Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Vitor Marques

Irresponsabilidade e falta de compromisso - Dadá/Barcelos

Posts Recomendados

Pessoal, eu, mais do que qq outra pessoa, gostaria de estar chegando aqui ao fórum para comentar mais uma excelente pescaria feita em Barcelos com o Dadá como guia. Talvez alguns daqui não o conheçam ainda, mas ele é um piloteiro q trabalha em Barcelos no esquema de pescarias do tipo “bate e volta”, nas quais os pescadores se hospedam em algum hotel de Barcelos e saem da cidade para pescar todos os dias, retornando no final da tarde ou até mesmo acampando em algum local não tão distante da cidade. Bem, mas o fato é q eu e um amigo meu daqui de Brasília, o Gilmar (q não faz parte do fórum, mas deve estar providenciando cadastro para participar e tb para endossar este meu relato) acertamos com o Dadá, no mês de junho do corrente ano, uma pescaria de 7 dias em Barcelos. Entrei em contato com ele por telefone, consultei as datas q estariam disponíveis e pedi q ele reservasse os dias q escolhemos (pois, logicamente, até então estavam vagos) para que comprássemos as nossas passagens. O Dadá falou que estavam reservados os dias e que já estava anotado na agenda de programação dele (de 7 a 13 de novembro). Só pediu que confirmássemos a compra das passagens para realmente confirmarmos a data. Pois bem, nós compramos as passagens nos dias q se seguiram e, como pedido, ligamos para ele confirmando q todas as passagens já estavam compradas. Ele disse q td bem, q estava td certo e q não precisaríamos mais nos preocupar com nada, estava td acertado.

De julho em diante eu sempre me preocupei em ligar para o Dadá pelo menos uma vez ao mês para saber como estavam as condições do rio Negro, se as águas estavam baixando, se estavam ocorrendo repiquetes, enfim, para poder me informar de como estavam as coisas por lá. E de todas as vezes q eu ligava eu sempre frisava q era o Vitor, de Brasília, q tinha reservado dos dias 7 a 13 de novembro p/ pescar com ele. Ele informava como estavam as condições do lugar, como estava o rio e td mais, e sempre dizia q tava td certo para a nossa pescaria, e até q provavelmente pegaríamos uma época boa, com o rio já em um nível bom e baixando mais a cada dia. Nas primeiras conversas q tivemos eu perguntei a ele com relação ao pagamento, se queria q antecipássemos alguma coisa e tal, ele disse q poderíamos fazer como quiséssemos, poderíamos sem problema nenhum pagar só qdo chegássemos a Barcelos, e q mesmo assim estava td certo e assegurado qto à nossa pescaria. Assim sendo, organizamos td aqui em Brasília, compramos as tralhas e programamos a logística da viagem. Qdo chegássemos a Barcelos, o Dadá buscaria a gente no aeroporto às 7 horas da manhã do dia 7 (sendo q eu liguei para ele uns 5 dias antes avisando o horário de chegada, tendo ligado mais uma vez ainda na véspera da chegada a Barcelos para reforçar o aviso, sendo q nessa ligação da véspera eu falei com a filha dele, pois o Dadá tinha deixado o celular em casa e tinha saído p/ pescar).

Pois bem, chegamos a Bacelos no dia 7 no horário previsto, mas, para nossa surpresa, não havia ninguém esperando por nós no aeroporto. Liguei para o Dadá, a filha dele atendeu novamente e disse q ele já tinha saído p/ pescar com os clientes dele. Eu fiquei sem entender nada, disse a ela q eu e meu amigo q seríamos os clientes q pescariam com ele naquele dia e nos seguintes e q estávamos no aeroporto sem saber o q fazer (pois o combinado era o Dadá buscar a gente no aeroporto, levar para o hotel e, de lá, depois de acomodarmos nossa bagagem, sairíamos p/ a pescaria). A filha dele disse q ia ver o q poderia fazer. Passou-se uma meia hora, só nós dois lá no aeroporto, pois todos os outros pescadores já tinham saído com os seus operadores, mas nada de aparecer alguém para nos levar. Liguei novamente, a filha dele ainda não tinha ido atrás de nada, mas disse q ia ver se mandava um carro buscar a gente. Dali a uns 20 minutos apareceu o Rogério, q trabalha no Hotel Cidade (o melhor de Barcelos). Ele foi muito prestativo e levou a gente ao hotel, daí pegamos uma suíte e explicamos todo o ocorrido. O Rogério se prontificou a conseguir um piloteiro para pescarmos nesse primeiro dia, até q td se resolvesse. Assim, chamou o Valdemir, mais conhecido como Bolinha ou Redondo. O Bolinha se mostrou um piloteiro bastante experiente, conhece td por lá, sabe navegar por td q é canto e é super prestativo tb, MUITO esforçado, não tem tempo ruim p/ ele. Trabalhou por vários anos em barcos hotéis como o Angatu e o Karen Juliana, além de outros q não lembro agora. Pescamos com ele nesse dia, conhecemos um lago bacana (próximo a Barcelos, pois demoramos a sair depois dessa confusão toda) e pegamos alguns peixes.

Ao fim do dia, voltamos para o hotel. Lá chegando, liguei novamente para o Dadá (dessa vez consegui falar com ele próprio) e pedi q ele fosse ao hotel para conversarmos. Ele chegou, nós o cumprimentamos numa boa e perguntamos o q havia ocorrido, td de forma tranquila. Daí q ele veio dizer q tinha havido um problema: segundo ele, um casal q já o ajudou muito, sendo inclusive as pessoas q deram a ele o motor de popa com o qual ele trabalha (e antes q perguntem, eu não tenho a menor ideia de quem sejam e nem se fazem parte de algum fórum) chegaram a Barcelos uma semana antes sem avisar e q ele estava pescando com essas pessoas. Disse q iria continuar pescando com elas por mais uns 10 dias e q por isso não iria pescar comigo e o Gilmar. Daí eu disse q ele não poderia proceder dessa forma, q nós havíamos combinado td com muita antecedência, q havíamos nos falado várias vezes desde q combinamos, q o trato e o compromisso dele era comigo e td mais e q ele era conhecido nos fóruns por ser uma pessoa correta e profissional. Ele reconheceu td q eu disse, confirmou q eu estava certo em td q estava falando, q realmente havíamos combinado, mas q ele iria pescar com essas pessoas e q não poderia fazer nada. Argumentei mais um pouco, falei q isso não seria bom p/ mim e o meu amigo e nem para a reputação dele, q tb tinha um nome a zelar e q sempre teve a seu favor a propaganda “boca a boca” nos fóruns da internet. Ele se exaltou, disse q eu poderia postar o q quisesse e onde quisesse, mas novamente falou q não poderia fazer nada. Eu tratei de ser bem político e tranquilo, amenizar as coisas, falar p/ ele reconsiderar essa situação. Daí ele disse q poderia arrumar outro piloteiro p/ mim e o Gilmar. Falei com ele q p/ nós não era o certo, q queríamos, apesar dos problemas na chegada e no primeiro dia, continuar a pescaria com ele como guia, por todas as referências q tínhamos e td mais, p/ apagar a má impressão inicial e seguir a pescaria numa boa. E ainda falei q ele explicasse à pessoa com quem ele estava pescando a situação e passasse o piloteiro q ele indicaria p/ nós ao tal casal, já q ele tinha combinado conosco muito antes, e q se esse casal tivesse bom senso iria entender numa boa. Ele disse q ia conversar com eles e q se encontraria com a gente novamente no dia seguinte pela manhã.

Eu e o Gilmar acordamos na esperança q td tivesse sido resolvido e q pescaríamos com o Dadá normalmente nos dias q se seguiriam. No entanto, ele chegou na manhã seguinte falando simplesmente q não iria mesmo pescar com a gente e q não poderia mesmo fazer nada, de forma seca e direta. Sem alternativas, falamos q procuraríamos outra pessoa p/ pescar nos dias restantes, e assim o fizemos. Pescamos com o Bolinha todos os dias e aprovamos o trabalho dele. Cara muito bacana, prestativo, bem humorado, esforçado DEMAIS e q entende mesmo da coisa, pois trabalha com pesca, seja esportiva ou profissional, a vida toda. A pescaria foi bacana, não pegamos tucunarés grandes (eu peguei um de 5,5 kg, o Gilmar um de 6 kg, esses foram os maiores), mas conhecemos Barcelos, curtimos muito, pescamos bastante (inclusive acampamos rio acima por uma noite) e gastamos pouco (em relação às pescarias em barco hotel), apesar de toda essa chateação e das dificuldades no primeiro dia.

Vim aqui colocar este relato no intuito de alertar os amigos participantes do fórum das situações q podem enfrentar qdo lidam com pessoas q não cumprem a sua palavra e os seus compromissos. Sei q algumas pessoas já pescaram com o Dadá e gostaram muito, mas o cara combinar uma pescaria, falar q tá td certo, confirmar td – por várias vezes, diga-se de passagem –, e depois, qdo a gente chega lá na cidade, sem conhecer nada e nem ninguém, ele pura e simplesmente chegar e dizer “não vou mais pescar com vcs e não posso fazer nada” é DE LASCAR! Q me desculpem as pessoas q gostam dele, mas isso NÃO É ATITUDE DE HOMEM! O pessoal do hotel e até mesmo o Bolinha e outros piloteiros q conhecemos lá depois disseram q nós poderíamos ter chegado a Barcelos e não termos encontrado nenhum piloteiro disponível para guiar p/ nós, pois há épocas em q isso ocorre, estão todos trabalhando. Ou ainda a gente poderia ter tido como guia alguém despreparado, q não conhecesse nada e q nos proporcionasse uma pescaria muito limitada em vista do q havia sido planejado (o q, graças a Deus, ao pessoal do hotel e ao Bolinha, não ocorreu). Vcs têm noção do q é isso? As passagens q compramos (muito caras, especialmente os trechos Manaus-Barcelos e Barcelos-Manaus), toda a programação de férias, os gastos com tralha, e o principal, toda a expectativa de uma pescaria na Amazônia, algo q idealizamos e programamos há anos... p/ o cara chegar e dizer q colocou alguém no seu lugar, assim sem mais nem menos, e q não pode fazer nada? A gente q se vire? Fala muito sério! Isso é um absurdo!

Portanto, pensem MUITO BEM antes de entrarem num esquema como esse, pois, infelizmente, não são todas as pessoas q têm palavra! Outros pescadores q conhecemos no hotel passaram por situação ainda pior: eles haviam pescado com um piloteiro de nome Renato no ano passado, lá em Barcelos tb, combinaram novamente com esse mesmo cara para este ano (ou seja, já conheciam o cara), PAGARAM ADIANTADO, mas o cara deu o perdido neles! Imaginem só! Referências hj em dia não são garantia de nada, nem mesmo pagar adiantado p/ “segurar” o piloteiro e nem tampouco a palavra das pessoas. Então fiquem muito atentos a isso! Querem algo um pouco mais garantido? Façam um contrato de prestação de serviços... E mesmo assim torçam, pq tem gente q não honra o q diz. Barcelos é meio desorganizado, se o cara quiser dar o perdido em alguém e deixar a pessoa a ver navios, faz isso mesmo... e vc q se vire depois! Lamentável!

Ainda bem q a pescaria foi boa, apesar de todos os contratempos. Queríamos um açu de pelo menos 7 kg, mas fica p/ a próxima, q já estamos começando a planejar. Aquele lugar é maravilhoso, coisa linda mesmo, p/ o pescador esportivo é um dos lugares a ser visitado sem dúvida nenhuma, só tomem muito cuidado com as pessoas e serviços q contratam para a realização de uma pescaria por lá, pois se der algum problema, como aconteceu conosco, vcs podem não ter as mesmas alternativas para resolvê-los. O sonho pode se tornar um problema grande e muita decepção! Só digo mais uma coisa: Dadá nunca mais! Quero pescar com alguém q tenha palavra e q aja como homem, não como moleque.

Por fim, pois já escrevi demais, só queria reiterar o qto o pessoal do Hotel Cidade nos ajudou (pois, apesar de estarem ganhando tb, não tinham obrigação de fazer o q fizeram, correr atrás do q correram e dar a mão q deram – apesar de nos 3 primeiros dias os barcos deles estarem sem motor elétrico, fato q se resolveu depois e não quase não atrapalhou a pescaria) e tb ao Bolinha, q foi um parceirão e acabou viabilizando a pescaria q tinha td p/ ser um fiasco.

É isso, pessoal. Desculpem o desabafo, mas o intuito é alertar os futuros pescadores amazônicos dos problemas q podem ocorrer e evitar q os amigos passem pelo q passamos.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como não são tantos os usuários q visitam o fórum de relatos aqui no FTB e como é um alerta importante, resolvi postar aqui tb. Mas se os moderadores acharem q foi indevido, peço desculpas. Fiquem à vontade p/ deletar o tópico.

Pessoal, eu, mais do que qq outra pessoa, gostaria de estar chegando aqui ao fórum para comentar mais uma excelente pescaria feita em Barcelos com o Dadá como guia. Talvez alguns daqui não o conheçam ainda, mas ele é um piloteiro q trabalha em Barcelos no esquema de pescarias do tipo “bate e volta”, nas quais os pescadores se hospedam em algum hotel de Barcelos e saem da cidade para pescar todos os dias, retornando no final da tarde ou até mesmo acampando em algum local não tão distante da cidade. Bem, mas o fato é q eu e um amigo meu daqui de Brasília, o Gilmar (q não faz parte do fórum, mas deve estar providenciando cadastro para participar e tb para endossar este meu relato) acertamos com o Dadá, no mês de junho do corrente ano, uma pescaria de 7 dias em Barcelos. Entrei em contato com ele por telefone, consultei as datas q estariam disponíveis e pedi q ele reservasse os dias q escolhemos (pois, logicamente, até então estavam vagos) para que comprássemos as nossas passagens. O Dadá falou que estavam reservados os dias e que já estava anotado na agenda de programação dele (de 7 a 13 de novembro). Só pediu que confirmássemos a compra das passagens para realmente confirmarmos a data. Pois bem, nós compramos as passagens nos dias q se seguiram e, como pedido, ligamos para ele confirmando q todas as passagens já estavam compradas. Ele disse q td bem, q estava td certo e q não precisaríamos mais nos preocupar com nada, estava td acertado.

De julho em diante eu sempre me preocupei em ligar para o Dadá pelo menos uma vez ao mês para saber como estavam as condições do rio Negro, se as águas estavam baixando, se estavam ocorrendo repiquetes, enfim, para poder me informar de como estavam as coisas por lá. E de todas as vezes q eu ligava eu sempre frisava q era o Vitor, de Brasília, q tinha reservado dos dias 7 a 13 de novembro p/ pescar com ele. Ele informava como estavam as condições do lugar, como estava o rio e td mais, e sempre dizia q tava td certo para a nossa pescaria, e até q provavelmente pegaríamos uma época boa, com o rio já em um nível bom e baixando mais a cada dia. Nas primeiras conversas q tivemos eu perguntei a ele com relação ao pagamento, se queria q antecipássemos alguma coisa e tal, ele disse q poderíamos fazer como quiséssemos, poderíamos sem problema nenhum pagar só qdo chegássemos a Barcelos, e q mesmo assim estava td certo e assegurado qto à nossa pescaria. Assim sendo, organizamos td aqui em Brasília, compramos as tralhas e programamos a logística da viagem. Qdo chegássemos a Barcelos, o Dadá buscaria a gente no aeroporto às 7 horas da manhã do dia 7 (sendo q eu liguei para ele uns 5 dias antes avisando o horário de chegada, tendo ligado mais uma vez ainda na véspera da chegada a Barcelos para reforçar o aviso, sendo q nessa ligação da véspera eu falei com a filha dele, pois o Dadá tinha deixado o celular em casa e tinha saído p/ pescar).

Pois bem, chegamos a Bacelos no dia 7 no horário previsto, mas, para nossa surpresa, não havia ninguém esperando por nós no aeroporto. Liguei para o Dadá, a filha dele atendeu novamente e disse q ele já tinha saído p/ pescar com os clientes dele. Eu fiquei sem entender nada, disse a ela q eu e meu amigo q seríamos os clientes q pescariam com ele naquele dia e nos seguintes e q estávamos no aeroporto sem saber o q fazer (pois o combinado era o Dadá buscar a gente no aeroporto, levar para o hotel e, de lá, depois de acomodarmos nossa bagagem, sairíamos p/ a pescaria). A filha dele disse q ia ver o q poderia fazer. Passou-se uma meia hora, só nós dois lá no aeroporto, pois todos os outros pescadores já tinham saído com os seus operadores, mas nada de aparecer alguém para nos levar. Liguei novamente, a filha dele ainda não tinha ido atrás de nada, mas disse q ia ver se mandava um carro buscar a gente. Dali a uns 20 minutos apareceu o Rogério, q trabalha no Hotel Cidade (o melhor de Barcelos). Ele foi muito prestativo e levou a gente ao hotel, daí pegamos uma suíte e explicamos todo o ocorrido. O Rogério se prontificou a conseguir um piloteiro para pescarmos nesse primeiro dia, até q td se resolvesse. Assim, chamou o Valdemir, mais conhecido como Bolinha ou Redondo. O Bolinha se mostrou um piloteiro bastante experiente, conhece td por lá, sabe navegar por td q é canto e é super prestativo tb, MUITO esforçado, não tem tempo ruim p/ ele. Trabalhou por vários anos em barcos hotéis como o Angatu e o Karen Juliana, além de outros q não lembro agora. Pescamos com ele nesse dia, conhecemos um lago bacana (próximo a Barcelos, pois demoramos a sair depois dessa confusão toda) e pegamos alguns peixes.

Ao fim do dia, voltamos para o hotel. Lá chegando, liguei novamente para o Dadá (dessa vez consegui falar com ele próprio) e pedi q ele fosse ao hotel para conversarmos. Ele chegou, nós o cumprimentamos numa boa e perguntamos o q havia ocorrido, td de forma tranquila. Daí q ele veio dizer q tinha havido um problema: segundo ele, um casal q já o ajudou muito, sendo inclusive as pessoas q deram a ele o motor de popa com o qual ele trabalha (e antes q perguntem, eu não tenho a menor ideia de quem sejam e nem se fazem parte de algum fórum) chegaram a Barcelos uma semana antes sem avisar e q ele estava pescando com essas pessoas. Disse q iria continuar pescando com elas por mais uns 10 dias e q por isso não iria pescar comigo e o Gilmar. Daí eu disse q ele não poderia proceder dessa forma, q nós havíamos combinado td com muita antecedência, q havíamos nos falado várias vezes desde q combinamos, q o trato e o compromisso dele era comigo e td mais e q ele era conhecido nos fóruns por ser uma pessoa correta e profissional. Ele reconheceu td q eu disse, confirmou q eu estava certo em td q estava falando, q realmente havíamos combinado, mas q ele iria pescar com essas pessoas e q não poderia fazer nada. Argumentei mais um pouco, falei q isso não seria bom p/ mim e o meu amigo e nem para a reputação dele, q tb tinha um nome a zelar e q sempre teve a seu favor a propaganda “boca a boca” nos fóruns da internet. Ele se exaltou, disse q eu poderia postar o q quisesse e onde quisesse, mas novamente falou q não poderia fazer nada. Eu tratei de ser bem político e tranquilo, amenizar as coisas, falar p/ ele reconsiderar essa situação. Daí ele disse q poderia arrumar outro piloteiro p/ mim e o Gilmar. Falei com ele q p/ nós não era o certo, q queríamos, apesar dos problemas na chegada e no primeiro dia, continuar a pescaria com ele como guia, por todas as referências q tínhamos e td mais, p/ apagar a má impressão inicial e seguir a pescaria numa boa. E ainda falei q ele explicasse à pessoa com quem ele estava pescando a situação e passasse o piloteiro q ele indicaria p/ nós ao tal casal, já q ele tinha combinado conosco muito antes, e q se esse casal tivesse bom senso iria entender numa boa. Ele disse q ia conversar com eles e q se encontraria com a gente novamente no dia seguinte pela manhã.

Eu e o Gilmar acordamos na esperança q td tivesse sido resolvido e q pescaríamos com o Dadá normalmente nos dias q se seguiriam. No entanto, ele chegou na manhã seguinte falando simplesmente q não iria mesmo pescar com a gente e q não poderia mesmo fazer nada, de forma seca e direta. Sem alternativas, falamos q procuraríamos outra pessoa p/ pescar nos dias restantes, e assim o fizemos. Pescamos com o Bolinha todos os dias e aprovamos o trabalho dele. Cara muito bacana, prestativo, bem humorado, esforçado DEMAIS e q entende mesmo da coisa, pois trabalha com pesca, seja esportiva ou profissional, a vida toda. A pescaria foi bacana, não pegamos tucunarés grandes (eu peguei um de 5,5 kg, o Gilmar um de 6 kg, esses foram os maiores), mas conhecemos Barcelos, curtimos muito, pescamos bastante (inclusive acampamos rio acima por uma noite) e gastamos pouco (em relação às pescarias em barco hotel), apesar de toda essa chateação e das dificuldades no primeiro dia.

Vim aqui colocar este relato no intuito de alertar os amigos participantes do fórum das situações q podem enfrentar qdo lidam com pessoas q não cumprem a sua palavra e os seus compromissos. Sei q algumas pessoas já pescaram com o Dadá e gostaram muito, mas o cara combinar uma pescaria, falar q tá td certo, confirmar td – por várias vezes, diga-se de passagem –, e depois, qdo a gente chega lá na cidade, sem conhecer nada e nem ninguém, ele pura e simplesmente chegar e dizer “não vou mais pescar com vcs e não posso fazer nada” é DE LASCAR! Q me desculpem as pessoas q gostam dele, mas isso NÃO É ATITUDE DE HOMEM! O pessoal do hotel e até mesmo o Bolinha e outros piloteiros q conhecemos lá depois disseram q nós poderíamos ter chegado a Barcelos e não termos encontrado nenhum piloteiro disponível para guiar p/ nós, pois há épocas em q isso ocorre, estão todos trabalhando. Ou ainda a gente poderia ter tido como guia alguém despreparado, q não conhecesse nada e q nos proporcionasse uma pescaria muito limitada em vista do q havia sido planejado (o q, graças a Deus, ao pessoal do hotel e ao Bolinha, não ocorreu). Vcs têm noção do q é isso? As passagens q compramos (muito caras, especialmente os trechos Manaus-Barcelos e Barcelos-Manaus), toda a programação de férias, os gastos com tralha, e o principal, toda a expectativa de uma pescaria na Amazônia, algo q idealizamos e programamos há anos... p/ o cara chegar e dizer q colocou alguém no seu lugar, assim sem mais nem menos, e q não pode fazer nada? A gente q se vire? Fala muito sério! Isso é um absurdo!

Portanto, pensem MUITO BEM antes de entrarem num esquema como esse, pois, infelizmente, não são todas as pessoas q têm palavra! Outros pescadores q conhecemos no hotel passaram por situação ainda pior: eles haviam pescado com um piloteiro de nome Renato no ano passado, lá em Barcelos tb, combinaram novamente com esse mesmo cara para este ano (ou seja, já conheciam o cara), PAGARAM ADIANTADO, mas o cara deu o perdido neles! Imaginem só! Referências hj em dia não são garantia de nada, nem mesmo pagar adiantado p/ “segurar” o piloteiro e nem tampouco a palavra das pessoas. Então fiquem muito atentos a isso! Querem algo um pouco mais garantido? Façam um contrato de prestação de serviços... E mesmo assim torçam, pq tem gente q não honra o q diz. Barcelos é meio desorganizado, se o cara quiser dar o perdido em alguém e deixar a pessoa a ver navios, faz isso mesmo... e vc q se vire depois! Lamentável!

Ainda bem q a pescaria foi boa, apesar de todos os contratempos. Queríamos um açu de pelo menos 7 kg, mas fica p/ a próxima, q já estamos começando a planejar. Aquele lugar é maravilhoso, coisa linda mesmo, p/ o pescador esportivo é um dos lugares a ser visitado sem dúvida nenhuma, só tomem muito cuidado com as pessoas e serviços q contratam para a realização de uma pescaria por lá, pois se der algum problema, como aconteceu conosco, vcs podem não ter as mesmas alternativas para resolvê-los. O sonho pode se tornar um problema grande e muita decepção! Só digo mais uma coisa: Dadá nunca mais! Quero pescar com alguém q tenha palavra e q aja como homem, não como moleque.

Por fim, pois já escrevi demais, só queria reiterar o qto o pessoal do Hotel Cidade nos ajudou (pois, apesar de estarem ganhando tb, não tinham obrigação de fazer o q fizeram, correr atrás do q correram e dar a mão q deram – apesar de nos 3 primeiros dias os barcos deles estarem sem motor elétrico, fato q se resolveu depois e não quase não atrapalhou a pescaria) e tb ao Bolinha, q foi um parceirão e acabou viabilizando a pescaria q tinha td p/ ser um fiasco.

É isso, pessoal. Desculpem o desabafo, mas o intuito é alertar os futuros pescadores amazônicos dos problemas q podem ocorrer e evitar q os amigos passem pelo q passamos.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que absurdo ... cara ignorante ! Vcs combinaram , fizeram planejamento e chega no cara a cara , o cidadão dá pra tras ? LAMENTÁVEL. Eu fiquei puto com a situação, eu fico imaginando vcs.

Tive amigos que pescaram com o Dadá por lá e tbm fizeram reclamações.

Mais um para a lista dos desaprovados PELA MINHA PARTE ! Nunca agendarei uma pescaria com ele. lacou::

Abraços e obrigado por compartilhar com nós.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Triste pelo fato ocorrido com o Dadá... mas acho que deram até sorte de encontrar outro piloteiro com a agenda livre.

É chato, sim, claro!

Tbm não gostaria de passar por situação parecisa.

Mas eu ficaria com as coisas boas da pescaria e deletaria o resto... apague o cara da agenda e boa pra frente.

Abração, parceiro!!

Edu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vitor, tá certinho vc colocar aqui sua decepção e para todos ficarem sabendo a respeito deste sujeito, um muleque safado , pois nem arrumar alguém para ficar no lugar dele ele fez .... Vamos queimar o safado aqui ! Pode deixar que tenho mais de 2000 clientes em minha loja , sou bem conhecido, e com certeza não vou deixar nenhum cliente meu ir com este safado ai .... Marcelo diabo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

complicado dimais isso...

vc se programa...espera por um ano inteiro para ter uma semana de sussego e trankilidade para poder pescar e divertir e acaba tendo esses perrengues...oq resta eh keimar o nome desse kra mesmo!!

isso jamais pode acontecer!!!

Obrigado pelas dicas...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem comentários... lamentável uma atitude dessa!!!! ::nada:: ::nada::

imagino o desespero de vcs..... Nossa .... doí até a alma........

importantíssimo vcs deixarem essa recomendação......

Graças a Deus ... que vcs arrumaram outro piloteiro!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lamentável! Atitude equivocada e infeliz desse cidadão. Se fosse o caso de ter marcado dois clientes pra mesma data por desatenção ou coisa parecida, tudo bem... essas coisas acontecem, e há várias maneiras de se resolver esse tipo de problema. Mas não assumir a responsabilidade pelo erro cometido, denota grande falta de profissionalismo e pior... de vergonha na cara!! Por sorte vcs contornaram o problema de maneira satisfatória e fizeram uma pescaria razoável.

Grande abraço!

PS: Vitor, acho que o tópico foi colocado no fórum errado: Peça a um moderador pra transferi-lo para a seção APROVADO/ DESAPROVADO, que acredito ser o lugar mais adequado pra sua reclamação. É lá que as pessoas vão buscar referências ao contratar qualquer serviço... e podem decidir por si mesmas se devem ou não contratar um profissional desse padrão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aconteceu o mesmo comigo em outubro...tudo acertado meses antes e ele foi pescar com outros clientes.

Pediu um depósito adiantado para comprar Comida, bebidas, etc... e no dia que chegamos ficamos sem comer NADA o dia todo porque ele não providenciou ....

Sorte que conseguimos outros bons piloteiros que salvaram a pescaria.

SR. DADÁ...DESAPROVADO....IRRESPONSÁVEL... ::nada:: ::nada:: ::nada::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, pessoal. Obrigado pelo apoio. Graças a Deus q td correu bem depois, o restante da pescaria foi bem bacana, mas essa parte inicial de não saber o q se passava e como as coisas iriam se resolver foi realmente angustiante. E tb tem o fato de além de estar frustrado e preocuopado por mim próprio, ainda me senti pior pq eu q convidei o meu amigo, eu q fiz a propaganda do Dadá (pelo q já tinha lido em fóruns), mas no final das contas fiquei na mão e tb acabei colocando o meu amigo na mesma roubada. Mesmo não sendo minha a culpa e meu amigo tendo entendido perfeitamente o q se passava, é difícil demais a situação! Nunca mais quero passar por isso... E tb não quero q nenhum amigo pescador passe! Esse é o motivo deste relato. Fiquem atentos! Se algo do tipo ocorrer de novo com alguém, o pescador pode não conseguir resolver as coisas como nós resolvemos, não ter outro piloteiro p/ pescar e, com isso, ficar muito frustrado e ter prejuízos grandes.

Paulo, eu não sabia q o Dadá já tinha aprontado dessas com outras pessoas além de mim e o meu amigo. Isso é uma total novidade p/ mim, sério mesmo. Agora tá mais q comprovado q o cara é um total irresponsável e moleque... e ainda por cima é UM GRANDE MENTIROSO, pois qdo estávamos conversando no hotel e tentanto resolver a situação, ele disse q NUNCA havia acontecido nada parecido com ele anteriormente... E eu realmente achava q era o primeiro episódio problemático com esse indivíduo. Agora vejo q não foi, pois ele fez essa mesma sacanagem com outros pescadores (no caso, vc e quem foi pescar contigo) um mês antes! E isso me dá ainda mais revolta, pois além de moleque ele é mentiroso! Lamentável! Por isso q é bom a gente sempre elogiar qdo a pessoa merece, mas qdo merece críticas tb, elas têm q ser feitas para q ninguém mais caia na mesma cilada! Com certeza o nome dele já tá apagado dos meus contatos. A minha ideia era pescar com ele neste ano e, caso corresse td conforme o esperado, marcar pescarias anuais com ele. Mas Dadá nunca mais! De gente picareta eu quero é distância!

Abraços a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aconteceu o mesmo comigo em outubro...tudo acertado meses antes e ele foi pescar com outros clientes.

Pediu um depósito adiantado para comprar Comida, bebidas, etc... e no dia que chegamos ficamos sem comer NADA o dia todo porque ele não providenciou ....

Sorte que conseguimos outros bons piloteiros que salvaram a pescaria.

SR. DADÁ...DESAPROVADO....IRRESPONSÁVEL... ::nada:: ::nada:: ::nada::

Então nao foi somente com uma pessoa , e sim com dois grupos ! Que Absurdo !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom galera, ando meu sumido do fórum mas diante de um fato como este gostaria de deixar meu agradecimento ao amigo Vitor Marques por ter compartilhado essa roubada com todos nós. Eu tb já estava com uma pescaria agendada com ele no mesmo esquema, mas agora diante destes fatos já era.

Mais uma vez Vitor, muito obrigado mesmo.... valeu!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, pessoal... O Dadá é o mais falado em fóruns, mas há muitos outros ótimos piloteiros com os quais é possível marcar pescarias no esquema de bate e volta. O q não tem cabimento é o cara fazer o q fez comigo e o meu amigo e, simplesmente, falar "não posso fazer nada". Isso não dá MESMO.

E outra, vcs não tem nada q agradecer. Apenas estou relatando os fatos q ocorreram comigo, da forma mais clara e objetiva possível, e acho q era meu dever fazê-lo. Afinal de contas, eu muito aprendi por aqui, tive apoio baseado nas experiências de muitas pessoas, então só estou dando um pouquinho mais de subsídio, agora com base nas minhas experiências, p/ q cada um chegue às suas próprias conclusões do q fazer e do q não fazer, mas isso vai de cada um. Eu sei q, de minha parte, eu NUNCA MAIS entrarei em contato com o Dadá p/ agendar uma pescaria e nem o indicarei p/ ninguém, por motivos óbvios.

Abraços a todos

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que sem vergonhice deste cara!!!! ::nada:: diabo:: diabo:: diabo::

Está queimado aqui no sul do Brasil também!!!! mau:: mau::

Fez certo em postar este fato Vitor!!! ::tudo:: Acredito que ninguém mais vai arriscar com este sem vergonha!!!diabo::

abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vitor, obrigado por compartilhar conosco.

Ano passado tem um amigo que foi comigo pra barcelos operador Marlon, e esta acertando pra levar o pai dele em janeiro 2013 ja vou avisa-lo do aocorrido com o dada. Qdo estive em BArcelos comentei com um cara de la sobre fazer um esquema desse dai, saindo de barcelos, e ele me falou que o dada marcava mas depois mandava outro no lugar, pois ele ja estava meio famozinho e com bastante clientes na agenda, fiquei meio assim pois o dada era bem conceituado nos foruns. Agora podemos ver que o cabra num vale nada mesmo. Jaguara!

Que bom que no final das contas deu boa ainda, mas foi sorte, poderia ter dado caca maior ainda.

Abraço

Leandro

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é, pessoal. É realmente importante a gente postar essas coisas p/ evitar q os amigos passem pelo mesmo problema. Eu, por exemplo, nunca tinha ouvido uma única crítica aos serviços do Dadá, pelo contrário. Mantive contato frequentemente com ele até a véspera da pescaria e nem me passou pela cabeça q ele pudesse ter feito o q fez. Mas se eu soubesse de algo nesse sentido, teria me precavido bem mais, teria avaliado outras opções, enfim, procedido de outro jeito. De qq forma, agora q eu fiz este meu relato, as outras sacanagens q ele fez começam a aparecer, o q deixa ainda mais claro q o cara é um moleque, malandro, aproveitador, mentiroso e irresponsável, p/ dizer o mínimo. Portanto, mais uma vez: fiquem ligados e não confiem na palavra de quem não tem palavra, pois a decepção e os prejuízos podem ser muito grandes!

Abraços a todos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vitor, dá raiva só de ler o seu relato.. Deus me livre me acontece algo do tipo, mas mesmo não sendo comigo sinto raiva por você.

Se as passagens fossem baratas ainda.. valeria o passeio, mas são caras pra "dedéu".

Sorte a sua que ele não pediu dinheiro adiantado hein, pois pela boa impressão que você tinha, você teria pago e ai a coisa seria bem pior.

Ainda bem que conseguiu resolver de outra maneira.

Obrigado mais uma vez pelo relato.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Este tópico está impedido de receber novos posts.
Entre para seguir isso  

×