Ir para conteúdo

Angelo Roberto

Membro
  • Total de itens

    181
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Angelo Roberto venceu a última vez em Janeiro 20

Angelo Roberto had the most liked content!

Sobre Angelo Roberto


  • User Group: Membro


  • Member ID: 4170


  • Rank: Já consegue zarar


  • Post Count: 181


  • Post Ratio: 0.06


  • Total Rep: 21


  • Member Of The Days Won: 3


  • Joined: 29-05-2011


  • Been With Us For: 2854 Days


  • Last Activity:


  • Atualmente:


  • Age: 59


Clubes

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Angelo Roberto Galuppo

Informações de Perfil

  • Localização
    Itatiba - SP

Últimos Visitantes

507 visualizações
  1. Angelo Roberto

    Camisa de pesca personalizada

    KKKKKKKKKKK Do jeito que esta vou usar amanhã.;
  2. Angelo Roberto

    Camisa de pesca personalizada

    A minha esta novinha, tenho dó de usar pois é muito bonita e discreta.......................e branca.
  3. Angelo Roberto

    Homenagem ao Carretinha

    Já se vão quase 30 anos, e hoje acordei pensando no Antonio Carlos ou Toninho ou Carretinha. Isto daria até música nas mãos de Tião Carreiro, Antonio Carlos era meu vizinho em Santo André, bastaram 10 dias de mudança para a nova casa para conhecer o meu vizinho, foi meio inusitado pois eu chegava do serviço e vi o dito cujo em cima de minha casa e com aquele jeito amável, que só mineiro tem quando quer, foi logo me dizendo que viu a calha suja e estava limpando. Começou ali nossa amizade, Carretinha era um sujeito daqueles de ir entrando na tua casa com umas cervejas geladas e um prato cheio de torresmo. As conversas eram longas, principalmente por nossa principal afinidade que era a pesca. Eu um habitual pescador de Robalos em Santos e ele um monstro na pesca do Lambari em Muzambinho. Não tardou muito para irmos com as famílias para Muzambinho, ficávamos na casa de sua mãe a dona Santa no centro da cidade, mais a usávamos para jantar e dormir pois durante o dia íamos pra roça pescar, pegávamos a estrada que sai da rotatória ao lado da escola agrícola e depois de uns 50 minutos chegávamos a vendinha do compadre Zé, um pedaço de "toucinho defumado" e uma dose de cachaça preparavam o estomago para a pescaria. Da venda à curva do rio eram 5 minutos de picada e lá estávamos no paraíso. Ali formava uma ferradura que foi cuidadosamente limpa, ficando apenas as árvores maiores para dar sombra e abrigar uma churrasqueira bem improvisada. Era nosso local de pesca, ou melhor o meu, o das mulheres e das crianças pois Carretinha se empunhava da vara e do "borná" e saia caminhando rio acima para ir parando de poço em poço e como sempre pegando os Lambaris maiores. O tempo foi passando, as pescarias se sucedendo até que Carretinha se aposentou (muito novo até pois trabalhava no polo petroquímico) e cumpriu sua maior promessa, voltou pra terra mãe e construiu uma casa bacana ao lado da venda do compadre Zé, ai juntou a fome com a vontade de comer. Abro um parenteses aqui para dizer de como surge a fé na vida, Carretinha passou a ser considerado um homem santo no lugar pois não se recusava a cuidar dos enfermos da região, cuidava de um pessoal com cada ferida feia, ele não fazia milagres e sim uma boa assepsia e me dizia num canto que se não fizesse uma oração com as pessoas, elas não acreditavam na cura. Foram muitas pescarias, muitos leitões à pururuca e uma quantidade infindável de cachaça na vendinha, uma vara de bambu, linha 0,25 e anzol mosquitinho. Tudo simples demais, mas que tenho saudades até hoje. E como acabou? Como sempre, a vida num ato de extrema cretinice levou Carretinha, mas ele se foi onde quis, num enfarto fulminante à beira do rio e pescando. E eu ainda acredito que até hoje seu espirito caminha pelos poços daquele riozinho pegando os melhores Lambaris, tenho na mente um grande amigo que um dia ainda vamos pescar juntos nos rios do céu. Não importa o peixe, o rio ou o equipamento, importa é o amigo que esta ao seu lado.
  4. Angelo Roberto

    O Mundo da Lacração

    Aos "KK", joguem seus alfarrábios fora, é só falar -CURTI! Não.......tem também um -HHUUUUUAAAAASH Juro que ultimamente só dou risadas, estou na transição entre intolerância e completa abstração, juro que começo a entender a surdez seletiva e juro que funciona, é só soltar um ahhmmm que imediatamente sou abandonado. Kruel para a pescaria é só marcar e me falar, infelizmente a crise atingiu os velhinhos também e nossas pescarias estão mais reduzidas, em setembro vamos pro Uatumã e pra se ter ideia estamos só em 4 ainda. E imagine que a pousada esta cobrando mais pois agora tem WiFi....................que osta.
  5. Angelo Roberto

    O Mundo da Lacração

    O que antes era "uma pá de cal" hoje se tornou lacração, ou seja é a "opinião final". E como se apesenta no mundo da pesca esta lacração? Vem fácil e de diversas formas, é só dar um opinião radical ou simplesmente discordar de tudo. Nosso universo da pesca se expandiu muito nos últimos anos e com ele veio a uma ampla diversidade de pessoas, do barranco ao bass boat todos convergem na pesca mas divergem do bolso e principalmente nas opiniões. A maldita opinião se tornou a eutanásia do homem, esta impossível emitir uma opinião sem ser contestado com extrema veemência. Opinião é só um ponto de vista galgado na experiência de quem a emitiu, não é o ponto final de uma coisa. Precisamos ser mais tolerantes em nossas vidas e principalmente respeitar as diferenças. O mundo está chato de mais com estas definições finais sobre tudo, tudo mudou de nome e acho que nem sei mais conversar com as pessoas. E o pescador continua a ser o cachaceiro, mentiroso, biscateiro e predador. E ai José?
  6. Angelo Roberto

    A PESCA ESPORTIVA E OS MIDIÁTICOS!!!

    Cristiano, pra minha opinião todo ato é precedido de um fato, uma experiência que vivi. Depois de muito tempo degradado o Uatumã voltou a dar belos peixes, que ótimo, andamos fazendo pescarias lá maravilhosas por R$ 2.000,00. Um amigo há 3 anos fez um relato com o caminho das pedras inclusive, resultado é que ano passado simplesmente tinha até vendedor de pamonha nas lagoas, o preço das pousadas dobraram e praticamente só faltou ter que pegar fila de espera para entrar nas lagoas. Peixes............peguei 2 em 5 dias de pesca. Por isto desisti dos relatos, este foi só um dos fatos que tenho. Veja, é minha opinião, nem por isto deixo de ver relatos. Tem cara por ai que é mestre na arte, mas os vejo como um livro, uma história ou um entretenimento. Abraços e foi só pra mostrar meu ponto de vista.
  7. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

  8. Angelo Roberto

    A PESCA ESPORTIVA E OS MIDIÁTICOS!!!

    Umas coisas que esqueci de falar, ainda acho que depois de todo este carnaval as coisas retornarão a uma normalidade. Warte Zape: Espetacular como ferramenta, porém permeado de assuntos infindáveis e zuações repetitivas ao extremo. Vai cansar. Face: Bom porém lento e incompleto. Youtube: Espetacular, porém precisa ligar o gps pra achar coisas boas, gosto muito de ver o Baca. Estrelas da pesca: Demoram um pouco pra descobrir que o filão de ouro não é pra qualquer um. Fish Tv: Não há como produzir conteúdo bom sempre, e pra ter resultados rápidos vem com os lugares inatingíveis para a maioria. Pescador: Deixar de ser pavão, e ser mais verdadeiro. Material de pesca: Já atingiu um excelente nível de qualidade e preço, agora vai ser consumido com mais sensatez. Relatos: Eu não faço mais, só serve para deteriorar os locais. Pousadas: Se aproveitam de velhos truques e se esquecem de cativar o cliente com a verdade e a boa prestação de serviço. Fóruns: Ainda acredito neles como uma ferramenta completa, desde que seja bem administrado e não permitindo a atuação de gatunos. Estrelas da pesca: Aceitarem que pescar onde pescam qualquer um é bom, já deu nojo ver um caboclo encostar num lugar, pescar 10 tucunas com a mesma isca e se achar um professor. Pra quem assiste vão algumas dicas: reparem sempre no local do arremesso e de onde sai o peixe, reparem na sombra da imagem, reparem que arremessam uma isca e o peixe vem em outra, reparem na verdade que há algumas maracutaias que nem sempre são explicitas. Então só sobra uma coisa: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertarás" Pescar é simples demais, não precisamos de tanta frescura, eu comprei uma camisa branca aqui do fórum e nunca a usei para não estragar ou sujar, coisa de idiota né.
  9. Angelo Roberto

    A PESCA ESPORTIVA E OS MIDIÁTICOS!!!

    "Nada do que foi será igual ao que já foi um dia" Srs não assustem se verem oa Pablo Vittar na Fish Tv, ou no youtube arremessando miçangas e paetes em movimentos de bale clássico. O mundo esta mudando e muito rápido por sinal, já é possível transmitir pescarias ao vivo...........e dai? Dai que pessoas do nível do Kruell estão em extinção, são jóias escondidas pela vida. Poxa mas pescaria é só peixe? Claro que não, agora é aguentar um cara chato no fim do dia puxar o celular e fazer vc ver 250 fotos no celular.............que saudades do rolinho de 12 poses. Desde o boom da pesca esportiva com o Rubinho, apareceu muita gente querendo viver da pesca, alguns conseguiram e outros jamais conseguirão. É como futebol, nunca teremos um time com 11 estrelas, o dia que estou com saco vejo a fish tv, o dia que não, odeio até a propaganda que fazem daqueles malditos chaveiros e outras bugigangas. Mas é assim assim mesmo, numa vasta biblioteca irá ter livros para todos os gostos, você pode escolher qual vai ler e isto é o fantástico da vida "o seu poder de escolha", nunca reclamem, agradeçam a possibilidade da escolha. Mas mudou pra kct.......
  10. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

    Srs minha critica nunca foi e nunca será contra a Caterva, afinal sou o terceiro ou quarto em número de postagens lá (coitados os que leram). Quanto a politica feliz ou infelizmente é o que nos norteia e por incrível que possa parecer eu não tenho partido, tenho sim um compromisso com a terra que nasci, com o lar em que fui criado e com a sociedade que vivo. Sempre procurei aceitar todas as convicções, a unica coisa que jamais tolerarei é ser castrado da minha opinião porque A ou B não gosta de ler. Me desculpem, VSF, o cara que faz isto jamais terá meu respeito e ou minha convivência. Já trabalhei por 45 anos para construir minha vida e a de muita gente, nunca me corrompi em bolso ou mente e sempre levarei a dignidade ao meu lado. No mais nem sei porque escrevi todos estes posts neste tópico.
  11. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

    kkkkkkkkkkkkkkkkkk Só lhe tenho elogios, foi a forma carinhosa que tive para dizer que leio e curto tudo que vc escreve.
  12. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

    Caro Kid o acima descrito ocorre aqui e é muito bem feito por sinal. Na Caterva Maciel a liberdade existia e como não deixo de citar nomes e fatos, ai vão; Quando vendo o interesse politico das pessoas por debates e trocas de idéias o Nelson acatando uma sugestão do sr. Marlucio criou o sub fórum politica, inclusive a este o dedicou. Parabéns. Quando na troca de administrador o sub fórum foi extinto o sr. Marlucio veio dar os parabéns pela ação tomada. Ou seja, quando era conveniente e o vermelho estava no poder, podia, agora não mais. Eu sei a tendencia de cor tanto do adm quanto do aludido apoiador. Então não encaro como aparar arestas e sim tapar a boca de quem é contrário, pra mim sobra a liberdade de ficar onde me é conveniente e onde me sinto entre iguais. O que lamento é a não maturidade de encararmos as diferenças, quando o Barba/Dilma foram eleitos, eu como democrata que sou fui o primeiro a bradar o aceite à decisão da maioria e agora tenho que assistir manifestações absurdas de censura dos derrotados. Pescador não é jumento e sabe distinguir os falsos profetas do anzol. De resto vamos pescando e vivendo, o PNC já esta com duas pescarias agendadas pra este ano, uma vai ser arremesso de isca e a outra de copo.
  13. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

    Grande Douglas, vc é uma das pessoas que aprendi a admirar na Caterva. Sempre que converso com o Moisés falamos de vc e da vontade que tenho de pescar contigo. Cara até os prostíbulos mudaram, o que não dizer do resto. É provável que minha "saquice" cheia venha da idade, porém adoro passar por aqui e ver os escritos do Kruel, gosto de ler as linhas coloridas do kid e do papai sabe tudo (Astra). Estas coisas nos enriquecem, duvido que tenha algo a aparecer como estes fóruns, é que as pessoas já estão mais importantes que as próprias vidas e os leões estão mais difíceis de serem encontrados.
  14. Em outubro fui pro Amazonas pela Tam. Ida num baita avião, serviram lanches (grátis) e não cobraram o tubo de vara em Cumbica. Volta num baista avião, só faltou vendedora de pamonha no corredor e cobraram o tubo. O curioso é a total falta de critério, pois o cidadão até nos emprestou a fita para juntarmos 3 tubos pelo preço de 1.
  15. Angelo Roberto

    A volta dos velhos tempos da Caterva

    Obrigado Douglas, a reciproca é verdadeira.
×