Ir para conteúdo
Eduardo Chedid

REVIEW COMBATE TATULA X CURADO , QUAL A MELHOR? POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING.

Posts Recomendados

Salve Galera do fórum vamos nós para mais um review técnico feito por mim ,mas deixando claro que além das pinturas faço custom tb com carbontex , rolamentos cerâmicos boca modelo novo troca de peças internas ,troca de manivelas .

Muitos já sabem disso alguns outros não , trabalho quase que 100 % pela internet e correios aonde as pessoas mandam de qualquer lugar do País para mim  as carretas faço o serviço e mando de volta completamente modificada e melhorada a carreta .

QUEREM MEU CONTATO ?

AQUI ESTÁ :

WHATS APP (11) 967808633 (OI)  EDUARDO CHEDID

 

Por aqui no fórum inbox : EDUARDO CHEDID

Pelo facebook : EDUARDO CHEDID / LOJINHA DE SALIM / LDS TUNING

 

E agora com pagina no facebook tb : 

 

https://www.facebook...908102209227865

 

Dáu ma curtida e uma olhada nos projetos lá tb.

 

Mas como fiz algumas carretas , kkkkk , me perco sempre , portanto podem haver algumas repetições haja visto que as fotos e reviews estão hospedados em nuvem portanto vou deixar aqui antes de tudo os links dos outros tópicos para vcs e depois sim algumas custom:

 

http://www.turmadobi...sonalizações/

 

 

http://www.turmadobi...sonalizações/

 

 

http://www.turmadobi...sonalizações/

 

 

http://www.turmadobi...eduardo-chedid/

 

 

Fora essas custom acima possuo os reviews técnicos tb que vão aparecendo por aqui , seguem :

 

 

http://www.turmadobi...sonalizaÇÕes/

 

 

http://www.turmadobi...did-lds-tuning/

 

 

http://www.turmadobi...uardo-chedid/

 

 

http://www.turmadobi...o-tanto-dela/

 

 

E aqui abaixo o review da chronarch ci4 que sempre afirmei ser um projeto falho da shimano :

 

 

http://www.turmadobi...-de-coração/

 

 

Fiz a pouco tempo um review da CURADO HG  sim o modelo novo da shimano , bonita , muito bonita , mas será que ela vale o que custa?

Vale a pena investir nela ?

É um bom lançamento ?

A shimano conseguiu convencer com ela como fez na série E e depois se perdeu na série G?

 

E acabei achando interessante comparar ela com a outra concorrente que acho estar a altura a daiwa tatula.

Nesse tópico em específico falarei da TATULA TYPE R , mas a comparação na verdade seria com a irmã mais simples a tatula HS poucas diferenças entre elas .

O preço da tatula é inferior ao da curado , mas por que ?

Fator de importação ?

A tatula é inferior ?

Fama apenas ?

 

Cabe agora aos amigos pescadores decidirem o que é melhor para cada um seguem ESPECS DELAS :

 

Cabe aqui a cada um tirar sua conclusão

 

Vamos então a ela :

 

TATULA 100 HS  

 

N° de rolamentos: 7
Material do corpo: Alumínio
Material do carretel: Alumínio
Velocidade de recolhimento: 7.3:1
Drag (fricção): 6 kg

Capacidade de linha: 0,35mm/110m 
Peso: 225 g
 
CURADO IHG
 
Rolamentos: 6
Material do Corpo: Alumínio
Velocidade de Recolhimento: 7.2:1
Força de fricção (Drag): 15lb (7 quilos) 
Capacidade de Linha: 0,30mm / 100m
Peso: 210g
 
TATULA TYPE R
 
- Relação de recolhimento : 8.1:1
- Drag max. 6Kg
- 8 rolamentos
- Peso : 215g
- Capacidade de linha :  0.35mm - 110m 
 
 
AGORA VAMOS AOS FATOS E FOTOS :
 
IMG_20150922_154650857_zpsesolnexd.jpgIMG_20150922_154703406_zpswwbc8lnr.jpgIMG_20150922_154718351_HDR_zpsssvzciuu.jIMG_20150922_154737405_HDR_zpsgamqykig.j
 
Acima as fotos das nossas comparáveis em 4 ângulos , vejam praticamente do mesmo tamanho , enquanto a shimano chama a curado de 200 (TAMANHO)  a daiwa chama a tatula de 100 (tamanho) e isso realmente é complicado pois normalmente o tamanho da carretilha influencia na capacidade de linha .
Se houvesse um consenso em relação a isso seria bem melhor , na minha opinião aqui elas ( ambas ) são tamanho 150 pelo padrão histórico e pela capacidade de linha.
Vamos seguindo:
 
IMG_20150922_155130008_zpswpj0vigb.jpg

 

Acima já tirando a manivela conseguimos ver as estrelas e sistema de pressão da fricção , ambas bem tradicionais mesmo seguindo cada qual com seus projetos por anos a fio.

Enquanto a daiwa vem com a proposta da famosa estrela de zaion em tamanho extra grande ( acho muito boa para manipular) , a shimano voltou finalmente a estrela em alumínio na curado ( nesse caso ficou mais resistente as quebras) pelos amigos mão de alicate do mercado , kkkkk.

 

IMG_20150922_155510891_zpsfz9rcwlr.jpg

 

Acima as manivelas , ambas oferecem knobs parafusados no caso da curado o knob é sustentado por 2 buchas de nylon enquanto na tatula o knob é sustentado por 1 rolamento e 1 bucha de nylon , portanto em maciez a daiwa sai na frente nesse quesito.

Quanto aos knobs em si , ambos são feitos em borracha macia o da tatula tem uma pegada melhor até pelo tamanho e formato , a shimano aumentou o tamanho do seu knob tb e esperamos que ele não venha com a famosa falha de derreter com o tempo ( muito comum).

Ponto novamente para a tatula.

 

IMG_20150922_155651589_zpscvvrldbi.jpg

 

 

Quanto ao tamanho ambos são iguais 10 cm de ponta a ponta , a impressão que dá é que o da tatula é maior , mas não é talvez por conta da anodização em preto chame mais a atenção , ele é apenas mais curvado por conta da estrela ser anabolizada.

 

IMG_20150922_155720278_zps0ker1yfy.jpg

 

IMG_20150922_155915561_HDR_zpsbrmaxpiw.j

 

Aqui o sistema da caps das 2 aonde a shimano possui  caps pressionada por mola enquanto a daiwa usa o método tradicional.

A tatula oferece um rolamento a mais agregado ao antireverso isso aumenta a maciez e segurança na recolhida um exagero pois na foto abaixo veremos as tampas por dentro.

 

IMG_20150922_161039380_HDR_zpsxazo8kbn.j

 

Nessa foto começamos a ver a igualdade entre as 2 , o sistema de desarme é muito parecido  , mas muito mesmo !!!!

A daiwa reinventou  seu sistema de desarme , mas como na natureza nada se cria tudo se copia , se parecem bastante , evidente que estou falando do principio de funcionamento , acredito que o sistema utilizado na maioria das daiwa com 2 molas de retorno não se aplicaria aqui por conta de espaço interno mesmo.

As tampas , essas precisam ser comentadas , ambas possuem antireverso de excelente qualidade com micro roletes.

A shimano insiste em fazer essa tampa em plástico ( só usa alumínio nas top mesmo) , enquanto a daiwa já usa tampa de alumínio , o que assegura uma solidez mair a caretilha e detalhe sem agregar peso. ponto positivo para a tatula de novo.

 

IMG_20150922_161445475_HDR_zpsyd2yapwc.j

 

Aqui os internos , chaparias e fricção delas , ambas usam carbontex como disco maior , a curado possui carbontex no disco inferior tb a daiwa possui um disco menos abrasivo inferior.

É exatamente aqui, aquilo que repito há muito tempo já , enquanto a tatula possui todos os internos em alumínio ( ESTRELA DO DESARME E CALOTA DA FRICÇÃO)  a curado usa em chapa .

Então nesse quesito de cuidados com internos mais uma vez a tatula sai na frente.

Outro detalhe essas carretas nunca foram abertas ( primeira vez) e visivelmente a tatula  está mais limpa , isso se deve a quantidade de graxa usada , a curado está entupida de graxa quase o dobro da tatula.

 

IMG_20150922_161612489_HDR_zps4gcdced9.j

 

 

Aqui as nossas amigas de frente ambas com as tampas destacadas , nesse quesito a curado é mais segura , no caso de uma abertura acidental na pescaria deviso ao sistema de giro na tampa da curado esse não é perdido e para aumentar mais a segurança o carretel só sai em 1 posição da tampa aberta que é exatamente com ela voltada para cima portanto preocupação zero de perda de peças da curado , ponto pra ela.

Falando dos carretéis , infelizmente não consegui fazer uma pesagem no carretel da tatula ,mas empiricamente falando ele é mais pesado que o da curado , por conta do sistema de freio ( ele carrega o copo do freio com avanço por inércia).

Falando do freio agora , esse sistema é exatamente o que difere uma carretilha da outra enquanto o freio centrífugo age apenas no lançamento por centrifugação e depois vai perdendo o arrasto , o magnético age do começo ao fim do lançamento mesmo desarmado , então para iscas mais leves o centrífugo é evidente melhor que o magnético , em casos aonde o vento é fator preponderante o magnético é melhor .

Cada um escolhe o que é melhor hj em dia muitas carretilhas oferecem os 2 sistemas combinados o que acaba tornado o manuseio da carretilha mais simples.

Para deixar bem claro, depois de 9 gramas ambos são muito eficazes , é uma questão de adequação mesmo.

 

IMG_20150922_161813999_zps91lfq4q2.jpg

 

Ambas as torres de manivela são de alumínio com rolamento de apoio por baixo.

 

IMG_20150922_163241536_HDR_zpshec9sbue.j

 

Aqui agora o sistema de distribuição de linha ( devaneador completo) , ambos de plastico com apoio sobre bucha , o sem fim da curado é em alumínio enquanto o da tatula em metal cromado , a tatula oferece o sistema de TWS  que quando desarmado o botão ele gira o carro do devaneador e abre um espaço maior no arremesso , com isso o atrito da linha com o guia diminui muito ( a daiwa nesse caso tentou resolver o problema do arraste causado pelo freio magnético) e acabou conseguindo com esse sistema muito bem pensado.

 

IMG_20150922_163259927_HDR_zpsybzffj50.j

 

 

 

E por fim as 2 estruturas em alumínio das carretas , ambas tb com rolamentos marinizados de apoio ao pinhão.

Nesse caso vale a pena ressaltar que o sistema de microdentes da curado deixou ela um pouco mais macia que a tatula porém perde em robustez , tornando ela um pouco mais frágil.

 

Considerações :

 

Ambas as carretilhas são excelentes nesse caso vejo a tatula na frente em robustez e qualidade na construção.

Vejo a curado na frente no quesito iscas leves e maciez ( pouca coisa).

Como já disse cada amigo pescador tira as suas conclusões.

No quesito peso a curado e a type r possuem o mesmo peso , a tatula convencional 10 gramas a mais o que realmente pode atrapalhar em uma pescaria de muitas horas , em ergonomia ambas são muito parecidas mas com leve vantagem tb para a curado ( ela possui as bordas mais arredondadas) .

No quesito fisgada e briga a tatula está muito a frente , é exatamente aí que vemos o resultado da construção funcionando ela reboca os peixes com uma facilidade assustadora , enquanto a curado dá aquela gemida e estraladas características das shimano.

Pessoal espero que tenham gostado do review ABRAÇOS A TODOS 

EDUARDO CHEDID / LDS TUNING !!!!!!

 

 

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns Eduardo pelo Review

 

Complementando a suas informações :

 

Tatula Type R  Possui uma Tampa Lateral em alumínio ( acoplado ao sistema motriz) e na tampa de regulagem do freio magnético é em polímero , no caso da Curado, as duas tampas são em polímero.

Tatula Type R  Ratio 8:1 e aprox 86cm de recolhimento por manivelada com carretel cheio  ( Dados Fábrica)

Curado 200 HG Ratio 7.2 e aprox 76cm de recolhimento por manivelada com carretel cheio  ( Dados Fábrica)

Tatula Type R Rolamentos CRBB ( 2 und) nos pontos de eventual contato com água salgada, os demais em aço inox

Curado 200HG o Fabricante informa os Rolamentos SARB ( verifique se são todos  ou apenas o Anti Reverso como na curado anterior

 

Espero ter ajudado

 

Abração 

 

Ricardo Ventura

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns Eduardo pelo Review

 

Complementando a suas informações :

 

Tatula Type R  Possui uma Tampa Lateral em alumínio ( acoplado ao sistema motriz) e na tampa de regulagem do freio magnético é em polímero , no caso da Curado, as duas tampas são em polímero.

Tatula Type R  Ratio 8:1 e aprox 86cm de recolhimento por manivelada com carretel cheio  ( Dados Fábrica)

Curado 200 HG Ratio 7.2 e aprox 76cm de recolhimento por manivelada com carretel cheio  ( Dados Fábrica)

Tatula Type R Rolamentos CRBB ( 2 und) nos pontos de eventual contato com água salgada, os demais em aço inox

Curado 200HG o Fabricante informa os Rolamentos SARB ( verifique se são todos  ou apenas o Anti Reverso como na curado anterior

 

Espero ter ajudado

 

Abração 

 

Ricardo Ventura

 

Opa Ventura valeu , mas está tudo na descrição , quanto aos rolamentos , não falo mais quais são ou não marinizados pois a cada dia que passa por zqui tenho trocado constantemente eles por conta de corrosão , valeu , abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vou pedir uma licença aqui pro meu amigo Chedid ....  Na pratica, como todos podem ver em meus programas www.pescaverdade.com.br , usei as duas e posso com propriedade falar sobre o equipamento.   Gostei muito de usar as 2, e a Daiwa me surpreendeu pelo sistema TWS, pois deixa o arremesso muito livre.  Acho que é o sistema de guia de linha mais moderno que existe, ficando apenas atrás das carretilhas U.S Reels, que pude usar, e acho que é no momento o sistema de guia de linha sem igual.  A Shimano, é mais "gostosa" de usar, mais macia , e tem arremesso mais gostoso.   A Daiwa na minha opnião ganha em quase tudo, tem sistema mais forte na hora da briga, é a carretilha que eu recomendaria para pescaria em pesque pague e para os açus no Amazonas.  Para uma pescaria mais light, eu usaria a Shimano, porém em verstilidade, em custo etc , eu ficaria com a Daiwa. Execente produto e está na frente sim.  Gostei muito do Review, vc meu amigo tá de parabéns ! muito técnico e imparcial. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ótimo review Chedid , parabéns .... 

 

a manivela da Tatula é 6mm maior ( 90 x 84 ) ... isso justifica tamanha força de tração ... somente as manoplas é que são "levemente" curvadas ( isso dá impressão de iguais ) ...

a coroa é bem mais espessa e de parede mais grossa ( que a Curado ) ... "tipicamente" Daiwa ... você "sente" ela tracionando ...

as "gemidas" é consequência do side plate de polímero ... ( que na Tatula é aluminio ) ...

 

abrass

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Parabéns pela excelente explicação!!! A Turma do Biguá precisa de pessoas assim, que levam a sério os detalhes e respeitam os pescadores, fantástico e nota 1000 pela imparcialidade!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tive uma tatula e achei forte, só que não gostei do TWS, ele é livre prá arremessar, só que para recolher a linha vem roçando no guia de linha, gasta a linha e tira a cera, não gostei disso.

 

Será que só eu percebi isso ou a minha tava com defeito ?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante juninho gumieiro

Queria ver  .... tatula    x..... shimano xg....  x  Venator Ed.especial. ????? me fala ai. ( p/ hélice)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu acho que 70% dos pescadores acham mais importante a qualidade do lançamento do que os outros pontos, por isso que a shimano tem mais a preferência nesse caso!

Enviado de meu SM-G355M usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Queria ver .... tatula x..... shimano xg.... x Venator Ed.especial. ????? me fala ai. ( p/ hélice)

Esse eu gostaria de ver também.

Enviado de meu SM-G900M usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Citação:

"A tatula oferece o sistema de TWS  que quando desarmado o botão ele gira o carro do devaneador e abre um espaço maior no arremesso , com isso o atrito da linha com o guia diminui muito (a daiwa nesse caso tentou resolver o problema do arraste causado pelo freio magnético)"

 

O magnético magforce quando zerado não tem ARRASTO ou atração alguma, pois o carretel é de alumínio e distante, então as leis de Lenz e Faraday não se aplicam neste caso pois os magnetos estão contrapostos de frente e não um após o outro como em outros magnéticos mais simples. Já o tambor de freio de metal está centralizado em espaço "neutro" não influindo na atração. Somente quando acionado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Citação:

"A tatula oferece o sistema de TWS  que quando desarmado o botão ele gira o carro do devaneador e abre um espaço maior no arremesso , com isso o atrito da linha com o guia diminui muito (a daiwa nesse caso tentou resolver o problema do arraste causado pelo freio magnético)"

 

O magnético magforce quando zerado não tem ARRASTO ou atração alguma, pois o carretel é de alumínio e distante, então as leis de Lenz e Faraday não se aplicam neste caso pois os magnetos estão contrapostos de frente e não um após o outro como em outros magnéticos mais simples. Já o tambor de freio de metal está centralizado em espaço "neutro" não influindo na atração. Somente quando acionado.

Pois é Fernando mas de qualquer maneira gera um campo de arrasto sim, mesmo com as polarizações alinhadas criando um freio no momento de rotação  o tempo todo, pois o copo não está afastado, e sim dentro do campo de atuação , quando ele é forçado inercialmente ( arranque) o copo excursiona para fora e mergulha mais fortemente no campo aumentando a força contra motriz e o freio se torna mais forte , ( mais eficaz) com a redução da rotação do carretel ele é empurrado para a posição original causando menos arrasto , existem pelo menos 2 tipos de freio nas daiwa os com copo fixo , esse já fica mergulhado no campo e os com copo móvel que ficam um pouco menos mergulhados no campo e geram um arrasto menor , isso pode ser visto na prática  com o carretel livre , se vc girar ele manualmente numa daiwa e numa shimano ( por exemplo) verá que o tempo de rotação da shimano será maior e não por conta dos rolamentos ( a daiwa já usa micro rolamentos faz tempo e de propósito) isso na verdade recai exatamente sobre o comentado acima , abraços !!!!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

os dois de certa forma , tem razão ...

 

o "duto magnético" da Daiwa é dividido em 3 "zonas" ( de influência ) e, se não me engano 3 ou 4 de atuação ( magnética ) ...

no caso do Magforce  "fixo" , ele já fica dentro dessa zona ( de influência ) ... só regulando a atuação magnética ...

no caso do "Z" , o indutor só fica na 1ª zona de atuação ...

e no caso do 3D , o indutor fica fora dessa zona de atuação ( long cast ), não tendo influência magnética alguma ...

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

os dois de certa forma , tem razão ...

 

o "duto magnético" da Daiwa é dividido em 3 "zonas" ( de influência ) e, se não me engano 3 ou 4 de atuação ( magnética ) ...

no caso do Magforce  "fixo" , ele já fica dentro dessa zona ( de influência ) ... só regulando a atuação magnética ...

no caso do "Z" , o indutor só fica na 1ª zona de atuação ...

e no caso do 3D , o indutor fica fora dessa zona de atuação ( long cast ), não tendo influência magnética alguma ...

 

Armando o sistema 3D , nada mais é na verdade que além de o copo avançar , avançam tb o sistema de imãs segurando ainda mais o carretel  ou afastando para diminuir o campo ,o long cast no caso seria a menor influencia do conjunto de imãs sobre o copo ( afastado) isso a daiwa já havia visto a influencia do campo e resolveu diminuir a influência dele causando assim menor arrasto , por conta disso é usado nas carretas mais finesse .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

ele chama "3D" por causa das 3 regulagens ( max brake - all round - long cast  ) ...

 

max brake - indutor todo no campo magnético ( como um magforce normal ) ...

all round - indutor a 1/3 ( como o magforce Z ) ...

long cast - indutor totalmente fora ( sem influencia alguma ) ...

 

abrass

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...