Welcome to Fórum Turma do Biguá

Pra nós é um enorme prazer tê-lo em nossas páginas. 
Todo o conteúdo postado por nós é aberto a todos, no entanto, para postar suas dúvidas, dicas, vendas ou para comprar um produto e etc, é necessário que você se cadastre em nosso fórum. 

Sinta-se em casa no fórum onde as turmas se encontram!

Fórum Turma do Biguá ::tudo:: 

Fabrício Biguá

Administrador
  • Total de itens

    11.969
  • Registro em

  • Última visita

  • Days Won

    36

Tudo que Fabrício Biguá postou

  1. Tutorial de uso, armazenamento, funcionamento e manutenção de motores de popa de baixa cilindrada. Percebi q vários usuários do fórum tem dúvida de como usar, armazenar, funcionar e manutenir corretamente seus motores de popa de baixa cilindrada. (15hp a 60Hp - todos 2T) Tentarei criar um tutorial, com a ajuda de vários usuários do fórum, ainda na versão 1.0, para tentar ajudar na medida do possível, já q eu tb não sou especialista no assunto. Se tais passos forem levados em conta 95% dos problemas encontrados pelo utilizador do motor de popa poderão ser evitados/sanados. Uma providência q julgo de extrema importância é a compra de um horímetro. Esse aparelho é facilmente instalado ao motor e tem por finalidade o registro do tempo de uso, em horas, do seu motor de popa. Com isso vc pode programar toda a manutenção dele. Procure no Google por horímetro, Sendec, e veja se consegue adquirir um. Vale a dica. Outra q considero importante é a compra de um "orelhão" ou "telefone" q nada mais é q uma peça onde vc conecta a mangueira de água ao motor para refrigerá-lo, quando fóra da água. 1 - Mangueira ligada. 2 - Orelhão ou telefone. 3 - "Mijada" Vamos ao q interessa. Para facilitar a leitura de um tópico tão grande e complexo, dividi o assunto nos seguites ítens: Nas Dicas de utilização, armazenamento e funcionamento eu falo: - Para quem não está habituado a manipular motores de popa. - Para usuários que já manipual bem seus motores de popa. - Como calcular o arrasto ideal do seu motor. - Como saber a velocidade máxima alcançada pelo seu motor: (teóricamente - Como saber se a hélice do seu motor é a mais apropriada para o seu barco? Enquanto nas Dicas de manutenção eu falo sobre: - Como trocar o óleo da transmissão - Se o seu motor cair na água - Como descarbonizar seu motor - Como saber se seu motor está precisando ser retificado? Dicas de utilização, armazenamento e funcionamento Para quem não está habituado a manipular motores de popa: 1 - Leia atentamente o manual do usuário antes de utilizar o seu motor pela primeira vez. 2 - Esteja devidamente habilitado (arrais amador) antes de utilizar seu motor em águas "públicas". 3 - Jamais, nunca, nem pense em pilotar embriagado. 4 - Apesar de vc estar motorizado ande sempre com o remo, jogo de ferramentas e salva-vidas a bordo. 5 - Utilize sempre gasolina de boa procedêcia e faça a mistura correta de óleo 2T/Gasolina. A mistura ideal de óleo 2T e gasolina deve ser de 1 litro de óleo 2T para 40 litros de gasolina. Para motores novos essa mistura é diferente, mais "gorda/rica", normalmente 1 litro de óleo 2T para apenas 25 litros de gasolina. Consulte o manual específico do seu motor e cheque a mistura ideal para motores novos. 6 - Antes abastecer seu tanque jogue um pouco de combustível dentro, balance o tanque e jogue fora esse combustível com prováveis resíduos do tanque. 7 - Cheque se o motor está corretamente afixado na embarcação. 8 - Use sempre o salva motor, que nada mais é q uma corda amarrada ao mesmo e presa na embarcação. Se por acaso o motor se soltar da embarcação, e isso acontece pode apostar, vc não perderá seu motor. 9 - Use a chave de ligar presa ao braço. 10 - Evite navegar com o acelerador totalmente aberto. Navegue a 80%. Além da diferença de velocidade não ser grande, o consumo de combustível será muito maior. 11 - Navegue sempre com o motor de popa destravado. (cuidado quando for dar marcha-ré). 12 - Mantenha a bordo uma reserva mínima de combustível. Se o piloto vacilar e se esquecer de conferir o tanque e o combustível acabar, uma reserva de 2 litros conseguirá tirá-lo do sufoco. 13 - Proporcionalmente quanto maior a cilindrada de um motor de popa maior será o consumo, né?!?! Essa resposta está ERRADA. Mas pq??? Porque a distância percorrida por um motorzão é muito maior q a pelo motorzinho....então, se um motorzinho for andar aquela mesma distância, com certeza gastará mais combustível. Por uma questão de peso de motor, tipo de embarcação, necessidade de percorrer grandes percursos, tática comercial e afins, ERRONEAMENTE se acredita q motores pequenos são mais econômicos. 14 - ATENÇÃO - Quando o seu motor estiver no cavalete (suporte de motor) funcionando com o auxílio do "orelhão" vc não deve acelerá-lo acima dos 1.500 RPM. A pressão da água na mangueira tem q fazer o seu motor "mijar" durante o funcionamento. Caso contrário ele irá aquecer. 15 - CUIDADO - Não é aconselhável engatar o motor funcionando no cavalete, mas se o fizer certifique-se de que ele está bem preso, não existam pessoas próximas a hélice e não acelere muito. Caso contrário vc poderá ficar sem uma perna. Para usuários que já manipulam bem seus motores de popa 1 - Se o seu motor estiver parado a vários meses/anos, antes de funcioná-lo vc deverá desmontar todo o carburador e checar o estado das juntas, giclês e etc. Se vc aplicou óleo de máquina, (ensinaremos como fazer isso mais abaixo) tem tudo para o sistema estar em boas condições de uso. Ainda assim é interessante dar uma limpada em tudo com querosene ou gasolina. Retire a(s) vela(s), aplique um pouquinho de óleo (pode ser de máquina tb) na cabeça do pistão(ões) e puxe (algumas vezes) levemente a "cordinha" da partida. Se for guardar o motor muito tempo vc tb poderá fazer a mesma coisa. Tal procedimento tem por finalidade manter a integridade dos anéis, camisa(s) e pistão(ões). Como nosso combustível geralmente é de péssima qualidade, os resíduos de uma má queima podem gerar oxidação de tais peças, e vc, ao tentar ligar o motor sem seguir essa dica poderá riscar a camisa e comprometer a vida útil do motor. 2 - A hélice do motor deve estar sempre em ótimas condições. Amassados, quebrados, trincas e tals farão a transmissão vibrar, perdendo performance e comprometendo a durabilidade e vida útil. 3 - As dimensões da hélice devem ser proporcionais ao tipo de embarcação e sua utilização. Para entender a hidrodinâmica da hélice acesse o link abaixo. http://www.nautibras.com.br/suporte/texto-007.htm Antes de ligar o motor: 4 - Conecte a mangueira apenas no tanque já abastecido. Enfie com cuidado uma chave de fenda na esfera do encaixe da mangueira (na outra estremidade) e bombe a "perinha" para q o combustível novo passe limpando toda a mangueira. 5 - Conecte a mangueira no motor...bombe novamente a "perinha" até q ela fique cheia de combustível (dura). Puxe o afogador, acelere um pouquinho e tente a partida. Antes de guardar o motor: 6 - Jamais guarde o seu motor com resíduos de água suja (barrenta ou salgada) no sistema de refrigeração dele. Dê um jeito de funcioná-lo em água limpa antes de guardá-lo. (orelhão, balde, piscina, etc.) 7 - Deixe-o funcionando até apagar desconectado da mangueira de combustível. 8 - Abra o capacete, retire o copinho/cuba do carburador e puxe a "cordinha" da partida para q todo o resíduo de combustível da tubulação seja "cuspido" fóra. 9 - Solte a mangueira de combustível q entra no carburador e aplique um pouquinho de óleo fino (tipo Singer de máquina) na tubulação. Esse óleo tem por finalidade lubrificar as juntas do carburador e evitar ressecamentos. Quando vc for ligar o motor novamente pela primeira vez ele funcionará muito mais facilmente. Como calcular o arrasto ideal do seu motor: 1 - De acordo com o representante e importador dos motores Suzuki no Brasil, qualquer motor carburado, independente do numero de Hps, funcionando em stand by (funcionando parado), gasta 0,275 ml por HP/Hora: 15 Hp x 0.275 ml = 4,13 L/Hora 25 Hp x 0,275 ml = 6,88 L/Hora 40 Hp x 0,275 = 11 L/Hora 2 - Para se chegar ao Arrasto ideal da embarcação, usa-se a regra de 22 a 28 Kg por Hp do motor: 28 Kg x 15 Hp = 420 Kg 28 Kg x 25 Hp = 700 Kg 28 Kg x 40 Hp = 1120 Kg Então vamos tentar exemplificar essa conta: (aproximadamente) Barco de Alumínio 5m = 100Kg Motor de Popa 15Hp = 30Kg Caixa de Gelo = 20Kg Motor Elétrico = 4Kg Bateria 60Amp = 25Kg Caixas de Isca (3) = 30Kg (já incluído máquina fotográfica, e toda a tralha) Tanque de Combustível = 25Kg Pescadores (3) = 240Kg (80Kg cada um) Total aproximado = 474Kg ....ou seja...vc estará navegando com 54Kg a mais de peso q o ideal...Sua embarcação está sobre carregada, gerando um gasto de combustível maior, e navegando numa velocidade um pouco abaixo da "recomendável". Tenha paciência. Como saber a velocidade máxima alcançada pelo seu motor: (teóricamente) 1 - Vamos usar uma fórmula básica. 2 - Normalmente os motores de 15hp, 25hp e 40hp tem a relação da engrenagem da rabeta de 2.00:1, ou seja, a cada 2 voltas completas do eixo principal da transmissão a hélice dá 1 volta completa em torno do seu eixo. (os Mercury/Mariner são assim. Já o Sea Pro tem relação de 1.92:1. Cheque a relação do seu motor no manual do usuário) 3 - Usarei o Mercury Sea Pró de 25 Hp para exemplificar: 5600 x 0,521 x 13 x 0.0009469 = 35.91 milhas por hora x 1,85200 = 66,5 Km/h. Essa é a velocidade máxima do motor navegando sozinho, sem piloto, barco ou outra coisa pra arrastar..kkkkk... Como saber se a hélice do seu motor é a mais apropriada para o seu barco? Aqui está um dos maiores segredos em como tirar o máximo desempenho do seu motor/barco e garantir uma longa vida útil do seu motor. Tentarei usar uma linguagem o mais simples possível. Para fazer esse teste vc precisará de um tacômetro instalado ao motor para saber o giro alcançado. 1 - Coloque o motor na sua embarcação + tanque cheio + 2 pescadores (+ ou - 150Kg). 2 - Já de motor quente acelere ao máximo e veja qual a rotação máxima atingida. No caso de muito giro. No caso de pouco giro. 3 - Normalmente o diâmetro e o passo da hélice vem escrito na lateral dela. O Sea Pro da Mercury, por exemplo, está vindo de fábrica com a hélice 9.9 x 13. 9.9 = diâmetro 13 = passo 4- Faça as contas e veja qual a ideal para o seu motor. Dicas de manutenção Obs: O ideal é fazer a manutenção do seu motor a cada 50 horas de uso. (1ª revisão com 20h de uso) Se precisar abrir o capacete do motor e mexer na parter mecânica dele durante a pescaria o faça perto da margem. É super comum ao se mexer (retirar parafusos, velas, cabos, e etc) deixar cair alguma coisa dentro d'água, então, o faça na margem, é beeeemmmm mais fácil recuperar algo q cair, além de estar melhor apoiado, mais pessoas poderão te auxiliar. Como trocar o óleo da transmissão 1 - É ideal trocar o óleo da transmissão a cada 100 horas de uso (eu recomendo metade disso) ou a cada 6 meses de uso. 2 - Esteja com todas as ferramentas e o óleo específico de transmissão a mão. (vasilha para coletar o óleo, chave de fenda grande, seringa e estopas) 3 - Normalmente se indica óleo 90 para a transmissão, mas procure pelos óleos API-GL4 ou GL5. Vários óleos 90 são tipo GL3 ou GL2....ou seja, menos "tecnológicos". Compre o importado. 4 - Retire o parafuso do óleo da transmissão (o de baixo)....deixe todo o óleo escoar. Não jogue o óleo na água. O meio ambiente agradeçe. 5 - Depois retire o parafuso do óleo da transmissão da parte superior. 6 - Os parafusos geralmente são imantados, limpe-os antes de colocá-los novamente no lugar. 7 - O ideal é q vc tenha uma motolínea ou bomba de óleo q consiga "empurrar" o novo óleo de baixo para cima, assim evita-se a formação de bolhas dentro da transmissão, mas empurre o óleo de baixo para cima até q ele escoe pelo orifício superior. Feche os parafusos e pronto. 8 - Caso vc não tenha essa bomba, não tem problema. Feche o parafuso inferior e com uma seringa (sem agulha) coloque lentamente o óleo pelo orifício superior até q ele escoe. Feche e pronto. Se o seu motor cair na água 1 - Retire as velas e vire-o de cabeça pra baixo para escoar a água q por ventura estejam na câmara de combustão. 2 - Jogue um pouco de gasolina (pode ser temperada) dentro do(s) cilindro(s), e ainda sem as velas, puxe a partida levemente e lentamente para q seja limpa e lubrificada a(s) câmara(s) de combustão. Repita o procedimento umas 3 vezes. 3 - Leve seu motor o mais rápido possível para um mecânico especializado. 4 - Caso vc esteja em plena pescaria e não tem outro motor, outra saída, e precisa desse, limpe as velas com combustível e deixe-as secar. 5 - Assopre e seque as cabeças dos cabos de velas. 6 - Retire a cuba do carburador, escoe a água/combustível de dentro e com a mangueira do tanque conectado ao motor, bombe a "perinha" e acelere o motor até "cuspir" gasolina nova. Tal procedimento tem por finalidade retirar a água do sistema. 7 - Seque todas as conexões elétricas do motor. 8 - Instale as velas no lugar. 9 - Feche tudo e tente a partida. Caso não dê certo repita todo o procedimento. 10 - Normalmente não entra água no óleo da transmissão, mas vale a pena checar. Se tiver como vc comprar óleo de transmissão nas proximidades ótimo, troca logo, caso contrário seu motor estará em risco. Retire o parafuso de escoamento do óleo da transmissão e veja se o óleo está esbranquiçado (sinal de água misturada com óleo). Como descarbonizar o motor Obs: Vc irá na verdade descarbonizar a câmara de combustão. (pistão, anéis e cilindro) Geralmente a cabeça do pistão é porosa e como nossa gasolina é "ótima", a má queima gera resíduos (carvão)...e esses resíduos se aderem na cabeça do pistão. Durante o funcionamento do motor esse carvão fica encharcado de combustível e como a temperatura da câmara é altíssima ele fica incandecente, gerando ainda mais calor a queima e consequentemente uma pré-ignição da mistura ar/combustível. Motor trabalhando mais quente menor será a vida útil. Lembrando q qualquer volume sólido dentro da câmara, no caso o carvão, aumentará a compressão do motor, aquecendo-o e diminuindo tb a vida útil. 1 - Esteja com todas as ferramentas a mão. (descarbonizante de boa qualidade - Wurtz e etc -, chave de vela e pano limpo. Lembrando q descarbonizante pode agredir plásticos, borrachas, amianto, a pintura do motor e outros componentes mais macios) 2 - Funcione o motor até q ele fique quente. 3 - Retire as velas e aplique o desengripante na cabeça dos pistões. 4 - Deixe o desengripante agir por 12h. 5 - Jogue gasolina dentro da câmara. Simule a partida levemente e lentamente (SEM AS VELAS). Alterne o ponto morto superior e inferior do outro pistão e jogue combustível novamente dentro da câmara. (lembrando q quando um pistão está no topo da câmara o outro está embaixo, alterne-os para fazer a limpeza). 6 - Quando vc simular a partida o pistão irá jogar todo o combustível sujo pra cima, uma melequeira só de carvão e gasolina, esteja com muito pano/estopa a mão para não deixar escorrer pelo exterior de todo o motor de popa. 7 - Repita essa lavagem até q saia apenas gasolina limpa da câmara. 8 - Deixe secar por por alguns minutos. 9 - Enquanto a câmara seca aproveite para limpar as velas e deixe-as secar. 10 - Instale novamente as velas e tente a partida. Como saber se seu motor precisa ser retificado? 1 - A ferramenta para se checar a compressão do motor é chamada de relógio comparador de pressão de cilindros, ou medidor de compressão. 2 - Leve o seu motor até uma oficina mecânica ou adquira um medidor desses nas lojas de ferramentas. 3 - Retire uma vela do motor e rosqueie o medidor ao cilindro. (as outras velas continuam no lugar) 4 - Simule a partida como se fosse ligar o motor (rapidamente e com força). Claro q a chave de ignição deve estar fora do motor. 5 - Cheque no relógio o máximo de pressão conseguida. Se for inferior a 85PSI seu motor está precisando de trocar os pistões. E se estiver acima de 140PSI ele está com o cabeçote rebaixado, ou com muito carvão sobre o pistão indicando carbonização excessiva. 6 - Repita tal procedimento em todos os outros cilindros e se a diferença entre eles for maior q 10% vc tb deverá retificar o motor. Bem...espero q tais dicas tenham sido úteis. Deu trabalho, aff. Grande abraço. Fabrício Biguá
  2. Seu tópico estava na sala Anúncios Globais do FTB e foi movido para a sala Varas, Carretilhas/Molinetes, Iscas e Linhas Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  3. Seu tópico estava na sala Sala do Bate Papo e foi movido para a sala Náutica Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  4. Boa Ricardo...rsrsr....
  5. Seu tópico estava na sala Promoções dos nossos anunciantes. - NOVIDADE - e foi movido para a sala Classificados de barcos, motores, carretas, ranchos de pesca, carros, e etc.. Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  6. Olá amigo pescador. Como vc pode perceber, passamos por uma mudança drástica em nossa plataforma. Várias ferramentas podem ser incluídas (algumas já foram), e o nosso fórum está totalmente otimizado para leitura e postagem em smartphones e tablets. Bem, são muitas as novidades que vocês pode ir conferindo no dia-a-dia de postagem. A verdadeira intenção nossa é a de convencer vocês a atualizar todas as informações do seu perfil. É fácil, rápido e ajudará muito a manter o fórum plenamente sadio. Depois de logado, vá até a aba superior direita (onde está o seu nome) e clique na setinha voltada pra baixo logo após o seu nome; Agora basta clicar em CONFIGURAÇÕES DE CONTA. Todo o resto é alto explicativo. - Insira ou renove o seu Avatar - Atualize o seu endereço de email - Assinatura é sua, pode inserir seu site, sua propaganda, sua mensagem (respeitando as dimensões autorizadas). - Atualize sua data de aniversário. - Sua localização deve também ser atualizada. - Sexo (aos que desejarem atualizar). E por aí vai. Temos uma outra ferramenta muito interessante no fórum chamada MAPA DE MEMBROS... Depois de atualizar todas as suas informações, vá até a página principal do fórum e clique na aba superior MAPA DE MEMBROS. Depois clique em My Localization...Insira os dados e salve. Agora todos os usuários podem ver a localização de todos em um mapa global. Muito show. Qualquer dúvida me informe via MP ou email (fbigua@gmail.com) Grande abraço e contamos com a sua ajuda e participação. Att. Equipe de Moderação do FTB.
  7. Vlw pai...Apesar de vc ter postado no lugar errado..rsrsr....sei q as palavras são verdadeiras.
  8. Isso daí é no Rio Preto, hein!??! rsrsrs. Lindo demais o bitelo, Edson...Parabéns pelo belíssimo peixe e pela camisa top, top, top...rsrsr
  9. @Homero Martins Neto...vou ficar te devendo esta. Talvez a turma da Quest te ajude. Eu vi uma grande loja de carpete / tapetes em SP...mas passei rápido e não peguei o nome. Depois de conseguir comprar, repasse a dica pra turma...
  10. Seu tópico estava na sala Classificados de barcos, motores, carretas, ranchos de pesca, carros, e etc.. e foi movido para a sala Náutica Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  11. Amigos, claro q borracha é mais fácil de lavar e cuidar, mas antes de usar carpete, tb pensava como vcs...rsrs Se escolher um carpete 100% sintético (o náutico), de cor não tão clara, e com boa espessura...Puts, não tem comparação com o piso emborrachado. O carpete é melhor. E ao contrário do q pensam, não é tão complicado de cuidar assim. Claro q os cuidados serão outros. Nada de entrar no barco com pés sujos, nada de cortar minhocuçu ou pedaços de peixe sobre o piso, nada de deixar o barco por um longo período em ambiente muito úmido e tals....Mas as vantagens são muito maiores. Silêncio, conforto, temperatura, beleza e por aí vai...Tudo isso traz um outro padrão a sua pescaria....pode ter certeza. E vale muito a pena. Se evitar de sujar o barco, o resto será moleza. Na maioria das vezes basta passar um pano úmido sobre o carpete q ele já estará em condições de ser usado novamente. Deixe o barco no sol por um dia inteiro e pronto, basta lona-lo. Se suja-lo demais, lave-o com sabão em pó ou detergente para carpete. Depois joga um pouco de amaciante e puts...Só cheirinho na próxima pescaria terá valido a pena...srsr... Eu, caso tivesse um barco de alumínio, certamente carpetaria ele...
  12. Francis...q fera. Sou nascido em Brasília mas passei boa parte da minha adolescência curtindo férias em Bom Jesus do Itabapoana/Norte...Essa Cachoeira do Inferno é ponto conhecido na região...mas a turma pescava bagre, piau e outros peixes por lá...mas Robalo?!?! E deste porte?!?! Puts...nunca tinha ouvido falar. Estive em Bom Jesus no carnaval...se soubesse, teria dado uma piscadinha lá...rsrs.. Parabéns pelo relato...Massa demais...
  13. Seu tópico estava na sala Anúncios Globais do FTB e foi movido para a sala Assuntos Gerais sobre a Pesca Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.
  14. Haseyama....como a turma disse acima, a pousada da boca do Cristalino é a I. E o Biguá Team estará lá em peso de 16 a 19 de junho. Outros amigos estarão conosco na mesma data...E aí, bóra?!?!?
  15. Eu vi o kit lá no Face...Show de bola. Certamente será um sucesso. Parabéns pela iniciativa...
  16. A Power Vision é uma conhecida empresa fabricante de drone aéreos (o Power Bee, Egg, e Eye)...e agora resolveu investir no mercado de drones submersíveis lançando o Power Ray. Por ser uma novidade no mercado, temos que respeitar a ideia do fabricante...mas este drone, segundo informações da empresa, mergulha por até 30m de profundidade e ainda consegue monitorar peixes por mais 40m. O problema, é que o usuário terá q soltar o drone na água e largar uma bóia na superfície (esta bóia é q transmitirá informações via wi-fi pro seu smartphone ou tablet)...sendo que a comunicação entre o drone e a bóia é feito por cabo. Imagine agora o pescador soltando o drone em água corrente e este fio arrastando sabe-se lá por onde!?!? rsrsr.... Bem...a Power Vision ainda não soltou nenhum vídeo na web, mas estou curioso pra entender melhor a novidade. O drone ainda filma em 4K, faz fotos em 12MP, tem autonomia de 4h e começará a ser vendido nos EUA no final deste mês. O preço ainda não foi divulgado. Abaixo algumas fotos da novidade e o link do site do fabricante. Para o início de uma tendência até que achei a ideia muito interessante. Para a pesca em lagos e represas, puts, deve ajudar muito. No dia q instalarem um sensor sem fio para transmitir a informação do drone até a boia e um wi-fi de qualidade para retransmitir para o telefone, puts....Show. Para não perder o drone no caso de falta de bateria, bastava uma boia ser acionada quando a bateria atingisse 5% (por exemplo)...O drone boiaria e o controle captaria a sua localização. Assim o cabo seria eliminado. Vamos aguardando as novidades. Assim q sair o vídeo eu postarei aqui pra vcs. E aqui o link do fabricante. http://www.powervision.me/en/html/pv/powerray.html
  17. Amigos...se quem opera na região há mais de 15 anos está tendo problemas, imagine então ir pescar com um desconhecido?!?!? Jamais pescaria em uma embarcação desconhecida, jamais. Isso não quer dizer que será ruim, mas não arrisco mesmo. Deixa o cara operar lá uma temporada e então veja o q vão falar dele. Se for bom, aí sim, posso começar a imaginar uma pescaria com ele. Outra coisa...pedir desconto em SERVIÇOS é algo q não gosto muito de fazer. De qualquer forma, boa sorte aí ao grupo...
  18. Eu tb tô mais pra ele q pra mim mesmo....mas é q o pessimismo é mais forte q eu...kkkk...
  19. Olha q bicho animal... Isso sim é uma tomada de linha...Claro q o Capitão tacou o barco em cima do peixe. O título do tópico foi pra chamar a atenção...hehe Animal demais da conta!!!
  20. Q show, Marcelo. Parabéns mesmo pela iniciativa e pela organização do evento. Como o Kid bem disse, estes enorme território brasileiro dificulta bastante a movimentação dos interessados...mas tb estamos na torcida para que evento cresça e que no próximo ano vcs tenham o dobro dos inscritos e do sucesso conseguido nesta primeira etapa. Parabéns mais uma vez aos Cabras da Pesca...
  21. Como bons brasileiros q somos, sempre desconfio de qualquer ação do Governo q altere um produto ou regra de caráter nacional. Quem aí não se lembra os kits primeiro-socorros, do adesivo refletivo dos capacetes, da mudança das tomadas brasileiras e etc?!?!? Muita gente ganhou dinheiro com esta brincadeira (para algo inútil e desnecessário). Num primeiro momento, ao ver que quem cuidará disso será a Justiça Eleitoral, "saquei" tudo. Em um País de ladrões, imagina um órgão controlando sua identidade e o seu título de eleitor?!?! rsrs.... Se antes eles fraudavam as urnas, imagine agora com eles controlando tudo?!?! Pra estes "Tófolli da Vida" criarem uma cidade fantasma com 2 milhões de habitantes/eleitores não custa nada. A ideia da ID única é muito legal...o problema é o nosso Congresso que não faz nada se não for visando lucro pessoal. Vamos ver onde isso vai parar...
  22. Quando eu não sei...mas olha o boné do guia...rrsr E parabéns ao amigo Danilo pelo belíssimo peixe...
  23. Amigos...acredito q todos aqui do fórum já tenham visto ou lido algum tópico que fala sobre a forma que a amazônia vem sendo roubada de nós. Leiam o texto abaixo e assistam o vídeo para entender um pouquinho só o assunto. A coisa é preocupante e poucos são aqueles que fazem algo a respeito. Aos poucos eles estão roubando tudo. Quando menos esperarmos, já era. Assistam o vídeo.
  24. Olá amigos. Dando seguimento ao q o nosso amigo Bruca começou, foi quem deu a partida no assunto, e mais as contribuições dos nossos amigos Joelson, João Biguá, Rodrigo, Ricardo, Bigão e Felipe....resolvi criar um tópico com o máximo de informações sobre como se faz para TIRAR a habilitação para pilotar/conduzir embarcações motorizadas. Atualmente cabe a Diretoria de Portos e Costas (DPC), órgão da Marinha do Brasil, estabelecer normas e procedimentos sobre o emprego das embarcações de esporte e/ou recreio e tividades correlatas NÃO COMERCIAIS visando à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana no mar e à prevenção contra a poluição do meio ambiente marinho por tais embarcações. Então, para irmos direto ao assunto....ARRAIS AMADOR é a habilitação necessária para se conduzir embarcações motorizadas (somente maiores de 18 anos) nos seguintes locais: Navegação Interior 1 - aquela realizada em águas abrigadas, tais como lagos, lagoas, baías, rios e canais, onde normalmente não sejam verificadas ondas com alturas significativas que não apresentem dificuldades ao tráfego das embarcações (arrais amador, veleiro ou motonauta); Navegação Interior 2 - aquela realizada em águas parcialmente abrigadas, onde eventualmente sejam observadas ondas com alturas significativas e/ou combinações adversas de agentes ambientais, tais como vento, correnteza ou maré, que dificultem o tráfego das embarcações (arrais amador, veleiro ou motonauta); arrow:: Para retirar sua carteira de Amador vc precisará dos seguintes documentos: - Cópia Autenticada da Carteira de Identidade; - Cópia Autenticada do CPF; - Atestado Médico que comprove bom estado psicofísico, incluindo limitações, caso existam; - Guia de Recolhimento - GRU, Cobrança paga em rede bancária; (Ver valores abaixo) - Cópia do Comprovante de Residência (conta de água, luz ou telefone) arrow:: Tudo começa preenchendo e imprimindo o requerimento diretamente no site da DPC: https://www.dpc.mar.mil.br/Sisama/requerinsc/registro.asp arrow:: Depois vc deve procurar uma Delegacia, Capitania, Agência Fluvial, etc, mais próxima.(acesse o link acima - Clique na aba - INSCREVER-ME NA e verifique os locais) arrow:: Providenciada e preenchida a documentação exigida, dirija-se para um dos locais de inscrição para entrega e marcação da prova de Arrais. arrow:: Valores das taxas: (obs: NÃO PODE SER PAGA NA INTERNET) - Para primeiro exame = R$ 40,00 - Renovação = R$ 50,00 - 2ª Via = R$ 50,00 arrow:: Depois de fazer e ser aprovado na prova é só aguardar o prazo de confecção e pegar sua habilitação. legal:: A habilitação tem validade de 10 anos. Caso o candidato seja desaprovado só poderá realizar nova prova depois de 05 dias. Para facilitar a vida dos nosso amigos estamos disponibilizando abaixo: (basta clicar no link para fazer o download) arrow:: Simulado da Prova de Arrais Amador (2.84Mb); - programa a ser instalado no seu computador onde vc faz um simulado da prova. Quem tiver interesse em estudar a NORMAM 03, q rege tudo sobre o assunto e muito mais, acesse o link abaixo. https://www.dpc.mar.mil.br/normam/N_03/N_03.htm Grande abs. Fabrício Biguá
  25. Seu tópico estava na sala Sala do Bate Papo e foi movido para a sala Náutica Qualquer dúvida pode me mandar uma MP.

Sobre nós

O Fórum Turma do Biguá (FTB) surgiu no ano de 2006. Na época os poucos fóruns de pesca que existiam estavam voltados a divulgação de produtos e marcas, ocasião em que o FTB foi criado com a intenção de reunir amigos e grupos de pesca de todo o Brasil sem vinculação a qualquer empresa ou produto..

Cadastre-se

Se cadastrando no fórum você terá acesso a conteúdos exclusivos e ainda poderá postar sua dúvida, opinião, ajuda e etc..