Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Edson C. Martins (CAPITÃO)

Membro
  • Total de itens

    83
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

Histórico de Reputação

  1. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) recebeu reputação de Marcel Werner em Modelos de iscas X anzóis Inline - na prática!   
    Considerando a temporada e nível do Cuiuni e Alegria em Setembro deste ano quando estive por lá, pude testar e verificar que o sistema in line é bom mesmo, o nado e facilidade de arremesso (precisão) da bonnie 128 melhorou muito, tanto quanto da duo reallis 110, deu pra tirar alguns peixes do mato, capim e perto de outras estruturas como cipós e molongos sem dificuldade, inclusive, da pra arremessar no meio sem medo, o que muda é que quando a ponta dos anzois batem de frente nos molongos ou outras estruturas, finca na hora e não sai facil não. Resumindo, foi muito boa a experiência e já mantive algumas iscas montadas no sistema in line com certeza.
     
    Final de janeiro/2020 estou voltando pra BAZ pra complementar esta temporada e compensar com uns açus mais brutos. O importante é estar lá.
     
     
     
  2. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Henrique Rossini em Abu Garcia MGX2, Liger 2019 ou BW?   
    Fala pessoal, queria uma ajuda de vocês para me ajudar a escolher uma das 3!
    É para pesca de tucuna azul somente.
    Queria saber qual a melhor entre elas sobre arremesso, durabilidade e desempenho!
    Se tiverem outras sugestões, meu orçamento é de 850 reais.
    Obs: Já tive a curado 71, quero inovar!
     
    Muito obrigado a todos.
  3. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Eduardo Chedid em Abu Garcia MGX2, Liger 2019 ou BW?   
    2 excelentes carretilhas, ambas fabricadas pela doyo, a mgx 2 é muito top mesmo, a liger chegou com aquele jeitao de aldebaran, pessoalmente pesquei com as 2 originais, a mgx 2 rende mais, mas a maciez da liger é ergonomia é melhor, de qq maneira, 2 excelentes opções pelos internos e peso que oferecem. 
  4. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Geordânio Félix em Modelos de iscas X anzóis Inline - na prática!   
    E aí Werner, tudo bem?
     
    Estou passando só pra deixar aqui a impressão pessoal que tive acerca deste assunto que propôs.
     
    Acompanho sempre que posso suas postagens. São bem redigidas, fundamentadas e abrangem temas interessantes. 
    Logo que vi este tópico e o de título "Anzóis no lugar de garatéias - como e porque", decidi acatar suas sugestões e testar algumas destas montagens inline na Amazônia.
     
    Sinceramente gostei bastante do resultado, que foi sim surpreendente. Tanto é que resolvi, doravante, abolir o uso de garatéias por lá. 
    Confirmei cada vantagem apontada por você nos tópicos. Dentre tantas, de fato:
     
    * As fisgadas se mostraram mais eficientes, quase sempre no canto da boca, no canivete. De tão bem fisgado no canivete, dava mais trabalho extrair o anzol.
     

     

     
    * O anzol em si dificultou que os peixes escapassem na briga e as capturas foram mais esportivas, não tendo havido fisgadas que não fossem na boca do peixe;
     

     
    * As substituições que fiz, seguindo suas orientações quanto ao tamanho dos anzóis em algumas marcas de iscas, não desbalancearam, nem comprometeram o trabalho de nenhuma das iscas que testei. 
     
    A desvantagem que destaca é sem dúvida que a substituição pesa mais no bolso.
     
    Uma vez que tive acesso a estes tópicos há poucos dias de nossa pescaria em SIRN, agora em Outubro 2019 e tendo em vista escassez no mercado nacional, não me foi possível adquirir os tão bem indicados Decoy Sergeant Jigging'n Single.
     
    Sendo assim, não me restou escolha senão improvisar: considerando a semelhança de qualidade/resistência e disponibilidade imediata, resolvi ir de Decoy Pike Type R - Js- 3 - Jigging, tamanhos 2/0 e 3/0 usado geralmente em pesca de água salgada com isca natural e como assist hook de slow jigging. Tem curvatura diferente dos Decoy Sergeant Jigging'n Single, mas se mostrou não menos eficaz.
     
    Eles foram parar em algumas de minhas principais iscas amazônicas: Trairão, River2Sea 128, Bonnie 128, Jumpin Minnow t20, Pop Queen 105; Red Pepper 110; Hunter Bait, Curisco 110 . . .  E, os Lone Diablo BKK 4/0 foram para duas Hélices de minha predileção: Caribe Lures e High Roller.
     

     
    Estes anzóis não possuem olhal grande e invertido. Então, antes de comprar entrei em contato com o amigo Matheus da MVA Pesca e por Wathsapp pedi para que confirmasse se o olhal do azol tinha espaço suficiente para que o splint ring de 100lbs ficasse bem solto e ficou:
     

    VIDEO-2019-09-13-11-18-05.mp4  
    Nas iscas o anzol não travou, ficou livre, funcional.
    No pitão da barriga das River2Sea 128 e Bonnie 128 ficaram perfeitos, pois são cruzados, virados.
     
    Há quem diga que a manobra que fiz em seguida para que servissem nos demais pitões e iscas interfere na resistência do anzol e tals . . . Sendo certo ou não, pela urgência do momento - proximidade da viagem e interesse em testar as montagens - deliberadamente dei calor nos olhais e os torci alinhando-os com uso de dois alicates.
     
    Se esta manobra compromete ou não a liga do metal, o que por ora tenho condição de afirmar é que nenhum deles abriu. Resistiram tranquilamente a muitas capturas de pequenos e médios e tirei da água alguns bitelos bem nervosos. 
     

     

     
    Com relação à iscas de hélice usei também esta tabela para substituir os anzóis Lone Diablo BKK, disponível na rede:

     
    Achei a espessura deles meio bruta, porém são bem leves. Quanto a resistência não deu para verificar, porque feita a substituição as fisgadas realmente ficam consideravelmente mais complicadas. O peixe dava cabeçadas na isca jogando-a pra todo lado, dando show de perseguição sucessiva, mas não entrava nem a pau.
     
    Enfim, cada um é cada um. Se naquele momento específico for possível ao pescador se permitir partir para a verdadeira diversão de pescar e não a de pegar peixe, acho que vale a pena os anzóis nas hélices no lugar das garatéias.
     
    Fico por aqui. Desculpa a delonga. Agradeço pelas informações disponibilizadas e influência na mudança de paradigma. 
     
    Forte abraço meu irmão e linhas sempre esticadas! 
     
     
     
     
  5. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Fabrício Biguá em [Tucunaré Borboleta] Recorde Mundial por tamanho - 72cm - Por Andrea Zaccherini   
    Agora foi a vez do Andrea bater o recorde do Tucunaré Borboleta.
    Em março o Andrea fez uma expedição para o Roçado. Em SIRN, pescando ainda no Negrão, o arrombado acerta este lindo borboleta com 72cm. 
     
    Lindo peixe, e parabéns pela homologação. 
     

     

     

     

     

     

     


  6. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Eder Nascimento em RIO SUCUNDURI OUTUBRO 2019 - VILANOVA AMAZON - ESPETACULAR   
    Uma pescaria para ficar eternizada em nossas memórias. Muito peixe, muita diversidade e muita diversão.
     
    DEVIDO A PROBLEMAS COM MEU COMPUTADOR, DESTA VEZ TIVE QUE OPTAR POR UM RELATO SEM COTAR DIA-A-DIA DE PESCA COMO JÁ É TRADICIONAL DA MINHA PARTE, JÁ  PEÇO DESCULPAS POR ISSO.
     
    Chegamos em Manaus no dia 19 de Outubro de 2019 e ficamos hospedados no novíssimo Hotel Noblie Suites, muito próximo ao aeroporto, já incluído no pacote da Vilanova Amazon. Desta vez não ficamos no Quality como de costume da operação, pois estava lotado devido a um evento do Comitê Olímpico Internacional. Mas fomos muito bem atendidos pelo Noblie.
     
     
    No outro dia bem cedo o translado já nos buscou e fomos direto para o aeroporto embarcar em dois hidroaviões.
    Turma de alta categoria, muito extrovertida e ótima de estar junto.

    Na foto: Branco, Tucunaleo, Edinho, Branco, Tássio, Piuí, Ricardo, Gabriel, Marlon, Gildasio, Eder,Talma, Mozart, Bruno, Dalcio e Pedrojr.

    Marlon, Gabriel (filho de Marlon), Gildasio e Piuí (Fábricio)
     
    Chegamos no Sucunduri e vimos que o Rio esta um pouco abaixo da caixa, nível muito promissor. No ano anterior fizemos uma grande pescaria no mês de setembro com rio mais cheio, então esta seria a chance de pescar em outras condições.

    Angler I - nossa casa por uma semana                                                                                 Partida do Hidroavião
     
    Foram seis fantásticos dias de pesca, pegamos muito peixe, muito peixe mesmo.
    Desta vez não vou fazer um relato contando dia por dia como já informei , mas as fotos vão falar por si só.
     
     
    Porém tem alguns pontos altos da pescaria que posso destacar aqui:
     
    - No meu bote em um único dia pegamos 30 pirarucus (pequenos) no Lago de difícil acesso, além de bons pinimas, aruanas e até cachara no jig. Esse dia foi extraordinário.
    - Muitos tucunarés grandes nas praias, e claro os maiores sempre escapam, mas eles estavam lá só não quiseram sair para foto.
    - Uma única dupla tirou o final do dia para pescar peixe de couro e o Grabriel (jovem de apenas 12 anos) acertou uma Piraíba para alegria de seu pai que testemunhou tudo.
    - A quantidade de jacarés foi impressionante.
    - Tucunarés perdemos as contas.
     
    Fica aqui o registro de algumas fotos (é muito foto e nem todos do grupo mandaram ainda).
     
    DUPLA: EDER E MOZART(mais conhecido como moranguinho)

     
    DUPLA: BRUNO E TALMA (Bruno acertou muitos peixes grandes, destaque para uma linda Aruanã com seus 92cm)
     

     
    DUPLA: DALCIO E RICARDO 
     

     
    DUPLA: MARLON E GABRIEL (destaque para Piraíba do Gabriel, menino pesca muito)
     
     
    IMPRESSIONANTE COMO O RIO SUCUNDURI/CAMAIU É MUITO BOM PARA PEIXE DE COURO, MAS POUCOS PARAM PARA FAZER ESTA PESCARIA, ESTA PIRAÍBA FOI CAPTURADA COM POUCOS MINUTOS E ANO PASSADO COM POUQUÍSSIMO TEMPO ACERTEMOS 3 PIRARARAS. SEM CONTAR QUE JÁ VI SAIR CACHARA MUITO GRANDE POR LÁ.
     
    DUPLA: PEDROJR E EDINHO
     

     
    MAIS ALGUMAS FOTOS DE DEMAIS PESCADORES DO GRUPO, COMO EU DISSE ALGUMAS FOTOS AINDA NÃO RECEBI.

     
    TEM MUITA FOTO DE JACARÉ, MAS ESTA CAPTURADA PELO EDINHO MERECE DESTAQUE (poderia postar aqui mais de 20 fotos só de jacarés kkkk)

     
    Peço desculpas mais uma vez por não ser um relato como eu tenho costume de publicar turma, meu pc esta muito ruim.
     
    AGRADECIMENTOS:
     
    Em primeiro lugar a Deus, que o Senhor da minha vida e me sustenta a cada amanhecer.
    Não podeira deixar de agradecer a cada um do grupo que esteve junto durante esta semana que ficará marcada em minha vida para sempre.
    Agradeço também a toda tripulação do Angler I e aos excelentes guias da Vilanova Amazon, em especial a meu amigo @Victor Vilanova que não mede esforços em nos atender.
    Fica aqui uma menção especial a Presa Viva na pessoa do meu amigo @Francis Pinto que se desdobrou para confeccionar nossas camisas seguindo a risca o que eu tinha em mente e ficou espetacular.
    Faço também uma menção honrosa ao Carlos da Impacto Jigs, com apenas um jig embarcamos muitos pirarucus e tucunarés e jig esta perfeito. Para mim o melhor jig do mercado disparado, não ganho nada por mencionar, apenas pratico o princípio da honra e o que é bom merece ser lembrado.
     
     
    2020 - tem mais e já estou organizando um novo grupo, quem tiver interesse será muito bem vindo.
     
    Para vídeos de soltura e mais fotos podem acompanhar no meu instagram: @ederfishing 
     
    Obrigado a todos.

    Momento de agradecer a Deus por nossa Amazônia - SIM ELA É NOSSA

    Camisa Presa Viva - Top demais

    Turma sensacional, faltaram alguns para fotos, mas todos tem meu carinho e agradecimento.
     
  7. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Cristiano Rochinha em OS GIGANTES DE "LOS HERMANOS"   
    Galera,acabo de retornar de uma pescaria no já tão conhecido e famoso destino de pesca de grandes peixes de água doce,nossa vizinha Argentina....O local escolhido em específico também já não é novidade pra nenhum pescador esportivo,Paso de Lá Pátria,na província de Corrientes,norte da Argentina.
    A última vez que eu havia estado lá foi em 2014,e não trazia boas recordações,pois pegamos uma semana realmente muito fraca de peixe..Se não fossem as piaparas,mais de 80% do grupo teria voltado de dedão atolado...O motivo para o fracasso daquela pescaria foram as fortíssimas chuvas que haviam caído na região de Foz do Iguaçu cerca de 10 dias antes,o que elevou o nível das águas e tornou o rio Paraná,que costuma ter águas límpidas,num rio de águas extremamente turvas,coisa difícil de acontecer...
    E mesmo sabendo que Paso se tornou um destino muito popular,melhor dizendo,batido mesmo,resolvemos arriscar mais uma vez,visto que alguns conhecidos haviam estado lá na temporada passada e conseguiram sucesso na pescaria..
    Como sempre,antes de seguirmos a Paso,demos aquela passada por Foz do Iguaçu,alguns para fazerem as tradicionais compras no Paraguai,outros (como eu) apenas pra curtir um pouco dessa belíssima cidade e tomar umas antes de entrar em terras estrangeiras 
    Aliás,boas opções gastronômicas não faltam em Foz,e uma dessas que eu recomendo, é o Bar Rafain Chopp.....Contra-Filé Argentino e chopp de qualidade...

     
    A partir de Foz,fizemos aquele tradicional esquema de fretamento de ônibus e adentrar na Argentina através de agência de turismo de pesca....
    Passagem tranquila pela Aduana e viagem também.....Muita cerveja e truco foram nosso passatempo pelos 600km que separam Foz do Iguaçu à Paso de La Pátria...

     
    Como já havíamos fechado essa pescaria à pouco mais de um ano,dessa vez escolhemos uma pousada um pouco mais "requintada" ,pois essa foi a opção de maior parte do grupo (apesar de eu sempre querer o mais simples possível)demos preferência ao pedido da maioria do grupo e então escolhemos a pousada Jardin del Paraná....Pousada de estrutura realmente muito boa....Bastante ampla,comida muito boa e realmente um lugar muito bonito....Minha única reclamação é do ar condicionado tipo janela que urrava feito um bugio na madrugada kkkkkkk( mas dei um pouco de azar,apenas alguns quartos ainda não possuem ar split).....
     
    Piscina com os quartos em toda a lateral... 

     
    Restaurante e adega....

     
     
    Como todos já sabem,a Argentina se tornou referência quando o assunto é preservação de seus rios...Rígidas leis fazem com que os estoques pesqueiros no norte da Argentina levem uma legião de pescadores de muitas partes do mundo em busca de seus grandes troféus,principalmente gigantes dourados e pintados,além dos grandes cardumes de piaparas...E mais uma vez confirmamos isso...Os gigantes continuam por lá...Em tamanhos e quantidades excelentes...Porém,pra quem nunca foi,pescaria na Argentina tem algumas particularidades,coisas um pouco diferentes do que estamos acostumados a ver por aqui...Por exemplo,os piloteiros seguem a risca uma espécie de CLT deles...Os horários de pescaria costumam ser cumpridos fielmente...Eles não saem pro rio antes das  7:30h,voltam as 12h pra almoço,retornam para o rio as 15h(alguns acabam saindo um pouquinho antes) e permanecem no rio até as 18:30.....Isso pode parecer um pouco estranho pra alguns,uma jornada de pesca um pouco reduzida em relação as nossas,porém em Paso isso não costuma ser problema,uma vez que normalmente navega-se no máximo 15 minutos pra se chegar nos pontos de pesca....Na verdade,boa parte desses pontos estão a no máximo 5 minutos do centro da cidade....Rio preservado realmente é outra coisa...
     
    Partimos para o primeiro dia de pesca para pescar na rodada na confluência do rio Paraguai com o Paranazão....Ali,a grande quantidade de cardumes de curimbas e piaparas chama a atenção dos grandes predadores,formando um excelente ponto de pesca...Porém,essa região (abaixo de Paso)fica numa outra província chamada de Chaco,província essa que proíbe a pesca em seu território todas as terças e quarta-feiras...
     
    Não demorou muito pra sentirmos as primeiras puxadas nas iscas,tuviras,porém a quantidade de piaparas nessa região é tão grande,que elas vão mordendo tuviras de quase 30cm até comerem pelo menos metade delas rsrs....Numa dessas,uma piapara de cerca de 2kg foi fisgada com tuvira e anzol 6/0.....
    Mas os dourados também estavam por lá,e logo os primeiros apareceram...Nada muito grande,mas já muito animador pra uma primeira manhã de pesca.

     
    Agora por favor,não riam muito desse óculos que tive que usar nessa primeira manhã de pesca.....Esqueci o meu no quarto da pousada e acabei pegando um que meu amigo Flávio tinha nas tralhas dele (óculos da filha dele por sinal)....Trata-se de um óculos de quem é realmente muito,muito macho

     
    Na parte da tarde resolvemos ir atrás das piaparas....Demorei um pouco pra pegar o esquema da rodadinha naquele lugar...Quem pesca piapara nesse esquema de rodadinha sabe que em cada tipo de água existe uma diferença na pescaria,uma certa manha até acertar o peso ideal do chumbo e tamanho do leader,pra conseguirmos sentir o fundo do rio....E esse local era de águas bem rápidas...Pingadinha nível hard....Mas essa região tem tanta piapara que as vezes elas acabam atacando de qualquer jeito.....

     
     
    Curimba fisgada com milho e que deu um trabalhão danado pra sair da água...

     
    E vejam só....Na parte da tarde eu novamente esqueci meu óculos...Será que eu estava gostando daquele????

     
    Nesse primeiro dia pescaria,grandes dourados já foram fisgados.....

     
    Inclusive uma monstrona de uma fêmea  de quase 17kg....

     
    Animados com o resultado do primeira dia,resolvemos repetir a dose no segundo,porém só mudamos de ponto e pescamos mais no canal do rio Paraná,numa região conhecida pelas torres de transmissão de energia existentes no local...
    Decisão acertada,pois nessa manhã embarcamos 4 dourados,de 8 a 12kg.....Pensa numa alegria que ficamos.....

     
    A tarde pegamos mais algumas piaparas...Algumas eu digo no nosso barco,pois teve barco nessa tarde que contabilizou mais de 60 piaparas...Absurdo mas é isso mesmo...60 piaparas numa tarde de pesca,3 pescadores....
    E mais excelentes dourados foram fisgados,além de 2 grandes patis (peixe que era muito comum principalmente no Pantanal)hoje cada vez mais raro em nossas águas...

     
    Nosso terceiro dia de pesca caiu num terça-feira,e como já havia falado no início,a pescaria nesse dia fica fechada na região do Chaco,justamente a região onde pegamos todos esses lindos peixes nos 2 dias anteriores.Um certo clima de preocupação começou a tomar conta da galera,pois ainda não nasceu pescador que queira mudar de ponto quando está pegando peixe....E pra aumentar esse clima que pairava no ar,o dia amanhece com muito vento...Subimos então até o ponto acima da cidade onde poderíamos pescar pelos próximos 2 dias,e ao chegar a esse ponto,cerca de 5 minutos apenas de barco da praia de onde estávamos saindo,mais um "provável problema" que eu e outros amigos imaginávamos se confirmou...Com a proibição da pesca rio abaixo,nesse ponto rio acima logo de manhã já havia umas 30 lanchas...Confesso que meio "incrédulo" da situação,lancei minha isca na água só pra ver mesmo que bicho ia dar....E eis que ali começou um dos dias mais surreais de pescaria já vivi em minha vida....Vento forte,30 lanchas rodando pra cima e pra baixo o tempo todo,fazendo barulho,enroscando e desenroscando anzol no fundo do rio,barcos passando praticamente "em cima de nossas linhas" e adivinhem....PEIXE PRA TODO LADO.....SEM EXAGEROS OU PUXA-SAQUISMO PRO LADO DOS ARGENTINOS....Quem me conhece sabe que não troco uma pescaria em nossas águas por nenhum outro lugar desse mundo,mas o que vi nesse dia realmente foi algo marcante...Era barco tirando peixe pra todo lado....Dourados gigantes,pintados,barbados,jaús na rodada com tuvira,pacus também sendo fisgados na mesma modalidade,equipamento,isca e local...Toda essa farra de peixe em meio á uma verdadeira farra de barcos e todo aquele escarcéu..... Ali,naquele dia,mais do que nunca,consegui mais uma vez compreender profundamente o significado da palavra PRESERVAÇÃO....Putz....Quem sabe um dia chegamos lá...

     
    Consegui ver um pescador tirar um dourado que seguramente estava na faixa de 20kg,e em determinado momento,estávamos rodando a pouco mais de 10m de distância de outra lancha,quando senti um tranco em minha isca que estava praticamente embaixo dessa lancha...Fisguei e ao olhar para a ponta da linha já vi um dos pescadores do outro barco fisgar também...Pensei comigo: PEGAMOS O MESMO PEIXE! Porém em questão de segundos,os outros 2 pescadores da outra lancha também fisgaram e as linhas correram em sentidos opostos..Aí sim eu disse :EITA POHA....ESTAMOS COM 4 DOURADOS AO MESMO TEMPO.....Deus do céu...Que coisa mais linda!!!Embarquei e rapidamente soltei o meu,que nem era muito grande,para fazer questão de comprovar e registrar esse momento...Os 4 juntos não saíram na foto,mas o triplê eu consegui registrar...

     
    Passada toda essa euforia da manhã,obviamente que antes do almoço tivemos que brindar....


     
    Sashimi de piapara,já que ninguém é de ferro..

     
    Na parte da tarde,novamente muitos peixes fisgados...
     
    Nosso local de embarque e desembarque...

     
    Na manhã seguinte,obviamente repetimos o ponto de pesca,mas como era de se esperar, o peixe finalmente começou a se incomodar um pouco com aquela algazarra toda,e ficaram mais manhosos...Mesmo assim,alguns excelentes exemplares foram fisgados,inclusive um jaú de cerca de 30kg e um pintado de cerca de 35kg...

     
    Devido à essa alteração no comportamento dos peixes,na parte da tarde nosso piloteiro disse que mudaríamos o ponto de pesca....Rapidamente concordamos,só não esperávamos que esse ponto fosse ainda mais perto que os outros rsrsrs....Apenas chegamos até o canal do rio,menos de 2 minutos de navegação,e começamos a pescar....
     
    Nessa tarde,conheci os dourados mais espertos que vi em minha vida rsrsrs....Acho que 100% dos dourados que bateram em nossas iscas,mordiam e já saíam nadando rio acima...Após a primeira e segunda fisgada,logo já sentíamos a linha totalmente bamba e leve...Pensávamos:perdi o peixe...Mas ao começar recolher,sempre vinha aquele inesperado tranco,ou até mesmo dourado saltando as nossas frentes...Hora então de fisgar novamente,porém quase sempre tarde demais rsrsrsr.....Perdemos seguramente umas 9 ou 10 fisgadas dessa maneira....Outro fator que influenciou também nisso foi o fato de que todas as tuviras eram bem grandes,e nesse ponto havia uma grande concentração de dourados menores,com cerca de 3kg, o que também dificultou as fisgadas...Talvez um suporte hook ajudasse nessa hora,mas como era a última tarde de pescaria ninguém quis saber de inventar moda...
    Numa dessas fisgadas perdidas,presenciei mais uma daquelas cenas de gravar pra sempre na memória....Um dourado mordeu minha isca e errei a primeira fisgada...Como sempre o dourado faz,logo em seguida ele volta e dou a segunda fisgada...Senti o peso do bicho na ponta linha,brigou no fundo por alguns segundos e escapou...Aí realmente não vi mais o que fazer...Comecei então a recolher vagarosamente já sentindo que o dourado havia comido toda a tuvira,mas eis que a uns 5m do barco,ao ver que ainda restava apenas um pequeno pedaço da tuvira no anzol,um dourado maravilhoso,de cerca de 6 a 7kg surge calmamente e literalmente "sugou a isca"colocando todo seu lombo dourado pra fora da água...Que cena incrível...Rapidamente fisguei,vi ele afundar e já subir rapidamente pra saltar...E cuspir meu anzol longe,mais uma vez kkkkkk....
    Mas,com muito custo consegui tirar 2 peixes...

     
    Tuviras,conhecidas por lá como "morenas"

     
    Em nosso barco,pra finalizar,só faltava mesmo um pintado...E no final da tarde,do último dia de pesca,ele veio...

     
    É isso aí amigos...Mais uma vez a Argentina dando uma verdadeira aula à nós brasileiros de como cuidar de seus rios....Não é de hoje que isso acontece...Turistas brasileiros indo pescar por aquelas bandas pelo simples fato de que lá existe algo que sonhamos muito por aqui: PRESERVAÇÃO.....
     
    E dias de tantos dourados assim,não poderiam terminar sem o maior dourado que podemos ver na Terra.....
    Um forte abraço à todos!

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
  8. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Sergio Ribeiro em Pescaria Barcelos – Barco Hotel Perversa   
    Mais uma pescaria realizada em Barcelos em 12/10 a 19/10/2019. Como já vinha acompanhando nas mídias  a situação do Rio Negro e Afluentes, e a dificuldade expressada pelos pescadores nas últimas semanas, tomamos a decisão
    De pescar para o lado de baixo de Barcelos, na Ramada e descendo até a boca do Caurés.  Pescaria estava difícil, não se via atividade de peixe nas beiradas do rio e dos lagos.
    Nunca tinha pescado por esta área e fiquei surpreso com a quantidade de lagos, ressacas, igarapés etc., uma área muito bonita e propícia a pescaria do Tucunaré.
    Todas as duplas conseguiram tirar peixes bons, e também pescar cardume de pacas. Na semana pegaram peixes de 9, 7, 6, 5 kg e outros na faixa de 1 a 3 kg.
     
    Pescamos acompanhado somente de mais um Barco de Barcelos por esta área. Voltando no final da pescaria , percebemos que nossa escolha tinha sido a mais certa pois a maioria estava reclamando dos afluentes e do Rio Negro.
     
    O grupo foi composto por 7 pescadores.
     
    Segue abaixo fotos da pescaria
     
     
     
     
     
     

     
     
     

     
     
     
     
     
     
     
     

     
     

     
     
     
     
     

     
     
     

     

     

     
     
     
     
     
     

     
     
     
     
     

     
     
     
     



     
     
     


  9. Haha
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Beto Caranha em IMAKATSU / KAZLLA - Episódio 2 - A resenha não acaba nunca!   
    IMAKATSU / KAZLLA  - Episódio 2 - A resenha não acaba nunca!
     
    Galera, primeiramente gostaria de pedir seriamente que não acreditem no conteúdo desse vídeo! E queria pedir na brincadeira e diversão que acreditem sim nesse conteúdo!
     
    O vídeo trata da captura de um tucunaré açu de 14lbs (6,3kg) pelo pescador "Tracajá" usando uma isca que já foi sensação aqui no fórum - a Imakatsu Kazlla!
    O narrador sou eu e tento usar os bordões mais usados nos vídeos de tucunaré que estão bombando nas redes sociais! kkk Pena que o vídeo foi gravado cedo e nosso nível alcoólico não era o suficiente para uma super produção! kkkk
     
    Segue o vídeo:
     
    WhatsApp Video 2019-10-20 at 18.40.46.mp4
     
  10. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Beto Caranha em IPBC em Barcelos- Outubro 2019- Barco Angatu Mirim   
    IPBC em Barcelos- Outubro 2019- Barco Angatu Mirim
     
    Galera, é com muita felicidade que venho aqui escrever mais um relato de viagem para compartilhar com vocês um pouco do que passamos nessa semana amazônica! São 11 anos já fazendo pelo menos uma pescaria por ano na região do médio Rio Negro e se Deus permitir quero estender ainda mais! (Só espero também que parem com essa de "vender" rio, pedaço de rio e etc! Mas esse papo chato deixarei de lado como sempre!)
     
    Bom, nosso grupo tá chique demais agora! Tem nome, uniforme e logomarca! Instituto de Pesca Beto Caranha - IPBC
    A turma sabe que eu não suporto ser chamado de "professor" . . . Que morro de medo de ser confundido com um "midiático" . . . Mas como gosto de fazer de tudo para ajudar meus amigos capturarem seus troféus, tive que aceitar o nome! E confesso que agora estou até gostando. . . rsrs e muito!
     
    O grupo já tava definido em Eu, Rogério, Sone, Tracajá, Paulo. . . faltava o sexto elemento. . . O cabra pra entrar no nosso grupo precisa saber se divertir! Saber pescar não é nem critério. . . Parece fácil né? Mas acreditem, hoje em dia nesses tempos modernos a coisa tá difícil. . . Como diria um amigo meu que quer casar- "mulher direita já ta casada! As que se encontra nas baladas são tudo complicadas!"  Então, faltando somente 2 meses para a pescaria que meu amigo Vicentão deu sinal de que iria conosco! Pense que acertamos em cheio na escolha! Cabra sangue bom! Se tem peixe ele dar risada, se não tem ele da também! Fiz o convite e ele me pediu 1 semana pra responder. . . no outro dia me manda um print das passagens aéreas compradas! hahaha já sabia que o cabra ia agregar! Somar! Multiplicar!
     
    Lá vamos nós pra Manaus. . .
     

    Almoço tradicional de comida típica regional! Restaurante escolhido dessa vez foi o Moquém do Banzeiro
    Boa comida! Temperos e acompanhamentos um tanto exóticos digamos assim. . . Valeu a experiência!
    Tinha gente que já tava de olho miúdo de cerveja. . .
     

    Depois das compras na Loja de Pesca Sucuri seguimos o procedimento normal de ir à Cachaçaria do Dedé!
     

    Voo pra Barcelos partiu muito cedo. . . e não se pode mais nem tirar um cochilo em paz! kkkk
     

    Alegria em pousar em Barcelos-Am
     

    Angatu Mirim a poucos minutos da zarpada. . . Povo ansioso arrumando a tralha!
     

    Réplica do tucunaré de mais de 29lbs que é o recorde mundial! Pra quem não sabe. . . o recordista, o pescador Andrea, é um dos donos da empresa Angatu! Empresa com a qual eu pesco desde 2008 e tenho um enorme carinho! Sempre me atende muiiiiiiito bem! Recomendo com louvor! Dessa vez então deram show! ( antes que me joguem pedra- esse bichinho verde fomos nós que colocamos na boca do peixe! não faz parte da réplica! Mas bem que poderia fazer né? kkkkk)
     
    Deixando de papo furado, vamos aos peixes que é o que todo mundo quer ver!
     
    Só mais uma mensagem pra começar. . . A vida passa muito rápido! Aproveitem cada segundo como se fosse seu último! Se vc deixar passar por conta de bobagem quando querer voltar no tempo já não vai conseguir mais! Cultive amigos e amizades! E esqueça (em partes kkk) a Puts desse peixe de 22lbs/10kg!
     
     

    Tinha que começar o relato com o pescador revelação que mandou muito mais muito bem! Vicentão!
     
    Vicentão envelhece cachaça por hobby, mas merecia ser um exportador! A cachaça Vale do Vicentão é uma delícia!
     

    Paulo, mineiro fino! Tem classe até na pose com o tuca! Não gostava de ser chamado de "Catatau" mas já aderiu. . . apelido liberado para os amigos mais íntimos!
     

    Rogério "Catarina" era fã do Juninho e agora virou fanático mesmo! Segundo o Sone, o Roger usou cuecas J-Feeling a pescaria inteira. . . como o assunto é delicado, vou parar por aqui! kkk
    Brincadeiras a parte, pense num cara top 10! Até pra se manifestar em uma conversa, ele só entra na boa! Foge de polêmica e etc. . .
     

    Eu acertando um peixinho nesse mundão de água! Olhem o nível lá trás! Tava difícil demais! Tive que esticar bem o braço pra valorizar o peixe, pois não foi fácil . . .
     
     

    Tracajá! O sorrisão já diz tudo! Vivendo a vida com intensidade e curtindo cada peixe!
     

    Sone- Esse japa é batalhador! Um vitorioso na vida graças a muita luta sua! Merece tudo de bom! Como todo japonês é bom pescador. . . já sabem né? Bi campeão no troféu de maior peixe da pescaria pelo Angatu!
     

    Paulo, Tracajá e o guia Sabá lá no fundo! Pensem numa pescaria descontraída!
     

    Comilança a todo momento!
     

    Dublê de aruanãs é sempre festa garantida!
     

    Comemorando a vitória!
     

    Admirando o açu que foi "impresso" em alta resolução! Muito top a coloração desse peixe!
     

    Tracajá ferrador!
     

    Paulo fazendo a pose clássica IPBC! Peixe em uma mão e Heineken na outra!
    Borboleta bitelo! Mais uma vez olhem o nível do afluente. . . tava de lascar!
     

    Paquinha! Onde tava mais seco. . . o peixe tava manhoso! Esse bicho aí refugou t20! Refugou subwalk! Só saiu no shad!
    Como diria Fabrício. . . "Ah! vão se lascar seus peixes!" kkkk
     

    Culinária do Angatu tava daquelas de engordar 10kg numa semana! Top demais
     

    Botar de dose em dose no copo tava dando trabalho demais!
     

    Adiantando o serviço!
     

    Cafezim top! Acertando as estratégias do dia!
     

    Roger curtindo o momento!
     

    Desenferrujando . . . eu já tava com medo de mudarem meu apelido pra Beto Popoca!
     

    Tracajá pesca 99% com isca de hélice! Mas abre exceções de vez em quando. . .
     

    Sone acertou esse monstro e Paulo acertou essa foto! Top demais!
     

    IPBC - Pegou peixe grande tem que beber cerveja!
     

    Sone tava demais!
     

    2 peixes grandes por dia- já pode pedir música no Fantástico! Ou ficar bebum se vc não bebe normalmente né Sone?
     

    Da-lhe comilança!
     

     

     

     

    Banho pra reativar!
     
    De volta aos trabalhos!

     

     

     

     

    A Equipe toda aí! Guias da esquerda pra direita- Sabá- Adriano-Kiko! Pense numa equipe de guias top!
     

    Sone com jigs atados por ele mesmo! Felicidade dobrada!
     

     
     

    Detalhe além da soltura bacana- Afluente de água preta tava com a água parecendo água branca por conta das chuvas e repiquete!
     

    Esse peixe aqui vale uma historia demorada! Pescado exatamente no mesmo lugar que outros amigos do FTB
     
    Nosso grupo é curtidor, mas não abandonamos em nenhum momento as estratégias e técnicas para fisgar um peixe grande! Exemplo- Nessa pescaria, sabíamos que íamos sofrer com a grande pressão de pesca que vive Barcelos ,  então navegamos o primeiro dia quase a madrugada inteira aproveitando a lua cheia! E pescamos praticamente sozinhos no alto do afluente ,  só viemos encontrar com outro barco no ultimo dia de pesca! Claro que pra isso dependemos de um bom operador e de uma boa relação com ele!
     
    Voltando ao peixe, olha só que legal!
     
    Eu tenho uma boa memória fotográfica e alguns lagos de alguns afluentes eu consigo reconhecer por fotos! Essas fotos foram postadas aqui no FTB anos atrás! Se o dono da foto não gostar, eu retiro! Mas acho que não é nada demais!
     

    Essa foto se não me engano foi do grupo do Gustavo Stringueta! Postada aqui anos atrás! Não lembro o nome do pescador que fez a captura! Me desculpem
     
     

    Essa aqui o nosso amigo Marcelo Rodrigues! Também postada aqui anos atrás
    Essa pedra tem a forma de um bicho que da nome ao lago em questão!
     

    Essa aqui nosso amigo Teodoro brigando com um açu de 18lbs
     
    Olhem só que legal- É exatamente o mesmo lugar! Eu tenho uma teoria de que alguns lagos tem características que fazem com que sempre tenha peixes grandes neles! Meus maior peixe (22 ,5lbs) foi nesse lago! Tirei a foto la no fundo perto daquelas arvores! Ah! E já pulei no meio dele em comemoração!  kkkkk então conheço cada centímetro de terra e cada milímetro cúbico de agua aí!
     
    Voltando mais uma vez pra minha captura desse ano! Tocamos pra aí- Pedi pro Adriano (guia) parar bem onde eu queria! (cara de pau minha pedir isso pra um guia experiente como o Adriano! mas são 11 anos de amizade!) Dei 3 arremessos de hélice mas senti o clima frio (eram umas 16 horas já e nesses lugares top é bom pescar das 11 as 15) e mudei pra t20! Cantei pro Paulo - "Entramos no campo de guerra!" rapaz ,  no primeiro arremesso na região exata dessas fotos aí o peixe entrou! Correu pra pauleira! Adriano pediu pra deixar o peixe ir! Foi uma loucura! Eu não sabia se brigava ou se pedia a Deus pra conseguir embarcar esse peixe! Na minha cabeça era outro de mais de 22lbs com certeza! Foi um sapeco! Adriano pulou na agua com o boga e foi mergulhar atrás do peixe! Eu com a carreta destravada e o dedo em cima do carretel controlando pra o peixe tomar linha suave! Eu quem controlava a fricção com o dedo! Peixe saiu da pauleira e foi pro meio do lago e lá vai Adriano brigar com ele de linhada de mão! Até que o peixe se entregou! No momento da bogada eu percebi que não era grande nem perto do que eu imaginava! Mas quer saber? Que se dane o tamanho! Nunca mais vou esquecer desse peixe!
     

    Essa é zueira pra terminar o relato em alto astral! kkkk
     
    Que venha 2020!
  11. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Marcel Werner em Duo realis 110 para Amazônia e pequena?   
    Pra mim, é a melhor isca da história. 
    Meu prefiro a 110, me deu os melhores resultados em todas as pescarias nos últimos anos, inclusive mais que a Jumping Minnow. 
     
    Uso com anzóis Decoy Sergeant Jigging’n Single 3/0, assim não perco tempo com peixes miúdos, quando fisgo um grande não tenho medo de enrosco e nem de abrir o anzol. 
     
    A 130 é boa de trabalho, porém é pesada para lançar e, por ser maior, é mais difícil de enxarutar. Achei exagerada pra pescaria de Tucunaré. 
  12. Upvote
    Edson C. Martins (CAPITÃO) recebeu reputação de Francisco Jr em TURMA DO CHICÃO EM SIRN OUTUBRO 2019   
    Mais Uma vez. Boa Chicão. Helices neles que uma hora veem. E partir pra próxima. abraço
  13. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Francisco Jr em TURMA DO CHICÃO EM SIRN OUTUBRO 2019   
    Beleza Amigos Pescadores, venho relatar a nossa pescaria a Bordo do Tauá Mirim com os Amigos da Turma do Chicão no mês de Outubro em SIRN.
     
    Embarcando no aeroclube de Manaus com destino a SIRN.

     
    A Pescaria foi um pouco difícil pois os peixes estavam manhosos e os rios acima do nível ideal, muita persistência  grande parte da pescaria para conseguir levantar os Açus as batalhas foram principalmente na hélice valeu a pena para ter o que mais esperávamos, as pancadas.
     
    Nosso amigo Athayde com esse belo Açu para começar a Pescaria.
     
     

     
    Começaram a sair Açu para mim, do segundo dia em diante:
     
     
     
     

     
    Outro Belo Açu do Athayde.
     
     

     
      
    Em uma lagoa saíram 4 açus pretos, para começar bem o dia de pescaria.

     
     

     


     

     


     

     

     
     
    Fredy com seus tucunas na nossa pescaria.

     
      
     
     
     
     
     

     
    Rodolfo com o seu bonito Açu em relação a tamanho e coloração.

     
    Na parte final da Pescaria Acertamos alguns pontos que saíram alguns bonitos Tucunarés, principalmente na hélice.
      
     

     
     
     
     
     
     
     
     
     


    Agradecer aos amigos da Pescaria e ao grande piloteiro Sr. Neto, conhece muito a região.

     
    Agradecer a Deus os Amigos e a direção do Tauá Mirim e que venham as próximas pescarias da nossa TURMA já com saudades...
     

     

     
    Abraço
  14. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Edu Garcia em *RELATO* SIRN- Semana 06 a 13/10 Emoção até o FIM #TauáAdventureX   
    Ansiedade, Apreensão e União, marcaram a nossa tão desejada semana amazônica.
    Com um grupo Fantástico, composto por 8 pescadores, sendo 2 recordistas IGFA (@nicola e @Ednaldo) Eu @Edu Garcia, @Renato51, @Rafael Panizza, @Bruca  , @caio (o bruxo do molinete) e o violeiro movido a Vodka e RedBull @victor dutra. O grupo estava formado!
     
    Faltando exatamente 1 semana para início da nossa pescaria, fomos surpreendidos tristemente com a notícia de que o Tauá havia adernado na madrugada de Sábado para Domingo, conforme matéria: https://www.pescamadora.com.br/2019/09/mau-tempo-e-ma-visibilidade-provocam-acidente-com-barco-da-empresa-jrs-pesca-esportiva-em-barcelos-am/ 
     
    A princípio, um balde de água fria tomou conta do grupo, e aí vc logo pensa, 12 meses de planejamento jogados fora!
    Algum tempo se passou e foi quando um dos sócios da operação @Joelson (Panga), nos deu a notícia que não deixaria o grupo na mão e iria correr atrás de um barco. Dois dias se passaram e veio a grande notícia, a semana estava garantida, Panga havia conseguido um barco cedido pelo grupo Angatu.
     
    É lógico que a euforia de estar tão perto de nosso embarque tomou conta novamente do grupo, ao mesmo tempo que o Rio Negro secava bem e a confiança ficava cada vez maior.
    O último boletim do CPRM nem intimidou o grupo, com a temida informação que havia chovido 171mm na região. Pra falar a verdade, depois do susto, não estávamos mais nem aí p/ repiquete ou cabeça d'água. #Partiu MANAUS!

    Foto saindo de Brasília!
     

    Foto do Sábado em Manaus, galera do grupo Baitcasting
     
    Mas, se você acha que a emoção tinha acabado, negativo... coração de pescador é forte!
    No final da tarde de Sábado, pouco menos de 12 horas antes do embarque para SIRN, chega até nós mais uma notícia ruim. O Angatu já quase chegando em SIRN havia ficado preso nas pedras do Rio Negro, isso mesmo galera, acreditem! Panga mais uma vez, não mediu esforços e mobilizou amigos até o local p/ ajudar na retirada do barco.
    Com a ajuda do Barco Amazon do Flavio e mais um rebocador, o Angatu foi retirado, sem avarias e disponível para nos receber, Graças a Deus!
     

    Partiu SIRN!!!!
     
    Já na chegada ao porto de SIRN com um lindo dia de sol, o barcão ajeitado nos aguardava!

     
    Combustível devidamente alocado na prateleira, tralha desembalada e montada, finalmente e com méritos, partiu bocudos!

     
    Já no PRIMEIRO dia, domingão, Caio o bruxo do molinete (pesca muito), acerta um bonito 80up, no popper!

     
    Em nosso grupo é assim, o amigo acerta, acerta todo mundo, hora de voltar p/ barco, comemorar e encerrar o primeiro dia.
     
    SEGUNDO dia mais fraco, particularmente achei a água mais fria, peixe muito manhoso, e desta vez o peixe do dia foi do Rafa! 76up

     
    TERCEIRO dia, a equipe montou uma estratégia interessante, com todas as voadeiras mais próximas exploramos uma região que agora não vou lembrar o nome (perdão) mas que Caio chama de lago da Pedra Branca kkkk, onde tem uma aldeia, com uma série de lagos interconectados até sair pela região do Paranã. Dia de mais ações, tive a sorte de levar o peixe do dia com um 72up, fazer o que né. rsrs

     
    QUARTO dia, o melhor, todo mundo "bamburrou" média de 70 peixes por barco, era porrada p/ todo lado. Comigo, deixei as hélices um pouco de lado e me diverti nos Sticks, muito peixe de 60 a 70up. Esse dia foi top p/ todos. Mas quem levou o peixão do dia foi o Brunão, com um Pacão 76up.
     

     
    Mais fotos do Quarto dia, animallll
     

     

    Mestre Nicola!
     

    Ednaldo o (véio)
     

    Vitão, nosso violeiro!
     

    Olha onde foi parar a Sara Sara 120, oh loco!
     
    E tome peixe nesse dia...

     

     

     
    QUINTO dia chega, expectativa de mais atividade dos peixes ainda, mas não foi o que aconteceu. Os peixes sumiram!
    Mas... SIRN é SIRN né papai... E com toda dificuldade Dr. Renato acerta uma placa, mais um 80up! Peixe lindo!!!!
     

    Peixaço!!!! Não tem jeito, as hélices selecionam.
     
    SEXTO dia, subimos p SIRN e decidimos explorar a parte de cima, bons ataques, mas o peixes errando demais as hélices. Eis que mesmo assim saem as Placas!!!
    Maior peixe do dia do Ednaldo, 76,5up.

     

     
    Caio também, como sempre levantando bons peixes no seu infernal molinete Stella 3k!

     
    SÉTIMO e INFELIZMENTE último dia, surpresas à vista!
    Peixaço do dia do RAFA, um JUMELÃO de 83up vai! (82,7) e 22Lbs.

    Tive a felicidade de tirar esta foto, depois de um temporal que pegamos, achamos esse tronco gigantesco boiando no lago, perfeito para a foto! Parabéns mlk!
     

     
    E não acabou.. Ednaldo achou mais um belo peixe, só que antes da chuva, olha o bitelo de 77up...
     
     
     
    Enfim galera, foi uma semana de muita apreensão, chuva forte o tempo todo, mas no final deu tudo certo.
     
    O Lual veio em uma noite linda, coroando uma semana mágica p/ gente!

     

     

     
    Foi uma semana incrível ao lado desses camaradas, feras da pesca esportiva!
    São momentos como estes que levamos conosco no fim de nossas vidas.
    Aproveite a vida!
     
    Meus agradecimentos a comissão da Copa PEM- Pesca Esportiva Mineira.
    A operação Tauá Adventure X, na pessoa do Panga, por todos os esforços para manter essa semana de pesca.
    A toda a tripulação e guias do Tauá, que fizeram das tripas ao coração para minimizar os impactos de uma semana tão atribulada.
    E também aos proprietários do Barco Angatu, claro, se não fossem ele(s) nossa semana ia ser mais complicada.
     
    Abraços Galera, desculpem se me alonguei demais.
    #Pesque & Solte
    #Avante PEM

     
    OBS: o Barco Tauá foi retirado, sem graves avarias ou danos estruturais, já passou pela vistoria em Manaus e agora vai passar por manutenção e retoques p/ voltar a ativa, logo logo!

     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
  15. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Nicola Aidinis em *RELATO* SIRN- Semana 06 a 13/10 Emoção até o FIM #TauáAdventureX   
    Tive o enorme prazer de estar com essa turma maravilhosa, obrigado a todos
     
  16. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Octávio Amaral em Primeira vez na Amazônia, quais iscas devo levar?   
    3 iscas de hélice (Yara Devassa 14cm, RipRoller 5.25)
    3 T20 osso
    3 Sará Sará 120
    2 Zig Zara 110
    3 Brava 110
    2 Borá 12
    2 Inna 130 (?)
    6 jigs de pena (Branco, Amarelo com vermelho, Branco com vermelho)
  17. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Kid M em Duvida?? Tucunaré Paca ??? Tucunaré açu???? que Tucunaré é esse???   
    Pessoal,
    Vou pedir licença ao pessoal do Pesca Amadora (www.pescamadora.com.br) e transcrever um texto e imagens sobre o assunto no sentido de facilitar (ou não) o entendimento das espécies existentes...
    Segundo o Wellerson Santana, em material publicado em 28.04.17, 
     
    "Existem 15 espécies diferentes no Brasil.
    O nome tucunaré tem origem indígena, porém incerta, especula-se que seu significado seja “olho para trás” ou “olho para a água”, devido à presença de uma mancha em forma de olho (ocelo) na cauda, típica da espécie. O tucunaré pertencem à família Cichlidae, considerada a mais rica em espécies de peixes de água doce do mundo e uma das maiores famílias de vertebrados, com pelo menos 1.300 espécies registradas e estimativas de aproximadamente 1.900 existentes.
    O nome do gênero, Cichla, tem origem na palavra kichla, que os gregos antigos usavam para denominar diversos peixes. Em 1801, quando Cichla foi descrito, muitas espécies de várias partes do mundo (incluindo o tucunaré), foram incluídas neste gênero. Com o passar dos anos e aumento dos estudos, muitas mudanças taxonômicas ocorreram, e hoje apenas os tucunarés são chamados de Cichla.
    O Tucunaré é uma espécie carnívora, alimentando-se principalmente de peixes e camarões. No Brasil, encontramos 15 espécies diferentes distribuídas no Amazonas e nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Ele habita principalmente açudes e represas no sudeste e os rios da bacia Amazônica.
    Sua reprodução na natureza ocorre no período chuvoso, mas em ambientes como reservatórios e lagoas artificiais, onde há pouca variação no nível da água, a espécie pode se reproduzir várias vezes ao ano.
    Este peixe não realiza piracema, mas na época reprodutiva os adultos formam pares, constroem ninhos em ambientes lênticos como fundo de lagos, remansos de rios e embaixo de troncos submersos, onde cuidam de sua prole. Possui escamas pequenas, com corpo alongado e um pouco comprimido. Sua coloração varia de acordo com a espécie e a região, com manchas pretas distribuídas regularmente pelo corpo.
    Todos os Tucunarés apresentam uma mancha redonda (ocelo) no pedúnculo caudal. É bastante rápido, agressivo, forte e até estúpido. Também é muito sedentário (não realizando migrações). Tem hábitos diurnos. A espécie açú pode chegar a pescar 15 kg e medir mais de 1 m de comprimento total.
    Por serem peixes muito apreciados na pesca esportiva, as espécies de tucunarés vêm sendo, ao longo das últimas décadas, introduzidas em ambientes onde não ocorriam naturalmente. Esta introdução ocorre quando os peixes chegam às lagoas e rios após o rompimento de tanques de piscicultura, ou pela soltura direta por parte de alguma pessoa.
    Introdução da Espécie
    A introdução de espécies exóticas (não-nativas daquele local específico) traz sérios problemas para a conservação ambiental, e é hoje junto com a construção de barragens e hidrelétricas, um dos maiores responsáveis pelo declínio e extinção de espécies nativas. O tucunaré-amarelo, foi introduzido em diversas localidades onde não estava presente naturalmente. Hoje, há registros da espécie em áreas dos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e até no Paraguai.
    A Maioria Foi Descrita Apenas em 2006
    Das quinze espécies de tucunarés reconhecidas atualmente, nove foram descritas pela ciência apenas em 2006, após um amplo estudo realizado por um pesquisador sueco e outro brasileiro. Várias dessas novas espécies vinham sendo confundida com outras que já eram conhecidas, como Cichla ocellaris e Cichla monoculus.

  18. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Eduardo Chedid em Problemas com a carretilha metanium dc   
    Adriano, existem alguns problemas junto às dc, vedações ruins, entra água e isola o sistema, inclusive pode oxidar e abrir os contatos internos, nesse caso apenas troca resolve. 
    Outro problema, forçar o sistema na desmontagem para limpeza ou troca de rolamentos, o mais comum, com isso rompem os fios e ele para de funcionar. 
    No seu caso se for intermitente o problema sugiro desmontagem e deixar secar, as vezes volta a funcionar, se precisar chama no zap 11 967808633, abraços. 
  19. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Carlos Dini em Carlos Dini- Pesca de trairas-isca soft setembro-2019   
    Amigos, estou pescando atualmente a trairas no sistema Texas Rig com iscas soft.
    Fiz dois videos-relatos com as minhas ultimas pescaria de agosto e setembro:
     
    Pescaria feitas na Represa Billings em São Paulo
     
     
     
    Pescaria feita em lago na Região de Sorocaba -SP
     
     
     
    Material utilizado
     
    Varas: Enzo 20lbs 5'6" / Saint Croix SC III 20lbs 5'7" by Waka
    Carretilhas Shimano Scorpion 71XG, Shimano Core 51MG, Venator SE
    Linha Power Pro 4 fios 30lbs
    Leader Line System 40lbs
    Anzol offset 3 e 5/0
    chumbos 7-12g
    Iscas soft tipo criatura da Camalesma e da Monster
     
    Abs
     
    Dini
  20. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Rafael Figueiredo Monte Raso em Alicate de Corte para garateias / anzóis   
    https://www.google.com/search?client=firefox-b-d&q=Alicate+Corte+Diagonal+7.1%2F2+Polegadas+Força+Dupla+Vonder
     
    Marcos boa noite! Eu tenho esse, pode comprar sem medo, já fiz testes, corta com facilidade.
     

  21. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Octávio Amaral em SIRN Linha pra Hélices e outras Iscas   
    Opa...
    Eu já useu as duas e na minha opinião a Sufix832 é muito melhor que a Gsoul.
    Atualmente no AM só uso Sufix832 de 63lbs.
    Boas pescarias!
  22. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Fabrício Biguá em SIRN Linha pra Hélices e outras Iscas   
    Sou das antigas.
    Ainda uso PP65lbs, 4 fios. Para hélice ela ainda é top. Quanto mais torce, mais forte fica...rsrs
  23. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Armando Ito em SIRN Linha pra Hélices e outras Iscas   
    o sufix 832 possui um fio gore no meio ... esse fio é 8x mais forte que o multi que a compõe ... tornando mais resistente ao impacto e à abrasão ...
    mas em consequência ele se torna menos "pinchativo" que o YGK ...
     
    pra usar com grandes hélices e sob abrasão e alto impacto,  eu não troco minhas PP 4x  por nada ...
  24. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Marcel Werner em Modelos de iscas X anzóis Inline - na prática!   
    Olá, amigos!
     
    Este tópico contém a parte prática sobre os anzóis Inline nas iscas artificiais. Para quem não acompanhou, a discussão sobre os motivos está em outro tópico, consulte em caso de dúvida.
     
    O único aspecto que eu não falei no tópico da discussão foi que a isca arranha menos. Eu menosprezei a importância deste fator, mas aqui é Brasil, uma simples Bonnie custa o olho da cara, toda economia é bem vinda. Inclusive, você pode usar uma Sará Sará, que é top e baratinha, por muito mais tempo. 
     
    Cabe lembrar que eu não tenho qualquer patrocínio, vivo da minha operação de pesca, portanto tudo que está aqui é sincero, são as coisas que eu realmente uso, que compro com meu dinheiro e acredito ser o melhor. 
     
    Vou separar em duas partes: iscas amazônicas e iscas não amazônicas. A intenção é que este tópico seja colaborativo, então sofrerá atualizações e adições, com os devidos créditos. Portanto, após um tempo, revisite, pois você pode ter algo a contribuir, tirar uma dúvida nova ou ainda encontrar algo que não tinha visto antes.
     
    ISCAS AMAZÔNICAS
     
    Quase sempre, iscas parecidas receberão os mesmos anzóis. Também há muito menos modelos de anzóis do que de garatéias, então foi mais fácil encontrar o melhor, que até o momento em que escrevo é o Decoy Sergeant Jigging'n Single.
     
    Vocês vão notar que tem anzóis de outras marcas nas fotos, são ainda dos testes, eu insistirei com eles até que todos abram, assim posso ver suas fraquezas. Quando eu falar de varas de 20 lb para algumas iscas, abro a possibilidade de uso do Owner 3/0 e Decoy 2/0. Para varas de 25 lb, somente Decoy 3/0 em diante.
     
    Vamos começar pelo principal. T20, Realis Pencil 110, Sará Sará 120, as principais iscas de superfície usadas na Amazônia vão todas muito bem com o 3/0. Vale também para Vaprax, João pepino da KV, Entre outras de 11/12 cm. 
     

     

     

     
    Algumas iscas são mais fininhas, o 3/0 fica grudando nas costas. Para estas iscas, anzol 2/0 e varas de 20 lb, em lugares onde a quantidade de peixes é o maior atrativo, e não o tamanho. É o caso da Sticknina 110, Hunter Bait, Sammy 115, Giant Dog-X, e, provavelmente, da Bonnie 107, só saberemos quando alguém testar e postar aqui o resultado.
     

     
    O PopQueen 105, considerado o popper mais eficiente para os Açus, também vai de 2/0, assim como os mais acessíveis Barracudinha e Stick Popper, ambos da Borboleta. Vou experimentar este ano o popper do momento, que é o Feed Popper, da Tackle House, no tamanho 130 com 3/0, queria também um do tamanho 100 com 2/0, mas não encontrei na cor que eu gostaria.
     

     
    Algumas zaras mais compridas, entre 13 e 14 cm, estilo Super Spook, são bem populares, mas eu particularmente só gosto da Bowstick. Ela pega anzóis 3/0, assim como a maioria das iscas deste perfil. Já iscas mais volumosas como Miss Carnä 140 e Red Pepper Magnum vão melhor com 4/0. 
     

     
    Abro agora um espaço para uma observação extra. Sei que muitos estavam ansiosos para eu falar qual anzol vai na Rover e Bonnie 128, seja porque gostam muito dessas iscas, seja porque já notaram que elas possuem uma diferença. Eu tenho aqui uma isca com a mesma característica, chamada Iron Mouth. Os pitões dela são ortogonais ao maior eixo da isca, ao invés de longitudinais. Em palavras mais fáceis, eles são cruzados ou virados. A foto abaixo deixa bem claro. Devemos lembrar que precisamos de um anzol forte e um split ring forte (vale frisar que é importante usar 1 split ring, nem 2, nem 0), e que o anzol precisa ter um olho largo o suficiente para a argola se movimentar livremente. Depois de muitas buscas, encontrei o Owner SJ41, foto abaixo. É caro, porém funciona, é leve e de bom formato. O 1/0 funcionou bem na Bahia, agora vou testar o 3/0 na amazônia.
     

     
    Saindo da superfície, temos as twitch baits, a maioria pega anzol 2/0, como a Perversa e a SubWalk 09, além da Curisco 110. Na verdade, caso use algum modelo forte de anzol 3/0 que não se cruze facilmente, poderá usar estas iscas com mais chances de tirar um peixe grande. Desculpem a sinceridade, mas eu não gosto destes modelos de isca, nenhum desse tipo, mesmo já tendo usado e comprovado sua altíssima produtividade, os 3 citados.
     
    Eu prefiro usar iscas de barbela. Toda a sensualidade da Saruna 125F e até da 147MAX são dispensáveis na amazônia. São iscas fantásticas, mas o Açu não está nem aí pra elas, se recolher direto pega mais do que ficar trabalhando sofisticado. Assim, acaba que uma reles Inna 135 é super eficiente, assim como Juana da Borboleta e, claro, as iscas tops de meia água, Maria The First 140F, Aile Magnet, K-Ten etc. Todas essas grandonas pegam 4/0, o que é ótimo. Já a Saruna 125, eu usaria com vara de 20 lb - lembrando: Decoy 2/0 ou Owner 3/0 como na foto abaixo. Power Minnow e a maior das Raptor também são excelentes iscas.
     

     

     
    HÉLICES
     
    Estas merecem um capítulo à parte. Vou começar relembrando um princípio: a isca deve ser facilmente abocanhada, para que fisgue dentro da boca do peixe ou nos seus lábios. O anzol contribui para isto acontecer. Mas isso também significa que, quando a isca não entrar na boca do peixe, terá mais perdas, e é aí que o pescador tem que analisar o que quer. Se reduzir a isca, vai ter mais peixes fisgados. Se não reduzir a isca, vai perder a maioria dos peixes pequenos e também alguns ataques de peixes grandes. Se o peixe grande estiver ativo, ele vai atacar de novo, então não tem problema e dá mais emoção ainda, na pior das hipóteses você vai ver muitas porradas, ainda que não pegue o peixe. Se estiver manhoso na hélice, opinião minha, você está usando a isca errada. Simples assim.
     
    Jet 120, pegadeira demais, apesar do visual controverso. Já peguei um peixe de 82 cm no Lago do Maçarico com esta isca e ela mata a pau no Vazzoleri Camp também. 3/0 nela, mas por ser fininha tem que ter atenção para o anzol não laçar a isca.
     

     
    Também tenho usado a Rip 4.25"e a Caribe de 4.5", já tem até uma Dojô parecida com esta Caribe. Todas precisam da substituição dos pitões pelos CCM, exceto no pitão da hélice, desde que você tenha uns de reserva, não precisa ser tão grosso, porque você nunca irá colocar anzol ali, então pode aguentar até ele ficar fininho. Anzol apenas na barriga, em tamanho 4/0, Decoy ou Owner. O interessante dessas iscas pequenas é que não cansam o pescador. Tive uma cliente que arrebentou da ripzinha e pegou até de 16 lb, assim como um garotinho de 11 anos que só conseguia pescar com esta isca de hélice, pegando peixes de até 14 lb. Falta eu testar com o Açu, mas devido à hélice ser igual à da Rip 5.25", acredito que terá o mesmo bom desempenho. Essa isquinha só com 1 anzol grande fica muito matadeira e quase não gira o corpo. E o peixe pode levar pra onde ele quiser, que não vai enroscar.
     

     
    Já no tamanho mais comum, que é 5.25", anzóis 5/0, ou até 6/0, pode ser Decoy ou Owner (acho que o Owner até 5/0 só, o 6/0 é meio exagerado até para iscas de quase 20 cm). Você deve testar isca por isca para achar o equilíbrio. Algumas iscas podem receber um pitão extra no corpo, outras não. Com 2 anzóis na barriga é melhor para quem gosta de puxar hélice bem rápido.
     

     

     

     
     
    ISCAS NÃO AMAZÔNICAS
     
    Agora, as iscas que usamos nas pescarias de tucunarés fora do paraíso. 
     
    Para varas de 17lb: anzóis Decoy e Owner, mas notem uma coisa muito importante. O menor Decoy é 2/0 e tem tamanho intermediário entre os Owner 1/0 e 2/0. Portanto, você deverá usar a sua sensibilidade e fazer as alterações que julgar necessárias, pois você provavelmente não tem o equipamento idêntico ao meu e nem trabalha a isca exatamente como eu. Essas diferenças naturais entre as pessoas vão provocar pequenas diferenças na preferência, mas nada que seja muito distante, a ponto de alterar o equilíbrio das iscas.
     
    2/0 da Owner ou Decoy: Bonnie 95, Giant Dog-X, Sammy 100, Aile Magnet 105, Borá 10 (contribua)
     

     
    Ideais para Owner 1/0: Saruna 110F, Fakie Dog 90, Sledge 6F, Silent Assassin 99F, Queen 90, The First 90, Firestick, Red Pepper 10cm, X-80, Dog-X Speed Slide & One Knocker,  (contribua)
     

     
    Para varas de 14 lb e 12 lb: Aqui, o VMC 7237 #1 ganha destaque, devido a ser resistente, com ótimo formato e, o que pesa mais, o fator preço. Sim, é absurdamente mais barato que os já comentados até aqui. Por isso, e para nossa sorte, a maior das listas de iscas para tucunarés azuis e amarelos é justamente com esse anzol.
     
    VMC #1: T10, Bonnie 85, Realis Pencil 85, Water Moccasin, Mudscuker 80, Dog-X S ou W antiga, Wavy 85S, Saruna 95F, X-rap 08, X-80JR, Squad Minnow 80, Vision 95, Bream Pencil, Fakie Dog 70, 
    Rozante 77, MS Raptor 70, Brava 77 (contribua)
     

     

     
    Para varas de 10 lb: aqui entram as iscas específicas para pescarias de amarelinhos. Eu prefiro molinete nesta categoria. Os anzóis da Gamakatsu são bem caros, mas são finos, fortes, afiadíssimos (nunca fisgue o tucunaré com esse anzol, ele já vai se fisgar só de triscar na isca, é incrível como entra fácil no peixe) e bem leves para não alterar o nado da isca. Basicamente, uso apenas 2 tamanhos.

    O Gamakatsu 53SALT #2 em todas as iscas que eu testo e aguentam. Dog-X JR, Wavy 65S, Saruna 80F, Rozante 63, Athlete F7 "gordinha" (contribua)
     

     
     
    E o Gamakatsu #4, o menor que uso, para iscas miudinhas que o #2 fique grande: X-70, Athlete F7 "magrinha", e outras miudezas que não lembro direito, acho que são poucas nessa lista, quando falamos de tucunarés. Mas contribua se souber de algum que não falei.
     

     
    EXCEÇÃO: a Realis Pencil 65, apesar do #2 se cruzar com relativa facilidade, eu achei que fica perfeitamente equilibrada, então uso #2 mesmo com esse inconveniente. Se você não gostar, diminua o anzol.
     

     
     
    Só lembrando: este tópico sofrerá acréscimo de fotos e modelos de isca com o passar do tempo, para que sirva como livro de referências. Eu mesmo tenho centenas de iscas para postar, mas você pode me ajudar. Envie fotos que eu vou acrescentando no tópico inicial, com os devidos créditos.
     
    Espero que tenha sido útil.
     
    Forte abraço a todos e boas pescarias.
     
    IMG_6135.HEIC IMG_6134.HEIC IMG_6130.HEIC IMG_6133.HEIC
  25. Like
    Edson C. Martins (CAPITÃO) deu reputação a Beto Caranha em Qual isca nova ou que vc não conhecia é sua nova aposta para a Amazônia?   
    (rindo muito aqui)kkkkk
    Mas dessa vez o papo é sério ...  deixa o spinner quieto!  a resenha pra esse ano deve ser uma cigarra ... ixe falei demais ...  assunto pra outro tópico na volta da pescaria kkkk
×
×
  • Criar Novo...