Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabrício Biguá

Isolador de Baterias.

Posts Recomendados

Olha só q interessante.

Naquele tópico sobre estator x retificador x alternador...acabou surgindo um novo aparelho...o tal do ISOLADOR DE BATERIAS...

É um equipamento muito utilizado por quem faz trilhas de jipe e por aí vai.

Esse aparelho permite q uma, ou duas baterias apenas recebam carga vinda do alternador/gerador/estator...não permitindo q elas percam/ganhem carga entre si (ligadas em paralelo).

Imagem Postada

Imagem Postada

Devido ao aumento de demanda de corrente (erradamente denominada “amperagem”), que os acessórios elétricos drenam da bateria, muitos veículos possuem 2 baterias, uma para a partida e sistemas vitais do veículo e outra para acionar os acessórios como guincho elétrico, faróis auxiliares, sistema de som, etc.

O Isolador de Baterias Warn resolve o problema de descarga prematura da bateria principal, deixando o trabalho pesado para a segunda bateria e possibilitando que ambas sejam carregadas pelo mesmo alternador.

Agora sim...vc pode ligar a sua bateria principal (motor de popa e acessórios do barco), na bateria secundária (motor elétrico).

Tá dada a dica... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é.

Eu ia falar isso, mas estava esperando meu Guru se manifestar.

Motores 2 tempos de 40, 50 e 60hp geram apenas 6ah (pelo menos os Yamaha). Os de 90hp geram 10ah.

O melhor mesmo, se for pescar mais de um dia, é levar um carregador de baterias para recarregar a do elétrico e deixar o motor recarregando a outra, sem esquecer que num dia inteiro de pesca (8 a 10 horas no total) a gente deve navegar em torno de 3 a 4 horas, no máximo.

Além do que, quanto mais penduricalhos colocamos maiores são as chances de defeito e maior a aporrinhação prá localizar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ótimo os topicos Fabricio!!! Tenho uma dúvida, queria ligar a bateria do eletrico em paralelo com a do motor de popa, contudo, o mecanico me falou que se eu a instalar na popa do barco, quando uso o eletrico poderá criar uma resistencia muito grande, perder energia em forma de calor, esquentando muito o cabo, se instalar na proa quando for dar a partida do motor de popa, tambem pela distancia poderá superaquecer o cabo!!! Me de uma dica ai amigo, é isso mesmo??????

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ainda acho que o melhor é ter as 2 baterias isoladas.

Eu tenho uma de 110 amp. exclusivamente para o elétrico e sempre levo um carregador para as pescarias e outra de 70 amp. para o motor de popa e acessórios. Esta tem sua carga reposta a cada vez que dou partida e navego alguns minutos.

Também levo um cabo de chupeta para qualquer emergência.

Abs.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha só turma...vcs estão fazendo confusão em alguns pontos....ehee...Vamos tentar resolvê-los.

Pércio....vamos analisar os Mercury...

O motor de 40hp com estator gera 11Amp / hora.

O de 50hp gera 16 Amp / hora.

O de 60hp também gera os mesmos 16 Amp / hora.

O de 90Hp gera 18 Amp / hora.

Se analisarmos bem é uma boa quantidade de carga.

Outra coisa...o estator do barco não é para "CARREGAR" as baterias do barco, ele serve na verdade para REPOR a carga perdida.

Como muito bem dito pela turma...carregar as baterias do barco durante a noite, com um carregador elétrico, e por várias horas seguidas é muito mais interessante.

Walther....

Em + ou - 4 horas de navegação vc consegue repor a carga completa de uma bateria de 70hp. Ajuda muito. joia:::

Outra coisa...usando um isolador de baterias vc estará ISOLANDO uma bateria da outra...hehehee...ou seja, a bateria do elétrico não irá roubar carga da bateria do barco....ou seja, a com menos carga nunca irá roubar carga da com mais carga (q geralmente é a do barco)...

....maaassss, quando vc liga o motor de popa, as 2 baterias passam a receber carga do estator...ou seja....as duas sempre recebem carga do estator, mas elas só perdem carga para os seus respectivos acessórios.

É uma mão na roda.

Leonardo...é verdade o q o seu mecânico lhe informou.

Se forem duas baterias de mesmas especificações ligadas em paralelo, e preferencialmente compradas juntas...não há muito problema...visto q elas trabalharão praticamente em conjunto.

Quando vc usa baterias muito diferentes, tipo uma de 130Amp, e outra de 70Amp, uma nova e outra velha, uma ciclo profundo e outra não, e por aí vai...vc judia/sacrifica muito as baterias...A com menor capacidade de carga então, puts...fica maluca...Esquenta, perde carga, esquenta, perde carga...e isso acaba com a vida útil dela.

Quanto a tamanho do cabo, ele tb tem razão...Claro q ele não precisa ser grosso como um cabo de chupeta, visto q a partida de carro chega a puxar 850 Amp de Hot Crank (para baterias de 75Amp)...ou seja...essas baterias automotivas são muito potentes para partidas....e isso, faz com q os fios esquetem. Daí os cabos de chupeta serem tão grossos.

Já para motores elétricos, onde não precisa de um alto Hot Crank, o ideal é usar baterias de gel, ou de ciclo profundo...Estas podem perder muittaaaaa carga q depois conseguem recuperar novamente.

Para essas baterias vc pode usar fios mais finos...Repare nos fios dos carregados on-board, e até mesmo nos portáteis...repare q os fios q saem deles para a bateria não são tão grossos.

http://www.minnkotamotors.com/com/xiips/Ektron/MetaData/RelatedImage.aspx?id=199&size=large

Repare abaixo no modelo de cabo q a BassPro vende como extensão para baterias de barco.

Imagem Postada

E esse cabo tem 15 pés de comprimento, ou 4,5m...o q é um bom tamanho.

Olha só esse cabo vendido na Cabelas...Ele é feito para baterias de até 150Amp...

http://images.cabelas.com/is/image/cabelas/s7_014621_imageset_04?$main-Large$

Acredito q um cabo flexível de 2.5mm, ou no máximo de 4mm, seja suficiente para levar carga da popa para a proa do barco. joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado pelas dicas Fabrício e Walter!!! Realmente no Levefort Sabre, uso para a bateria do eletrico um carregador 110/220 volts inteligente, carregando a bateria à noite, ja no Pantanaltica Araguaia com Mercury 40 Manual, coloquei um retificador e cabo 2.5mm, ajuda bem a manter a carga durante a pescaria. Abraço a todos!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabrício,

Quando foi que vç navegou 4 horas direto???

Não levamos nem gasolina suficiente para isso no barco além de que tratavamos sobre carrgar 2 baterias simultâneamente com nossos pequenos motores.

A realidade de uma pescaria nos moldes das nossas não é essa.

Gastamos uma parte da carga da bateria para ligar o motor e enquanto nos dirigimos para um ponto de pesca, o retificador repõe essa carga utilizada. Desligamos o motor e ficamos pinchando e olhando o sonar que está ligado e vez ou outra funcionando a bomba de porão até que resolvemos mudar de ponto. Dá-se nova partida no motor e dirigimo-nos a um outro ponto de pesca e no percurso o retificador repõe toda essa energia que foi usada e isso se repete durante o dia todo. É assim que funciona numa pescaria em rios e lagos. Mar é outra coisa.

Por conta disso é que continuo acreditando que o melhor é manter as baterias separadas pois o retificador repõe a energia gasta pelos acessórios e pela partida enquanto a bateria do elétrico fica carregando durante a noite.

No dia seguinte vç tem as duas a plena carga e não tem mais um aparelho para dar defeito e uma série de conexões com possível mal contato por oxidação.

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Waltão...eu tb concordo com vc....Carregar as baterias lá na pousada é muito mais interessante...Vou continuar fazendo isso.

Quando me referi a navegar por 4 horas....não quis dizer q seriam ininterrúptas...hehee...se forem 2 horas hj e 2 amanhã...terei meia carga completa de bateria a mais por dia de uso...hehee...pode ser uma mão na roda...hehee...Se for apenas 1...tb dá um "gáiszinho" na bateria.

Ah...e o melhor...para essa turma q usa sempre baterias de automóveis....é super interessante...já q a bateria estará sempre sendo "agitada" por alguma carga.... joia:::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Montando um esquema deste coloquei 3 chaves gerais usando um sistema de ligação em paralelo para a partida, quando ligamos o motor, não podemos desligar a chave e mudar a bateria, com este esquema posso desligar e isolar as baterias. O isolador está ligado nas duas interrompendo o roubo de carga entre elas e com as 3 chaves pode-se isolar a bateria 1 e 2 com o motor ligado! Poderei ai usar outro motor, caixa fusíveis para o restante do barco, etc. Usando uma chave normal de duas baterias, não posso isolar uma da outra com o motor ligado. Assim, com o esquema das 3 chaves, quando dar a partida com as duas ligadas para o motor, a amperagem vai aumentar somando as duas baterias, e após a partida, isola se uma da outra, ainda continuará com a voltagem 12v com a amperagem menor da bateria do motor!

Em tese isso funciona, mas na pratica será?

Diagrama Eletrico.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×