Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Pinguim

Me crucifiquem, mas não posso me calar a fatos!!

Posts Recomendados

Amigos,

Me perdoem, mas eu não tenho como me calar!

Realmente como eu respondi no início do tópico deletado, o Amigo Gringo passou dos limites em algumas afirmações, julgamentos e conclusões, mas algumas denúncias das que ele fez temos sim que ficar atentos!

1- O prefeito e a Taxa! Absurdo e comprovado! Cobram de nós uma taxa, sim fiscalizam barcos, os que não pagam, mas a MATANÇA de peixes está lá na porta de Barcelos, a Menos de duas horas de voadeira teve um ponto que uma dupla nossa fez a festa no último dia de pescaria da primeira semana, já na segunda no mesmo local quando eu cheguei lá o cunhado do piloteiro estava com uma rede enorme estendida no ponto! Isso mesmo! é mole?

Agente paga para eles fiscalizarem os barcos que não pagaram a taxa e a matança continua, na pousada que ficamos o gerente falou que de manhã cedo passa os moradores com Açus monstros mortos vendendo pela rua e as agentes de fiscalização olham e não tão nem aí! E por aí vai! Como vocês acham que metade dos piloteiros ganham dinheiro na Baixa estação???????? O que gera renda lá???????

Será que alguém sabe mexer com Zagaia?

2- Temos sim os meios IBAMA e outros órgãos, o que falta para nós, interação, conscientização, união e ação!

Não vou citar mais nada!

Poderia falar muito mais mas fica aqui restrito os meus comentários até por segurança própria sobre o que eu tenho visto e escutado por lá, mas a coisa é muito mais feia do que a maioria dos amigos que vão lá pensando em quebrar seus recordes pessoais podem imaginar, o gringo passou uma dica, esse é um, se não o maior Fórum de pesca de Açus gerador de opinião do mundo e tem tudo para Apitar esse Jogo que está totalmente desfavorável para o nosso esporte!

::link2:: viewtopic.php?f=2&t=33542

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pinguim..infelizmente o tópico foi trancado, mas também concordo com muita coisa que ele disse lá.

E o pior é que alguns ainda falaram a bobagem que, se pudessem também pagariam para ter vantagens .....isso foi justamente uma das coisas que o gringo quis dizer que não é correto.....Também concordo com ele....enquanto aceitarmos que: Quem pode compra tudo, o nosso País continuará essa farra de desigualdade......Insultar o gringo dizendo que ele não entende das coisas? Que piada.....ele vive num País com uma cultura ambiental anos/luz na nossa frente......

Claro que não é fácil mudar as coisas no Brasil, mas infelizmente muita gente ainda concorda com o Quem tem mais pode comprar tudo......triste.

Ah...e o peixe está acabando mesmo...aos poucos, mas só não enxerga quem não quer ou não conheceu a região de Barcelos há mais tempo.......

doeu:: doeu:: doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu não quis me pronunciar la pq os ânimos estavam exaltados, mais o que os amigos disseram acima é fato! Ele falou demais la, mais falou muita coisa que é verdade.

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá, amigos,

Como eu fui um dos envolvidos no debate lá no outro tópico, sinto-me na obrigação de manifestar-me aqui também.

De início, é importante observar que as questões ambientais levantadas naquela ocasião são todas de muita relevância. O problema, foi o modo escolhido para debate-las, diga-se: através de insultos, ofensas e prejulgamentos. Não conheço um debate que possa chegar num ponto comum, ou numa conclusão sadia quando assentado nessas bases.

Daqui para frente, sugiro que nem sequer citemos os episódios ocorridos no outro tópico e passemos ao enfretamento da matéria que nos interessa. Espero que os amigos concordem...

Do ponto de vista ambiental, eu penso mais ou menos assim:

- Os peixes estão sofrendo diminuição abrupta, não só na Amazônia, como em todo território brasileiro, fruto da ganância e da falta de políticas extensivas de preservação e sustentabilidade. Para completar, estudos mais recentes, divulgados, se não me falha a memória, na revista Carta Capital, mostraram que os peixes capturados em quase toda extensão da faixa litorânea do Brasil estão contaminados por metais pesados...não quero fazer previsões cabalísticas, mas, se houver um decréscimo no consumo de peixes do mar, da onde sairá peixe para atender a demanda do mercado???;

- Nos lagos, açudes, reservatórios artificiais públicos e afins: acho que a pior praga que já inventaram foi o tal do arpão e/ou arbalete. Essa porcaria é pior do que qualquer rede de pesca, contra eles o peixe não tem defesa alguma, basta ver no youtube os inúmeros vídeos publicados sob o título de "pesca sub" ou "caça sub", absurdos. Isso para não falar na pesca com explosivos, que tive oportunidade de presenciar no Rio São Francisco e imagino que ocorra em todos os outros lugares Brasil afora. Detalhe, já são práticas proibidas na grande maioria dos casos, mas, voltamos aquele velho ponto da FISCALIZAÇÃO inexistente em um país onde quase nada funciona a contento;

- Poluição dos mananciais: nem tem muito o que se acrescentar a respeito, todos conhecem já essa praga, incrustada como um câncer por todos os lugares deste país;

- Some-se a tudo isto a existência de políticas governamentais voltadas ao aumento do consumo de carne peixe...e aí, de onde virá o peixe??? se não vemos implementação concreta de práticas públicas direcionadas ao aumento da produção artificial de pescado e, muito menos, de preservação/consumo/sustentabilidade em habitat natural...de onde virá???;

- Não sei se já existe, porém, acredito indispensáveis a realização de estudos que demonstrem a evolução do consumo associada à produção e preservação dos estoques pesqueiros e da fauna subaquática, ainda mais em tempos onde SUSTENTABILIDADE é palavra de ordem;

- Será que o IBAMA, o Ministério da Pesca e entidades afins já não sabem de tudo isto??? É OBVIO QUE SABEM!!! De cada detalhe, inclusive!!! Você entra no site do MPA e vê cada coisa linda, nem parece Brasil...mas quem pesca e anda por aí sabem bem ao certo à degradação que assola nossos mananciais e os estoques pesqueiros.

Do ponto de vista legal e proibições...aqui vou escrever apenas em relação à matéria da pesca amazônica (tucunarés):

1- A competência da União para legislar sobre matérias ambientais cinge-se apenas à confecção de normas gerais e abstratas, a serem seguidas por todos os entes da federação;

2- Compete aos Estados Federados e Municípios legiferar sobre matérias ambientais especificas dos seus interesses e segundo as peculiaridades de cada região;

3- O IBAMA, MPA e entidades afins têm apenas competência para editar Instruções Normativas e Resoluções que, não olvide-se, estarão sempre abaixo das leis complementares, ordinárias, federais, estaduais e municipais.

O que quero dizer com isto??? Simples, que o nosso caminho (SE A INTENÇÃO FOR DE CONTROLAR A SITUAÇÃO ATRAVÉS DE NORMAS), do pescador esportivo do tucunaré açu, diante do quadro na parede, repito, nosso caminho passa inevitavelmente por um processo legislativo que, do ponto de vista federal seria uma verdadeira Utopia; já no plano estadual (AM), pode ser uma luz no fim do túnel; porém, no plano municipal (Barcelos especificamente), acredito que talvez consigamos, em momento futuro...

A lei que instituiu a cobrança da tal taxa e fiscalização em Barcelos é válida e eficaz, do ponto de vista jurídico, não há o que se questionar...a menos que se pretenda debater a constitucionalidade de tal lei (eu acho tempo perdido). O problema da lei local é comum a todas as partes do Brasil: OS MÉTODOS ADOTADOS PARA SUA CONCRETIZAÇÃO. É assim em todos os segmentos legislativos...temos ótimas leis de educação, segurança, saúde, seguridade social, direitos fundamentais, etc, etc, etc...o problema é que, no Brasil império da corrupção, nada funciona como deveria.

Também é muito importante observar que, estamos aqui defendendo nosso "supérfluo" interesse da preservação da prática do nosso esporte, pois, até onde vai meu conhecimento, o tucunaré não está em ameaça de extinção. E estamos fazendo isso em detrimento, DE CERTA FORMA, do direito dos habitante locais que nasceram, criaram-se e moram lá, numa região de gente muito pobre, de economia completamente desguarnecida, o que torna ainda mais difícil a tarefa de chegar para esse povo e simplesmente dizer (só para exemplificar): "vocês não podem mais pescar tucunarés acima de tal tamanho" ou "vocês não podem pescar mais do que tantos exemplares de tucunarés por semana". É claro que o problema maior não é o pescador artesanal que vai com sua varinha de bambu pescar um tucunaré...o problema são os grandes comerciantes e geleiros...e o que é que esses caras fazem??? Pegam vários pescadores artesanais, encomendam que peguem quantos tucunarés puderem em troca de dinheiro e pronto, está tudo legalizado!!! No final, o resultado termina sendo, de uma maneira ou de outra, devastador!!!

MAS, PORÉM, CONTUDO, ENTRETANTO, TODAVIA...não acredito que precisemos controlar a questão do ponto de vista legislativo. Compreendo que impor regras e ditar leis para controlar a situação numa região tão delicada não é a melhor alternativa.

Concordo fortemente com o amigo Piguim quando ele diz: "o que falta para nós, interação, conscientização, união e ação!". O problema é que nossa ação precisa ser desenvolvida lá, in loco, com a conscientização e união do povo de lá...é preciso criar um elo entre "eles" e "nós" e dar-lhes alternativas, mostrar-lhes que têm opções, só que, como tudo na vida tem um porém, aqui não deixa de ser: vejo muito pouca gente disposta a mudar o rumo de suas vidas dos seus cotidianos para ir lá interagir e desenvolver esse trabalho junto à população local. Discordo frontalmente do amigo Pinguim quando ele diz: "(...) o maior Fórum de pesca de Açus gerador de opinião do mundo e tem tudo para Apitar esse Jogo(...)". Não acho que a questão seja tão simples, tão fácil...e também não acho que temos que apitar o jogo, mas criar alternativas viáveis onde jogo possa ser bom para todos, o que é sobremaneira difícil numa região tão longe, pobre e isolada.

Essas são as minhas impressões iniciais sobre os temas. É certo que elas não são o caminho da verdade e que muitas outras visões são mais apropriadas e podem mostrar-se mais eficazes do ponto de vista prático, mesmo porque, aqui, não adianta ficar só teorizando e esperneando.

Agora temos questões postas e podemos debater soluções e levantar novas questões e pontos de vista, sem a necessidade de promover agressões, ou insultos, ou julgamentos de ordem moral...se o debate prosseguir, espero que continue nesse rumo pacífico, a despeito das discordâncias que, necessariamente, surgirão.

Forte abraço a todos,

Eduardo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quem pode compra tudo, o nosso País continuará essa farra de desigualdade......Insultar o gringo dizendo que ele não entende das coisas? Que piada.....ele vive num País com uma cultura ambiental anos/luz na nossa frente......

Claro que não é fácil mudar as coisas no Brasil, mas infelizmente muita gente ainda concorda com o Quem tem mais pode comprar tudo......triste.

ola senhor,perdao acho ki voce nao entendeu ,vou repetir....aqui quem tem mais compra o outro e tem privilelegios e to errado irmao....eu nao tenho nada ,mas se tivesse usaria para obter locais piscosos ,relacionado a pescaria ,e nao a vida social.ta certo.agora bobagem e tu pensar ki vive num pais cheio de gente preocupado co m natureza.agora se o pais dele tao bom assim e com certeza e ,porque as coisas la funcionam ,acho ki deveria se mudar para la ,acho ki vamos mudar ninquem com palavras e dizendo; isto e certo ,isso bobagem ,isso e errado...bla bla. joia::: so vamos prologar o discurso defendendo um cara ki talvez ,nao afirmo ,trabalhou no meio onde ele proprio deveria ter previsto situacoes como essa ,escassez dos grandes peixes ja ki eles fecharam tantos rios so pra eles.quanto a mudar para os eua ,esqueça la nao tem grandes açus :gorfei: :gorfei: :gorfei: :gorfei: abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Conheço os EUA...se pudesse me mudaria para lá mesmo...o mais rápido possível, mas por enquanto, ainda não dá.....o único problema, como vc falou é que lá não tem os açús....kkkkkkkkkkkk, mas fica mais perto de Manaus que São Paulo...kkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ISSO É MUITO TRISTE AMIGO PINGUIM..

ESTIVE EM BARCELOS EM SETEMBRO, FIZ UMA PESCARIA BATE VOLTA DA CIDADE E DEPOIS PESQUEI NO THAYAÇÚ..

EM CONVERSA COM UM GUIA, O MESMO ME DISSE QUE OS MESMOS GUIAS QUE NOS LEVA PARA PESCAR VIVE DA PESCA DOS AÇÚS, ELES SE MOSTRAM PROTETORES DOS TUCUNARES E DEPOIS SAEM PARA MATA-LOS, FIQUEI TRISTE E NÃO QUIS ACREDITAR, MAS SEI QUE ISSO ACONTECE..

EM UM MOMENTO DA PESCARIA ONDE A MESMA ESTAVA PESSIMA, BRINQUEI COM O GUIA, VAMOS PESCAR OS BORBOLETAS NO RIO ITÚ PORQUE LÁ TEM DEMAIS, ELE ME RESPONDEU, TINHA DEMAIS, AS REDES PEGARAM TODOS..É MOLE.

ATT

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ISSO É MUITO TRISTE AMIGO PINGUIM..

ESTIVE EM BARCELOS EM SETEMBRO, FIZ UMA PESCARIA BATE VOLTA DA CIDADE E DEPOIS PESQUEI NO THAYAÇÚ..

EM CONVERSA COM UM GUIA, O MESMO ME DISSE QUE OS MESMOS GUIAS QUE NOS LEVA PARA PESCAR VIVE DA PESCA DOS AÇÚS, ELES SE MOSTRAM PROTETORES DOS TUCUNARES E DEPOIS SAEM PARA MATA-LOS, FIQUEI TRISTE E NÃO QUIS ACREDITAR, MAS SEI QUE ISSO ACONTECE..

EM UM MOMENTO DA PESCARIA ONDE A MESMA ESTAVA PESSIMA, BRINQUEI COM O GUIA, VAMOS PESCAR OS BORBOLETAS NO RIO ITÚ PORQUE LÁ TEM DEMAIS, ELE ME RESPONDEU, TINHA DEMAIS, AS REDES PEGARAM TODOS..É MOLE.

ATT

É Odirlei....eles matam mesmo...e muito....as pescarias estão cada vez piores e pegar um grandão cada vez mais raro... buaa:: buaa:: buaa::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ISSO É MUITO TRISTE AMIGO PINGUIM..

ESTIVE EM BARCELOS EM SETEMBRO, FIZ UMA PESCARIA BATE VOLTA DA CIDADE E DEPOIS PESQUEI NO THAYAÇÚ..

EM CONVERSA COM UM GUIA, O MESMO ME DISSE QUE OS MESMOS GUIAS QUE NOS LEVA PARA PESCAR VIVE DA PESCA DOS AÇÚS, ELES SE MOSTRAM PROTETORES DOS TUCUNARES E DEPOIS SAEM PARA MATA-LOS, FIQUEI TRISTE E NÃO QUIS ACREDITAR, MAS SEI QUE ISSO ACONTECE..

EM UM MOMENTO DA PESCARIA ONDE A MESMA ESTAVA PESSIMA, BRINQUEI COM O GUIA, VAMOS PESCAR OS BORBOLETAS NO RIO ITÚ PORQUE LÁ TEM DEMAIS, ELE ME RESPONDEU, TINHA DEMAIS, AS REDES PEGARAM TODOS..É MOLE.

ATT

buaa:: buaa:: buaa:: buaa::

Imagine se não houvesse a injeção de $$$ do turismo!!!

De repente sempre foi assim; só que antes não tinha ninguém de fora pra reparar!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A lei que instituiu a cobrança da tal taxa e fiscalização em Barcelos é válida e eficaz, do ponto de vista jurídico, não há o que se questionar...a menos que se pretenda debater a constitucionalidade de tal lei (eu acho tempo perdido).

Edu,

você tem aí o texto da lei de Barcelos?

Já tentei acessá-la de tudo que é jeito, mas não consegui. Poderia fazer a gentileza de compartilhá-la aqui conosco?

(desculpem se fugi ao assunto do tópico pessoal).

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MAS TEM OUTRA....TUDO NO BRASIL PRIMEIRO TEM QUE ACABAR, PARA DEPOIS MELHORAR....

OS GUIAS VIVEM DOS AÇÚS, TANTO PREDATORIO QUANTO ESPORTIVO...VIVEM DISSO PQ ISSO EXISTE, QUANDO ISSO ACABAR VÃO VIVER DO QUE..QUANDO BARCELOS NÃO TIVER MAIS SEUS TURISTAS PESCADORES, VÃO FAZER OQ..TENHO CERTEZA QUE A PESCA NA REGIÃO DO RIO NEGRO VAI FICAR MUITO DIFICIL, QUANDO TODOS DEIXARMOS DE IR A COISA VAI MUDAR,,PODEM ESCREVER ISSO, MAS VAI DEMORAR..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MAS TEM OUTRA....TUDO NO BRASIL PRIMEIRO TEM QUE ACABAR, PARA DEPOIS MELHORAR....

OS GUIAS VIVEM DOS AÇÚS, TANTO PREDATORIO QUANTO ESPORTIVO...VIVEM DISSO PQ ISSO EXISTE, QUANDO ISSO ACABAR VÃO VIVER DO QUE..QUANDO BARCELOS NÃO TIVER MAIS SEUS TURISTAS PESCADORES, VÃO FAZER OQ..TENHO CERTEZA QUE A PESCA NA REGIÃO DO RIO NEGRO VAI FICAR MUITO DIFICIL, QUANDO TODOS DEIXARMOS DE IR A COISA VAI MUDAR,,PODEM ESCREVER ISSO, MAS VAI DEMORAR..

MAs será que já não chegamos neste estágio Odirlei?? De pesca difícil!!!

Onde muitos grupos ficam a ver navios e outro acertam!!!

O mínimo que poderíamos fazer aqui , seria criar um banco de dados das pescarias, dizendo semana a semana como foi a pesca e em quais rios. Com isso daria , mesmo que parcialmente, verificar alguma tendencia !!! Juntar isso com as informações de altura e nível da água!!!

Não é difícil porque toda semana tem alguém do fórum indo pescar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O mínimo que poderíamos fazer aqui , seria criar um banco de dados das pescarias, dizendo semana a semana como foi a pesca e em quais rios. Com isso daria , mesmo que parcialmente, verificar alguma tendencia !!! Juntar isso com as informações de altura e nível da água!!!

Não é difícil porque toda semana tem alguém do fórum indo pescar.

Rodrigo, concordo contigo. Aliás foi bem isso que eu disse no outro post do Odirlei. Sem dado, fica difícil dizer alguma coisa. Ajudaria bastante. E condições para isso nós temos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O mínimo que poderíamos fazer aqui , seria criar um banco de dados das pescarias, dizendo semana a semana como foi a pesca e em quais rios. Com isso daria , mesmo que parcialmente, verificar alguma tendencia !!! Juntar isso com as informações de altura e nível da água!!!

Não é difícil porque toda semana tem alguém do fórum indo pescar.

Rodrigo, concordo contigo. Aliás foi bem isso que eu disse no outro post do Odirlei. Sem dado, fica difícil dizer alguma coisa. Ajudaria bastante. E condições para isso nós temos.

Então vamos começar Michel! ::tudo::

Mas eu só posso contribuir na última semana de janeiro! alegre:: alegre::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É infelizmente irá acontecer o mesmo que aconteceu no Araguaia(e em vários outros rios) ... não se pegava mais pirararas, filhotes piraibas .... até que veio a proibição e a própria natureza se encarregou de recuperar, e é claro a grande campanha de consciência e apoio da maioria dos pescadores e empresários...

Não sei se alguém já tentou falar com o "prefeito" ou com algum membro político da região de Barcelos, ou até mesmo alguma ONG.... para ver o que pode ser feito (campanhas, palestras, alternativas...) para a preservação dos Grandes Açús...

É um tema bastante complexo e cheio de interesses financeiros .... mas devemos ajudar de alguma forma !!!

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

MAS TEM OUTRA....TUDO NO BRASIL PRIMEIRO TEM QUE ACABAR, PARA DEPOIS MELHORAR....

OS GUIAS VIVEM DOS AÇÚS, TANTO PREDATORIO QUANTO ESPORTIVO...VIVEM DISSO PQ ISSO EXISTE, QUANDO ISSO ACABAR VÃO VIVER DO QUE..QUANDO BARCELOS NÃO TIVER MAIS SEUS TURISTAS PESCADORES, VÃO FAZER OQ..TENHO CERTEZA QUE A PESCA NA REGIÃO DO RIO NEGRO VAI FICAR MUITO DIFICIL, QUANDO TODOS DEIXARMOS DE IR A COISA VAI MUDAR,,PODEM ESCREVER ISSO, MAS VAI DEMORAR..

MAs será que já não chegamos neste estágio Odirlei?? De pesca difícil!!!

Onde muitos grupos ficam a ver navios e outro acertam!!!

O mínimo que poderíamos fazer aqui , seria criar um banco de dados das pescarias, dizendo semana a semana como foi a pesca e em quais rios. Com isso daria , mesmo que parcialmente, verificar alguma tendencia !!! Juntar isso com as informações de altura e nível da água!!!

Não é difícil porque toda semana tem alguém do fórum indo pescar.[/quot

ACREDITO QUE VAMOS CAMINHANDO PARA ISSO, MAS SIM, É POSSIVEL FAZER PESCARIAS MARAVILHOSAS NO RIO NEGRO E SEUS AFLUENTES....

O BANCO DE DADOS SERIA ALGO MUITO BOM DE SE FAZER, O MICHEL TINHA FALA ISSO, ACHEI BEM LEGAL...

VAMOS TORCER PARA QUE O PARAISO DA PESCA ESPORTIVA NÃO SE ACABE.

ABRAÇOS

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gurizada,

Eu li o tópico trancado e este agora.... E não entendi porque os ânimos se exaltaram, alguém pode me explicar????

Na essência, o que foi dito pelo Allen não é mais pura verdade????!!!!!!!!!!!

Abraços,

Ricardo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Buenas Tchê,

O problema, Alexandre, não é escutarmos nem falarmos, é muitas vezes fazermos "vista grossa" para elas...

Abração,

Ricardo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso aí turma, eu abri o tópico justamente porque achei pertinente algumas das afirmações do gringo e por saber que temos de debater sim certos assuntos, o que até agora tem sido feito nesse tópico sem ânimos exaltados e sem ofensas, e quem sabe nos mobilizarmos. A idéia do Michel mesmo de monitorarmos os Açus é excelente já é um começo embora ache difícil um grupo monitorar, mas podemos nos juntar em voluntários por exemplo eu iria com meu grupo pescar em barcelos, sei que a maioria não vai querer saber de monitorar nada e sim tomar cachaça e pescar, mas eu como voluntário faria as aferições de todos os pescados em minha voadeira, e por aí vai. Só um começo, não estou com tempo agora pois amanhã tenho encontro com uns brutais aqui em SSA, mas é por aí, vamos colocando idéias, debatendo quem sabe não sai algo em prol da nossa tão amada pesca de Açus!

Forte Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Turma...tenho acompanhado os tópicos sobre o tema e gostaria de fazer algumas considerações.

A primeira coisa q temos q ter em mente é q NÓS É QUE SOMOS OS INTRUSOS NA REGIÃO.

Sim...aquele povo pesca desde antes Cabral...como é q nós, "brancos do sul" vamos chegar lá agora e vamos começar a querer mudar o estilo de vida deles?!?! Pra eles matar peixe é o mesmo q ir na feira e comprar um frango caipira...hehee...

Certa feita o Michel me enviou uma monografia de uma aluna de mestrado (acho q foi mestrado) sobre essa questão de pescadores comerciais, de subsistência, esportivos na região de Barcelos...e vcs não tem idéia do resultado desse trabalho?!?!?!

No fundo eles não fazem a menor questão de nós estarmos lá...

Lembremos q a temporada de pesca dura no máximo 6 meses....Pergunto, e os outros 6 meses!??! Aquele povo vive do trabalho na Prefeitura, ou então, pescando...Ou fazem isso, ou morrem de fome....e aí, o q vcs sugerem?!?!

Vamos pra Barcelos/SIRN, passamos 1 semana lá e achamos q sabemos tudo para tirar aquele povo da miséria...mas nós não deixamos nem 1 voto sequer por lá...então, pq o Governo nos apoiaria?!?! De q adianta levarmos verba pro município mas contrariarmos os interesses do povo de lá??? (q é o de matar o peixe pra sobreviver)...ou seja, desagradamos os índios (ou comunidades indígenas)...E AO MESMO TEMPO desagradamos o Governo...ehhee...na verdade estamos no meio da linha de tiro. :choquei:

Se aqui na nossa região temos essa enorme quantidade de problemas, com políticas públicas falhas, com políticos q só pensam em se reeleger (independente de fazerem um trabalho bom ou não para o município, Estado, País)....imaginem lá, naquele "fim de mundo"???

Claro q levamos boas coisas pra lá...pois metade do ano somos nós q garantimos a sobrevivência de várias famílias....mas não esqueçamos q tudo depende da ótica de quem está vendo....heheee...

Eu batalhei demais por aquele lugar....mas confesso q hoje estou cansado. Vejo mais e mais operadores saindo de Manaus (e de todo canto do Brasil) e chegando em Barcelos/SIRN...mas vejo 90% deles preocupados apenas em sugar o máximo possível a região, só isso....Daqui alguns anos teremos naquela região o mesmo q ocorreu em Cáceres, Poconé, etc...depois q todos os peixes se foram, os operadores se reunirão para discutir o retorno dos peixes/turistas....hehee....

Bem...é muita coisa q envolvida....Acredito q se estudarmos aquele lugar por 10 anos ainda não saberemos o q realmente é bom pra todos....agora, claro q vale muito a tentativa.

Sobre os comentários do norte americano no tópico anterior...gostaria de dizer ao Celsão apenas uma coisa:

"...O inimigo tem a força q vc dá pra ele".

Então, pra mim ele não trouxe nada de novo e, mais uma vez, só abriu a boca pra criar intriga no fórum.

Tenha certeza, Celsão, q ele só fez aqueles comentários pq queria estar onde vc pescou....ehheee....esquece este cara.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Apenas a titulo de exemplo:

À vários anos atrás SIRN devia ser um povoado bem pequeno, contamos então 50 ou 60 ribeirinhos vivendo da pesca extrativista e para consumo próprio.

Hoje a cidade esta grande, e se cada um desses antigos pescadores teve 3 filhos e 6 netos e também vive da pesca você imagina, mesmo sendo uma região enorme. Além dos grandes barcos de matadores de Manaus, e de todas as cidades ribeirinhas do Rio Negro, quantos milhares exploram o rio? O que manda é o dinheiro no bolso.

O ser humano já tomou conta de todos os espaços, há 20 anos atrás ainda se ouvia falar de locais que o homem nunca tinha pisado antes, eu já pescava e sonhava com que peixes teria nesses locais. Hoje em dia acabou isso.

Espero que entendam a essência do post.

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...