Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
João Luiz Lusardo

ABERTA A PESCA NO RIO MARIÉ?

Posts Recomendados

Amigos, recebi um e-mail hoje anunciando a venda de pacotes de pesca no Rio Marié pela River Plate, para 2012/2013, o e-mail é de um empresa americana que revenderia os pacotes deles.

Achei estranho, pois, pelo que sei, o Rio Marié ficaria dentro de uma reserva indígena federal, não sei como a River Plate poderia obter autorização federal para operar naquele local.

Ao que eu sei somente existiria uma autorização concedida, há alguns anos atrás, para a realização de uma expedição no Marié com objetivo de pesquisa, a qual inclusive virou matéria na Bíblia do Pescador de 2010, sendo realizada no nosso conhecido Angatu Mirim.

Alguém tem conhecimento desses fatos?

Aqui vai a imagem do email:

Imagem Postada

Abs. :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Lusardo....é verdade sim.

O Andrea iria operar juntamente com eles...Estou tentando falar com o Andrea mas ele está pra Europa...enquanto isto, a River Plate vai vendendo...ehhee... :gorfei:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Lusardo....é verdade sim.

O Andrea iria operar juntamente com eles...Estou tentando falar com o Andrea mas ele está pra Europa...enquanto isto, a River Plate vai vendendo...ehhee... :gorfei:

não esquece de Botá eu nessa danca::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Esse filme eu quero ver o final........... :gorfei: :gorfei:

A outra operadora também está vendendo pacotes,mais River Plate,mais Angatu........... doeu:: Na hora que a "caboclada"ver aquele monte de $$ passando na frente........ doeu::

Seguramente não tem espaço p tanta gente lá dentro,o Marié é rio de poucos lagos.

Vamos aguardar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa Lusardo....é verdade sim.

O Andrea iria operar juntamente com eles...Estou tentando falar com o Andrea mas ele está pra Europa...enquanto isto, a River Plate vai vendendo...ehhee... :gorfei:

não esquece de Botá eu nessa danca::

2x danca:: danca::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Turma...como o Celso muito bem alertou, vamos com calma nesta hora...heheee...

A River Plate tem feito realmente contato com o pessoal da comunidade da boca...mas não sei se o pessoal do Paul Reiss tb está nesta negociação...Eu, mesmo sem ter certeza, acredito q não.

O Andrea e a River Plate iriam dividir as semanas de operação lá dentro....mas, como o Celso disse, o Marié tem apenas 29 bons lagos...muito pouco para tanta gente operando.

Em breve trago notícias... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício e a autorização pode ser dada pelo pessoal da comunidade? Não há necessidade de autorização pelos órgãos federais que administram a reserva?

Abs. :amigo:

Turma...como o Celso muito bem alertou, vamos com calma nesta hora...heheee...

A River Plate tem feito realmente contato com o pessoal da comunidade da boca...mas não sei se o pessoal do Paul Reiss tb está nesta negociação...Eu, mesmo sem ter certeza, acredito q não.

O Andrea e a River Plate iriam dividir as semanas de operação lá dentro....mas, como o Celso disse, o Marié tem apenas 29 bons lagos...muito pouco para tanta gente operando.

Em breve trago notícias... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício e a autorização pode ser dada pelo pessoal da comunidade? Não há necessidade de autorização pelos órgãos federais que administram a reserva?

Abs. :amigo:

Turma...como o Celso muito bem alertou, vamos com calma nesta hora...heheee...

A River Plate tem feito realmente contato com o pessoal da comunidade da boca...mas não sei se o pessoal do Paul Reiss tb está nesta negociação...Eu, mesmo sem ter certeza, acredito q não.

O Andrea e a River Plate iriam dividir as semanas de operação lá dentro....mas, como o Celso disse, o Marié tem apenas 29 bons lagos...muito pouco para tanta gente operando.

Em breve trago notícias... joia:::

Não, João....na verdade não existe legalmente este tipo de autorização (para a pesca esportiva dentro de TI). Existe sim, um "jeitinho brasileiro" no negócio...q na minha ótica, poderia funcionar e ser bom para índios e operadores (olha eu falando como um brasileiro q sou..ehehe).

Em 2005 a Liga de Eco Pousadas, leia-se River Plate, acionou o judiciário, em conluio com algumas comunidades indígenas, para operar nos rios da região de Humaitá e Manicoré. Um procurador da república, se manifestou sobre a questão e autorizou a River Plate a operar 5 anos dentro de TI.

Foi solicitado ainda por ele um estudo sobre os impactos destas operações e q a documentação fosse encaminhada para Brasília e Manaus (FUNAIs).

Se foram feitos???? Não sei.

O q eu ACREDITO q tenha ocorrido realmente?!?!?

- A River Plate fez contato com alguma Comunidade da boca de algum rio e os índios foram favoráveis (mediante pagamento, é claro $$$$) a autorizá-los a operar lá dentro. E com tal autorização verbal, passaram a operar.

- As comunidades vizinhas vendo q a da boca do rio estava se dando "di bem" e, num ato "invejoso" e tals, também exigiram o pagamento de parte do dinheiro pra elas ( o famoso "raxide").

- Num primeiro momento estas comunidades beneficiadas negaram repartir estes valores com seus vizinhos...obrigando as renegadas a acionarem a FUNAI e o judiciário no sentido de fazer valer a CF e proibir qualquer operação de pesca lá dentro, alegando prejuízos incalculáveis aos povos indígenas daquela região, caso as operações q já estavam sendo realizadas lá dentro continuassem (lembrando q já estavam ocorrendo).

- O Judiciário se pronunciou e determinou a retirada da River Plate lá de dentro.

- Passados 03 meses (de set2006 a jan2007), as comunidades q eram beneficiadas resolveram repartir os benefícios pagos pela River Plate as suas vizinhas, afinal, é melhor repartir filé-mignon a comer peixe salgado.

- Agora, q o dinheiro fora repartido entre todas, o prejuízo incalculável sumiu.... :gorfei:

- Todas as comunidades da boca (ao todo 6) se reuniram e obrigaram o Procurador Federal a emitir um parecer e uma autorização para q eles operassem lá dentro por 05 anos. Lembrando q começou em 2007.

Já no Marié a coisa é diferente.

Os contatos para operar lá dentro vem ocorrendo há mais de 4 anos...

Todas as 12 ou 14 comunidades da boca e região estariam sendo beneficiadas com o pagamento da "taxa de operação"...ou seja, um cala-boca "pros" olhos do Estado.

Ocorre q a River Plate e o Andrea estão (ou estavam) sendo pacientes...deixando q os acertos sejam feitos entre todas as comunidades para q não desse nenhum problema para os pescadores....mas foi aí q apareceu o Paul Reiss e, por querer operar centenas de quilômetros acima da boca, onde não é TI...contrariou as comunidade q o havia proibido de passar lá e colocou toda a sua estrutura pra dentro rio durante a noite no começo da temporada (set 2011)...sendo retirado meses depois lá de dentro com a ajuda da River Plate e do Andrea, q pagaram combustível para q os índios e os órgãos públicos fossem atrás dele.

Isso pode ser constatado e comprovado nas reportagens do município e postadas aqui no fórum por vários usuários.

Os índios foram atrás e exigiram da Polícia Federal a apreensão de toda a estrutura do Paul Reiss...O q não ocorreu sabe-se lá o porque. ACREDITO eu q realmente seja pq eles não estavam operando dentro das TI, ou pq tem algum bam-bam-bam segurando as pontas.

Ocorre q esta não apreensão do material deu força e confiança pra empresa do Paul Reiss...Pq digo isso??? Pq mesmo desrespeitando os índios, eles voltaram a anunciar nos EUA, e aqui no Brasil tb, que estariam vendendo semanas de pesca lá dentro.

Se lá pra cima não é TI...ótimo...ele tem mais é q pescar pra lá mesmo.

De qualquer forma, ele terá q passar toda a estrutura pela boca do Rio Marié, onde é SIM, TI...e aí, ele conseguiu autorização pra passar lá??? Precisa de autorização pra passar lá???? Bem...essas são respostas q eu não sei dar.

Já a River Plate e o Andrea estão se acertando e vendo a melhor forma de operar lá dentro.

O bom disto tudo é q os melhores lagos, ou melhor, TODOS os grandes lagos do Marié ficam dentro das TI....então, caso o Paul Reiss consiga ir lá pra cima...isso não irá afetar quem estará lá pra baixo.

Eu tinha, ou melhor, ainda tenho certo receio na forma q estas empresas gringas atuam dentro do nosso País.

A River Plate está errada em fazer estes acordos???

Eu acredito q não...Eles estão buscando atrativos neste mercado competitivo. Eles gastam uma verdadeira fortuna com honorários advocatícios, documentos diversos, deslocamentos, acertos e por aí vai...Já a maior parte dos operadores brasileiros ficam lá, esperando a coisa acontecer pra viver na rebarba...hehee.

Agora, temos q cobrar nossos direitos de brasileiros. Sabemos q naquela região um amigo do Governador, outro amigo do Senador, e por aí vai...Nesta hora o Phillip Masteller faz falta....Ele colocava quente nas ilegalidades dos outros (nas dele ele não ligava muito não...kkkk)....mas graças a ele muitas ilegalidades foram descobertas, como aquele torneio dentro do Unini e queda do acordo.

Se o acordo do Marmelos foi feito em 2007 e a autorização é de 5 anos, quer dizer q em 2012 ela estará acabando....E aí, alguém vai denunciar ou cobrar uma renovação deste acordo???? Não sei.

Já bati cabeça demais naquela região...Hj deixo para os mais novos ou para os grandes operadores.

Cansei de gastar dinheiro, tempo e dedicação para depois vir uma cambada de espertinho q está aqui só lendo o tópico para se dar bem nos progressos obtidos...Exemplo disso foi a saga pra pescar na região de SIRN.

Em 2007 apenas no Jurubaixi era permitido pagar propina pras comunidades ribeirinhas pra pescar lá dentro (lá não é TI)....nos outros 3 rios a pesca era proibida pelas comunidades....Gastei rios de dinheiro (para uma pessoa física) para exigir os meus direitos de pescar num rio aberto ao público...Hj olha lá como está a região?!?!? suici::

Tem um monte de barcos vindo de Manaus para se aventurar na região...ou seja, lasquei o meu pesqueiro.

....então, cada um no seu quadrado...hehee....Cansei.... Conada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este não é o rio que teve confusão com os americanos, barco preso e tudo mais ?

abraços

:amigo: :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Este não é o rio que teve confusão com os americanos, barco preso e tudo mais ?

abraços

:amigo: :amigo:

Sim Helson, este é aquele mesmo rio do episódio ano passado. (Nomeou Rio Marie' e também falsamente chamou o Rio Tucano por alguns promotores)

Sim este é o mesmo rio onde alguns pescadores também foram segurados também cativo ao ponto de uma lança por alguns nativos, durante várias horas.

Em minha opinião não seria inteligente colocar me ou meus clientes fisicamente ou legalmente em perigo, nenhum de nativos poco-loco ou funcionários TUDOS LOCOS,,,, e soltar os custos $$$ e tempo da viagem talvez????????

Por que joga com uma bomba, quando você sabe que poderia assoar seu alvo? bomba2

Só minha opinião e experimenta, cavalheiros.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fabrício,

Já dizia Joâo Paulo II: Não temo o mal - temo o cansaço dos bons!

Como por aqui, os bons são detentores de valiosas informações em locais que não impera a ordem onde não chegou o progresso[/b temo eu, que o preço sempre vai ser pago pela natureza...

Algumas das tuas informações chegam a ser inacreditáveis, como]Em 2005 a Liga de Eco Pousadas, leia-se River Plate, acionou o judiciário, em conluio com algumas comunidades indígenas, para operar nos rios da região de Humaitá e Manicoré. Um procurador da república, se manifestou sobre a questão e autorizou a River Plate a operar 5 anos dentro de TI. Foi solicitado ainda por ele um estudo sobre os impactos destas operações e q a documentação fosse encaminhada para Brasília e Manaus (FUNAIs). Se foram feitos???? Não sei.[/i]

Ora, é sabido por todos nós que um procurador não tem prerrogativas legais para autorizar o uso das reservas indígenas e assinar acordos revogando a Constituição Federal. Sequer um juiz teria poder para tanto, pois salvo engano, esta "autorização" teria que passar pelo Congresso Nacional.

Ou ainda: "A River Plate fez contato com alguma Comunidade da boca de algum rio e os índios foram favoráveis (mediante pagamento, é claro $$$$) a autorizá-los a operar lá dentro. E com tal autorização verbal, passaram a operar.

- As comunidades vizinhas vendo q a da boca do rio estava se dando "di bem" e, num ato "invejoso" e tals, também exigiram o pagamento de parte do dinheiro pra elas ( o famoso "raxide").

Embora tuas informações retratem a realidade confesso que além de indignação, causa repulsa que nestes brasis ainda existam regiões em que prevalece a revogação do estado de direito e que estrangeiros obtenham benesses em detrimento da lei, com o agravante que em tais acordos espúrios até os brasileiros sejam impedidos de participar deste butim.

Pelo teu relato as coisas estão mais do que erradas, pois há evidências do cometimento de ações criminosas tanto na área ambiental quanto no direito administrativo.

Entretanto esta "festa" pode acabar desde que;

a) Se envie as informações para as revistas semanais: Veja, Isto é e também a Época...É provável que alguma se interesse em mostrar tais disparates.

b) Que tais denúncias sejam formalizadas ao IBAMA - único ente responsável pela fiscalização em áreas federais (e reservas indígenas). Não é possível que uma denúncia deste quilate seja desconsiderada aí em BSB!

c) Lembrar que a Polícia federal não é fiscal e no caso, deve apenas acompanhar a fiscalização para resguardar os atos fiscalizatórios e tomar as medidas policiais (área penal) para serem serem tipificadas e encaminhadas para o Ministério público.

Um abração

kruel

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fabrício,

Já dizia Joâo Paulo II: Não temo o mal - temo o cansaço dos bons!

Como por aqui, os bons são detentores de valiosas informações em locais que não impera a ordem onde não chegou o progresso[/b temo eu, que o preço sempre vai ser pago pela natureza...

Algumas das tuas informações chegam a ser inacreditáveis, como]Em 2005 a Liga de Eco Pousadas, leia-se River Plate, acionou o judiciário, em conluio com algumas comunidades indígenas, para operar nos rios da região de Humaitá e Manicoré. Um procurador da república, se manifestou sobre a questão e autorizou a River Plate a operar 5 anos dentro de TI. Foi solicitado ainda por ele um estudo sobre os impactos destas operações e q a documentação fosse encaminhada para Brasília e Manaus (FUNAIs). Se foram feitos???? Não sei.[/i]

Ora, é sabido por todos nós que um procurador não tem prerrogativas legais para autorizar o uso das reservas indígenas e assinar acordos revogando a Constituição Federal. Sequer um juiz teria poder para tanto, pois salvo engano, esta "autorização" teria que passar pelo Congresso Nacional.

Ou ainda: "A River Plate fez contato com alguma Comunidade da boca de algum rio e os índios foram favoráveis (mediante pagamento, é claro $$$$) a autorizá-los a operar lá dentro. E com tal autorização verbal, passaram a operar.

- As comunidades vizinhas vendo q a da boca do rio estava se dando "di bem" e, num ato "invejoso" e tals, também exigiram o pagamento de parte do dinheiro pra elas ( o famoso "raxide").

Embora tuas informações retratem a realidade confesso que além de indignação, causa repulsa que nestes brasis ainda existam regiões em que prevalece a revogação do estado de direito e que estrangeiros obtenham benesses em detrimento da lei, com o agravante que em tais acordos espúrios até os brasileiros sejam impedidos de participar deste butim.

Pelo teu relato as coisas estão mais do que erradas, pois há evidências do cometimento de ações criminosas tanto na área ambiental quanto no direito administrativo.

Entretanto esta "festa" pode acabar desde que;

a) Se envie as informações para as revistas semanais: Veja, Isto é e também a Época...É provável que alguma se interesse em mostrar tais disparates.

b) Que tais denúncias sejam formalizadas ao IBAMA - único ente responsável pela fiscalização em áreas federais (e reservas indígenas). Não é possível que uma denúncia deste quilate seja desconsiderada aí em BSB!

c) Lembrar que a Polícia federal não é fiscal e no caso, deve apenas acompanhar a fiscalização para resguardar os atos fiscalizatórios e tomar as medidas policiais (área penal) para serem serem tipificadas e encaminhadas para o Ministério público.

Um abração

kruel

Obrigado pela participação Kruel....Sei q ti, tb é um dos q se cansaram de "colocar na reta".

Isso q postei acima não é nada....nada do q é visto pelas bandas de Manaus e de Boa Vista.

Em SIRN ainda fazem de forma "solidária", onde os operadores se respeitam...Já nos Estados q me refiro acima, o esquema é de quadrilha mesmo.

Quanto mais eu fui fuçando nestes esquemas, mais eu vi q eu tinha era q pular fóra...kkk.... bomba::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...