Ir para conteúdo
Renato Abreu

Desaprovado : Gol linhas aéras

Posts Recomendados

Surpresa ao chegar em Manaus na madrugada do último dia 12/9: o tubo de varas quebrado, com as pontas das varas saindo para fora e uma grotesca tentativa de remendo feito com aquelas fitas adesivas da empresa. Pela aparência do estrago parece que um daqueles tratores que puxam as carretas com bagagem passou em cima do tubo, quebrou o terço distal e as ponteiras, passadores e pontas das varas maiores ( 3 no total de 6 varas que estavam dentro).

O único funcionário da empresa que estava no local disse que não tinha como anotar nenhuma reclamação e deu um nº de 0800. Na ligação o operador me disse que eu havia assinado um documento no embarque : "termo de responsabilidade de transporte de cargas atípicas", que isenta a Gol de qualquer dano na bagagem. 

Cuidado amigos pescadores, embalem as varas individualmente , reforcem o tubo e torçam para que sua bagagem seja tratada com mais respeito ... 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prevenindo contra isso, eu e minha turma costumamos despachar tudo de onibus ate o trecho mais proximo. Ou, como da ultima vez, contratamos um caminhaozinho para levar tudo. E fomos de aviao apenas com bagagem de mao.

O que as empresas aereas fazem com nossa bagagem é uma falta de respeito absurda!

Oferecem o transporte mas sem garantia de chegar inteira... Ridiculo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já aconteceu comigo isto, só que na TAM. Eu uso um tubo fino e por ser leve é jogado de qualquer jeito quando manuseado. Para proteger tenho visto que alguns grupos juntam os tubos com fita adesiva para ficar mais pesado e dificultar de jogarem de qualquer jeito.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é isso mesmo Arildo !

 

Quando temos essa oportunidade de diversos integrantes partirem de um mesmo lugar, esse expediente de juntar TODOS os TUBOS e passar fita neles de modo a torná-los um só PACOTE tem funcionado de forma adequada, ou pelo menos até o momento apresentou uma chegada sem problemas... mas isso sempre se torna um estresse para qualquer pescador ! Receber a bagagem tal qual seja embarcada era para ser obrigação...  doeu:: 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Já aconteceu comigo isto, só que na TAM. Eu uso um tubo fino e por ser leve é jogado de qualquer jeito quando manuseado. Para proteger tenho visto que alguns grupos juntam os tubos com fita adesiva para ficar mais pesado e dificultar de jogarem de qualquer jeito.

Mas do jeito que as empresas aéreas tratam nossas bagagens no brasil, dessa maneira pode ocorrer outro risco de maior grau....

Já pensou no grupo despachando os tubos todos juntos e chegando em manaus descobre que os tubos foram parar em Porto Alegre....

Ai ninguém pesca..... KK kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Imagine se tivesse uma Vara muito cara dentro. Ou mesmo aquela customizada?

 

Como assim bagagem atípica? mau::

Como assim não irá indenizar? mau::

Termo de responsabilidade? Esse é o termo de IRRESPONSABILIDADE!!!

Não aceite isso Renato! Vá atrás de seu prejuízo!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo o CDC está aí para garantir sua indenização.

Não confie nessa estória de um agente desinformado.

Vá no Procon de sua cidade, leve o modelo igual da vara que eles quebraram, o tubo etc.

Aproveita e pede danos morais, que estragaram sua viagem, que custou caro, etc.

Consegue aí uns 5000 reais fácil fácil.

E sabe o que é o melhor? A GOL é que tem que provar que não quebrou o tubo e que as suas varas não eram aquelas.

 

Exija seus DIREITOS.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso que o Kid mencionou de juntar todos os tubos eu numca fiz, porem já vi um grupo fazer. É uma boa solução.

Nesta próxima farei isso.

Se não chegar, não chega de ninguém doeu:: doeu:: doeu:: doeu:: doeu:: doeu:: doeu::

 

Abrx

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

No ultimo grupo que fomos, na chegada em Manaus haviam 3 tubos quebrados, alguns muito resistentes, o meu tinha escapado ileso....... Só na ida, porque na volta recedi o mesmo partido ao meio, porém graças a presença de uma vara para pesca pesada as outras não foram danificadas. Fica a dica sempre coloque uma vara pesada para evitar a quebra das mais delicadas, visto que alguns colegas levam varas que não são baratas para enfrentar os tucunas de 2 dígitos da amazônia....   

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Antes, meus sentimentos!

 

Boa Providência a juntada de Tubos do Kid.

 

Mas tudo ocorre pq nós, brasileiros, não estamos acostumados a exercer nossa "cidadania"

 

 

 o operador me disse que eu havia assinado um documento no embarque : "termo de responsabilidade de transporte de cargas atípicas", que isenta a Gol de qualquer dano na bagagem. 

Cuidado amigos pescadores, embalem as varas individualmente , reforcem o tubo e torçam para que sua bagagem seja tratada com mais respeito ... 

 

Ainda que, hoje, no Br, tudo seja possível. Havendo Leis regindo a matéria, não podem ser feridas p qqer norma empresarial, tentando à elas se sobrepor. Afinal, cada empresa não é uma República c direito de legistar a bel prazer. Suas "Normas" , sempre que ferirem leis maiores sáo consideradas juridicamente  " nulas"  ::excl:: 

 

Caso familiar : Décadas atrás, única viagem aérea de pesca em família : Tubo e vara danificada. Empresa Aérea queria indenizar , "cf norma expressa da Empresa",  R$50,00/Kg do bem danificado ( sobre uma vara levíssima !! doeu:: ) . Bastou argumentarmos cf acima, garantindo que ingressaríamos com ação ( se não indenizados no devido vr) para convidarem a "acordo" ( que por certos detalhes, para minimizar prejuízo, tornamos mt vantajoso..... ::evil:: ) . Claro que tudo ficou um pco mais fácil pq, no desembarque, tínhamos documentado ao máximo o fato, colhendo testemunhos e exigindo cópia do registro da ocorrência  no setor desembarque...; por  mais que atendentes tentassem esquivar-se de ( o que hoje nem seria tão necessário, mas ainda interessante);  

 

Amigo o CDC está aí para garantir sua indenização.

Não confie nessa estória de um agente desinformado.

Vá no Procon de sua cidade, leve o modelo igual da vara que eles quebraram, o tubo etc.

Aproveita e pede danos morais, que estragaram sua viagem, que custou caro, etc.

Consegue aí uns 5000 reais fácil fácil.

E sabe o que é o melhor? A GOL é que tem que provar que não quebrou o tubo e que as suas varas não eram aquelas.

 

Exija seus DIREITOS.

É por aí, AlexAdvo !

 

Seja contra Empresa Aérea, Hotéis, Correios...Além de informar e alertar os colegas aqui, só se partirmos "em massa" para a exigência de nossos direitos "garantidos em leis", seremos , um dia, respeitados; além de realimentar as leis para que não se tornem "mortas".

 

Ou alguém acha que, no exterior, a clientela é bem mais respeitada pq os gestores empresariais são anjos com seus olhos azuis ? Lá fora, o respeito é maior pq maioria dos povos tem o costume de exigir direitos , e ir às últimas consequências, independente de se vai dar trabalho, se é quantia pequena....como ouvimos tantas vezes entre nós ( e que não é o caso do Renato).

 

Que o Colega Renato Abreu siga a dica do AlexAdvo, e vá dividindo conosco o andamento da questão, até a vitória na qual acreditamos.

 

Outra questão é se, havendo muitas ações do tipo, as empresas aéreas resolverem restringir transportes de tubos e varas. Aí, seria importante haver  , em algum órgão representativo dos pescadores amadores, um registro de todas as viagens aéreas feitas por estes, para comprovar a perca que a empresa teria, se deixassem de fazer uso das mesmas pelos impedimento a levar suas tralhas...Mas aí, esbarraríamos em outra cultura nossa: a da "desorganização" como "grupo" . Abaixo assinados com adesão maciça deve ter um peso aí...Se não atendidos, o esforço na forma de um boicote temporário, por parte do "grupo" tende a mudar rapidinho normas e posturas  negativas.

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu a força pessoal ! segui suas sugestões e entrei com uma ação no tribunal de pequenas causas. Dia 3 de março teremos um feedback do Juiz...vamos torcer ! abraço a todos !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu a força pessoal ! segui suas sugestões e entrei com uma ação no tribunal de pequenas causas. Dia 3 de março teremos um feedback do Juiz...vamos torcer ! abraço a todos !

Se já tiveres tentado formalmente e sem sucesso uma justa reparação da Empresa: parabéns, Renato! Esta é a pcipal. atitude que nos compete como cidadãos! 

Torçamos para boa argumentação e condução do processo , culminando na justa solução!

 

Nao deixa de falar como q foi... Se der tudo certo, vai servir p muita gente ter coragem e fazer o mesmo... Boa sorte!!!

(grifo meu)

Lênio Pimenta, entendo teus votos de sucesso, e que este se torne ex. aos colegas que passarem por fato semelhante. 

 

Todavia, respeitosa e amistosamente, ouso discordar  num ponto: Embora acreditando no sucesso da Ação do Renato; a coragem dos d+ de ingressarem com ação semelhante não deve se condicionar ou basear-se no sucesso deste ( ainda que o fato se torne ex. estimulante) . Afinal, caso ele "viesse a perder ( não acredito) "; não significa que todos mais teríamos de perder tb. Pelo contrário, deveriam ser analisados os fatores ( jurídicos : comprovação do fato, argumentação  e atitudes nas diferentes fases do processo) que o teriam levado à derrota, para neles não se reincidir.

 

Muitas ações judiciais são ganhas, graças ao re-exames das falhas cometidas na condução das semelhantes que foram perdidas. 

 

Se pesquisarmos, certamente encontraremos inúmeras sentenças onde a Empresa foi obrigada a indenizar, não em conformidade a seus regulamentos internos; mas aos Códigos Civis e do Consumidor; que prevalecem sobre as normas menores. 

 

Se o direito nos ampara; nossa obrigação de cidadãos é exercê-lo. Ou estaremos abdicando deste, tornando-o fraco ou nulo. Muitas empresas contam com isto e com nosso desânimo por enfrentar a burocracia, demora, etc. Faz parte. Mas não vence a guerra quem obedece as regras do inimigo.

 

Com pitacos familiares,

Estímulo e votos de sucesso a todos que demandarem justas reparações! 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

Queda e retorno do Sist gerou postagem em duplicidade. N consegui deletar tudo...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hora nenhum eu deixei a entender que as pessoas so irao ter coragem se ele tiver sucesso...

O que acontece é que nossa justica é tao lenta e tao injusta e tao cara e tao burocratica em inumeros casos, que preferimos deixar pra la ja q iriamos gastar mais para mostrar q temos razao...

Acaba sendo menos doloroso financeiramente ficar keto e engolir a raiva...

Mas espero mto q de tudo certo p ele e se der, vai dar mto mais animo a qlq um fazer o mesmo, inclusive eu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Hora nenhum eu deixei a entender que as pessoas so irao ter coragem se ele tiver sucesso... O que acontece é que nossa justica é tao lenta e tao injusta e tao cara e tao burocratica em inumeros casos, que preferimos deixar pra la ja q iriamos gastar mais para mostrar q temos razao... Acaba sendo menos doloroso financeiramente ficar keto e engolir a raiva... Mas espero mto q de tudo certo p ele e se der, vai dar mto mais animo a qlq um fazer o mesmo, inclusive eu.

(grifo meu)

Lênio, Letras não denotam o nosso tom de voz e atitude interna.Entenda a minha o mais branda e amistosa possível, ok ?

 

Sei que és do bem. Que torces pelo sucesso do colega; e que sirva de estímulo aos d+. "Tamos juntos" !

 

Eu só quis intensificar que, mesmo que o colega não lograsse êxito em sua ação (duvido); todos deveriam continuar buscando seus direitos, que só aparentemente se limita à reparação por algum bem imediatamente danificado . Na realidade, tem repercussões mais profundas. Pois  reafirma o ingresso no mundo da cidadania, e informa às entidades com quem travarem contato  que, doravante, não estarão mais vendendo ou interagindo com meros consumidores; mas com cidadãos ( esteja certo que diferença é imensa).

 

Por isto, embora entenda tua afirmação : "... preferimos deixar pra la ja q iriamos gastar mais para mostrar q temos razao... Acaba sendo menos doloroso financeiramente ficar keto e engolir a raiva...". 

 

Espero conseguir demonstrar que, a nível imediato: face uma única ação p/ reparação de um dano isolado,  isto até pode acontecer algumas vezes ( hoje, já nem tanto...). Mas qdo ingressas com uma ação reivindicando reparação; não buscas e nem és reparado apenas pelo dano imediatamente sofrido; é um aviso de que pretendes ser respeitado como cidadão. Que assim procederás todas as vezes que o fato se repetir.

 

Qdo maioria ( ideal seria todos) passa a agir assim; rapidamente as empresas mudam seus cuidados no trato conosco e com nossos pertences. A prática e história o comprovam , aqui e; principalmente nalguns países ( não pq lá, as empresas e autoridades sejam conscienciosas; mas pq o povo tem como valor, orgulho e cultura/costume exigir o respeito que julgam merecer) . Então com uma só ação individual ( que podes julgar demorada e cara para uma única e determinada reparação); somada às ações de outros ( caso ingressem em juízo tal como tu) ; podemos gerar mudança nos cuidados empresariais ( com bagagens aéreas p. ex) , de modo a coibir novos danos futuros. Assim, se o custo de uma ação se estende ao longo do tempo, diminuindo novos prejus e "raivas" ( angustias, ansiedades, etc. a cada vez que se pensar em uma viagem aérea; o que tem um custo emocional e à saúde nada barato). Não compensa?? 

 

Outro ex. Reclamamos contra Correios por extravios, etc. Qtos os acionam judicialmente pelos danos? Demorado? Caro? E qto custa saber que continuarão de mal a pior, extraviando ...extraviando...? A somatória dos novos extravios e dissabores não teria custo financeiro e emocional bem mais caro que o de uma única ação individual, impetrada por todos os "cidadãos", se assim o fizessem, forçando-os à maior responsabilidade?

 

Gestores empresariais ou governamentais traçam rapidamente o perfil das coletividade em contato. E é com base neste perfil que traçam o modo de gestão a oferecer. Simples assim

 

Há quem diga que, muitas vezes, no ingresso de uma Ação de reparação ( sem desprezar o vr da indenização buscada); o mais importante é a noção de que o gesto é agir de modo responsável com toda a sociedade, colaborando ( cada um ) para manutenção dos seus maiores valores; para que esta não fique cada vez pior, e o indivíduo cada vez mais desamparado.  

 

As empresas (entidades )  nos tratam cf ( individual e principalmente coletivamente) lhes mostramos merecer.

Respeitosamente,

Ilza (  c sopros familiares).

 

PS: Não consegui apagar  a linha abaixo (ref citação).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma informação extra - os tubos de transporte da Plano e da Flambeau constam do manual de IATA como embalagens aceitas para transportar nossas varas e por isso não podem pedir para assinar o canhoto da bagagem assumindo a responsabilidade. 

 

Há cases semelhantes para bicicletas, pranchas de surf, skys, tacos de golf entre outros equipamentos de esportistas que se deslocam pelo mundo e as companhias aéreas adoram vender seus bilhetes a nós, então é importante entender e usar o que realmente protege o equipamento que está se transportando e evitar dores de cabeça. 

 

Quando começaram a cobrar pelo transporte do tubos, rapidamente houve um mobilização que mostrou ser um abuso a referida cobrança. Mas lembrem-se nossos direitos muitas vezes são respaldados por regras e para reclamar precisamos saber se estamos fazendo a nossa parte. 

 

As informações acima são complementares, afinal eles estão sempre atrás de passageiros, e nós - passageiros, pagamos por um serviço que deve ter respeito com nossos pertences.

 

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uma informação extra - os tubos de transporte da Plano e da Flambeau constam do manual de IATA como embalagens aceitas para transportar nossas varas e por isso não podem pedir para assinar o canhoto da bagagem assumindo a responsabilidade. 

 

Há cases semelhantes para bicicletas, pranchas de surf, skys, tacos de golf entre outros equipamentos de esportistas que se deslocam pelo mundo e as companhias aéreas adoram vender seus bilhetes a nós, então é importante entender e usar o que realmente protege o equipamento que está se transportando e evitar dores de cabeça. 

 

Quando começaram a cobrar pelo transporte do tubos, rapidamente houve um mobilização que mostrou ser um abuso a referida cobrança. Mas lembrem-se nossos direitos muitas vezes são respaldados por regras e para reclamar precisamos saber se estamos fazendo a nossa parte. 

 

As informações acima são complementares, afinal eles estão com um em dos passageiros e nós - passageiros, pagamos por um serviço que deve ter respeito com nossos pertences.

 

Abs

 

Ótimo informe e acréscimo ao tópico, Pepe!

Bem lembrado que direitos demandam deveres de todos; passageiros inclusos. 

 

Todavia, em que pese algum bom senso das empresas ao isentarem passageiros de "termos de responsabilidade" ppia sobre suas varas , mediante uso de cases de marcas nas quais aquelas confiam; acredito que seria interessante divulgarem características de resistência preconizadas. Pois seria equívoco excluírem de tal benefício, clientes que usassem outros cases de resistência igual ou superior aos eleitos. Se assim não for, estaria havendo certa indução ao consumo destes bens de marcas específicas; o que não deixaria de ser questionável sob todos os aspectos.

Respeitosamente,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Pepe

 

Mesmo que estas marcas sejam mais resistentes ou adaptadas para tal uso, o que parece ter acontecido ( o trator de transporte das carretas de bagagem passar em cima do tubo) também iria danificar o tubo de qualquer marca ! o único que talvez escapasse seria o de aço !  :gorfei: imagina o peso !!!

 

Um abraço 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...