Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Cristiano Julio

Acidente na SM-2013-Afogamento

Posts Recomendados

http-~~-//youtu.be/XK36pECuHYw



Corpo de empresário resgatado no lago
O resgate foi feito pelos Bombeiros após nove dias em que Sérgio José de Lima, 38 anos, se afogou no Serra da Mesa


O corpo do empresário Sérgio José de Lima, de 38 anos, que morava em Goiânia, foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Niquelândia por volta das 13h30 da sexta-feira (1º/02) boiando nas águas do Lago Serra da Mesa - já em adiantado estado de decomposição - na região conhecida como Morro do Mateus, próximo do Povoado Indaianópolis. As operações de busca ao cadáver foram coordenadas pelo tenente José Carlos Fávaro, lotado na 16ª Companhia Independente Bombeiro Militar (16ª CIBM) do município. Segundo o oficial, a vítima havia desaparecido nove dias antes - na quinta-feira (24) - após a canoa com motor de popa em que Sérgio pescava nas águas do lago ser encontrada rodopiando, sem o condutor. As buscas foram iniciadas na sexta-feira (25). "A família nos relatou que ele tinha o costume de travar o motor (da canoa) para assim manter uma velocidade constante, para que não tivesse necessidade de ficar acelerando o equipamento. Ele era diabético, estava sem colete salva-vidas e pode ter tido uma crise de hiperglicemia. Fora isso, foi um encontrado um galho dentro da canoa. Mas não se sabe se ele foi atingido por esse galho; e se isso teria sido suficiente para que a vítima fosse jogada para fora do barco", comentou o tenente Favaro, ao DN.
Três mergulhadores do Corpo de Bombeiros de Pirenópolis deram apoio às buscas do corpo no Lago Serra da Mesa, descendo a uma profundidade de aproximadamente 30 metros durante os oito dias de buscas, sempre das 7 às 19 horas. De acordo com o tenente Fávaro, o corpo foi avistado na última sexta-feira por um pescador, que avisou a corporação. O cadáver estava a pelo menos dois quilômetros do local onde Sérgio submergiu na semana retrasada. Questionado sobre a longa espera dos familiares para o encontro do cadáver, o tenente disse que, em épocas de temperaturas mais elevadas, o normal é que vítimas de afogamento cheguem à superfície num prazo máximo de 48 horas. As chuvas dessa época do ano - que amenizam um pouco as temperaturas no Norte do Estado - resfriaram as águas do lago, o que pode ter contribuído para que o corpo demorasse a boiar. Outra possibilidade é que o cadáver tenha afundado a uma profundidade superior a 30 metros, ou seja, além da margem de segurança em que trabalham os mergulhadores da corporação em casos do tipo. No local onde ocorreu o afogamento, a profundidade do Lago Serra da Mesa era de 78 metros, de acordo com o tenente. O cadáver foi levado ao IML de Uruaçu para a necropsia, sendo liberado posteriormente aos familiares para o enterro.



Euclides Oliveira


fonte: http://www.jornaldiariodonorte.com.br/d ... 1&cod=9318

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescar sozinho é loucura! O risco não vale a pena

Nunca se sabe quando vamos passar mal, sofrermos um acidente ou mesmo recebermos uma picada de cobra

Já fiz muito isso, principalmente desembarcado e hoje penso 20 vezes antes de me isolar na natureza. Devemos respeitá-la e não podemos medir forças com ela

Assistam o filme "Na natureza selvagem"... dá pra repensar muita coisa

Meus pêsames à família

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescar sozinho é loucura! O risco não vale a pena

Nunca se sabe quando vamos passar mal, sofrermos um acidente ou mesmo recebermos uma picada de cobra

Já fiz muito isso, principalmente desembarcado e hoje penso 20 vezes antes de me isolar na natureza. Devemos respeitá-la e não podemos medir forças com ela

Assistam o filme "Na natureza selvagem"... dá pra repensar muita coisa

Meus pêsames à família

Eu pesco sozinho às vezes. Não acha ninguém, dá aquela vontade e febre pra pescar, vou embora mesmo.

Mas alguns cuidados a mais devem ser observados:

Eu já não bebo nada mesmo.

SEMPRE com colete.

SEMPRE com a cordinha de emergencia amarrada.

SEMPRE com faca na cintura.

SEMPRE com Deus!!!

Ou seja, todos os cuidados normais que devem ser tomados, só que sozinho devem ser DOBRADOS.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Desde os 18 anos de idade 90% das minhas pescarias eu faço sozinho, já passei muito mais "cagaço" nas estradas indo e voltando delas do que na beira do rio, lá tem pouco "bicho homem" para atrapalhar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescar sozinho é loucura! O risco não vale a pena

Nunca se sabe quando vamos passar mal, sofrermos um acidente ou mesmo recebermos uma picada de cobra

Já fiz muito isso, principalmente desembarcado e hoje penso 20 vezes antes de me isolar na natureza. Devemos respeitá-la e não podemos medir forças com ela

Assistam o filme "Na natureza selvagem"... dá pra repensar muita coisa

Meus pêsames à família

Fiquei impressionado com a história, desde o lado da aventura, o desapego material, acho que o "Supertramp" só morreu porque não sabia pescar, duvido que não tinha salmão no rio que ele não conseguiu atravessar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com certeza o minimo de precaução é o que todo pescador tem que ter, infelizmente esse pescador veio a óbito talvez um colete salva vidas o ajudaria ou quem sabe não, mas quando é a hora não tem jeito!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×