Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Entre para seguir isso  
Astra-Taranis

douradinho de aquario

Posts Recomendados

respeito sua opinião, mas não concordo. Nem de perto nem de longe...

 

Serve para comer, umas 3 ou 4 familias..

 

Nao adianta mirar na doença e matar o doente! Quem destrói os rios não são pescadores amadores, são os que jogam esgoto, lixo, desmatam, pescam profissionalmente, usam motores desregulados (e jorrando óleo 2t), quem entra com o carro dentro do rio e deixa lá o eixo melecando oleo na agua alem de toda sorte de sujeira e contaminante, é quem deixa ou joga coisas dentro do rio depois que usou, enfim... Muita gente , gente próxima, gente que quando aparece nas festas todo mundo quer tirar foto, pq é AUTORIDADE, POLÏTICO e por aí vai...

 

Esse infeliz ai do video, não causou dano algum pq fisgou um belíssimo exemplar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Astra ja vi antes que vc é bem polêmico,mas nesse caso ai tem que se ter a consiencia que exemplares desse tamanho não se pode matar de jeito nenhum por se tratar de um excelente reprodutor com potencial enorme em todos os sentidos(nem preciso entrar em detalhes) e com otima genetica,(vc ja viu falar em nanismo?) é muito melhor pegar 2 ou 3 menores pra consumo igual vc falou e soltar um desse tamanho...que no fundo é oqual todo mundo almeja pegar...e a carne nem é tao boa,pelo visto este cara ai matou apenas para alimentar seu ego,mostrar para os outros que é um bom pescador,fala sério né,isso é coisa do passado...

 

Agora,falar que pescador amador não destroi os rios,vc pecou,vai la no araguaia por ex e ve o tanto de pescador que tem,o numero de pescadores vem cresçendo absurdamente,a natureza não aguenta mais tanta pressão...o numero de pescadores está cresçendo mas o numero de rios não,vão ser sempre os mesmos ( ou diminuindo ne)...imagina cada um la trazendo a sua cota,não vai sobrar peixe nenhum no rio...por isso que implantaram a cota zero aqui...é claro que não é só o pescador amador que destroi,quero deixar bem claro aqui,mas ele faz parte tb de um conjunto todo(como o sr. disse) que destroi

Não precisa vir dizendo que o que destroi são barragens,desmatamentos,garimpos,governos,etc,etc,etc...isso nós estamos carecas de saber...apenas reflita

 

Valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Miron, boa tarde td bom?

 

Novamente: respeito (e muito! vai ver pq!) mas nao concordo...

 

E de novo: não adianta mirar na doença e matar o doente... Não resolve!

 

Eu não me considero polemico, me considero franco, sincero, objetivo e principalmente realista com os valores. Hoje no mundo politicamente correto isso assusta, até entendo... Fui criado para ser um Lord, uma completa boneca e fui assim por muitos anos, até perceber que com idéias calmas e suaves eu conseguia muitos amigos, sorrisos, tapinha nas costas mas de fato o RESULTADO (que é o que importa pro mundo) era NULO ou pior : O OPOSTO, a politicamente correta que vivemos hoje é uma enganação para aparecer de bonzinho e praticar barbáries por trás de um sorriso amigável. Só isso.

 

Por isso hoje eu apenas sou franco, as vezes um pouco ácido (concordo), mas nem de longe sou um "do contra" "problemático".

 

Tanto é que se eu fosse presidente desse país, já teríamos a cota zero nacionalmente há pelo menos 20 anos, não só isso, teria como crime hediondo, inafiançável, para todos os gestores que nao cumprissem regras básicas:

a) lixo e esgoto ZERO,

b) tratamento de refluxos de esgotos obrigatórios,

c) povoamento de no mínimo 10x o número de habitante do municipio em peixes nativos (por ANO!),

 

nao fez isso, cadeia e um bela dose de afagos dos PM todo mes... Isso só para começar que fique claro...

 

Tambem acabaria com a pesca ilegal e profissional. Que fique claro.

 

Sabe aquela peixaria perto da tua casa? Entao, ela por normativa da anvisa, tem que jogar fora todo pescado semanalmente, incluso dourados maiores que do video, por isso os peixes sao tao caros pra comprar, sabe quantos peixes em média sao descartados por estabelecimento? mais de 80% deles. Todo sexta feira recebem no minimo 1 caminhão lotado de peixe.

 

Dito isso, acha mesmo que o rapaz do vídeo é verdadeiro assassino ou aquele amigão piloteiro que te leva todo final de semana pros pontos de pescaria .. Pega sem parar durante a semana inteira, vende sem imposto nenhum e ainda vc entrega cerveja de graca pro cara pra "nao ficar chato..." ???

 

Essa semana teve um deslizamento de terra de rejeitos de uma mina, foram sei lá quantos mil campos de futebol de terra e metais pesados que caíram num rio, sabe quantos anos vai levar pra restaurar isso??? BEm mais que a existencia humana!

 

1 gota de oleo polui  1 MILHÃO de litros de agua, basicamente só ligar o motor de popa vc polui ao menos uns 10 km pra cima e pra baixo de rio...

 

Nao adianta falar que o cara é ASSASSINO, essa alcunha não pode ser colocada no rapaz (que diga-se nunca vi mais feio).

 

Um peixe como aquele, já viveu mais de 20 anos, e portanto, não se reproduz mais (nao encontrei uma fonte razoavel mas logo te acho uma pesquisa cientifica a respeito), um dourado daquele tamanho tambem não possui mais predadores em quantidade mas ainda é um feroz predador. Logo, ele esta vivendo e matando e nao se reproduzindo.

 

Qualquer um que teve um aquario na vida, sabe que peixes feridos ou doentes sao mortos por outros peixes quando nao canibalizados, isso ocorre também em peixes nativos, basta ir numa fazenda de piscicultura pra ver isso em ação, faça um corte num peixe e veja como os outros rapidamente excluem ele para mata-lo em seguida.

 

E aqui está o grande politicamente correto agindo novamente, aquele peixe que vc fisgou, machucou com o anzol, sangrou, provavelmente vai morrer em poucos minutos seja por canibalismo ou por exclusão natural da natureza, isso se não encontrar um cardume de piranha, aí é carnificina. Logo vc pescou, soltou, não comeu e matou do mesmo jeito, nessa ótica da natureza, quantos peixes voce matou na última pescaria? Quantos peixes foram mortos pela peixaria da esquina?

 

Longe de mim te chamar de assassino, mas talvez vc tenha sido mais responsavel pela mortandade de peixe do que pode imaginar. Vamos todos nos chamar de camaradas, assassinos ou talvez genocidas?

 

também não acho certo o cara que vai no rio todo final de semana e pesca a sua "cota" , isso é irresponsabilidade e está cheio de gente nesse exato momento fazendo isso. Talvez esse seja o caso do rapaz do video, talvez nao seja...

 

Fui muito em rios, hoje mesmo recebi uma foto de uma turma de uns 20 pescadores que ficaram 1 semana no pantanal, tem peixe ali pra caramba... Seria entao um genocídio? Novos Adolfs Hitlers?

 

COLLEE!! Os caras vao 1 x por ano!  cada um ali levou no maximo 3 peixes pra casa que VAO SER CONSUMIDOS!!! muito diferente dos peixes da peixaria (esse pode neh?) que vao ser descartados num buraco qualquer...

 

Tudo tem que ser refletido e nao generalizado, tudo tem que ser avaliado, nem tudo que é permitido é interessante, nem tudo que é ilegal é um pecado , nem todo pescador trocou seu sangue com o diabo e cozinhou as entranhas da própria mãe...

 

Só como exemplo, participo do forum 4x4brasil, o maior forum do genero que conheco latino.

 

Cansei de brigar por lá dizendo que estavam destruindo a natureza, levei banimento 3x por defender a tese de não usarem pneus grandes, nao irem em comboio e que a maioria do forum era um verdadeiro destruidor de natureza.

 

ORAA vejamos! é comum um comboio de 35 ou mais jeeps entrarem em matas, riachos, rios, picadas etc, fazendo um barulho infernal, soltando fumaca por motores desregulados, quebrarem peças pelo caminho e quase 100% deles tem algum vazamento de oleo ou graxa ou coisas imbecis como tacar oleo de mamona por baixo do carro, aí ficam andando que nem tontos bebendo cerveja por horas dentro das matas... Já viram o estrago que esses carros fazem?

 

Ai vem me falar que estao protegendo a natureza, que nao quebram arvores, que replantam arvores etc, tudo por tras da linda politca correta, fazem ate carreata com fotos e banners pelas cidades e colocam nos foruns da vida.

 

Mas vai la ver os buracos que fazem, as pocas de agua que viram verdadeiros poços de lamas capaz de cobrir um carro normal, vai ver quantos e quantos riachos ficaram contaminados com graxa e oleo, fora a perturbação natural pelo barulho e as latinhs de cerveja que ficam pelo caminho.

 

Poxa mas sao tao legais?! Sao tao serios! Plantam arvores, cuidam, usam cabos que nao machucam a arvores, promovem o contato com a natureza.... Todo mundo aplaude, mas na pratica é exatamente os tapinhas nas costas e sorrisos que falei no inicio do meu post.

 

Iai ? Cade a polemica? Eu que briguei contra isso ou nos caras que sao LEGAIS E AMANTES DA NATUREZA?

 

Conheco pelo menos 3 matas que sempre foram alvo de caça, desde menino andava por la, proibiram a caça e por que sera que do nada acabaram os passarinhos e micos? Pq agora entram jeeps com 500cv la dentro cheio de oleo e barulho, tem moto andando a mais de 100km/h e pulando como se estivessem no apocalipse nuclear... Ambas as matas estao morrendo rapidamente...

 

A pesca meu amigo é igualzinho uma caça, apenas o meio é a agua, não adianta vc ir lá e dar uma pedrada num mico pra ve-lo cair da arvore e tirar foto, ele pode ate subir de novo, mas vai estar machucado e provavelmente vai morrer rapidinho.

 

A natureza SEMPRE foi assim e nao vai mudar quer voce ou eu queramos... Lei da sobrevivencia,

 

De novo, mirar na doença e matar o doente não é o correto.

 

Nao sou contra o pesque e solte, nem contra cota zero, mas apenas sou REALISTA, não é chamando os outros de assassinos e destruidores que iremos resolver, principalmente, quando colocamos o carro dentro do rio e deixando sujeira dentro dele (e duvido que pelo menos 1 carro da casa de vcs nao esteja com algum ponto de oleo melejando  ou com sujeira ou graxa ou escorrido gasolina em algum ponto). Tambem não sou tolo a ponto de achar que ao fisgar um peixe não estou causando mal algum, sem contar que o simples retirar da agua, mesmo que rapidamente não esteja causando uma TORTURA IMENSA ao peixe. 

 

Peixes sao aquaticos, apenas o simples ato de tirar da agua pra soltar o anzol já causa uma tortura interna nele que se fosse o contrario (nós na agua) morreríamos antes de 30 segundos...

 

Enfim, respeito a opiniao de todos, isso é um forum de discussão e estamos aqui para ler relatos e opinioes divergentes, discutir e aprender. Mas nao quer dizer que preciso concordar com tudo. Certo?

 

Nao me considero um assassino, nem um torturador, nem um poluidor, muito menos um genocida. Mas tenho total clareza de que o meu ato de tesao, prazer e descanso, causa o inverno nos peixes, esteja eu soltando ou nao.

 

Se ele trouxe o dourado por causa do ego dele, ou trouxe por que realmente ia comer ou por que é um desinformado ou por que é um assassino, não vamos pegar em armas ou teclados e sair linchando o cara.. Simples assim...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezado Astra,

Contive-me até o momento, até por entender que nós da Equipe de Moderação devamos sempre ficar na posição de "mediação" (nada mais que isso) !
Dito isso, escrevo como usuário que sou, e não em nome do Fórum ! arrow:: Ressalva para não ser despedido pelo Fabrício BIguá...

Acho extremamente interessante me deparar com uma apresentação de fatos tão "divergente" da que temos visto aqui no FTB.
Não estou com isso sendo a favor ou contra, mas apenas registrando um fato pouco usual de se ver nesse nosso terreno da "fantasia visual" (ou será que um Fórum como esse é algo diferente disso ?).
Mesmo sem ter sido criado para ser um "Lord", meus pais tiveram a oportunidade de me educar, investindo nos seus filhos, os principais legados que gostariam de nos deixar...
arrow:: Em função disso, tive boas escolas, pude participar de um programa de intercambio estudantil, me formar numa universidade e ter uma vida profissional bastante diversificada ao longo da minha existência !
Dessa forma, longe de me achar presunçosamente "dono de qualquer verdade" (e também não o vejo dessa forma - para não haver dúvidas), diria que minha "quilometragem de vida" me permite alguns comentários sobre o que nos escreveu (e de forma bastante expressiva e contundente) !

Concordo que estamos no meio de um processo de "faz de conta" com esse posicionamento de "politicamente correto" ! Diria até que já passamos por uma fase anterior, ainda mais romântica desse estado.
arrow:: O "cinismo" que passou a existir de forma verticalizada e entranhada nos nossos dirigentes (principalmente os públicos), ultrapassou qualquer utopia negativista de inverdades, e tornamo-nos um país sem valorizar nossas principais crenças, independente do que isso possa (ou venha) representar para o mundo exterior ! Temos o maior "pulmão" da terra, e pouca consciência temos disso, haja visto que o processo de queimadas é permanente, por mais que venha diminuindo (?) a cada ano... (certamente por não ter muito mais o que queimar... pois uma área do tamanho de um país europeu por ano já está de "bom tamanho"...). Claro que a "mistificação dos atestados de carbono", e outras falsidades encobertam os interesses econômico que sempre regularam o mundo ! Mas não é hora de filosofar e sim abordar suas acertivas !

Também concordo que "não adianta mirar na doença e matar o doente... Não resolve !". Junto a isso uma outra "ladainha" do tipo, "não forneça a comida, e sim ensine a pescar"... Também outra joia no nosso imaginário romântico ! Acontece contudo que - infelizmente - tivemos (e temos) uma explosão demográfica que pelas condições de miséria existente, termina sempre migrando para os grandes centros em busca de alento, e sem qualquer preparo (repito, sem qualquer preparo) acha-se no direito de buscar seu espaço e desenvolver sua vida familiar, pois a profissional é insustentável diante de um mercado cada vez mais exigente em produtividade, que hoje já está refém de uma CLT defasada e fora de qualquer escopo de realidade ! O que foi criado numa ditadura, persiste até hoje, onde as empresas precisam - cada vez mais - alimentar as causas sociais, obrigação que seria (ou deveria ser) do Estado ! Mas vamos adiante...

Diante desse meu posicionamento, fica a pergunta do que (e mais importante), como fazer ! Voltamos a tratar de uma situação em que se deseja "fazer uma omelete, mas sem quebrar os ovos" (certamente não é uma citação minha, mas apenas um "aproveitamento híbrido"). Como frear a demanda crescente das pessoas por algo melhor do que seu pais puderam lhes oferecer ? Esse é o grande dilema, e novamente intercalando um posicionamento de metáfora, pergunto como EDUCAR essas pessoas para a vida, que passa por comer, morar, ter saúde, segurança, diversos outros adjetivos, que se resumem no final em ter cidadania ! Muito complexo para um país indestrutível como o nosso, que é roubado desde 1500, quando descoberto ! Isso é algo crescente, que faz com que a pilhagem portuguesa de séculos atrás, sejam mínimas diante dos escabros com que lidamos na nossa rotina cotidiana ! Não tem essa de partido (se bem que....), de momento, ou de exceção ! Tudo (ou quase tudo) está contaminado com o que há de pior na nossa sociedade (aquela que "gosta e precisa levar vantagem em tudo, certo ?" - pobre do Gerson, que pagou o pato pelo comercial de cigarros...).

Evitando ser (ainda mais) catastrófico, e voltando ao nosso assunto que é (em tese) a ecologia, sustentabilidade e outros adjetivos que hoje nos norteiam as palavras (muitas vezes as intenções e atos) dos que começam a ter um foco de consciência da importância desse tema, é fundamental termos que exercer a paciência como uma virtude rara no sentido de dar tempo para que a cultura do País, das pessoas, das gerações vindouras venham, de fato, tratar do assunto como ele merece ser visto ! Mas isso caro Astra (permita-me tratá-lo assim), não é (ou será) mais para nosso tempo, dificilmente para os nossos filhos & netos, e talvez só para nossos bisnetos ! Muita coisa tem que acontecer antes disso ! Sabemos disso, não é mesmo ? Ser sincero, não é "ser ácido", mas garanto-lhe que se trata de um diálogo difícil de se ter, até mesmo com aqueles que concordam parcialmente (ou inteiramente) com parte dessas acertivas. Vamos exemplificar, até para fugir um pouco dessa conversa teórica...

Lembra-se do início da era dos programas televisivos do Pesca & Cia, onde o Rubinho de Almeida Prado apresentava um embrião de tentativa de conscientização da necessidade conservacionista do "Pesca & Solte", o quanto sofreu com os apelidos de "doido que solto os peixes", "maluco pescador" e coisas do gênero ? Pois aquilo era uma quebra de paradigma na nossa cultura nacional, embora já estive existindo há décadas (quiçá séculos) em outros países ! Até hoje são aspectos de discussão, que mais do que aprofundar a questão, ainda buscam saber se primeiro "vem o ovo ou a galinha" (mais um dito popular) !
arrow:: Criamos leis, estabelecemos critérios, e até mesmo criamos um Ministério para isso (se bem que Ministérios hoje são criados no atacado...), mas pouco evoluímos na essência do problema, pois como você próprio bem disse, "não adianta mirar na doença e matar o doente... Não resolve !". Nossa doença é diagnosticada como "falta de conscientização", cujo remédio básico e até mesmo um pré-requisito para tratamento é EDUCAÇÃO, pois através dela teremos uma CULTURA suficiente para sermos nós próprios os fiscais que tanto clamamos do poder público ! Parece irreal, e mais que isso, fantasioso, não... ? Pois é... só parece, já que é a triste realidade que temos pela frente !

Por fim, e já tentando resumir essas ideias tão prolixas, entendo - como cidadão - que parte de nossa missão de conscientização aos nossos semelhantes passa SEMPRE por uma questão de exemplificação ! Retorno a figura do Rubinho, e vejo que mesmo hoje, sem a hostilização de outrora, estamos observando que mesmo sendo um ícone pioneiro de uma etapa, não foi reconhecido adequadamente por seu esforço inicial ! Nada de "medalha ou praça pública", mas de uma forma de fazer com que suas recomendações já estivessem mais permeadas na nossa cultura desportiva da pesca ! Acho ridículo o percentual que representamos dentro desse universo ! Já deveríamos ser em número muito maior... mas quem pesca como meio de vida, tem sempre a dificuldade de "largar o hábito de se alimentar"... Onde estão as alternativas que apareceram hoje para os inúmeros "piloteiros" que antes eram pescadores de grandes matanças comerciais ? E o resto da cadeia de indivíduos ligados ao extrativismo dos cardumes silvestres, tem que "outras alternativas" de sobrevivência ?? Os "piloteiros" parecem ter descoberto que o peixe mais vale vivo do que morto, até para manutenção de suas profissões, assim como as empresas que exploram o comércio de pesca esportiva, mas e os demais, será que tem alternativa ? Lhe confesso minha dificuldade de percebê-las...

Não vou entrar no mérito de comer ou não exemplares, pois acredito que tudo isso esteja elencado no processo de conscientização ! Não tenho qualquer pudor de dizer que adoro comer peixe nas pescarias que faço, cozinhando-os ou assando-os nos barrancos e praias da pescaria, MAS há muito deixei de trazer peixe, ou transportá-lo para minha casa nos meus retornos ! Não justifica fazer isso, apesar dos eternos protestos da família e amigos... (sempre imagino pelo que o Rubinho passou... rsrsrs). Faço um paralelo com o frango de granja, ou o boi no pasto, que são criados com a função específica de abate, bem diferente dos animais silvestres ! Pelo que entendi no seu texto, também você já foi (ou é) caçador, e assim como eu, sabe que a maior manutenção e preservação da caça, parte daqueles que sabem respeitar as épocas definidas de reprodução e descanso das espécies ! Não vamos alimentar uma nova celeuma, até por já ter parado de caçar (codornas, perdizes e patos - só pena e voando), mas por jamais ter me esquecido das palavras do meu falecido avô, que me ensinou que o respeito a natureza é uma forma de tê-la a seu lado para sempre... (cada vez mais, com a chegada da minha maturidade, o acho mais sábio...).

Por fim, e da mesma forma como retratou sua realidade, ou melhor seus pontos de vista, faço o mesmo com os meus ! Lembremo-nos sempre que discutir sobre algumas coisas é mais que perda de tempo ! "Política, religião e futebol" tem essa fama, mas tem muitas outras coisas nas entrelinhas ! "Pescaria" ainda é uma enorme entrelinha, que deverá aparecer cada vez mais no trato da Sustentabilidade !

De novo, não quero mudar o pensamente de quem quer que seja, mas apenas fazer com que algumas pessoas venham olhar essas questões sob outros prismas e evidências !
Lembremo-nos todos da nossa insignificância individual diante de um tema como esse, daí o "apelo" que vos faço de que aproveitemos da melhor forma que nossas consciências permitirem, essa fantástica atividade que é PESCAR e viver conjuntamente com outras pessoas esse fascinante mundo de pescarias.  :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kid:

 

palmas::  palmas::  palmas::  palmas::  palmas::  palmas::  palmas::  palmas::  palmas::

 

Parabéns! É isso mesmo que esse (e todos os outros) fóruns precisa: relatos! Experiencias e críticas construtivas.

 

Confesso que fiquei com o topico aberto bons minutos antes de postar, eu li e reli e falei duas coisas:

a) preciso arrumar meu teclado... ta horrivel isso..

b) devo postar? apagar td e recolocar mais suavemente? ficar quieto e deixar o topico morrer? escrever mais?

 

Enfim, polemico ou não, ácido ou não, a idéia está aí e foi bem plantada: conversarmos a respeito e ouvir diferenças.

 

Como eu disse, sou a favor da cota zero entre outras coisas, também acho que o Rubinho deveria ser melhor aceito e acima disso tudo, tenho certeza absoluta que esse é um assunto MUITO complexo e longo onde não iremos chegar a uma solução que agrade a todos ou seja a perfeitamente correta. Simplesmente por que ela não existe.

 

Assino embaixo de tudo que escreveu, apoio, mas eu adoro peixe também, não vou deixar de comer e se puder trazer com consciência vou trazer. Não é preciso trazer 10 dourados de 20 kilos, até por que nao tenho nem onde guardar 1 desses, hoje um peixe de 5 kilos teria que ser no minimo cortado em 3 partes pra entrar no meu freezer. Nao me vejo como um destruidor por isso.

 

Não sou caçador (nem nunca fui), embora seja a favor de extinguir os ratos .... Pensando bem, sou um assassino de mosquitos (isso pode?)... De resto tenho pena dos bichos (que fique claro, não sou nenhum ecopata, aliás não sou nem um defensor de animais nem paro pra ficar vendo cachorrinho e gatinho por ai...), não vejo por que caçar se há kilos e kilos de carne num açougue do lado de casa, limpinho, organizado, sem sujeira e compro de pouco ..

 

Mas hoje vi um programa na globo onde se falava de caça nos USA, onde ela é CONTROLADA (de fato! e talvez aqui tenhamos uma diferenca enorme frente a nossa realidade), onde a caça faz parte da PRESERVAÇÃO do local, sem ela, os ursos e outros animais já teriam tido uma infestação ruim para a própria localidade.

 

Acredito nisso (embora de novo: NÃO caço , nem nunca fui, nem pretendo ir, a menos que seja contra mosquitos), que a caça/pesca CONTROLADA e CONSCIENTE, seja sim uma excelente alternativa de economia, preservação e sustentabilidade.

 

Enfim, fico muito grato de suas palavras, são cortês e abrem espaço para o diálogo, isso sim é um excelente caminho. Confesso que das 4x que entrei no fórum desde que postei acima em todas achei que iria ser banido hehehe.

 

Forum pra mim é isso: lugar de discussão, idéias e amizade... Trocar informação e tudo mais. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezado Astra,

 

arrow:: Retornando a parte do tema abordado, e não o comentei anteriormente para evitar me alongar demasiado...

 

A questão do processo de Controle da Caça e Pesca nos Países mais desenvolvidos que nós, funciona mais que bem, e alavanca bilhões de dólares na sua cadeia de funcionamento.

arrow:: Morei por lá um ano, no estado agrícola de Kansas, e pude desfrutar (e aprender) bastante desse processo (ou procedimento) que envolve grande parte da população americana.

arrow:: Temporadas definidas, licenças obrigatórias e facilmente obtidas em qualquer lugar, e muita, mas muita informação a disposição de quem a quiser ou precisar ! Sem burocracia !

O controle mais intenso é na caça, com períodos relativamente curtos, mas muito intensos. Normalmente no outono, após o processo de reprodução ter se concluído !

arrow:: Encontrei e fui ajudado diversas vezes a fiscalização durante essas incursões, até porque ela própria também desfrutava do período sem contudo deixar de exercer seu papel de vigilância.

Também foram esses mesmos fiscais que nos indicaram pontos e locais onde poderíamos ter mais sucesso, principalmente em relação aos patos e gansos que são migratórios.

 

Com relação a pesca, o limite das estações é um bom divisor, pois nos meses de inverno, o peixe diminui significativamente seu processo de alimentação. O que conta lá são os quantitativos que podem ser mantidos por pescador ! Fiscalização que encontrar algum estoque acima do limite (varia por peixe), taca uma multa que é mais do que desestimulante... 

 

arrow:: O mais importante contudo (na minha opinião), é que já era mais que natural essa prática entre as pessoas que convivi ! Não parávamos de pescar (caçar sim), mas soltávamos o excesso sem qualquer questionamento, passando a ser mesmo por mero prazer do esporte ! Não há como fazer uma fiscalização nessas proporções em qualquer lugar do mundo, principalmente na vastidão americana, mas pelo que presenciei, isso é praticamente desnecessário, pois já está entranhado na cultura das pessoas de lá ! Respeitar as leis é algo que existe mesmo, e não necessariamente por medo à punição, e sim por respeitar o que foi definido como critério ! mestre::  palmas::

 

arrow:: Temos que ter isso em mente quando formos dialogar sobre o tema !   :amigo:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fernando :

 

Sim ! É verdade! Não tinha me atenado a isso!

 

Mas o dourado é proibido no país inteiro? Cota zero no país inteiro? E se for de uma represa particular? Ou for de outro local permitido? E se esse vídeo é tão antigo a ponto de ser antes da lei? 

 

Confesso que estou um pouco fora da leis a respeito...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Todo radicalismo éééé.....................................radical de mais da conta.

Pena maior é que o nível de conscientização sobe tão lentamente que se quer acompanha o da reprodução.

Infelizmente estamos longe de um mundo ideal onde pelo menos deveríamos saber que não temos a propriedade do bem comum e principalmente da natureza.

A cada dia que passa vemos mais destruição que construção. Acima de tudo devemos preservar nossos princípios para não nos igualarmos ao sub solo.

Mas ainda acredito que dar a chance é melhor do que simplesmente matar, sempre esta nascendo uma boa semente se o exemplo é mostrado.

 

Dos males o que acho o menor, não dá mais para pescar e manchar a roupa de sangue...................não combina. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescador jovem, queria mostrar seu feito, realmente um belo feito a captura de um dourado tão grande. Pescador jovem, ainda sem uma consciencia  conservacionista, e talvez sua turma pense do mesmo modo ( pra que soltar um peixe tão grande e tão dificil de conseguir!) talvez não tivesse uma camera fotografica! mas certamente ele não tinha descoberto ainda que o prazer de deixar viver é muito mais gratificante do que tirar uma vida. Este ultimo acaba por si mesmo o outro (soltar o peixe) se perpetua na sua imaginação pensando onde e que tamanho estará aquele belo peixão? e   que agora para sempre ficará na sua memória não com a triste lembrança final de destruição mas com a punjante recordação de vitoria e vida. Acho que este post que ele criou talvez o esteja ensinando o que nunca lhe falaram e que poderá fazer dele um grande pescador!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
  • Pré-visualizar Post
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...