivas especificações técnicas pois estou determinado a comprar uma .

Quando compramos qualquer equipamento ou componente, temos que ter sempre em mente que ele possui um desenvolvimento de engenharia, no qual está contido recursos limitados a determinadas condições ou até mesmo faixas de trabalho. Estas faixas, podem ser de várias formas, podendo o valor mínimo ser a partir de zero ou não . Como exemplo, seria mais ou menos assim :

o a 100 mas também pode ser de 40 a 100 ok ?.

Vejam que temos um valor mínimo e um valor máximo descrito mas pode ser que o fabricante indique apenas o máximo como é ocaso das sondas ..

No caso das sondas, os fabricantes fornecem o valor máximo de alcance ou profundidade mas não informam o valor mínimo e ai inicia o meu questionamento ou duvida.

Uma sonda projeta para operar com profundidades de 550 metros pode medir o que está a 5 metros?

Sabendo-se que o campo de medição da sonda forma um cone em que o ângulo possui uma faixa de 45 graus, o que posso inspecionar quando a profundidade for 6 metros?

Se imaginarmos que temos um triângulo e não um cone pois desejo apenas saber o raio e não a área da base, qual será o comprimento da base deste triângulo para uma profundidade de 6 metros? .

Esta resposta é muito importante pois representa o nosso campo de visão ou seja :

quando olharmos para tela do sonar, a imagem da tela representa 20 centímetros sobre o barco ou 2 metros ?? Caso seja 20 centímetros, teremos o que chamamos de “mama de home” ou seja, não serve para nada, “num é mesmo” ?

Tentei relembrar das aulas de trigonometria da tia Maricota mas como isto foi a mais de 30 anos foi duro,

Se temos o ângulo informado pelo fabricante de 45º , considerando 6 metros de profundidade que será o cateto adjacente do triângulo qual será o valor do cateto oposto ou base do triângulo ? Qual formula trigonométrica devo utilizar ?

Tia Maricota nos ensinou :

A tangente do ângulo é o quociente entre o comprimento do cateto oposto e o adjacente ou seja : tangente = cateto oposto/cateto adjacente e aí podemos dizer que;

cateto oposto = tangente do angulo x cateto adjacente .

Voltando ao cone ou triângulo formado sobre a sonda e traçando uma linha na vertical no centro ( para representarmos a profundidade ) teremos 2 triângulos e o ângulo especificado passa a ser a metade ou seja 45/2 ou 22,5 , cateto adjacente 6 metros.

Resposta para uma sonda que opera com 45º:

Cateto oposto = tangente de 22,5º x 6 ou seja 0,4142 x 6 o que nos dá 2,48 metros de raio ou um diâmetro de 4,96 metros. Caso seu barco tenha 5 metros, quando a sonda identificar ou der alarme de baixa profundidade, entenda que você já esta atolado.

Resposta para uma sonda que opera com 60º como o cuba 300 Eagle :

Tangente de 30º x 6 metros = 0,57 x 6 = 3,46 metros de raio ou um diâmetro de 6,84 metros neste caso entenda que após 1,8 metros seu barco estará atolado.

Vejam que uma sonda que opera com ângulo de 60º, para uma profundidade de 6 metros, possui um campo de visão 38% maior . Caso a sonda esteja apontada para frente e não para o fundo a 100 metros teremos um campo de visão na sonda 45º de 83 metros e para sonda de 60º teremos 114 metros o que é uma excelente varredura.

Como não pesco tucunas no mar em grandes profundidades, que na maioria de nossos rios raramente pescamos em profundidades inferiores a 6 metros, o ângulo de medição da sonda é uma das principais características técnica que devo observar na escolha do modelo.

Entendo também que posso estar equivocado e caso você identifique falhas em qualquer uma de minhas colocações, fique a vontade para corrigir ou complementar pois entendo que este é o significado ou objetivo do forum num e mesmo? .

Inté

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu possuo no meu barco um sonar Eagle Cuda 168, estou impressionado com a definição conseguida no link postado, o cara consegue visualizar a linha e a isca?

Impressionante. No meu mal dá pra ver a profundidade. Os peixes então...

Pesco no rio Paraná,e sempre tem muita sujeira na tela, por vezes o sonar não consegue capturar o fundo. Será que com um sonar melhor vai ficar show?

Outra coisa, meu barco é de alumínio, e o sensor está dentro do casco, será que atrapalha?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá Alex

Dei uma olha na especificação de seu sonar no site da Eagle . Ele possui uma resolução 168 vertical pixel e opera com 60º . A resolução não ajuda muito, o ideal seria algo acima de 300 se possível 600 pixel . Com relação ao ângulo ( 60º ), considerando a equação , a tangente de 30º é 0,577, assim , para uma profundidade de 6 metros teremos um cone com 3,46 metros de raio em sua base ou seja : o que você vê na tela será o que existe 3,36 metros a frente da sonda, 3,46 a direta, 3,46 a esquerda + 3,46 metros após a sonda . Porém como a maioria dos rios possuem poucos pontos com esta profundidade, faça as contas para 2 e 3 metros . Resumindo sondas não foram desenvolvidas para rios oui locais de baixa profundidade e sim para o mar onde podemos facilmente encontar profundidades superios a 30 metro .

Veja especificação da sonda Humminbird Matrix 37x .

Com relação a instalação da sonda no interior de barcos de alumínio, o fabricante não recomenda, o que pode esplicar seus problemas . Normalmente é comendável apenas para cascos de fibra e exige cuidados especiais na montagem.

Inté

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...