Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Luiz Vessosa

Oxigenador de viveiro

Posts Recomendados

Olá pessoal,

 

Meu pai e eu temos um barco de alumínio com um viveiro com um revestimento de plástico, tipo este.

 

Gostaria de contar com a experiência dos amigos pescadores para indicações de um bom oxigenador para manter o peixe vivo durante um campeonato que irei participar em Dezembro. 

 

A troca de água já é feita quando o barco é movimento com o motor de polpa, mas a oxigenação eu estou pesquisando agora para poder equipar o barco, gostaria de sugestões tanto de se customizar o barco quando aqueles portáteis. Dicas como "não compre este" também ajuda ::tudo:: .

 

Obrigado a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, sou TOTALMENTE leigo nisso, mas acho que qualquer oxigenador a pilha ja te atende.

Nao acho necessario fazer instalacoes pra isso.

 

Tem alguns Marine e VFOX, se nao me engano, que custam baratim. Menos de 30 dilmas. Ai voce escolhe o que mais lhe agradar, desde velocidades e tipo de bateria, e é so colocar pra funcionar.

 

Acho que nao tem misterio nao...

 

Ja ja aparece mais gente pra ajudar. Abracao!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, sou TOTALMENTE leigo nisso, mas acho que qualquer oxigenador a pilha ja te atende.

Nao acho necessario fazer instalacoes pra isso.

 

Tem alguns Marine e VFOX, se nao me engano, que custam baratim. Menos de 30 dilmas. Ai voce escolhe o que mais lhe agradar, desde velocidades e tipo de bateria, e é so colocar pra funcionar.

 

Acho que nao tem misterio nao...

 

Ja ja aparece mais gente pra ajudar. Abracao!

 

Cheguei a ver alguns, mas a descrição deles diziam: Para iscas... aí surge a dúvida, será que vai aguentar um tucunaré de uns >=3kg?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se ele vai ficar com o buraquinho da troca de agua aberto qd em movimento, deixa tb parado, nao vai acontecer nada, afinal ja estará com agua la dentro, com o buraco aberto nao ha necessidade de aerador, visto que a agua vai trocando, lentamente, mas troca sim, mesmo em represa. Ja em rios a propria corrente vai trocar mais rapidamente.

 

Alias, sendo prático, a menos que vc encha de peixe la e fique o dia inteiro sem trocar a agua em nenhum momento, nao ha motivos pra aerador .

 

sinceramente, acho que um puça é uma melhor solucao deixa ele na agua do lado do barco, qdo estiver em transito, poe dentro do barco com o viveiro com agua... ou se estiver perto, vai pra sede com o peixe fora dagua mesmo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

se ele vai ficar com o buraquinho da troca de agua aberto qd em movimento, deixa tb parado, nao vai acontecer nada, afinal ja estará com agua la dentro, com o buraco aberto nao ha necessidade de aerador, visto que a agua vai trocando, lentamente, mas troca sim, mesmo em represa. Ja em rios a propria corrente vai trocar mais rapidamente.

 

Alias, sendo prático, a menos que vc encha de peixe la e fique o dia inteiro sem trocar a agua em nenhum momento, nao ha motivos pra aerador .

 

sinceramente, acho que um puça é uma melhor solucao deixa ele na agua do lado do barco, qdo estiver em transito, poe dentro do barco com o viveiro com agua... ou se estiver perto, vai pra sede com o peixe fora dagua mesmo...

 

Na prática já vi que a oxigenação ocorre mais mesmo quando o motor de polpa está andando, mas no motor elétrico por exemplo é praticamente nulo.

A sugestão do puça é uma boa também.. garante sempre que a água será renovada e a temperatura ambiente, sofrendo menos aquecimento do sol que o alumínio do barco.

 

Vou deixar essa opção como plano B se não achar nenhuma sugestão de oxigenador da galera.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nao eh praticamente nulo nao! longe disso!

 

primeiro pq a agua contem oxigenio em grande qunatidade naturalmente, se vc perder o oxigenio, perde a agua. simples assim. 

 

temos a impressao de faltar oxigenio pq vemos peixes morrendo em rios e lagoas e dizem que é falta de oxigenio, só nao dizem que é por causa de contaminacao na agua ! Ai a coisa muda de figura, a quimica explica isso. E tambem em poças de agua onde fica apenas uma agua barrenta e lama, nesse caso a agua nao passa pelas branquias, entope e o peixe morre por falta de oxigenio mesmo.

 

em casos de lagoas e pesqueiros artificiais o oxigenio serve alem de aerar a agua, serve para manter a proliferacao de bacterias, patogenicos e outros em quantidade natural, alem do que é muito diferente da realidade do pescador, visto que se entra e sai peixes a todo momento (com problemas de saude muitas vezes), tem a questao de lodo e algas em grande quantidade, alem da racao que com o tempo vai fermentado esses locais. Portanto a aeracao é algo importantissimo para manter tudo dentro das normas e necessidades.

 

voltando ao teu caso, sim o aluminio esquenta, nao o aluminio nao vai fazer a agua se tornar uma chaleira... com o buraco aberto há troca suficiente de agua nova, inclusive facilitando a troca de temperatura por física, ou seja, agua quente sobe e  agua fria desce, assim como é com nossa geladeira. Mesmo o barco parado é mais que suficiente para realizar a troca com uma boa quantidade de peixe. Nao muita, mas uns 4 ou 5 vai tranquilo ali... Uns 10 ou 15 nao da neh? nao tem espaco e nem como a agua passar ehhehe

 

Como barco em movimento, mesmo um movimento como de motor eletrico a troca é muito rapida, pois é forçada a sair e entrar pelos buracos. se tiver correnteza mesmo o barco parado ja entra e sai muita agua sem vc perceber.

 

Entretanto, confesso que nunca usei aquilo, nunca acreditei muito no uso e sempre esqueco de usar tambem, pra mim o puca é mais prático e melhor.

 

Uma coisa é fato, se eu fosse um peixe nao iria gostar de ficar naquele lugar , deus me livre! poe um puça do lado do barco, amarrado, sem contar a agua natural, tem luz, tem o efeito de peixes por perto atraem outros peixes... sei la... eu prefiro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é tão simples assim. O viveiro do barco tem dois drenos, um que entra e outro que sai, com o barco em movimento é difícil controlar a vazão, geralmente entra mais do que sai e transborda, uma alternativa é por uma chumbada no buraco de entrada, mas tem que tirar qdo parar, um saco. O oxigenador p iscas pode faltar p peixes grandes. Veja algumas instalações de bomba de porão com temporizador que a turma dos bassboat usa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Astra, no Araguaia na pesca de piraíba é quase impossível não usar o viveiro do barco, tanto que ele fica no banco do piloteiro, e o coitado passa o dia todo jogando água dentro com um balde. É p iscas, só que pesam mais de 1kg cada :gorfei:  :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

lamana, entendo, deve ser interessante em alguns casos, claro! senao nao existiria, pra mim hoje é dispensavel, alem do que, ir ate o araguaia puxando um barco e carreta e voltar? mais pratico, rapido e barato alugar um la que ja tenha isso... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rodrigo, nao sou um bom quimico ehhehe alias foi um terror pra mim na escola...

 

Mas vamos la:

 

Agua = H2O ok?

 

se vc tira oxigenio, vc cria H2, que é hidrogenio e vira gás. Ok, não é assim tão simples, tem o CO2 e algumas ligaçoes malucas que eu nunca entendi, mas a grosso modo, podemos dizer que quanto mais vc retirar o oxigenio da agua, mais rápido ela evapora. do contrário não é agua.

 

Como o viveiro ficará SEMPRE com a mesma quantidade de agua (agua interna = agua externa, portanto, se vc afundar o barco 2 cm, terá 2 cm de agua la dentro, se afundar 10 cm , vai ter 10 cm de agua la dentro) quando parado obviamente. A tendencia como o Lmana disse, ao andar é encher mais de agua do que sair, logo sobe rapidamente a agua la dentro.

 

Assim qdo o peixe consumir oxigenio, a agua evapora e com isso ela tb entra pelo buraco no mesmo instante e tb no mesmo instante há a troca de agua quente pela agua mais fria do rio/lago/represa. 

 

Na teoria deveria funcionar direitinho hehehe Na teoria..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é assim Astra.

 

Nem os peixes , nem as algas e nenhum organismo consegue retirar o átomo de Oxigênio da Molécula da água.

Todos os seres aquáticos captam o Oxigênio dissolvido na água. São moléculas de O2 dissolvidas assim como é o gás dos refrigerantes.

Para conseguir retirar o átomo de oxigênio da molécula de água é preciso uma grande quantidade de energia, pois essa ligação química é muito forte (apolar) através do processo de hidrólise.

Por isso que é inviável um motor a água. Porque a quantidade de energia que se gasta pra quebrar a molécula é maior que a energia produzida pela combustão do Hidrogenio, gerando saldo negativo de energia.

 

Qual o grande problema dos viveiros e da manutenção de peixes vivos:

 

Primeiro é o stress provocado, que leva ao aceleramento do metabolismo e aumento da respiração e por consequência um maior consumo de Oxigênio.

Então logo após a captura, o peixe demanda uma quantidade maior do que o normal. Desta forma é recomendável ligar o aerador de imediato. 

 

Segundo é a capacidade que aquela massa de água do viveiro tem de reter o Oxigênio dissolvido, sendo diretamente influenciado pela temperatura da água.

Quanto maior a temperatura MENOR a capacidade de reter Oxigênio.

Então se a água esquenta dentro do viveiro ela perde gradativamente a capacidade de reter o Oxigênio, perdendo-o para o ar. 

Deve se considerar a respiração do peixe que consome o oxigenio diminuindo a sua concentração e aumentando a quantidade de gás carbônico dissolvido na água.

Se não houver uma troca da água o peixe morre sufocado nesta água pobre.

 

A melhor tática seria de monitorar os peixes e fazer as trocas de água com mais frequencia conforme o aumento da temperatura. Em casos extremos jogar gelo na água ou usar uma fieira e deixar o peixe fora do barco.

 

Nas pescarias eu deixo as duas bueiras do viveiro abertas. Com a movimentação do motor eletrico, já é o suficiente para promover uma boa renovação da água.

" Água entrando é Oxigenio entrando"

 

Infelizmente boa parte dos cascos tem bueiras próximas. Isso é bom pro pescador, mas ruim pra circulação. O ideal seria que a entrada ficasse num canto e a saída em outra, assim a água nova percorreria todo o viveiro. Oque acontece é que nos cantos dos viveiros, longe das bueiras, a água não é renovada. Assim acaba por ser imprescindível um aerador ou bomba de porão, que faça a água circular por todo o viveiro.

Para realizar este serviço, utilizo um timer que liga a bomba de porão a cada 5 minutos. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

nao eh praticamente nulo nao! longe disso!

 

primeiro pq a agua contem oxigenio em grande qunatidade naturalmente, se vc perder o oxigenio, perde a agua. simples assim. 

 

temos a impressao de faltar oxigenio pq vemos peixes morrendo em rios e lagoas e dizem que é falta de oxigenio, só nao dizem que é por causa de contaminacao na agua ! Ai a coisa muda de figura, a quimica explica isso. E tambem em poças de agua onde fica apenas uma agua barrenta e lama, nesse caso a agua nao passa pelas branquias, entope e o peixe morre por falta de oxigenio mesmo.

 

em casos de lagoas e pesqueiros artificiais o oxigenio serve alem de aerar a agua, serve para manter a proliferacao de bacterias, patogenicos e outros em quantidade natural, alem do que é muito diferente da realidade do pescador, visto que se entra e sai peixes a todo momento (com problemas de saude muitas vezes), tem a questao de lodo e algas em grande quantidade, alem da racao que com o tempo vai fermentado esses locais. Portanto a aeracao é algo importantissimo para manter tudo dentro das normas e necessidades.

 

voltando ao teu caso, sim o aluminio esquenta, nao o aluminio nao vai fazer a agua se tornar uma chaleira... com o buraco aberto há troca suficiente de agua nova, inclusive facilitando a troca de temperatura por física, ou seja, agua quente sobe e  agua fria desce, assim como é com nossa geladeira. Mesmo o barco parado é mais que suficiente para realizar a troca com uma boa quantidade de peixe. Nao muita, mas uns 4 ou 5 vai tranquilo ali... Uns 10 ou 15 nao da neh? nao tem espaco e nem como a agua passar ehhehe

 

Como barco em movimento, mesmo um movimento como de motor eletrico a troca é muito rapida, pois é forçada a sair e entrar pelos buracos. se tiver correnteza mesmo o barco parado ja entra e sai muita agua sem vc perceber.

 

Entretanto, confesso que nunca usei aquilo, nunca acreditei muito no uso e sempre esqueco de usar tambem, pra mim o puca é mais prático e melhor.

 

Uma coisa é fato, se eu fosse um peixe nao iria gostar de ficar naquele lugar , deus me livre! poe um puça do lado do barco, amarrado, sem contar a agua natural, tem luz, tem o efeito de peixes por perto atraem outros peixes... sei la... eu prefiro.

 

Pois é, nula eu exagerei, mas o que acontece é que quando pescamos com motor elétrico, o peixe fica meio fraco, acredito eu que está morrendo, parece que falta oxigênio na água, ai quando saímos com o motor de polpa ocorre realmente a troca de água e depois de um tempo o peixe já fica mais experto (no viveiro tem aqueles tubos que mantém um nível da água e quando acelera ocorre a troca de água).

 

Mas como disse, o puça será uma segunda opção se achar que o oxigenador não for suficiente...

 

Obrigado pela suas respostas!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vamos simplificar esse assunto galera...

 

Amigo, compra um aerador para iscas vivas da Maruri (tenho 2 e é o únco que aguentou o serviço, pesco 50 vezes por ano).

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-589166678-aerador-para-iscas-vivas-maruri-de-2-velocidades-_JM

 

O detalhe é o seguinte, no viveiro ou a água sai ou transborda quando o barco está em movimento...se parado a água esquenta demais e o peixe morre. Se você deseja manter um troféu vivo leve uma caixa térmica que caiba o peixe e use o aerador com pilha alcalina e fique controlando a temperatura da água da caixa com algumas pedrinhas de gelo ou a própria água do rio, lembrando que água da superfície é sempre mais quente!

 

Se você for reter um peixe para comer leva a caixa térmica com gelo e deixa ele dentro para não estragar ou ressecar e manda uma pancada na moleira dele para ele não ficar agonizando e não ficar fazendo barulho no barco.

 

Boa sorte...!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É isso ai que procurava!

Sobre o viveiro, no nosso barco tem aquele esquema dos tubinho que vai trocando a água.. (mas o barco precisa estar em movimento).

Agora com esse aerador, acredito eu que ele vai viver muito mais tempo!

 

Obrigado a todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se vc pegar uma água quente no rio, esse aerador será insuficiente te obrigando a fazer a renovação de água.

É claro que vai depender da quantidade de peixe e do volume do viveiro.

 

Aí é como o amigo lá falou, coloca umas pedra de gelo ou pega uma água do fundo do Rio pra trocar..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...