Ir para conteúdo

Fernando Simon

Membro
  • Total de itens

    116
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Sobre Fernando Simon

  • Rank
    Já consegue zarar
  • Data de Nascimento 05-03-1961

Profile Fields

  • Sexo
    Masculino
  • Nome + Sobrenome (obrigatório)
    Fernando Simon

Informações de Perfil

  • Localização
    Carlos Barbosa - RS
  • Interesse
    Pesca, Trabalho e Família

Últimos Visitantes

706 visualizações
  1. Procure por Bluefishing distribuidora atual da Shimano. O site parece não funcionar mais, mas aqui tem contatos: http://lafish.shimano.com/content/fish/latinamerica/br/pt/homepage/CONTATO.html
  2. Uma Titan 200, 300 e 400 c dual bracke.
  3. Provavelmente vão mportar carretilhas da mesma fábrica da Abu Garcia coreana ou chinesa.
  4. A mola da catraca do antireverse parece ter. E está mola da imagem está amassada.
  5. Abra sua conta no Google e cadastre-se no Youtube. Poste lá e depois compartilhe. Pelo celular: baixe o App do YouTube, cadastre-se e poste.
  6. A espessura não influi na força, apenas na durabilidade. Se tem muita folga na estrela, acrescente uma arruela depois das arruelas côncavas, pode ajudar.
  7. Se colocar a quantidade correta (pouca) a graxa não vai espalhar e contaminar os discos pois suportam até 220*. Para os discos lubrificados use graxa de Teflon que suporta até 270*. Em carretilhas de pouco drag deixo os discos de carbono secos. Discos de outro material não lubrifique.
  8. Pode acreditar, o teste da balança puxando a linha não pode ser contestado. Somente desacreditam os defensores de marcas. Maioria das carretilhas não alcança o drag específicado pelo fabricante. As Chinesas nem 50%. Para conferir cheguei a usar o sistema colocar pesos aos poucos segurando a carretilha em pé, e confirmou a balança.
  9. Uma Curado 200 c micro module e sem fim em plástico eu não compro, mas uma Curado 70 p peixes pequenos é uma boa. Tanto Daiwa qto Shimano não baixam o peso de suas carretilhas p não comprometer a robustez.
  10. Vejam a opinião do Chedid no review da Venator em seu site: È claro que ele é demasiadamente marketeiro, quer vender rolamentos, mas: "A segunda série, SE , já mudaram os rolamentos para cerâmicos , muito ruins (esses Chineses são péssimos), não rendem nada perto da primeira GTS, trocaram a manivela pela de alumínio (menor) , alegando ser mais robusta , e colocaram o sistema de freio de 4 paletas, teoricamente ela ficou mais afiada ,mas não , na hora do estouro do cardume e do nervosismo de jogar a isca rápido na água , a cabeleira acontece com muito mais facilidade." "A PRIMEIRA VENATOR É MELHOR QUE SEGUNDA QUE É MELHOR QUE A LITE , simples assim." Gostaria da opinião de quem tem a SE e ou trocou seus rolamentos.
  11. Não são equivalentes, são iguais. Mudam algumas firulas como rolamentos e manivela. Minha dúvida é outra.
  12. Estou num dilema: Tenho uma Venator GTS 8,1 direita e prefiro esquerda apesar de poder pescar com as duas (sou destro). Tenho possibilidade de trocar por uma Venator SE 8,1 esquerda. A diferença entre as 2 são rolamentos cerãmicos da SE (dizem de baixa qualidade) e a manivela de alumínio (não sei o peso) na SE e carbono na GTS. Fora as firulas como marcador de linha e prendedor de anzol que não considero na SE. Parece que a pintura é melhor na SE. De resto são iguais nas características e features. Troco? ou posso ter algum prejuízo no rendimento, pois afirmam alguns que GTS é a melhor das Venators.
  13. Outra opção para isto seria a Daiwa "Steez A" de aluminio e rolamentos Inóx Aço Negro. Carretilha Daiwa Steez A TW 1016 é produzida no Japão para o mercado japonês. Um dos grandes diferenciais dessa nova Steez, é a tecnologia MAGSEALED, óleo magnético que impede a entrada de partículas na parte interna da carretilha! Carretilha da Daiwa, a Nova Steez A TW 1016 XH/XHL é produzida no Japão para o mercado japonês. Um dos grandes diferenciais dessa nova Steez, é que ela pode ser usada em água salgada. Com toda Nova tecnologia da já consagrada Steez, com o sistema de arremesso TWS (T-Wing System). Esse sistema garante arremessos 5% mais longos, associado ao carretel G1 MAG-Z fabricado em Duraluminum. Este carretel ganha velocidade rapidamente, possibilitando arremessos longos e precisos, e responder imediatamente ao sistema de freio Air Brake. Sendo assim, é possível arremessar iscas de 4 a 20 gramas. Além disso possui a tecnologia MAGSEALED, na qual os rolamentos possuem um óleo magnético que evita a entrada de água nas partes internas! Engrenagens em Duraluminum, um dos elementos chave utilizados pela Daiwa. Corpo e Lateral fabricado em liga de Alumínio, extremamente leve e permite uso na água salgada. Carretilha Daiwa Steez A TW 1016 XH/XHL Modelo: Daiwa Steez A TW 1016 XH/XHL Carretel SV de duralumínio G1 super leve Rolamentos: 9 (8 CRBB Resistentes á agua salgada) Relação de recolhimento: 8.1:1 Peso: 190g Drag (ação de frenagem): 6kg Capacidade de linha: 0,33mm / 100mts Recuperação por volta: ~86cm Fabricado no Japão
  14. O problema encontrado na versão magnética são 2 parafusos que se soltam. A gente cola. Na centrífuga são os embolos (buchas) que podem soltar/cair se não tomar o devido cuidado ao tirar a tampa lateral. Isto acontece em outras carretilhas de marca também. Veja um Review completo: https://www.pescaki.com/topic/60618-carretilha-saint-sole-150lh-antiga-resenha-e-desmonte/ E aqui: https://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/44410-sole-150-h-e-hl/
  15. Custo/Benefício é Daiwa Fuego ou Shimano SLX xt.
×
×
  • Criar Novo...