Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Felipe Teixeira

[ DESAPROVADO ] AES Tietê - Represa Caconde - SP

Posts Recomendados

E ai turma,

gostaria de dividir com vocês, a situação da represa de Caconde, onde estou acostumado a pescar a mais de 10 anos.

A represa esse ano, chegou a estar a 18 metros abaixo do nível normal e a situação preocupa pescadores esportivos da região. As algas cada vez mais se multiplicaram muito e estão afastando os pescadores esportivos e turistas da cidade. Além do mau cheiro da água, os peixes estão impróprios para o consumo. Vários piscicultores que produziam 120 toneladas de tilápia por ano, mas já estão há três meses sem vender nada. O acumulo de algas, causaram odor nos peixes e alterou bastante o sabor, tornando-os impróprios para o consumo.

A represa tem 31 quilômetros quadrados de extensão e abastece a usina hidrelétrica AES Tietê. Atualmente a represa opera com 28% da capacidade.

Houve um acordo em 2004 que a AES poderia chegar a um desnível de 12 metros, porém ela não cumpri o acordado a anos e por esse motivo estou desaprovando a empresa.

 

Sei que nosso poder de ação é pequeno comparado com um empresa desse porte, mas não custa tentar. Conto com a ajuda de todos, se puderem assistir o video abaixo, dar like e compartilhar com amigos.

 

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Felipe é o mesmo que acontece com maioria das represas "caixa dágua" do país como Furnas, Serra da Mesa etc.  Ela tem que manter um fluxo pra geração de energia das usinas subsequentes consequentemente devido a seca essas represas caixa dágua tendem a ter uma variação grande de volume.   Eu sou de Rio Pardo as represas daqui estão até a tampa. Mas acredito que se Caconde diminuir a vazão a situação de abastecimento de água em cidades abaixo será prejudicado seja pelo volume seja pela concentração maior de esgoto, lembre-se que até Ribeirão Preto depende do Pardo. E apesar das represas aqui estarem cheias o rio pardo tá bem seco e não correndo nada pra essa época.  Não estou defendendo a AES pois nada tenho com eles, mas  ao meu modo de ver a concessão das hidrelétrica é unica e exclusivamente pra gerar energia e ganhos pra empresa e não gerar turismo pra região.    Mas eu acho uma empresa exemplar visto o repovoamento que está fazendo sistematicamente aqui no Pardo, um lugar que a 15 anos era ruim de se pescar hj eu não ando nem indo mais longe o tanto que melhorou de peixe.  Acho que diminuir a vazão carece de estudos mas o principal motivo é falta de chuva no sudeste. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Na Agua Vermelha (rio Grande) isso é todo ano. A represa sobe e abaixa mais que cotação do Bitcoin.

Chega a ter uma variação anual de 12 metros na COTA.

Piscicultura em gaiolas simplesmente não é possível e não existe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Marcelo Terra disse:

Chama esse pessoal aí do vídeo...

E ainda pedem desculpas pelos transtornos seila::

 

 

Rapaz se tivéssemos a educação e disciplina dos japoneses imagina como estavam nossos rios? Realmente

nossa

colonizacao trouxe mauíra porcaria pra cá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 07/03/2018 em 11:14, Rodrigo Yamaki disse:

Na Agua Vermelha (rio Grande) isso é todo ano. A represa sobe e abaixa mais que cotação do Bitcoin.

Chega a ter uma variação anual de 12 metros na COTA.

Piscicultura em gaiolas simplesmente não é possível e não existe.

É oq esta acontecendo com os piscicultores de Caconde. Muito não estão dando conta e desistindo do negócio.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 07/03/2018 em 10:08, Guto Pinto disse:

Felipe é o mesmo que acontece com maioria das represas "caixa dágua" do país como Furnas, Serra da Mesa etc.  Ela tem que manter um fluxo pra geração de energia das usinas subsequentes consequentemente devido a seca essas represas caixa dágua tendem a ter uma variação grande de volume.   Eu sou de Rio Pardo as represas daqui estão até a tampa. Mas acredito que se Caconde diminuir a vazão a situação de abastecimento de água em cidades abaixo será prejudicado seja pelo volume seja pela concentração maior de esgoto, lembre-se que até Ribeirão Preto depende do Pardo. E apesar das represas aqui estarem cheias o rio pardo tá bem seco e não correndo nada pra essa época.  Não estou defendendo a AES pois nada tenho com eles, mas  ao meu modo de ver a concessão das hidrelétrica é unica e exclusivamente pra gerar energia e ganhos pra empresa e não gerar turismo pra região.    Mas eu acho uma empresa exemplar visto o repovoamento que está fazendo sistematicamente aqui no Pardo, um lugar que a 15 anos era ruim de se pescar hj eu não ando nem indo mais longe o tanto que melhorou de peixe.  Acho que diminuir a vazão carece de estudos mas o principal motivo é falta de chuva no sudeste. 

Bom dia meu chará rsrsrs

 

Então, me desculpe por discordar de seu posicionamento. Como eu sou de Poços de Caldas e também pesco em Caconde há mais de 10 anos, como meu amigo Felipe, tenho uma questão sentimental envolvida com a Represa da Graminha.

A AES Tietê é concessionária da represa, podendo explorá-la por um período determinado em contrato celebrado com o ente público, todavia, conforme previsão contratual, ela não é dona da represa, além de ser obrigada a garantir a infraestrutura necessária para a utilização da mesma por todos, seja para o turismo, lazer, aquicultura etc. 

O relato do Felipe trata de uma situação que se repete nos últimos anos, o que está levando a represa a sofrer graves danos. Como ela fica seca por grandes períodos, os processos erosivos da "terra nua" se intensificam, especialmente diante de um terreno tão acidentado (esta represa é praticamente em formato de "U" em quase toda sua extensão), causando assoreamento de seu leito e de alguns mananciais que desaguam na represa. Em outros locais, há grande formação de vegetação, especialmente de espécies oportunistas como dormideira (arranha gato), melissa, guapé, alface d'água e cana d'água que, quando a represa volta a encher, morrem, se tornando alimento para bactérias, que consomem oxigênio, resultando em desequilíbrio ao ambiente aquático.

Estive na represa no último final de semana, pescando dois dias (sábado e segunda), simplesmente não vi cara de tucunaré, enquanto isso os pescadores de tilápia lavaram a égua, pegando uma quantidade absurda de peixes, demonstrando que o ambiente aquático não está equilibrado, pois não é normal a captura de tantos exemplares assim de uma espécie, quando outras somem, coincidência ou não, a represa subiu de forma abrupta nos últimas dias, "afogando" uma grande quantidade de vegetação, os efeitos parecem de uma dequada ou repiquete.

 

Acho que é perfeitamente possível a utilização e exploração harmônica da represa por todos, sem prejudicar as atividades da concessionária, na verdade, a exploração consciente desta poderia ser garantia de aprimoramento na produção, caso seu interesse fosse o de restaurar a mata ciliar e as nascentes que desaguam na represa.

 

Abraço meu caro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, Gutopb disse:

Bom dia meu chará rsrsrs

 

Então, me desculpe por discordar de seu posicionamento. Como eu sou de Poços de Caldas e também pesco em Caconde há mais de 10 anos, como meu amigo Felipe, tenho uma questão sentimental envolvida com a Represa da Graminha.

A AES Tietê é concessionária da represa, podendo explorá-la por um período determinado em contrato celebrado com o ente público, todavia, conforme previsão contratual, ela não é dona da represa, além de ser obrigada a garantir a infraestrutura necessária para a utilização da mesma por todos, seja para o turismo, lazer, aquicultura etc. 

O relato do Felipe trata de uma situação que se repete nos últimos anos, o que está levando a represa a sofrer graves danos. Como ela fica seca por grandes períodos, os processos erosivos da "terra nua" se intensificam, especialmente diante de um terreno tão acidentado (esta represa é praticamente em formato de "U" em quase toda sua extensão), causando assoreamento de seu leito e de alguns mananciais que desaguam na represa. Em outros locais, há grande formação de vegetação, especialmente de espécies oportunistas como dormideira (arranha gato), melissa, guapé, alface d'água e cana d'água que, quando a represa volta a encher, morrem, se tornando alimento para bactérias, que consomem oxigênio, resultando em desequilíbrio ao ambiente aquático.

Estive na represa no último final de semana, pescando dois dias (sábado e segunda), simplesmente não vi cara de tucunaré, enquanto isso os pescadores de tilápia lavaram a égua, pegando uma quantidade absurda de peixes, demonstrando que o ambiente aquático não está equilibrado, pois não é normal a captura de tantos exemplares assim de uma espécie, quando outras somem, coincidência ou não, a represa subiu de forma abrupta nos últimas dias, "afogando" uma grande quantidade de vegetação, os efeitos parecem de uma dequada ou repiquete.

 

Acho que é perfeitamente possível a utilização e exploração harmônica da represa por todos, sem prejudicar as atividades da concessionária, na verdade, a exploração consciente desta poderia ser garantia de aprimoramento na produção, caso seu interesse fosse o de restaurar a mata ciliar e as nascentes que desaguam na represa.

 

Abraço meu caro.

Chará é cada um  defendendo o seu, se deixarem Caconde encher aqui onde pesco seca, e aqui  2m que abaixa nem navegar de caiaque se consegue, kkkkkkkkkk.  E temos turismo aqui pra baixo, inúmeros ranchos,   chácaras , fora que o Rio corta a cidade, além de duas represas tb, de porte bem menor que Caconde claro. Por aqui os tucunas estão ativos, esse fds peguei mais de 100.  Mas  tirando esse fato de turismo e pesca,  tem que se avaliar outros impactos, lembre que a captação de água de cidades como Tapiratiba, Rio Pardo, Mococa, etc é abaixo de Caconde , se o fluxo for diminuído  essas cidades sofrerão com falta dágua,  se o fluxo abaixar como alguns queriam a jusante pra menos de 10m3 as cidades abaixo viram literalmente um "bosteiro" á céu aberto devido ao esgoto . Na seca de 2014 a vazão de Caconde chegou aos 10m3 vc não sabe o o caos que virou as cidades abaixo, não digo turismo, que isso é secundário, mas sim a captação e o tratamento de água, e pelo que sei eles querem manter esse fluxo de 10m3 o ano todo pra manter o o lago cheio para aproveitamento de turismo, acredito que não seja o correto  tb né. Sei desses dados pois além de viver e pescar aqui há mais de 30 anos tenho parentes e conhecidos que trabalharam na antiga cesp ou participaram da comites da bacia do Pardo

Problema maior ao meu ver,  é falta de chuva mesmo, tanto que as comportas aqui não abrem faz muito tempo, e temos um problema bem maior que está sendo o acumulo de plantas na represa, normalmente na cheia com as comportas abertas elas descem,   eu não vejo abrirem as comportas aqui ao não ser para testes desde março de 2016.  E lembre-se que a Represa que mais gera energia é a de Euclides da Cunha, com certeza eles não vão prejudicar essa usina pra favorecer turismo.  Negócio é torcer pra chover esse verão , senão tanto aí como aqui vai ser complicado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Por sorte conseguimos uma liminiar onde a empresa que explora a represa teve que trabalhar com geração mínima de energia até 31/12/2018. Gracas a deus a represa voltou a respirar. Acredito ser a maior cheia dos últimos 3 anos. Hoje nível atual está +- uns 4 metros abaixo do nível máximo. Volume está em 70%

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
54 minutos atrás, Felipe Teixeira disse:

@Guto Pinto ta pescando na represa do Limoeiro ? Ou no próprio rio pardo ?

Limoeiro.  Tenho um rancho aqui no condomínio, na verdade pesco  desde que nasci lá, é a 12km de casa, hehehehehe. Pena a represa ser pequena  e agora que esses tucunas apareceram vai virar uma zona aqui, única coisa que ajuda que o acesso a represa é um pouco restrito.   Pra ter déia nós contabilizamos todos tucunas pegos, ano de 2017 qdo começaram a sair pegamos 118, ano 2018 fora 837!!! Fazemos pesco solte 100%  por fotos essa temporada teve tucuna que foi pego 4x num único mês.   Porém notei alguns barcos já arriscando coisa que nunca vi, só a gente pescava eles. Sei tb que a represa de cima de Euclides tb tão saindo. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/01/2019 em 18:54, Guto Pinto disse:

Felipe, olha aí se tiver face, as pescarias de 2018, nosso quintalzin até que sai muito peixe, mas como disse não é tão fácil, conhecemos eles por nomes, kkkkkkkk

 

https://www.facebook.com/pg/DoutoresDaPesca/photos/?tab=album&album_id=1561835550590904

Sou de Tapiratiba, mas desisti de pescar em Caconde por conta da pouca preservação, muita rede, pesca predatória, etc. Fico feliz em saber que em São José está melhorando, isso é novidade pra mim. Não consegui abrir o link, o que houve? Abraço. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Diego Russo disse:

Sou de Tapiratiba, mas desisti de pescar em Caconde por conta da pouca preservação, muita rede, pesca predatória, etc. Fico feliz em saber que em São José está melhorando, isso é novidade pra mim. Não consegui abrir o link, o que houve? Abraço. 

Diego,  foi mal, eu tive que bloquear a página uns tempos .  Povo da região começou a visualizar demais a página e semana passada já tinha 3 barcos batendo aqui, fora 1 barco com rede também e fiquei sabendo que mataram, então vou ter que deixar ela uns tempos fora do ar . Infelizmente não tá fácil ainda mais tucuna que é um peixe fácil de se pescar, usávamos a página tipo pra um Back up de fotos, sem intuito de divulgação de nada.  A represa é pequena aqui,  4 barcos batendo isca já ferra pescaria , se matarem ainda logo eles acabam também.   Eu sou tao veiaco aqui que quando acabo a pescaria eu pego o barco ando na margem onde eles ficam na velocidade  máxima num motor 30 umas 5x só pra afunjentar os bichos, aí ficam uns 5 dias sem pegar nada , kkkkkkkkkkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
47 minutos atrás, Guto Pinto disse:

Diego,  foi mal, eu tive que bloquear a página uns tempos .  Povo da região começou a visualizar demais a página e semana passada já tinha 3 barcos batendo aqui, fora 1 barco com rede também e fiquei sabendo que mataram, então vou ter que deixar ela uns tempos fora do ar . Infelizmente não tá fácil ainda mais tucuna que é um peixe fácil de se pescar, usávamos a página tipo pra um Back up de fotos, sem intuito de divulgação de nada.  A represa é pequena aqui,  4 barcos batendo isca já ferra pescaria , se matarem ainda logo eles acabam também.   Eu sou tao veiaco aqui que quando acabo a pescaria eu pego o barco ando na margem onde eles ficam na velocidade  máxima num motor 30 umas 5x só pra afunjentar os bichos, aí ficam uns 5 dias sem pegar nada , kkkkkkkkkkkk

Poxa, é complicado mesmo, desanimei de comprar um caiaque e comecei a frequentar pesqueiros por conta disso. Às vezes em Caconde eu acerto umas traíras boas, pequenos tucunarés, e todos SEMPRE retornam à sua devida morada...Outras vezes encontro algum lago particular bacana pra ir, mas é difícil também. Esta foto foi da última pesca em Caconde. 

Screenshot_20190118-152957 (1).jpeg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Diego Russo disse:

Poxa, é complicado mesmo, desanimei de comprar um caiaque e comecei a frequentar pesqueiros por conta disso. Às vezes em Caconde eu acerto umas traíras boas, pequenos tucunarés, e todos SEMPRE retornam à sua devida morada...Outras vezes encontro algum lago particular bacana pra ir, mas é difícil também. Esta foto foi da última pesca em Caconde. 

Screenshot_20190118-152957 (1).jpeg

Diego eu já fui pescar umas 4x em Caconde,  já peguei até bem, mas não é um lugar que curto muito 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/01/2019 em 18:54, Guto Pinto disse:

Felipe, olha aí se tiver face, as pescarias de 2018, nosso quintalzin até que sai muito peixe, mas como disse não é tão fácil, conhecemos eles por nomes, kkkkkkkk

 

https://www.facebook.com/pg/DoutoresDaPesca/photos/?tab=album&album_id=1561835550590904

Estou de cara com essas fotos, inacreditável que vcs façam essas pescarias tão perto de nós e nós em uma represa muito maior, onde o tucunaré está há muito mais tempo, não pegue quase nada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Gutopb disse:

Estou de cara com essas fotos, inacreditável que vcs façam essas pescarias tão perto de nós e nós em uma represa muito maior, onde o tucunaré está há muito mais tempo, não pegue quase nada.

Aqui tem uma vantagem grande a represa não muda de nível, tem muito lambari e peixes menores, e muita planta pra alimentá los.  E por ser menor e já conhecermos  o trecho há mais de 30 anos fica muito mais fácil, pra ter idéia quando tinha 12 anos de idade meu pai deu um barco e um motor pra gente pescar, isso já faz 25 anos  . Além de ficar 10km de casa, ou seja dependendo como for dá pra ir 2 a 3 x na semana e estudar onde fica o peixe  oque tá comendo, manhas, etc.. .  O único problema e o contra se começarem a matar seja com vara ou rede  acaba muito mais rápido.  Aqui tem uns redeiros ainda, mas é uma bobeada nós cortamos e arrancamos tudo,  dia que estamos pescando lá os redeiros tem que dormir no rio senão a gente tira e mete fogo 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
15 horas atrás, Guto Pinto disse:

Aqui tem uma vantagem grande a represa não muda de nível, tem muito lambari e peixes menores, e muita planta pra alimentá los.  E por ser menor e já conhecermos  o trecho há mais de 30 anos fica muito mais fácil, pra ter idéia quando tinha 12 anos de idade meu pai deu um barco e um motor pra gente pescar, isso já faz 25 anos  . Além de ficar 10km de casa, ou seja dependendo como for dá pra ir 2 a 3 x na semana e estudar onde fica o peixe  oque tá comendo, manhas, etc.. .  O único problema e o contra se começarem a matar seja com vara ou rede  acaba muito mais rápido.  Aqui tem uns redeiros ainda, mas é uma bobeada nós cortamos e arrancamos tudo,  dia que estamos pescando lá os redeiros tem que dormir no rio senão a gente tira e mete fogo 

Muito bacana, igual o amigo ali falou, é inacreditável mesmo, ainda mais pra mim que estou todos os finais de semana na sua cidade e é ótimo que alguém esteja sempre "de olho" para que continue assim. Ah, e não pude deixar de notar o Arilson nas fotos! Ele foi meu professor na faculdade rsrsrsr, mundo pequeno!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Diego Russo disse:

Muito bacana, igual o amigo ali falou, é inacreditável mesmo, ainda mais pra mim que estou todos os finais de semana na sua cidade e é ótimo que alguém esteja sempre "de olho" para que continue assim. Ah, e não pude deixar de notar o Arilson nas fotos! Ele foi meu professor na faculdade rsrsrsr, mundo pequeno!

Arilson é amigo meu desde criança, sempre pescamos juntos. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite pessoal.

Estive na represa de caconde ontem. 07/09.

 

Confesso que foi minha 1° Pescaria nessa represa. Fui a convite de amigos de Poços de Caldas.

 

E tive uma grata surpresa... muitas ações...

Foram vários os Dublês... e ainda tivemos um "Triple"... 

 

pescamos por apenas 3 horas...pegamos e soltamos mais de 15 tucunarés... alem de varios fisgados que escaparam ao lado do barco... foi um show!!! 

 

A represa ainda vive!!

20190907_194156.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...