Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Aline Patricia

Show de pescaria no Rio São Benedito

Posts Recomendados

Quando passamos meses planejando uma grande pescaria já é maravilhoso, imagina quando ela acontece de repente seguida de um convite para um trabalho, mal temos tempo de arrumar as malas.

Saímos do estado do Mato Grosso de onde já estávamos a 10 dias e seguimos viagem mais uma vez, nosso destino era Rio São Benedito. Mas para chegar até ele andamos mais de 100 km de estrada de terra.

Passamos pelo município de Paranaíta, lá estava a nossa espera o Leandro da Pousada São Benedito, era final de tarde e nossa equipe viu de perto um pôr do sol incrível.

Imagem Postada

Quando atravessamos o Rio Teles Pires de balsa entramos no estado do Pará. Ali começava mais uma bela história.

Fomos recebidos na pousada São Benedito pelo Sr. Claudio e sua família.

Ela fica as margens do rio, um lugar muito bonito e cheio de encantos.

Imagem Postada

Imagem Postada

Olho de um sapo lindo que estava na pousada no segundo dia.

Imagem Postada

O Jacu é presença constante na região.

Imagem Postada

Aquela noite passou rápido, afinal chegamos cansados, mas as 5:30 da manhã já estávamos acordados, tomamos café e fomos para o rio.

Quem nos acompanhou durante toda a pescaria foi o Miranda e o Leandro.

Quando entrei no barco já senti um clima bom de paz, isso faz diferença nas pescarias. Nos primeiros km do rio meus olhos não acreditava no que via, era muita beleza. Nasci e cresci no meio do mato e nunca imaginei me emocionar ao ver um pássaro ou ouvir um canto deles mas aconteceu. Ao ver as Araras era inevitável não agradecer a Deus por ter a oportunidade de estar ali, tantas pessoas só conseguem vê-las trancadas em gaiolas e ali estavam soltas, aos pares, aos montes.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0nqCN6A9I/AAAAAAAARUA/2PZ5-kJn2WU/s640/DSCN7232.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX4CTCWP8YI/AAAAAAAARdw/Q2w-XQDK69I/DSCN0093.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pPsMje7I/AAAAAAAARXA/m-ZWg1YzpAI/s640/DSCN0053%20%28Medium%29.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oRh14e7I/AAAAAAAARVE/q3touns2WV4/s640/DSCN7300.JPG

Ouvi de perto o canto de um pássaro que também não conhecia, achei incrível, o Capitão do Mato (Lipaugus Vociferans).

Além de tudo isso tinha o cheiro do mato, fiquei por alguns segundo pensando... quantas pessoas nunca sentiram isso e talvez nunca venham a sentir.

Chegamos no primeiro ponto de pesca e como o rio estava bem cheio a pescaria o tempo todo foi de espera, mas com tanta beleza esperaria horas, mas não foi preciso, poucos minutos depois já tinha peixe com fome, deu pra sentir que não era um grande exemplar, mas era o nosso primeiro naquelas águas.

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0n2nG74nI/AAAAAAAARUU/bW8Nq0z21eU/s640/DSCN7251.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wHfs86nI/AAAAAAAARYc/bLqfjSpLjt8/s640/DSC_1017.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wZz9xpCI/AAAAAAAARYo/BdBfMruS5dY/s640/DSC_1023.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0weqXE1TI/AAAAAAAARYw/1uIjytq0JT4/s512/DSC_1027.JPG

Um pequenino Jaú abriu nossa pescaria, briguento, chegou jogando água pra todo lado e como ele muitos outros vieram.

Percebendo a quantidade de peixes daquele tamanho deixamos de lado o equipamento pesado por um instante e brincamos um pouco com um equipamento mais leve, uma varinha de 20 lbs, ai sim foi uma brincadeira muito gostosa.

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0psTn27SI/AAAAAAAARX4/jgoas0YKA6c/s640/DSCN0232.JPG

E todas as espécies eram novidades pra mim, apenas conhecia por foto, nunca tinha tido a oportunidade de fisgar um exemplar.

E foram vários Jaú, Barbado, Jundiá que pegamos, parecia criança quando ganha um brinquedo e ver todos eles sendo soltos era alegria em dobro.

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pwMJw9TI/AAAAAAAARYA/Y48EstAsp2Y/s640/DSCN0242.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pzZls7AI/AAAAAAAARYI/pslIslU-TvQ/s640/DSCN0244.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0p3aMOmxI/AAAAAAAARYQ/2e5izQMWI7k/s640/DSCN0420.JPG

Esperando pelo peixe...

Em muitos momentos a fotografia ficou em primeiro plano, como em alguns momentos tinhamos que esperar pelo peixe era nela que todos nós nos apegávamos. Registrar cada detalhe do local nos fazia viajar, os animais, os detalhes e as cores da natureza, as frutas.

O cajú do mato foi algo que novamente nos chamou a atenção, com sabor marcante uma delicia. Levamos alguns pra fazer caipirinha, sem duvida a melhor que já experimentei.

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oz0N__wI/AAAAAAAARWQ/W7S2MbLFVb8/s640/DSCN7429.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oFAtmjoI/AAAAAAAARUs/tEUHWVqdeRM/s640/DSCN7270.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oCy0kVvI/AAAAAAAARUo/ELMmrIa6qZQ/s640/DSCN7269.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oAUnBgpI/AAAAAAAARUk/NPh0H8kyT8k/s640/DSCN7265.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oGvKyUBI/AAAAAAAARUw/VahU0hs77s4/s512/DSCN7272.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pUKl2IdI/AAAAAAAARXE/glQMQh-EE-c/s512/DSCN0080.JPG

Também aprendi a dar um nó diferente, na verdade é o mais simples que tem pra unir uma linha mult com mono, mas eu não tinha tentado esse ainda.

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pmtFlv7I/AAAAAAAARXw/2ygmXhwIT9Q/s640/DSCN0218.JPG

Pela Cara do Ruy, será que aprendi? :lol: :lol: :lol: :lol:

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pkejbGAI/AAAAAAAARXs/TM-_qp1NxVo/s640/DSCN0215.JPG

Devido as constantes chuva no local não foi possível chegar em alguns pontos, chegamos próximos a uma cachoeira, que nesta época mal dá pra vê-la. As corredeiras no local são muito fortes a força para tirar um peixe nesse local exige além da técnica muita força.

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oiK1NNFI/AAAAAAAARVo/nnKWRHt_bxk/s640/DSCN7364.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0ofRWAuRI/AAAAAAAARVg/ueUtbR_NYS8/s640/DSCN7360.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0on4i0J0I/AAAAAAAARVw/D-HAYk3aufw/s640/DSCN7373.JPG

Nós víamos o tempo passando e nada do troféu aparecer, o clima não estava estável, pela manha muito sol, a tarde muita chuva, rio subindo e baixando, isso deixa os peixes um tanto quanto confusos.

A ansiedade tomava conta, afinal estávamos em um lugar maravilhoso e só faltava uma inesquecível fisgada. Mas mesmo se não acontecesse já voltaria feliz.

O gostoso também de viagens assim é que aprendemos muito, não somente sobre a pesca, mas com as historias de vida que ouvimos. Nosso guia tem mais de 20 anos de experiência e se encarregou de contar tudo sobre o local, não só do São Benedito, mas toda região.

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0p55dfT2I/AAAAAAAARYU/NBO9txj7T10/s576/DSCN0425.JPG

Miranda nosso guia...

Em nenhum momento me senti desconfortável com alguma coisa ou situação, e vi que ser mulher e pescadora não é diferente de ser pescador, podemos sim pescar em grandes rios e viver emoções que antes só 'eles' podiam. Basta amar o que faz que sempre será bem recebida em todos os locais.

Principalmente em pousadas onde o clima é totalmente familiar, me senti em casa.

Os dias foram passando e no penúltimo dia de pesca fez um dia incrível, sol o dia todo, naquela manhã nossa equipe ficou mais animada com o que poderia acontecer.

A quantidade de peixe menor aumentou e as espécies também, os grandes começaram a aparecer e mostrar que não estavam ali pra brincar.

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oP98F_RI/AAAAAAAARVA/E4s3SmiFJ0U/s640/DSCN7297.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0o4dL9ChI/AAAAAAAARWU/Wtz7KQAvUgE/s640/DSCN7443.JPG

Aproveitamos pra fotografar um pouco, além das fotos do local tinhamos que trazer uma recordação nossa do local.

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX4KMI_MFAI/AAAAAAAARd4/0253IFzh_cQ/DSCN7334.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX4KNSfUK-I/AAAAAAAARd8/RPob-4LTR4A/DSCN7326.JPG

Mosquito não tinha, mas abelhas, ai ai... passávamos protetor solar e elas apareciam, em alguns momentos em grande quantidade, mas nada que 5 minutos depois elas não fossem embora e tudo voltava ao normal. Era só não mexer com elas que nada acontecia. Mas o repelente é indispensável.

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0os_Pu7ZI/AAAAAAAARWA/6RQp6OZl1JU/s640/DSCN7404.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0ovGed2WI/AAAAAAAARWE/Q7urz5fiHyM/s512/DSCN7414.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0oww5oJRI/AAAAAAAARdc/9dQhTZHnS_k/s640/DSCN7421.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX4LNOKlh5I/AAAAAAAAReA/OkZEO9j6fEs/s640/RSCN7187.JPG

A tarde fomos há um belo ponto, corredeiras fortes, paisagem exuberante, local ideal para a captura de belos exemplares.

Apoitamos os barcos e ficamos, quando já imaginávamos que nada iria acontecer eu senti algo muito forte do outro lado. Coração disparou, pedi ao guia pra ver se tinha fisgado, ele deu outro puxão forte pra conferir e comecei a trabalhar, nunca em toda vida tinha feito tanta força, nem quando era criança e brincava de cabo de guerra.

O coração disparou, dava pra sentir a força e ele indo cada vez pra mais longe,

Nesse momento é uma mistura de sentimentos incrível, alegria, medo, desespero.

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wivTkJWI/AAAAAAAARY4/W-5ZdysmO1k/s640/DSC_1077.JPG

Nesse momento foi a primeira corrida do peixe, uma loucura.

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wohmXNwI/AAAAAAAARZI/FMjfkMIvk8E/s640/DSC_1085.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wwjRDt4I/AAAAAAAARZc/Bfy_Fn3k3lU/s512/DSC_1096.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0wsfQSBkI/AAAAAAAARZQ/asVxK7uWy34/s640/DSC_1088.JPG

Eu recolhia um metro o peixe voltava três, não poderia travar muito a carretilha pra não estourar a linha. Mas com todo cuidado e muita força fui trabalhando, a dor no braço era grande, mas a emoção era maior. Nosso guia foi passando todas as instruções de como deveria fazer.

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0w0Kpsb3I/AAAAAAAARZk/yDT2WNThJww/s640/DSC_1104.JPG

Quando faltava alguns metros para chegar no barco ele achou uma pedra, esperamos um pouco e nada, até a dor sumiu de tanto que fiquei apreensiva, com medo de perder aquele belo troféu.

A equipe nessa hora foi fantástica, estávamos em dois barcos, passei o equipamento para o outro barco e foram pelo lado contrario e conseguiram tirar o peixe da pedra, achei melhor não fazer sozinha, afinal era minha primeira vez com um peixe daquele tamanho e experiência nessa hora conta muito. Mudamos a posição do nosso barco e voltei a sentir o peso, estávamos bem ao lado de uma prainha, chegamos até ela para que o guia pudesse tirá-lo da água, mas até embarcar não podia comemorar, afinal era um belo Jaú e sendo grande e forte tudo poderia acontecer.

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0w4gsK1dI/AAAAAAAARZo/NMmsbeeJzZQ/s512/DSC_1113.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0w67yjkHI/AAAAAAAARZs/fyPjakDIon0/s640/DSC_1117.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0w9lqqQkI/AAAAAAAARZw/oY_PSfl8nTk/s640/DSC_1123.JPG

Todos ajudaram nessa hora posicionando o barco da melhor maneira para que pudéssemos trabalhar e mostrar essa maravilha sem machucá-lo.

Quando eu senti todo aquele peso em contato comigo foi inevitável não me emocionar, e como todo troféu ganhou beijo em agradecimento mal pude acreditar que estava realizando um sonho e que tive forças pra segurar.

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0w_fLKQRI/AAAAAAAARZ0/94rJ33W0zQ8/s640/DSC_1127.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xB31oJeI/AAAAAAAARZ4/F1VkXKeUaQI/s640/DSC_1135.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xD5923iI/AAAAAAAARZ8/sozLVHbrz28/s640/DSC_1142.JPG

Olhei a água e pensei... quero soltar esse troféu ai dentro com ele, e assim foi, me senti batizada nas águas do São Benedito e pude sentir ele indo embora bem devagar como uma despedida onde uma mão unida a outra vai se desfazendo num leve toque dos dedos...

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xKcRIYrI/AAAAAAAARaI/pCbQRMjc3-E/s576/DSC_1153.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xL39uYiI/AAAAAAAARaM/Sz3PN75PTpU/s640/DSC_1154.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xQIaVc2I/AAAAAAAARaU/Rw6Ef_-xvXM/s512/DSC_1169.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xVek7-eI/AAAAAAAARac/iiJuz_Utb3A/s640/DSC_1172.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0xsdrc9CI/AAAAAAAARbI/ejyzuFYKkHY/s640/DSC_0005.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0x0pjaL-I/AAAAAAAARbU/vFWlf-pe6g8/s640/DSC_0029.JPG

Era bem pesado..

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0y3soiD_I/AAAAAAAARcM/Ir-zzcyiFyw/s640/DSCN0285.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0yx3CAnVI/AAAAAAAARcE/k0WlJAcDqT8/s640/DSCN0274.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0y01olHPI/AAAAAAAARcI/wG5NIp4JXpQ/s640/DSCN0275.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0y6br6aRI/AAAAAAAARcQ/TCcekTvPvWg/s640/DSCN0290.JPG

Aquela noite mal dormi, mas não foi de dor, foi de alegria. Já tinha visto tanta beleza e vivido tanta emoção e mal sabia que o último dia seria de chuva e que não sairíamos pra pescar o dia todo. Ele veio como despedida e pra completar nossa viagem. Fazer dela algo inesquecível.

E esta viagem serviu pra nos mostrar que uma pescaria é muito mais que o peixe na linha, se durante todo período de pesca fosse de muita ação não teríamos tido tempo de apreciar tanta belezas, cores e sons.

Esperamos que a cada destino possa ser assim, e que possamos levar até vocês leitores o melhor da nossa natureza, respeitando-a sempre. Pescando e soltando.

O que levamos dessa viagem foram belas imagens e algumas inesquecíveis como o pôr do sol vista do rio. Em alguns pontos parávamos para apreciar tanta beleza.

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0o_IFucYI/AAAAAAAARWg/sLfEMtbYgqw/s512/DSCN7486.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pBc9wWgI/AAAAAAAARWk/1mID4Ntz0-M/s640/DSCN7490.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pHup72pI/AAAAAAAARWw/TRfdW020WC8/s640/DSCN7522.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0zGXVckMI/AAAAAAAARcg/gFaIRpjtDX4/s640/DSCN0310.JPG

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0zHrinQDI/AAAAAAAARck/fJxxAoqO1uU/s640/DSCN0320.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0pDDkHeTI/AAAAAAAARWo/_NsczEQPiHU/s640/DSCN7504.JPG

Voltamos pra casa trazendo na bagagem mais experiência e algo que ninguém nos tira... tudo que vimos e sentimos é algo que só quem esteve no local vai sentir e lembrar pra sempre...

Seguimos para Alta Floresta, estava chovendo e a estrada era puro barro, foram mais 160 km. Atravessamos o Rio Teles Pires desta vez durante o dia e entramos novamente no estado do Mato Grosso.

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TX0zS0_0jAI/AAAAAAAARcw/BdRTZYKxLEc/s640/DSCN0523.JPG

Começava ali uma longa viagem...

https://lh3.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TW-ZW9mAyoI/AAAAAAAARHY/_U3rnubshxQ/DSCN0953.JPG

https://lh6.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TW-ZWOIWMXI/AAAAAAAARHU/6BnlYJzzJ7g/s512/DSCN0943.JPG

https://lh4.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TW-ZbAVoERI/AAAAAAAARHs/Xp7KsLMur2Q/DSCN0960.JPG

https://lh5.googleusercontent.com/_ydq3AWmkWPs/TW-ZeTYwofI/AAAAAAAARH8/dhXRafysfLs/DSCN0977.JPG

Nem tudo são Flores...

Ruy e o Sérgio voltaram para São Paulo no mesmo dia, meu vôo não sei porque foi mudado dia e horário, passei a noite em Alta Floresta, mas não foi tão desanimado, naquela tarde ainda me encontrei com a Ge e o Marcão da Pousada Porta da Amazônia, fomos para um sítio, em um chá de panela... coitada da noiva... nunca vi tanta maldade (risos), fotografei o chá a pedido da Ge e a noite seguimos para a cidade, eu já estava bem cansada... me deixaram no hotel.

No dia seguinte Almocei com o Marcão e o Geovane Papa do Programa Pescar e Preservar e segui viagem sozinha novamente, atravessei estados, sai de Alta Floresta no Mato Grosso as 14 horas, passei por Cuiabá, Campo Grande e logo depois São Paulo.

Quando cheguei no aeroporto de São Paulo estava chovendo demais, tinha alagado tudo e quem tinha ficado de me ir buscar não conseguiu chegar.

Acho que fora ficar sozinha em Alta Floresta ali me senti completamente desamparada, as horas passaram e perdi meu ônibus pra Minas. Fiquei mais de 2 horas no aeroporto.

Solução foi pegar um ônibus do aeroporto para a rodoviária do Tietê e seguir viagem de São Paulo para a cidade de Franca - SP, Mas devido a chuva forte eles também estavam todos atrasados, a chuva diminuiu e consegui chegar na rodoviária em segurança, comprei a passagem e foram mais 6 horas dentro do ônibus até Franca. Cheguei e meu marido estava a minha espera, de Franca até minha cidade mais uma hora de viagem de carro...

Perdi as contas de quantas horas fiquei viajando, mas tudo vale a pena quando é pra fazer algo que amamos... Faria tudo novamente...

Como chegar:

A pousada esta localizada no sul do Pará, em plena floresta amazônica.

Fica as margens do Rio São Benedito a 160 km da cidade de Alta Floresta.

São 5 apartamentos para 4 pessoas cada, todos com ar condicionado, cama de solteiro, roupa de cama e banho e produtos de higiene pessoal.

Dispõe de um amplo restaurante com som e TV. As passarelas são em madeira rústicas saindo do rio até a entrada da área de descanso.

Os barcos são de 6m, borda alta, motores de 15 a 25 HP, cadeira giratórias, salva-vidas e guias com experiência em toda região.

No local tem a pista de pouso com 1.200 m, facilitando assim a chegada dos pescadores que queiram ir de avião.

Transfer Alta Floresta-Pousada-Alta floresta.

Equipamento usado nesta pescaria:

Vara: 80 a 100 lbs

Carretilha: Black Max 30 da Marine Sports

Linha: Monofilamento 0.91 vexter

Anzol: 12/0

Lider: Em aço flexível acima de 60 lbs

Chumbada: em alguns momentos chegavam a meio quilo. Quando tinham que ficar em um determinado ponto tinha que colocar uma maior para a corredeira não mudar a isca de lugar.

Isca: Piau, matrinxã, piranha, cachorra e tuvira.

Para a pescaria leve:

Vara: Hunter Fish Marine Sports 10 a 20 lbs

Carretilha: Contender GTO Marine Sports

Linha: vexter 0.30

Anzol 5/0

Chumbada leve até 30 gramas.

Isca: Lambari e pedaços de piau e tuvira.

Curiosidade

Capitão do Mato

https://lh5.googleusercontent.com/-X2phGo2Nwp4/TX0V-YzqO1I/AAAAAAAACVc/M1j5LQXPCqE/s200/capitao_do_mato_3.jpg

Possui um canto forte e bem distinto.

Foi considerado um delator na época da escravidão, denunciando os negros que fugiam e se embrenhavam na mata criando os Quilombos, porém, na realidade ele apenas marcava o seu território com seu canto agudo e estridente atingindo um raio de 1.500m, denunciando assim, a presença de estranhos.

Por isso foi criado o cargo de Capitão do Mato na sociedade escravocrata do Brasil. Que tinham como tarefa principal a de capturar os escravos fugidos. Eles entravam mata a dentro em silêncio, ouvindo o canto do Capitão do Mato, sabiam assim, em que direção seguir . O termo capitão-do-mato passou a incluir aqueles que, moradores das províncias, capturavam fugitivos na mata para depois entregá-los aos senhores dos engenhos mediante prêmio.

Meus sinceros agradecimentos a Pousada São Benedito.

www.pousadasaobenedito.com.br

Ao guia Miranda e o Leandro e sua familia pelo excelente atendimento.

Sérgio de Goddoy e Ruy Façanario pelas imagens feitas

Um abraço tchau:: tchau::

Aline Patricia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caríssima Aline:

Meus parabéns pelo relato que retrata em detalhes o que pode ser a experiência de pesca para quem tem sensibilidade para o contacto com a natureza.

Muito boas as fotos. Já havia visto o vídeo do jauzão.

Pessoas como você fazem o Fórum Turma do Biguá ser o que é: ponto de encontro de gente incomum que em comum tem a paixão pela pesca.

Grande abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

mestre:: mestre:: mestre:: mestre:: mestre::

Relato belíssimo. Fotos maravilhosas.

Espero o dia em que vc escreva o livro com histórias com essas, com essa sensibilidade, ilustrado com essas imagens. palmas:: palmas:: palmas::

Abraço

MárcioCruz

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A rainha dos relatos !! Lindo como sempre Aline meus parabéns ... imagens de ficar babando !

Agora fiquei imaginando, se na hora de dar uma ferrada , a carretilha e a vara estão nessa situação rsrsrsrs e ai ?

Imagem Postada

Ia ficar complicado rsrsrrs

E que troféuzao hein ? Belíssimo exemplar ! Foi batizada em alto estilo rs

Abraços e meus parabéns por tudo ! Relato completo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pescaria maravilhosa!

Fotos fantásticas!

Um dos mais belos relatos já postados aqui... mestre::

Parabéns pela pescaria, pelas fotos e pelo magnífico Jauzão! palmas::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Maravilhoso relato Aline. Pparabéns pela sensibilidade e oportunismo nas fotos... ficaram lindas !!! vc segura seus troféus com uma gentileza incrível ! os peixes parecem crianças em seu colo ... demais !!!

Além de tudo...uma visão que valoriza detalhes que as vezes nos esquecemos de apreciar ! maravilhoso !!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oiiiii, nossa que bom ver vocês todos aqui.

Fiquei muito feliz por vocês terem gostado do relato, sempre faço com muito amor, mas estar nesse lugar me trouxe muita paz, me deixando mais sensivel...

Felipe, se na hora da ferrada do peixe tivesse abelha, era pedir licença (risos) ou fazer como eu que na hora do troféu grandão uma me picou, rsrs...normal, afinal nós estávamos invadindo o espaço delas né.

Sobre segurar e tratar os peixes com carinho, eu gosto de ter todo cuidado com isso mesmo, morro de medo de machucar um peixe, ja basta aquele anzol enorme na boca. Segurar com carinho da rum beijo em agradecimento é tudo de bom.

Mais uma vez obrigada a todos vocês pelo carinho e atenção.

Um abraço. tchau:: tchau:: tchau::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...