Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Felipe Sousa.´.

Blue Bass Team
  • Total de itens

    440
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    4

Histórico de Reputação

  1. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Marcel Werner em Planilha: tralha amazônica mínima   
    Sabemos que pescar na Amazônia requer um material específico, com características que inspirem confiança. O quesito principal é resistência, seguido de performance e conforto. Baseado na minha experiência, misturando um pouco com o que é mais popular nos fóruns, elaborei uma planilha de tralha econômica, sem abrir mão de qualidade. Porque dá, sim, para ir pescar com menos confiabilidade e performance, mas tem zero luxos na tabela abaixo e somente equipamentos amplamente utilizados. E coloquei míseras 13 iscas artificiais, que sabemos que não é a realidade, nunca vi ninguém levar menos de 30 e a média é umas 60 iscas em dois estojos grandes, sendo que usamos somente 10 mesmo.
     
    Fiz as pesquisas na internet, considerando os menores preços encontrados. Como eu comprei bastante material recentemente para alguns clientes do Vazzoleri Camp, também levei em consideração preços promocionais que encontrei em SP. Ou seja, essa é uma tabela bem econômica e enxuta. Vejam que só tem carretilhas baratas, a vara confiável mais barata de todas, quantidades mínimas.
     

    Notem que não coloquei ferramentas, como alicates de bico e contenção, tapetes de medição, as caríssimas bolsas de pesca, protetores de varas e carretilhas, tubo de vara - que aliás, me custou 140 Reais a mais na ultima viagem, então podemos somar 280  extras aí nessa conta, caso o pescador viaje pela LATAM.
     
    Também não tem nada de reserva. Tudo no limite: perdeu, fica sem.
     
    Obviamente, na prática, esse valor dobra muito facilmente. Tem as propagandas influenciando com novidades; tem a isca que, misticamente, matou a pau "na última pescaria" de alguém; tem aquela compra por impulso às vésperas da pescaria; pitaco de amigo e de fórum; e pensa no tanto de material que você já comprou e não usou - isso é uma fortuna se o seu operador não acompanha cada passo seu, cada snap que você compra. Eu faço isso, meus clientes podem falar.
     
    Feito esse levantamento, já dá para ter uma noção de quanto você vai gastar para ir pela primeira vez pescar na Amazônia.
     
    Mas eu não fiz isso à toa, ou por ociosidade. Decidi incluir no meu pacote de pesca todo este material. Caso o cliente perca ou quebre algo, deverá pagar apenas por aquilo que será preciso repor. A ideia é que alguém que esteja indo pela primeira vez opte pela minha operação, já que sai mais barato me pagar 9.000 do que fechar pela metade desse preço em outro lugar e gastar ainda mais com tralha de pesca.
     
    Nada será patrocinado, eu vou disponibilizar exatamente o que eu uso nas minhas pescarias. Aqui não vai ter viés de patrocinador nenhum, meu negócio é turismo. Se algum fabricante resolver botar suas iscas, snap, vara, seja lá o que for, eu poderei abrir espaço e identificar o que está sendo fornecido por mim e o que é cortesia de algum fabricante para que as pessoas conheçam seus produtos e os coloquem à prova - com o risco da minha avaliação sincera! Mas não tenho nada nesse sentido e acho que poucos estariam interessados em avaliações sinceras, então a chance de isso ocorrer é baixa. É muito mais fácil vender porcaria através de marketing pesado.
     
    Usaremos carretilhas Curado K e algumas outras que quero testar, mas sempre vai ter Curado K, que eu sei que não vai deixar na mão. Varas serão de 25 lb, a maioria de 6'a 6'6", e algumas mais curtas para os pescadores que insistem em pescar com 5'6", 5'8". Colocarei algumas Enzo, Venator, comprei algumas Major Craft, talvez compre algumas Falcon. Nada de varas muito caras, opto pela grande resistência com custo razoável, leveza se possível.
     
    Iscas são T20, Realis Pencil 110, Rip Roller, Jet120 e outras hélices pequenas e reforçadas, iscas nacionais que tenham proporcionado bons resultados em nossa região etc.
     
    Obviamente, caso haja desgaste natural de um equipamento, não será cobrado. Uma peça de carretilha que se desgaste naturalmente ou uma isca que envelheça, fazem parte. A reposição pelo cliente se dará quando o peixe quebrar a linha a levar a isca, quando o pescador quebrar uma vara, deixar cair e quebrar/amassar/danificar uma carretilha, coisas assim, mesmo que por acidente (a pessoa está assumindo o risco). As varas, numeradas, serão testadas uma por uma, quando receber e quando devolver. Este ano de 2019, estarei testando as metodologias para aplicar em 2020.
     
    Não será proibido levar o material que o pescador já tem - exceto garatéias, estas estão proibidas, só permito o uso de anzóis.
     
    Fazendo mais contas simples, baseado em meus grupos de 8 pessoas:
    50 iscas ociosas, em média, por pescador, somam 400 por semana. Alguns milhares de iscas na temporada. 
    8 tubos de vara, que podem ser reduzidos para 4 se as duplas juntarem. Passa de mil ou dois mil Reais só de taxas de tubo.
    Nem vou calcular quantos metros de linha sobram nos restos de carretéis.
     
    Mais do que economizar, também estamos gerando menos lixo ao fazer esse uso mais racional dos recursos. E sem desperdício de dinheiro. 
     
    Resumindo: pode vir só com a bagagem de mão. Se você for para outra operação, eu já ajudei com esta tabela e se tiverem mais dúvidas, é só me perguntar aqui no tópico.
     
    Abraços e bom proveito.
     
  2. Like
    Felipe Sousa.´. recebeu reputação de Xaverex em Ajuda na escolha de Linha Multifilamento e Fluorocarbono   
    Das multifilamento citadas, só não usei a Super Raiglon.
     
    Entre essas, a que me mais agradou foi a Crown 8X. Muito boa. E a que eu contra-indico é a Pro Tsuri. 
     
    Uma outra linha, que fica na mesma faixa de preço, talvez uma besteira acima, porém, com qualidade superior, é a Ado-X PE.   Essa sim, achei ótima e de excelente custo-benefício. 
     
    Leader, o Vexter cumpre o trabalho, mas eu gostei tanto, que penso justificar o investimento num Absorber da Galis YGK.  Procurando bem, nem fica tão mais caro assim. Confio muito.
  3. Thanks
    Felipe Sousa.´. recebeu reputação de Murilo Fernandes em [Curado 71XG ou Scorpion 71XG] Qual escolher?   
    Eu tenho uma Scorpion 70 Hg e prefiro ela à outras Shimano superiores que possuo. Muito gostoso o palming dela. Em minha mão, casou melhor que as Aldebaran Mg7 e 50, por exemplo. Arremesso muito bom e dificilmente apresenta prolemas com cabeleira. 
  4. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Armando Ito em Concorrente das Shimanos ?   
    mas é exatamente essa diversidade de preferências que faz um forum bacana André ... as vezes ( ou normalmente ) as impressões de 2 pessoas podem ser muito contrárias ... as vezes vc se encaixa em uma ... noutras vezes em outra ....
     
    é como aquela discussão recente das DC ... eu concordo que as Scorpion não seja parâmetro para análise ( ou comparação ) ... até pq as DC da Antares e da Calcutta são muito diferentes ....
    ou ás vezes vc espera uma coisa e vem outra ,... impressão é uma coisa muito pessoal ...
     
    mas vida que segue ... rsrsrrsrs
  5. Upvote
  6. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Renato Barreto em Cópia das iscas Duo Realis Pencil 85 e da 110   
    Jorel, tenho sim a Dog X da Megabass , tenho 3 delas compradas ainda na época do escambo do Caterva...e tenho também a genérica dela, a Lori X , que também é boa, mas a original é sem dúvida melhor 
    Gosto as vezes mesmo tendo a original, de testar a genérica....veja o exemplo da Firestick, que é uma cópia, mas ficou melhor que a original (Ken Stick).
  7. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Ricardo Nagatomo em PESCARIA FANTÁSTICA – THAIMAÇU / AGOSTO DE 2019   
    PESCARIA FANTÁSTICA – THAIMAÇU / AGOSTO DE 2019

    Pela terceira vez consegui realizar mais uma pescaria sensacional na Pousada Thaimaçu, que fica nas margens do Rio São Benedito (Sul do Pará) e próximo do afluente Rio Azul.
    Já havia pescado por lá em Novembro de 2013 e em Agosto de 2017, inclusive segue abaixo o relato dessa pescaria de 2017.
    Eu disse acima “Conseguir”, pois todos sabem o quanto é difícil conseguir uma data para pescar nesta pousada, inclusive essa pescaria só foi possível pois em 2017 fiz essa reserva para Agosto de 2019, pois para 2018 já estava tudo lotado. Rsrs.
    Foi a primeira vez que fomos em uma turma para a pousada, aliás, que turma TOP que conseguimos montar.
    Depois de algumas desistências, substituições e etc... Os felizardos que conheceram esse paraíso estão na foto abaixo:

    Da esquerda para direita: ARILDO, PAULO (SR. MIAGUY), CARLOS SALSICHA, RICARDO, LÉO (T.G.)🤣, FABIO NEVES, DENIS (TAMAGOSHI), DOUGLAS (CARPINCHO), HELIO (CRARU), CAIO PINELLI, TADEU (OTÁVIO MESQUITA), LORI (ANTES)🤣 E MATA GATO.
     
    Infelizmente nosso Amigo Matheus por motivos pessoais teve que cancelar a viagem. Matheus saiba que fez a escolha certa meu amigo e pode ter certeza que nas próximas você estará conosco tomando aquela gelada. 🙏
     
    Tivemos pescadores saindo de várias regiões do país e no dia 31/07 todos estavam em Alta Floresta por volta das 14h00 para seguir de Transfer até a pousada, na balsa que cruza o Rio Teles Pires já estávamos no clima da pescaria.

    Chegamos na pousada no fim da tarde e ninguém nem quis saber de mexer com traia de pesca, todos queriam mesmo era tomar um Heineken gelada e aproveitar cada minuto.
    A Pousada Thaimaçu é um capítulo à parte da minha opinião, poderia ficar aqui falando por horas sobre as qualidades de lá, quartos extremamente grandes, limpos e confortáveis, comida muito variada e bem feita, caldos todos os dias, petiscos, sobremesas incríveis e variedade de cervejas. Sem contar o atendimento impecável, piscina, horta, etc etc etc.
     
    A pescaria começou no dia 01/08 e logo podemos perceber que os Tucunarés estavam bem ativos, nestes dois primeiros dias de pescaria saíram muitos deles nas iscas de superfície. Aliás para muitos (inclusive para mim) essa é a espécie de Tucunaré mais bonita que existe. É impressionante a pintura que é esse peixe.







     








    No terceiro dia de pesca, por incrível que pareça tivemos a chegada de uma frente fria, rsrs, só pra manter a tradição de alguns pé frios do grupo, claro que não vou citar nomes (Carpincho e Lori) kkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Os Tucunarés ficaram um pouco mais manhosos, refugando alguns ataques na superfície, mas continuavam entrando alguns bons peixes.




















    Com isso vários amigos começaram a tentar outros tipos de peixes, o que é uma vantagem muito grande do local, pois se pesca peixes de couro, tambaquis, trairões, cachorras, bicudas gigantes etc.

















    E foi em uma dessas tentativas que nosso amigo Léo fisgou uma gigante Pirarara, que depois de muita briga se entregou, já com o dia bem escuro. Acho que pela cara do pescador dá pra ver a felicidade que foi pegar esse monstro.
    Parabéns pelo troféu Léo.


    Outro pescador que arrebentou na variedade e no tamanho dos peixes foi nosso amigo Tadeu, destaque para esse imenso Caparari que deu trabalho demais para ser tirado da água.


    Inclusive no último dia de pesca nossos amigos Tadeu e Lori resolveram ir atrás especificamente do Trairão, peixe que até então tinha dado poucas vezes a cara na nossa pescaria, e em apenas uma manhã de pesca eles pegaram vários deles, inclusive dois gigantes de sete e oito quilos, peixes pegos na isca artificial, nos pedrais do São Benedito, local onde parece estar pescando em um Aquário, não dá nem pra ver se onde vem o ataque do bicho. Rs.



    Outros que foram tentar algo diferente no último dia foram nossos amigos Helio e Salsicha, que em apenas uma tarde, nas corredeiras bem em frente a pousada, perderam 7 Jaús brutos que estouraram linha (Salsicha disse que pegou raiva do bicho até 🤣) mas conseguiram tirar dois para as fotos.



    Uma dica bem legal para quem for para a pousada é pedir ao guia para conhecer o Rio Água Limpa, que fica a aproximadamente 10 minutos da pousada, um verdadeiro aquário, um dos locais mais bonitos que já conheci.


    Finalizando o relato, gostaria demais de agradecer toda a turma pela confiança, pela parceira em todos os momentos, pelas risadas, peixes perdidos, apelidos, noites de poker e pelos dias maravilhosos que passamos juntos. Saibam que vocês foram sensacionais, muito acima do que imaginei que pudesse ser.





    Agradecer sempre a Deus, pela oportunidade de fazer novos amigos, de ser privilegiado de estar em um local como esse, ainda mais ao lado do meu irmão e do meu pai, meus grandes companheiros de pesca e da vida.
    A Pousada Thaimaçu mais uma vez obrigado e parabéns por conseguirem melhorar a cada ano, desta vez não consegui sair de lá com uma data marcada, mas sou brasileiro e vou encher o saco até conseguir. Rsrs
    Espero que tenham gostado do relato, se tiverem dúvidas sobre o local, equipamentos etc fiquem à vontade.
    Grande abraço a todos e segue mais algumas fotos abaixo:











     



  8. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Preto Barcellos em BlackBASS. Precisa rebocar o peixe?   
    Sou pescador de bass a muitos anos na serra gaucha a questão de rebocar o bass vem dos americanos que a midia mostra por ser um peixe com muita visibilidade em torneiros Americanos valendo milhares de reais, eles rebocam o peixe com varas power na faixa de 25 libras acima de 7 pés , para peixes na média de 2kg para não dar oportunidade do peixe escapar, pois o bass depois de fisgado muitas vezes vem a favor do pescador e salta para frente e acaba escapando, mas é uma pratica usada pelos Americanos, para pescadores no Brasil não a nescessidade o negocio é curtir o peixe... Abraçosss
  9. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Armando Ito em BlackBASS. Precisa rebocar o peixe?   
    o bass após fisgado procura alguma estrutura pra se desvencilhar ou pula fora dágua com mesmo intuito ...
    manter a linha tensionada aliada ao recolhimento rápido , diminui essa probabilidade ...
    a forma como os americanos embarcam o bass , vem da característica das competições , em que qualquer tempo economizado no embarque possibilita uma maior cobertura no tempo de pesca ...
     
     
  10. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Guto Pinto em Mercury 5 hp não puxa agua quando acelera   
    Dinho leve denovo no mecanico.  Pode ser que o rotor antigo tenha soltado um pedaço   e obstruido a passagem de agua.  Se o motor foi usado em agua salgada ou agua muito barrenta de uma uma verificada na valvula termostatica também. Evite usar orelha o nesse motor pois ele nao encaixa direito e vai moer o rotor isso se nao já moeu. Se for funcionar coloque ele num tambor. 
  11. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Marcel Werner em [ISCAS ARTIFICIAIS] Novo lançamento   
    Ninja (Bonnie) 85, T10, MS Raptor 70, Realis Pencil 85, X-rap 8, Rozante 77 e quase toda a turminha desse porte: VMC 7237 #1. 
    Obs.: há algumas exceções. Saruna 80, por exemplo, exige anzol mais leve, uso Gamakatsu 53Salt. 
     
  12. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Armando Ito em Vara Sumax Java   
    nunca , jamais use lixa .... use bombril ... demora mais , mas é mais seguro ...
    e ... nunca teste o encaixe com ela quente ( após passar bombril ) ... esfrie na água antes de testar ...
  13. Thanks
    Felipe Sousa.´. recebeu reputação de Gustavo Marchi em [Dicas - Preciso] Vara para molinete. Venator 12lbs, é boa?   
    A Daiwa Revros é muito boa tb. Dê uma olhada na Santiago da Albatroz tb.
  14. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Pallas em Carretilha maruriy sw 10000 big game   
    Não se prenda em relação de recolhimento, olha o IPT dela. A SW2 recolhe 87cm por manivelada e uma Tatula CT Typer-R 8.1:1 recolhe 86cm. 
  15. Thanks
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Cristiano Rochinha em RIOS ARAGUAIA E CRISTALINO 2019   
    Muitos amigos desse fórum esperam ansiosamente a chegada da temporada de pesca dos tucunarés amazônicos,que normalmente se inicia em Setembro...São meses de muita ansiedade,onde se contam os minutos até a chegada da tão aguardada temporada...No meu caso,esse tão esperado momento se inicia no mês de maio,onde começa a alta temporada no rio Araguaia....Ah Araguaia querido.....Quantas excelentes pescarias nele já feitas e quantas histórias pra contar desse lugar maravilhoso.....Impossível não se encantar ao ver as belas praias de areia branca e aquele por do Sol maravilhoso refletindo o tom dourado em suas águas....Nos últimos anos tenho feito pescarias nele com mais frequência do que em outros locais,por motivos bastante simples: DIVERSIDADE,QUANTIDADE E QUALIDADE DE PEIXES....Além de preços bem mais acessíveis do que outros bons locais de pesca no Brasil.
    Assim sendo,no último dia 02/06 me reuni com mais 8 amigos das cidades de Atibaia,Colombia e Planura-MG, pra nos aventurarmos mais uma vez por aquelas águas....A pousada escolhida mais uma vez foi a excelente pousada Cristal,na região da foz do rio Cristalino...Local já bem conhecido por muitos pescadores,mas que no meu ver,ainda é realmente um lugar apaixonante.

    Pousada com excelente tratamento aos hóspedes kkkk

     
    Pra quem se aventura por essas bandas,sempre há a passagem por Luiz Alves,e assim mais uma vez o fizemos...Ficamos hospedados no Hotel Tucunaré por uma noite...Hotel bastante novo,também com ótimas instalações...Pra quem frequenta Luiz Alves mas nunca se hospedou nele,recomendo...

    Sempre aproveito a parada em Luiz Alves também pra comprar anzóis 12/0 encastoados...Ainda não me adaptei a pesca de piraíbas com suporte Hook,prefiro os modelos tradicionais mesmo,além de que,como uso o mesmo conjunto tanto pra pesca de piraíba como pra pesca de pirarara,acho anzol único mais prático,já que pra pesca de pirarara não há necessidade de suporte,pois é um peixe que muitas vezes se fisga sozinho.
    O detalhe que acho interessante,é que esses empates com aperto no meio,costumam ser mais reforçados do que os que tem aperto no anzol e girador.

     
    A viagem de Luiz Alves segue cortando as terras da famosa fazenda Nova Piratininga,a maior do Brasil...

     
    Chegada no Fio Velasco,pousada Asa Branca II ,onde os carros ficam.

     
    A diversidade de espécies na região realmente é muito grande,mas a bola da vez dessa pescaria realmente foram os tucunarés do rio Cristalino...Isso mesmo,foram tantos que podemos dizer que não foram somente peixes pegos nos lagos,mas no próprio rio Cristalino os bichos também estavam ativos...
    Uma das duplas no primeiro dia de pesca embarcou cerca de 100 peixes,muitos deles estavam num tamanho muito bom pra região.


     
    Muitos dublês foram feitos....E em meio a pescaria de tucunas,aruanãs sempre davam as caras nos lagos,e nas corredeiras do Cristalino,muitas apapás e cachorras também foram fisgadas...


     
    Apesar da voracidade que os peixes atacavam as iscas,todos foram pegos na meia água e jigs....Somente alguns aruanãs resolveram atacar as iscas de superfície,e olha que não foi por falta de insistência....Mas espero um dia encontrar cardumes ativos desse jeito dos açus na Amazônia rsrsrs...
    A pesca de peixes pequenos no Araguaia esse ano se mostrou mais fraca do que em anos anteriores...Acredito que devido a cheia ter chegado mais tarde esse ano,talvez isso tenha provocado o atraso da saída dos cardumes dos lagos paro o rio....Poucos palmitos e cacharas foram capturados..Algumas corvinas e barbados também,mas tudo em menor quantidade do que anos anteriores...Mas um dos peixes mais esportivos do Araguaia como sempre também deu as caras...As apapás....Reparem nas fotos acima que as apapás do rio Cristalino tem uma coloração mais esverdeada no lombo,devido a cor da água,enquanto que as apapás do Araguaia tem tons dourados mais fortes,peixes realmente belíssimos,além de super esportivos.

     
    Na pescaria dos grandes peixes de couro,os botos como sempre se fizeram presentes...Hora estavam atacados,hora davam uma aquietada,e aí conseguíamos pescar por bons períodos sem amolação...As piranhas também não deram muito trabalho esse ano.
    Em meio a pescaria dos grandes,fisgamos 3 arraias (fomos campeões de arraia esse ano rsrsr) e como sempre ficamos pescando peixes pequenos enquanto aguardamos os grandes,uma grata surpresa esse ano foi um lindo tambaqui fisgado num molinete 2500 e vara de 14lb pelo parceiro Renan......Pensem numa briga....
    O tambaqui foi introduzido acidentalmente no Araguaia à uns 6 ou 7 anos e estão se multiplicando rapidamente....Em Luiz Alves na abertura da pesca esse ano,um único barco chegou a pegar 9 deles num único dia.

     
    Mas as queridas laranjinhas também apareceram,para todos do grupo...Uma piraíba de 1,66m também foi fisgada,porém ainda não recebi as fotos...Assim que me mandarem eu posto aqui.

     
    Uma das pirararas que peguei estava muito magra,peixe realmente bem feio,infestado de parasitas e com coloração desbotada...Não conseguiu nem brigar direto,mesmo sendo bem grande.Não sei se o motivo dessa enfermidade são parasitas ou alguma outra doença.O fato é que demos uma boa limpada nela antes de a devolvermos pra água.

     
    Todas as noites a resenha de pescador rolava sempre animada...Enquanto vemos assuntos nesse próprio fórum sobre a falta dessas tradicionais resenhas de pesca,da frieza que as vezes essas tradicionais conversas são tratadas ou até a sua substituição por coisas mais futeis (de bem menos importância numa pescaria),nessa viagem tive o privilégio de acompanhar uma turma que só preocupou com apenas uma coisa: DIVERSÃO....

     
    Por mais que conheçamos o Araguaia,a beleza desse rio sempre nos encanta e nos deixa mais motivados a voltarmos.

     
    Rio Cristalino e os acessos à seus lagos:

     
    Mais uma vez,tivemos o apoio de uma excelente equipe de guias na pousada Cristal....
    Da esquerda pra direita:
    Valdes, Abrahão, Zé Vital e Jorge.

     
    Nessa foto ainda faltou o quinto guia, Davi....Segue uma foto dele ano passado (com uma pirarara que eu peguei kkkkk)

     
    À esses 5 e a toda equipe da pousada,Welington,Welisson e seu Val,meus sinceros agradecimentos em nome de todo o grupo.
    E claro,não poderia deixar de agradecer os amigos dessa empreitada: Junior,Waltinho,Scarelli,Renan,Tarciso,Piapara,Pitico e meu pai,Rocha.....Galera nota 10000000....Só tenho a agradecer a todos e esperar que viagens como essa se repitam muitas e muitas vezes.....
    Ah,e no último dia de pesca tive a honra de conhecer nosso amigo aqui do fórum,@Odirlei Borin.....Quem sabe numa próxima oportunidade estamos pescando juntos por essas águas...
    Abraços e até a próxima.
     
     
     
     
     
  16. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Armando Ito em Customização vara Enzo 3, 6'3", 12-25 Lb   
    desculpe ... conheço o serviço do Alê ... ( nem quero entrar em questão de qual serviço é melhor ou pior ... ) ...
    tem lugar pra todo mundo aqui ... independente se é vc , o Poiani , o Jansen , o Waka , o Alves , o Eliseu , o Fernando , o Alê ... ou qualquer outro ...
     
    abraço e boa sorte !
  17. Like
    Felipe Sousa.´. recebeu reputação de Custom by Marco em Customização vara Enzo 3, 6'3", 12-25 Lb   
    Aqui no Fórum,temos 2 (entre outros) excelente Customizadores.
    São eles os amigos Borin e Marcos CBM. Ainda não tive a oportunidade de fazer uma com Marcos, mas pretendo quando o $$ permitir. Já tive a satisfação de fazer uma com Borin e fiquei muito satisfeito.
     Ambos possuem vasto conhecimento e credibilidade junto aos membros do Fórum.
  18. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Leonardo Rennó em Como usar o Conjunto na água salgada?   
    Vídeo da Revista náutica, falando como adoçar, usar somente silicone e não micro óleo, etc..
  19. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Leonardo Rennó em Como usar o Conjunto na água salgada?   
    Acompanhei por algumas vezes o que o povo da marina Porto Seguro em Ubatuba fazia com a lancha do meu tio com um E- Tec 115 hp. Após uso lava tudo com água doce, motor ainda quente, pois quente abre micro fissuras que a água salgada é depositada, então quente a água doce também entra para lavar, povo la só usa silicone para proteção do motor e da lancha, e esse silicone compra de galão por la. Com uma frequência maior é feito engraxamento da coluna do motor bem como onde tiver pino de engraxar. A lancha ficava no barracão da marina aberta com todas tampas baús também aberta ate secar, aí então cobriam com a capa noite dia.
    Carreta meu tio tinha uma de ferro com pintura eletrostática da FreeHobby, mas na marina já recomendaram de cara comprar uma de madeira e guardar a de ferro, que era utilizada aqui em furnas, MG, água doce. E foi que meu tio fez, comprou uma carreta rodoviária de madeira para usar em Ubatuba, e trouxe a carreta de ferro e guardou. Lancha ficou lá uns 3 anos, foi feita uma troca de anodo, e quando trouxe de volta para cá aparentemente estava tudo ok.
    Tenho um amigo, Donato, que usa as vezes um Mercury 25 hp americano no mar, motor não tem marca de corrosão, sempre adoça certinho e tal. mas esses dias precisou desmontar para trocar uma junta desse motor que estava vazando, e dois parafusos estavam 100% travados, não conseguiam tirar na oficina náutica, por fim quebrou la dentro do bloco e tiveram que levar no torneiro mecânico para tirar o parafuso quebrado, isso se deu pelo sal, que travou tudo dentro da rosca, impressionante como saiu sal de dentro do parafuso, tava branco. 
    Mas como fanático em pesca, se morasse perto do mar ou mangue, tivesse oportunidade de dar umas pescadas iria sem dúvida alguma, mesmo tendo esse trabalho a mais com o com o conjunto.
  20. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Pedro Furtado em [PROBLEMA] Lago Compartilhado   
    Exemplo abaixo:

  21. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Custom by Marco em Ajuda Sobre Linha e Resinas   
    Valeu Miguel!!!!!! E fora as dicas e equipamentos com preços justos para o iniciante. 
    Fale com a Bete sobre o que deseja. Conselho.... comece devagar , porem nada adaptado o tabajara
     
    ZAP 011 942006650 Bete
    Ps. quando da certo com Bete normalmente mando material que não uso mais em minhas varas ( Free) para treinar antes de usar o que comprou!
     
    Abr Marcão
  22. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Miguel Simmons em Ajuda Sobre Linha e Resinas   
    John,
    O marcão, Bete e o Leo, Familia Marbele Custom by Marco são os maiores nomes da Customização no Brasil e no mundo!
    O Marco te passou o zap da Bete, entre em contato com ela no zap que ela vai te fornecer td a informação e material que vc precisa pra vc reparar as suas varas, ou ate mesmo ser um Rod tbm, pq não? Eu faco um trabalhinho de Customização e Reparos aqui na minha cidade e uso os componentes da CBM. Fora as dicas e macetes, antigamente via radio Nextel kkkkkk e hj via zap com a Bete/Marco! Isso então, não tem preco que pague! Por isso recomendo que vc entre em contato com eles! Vc estara indo no caminho certo!
  23. Thanks
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Armando Ito em VARA PARA JIG   
    Falcão ... se não me falhe a memória ... vai pra Ilhabela não e ?
    veja bem ... jumping jig ? ... muitas das pescas ? ... não ... a maioria ainda é isca natural ...
    pode usar seu equipamento de agua doce ? ( molinete e carretilha ) ... certamente , mas tenha o cuidado de lavar e lubrificar o equipamento ( o sal não perdoa nada ) ... leve agua doce e jogue sobre o equipamento após cada uso ... não deixe o sal secar  ...
    jigs entre 60 a 100 gramas ? ... depende ... eu diria entre 100 e 150 gms ... ( se for em dia de maré grande , com certeza terá alguma correnteza ) ...
    pode usar suas varas ? ... logicamente que sim ... não são específicas pra jig ? ... e daí ? ... usa assim mesmo ... só não pode ser muito mole , ou muito duras ( tem que ter uma certa flexibilidade pra poder trabalhar o jig adequadamente ) ... se for trabalhar o jig mais lentamente sempre tem que manter o contato com ela .... se for mais rápido , tem que ter flexibilidade ( e força ) suficiente pra tracionar o jig ...
    mono ? ... até pode , mas lembra que pode ter correnteza ... mono dá muito arrasto ( correnteza ) pq vai ter que trabalhar com uma mono mais grossa ( o que não acontece se for multi ) ... com multi vc pode usar linha mais fina ... isso quer dizer , menor arrasto ( isso significa que necessite menor peso de jig pra descer ao fundo ) ... menor peso de jig = menor esforço de trabalho ...
    mono grosso ... = mais elasticidade = menor sensibilidade .... vc dá uma "jigada" aqui em cima .... o jig vai "andar" metade lá em baixo .... compreende ? ... por isso é aconselhável o uso de multi .... e até pq , a multi vc não perde ... vai utilizar em outras pescarias ...
    calcuttá 400 ? ... não ... muito pesada ... só se for usar pra isca natural ( de fundo ou à deriva ... popular isca boba ) ...
    jigar requer algum esforço físico ... melhor ( meu conselho ) utilizar molinete ( pode ser tamanho 4000 ) ... muito mais cômodo e confortável ... jigar com carretilha eu só faço se for trabalho mais lento ... aí , até acho melhor a carretilha ....
    líder ? ... pode ser mono mesmo ... eu só uso mono ( Sumax exo bt ) ... só usaria fluor se fosse atrás de atuns , sororocas , etc ( visão mais aguçada ) ... se necessitar de fluor , pegue sua mono e passe bombril nela ... resultado é o mesmo ...  ah , e não use snap ... amarre direto na isca ou use split ring ( aquela argolinha ) ...
    se for trabalhar mais rápido ( aí eu indico as 40 libras ) , entre 5,6" até no máximo 6" = mais força de tração e conforto .... se for trabalhar mais lento , acima de 6" ( pode ser a de 30 lbs ) = amplitude de trabalho maior e melhor apresentação da isca ...
     
    "eu" ... no seu lugar ... ficaria nas iscas naturais mesmo ... ( pode usar qualquer coisa ) ... aí se me sentisse confortável , partiria para algo mais específico ( jigs ) ...
     
    bom .... minha opinião , ok 
     
     
     
     
     
  24. Upvote
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Guto Pinto em Mais uma Chata Uai náutica   
    Recentemente como postei aqui comprei uma Chata 6m, gostei tanto do barco que resolvi trocar meu outro barco, uma semichatab 5m Pontal náutica  por outra Chata.  Eu e meu irmão usamos dois conjuntos, e pra uma pescria bate volta mais rápida acabamos usando o barco e o motor menor.  
    Através de conversas fiquei sabendo que o nosso grande amigo aqui do fórum Leonardo Rennó estava vendendo a dele e do jeito que queria. 
    Conversamos e resolvido,  ele mesmo trouxe o barco até aqui.  Chata uai náutica seminova.
     

    Nem já chegou eu já retirei o Pontal, coloquei a Chata na carreta. Já adaptei o suporte do elétrico traseiro, coloquei o Tohatsu 18  e fui pescar com chuva e tudo
     

     

    E já deu sorte acertei uns Piauçus aqui no quintal
     
     
     

     
     
     
    Eu medi por pouco o desempenho mas a velocidade ficou excelente atingindo 37km/h em dois bem pesados bateria eletrico ceva e poitas, ficou um foguetinho.   E como toda chata  com uma estabilidade pra se pescar de outro mundo, e um conjuntinho muito prático pra manejar.  
    Valeu Rennó barquinho ficou show

    Agora estamos com a mãe e a filha, kkkkkkkkk
     


     
  25. Thanks
    Felipe Sousa.´. deu reputação a Branco Possebon em Atrás Piauçus do Rio Grande Fev 2019   
    Pescaria sensacional....infelizmente vimos muitos pescadores "limpando" o rio.
    Como @Gutão disse, o local seria um Oásis para pescadores se não fosse tão depredado em termos de pesca e da poluição que desce pelos afluentes.
    Mesmo assim, uma das melhores pescarias que já fiz em relação a Pousada (Extremamente bem recebido pelo Proprietário Rodrigo), loja de pesca (Comercial Piapara - Loja do amigo "Piapara" - Muito material de pesca com preço excelente) e piloteiros José Roberto e Cosme.
    Voltaremos com certeza.
×
×
  • Criar Novo...