Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Edmar Alves

Membro
  • Total de itens

    135
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    3

Histórico de Reputação

  1. Thanks
    Edmar Alves deu reputação a Fabrício Biguá em Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w   
    DAQUI PRA BAIXO APENAS ASSUNTOS QUE TENHAM CONEXÃO COM O TÓPICO. 
  2. Haha
    Edmar Alves deu reputação a Victor Cedro em Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w   
    Realmente, pra tem tem a cabeça fraca fica difícil mesmo. Na próxima pede pra ele fazer um teatrinho de marionete.
  3. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Guto Pinto em Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w   
    Acho que a proposta da Liger continua sendo pesca leve de peixes até seus 5kg , acho que o chassi de magnésio nesse caso não teria tanta vantagem, além de não ser recomendado usar em água salgada, mas lógico se viesse de magnésio seri melhor pois com certeza colocarão pra pescar tamba em pesqueiro ou açu na amazônia, kkkkkkkkkkk  .  Quanto ao preço, não é que a MS subiu o preço, mas sim todas as marcas devido a desvalorização  do Real nos útimos anos,  a Liger antiga já tava por base de 800 a 900 antes de sair de linha, lembro que paguei 450 em 2013 na minha, acredito que se essa nova viesse com chassi magnésio ela bateria R$1000 mais pra mais.   Lá no Paraguai o preço das carretilhas  MS em dólar continua o mesmo desde que fui em 2015, o problema é a conversão dos ultimos anos que ferrou.  Bons temos quando se achava vara  IM 10 pra cima passadores fuji por menos de 200 e carretilhas tops por menos de 500, quando entro no meus históricos de comras na net de 2010 até  2015 ´da vontade de chorar, kkkkkkk
  4. Thanks
    Edmar Alves deu reputação a Eduardo Chedid em Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w   
    Salve galera, obrigado pelos comentários e visualizações, logo mais review técnico da liger no site tb. 
    Esse formato novo achei mais interessante e completo, mas claro não consigo agradar a todos. 
    De qualquer maneira está disponível agora em vídeo e logo mais na única biblioteca de reviews do País 
    www.ldstuning.com.br 
     
    ABRAÇO A TODOS!!!! 
  5. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Pollaku em Review técnico da nova LIGER POR EDUARDO CHEDID / LDS TUNING w   
    Ele desmontou e discriminou cada peça por isso ficou comprido o video, né?! Tudo isso de graça. Obrigado pelo parecer, pra mim foi de grande valia.
  6. Thanks
    Edmar Alves recebeu reputação de Guilherme Liotti em Daiwa Steez A TWS ou Daiwa Steez SV TWS 1016 ?   
    Olá Guilherme, eu tenho uma Steez SV TW 1016 a uns 2 anos;
    Na época pesquisei bastante para arriscar gastar uma grana dessa em uma única carretilha;
     
    Dentre tantas características, o ponto decisivo foi a promessa de evitar cabeleiras sem perder eficiência em arremessos e o que a teoria escrevia foi constatado na pratica;
     
    Outros diferenciais que influenciou minha decisão:
    - Praticidade nas regulagens durante a pescaria. Colocado a linha no carretel você faz uma única regulagem no ajuste fino, para tirar a folga do carretel, ai ela tem uma regulagem externa que vai de 0 a 20, que você mudará raramente, eu particularmente para pesca com iscas artificiais entre 5 a 15 gramas coloco no 3, só aumento para 5 quanto venta muito para corrigir os arremessos e evitar cabeleiras, ainda assim consigo arremessos muito bons! Pode virar de frente para o vento e meter a mão sem dó que a danada vai corrigindo e cortando o vento bonito! hehe...
    Isquinhas menores de até 2 gramas aumenta a regulagem para 6 já é o suficiente...
    Ela suporta iscas até 35 gramas recomendação fabrica;
     - Outro ponto que me influenciou muito foi o tamanho, encaixa na mão direitinho e gera muito conforto na pescaria, um ponto único é poder apoiar o dedo polegar no suporte superior a frente do carretel, dá muita segurança na briga com o peixe;
    - Acho ela muito bonita também, um projeto harmonizado, construída em um chassi todo magnésio inteiro ficou show;
     
    Unica coisa que não gosto dela são os knobs (manoplas) que acho pequenas, no futuro se puder trocar vou colocar os da Metanium MGL que acho perfeito;
     
    Não tenho experiência para falar se atende Amazonia, porque nunca pesquei lá e nunca peguei peixes grandes (iguais aos de lá) com ela para fazer alguma observação;
    Acho que talvez a Zilion SV TW você ficaria mais seguro;
     
    A principal recomendação que te indico é se, assim como eu, você for desastrado com cabeleiras sua vida vai mudar para sempre!
     
    😅😅😉
     
     
  7. Upvote
    Edmar Alves recebeu reputação de Carrão em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Obrigado companheiro pela grande contribuição!
    De fato eu fiz esses mesmos levantamentos de pros e contras de cada uma delas e ainda alguns outros;
    Dois pontos que fico "batutando", a questão de ter emenda entre fluor e multi, que mesmo que seja um nó perfeito gera bastante atrito, e a questão de para pesca de tucunares sudeste você não precisa de mais que 50 metros de linha, no maaaaximo 70, que considerando uma linha mono de 25 a 30 libras caberia tranquilo na maioria das carretilhas padrão hoje...
    E o ponto principal de querer usar mono é que os tucunarés estão cada vez mais "veacos" e em época de represa subindo é bater na isca e correr para meio das estruturas... (já "perdi" alguns bons)
    Por outro lado tem muitas variados e fortes vantagens do multi, inquestionáveis, mas a fortíssima desvantagem da baixa resistência a abrasão...
    E um ponto que tenho serias dúvidas é o trabalho em geral das iscas se é melhor com mono ou multi....é polêmico, já escutei muitas teorias e já tive algumas conclusões praticas...
    Enfim...vamos trocando opiniões e amadurecendo as ideias...hehe...
    O importante é pescar e acima de tudo, divertir.
     
     
     
     
  8. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Carrão em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Caro Everson, segue aí minha opinião:
    Linhas de mono e multi tem, logicamente, características diferentes e com isso prós e contras diferentes.
    As Monofilamento tem mais resistência a abrasão, são mais transparentes na água (as linhas transparentes né), não fazem atrito nos passadores. Em contra partida, possuem memória (ainda que algumas possuam bem pouco), tem elasticidade, são menos fortes a tração do que a Multi, tem bitola mais grossa (quando comparada com uma Multi de mesma libragem) e por isso cabe menos linha no carretel.
    As Multifilamento não tem memória e nem elasticidade (ou pelo menos tendem a zero), possuem força de tração excelente e possuem uma bitola mais fina (quando comparada com uma Mono de mesma libragem) o que propicia mais linha no carretel. Contundo, são menos resistentes à abrasão, são mais visíveis na água, provocam mais atrito nos passadores (Apesar que as Multi enceradas de qualidade quase não geram atrito).
    Como podemos ver, ambas tem prós e contra, né! Tanto é que quem pesca de Multi, geralmente usa líder de Mono (seja de fluorcarbono ou não), para unir os prós de cada linha e minimizar os contras.
    Eu pesquei muitos anos com Mono, até para isca artificial, mas mudei para a Multi e me adaptei muito bem, acho melhor para arremessar, para trabalhar, acho que a Multi faz um arrasto menor na água (devido a bitola poder ser menor), a fisgada fica mais certeira (devido a ausência de elasticidade)...mas sempre uso o líder, para evitar estouros de linha por abrasão, para melhorar a apresentação da isca, uma vez que linha mono de fluor é mais transparente na água, para evitar que a garatéia fure a linha de Multi (isso às vezes acontece).
    Hoje eu uso multi para iscas artificiais, mas mono para pesca pesada, pelo fato de que é uma linha mais em conta e porque, na minha opinião, para pesca pesada é interessante ter linhas de bitola mais grossa, para evitar o encavalamento da linha no carretel da carretilha (as carretilhas de pesca pesada geralmente tem um drag mais forte e a pressão da linha no carretel é maior, ficando mais fácil da linha penetrar no carretel e encavalar).
    Acho que é isso! (Minha opinião apenas)
    Espero te ajudado!
     
  9. Thanks
    Edmar Alves recebeu reputação de Armando Ito em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Bacana Armando! Obrigado pelas indicação.
  10. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Kid M em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Apenas algumas sugestões do tempo em que usava linhas mono para tucunaré, mas já me bandeei para as multi...
          
  11. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Guto Pinto em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Eu não uso monofilamento pra iscas artificiais há muito tempo, por vários motivos já citados pelos colegas mas também pelo quesito segurança, se erra uma arremesso e acerta um galho, aguapé etc. e puxa pra desenroscar a isca vem igual uma bala em nossa direção devido a elasticidade da linha, já vi muito disso. Agora pra outros tipos de pesca gosto e uso demais a monofilamento, aqui mesmo no Pardo onde pesco toda semana as piaparas não comem na multi nem a porrete. 
  12. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Armando Ito em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    utilizei muito Triumph e Trilene
     
  13. Confused
    Edmar Alves deu reputação a Astra-Taranis em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Aquetivé
     
    A que tiver no carretel!
    Normalmente uma 0.30 ou 0.33...
  14. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Lucca Brasi em LINHAS DE MONOFILAMENTO PORQUE NÃO ?   
    Quer uma linha mono de primeira linha? Applaud F1 verde, da Sanyo. Serve para iscas naturais e também para artificiais ( apesar que para estas as multi são insuperáveis). Mas, como mono, é inigualável! 
  15. Upvote
    Edmar Alves recebeu reputação de Felipe Sousa.´. em "Valor" das iscas artificiais.   
    Acredito que de forma ampla, com raras exceções, contudo não fomos educados para "criar" ou "pensar" ou "questionar" e tirar nossas próprias conclusões e assim depois agir, mas fomos "doutrinados" a copiar ou a repetir ou simplesmente aceitar aquilo que nos foi oferecido...principalmente aquilo que é caro com a "bandeira" de felicidade...daí vira isso que vemos ai...inclusive na pesca.
    Um exemplo: Uma isca de madeira feita a mão, única do jeito que você quiser, com acabamento, pintura e testes exclusivos a seu gosto, um artesão tem que ralar muito para consegui vender uma isca pela metade do valor de uma isca gringa feita em serie que tem que trocar garateia e raramente vão para água trabalhar e mais raramente ainda pegar peixes...exceto modelos específicos....
    Outro exemplo: Outro dia ouvi um gringo falar que no EUA não tinham hábito de usar T10, fiquei surpreso....perguntei o porque? Ele disse logo...que custava 2 dolar no Wallmart.....pronto, explicado. rs...
    Esse mesmo gringo depois de uns dias disse que foi ao Wallmart comprou a isca e foi pescar, disse que pegou muitos peixes....kkkk
    E por ai vai....
    Acho que tem outra situação ainda....quando estamos com vontade de pescar e não podemos ir, compramos tudo que aparece na nossa frente supondo que aquela vontade de pescar vai suprir nossa felicidade né....kkk
     
  16. Upvote
    Edmar Alves recebeu reputação de Rafael Augusto em "Valor" das iscas artificiais.   
    Acredito que de forma ampla, com raras exceções, contudo não fomos educados para "criar" ou "pensar" ou "questionar" e tirar nossas próprias conclusões e assim depois agir, mas fomos "doutrinados" a copiar ou a repetir ou simplesmente aceitar aquilo que nos foi oferecido...principalmente aquilo que é caro com a "bandeira" de felicidade...daí vira isso que vemos ai...inclusive na pesca.
    Um exemplo: Uma isca de madeira feita a mão, única do jeito que você quiser, com acabamento, pintura e testes exclusivos a seu gosto, um artesão tem que ralar muito para consegui vender uma isca pela metade do valor de uma isca gringa feita em serie que tem que trocar garateia e raramente vão para água trabalhar e mais raramente ainda pegar peixes...exceto modelos específicos....
    Outro exemplo: Outro dia ouvi um gringo falar que no EUA não tinham hábito de usar T10, fiquei surpreso....perguntei o porque? Ele disse logo...que custava 2 dolar no Wallmart.....pronto, explicado. rs...
    Esse mesmo gringo depois de uns dias disse que foi ao Wallmart comprou a isca e foi pescar, disse que pegou muitos peixes....kkkk
    E por ai vai....
    Acho que tem outra situação ainda....quando estamos com vontade de pescar e não podemos ir, compramos tudo que aparece na nossa frente supondo que aquela vontade de pescar vai suprir nossa felicidade né....kkk
     
  17. Like
    Edmar Alves recebeu reputação de Carlos Robaert em Pecar traíra no inverno, será que dá?   
    Tem um blog muito legal sobre trairás, já antigo, mas muito conteúdo.
     
    http://tudosobretraira.blogspot.com/2011/05/tutorial-sobre-pescaria-de-traira.html
     
    Abraços!
  18. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Marcos Juliano em "Valor" das iscas artificiais.   
    Muito legal o tópico 
    só uma coisa que gostaria de acrescentar e que somos vítimas , como pescadores, de uma indústria bilionária. Até a variedade de iscas e cores que fabricam envolve mais  uma estratégia de atrair o pescador algumas vezes do que o próprio peixe. Temos que levar esse "terceiro elemento" el consideração ao comprar ( somos nós que somos fisgados nos vídeos , recomendações, propagandas e etc).
    ha vídeos muito bem embasados no YouTube sobre a ciência das cores de isca e a conclusão é que não mais que 4  cores de iscas é suficiente para a adequada visualização do peixe mas mais variadas condições da água e luminosidade, mas mesmo assim, os fabricantes lançam mais de 20 opções. 
    Ou seja , vale sempre ter em mente que há alguém muito interessado em nós fazer pensar q tudo é essencial pra nossa diversão. 
  19. Upvote
    Edmar Alves recebeu reputação de Felipe Reinehr Faganello em "Valor" das iscas artificiais.   
    Não é?? kkk
    Essa explicação foi dada por minha psicologa um tempo atrás quando perguntei algo relacionado... 
  20. Like
    Edmar Alves deu reputação a Pepe Melega em + sobre multifilamentos   
    Respondendo há um tópico sobre multifilamento usei o texto abaixo - que completei com outras informações, por considera-lo interessante ao grupo em relação ao assunto motivou-me a abrir esse tópico.
    O que temos nessas informações são fruto de pesquisas diversas, diálogo com conhecedores do assunto e membros do staff internacional da Seaguar (@fishseguar - linhas de pesca), além do amigo querido Marcos Okamoto - o Marquinhos da YGK (Wakoku) 
    Não é uma regra estabelecida, não é um norma inflexível e sim um descritivo de experiências vividas por mim e outros relatos em que estive presente.
    Primeiro é que Bitola é a largura determinada pela distância medida entre as faces interiores das cabeças de dois trilhos ou carris em uma via férrea. Diâmetro distâncias entre dois pontos de um subconjunto de um espaço métrico. Apesar do hábito de se falar bitola para linhas de pesca, não é correto de forma nenhuma mencionar esse termo. Diâmetro - apesar de as vezes as linhas não serem redondas e ou espessura é o mais adequado. Isso sim deveria ser um regra inflexível - pois se trata de nossa língua: o português (BR)
    As linhas possuem especificações de resistência em seu alongamento - ou seja prende-se em dois ponto - normalmente pinças de um dinamômetro hidráulico e essas vão puxando para lados opostos até se romperem (esse é o padrão). Esse procedimento é em parte semelhante ao que acontece quando já fisgamos o peixe e estamos na briga para embarca-lo. Porém há pescadores que procedem fisgadas bem vigorosas e há peixes predadores que atacam nossas iscas em uma intensidade que muitas vezes desacreditamos, como também há o ato do arremesso. Nessas situações o que ocorre é um impacto seco em nossas linhas - e elas não são testadas dessa forma. O teste de resistência é relativo ao alongamento até a ruptura!
    As marcas fazem recomendações em seus sites e ou embalagens quanto ao uso de linhas para a pratica de pesca de arremesso (bait casting) indicando espessura e ou diâmetro do fio compatível ao peso (isca) que vai ser lançado. Apesar de serem mais fortes - no alongamento até a ruptura, os multifilamentos e mesmo os monofilamentos de fluorcarbon não possuem a elasticidade dos monofilamentos confeccionados em náilon (poliamida) que ajudam a absorver o impacto provocado no ato do arremesso nas linhas atuais que usamos. 
    Assim sendo não é um problema de linha, não é a aquisição de uma linha falsificada e sim o fato de ignorarmos muitas vezes a recomendação dos fabricantes para o uso desse material e depois culpamos as diversas marcas.
    Lembrete 1: Detalhe importante - há vários tipos de confecção - maneiras de extrusão, dos micro fios de PE ( Polietileno ) que foram batizados de Spectra (ROCKEWELL, DOW), Dyneema, Izanas (TOYOBO) que estão na mãos de dois ou três grandes conglomerados da industria química e há outras três ou quatros empresas (OM) que são os que tecem - processo têxtil,  esses fios para o formato que conhecemos - as linhas de multifilamentos. É lógico que eles possuem um gama de ofertas muito grande  - onde as diversas marcas existentes fazem suas escolhas de acordo com a faixa de preço que querem atuar e isso influência na resistência e diâmetro do fio que adquirimos. 
    Há uma recomendação de resistência x peso para a pratica da pesca de arremesso, ela é baseada na experiência de vários staff (s) de marcas que pescam diversos espécimes em todo mundo:
    Peso          Resistência
    1-5 gr           10 - 15 lb
    5-7 gr           20 lb
    8-14 gr         25 - 30 lb
    15-20 gr       35 lb
    21-40 gr       40 lb
    41-60 gr       50 lb
    61-80 gr       65 lb
    81-100gr       80 lb
     
    Lembrete 2: Há arremessos que usamos que causam pouco impacto a linha para ser executado onde precisamos usar um fio de baixa espessura mesmo usando um peso maior do que o indicado, que é o caso do flipping e pitching.  Ou seja, em caso de pesca "de fundo" com jigs, head jigs, e diversas montagens onde muitas vezes temos a necessidade de usar diâmetros finos para evitar um arrasto da linha maior há soluções de arremesso que podem nos ajudar.
     
     
    Lembrete 3: Como eu uso os multifilamentos - pesca de fundo com necessidades de usar diâmetro fino dou preferência para multi de 4 fios  entre 20 e 30 lb de resistência. Pesca de arremesso com iscas de até 15 gr uso multi de 8 fios de 30 e ou 35 lb. Acima de 15 gr uso multi de de 8 fios de 40 lb. Há situações que uso 50 e ou 65 lb, mas pela defesa do diâmetro maior em relação a abrasão de obstáculos como troncos de árvores - normalmente na região do rio Negro (bacia amazônica).
     
    Abraços
  21. Upvote
  22. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Gilbertinho em Estamos perdendo a amazônia para os gringos e bandidos.   
    A fala do ilustre militar merece ser compulsada à luz dos fatos. Afinal, não é a farda que dá credibilidade a alguém, mas sim os fatos. Como tal, delírios, ilações e inverdades não podem cunhar o convencimento ou a adesão de terceiros que se predispõem a aceitar factoides como se verdades fossem.
    Nessa linha de reflexão, proponho a divisão do tema em aspectos distintos, abordando, de início, os aspectos geopolíticos e conjunturais a partir da instalação do regime militar no país. Quem vivenciou e acompanhou a politica militar relativa à Amazônia se recorda do bordão "integrar para não entregar". Isto é, o governo ditatorial decidira por realizar grandes investimentos em rodovias, estradas e portos na região amazônica, viabilizando (em tese) a ocupação dos nacionais para afastar toda e qualquer tentativa de internacionalização da Amazônia. Gastaram volumes astronômicos de dinheiro sem integrar absolutamente nada. Após a derrocada do regime, lá se vão seis décadas sem que a temida e versada internacionalização tenha sido materializada. Isso é fato, e como tal, indesmentível.
    Segundo, quem conhece o mínimo do Brasil sabe de sua histórica fragilidade institucional, política  e econômica, que faz com que os sucessivos governos de todas as esferas ignorem a questão amazônica. Isso somado à falta de consciência ambiental da própria sociedade, à exceção de alguns nichos semelhantes a este Fórum, deságua inevitavelmente numa gradual e sistêmica destruição do patrimônio natural amazônico, e nele, florestas, fauna, recursos hídricos e genéticos, que encerram em si a propriedade de cura de um vasto leque de enfermidades, contudo o país relega esse enorme potencial. Os recursos pesqueiros integram esse cenário de caos e destruição massiva. Ao invés de estimular-se o desenvolvimento da piscicultura, as autoridades de plantão optam por deixar a predação pelo homem correr solta. Centenas são as colônias de pesca dispersas na Amazônia, e todas clamam por equipamentos de pesca capazes de produzir pescados até o limite de sua extinção, sem se dar conta que é a sua própria atuação que responde pela miséria crescente a que são submetidos. Fossem piscicultores a realidade seria diferente, na medida em que o pescado não faltaria à mesa e os rios seriam recuperados em sua ictiofauna. Mas isto é o Brasil, e não um país sério.
    Terceiro, adentremos a questão das ong's. Não procede a fala generalesca de que tais instituições estão a serviço de corporações interessadas no fracionamento da nossa Amazônia. Basta ter em conta que a Amazônia não começa e termina em nossos país, há outros oito países que a integram, e em nenhum deles se propaga a tosca e absurda ideia da internacionalização, ao menos no que se refere ao aspecto geopolítico. Afastada a geopolítica, há sim, interesses multilaterais sobre a preservação da Amazônia. Alguns já citei (patrimônio genético em especial), mas há ainda a questão climática global em jogo, e nossa Amazônia tem um papel relevante no processo de sequestro de carbono e nas condições climatológicas nacionais e globais. Também deve ser esclarecido que governos de países desenvolvidos, como Alemanha, Holanda e Inglaterra patrocinam ações preservacionistas da Amazônia, contemplando o rol das nove nações amazônicas. Podemos até não gostar dessa intromissão em assuntos internos, porém se  levarmos em conta que nossos governos incapazes e ineptos nada farão a respeito, melhor deixar assim, e se possível, esforçarmo-nos por entender os legítimos interesses que as comunidades internacionais defendem, que são também os nossos interesses, notadamente das novas gerações.
    Quarto, imaginemos por um instante que não permitíssemos a criação de áreas protegidas e terras indígenas na Amazônia e deixássemos as coisas correrem soltas. Com 100% de certeza, posso adiantar que a pesca e a caça predatória dizimaria tudo, fazendo-nos crer que os grandes tucunarés e outras espécies silvestres teriam sido extintas junto com os dinossauros. A partir disso, fico com a ação protecionista e preservacionista patrocinada por entidades e governos estrangeiros, permitindo que a qualquer tempo eu e meus descendentes tenhamos o direito e a satisfação de podermos vivenciar e compartilhar as riquezas da Amazônia. O general que me desculpe, mas suas conclusões e ilações não me sensibilizam, pois os fatos o contradizem.
    É o que penso, em sumária ponderação.
    Abraço do Gilbertinho da Amazônia.             
        
  23. Downvote
    Edmar Alves deu reputação a Preto Barcellos em Estamos perdendo a amazônia para os gringos e bandidos.   
    A salvação é Bolsonaro... Esse tem meu apoio, pior que está não fica...
  24. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a Marcelo Pupim em Estamos perdendo a amazônia para os gringos e bandidos.   
    Tá loco. Realmente muito preocupante. O pior é que o testo e muito forte na denúncia. Será que não tem ninguém da polícia federal investigando? Se não, porque? Tudo neste país é pensado apenas em resolver problemas de poucos. Difícil, porém acredito que educação resolveria muita coisa, porém os nossos políticos não querem um povo com boa formação.
  25. Upvote
    Edmar Alves deu reputação a BrunoMingardi em Campanha para Melhorar a Pesca Esportiva em Tres Marias MG - Participe!   
    Caros amigos pescadores,

    Começo hoje uma campanha para tentar aumentar o número de pescadores que praticam o pesque e solte como a gente na represa de Tres Marias em MG, estou enviando abaixo o link do vídeo explicando tudo sobre a campanha como vai funcionar e como você pode contribuir, calma que não tem que doar dinheiro não kkkkkk, o gesto é simples, assista o vídeo da explicação que você vai entender o porque é importante nos unirmos, no final do vídeo tem uma gravação comigo pegando um belo exemplar de tucunaré azul na represa de Tres Marias em MG. Desde de já agradeço sua atenção e espero poder contar com vocês nessa caminhada, lembrando que mesmo nos vídeos já postados você pode alterar e colocar a hashtag #EuEscolhiSoltarOPeixe , um grande abraço e que tenhamos sempre boas pescarias, se quiser me convidar um dia para pescar será um grande prazer! Nada impede de se tornar uma campanha nacional, só depende de nós mesmos.

    Obs: Não sei se é permitido postar telefone e email mas caso queiram pode me adicionar no whatsapp ou me ligar que esclareço qualquer duvida sobre a campanha, se este tópico ferir qualquer regra do fórum desde já peço desculpas e farei o possível para torna-lo visível dentro das regras!!!
     
     
    Um abraço a todos!
    Bruno Mingardi
    Contato: 31 99351.0223 - Whatsapp
    Email: brunomingardi@hotmail.com
×
×
  • Criar Novo...