Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Nelson Jr

Cota zero. Radicalismo dara certo?

Posts Recomendados

Boa noite amigos do FTB!

Venho aqui abordar um tema que esta sendo muito discutido no Facebook ultimamente. É a lei da cota zero para o estado de Goias, abrangendo a bacia do rio Araguaia e afluentes. Então venho aqui expor algo que penso e saber dos amigos o que vocês acham sobre isso.

Ora, tenho tempo (e dinheiro) para apenas 1 pescaria no Araguaia por ano, viajo 1500km, gasto em torno de r$3000,00 numa pescaria dessas. Não sou matador de peixes deixo isso bem claro, porem eu não vejo mal algum em trazer 5 ou 6 mandubés(que foi o que eu trouxe na ultima pescaria) para minha familia, pois assim como eu fico na expextativa de ir pescar, eles ficam na expectativa de poder comer um peixe natural, que é muito diferente dos comprados aqui no mercado(criados em cativeiro). Pensando assim vou expor algo abaixo:

1- Aqui em uma cidade vizinha, existe uns 10 restaurantes à beira de um rio famoso, e ao passear nesse local, me deparei com 10 churrasqueiras repletas de Piraibas, Pirarucus e Tambaquis. Ao questionar o dono de onde vinham os peixes, o mesmo me disse que eles vem de rios do norte do MT, ou seja, de uma região que ja esta em vigor a Cota Zero. Eu não posso trazer 5 mandubés, eles podem trazer caminhões de peixes que correm sério risco de extinção?

2- O governo e suas hidroelétricas: Em MT a cota é zero, mais estão construindo quase uma dezena de barragens represando os rios mais piscosos de la, o Juruena e o Teles Pires. Então qual a importância de eu trazer meus 5 mandubés, e eles acabarem com todo o ecossistema dos rios que mais tem peixes da região, inclusive fazendo sumir uma das maravilhas de lá, a famosa "sete quedas"? Aliás segundo o dono do restaurante citado acima, é de la que vem as Piraibas e os Pirarucus. Dizem que essas barragens vem com escadas para o peixe subir, agora uma Piraiba ou Jau em sua idade reprodutiva(aprox. 1 metro)que tem em abundancia por la consegue subir essas escadas? Não! Assim como acabaram os peixes aqui do rio Paraná(Jaus, pintados, cacharas), com certeza vai haver uma diminuição dos estoques pesqueiros de lá.

Agora imaginem num ato de extrema loucura resolvem fazer 3 ou 4 barragens no Araguaia, o que vai ser?

3- Poluição: Ja vi alguns videos no youtube sobre matanças de peixes no rio das mortes, afluente principal do rio Araguaia, devido a agrotóxicos que cairam no rio. E tinha muito peixe morto mesmo, cena muito triste. Ora, eu não posso trazer 5 mandubés e os fazendeiros da região soltam poluição nos rios, matam milhares de peixes(Nem eu pescando 10 anos não pegaria esse tanto de peixes) e ficam impunes! Agora imagina o rio Araguaia, com o tanto de peixe que tem(tem muito), se por um acaso acontece um desastre desses?

4- Cidades ribeirinhas: O rio Araguaia possui muitas cidades ribeirinhas, tenha certeza de que essa cota zero não valera para quem mora nessas cidades, o povo sempre arruma um jeito, procure por videos no youtube e verá que esse povo mata Piraiba, Pirarucu e pirarara e tudo que pegar, pescando com redes, tarrafas e todos os "apetrechos já proibidos por lei", inclusive os indios, que matam para vender, e não para própria subsistencia.

Então, diante do exposto acima, venho aqui para debater, a questão da cota zero como "radicalismo"(cota zero = não pode trazer nada). Sou a favor da cota zero para quase todos os peixes ,para os "piras", inclusive para cachara e para dourada. Agora, na minha humilde opnião, vejo que a Cota zero para todos os peixes talvez não seja a única ou a melhor saida para preservação.

Agradeço a atenção de vocês. Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nelson,

Tudo feito com "radicalismo" tende a ser nocivo !

arrow:: Tendência nem sempre é a realidade observada...

Pescadores esportivos, quase sempre estão mais preocupados com o meio ambiente do que os "ecólogos de plantão" (ressalvas sempre são necessárias). Não vejo bem qual a diferença de alguns peixes "comidos no barranco", daqueles levados para casa ! Vejo sim, um pouco de "hipocrisia" nesse tipo de bravata !

Temos que tomar cuidado mesmo é com a comercialização do pescado silvestre, esse sim o grande vilão desse processo ! Se quisermos ser "menos radicais e certamente mais acertivos", que seja terminantemente proibido o transporte de pescado com fins comerciais!

arrow:: Pescou para consumo regional, não tem qualquer problema !

arrow:: Mas começou a criar frigorífico para tratar do peixe e exportar para outros municípios, estados e até mesmo países, a coisa complica !

Claro que aparecerão os defensores dos pescadores profissionais (e suas famílias), mas qual é mesmo o tema ???

Outro aspecto da maior importância é não achar que o "progresso" será impedido com conceitos ecológicos, pois isso NÃO IRÁ ACONTECER ! Quem duvidar, basta olhar o parque hidroelétrico brasileiro !

arrow:: Não me refiro ao existente, mas o que se seguirá num breve espaço de tempo !

arrow:: Precisamos SIM fazer com que existam "contrapartidas" para todas essas perdas !

arrow:: Não discutam sobre a conveniência (ou não) das barragens, pois isso já é algo inexorável.

Discutamos como suprir as perdas das nascentes, das áreas reprodutivas das espécies e coisas desse tipo, pois é a única coisa que poderá "florescer"... as demais, poderão até serem atrasadas, mas irão acontecer sim !

Estamos SIM, perdendo o espaço silvestre de nossa natureza, mas mais que ela, estamos perdendo a nossa essência como povo, constantemente humilhado por ações e atos torpos, sempre com a inconsequência da impunidade.

arrow:: Aparentemente acostumamo-nos a isso, e talvez até estejamos resignados a perder o que temos perdido desde a nossa descoberta, lá pelos idos de 1500...

Comer um peixe em casa é um direito de qualquer pescador !

Se ele for além de esportista, também conservacionista, ele irá preferir um exemplar criado em cativeiro, preservando as espécies silvestres, mas nada além disso !

arrow:: Já trouxe peixe de pescarias realizadas no passado, mas hoje sinto um sabor todo especial em ver os peixes retornando ao seu habitat !

arrow:: Se sou contra abater alguns para festejar a alegria do momento ? Óbvio que não...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Boa noite Ramon!

Até concordaria com voce se a regra fosse para todos, e não com tantas desigualdades como postei acima!

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Concordo com Ramon!!!

em nossa país, isso é a unica coisa que funciona, já que ninguem respeita as leis..

Talvez assim sera menos pior

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Concordo com Ramon!!!

em nossa país, isso é a unica coisa que funciona, já que ninguem respeita as leis..

Talvez assim sera menos pior

Boa noite amigo Pedro!

Vejo voce com uma bela pirarara em sua foto. Com certeza ela foi pescada com isca natural, ou seja, no Araguaia o guia vai la com uma tarrafinha e pega uns 10~20 papa-terras pra servir de isca. Ora porque podemos sacrificar para usar de isca e não posso sacrificar para matar a fome? A simples questão é a respeito do radicalismo, que no caso, não vai valer de nada!

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não é questão de radicalismo ou não, a questão é O PEIXE ESTÁ ACABANDO e se tal medida não tivesse ocorrido, qual séria o futuro do Araguaia?

Esse tema vem sendo debatido a ANOS ... Como já questionei no Facebook .

Cota zero além de tudo foi um APELO dos moradores locais para a Proibição do transporte de pescado, juntamente com :

-Turistas

-Donos de Pousadas

-Guias

O tema gerou bastante polêmica no meu Facebook, aos amigos que tiverem a rede social aqui o link :

https://www.facebook.com/photo.php?fbid ... =1&theater

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

FALOU TUDO ::tudo:: ::tudo::

peixe é um animal selvagem como qualquer outro

extrativismo é coisa do passado, a natureza não suporta mais tamanha pressão...

Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desculpa que muitos estão matando, vendendo não serve de protesto para o pescador levar peixe para casa, façamos a nossa parte, o que os outros estão fazendo não importa, o que realmente importa e a sua ou a nossa atitude. Se nos queremos ver a pesca como esporte, jamais poderemos querer que o nosso oponente ou adversário morra. Agora, se você e um pescador amador e segue as regras da pesca amadora, você tem direito a cota de PESCADO estabelecida pela legislação ambiental. Mas a partir do momento que optou em ser um pescador esportivo, o peixe se torna adversário e não comida. Comer peixe e sadio e faz bem, mas porque não comprá-lo em peixarias e supermercados como se compra galinha, porco e outras carnes.

Pesca Esportiva não existe meio termo, ou o pescador e esportivo ou não é... Nada contra quem gosta de trazer um peixinho pra casa, mas sai se considerar um pescador esportivo e outros 500...

Cota zero não e radicalismo e necessário.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

FALOU TUDO ::tudo:: ::tudo::

peixe e um animal selvagem como qualquer outro

extrativismo é coisa do passado, a natureza não suporta mais tamanha pressão...

Valeu!!!

Boa noite Miron!

Concordo com voce que a natureza não suporta tanta pressão, pois qdo vou ao araguaia, vejo que o rio proximo a luis alves as vezes é mais movimentado que a marginal Tietê em SP. :gorfei: :gorfei:

Agora, faço a mesma pergunta de novo, porque os papa-terras que eu uso pra matar a fome são tão importantes para o rio, se os que são pegos diariamente pra pescar lindos peixes como essa sua piraiba não importam?

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desculpa que muitos estão matando, vendendo não serve de protesto para o pescador levar peixe para casa, façamos a nossa parte, o que os outros estão fazendo não importa, o que realmente importa e a sua ou a nossa atitude. Se nos queremos ver a pesca como esporte, jamais poderemos querer que o nosso oponente ou adversário morra. Agora, se você e um pescador amador e segue as regras da pesca amadora, você tem direito a cota de PESCADO estabelecida pela legislação ambiental. Mas a partir do momento que optou em ser um pescador esportivo, o peixe se torna adversário e não comida. Comer peixe e sadio e faz bem, mas porque não comprá-lo em peixarias e supermercados como se compra galinha, porco e outras carnes.

Pesca Esportiva não existe meio termo, ou o pescador e esportivo ou não é... Nada contra quem gosta de trazer um peixinho pra casa, mas sai se considerar um pescador esportivo e outros 500...

Cota zero não e radicalismo e necessário.

joia::: joia::: joia::: joia:::

COTA ZERO, e já é tarde.....

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desculpa que muitos estão matando, vendendo não serve de protesto para o pescador levar peixe para casa, façamos a nossa parte, o que os outros estão fazendo não importa, o que realmente importa e a sua ou a nossa atitude. Se nos queremos ver a pesca como esporte, jamais poderemos querer que o nosso oponente ou adversário morra. Agora, se você e um pescador amador e segue as regras da pesca amadora, você tem direito a cota de PESCADO estabelecida pela legislação ambiental. Mas a partir do momento que optou em ser um pescador esportivo, o peixe se torna adversário e não comida. Comer peixe e sadio e faz bem, mas porque não comprá-lo em peixarias e supermercados como se compra galinha, porco e outras carnes.

Pesca Esportiva não existe meio termo, ou o pescador e esportivo ou não é... Nada contra quem gosta de trazer um peixinho pra casa, mas sai se considerar um pescador esportivo e outros 500...

Cota zero não e radicalismo e necessário.

Boa noite Alex.

Concordo com boa parte do que voce falou, eu sou pescador esportivo mais não sou radicalista, quando vou ao araguaia e vejo o guia tarrafear para pegar uns papaterras para isca, não falo nada pois é o mais certo para se pescar os grandes de couro certo? agora , seguindo seu pensamento, quando vc vai ao araguaia e ve alguem tarrafear e pegar os mesmos papaterras o que voce faz? radicaliza e diz que não quer pescar peixes de couro por não querer matar os papaterras?

A questão é apenas não ser tão radical!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Concordo com Ramon!!!

em nossa país, isso é a unica coisa que funciona, já que ninguem respeita as leis..

Talvez assim sera menos pior

Boa noite amigo Pedro!

Vejo voce com uma bela pirarara em sua foto. Com certeza ela foi pescada com isca natural, ou seja, no Araguaia o guia vai la com uma tarrafinha e pega uns 10~20 papa-terras pra servir de isca. Ora porque podemos sacrificar para usar de isca e não posso sacrificar para matar a fome? A simples questão é a respeito do radicalismo, que no caso, não vai valer de nada!

Abraços

Boa noite!

Simplesmente porque existe peixaria para matar a fome, e nao existem lojas onde compra-se iscas como Corimbas. Entao nao temos escolha, utilizamos a isca que é necessario na pesca dos grandes peixes, mas nao levo peixe pra casa pq isso sim nao é necessario.

E olha que eu gosto comer peixe assim como tu, mas vejo que nesse momento é preciso preservar da forma mais severa possivel pra que eu possa pescar muitos anos com a mesma piscosidade.

abraçoos!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

não é crime matar passarinho??porque peixe pode bang::

só sobra pro coitado do peixe,eu sou totalmente a favor da cota zero ::tudo::

quer comer peixe que seja de criadouros como acontece com os bois,frangos etc.

Concordo com Ramon!!!

em nossa país, isso é a unica coisa que funciona, já que ninguem respeita as leis..

Talvez assim sera menos pior

Boa noite amigo Pedro!

Vejo voce com uma bela pirarara em sua foto. Com certeza ela foi pescada com isca natural, ou seja, no Araguaia o guia vai la com uma tarrafinha e pega uns 10~20 papa-terras pra servir de isca. Ora porque podemos sacrificar para usar de isca e não posso sacrificar para matar a fome? A simples questão é a respeito do radicalismo, que no caso, não vai valer de nada!

Abraços

Boa noite!

Simplesmente porque existe peixaria para matar a fome, e nao existem lojas onde compra-se iscas como Corimbas. Entao nao temos escolha, utilizamos a isca que é necessario na pesca dos grandes peixes, mas nao levo peixe pra casa pq isso sim nao é necessario.

E olha que eu gosto comer peixe assim como tu, mas vejo que nesse momento é preciso preservar da forma mais severa possivel pra que eu possa pescar muitos anos com a mesma piscosidade.

abraçoos!!!

Então pedro na verdade eu nem gosto muito de comer peixe, só como na beira do rio, mas só fiz esse post como forma de desabafo porque o Brasil é um pais tão injusto, em todos os aspectos, como citei varios acima. Queria que fosse diferente com certeza! Pesco muito aqui no rio piracicaba, pegamos muito peixe inclusive Dourados grandes de 8~10 kilos e piaus que chegam a 4 kilos, na região é o melhor local para pesca esportiva. Só pegamos peixe na época das cheias, porque quando o rio baixa é só esgoto. Percebe que não bastou preservar os peixes se o rio apodreceu?

abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desculpa que muitos estão matando, vendendo não serve de protesto para o pescador levar peixe para casa, façamos a nossa parte, o que os outros estão fazendo não importa, o que realmente importa e a sua ou a nossa atitude. Se nos queremos ver a pesca como esporte, jamais poderemos querer que o nosso oponente ou adversário morra. Agora, se você e um pescador amador e segue as regras da pesca amadora, você tem direito a cota de PESCADO estabelecida pela legislação ambiental. Mas a partir do momento que optou em ser um pescador esportivo, o peixe se torna adversário e não comida. Comer peixe e sadio e faz bem, mas porque não comprá-lo em peixarias e supermercados como se compra galinha, porco e outras carnes.

Pesca Esportiva não existe meio termo, ou o pescador e esportivo ou não é... Nada contra quem gosta de trazer um peixinho pra casa, mas sai se considerar um pescador esportivo e outros 500...

Cota zero não e radicalismo e necessário.

Sigo essa linha de pensamento tbm. joia::: joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cota zero sou a favor!!! Brasil TEM que ser assim!!!

Lei seca: se não houvesse mudança nesta lei nada iria acontecer para os que bebiam e dirigiam.. dai ficou mais cara a multa.... muitos estão mais preocupados..

Brasileiro: se não tiver fiscalização e não doer no bolso... nada adianta!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

esses pescadores profissional esquecem que dessa forma que fazem um dia não Haverá mais peixes, agora com a cota zero ou mesmo tendo uma cota para levar peixe ou consumir um peixe no local quem vai trazer desenvolvimento é o turista ...tem muitos pescadores que vão daqui para Argentina pescar e com isso muitos locais no Brasil que tem o mesmos rios e melhores para pesca esportiva não desenvolve por não ter uma lei severa ....

hoje quem mata não vai para cadeia.... e o desgraçado do Renan Calheiros está aonde!!..se ai não tem vergonha na cara oque podemos esperar do Brasil !!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A desculpa que muitos estão matando, vendendo não serve de protesto para o pescador levar peixe para casa, façamos a nossa parte, o que os outros estão fazendo não importa, o que realmente importa e a sua ou a nossa atitude. Se nos queremos ver a pesca como esporte, jamais poderemos querer que o nosso oponente ou adversário morra. Agora, se você e um pescador amador e segue as regras da pesca amadora, você tem direito a cota de PESCADO estabelecida pela legislação ambiental. Mas a partir do momento que optou em ser um pescador esportivo, o peixe se torna adversário e não comida. Comer peixe e sadio e faz bem, mas porque não comprá-lo em peixarias e supermercados como se compra galinha, porco e outras carnes.

Pesca Esportiva não existe meio termo, ou o pescador e esportivo ou não é... Nada contra quem gosta de trazer um peixinho pra casa, mas sai se considerar um pescador esportivo e outros 500...

Cota zero não e radicalismo e necessário.

Boa noite Alex.

Concordo com boa parte do que voce falou, eu sou pescador esportivo mais não sou radicalista, quando vou ao araguaia e vejo o guia tarrafear para pegar uns papaterras para isca, não falo nada pois é o mais certo para se pescar os grandes de couro certo? agora , seguindo seu pensamento, quando vc vai ao araguaia e ve alguem tarrafear e pegar os mesmos papaterras o que voce faz? radicaliza e diz que não quer pescar peixes de couro por não querer matar os papaterras?

A questão é apenas não ser tão radical!

Não é o fato de ser radical ou não, o fato é que não tem como ser pescador esportivo e matar peixe para levar para casa, isso deixou de ser esportividade, mas como eu disse anteriormente, quem segue as regras da pesca amadora, tem o seu direito de levar a cota estabelecida, desde que esteja devidamente licenciado. O fato de soltar os peixes não quer dizer que seja um pescador esportivo e sim a sua atitude em relação a pesca, ao meio ambiente... Imagina se todos os pescadores que falam que são esportistas levassem 5 kilos de peixe para casa? Não existiria o porque da existência da pesca esportiva, então vamos todos sermos pescadores amadores. Se alguns fazem errado, não é motivo para fazermos também.

Minhas palavras não tem maldade nenhuma contra ninguém, mas é assim que vejo e é assim que a maioria dos pescadores realmente esportivos veem. Quanto se matar um Curimba para fazer de isca ao invés de levar para casa, entra na questão ATITUDE que mencionei. Até porque esse peixe assim como o Piau, lambari e alguns outros, são peixes forrageiros, são peixes que nascem para servir de alimento para peixes maiores, na natureza todo dia morre muitos peixes para servirem de alimento para o maiores.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem, eu vivenciei no próprio Rio Araguaia, os peixeis quase acabaram entre 1994 a 2000, e após os 2 anos de cota zero acho que entre 2000 e 2001, e o defeso da pirarara, piraíba e pirarucu. No período 2002 até 2008, a diferença das pescarias eram gritantes, após 8 anos pescando na região do Luis Alves/Bem Vinda onde meu pai possuía um rancho, finalmente eu realizei diversas pescarias ótimas/excelentes. Não pesco lá desde 2009, mas pelos relatos a condição do Rio Araguaia regrediu muito.

Portanto acho que a cota zero, mesmo não sendo permanente vale muito a pena, até para que o Rio possa descansar um pouco.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou fazer outras perguntas.

arrow:: Cota Zero é necessidade para quem, os peixes e a natureza, ou o pescador esportivo e sua diversão?

arrow:: Não seria hipócrita por parte do percador esportivo, defender a cota zero total para repor o estoque pesqueiro, sendo que no fundo ele está pensando em melhorar a eficácia e suas pescarias em prol da diversão?

arrow:: Quem aqui defenderia o cota zero temporário, inclusive com a proibição da pesca esportiva para que ocorra uma melhoria no estoque pesqueiro?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou fazer outras perguntas.

arrow:: Cota Zero é necessidade para quem, os peixes e a natureza, ou o pescador esportivo e sua diversão?

arrow:: Não seria hipócrita por parte do percador esportivo, defender a cota zero total para repor o estoque pesqueiro, sendo que no fundo ele está pensando em melhorar a eficácia e suas pescarias em prol da diversão?

arrow:: Quem aqui defenderia o cota zero temporário, inclusive com a proibição da pesca esportiva para que ocorra uma melhoria no estoque pesqueiro?

Acho que o amigo está invertendo os valores ou não entende a pesca como esporte e até como proteção do estoque pesqueiro.

1º - Cota zero é necessidade tanto para garantir o estoque pesqueiro, porque não são todos que praticam a pesca esportiva realmente, é bom para a natureza, bom para o turismo, desenvolvimento social e econômico e atc... Se fosse somente para garantir a diversão do pescador, não precisaríamos ir tão longe atrás dos peixese gastar tanta grana, pois os pesque pagues estão lotados de peixes e muito mais próximos.

2º - Cota zero para um pescador esportivo é apenas para proteção dos peixes e para a sustentabilidade de um segmento do turismo tão importante quanto qualquer outro segmento gerador de renda e divisas. Acho que quem é realmente pescador esportivo, está pouco ligando para demostrar sua técnica e eficácia em suas pescarias, isso já passa a ser pescador exibicionista.

3º - 90% ou mais das pescarias realizadas por pescadores esportivos, são de peixes que não fazem piracema, então a sua preocupação de proíbir a pesca esportiva para que ocorra uma melhoria no estoque pesqueiro é totalmente sem sentido.

4º - Vejo que a preocupação que a COTA ZERO causa é em apenas pessoas que tem o desejo de trazer peixe para casa, talvez isso seja o motivo, pois com a cota zero não poderão trazer mais. Pesca extrativista em águas interiores deve ser proíbido, como isso nunca acontecerá no Brasil, pois no resto do mundo já é, pelo menos a cota zero irá amenizar a matança indiscriminada de peixes, inclusive dos peixes de alto valor econômico turisticamente, que deveriam receber leis específicas para eles.

5º - Peixe para consumo tem que ser criado e não tirado da natureza. Com a caça foi assim e tiveram que se adaptar, com a pesca terá que ser feito da mesma forma.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou fazer outras perguntas.

arrow:: Cota Zero é necessidade para quem, os peixes e a natureza, ou o pescador esportivo e sua diversão?

arrow:: Não seria hipócrita por parte do percador esportivo, defender a cota zero total para repor o estoque pesqueiro, sendo que no fundo ele está pensando em melhorar a eficácia e suas pescarias em prol da diversão?

arrow:: Quem aqui defenderia o cota zero temporário, inclusive com a proibição da pesca esportiva para que ocorra uma melhoria no estoque pesqueiro?

Acho que o amigo está invertendo os valores ou não entende a pesca como esporte e até como proteção do estoque pesqueiro.

1º - Cota zero é necessidade tanto para garantir o estoque pesqueiro, porque não são todos que praticam a pesca esportiva realmente, é bom para a natureza, bom para o turismo, desenvolvimento social e econômico e atc... Se fosse somente para garantir a diversão do pescador, não precisaríamos ir tão longe atrás dos peixese gastar tanta grana, pois os pesque pagues estão lotados de peixes e muito mais próximos.

2º - Cota zero para um pescador esportivo é apenas para proteção dos peixes e para a sustentabilidade de um segmento do turismo tão importante quanto qualquer outro segmento gerador de renda e divisas. Acho que quem é realmente pescador esportivo, está pouco ligando para demostrar sua técnica e eficácia em suas pescarias, isso já passa a ser pescador exibicionista.

3º - 90% ou mais das pescarias realizadas por pescadores esportivos, são de peixes que não fazem piracema, então a sua preocupação de proíbir a pesca esportiva para que ocorra uma melhoria no estoque pesqueiro é totalmente sem sentido.

4º - Vejo que a preocupação que a COTA ZERO causa é em apenas pessoas que tem o desejo de trazer peixe para casa, talvez isso seja o motivo, pois com a cota zero não poderão trazer mais. Pesca extrativista em águas interiores deve ser proíbido, como isso nunca acontecerá no Brasil, pois no resto do mundo já é, pelo menos a cota zero irá amenizar a matança indiscriminada de peixes, inclusive dos peixes de alto valor econômico turisticamente, que deveriam receber leis específicas para eles.

5º - Peixe para consumo tem que ser criado e não tirado da natureza. Com a caça foi assim e tiveram que se adaptar, com a pesca terá que ser feito da mesma forma.

Boa tarde.

Na verdade o motivo pelo meu post como citei acima, foi um desabafo, pois eu pessoalmente vejo que somente a lei da cota unica não ira resolver. Existe um estudo sobre isso? Tem varios outros pontos que não mudara com a cota zero, todos aqueles que citei acima. Agora o governo impoe a cota zero, daqui 2 anos o rio esta cheio de peixes. Ótimo. Ai vem um fdp de um fazendeiro e solta poluição no rio e mata tudo ou vem o governo e mete 2 ou 3 barragens no Araguaia. Resolveu ser tão radical?

Todo mundo quer sim ver o rio cheio de peixes, ainda mais eu que vou 1x ao ano, mas só a lei vai resover quanto do problema?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A matematica é simples,a cada dia cresce o numero de pescadores,e muito,mas o numero de rios não cresçe mais não (ou pior esta é diminuindo)...então se todo mundo for levar a sua cota a natureza não suporta mais...

Tem que ter a cota zero nem que seja temporária,para o estoque se recuperar,pois por sorte nossa a natureza tem um poder de regeneração muuuito rapido...como aconteceu no Araguaia.

Quanto aos papa-terras Nelson,é como o Alex falou,são peixes forrageiros que nasceram para servir de alimento para os maiores...quando agente usa esses peixes como isca de todo jeito eles vão ser revertidos em alimento para os predadores,seja o boto,piranha,candiru,jacaré e os peixes maiores,nós não deixamos apodrecer no barco ou jogamos no barranco...ok

Mas o que mais esta me preocupando é o nanismo dos peixes,se não houver a cota zero pelo menos tem que implantar o tamanho máximo urgente...

Abraço!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou enfiar a mão nesse vespeiro também. Tenho a ousadia de me considerar amigo de vários defensores da cota zero, mas sou a favor apenas se ela for TEMPORÁRIA. Cota zero é a estória do cobertor curto: Você cobre de um lado, mas descobre do outro. Manutenção de estoque pesqueiro não é só responsabilidade social e ecológica do pescador esportivo/ amador. É do ribeirinho, do profissional, do dono de restaurante. Responsabilidade que gera direitos. Deixa de ser importante e é extremamente injusto achar que só existe um lado nessa estória, e só uma solução. Solução que atropela o direito do próximo, vocês vão me desculpar... não é solução. O direito que um pescador tem de soltar todos os peixes que pescar é exatamente o mesmo que o outro tem de levar alguns peixes para comer com sua família. Se isso não for claro pra todos, infelizmente não aprendemos o conceito de democracia.

A meu ver, o que precisamos é de apenas alguns ajustes na lei. Falta estabelecimento de tamanho máximo, por exemplo. Mas o ajuste mais importante a ser feito é FAZER CUMPRIR A LEI. Quem é contraventor, só aprende quando o órgão mais sensível do corpo humano é tocado: o BOLSO. FISCALIZAÇÃO, MULTA e CADEIA pra quem desobedecer a lei. O Nelson levantou um ponto importantíssimo, não adianta nada proibir o pescador de transportar peixes e não punir o agricultor que polui, não meter o ferro no frigorífico que está por trás da compra de peixe sem quantidade nem respeito ao tamanho mínimo, não acabar com a sem vergonhice que é índio vendendo peixe com nota - e, claro, vendendo a nota também. Se a farra pro lado deles não tem medida, por que eu devo concordar em abrir mão do meu direito e gosto pessoal de fazer uma peixada pra minha família, com os peixes que eu pesquei? Não é pra isso que serve a licença de pesca que eu pago?

Outro aspecto importantíssimo cuja falta é gritante é a PESQUISA. A opinião de quem esta na água, e que vive da pesca das mais diversas maneiras é fundamental, mas lei baseada em achismo não dá pra engolir. O pouco que temos de lei pesqueira é minimamente baseada em pesquisa. Quantos trabalhos científicos foram feitos no Brasil nos últimos 10 - 20 anos cujo foco é o conhecimento dos estoques pesqueiros? Quando muito, se transfere decisões tomadas em um determinado local pra outro, sem preocupação com a diferença entre realidades. Um exemplo claro do resultado positivo de uma pesquisa científica bem feita, bem como a correta interpretação de dados e o monitoramento dos estoques pesqueiros é o da reserva de Mamirauá. Se alguém tiver curiosidade a respeito do que é feito lá, acesse o site: http://www.mamiraua.org.br/manejo-e-desenvolvimento/programa-de-manejo-de-pesca/ . A cada ano a população do pirarucu cresce, bem como a cota que cada pescador cadastrado pode vender, assim provendo sua família de forma digna.

Finalizo reforçando que não sou contra a cota zero se ela for temporária, afinal na pior das hipóteses está se fazendo algo em prol da pesca. Mas paralelamente é imprescindível investir em fiscalização e pesquisa científica. Se a nenhum dos aspectos citados for dada a devida importância, infelizmente a cota zero será apenas mais uma lei que desrespeita parte da população e é feita só pra inglês ver.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×