Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Guto Pinto

Soltura tucunaré região de água fria

Posts Recomendados

Antes de mais nada sei que é proibido soltar espécies exóticas no meio ambiente , podendo  a levar até uma multa ambiental isso é fato.

Mas vamos a história, moro na beira do Rio Pardo e pesco num trecho entre duas hidrelétricas de apenas 6km entre uma e outra.

Acontece que nos últimos 15 anos há um peixamento sistemático anual realizado pela css das hidrelétricas, espécies que não existiam na região como o Pacu, o Sardinhão, Matrinchã( não sei quem soltou), Piapara e até Piranha. A Piranha foi com intuito de coibir os pescadores de rede e realmente isso teve efeito, além do que já existir a Curvina há muito tempo, peixe que tb foi introduzido.

  Há 80 km pra cima em outra Barragem em Caconde SP na Represa de Graminha já existe o Tucunaré Amarelo há um bom tempo, porém é ruim de pescá-lo lá devido a falta de estrutura nas margens e profundidade da represa, fora o turismo náutico que impossibilita pescar tranquilo nos fins de semana, que aqui onde pesco não existe.

Já foram vistos um Amarelos aqui, não fisguei ainda um mas comprovei por fotos.

       Porém esse ano eu e uns amigos resolvemos soltar uns Azuis, será que terá sucesso? Ou é muito arriscado visto que o Rio Pardo aqui tem água um pouco gelada chegando a 20 Graus no inverno, porém no verão atinge seus 30( medidos no Sonar). Alguém já teve alguma experiência seja positiva, seja negativa, mesmo que em açude dessa espécie?    Queremos soltar uns 2mil alevinos, agora no inverno porque as Curvinas e as Priranhas ficam inativas.  Lembrando que tb que a população de peixes forrageiros é muito grande, a quantidade de lambaris e saguirus é gigante.   

Só pra ter idéia como é o lago, sendo 2km de represa e 4km de água corrente . Abraço galera

11013216_796523400455460_796823346417615

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guto tendo conhecimento das sanções possíveis, um espaço relativamente pequeno e não sabendo qual seria o resultado final EU não faria.

 

Em nossa represa (Três Irmãos) teve introdução de várias espécies, até mesmo para tentar combater espécie introduzida e quem mais sofreu foram as nativas.

 

doeu::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opinião meramente técnica:

Talvez dê certo desde que vc faça a captura desses alevinos em regiões de águas mais parecidas com as daí. Talvez na região do médio Tietê.

Pode ser que nessas águas tenham indivíduos mais adaptados ao frio.

Mas digo que ainda sim pode ser improdutivo.

 

Além disso, o povoamento deve ser feito com juvenis, maiores possíveis. Ainda sim espera-se uma baixíssima taxa de sobrevivência.(menos de 10%)

Também não espere um povoamento rápido, pois o tucunaré azul em águas frias irá crescer mais lentamente, mesmo com farto alimento. Terá ainda muitos competidores por comida.

 

Eu não faria o povoamento no frio, pois seria mais um desafio ambiental para os alevinos já sensíveis, e que ficando letárgicos se tornariam presas fáceis.

 

Ainda tentaria fazer vários povoamentos durante o verão.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Rodrigo e Marcelo valeu pela ajuda, por enquanto só estamos avaliando e levando em conta se não vai ser $$ jogado fora.  Se fosse levar em conta  a espécie certa seria o Dourado, visto que é da bacia, se encontra aqui ainda mas são raríssimos, e os alevinos são mais baratos. O problema do Dourado é que ele não reproduz nesse trecho , e entra fácil em rede, coisa que o Tucunaré tem a vantagem, de além de se reproduzir ele não é bobo.

Marcelo quanto a fauna nativa estou despreocupado pois aqui já tá uma p..... de especies não nativas, e conversando com o pessoal da Concessionária as únicas espécies que se reproduzem aqui é o Lambari, Mandi, Curimba,Piau Flamengo, Traíra e a Curvina, o resto são tudo frutos de peixamento, o Pacu, Matrinchã,Dourado e Piapara não conseguem maturar seus ovos devido ao curto espaço Rio.  Aliás esses dias atrás pescando Piapara peguei esse peixe que não tenho mínima noção, nunca vi aqui em 25 anos, parece uma mistura de Bagre com Pintado, pensei que fosse o Sapo mas é bem diferente.

10956632_788325097941957_621121366280766

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guto, é um Jundiá , nome científico Rhamdia quelen.

Não é o mesmo Jundiá da Amazonia, conhecido por peixe Tigre e presente na bacia do Rio Orinoco. Este cresce bastante.

 

O jundiá que vc pegou é menor, chegando a no máximo 3kgs.

Peixe muito saboroso. fome::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não dá pra povoar com Açu?  :gorfei:

 

Me parece que vc tem acesso ao pessoal que faz o peixamento. Certo?

 

Eles tem algum estudo sobre o reservatório?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não dá pra povoar com Açu?  :gorfei:

 

Me parece que vc tem acesso ao pessoal que faz o peixamento. Certo?

 

Eles tem algum estudo sobre o reservatório?

Converso de vez em quando,  eles fazem muitos estudos, e usam a rampa nossa pra descer o barco.  Estamos negociando esses dias para eles liberarem eu pescar os Pacus na Barragem e abatê-los e mandá-los para verificar o estomago deles, pois a usina tá tendo problemas com mexilhão e se caso eles tiverem comendo esse crustáceo eles vão soltar mais.   O Peixamento da Piranha que foi muito criticado, pra quem pesca de Vara foi ótimo, incrível como a quantidade de peixes aumentou na represa, visto que diminui uns 70% os redeiros aqui.    Quanto ao Tucunaré eles não aconselham mas dizem que cedo ou tarde estarão aqui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não dá pra povoar com Açu?  :gorfei:

 

KKKKKKKKK, ia ser top, nossa turma até animou soltar um monte de coisa lá, mas enquanto tiver os redeiros não dá , o rio é público .  Dava pra transformar num pesqueiro gigante, visto que o Rio tem a parte de represa, corredeiras, poços profundos, praias ,ou seja um ecossistema diversificado em apenas 6km, ia ser top colocar uns Tambaquis, Pirarara, Pintado, etc....   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

guto vc vai ferrar o ecosistema, como trocentos outros exemplos, usando uma especie nao nativa, ainda amis predadora... tem que tentar fazer algo com as nativas, nao tem jeito.

 

mesmo falando q a barragem de baixo arrebenta os peixes que entram , isso nem sempre é verdade, ha muito peixe  q passa pelas turbinas, ou simplesmente pelo ladrao, isso vai se transformando num problema em cadeia..

 

eu povoaria com piau, piaucu, etc, sao peixes menores, nao predadores, onivoros e que se dao bem com correnteza ou agua parada.

 

sem contar que dificilmenet irao atacar um ser humano, no caso de lugares usados como parque nautico ou de banho isso é importante.... 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

guto vc vai ferrar o ecosistema, como trocentos outros exemplos, usando uma especie nao nativa, ainda amis predadora... tem que tentar fazer algo com as nativas, nao tem jeito.

 

mesmo falando q a barragem de baixo arrebenta os peixes que entram , isso nem sempre é verdade, ha muito peixe  q passa pelas turbinas, ou simplesmente pelo ladrao, isso vai se transformando num problema em cadeia..

 

eu povoaria com piau, piaucu, etc, sao peixes menores, nao predadores, onivoros e que se dao bem com correnteza ou agua parada.

 

sem contar que dificilmenet irao atacar um ser humano, no caso de lugares usados como parque nautico ou de banho isso é importante.... 

Astra na Barragem de cima já existe o Tucunaré e até Bass, no trecho logo abaixo não é dificil ter tb visto que dali até o Rio Grande não existe mais hidrelétricas, eles só não sobem pois é um trecho com água muito corrente.  Piauçu tb já existe, mas são raros e é outra espécie que não reproduz e a tendencia é sumir se não for solto mais,  acho que o ecossistema já tá ferrado, mesmo pq tá lotado de piranha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Guto. Um pouco da experiência que tenho eu colocaria o tucunaré amarelo.

Aqui na região todas as represas e açudes particulares o amarelo se adaptou muito bem .

Temos ainda a presença dessa espécie na "região denominada medio-baixo do rio Paraiba" e que deve ser bem parecido com a temperatura de água do rio Pardo.

 

Uma coisa eu tenho certeza : você até pode colocar o azul mas o amarelo é mais ativo para se alimentar e para reproduzir com a água nessa temperatura que você citou.

 

Sobre o impacto ambiental é besteira isso. Quer impacto maior que fazer hidrelétricas ? Na região sudeste estão fazendo unidades atras de unidades de usinas de médio porte sem a menor preocupação em ter uma alternativa para os peixes de piracema passarem por essas barragens . A tendencia é o nosso querido dourado acabar nesses lugares e entrar o tucunaré no lugar.

 

Espero ter ajudado . 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Luis, conversei com um criador, ele me disse isso tb, que o Amarelo a chance será maior, mas pediu pra esperar esquentar, enquanto isso vou cotando e analisando

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se soltar Tucunaré Açu eu largo tudo e viro guia de pesca!!!!  :gorfei:  :gorfei:  :gorfei:

 

Foto bonita da represa hein Gutão.... ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem entrar em discussão !! NA região de Uberlândia tem um cara que vende azul juvenis, já cheguei fazer contato com ele uma vez. Pode soltar que dá certo. Só me mandar MP que procuro e mando o email do cara. E já que ta uma bagunça mesmo o lago "Vamo solta peixe pq a predação ta de mais só tem matador pra todo lado".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sem entrar em discussão !! NA região de Uberlândia tem um cara que vende azul juvenis, já cheguei fazer contato com ele uma vez. Pode soltar que dá certo. Só me mandar MP que procuro e mando o email do cara. E já que ta uma bagunça mesmo o lago "Vamo solta peixe pq a predação ta de mais só tem matador pra todo lado".

Rafael valeu, entrei contato com ele pelo MF Rural, entregam na porta de casa aqui, mas ele me disse para esperar esquentar um pouco

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Gutão, Segundo o biólogo Alec Kruse, que é o cara que mais estuda e entende as espécies de tucunarés no Brasil (além de ser pescador fanático desta espécie) , tive por duas vezes a oportunidade de conversar pessoalmente com ele, e também lí várias matérias escritas por ele, e como regra o tucunaré Azul não suporta água com temperatura baixa e também não gosta de água turva. As chances deste projeto fracassar são grandes.  O mais indicado seria investir em alevinos de tucunarés amarelos, que são mais resistentes nestas condições.  Abçs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Renato esse é mais um ponto, normalmente a agua do Pardo é muito limpa entre abril e novembro, porém ela turva bastante no verão. Estou achando que partiremos para o Amarelo, visto que ele deu certo aqui próximo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...