Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

Pesquisar na Comunidade

Mostrando resultados para as tags ''rio''.



Mais opções de pesquisa

  • Pesquisar por Tags

    Digite tags separadas por vírgulas
  • Pesquisar por Autor

Tipo de Conteúdo


Fóruns

  • Bate Papo Geral e Assuntos Correlatos.
    • Selecione a sala abaixo:
  • Pesca em Água Doce
    • Assuntos Gerais (água doce)
    • Equipamentos de Pesca (água doce)
    • Relatos de pescaria (água doce)
  • Pescaria em Água Salgada.
    • Assuntos Gerais (água salgada)
    • Equipamentos de Pesca (água salgada)
    • Relatos de pescaria (água salgada)
  • Pesqueiros (pesca-e-pague), Fly Fishing e Caiaque.
    • Selecione o tipo de pescaria abaixo:
  • Náutica
    • Tudo sobre náutica
    • BassBoat Brasil
  • Eletrônicos
    • Selecione a sala
  • Aprenda a usar o fórum. Entenda como ele funciona.
    • Selecione a sala
  • Anúncios Globais e Anunciantes
    • Anunciantes do FTB. Promoções aos nossos amigos pescadores!
  • Club das 22lbs
    • Galeria 22lbs. Só monstro acima de 10Kg.
  • Pacotes de pesca dos nossos usuários
    • Em Andamento
  • Classificados
    • Selecione a sala abaixo:
  • Grupos Organizados
    • Traga a sua turma de pesca pra cá. É fácil e rápido.

Encontrar resultados em...

Encontrar resultados que contenham...


Data de Criação

  • Início

    FIM


Data de Atualização

  • Início

    FIM


Filtrar pelo número de...

Data de Registro

  • Início

    FIM


Grupo


Nome + Sobrenome (obrigatório)


Localização

Encontrado 22 registros

  1. Amigos, desesperados por Amazonia que somos, não damos conta de aguentar até o Rio Negro baixar, então achamos um jeitinho de achar tucunarés amazônicos em julho e fazermos uma pré temporada... Meu gde amigo e operador Victor Villanova, havia em 2016 feito uma prospecção na cabeceira do Rio Camaiu, muito acima dos pontos de pesca tradicionais. E viu o gde potencial de pesca do local. O rio Camaiu nasce no sul da Amazônia, logo em seu inicio cruza a famosa Transamazonica, tem em seu leito diversas corredeiras, principalmente na região das cabeceiras. Ele é o principal afluente do Rio Sucunduri. Sua margem é composta por mata alta(muito pés de Jauari), e gdes barrancos o que faz com que no inicio da temporada já esteja na caixa. Em suas águas habitam os valentes tucunarés pinimas (os maiores pinimas da Amazônia), tucunarés popocas, matrinchas(gdes), trairás, pacus, bicudas(em maioria pequenas), cacharas e com alguma sorte pirararas. Há quase 20 anos, qdo ninguém ainda havia ouvido falar do Rio Sucunduri, eu participei de uma viagem no lendário barco Miss Bebel, que foi a primeira viagem de pesca esportiva deste rio. Não conhecíamos nada, chamamos ribeirinhos para nos auxiliar. Na semana seguinte o pescador esportivo Roald Andreta, volta lá com o Miss Bebel e junto de um ribeirinho, sobem um rio desconhecido, o "Rio dos Gigantes", e pescam pinimas de mais de 10kgs, foi até capa da revista, imagina, fiquei alucinado. Depois de muito tempo fomos saber que tal rio era o Rio Camaiu. E mesmo tendo pescado diversas vezes em sua foz, sempre sonhei em conhecer sua cabeceira. O gde Amigo Victor Villanova, montou então o Camaiu Camp, localizado na cabeceira deste rio, local com pressão de pesca zero. O acampamento tem tudo que o pescador precisa, chales isolados por dupla, camas confortáveis, banheiros e chuveiros privativos, boa comida, internet via satélite, barcos e guias, e o principal, muita cerveja. O local é estratégico, fica em um divisor(uma cachoeira), explorando acima e abaixo dela. Fui lembrado...kkk(Acho q no calculo da cerveja) Os dias que antecedem a pescaria, são sempre de muita ansiedade. No dia antes da viagem, recebo um presente do meu amigo Victor, uma vara Saint Croix SC III feito pelo habilidoso Alexandre Matsunaga, já de pronto foi para o tubo de vara. Desta vez tive que ir no sábado a noite, e perdi o almoço em Manaus. Lá encontrei o time de feras, meus amigos Ari, Alfio, Akira sam, Bento, Gustavo nero, Sr Mitsushi. Pena o oitavo integrante, o Rafael, ter adoecido as vésperas da viagem e não ter conseguido ir. Logo cedo, fomos ao Eduardinho pegar o Hidroavião, por se tratar de local muito distante e sem estradas ou pistas de pouso, este é o único meio de acesso. Vista aérea do teatro Amazonas Rio Negro ainda bufando de agua Mas na ponta negra já começou aparecer areia Voo muito tranquilo, impressionante a habilidade do piloto em pousar em um rio tão estreito. Fomos recepcionados pelo time de solo, logo começamos aquela vida difícil, montar os equipamentos, tomar cerveja... Almoçamos e partimos para luta. Sera q vai dar??? Optamos por descer o rio, neste trecho não existem ressacas, pescamos nos pedrais e no próprio leito do rio. Segundo arremesso, já tomo a primeira porrada, deu para ver que ia ser sofrido...kkkk Pegamos muitos pinimas, os maiores próximos a 4kgs. O anoitecer na pousada Segundo Dia, subimos o rio, pescamos até a ressaca do Cachorro, neste ponto a pescaria ocorre nas ressacas, pedrais, e praias. Simplesmente fantástica, foi o dia que mais pegamos, passamos 100 peixes fácil por dupla, era só parar na boca da ressaca e jogar um jig, ele nem descia, já tinha um tucuna preso. Neste dia o rio já mostrou para que veio, peixes de até 18lbs apareceram. Meus maiores neste dia foram 10 e 14lbs. Almoço na barranca 10lbs-isca jig 14lbs-isca jig sashimi de tucuna, sem preço Terceiro dia, subimos novamente o rio e fomos até a foz do Rio Branquinho, novamente impossível contar os peixes. Os amigos que pescaram com pequenas colheres, embarcaram muitas e gdes matrinchas. Neste dia apesar da quantidade não embarquei nenhum gigante. Mas quantidade, "nossa", era jogar jig no meio da lagoa, vinha de cardume, era até covardia. Interessante, este tb batia no jig... No fim do dia fizemos uma pescaria muito legal, pescamos, cacharas e piranhas com pedaço de peixe. A noite as piranhas brancas fizeram nossa festa, impressionante mesmo gosto do pacu Neste dia um fato curioso, o garçom foi buscar gelo, e viu o brilho de um olho na mata, qdo focou, era uma onça, voltou branco para o acampamento, tome gozação... Quarto dia, descemos em direção a corredeira da Onça. Muitos peixes e que nas corredeiras eles ficam muito fortes. Meu melhor peixe neste dia foi um de 9lbs. 9lbs-isca Jumping Minnow Imagina acordar com este quintal Quinto dia, voltamos subir o rio e fomos até a Ressaca do Cachorro, só que subimos batendo, este dia foi de peixe gde. Contagem uma linha estourada e 2 de 10lbs e 1 de 16lbs. Vão dizer que eu bebi, mas na verdade estava descansando de tanto pegar peixe...kkkk 10lbs-isca jig 10lbs isca Jumping Minnow 16lbs isca Jumping Minnow https://www.facebook.com/dini.dini.90260/videos/1940516312903928/ A noite caldinho de piranha Sexto dia resolvemos subir bastante, fomos até as corredeiras do Veado, neste ponto a pescaria se faz nos pedrais e no leito rio. Parecia pescaria de robalo na galhada, jogava a jumping minnow, esticava ela e vinha o bicho. Em uma das descidas vejo uma galhada, jogo a Jumping, dou dois toques e vem a cacetada, peixe bravo, pula, dou uns 6kgs de olhar, passa no meio dos paus e lá se vai uma 50lbs estourada. Subimos novamente o rio, nesta mesma galhada, jogo a isca e brinco, "quem sabe ele não esta ai??", dois toques aquela chupada que só peixe gde faz, mas não pega, jogo novamente mas erro o arremesso, cai um pouco a direita, venho esticando a isca, qdo acho q não vem mais, surge o macho do casal, um torpedo e explode, briga de gente gde. Meu maior pinima até hoje 17,5lbs, showwwwwwwwwwwwwwwwwww. Neste dia ainda fui brindado com mais um de 11lbs. 17,5lbs-isca Jumping Minnow 11lbs-isca jumping minnow mais alguns do dia Matrinchas, na brasa então... Muitas vezes ele ganha Sétimo dia, descemos o rio pescando, os amigos que optaram por matrinchas "lavaram a eguá". Pegamos muito peixe novamente, meu maior 10lbs. Um fato interessante abaixo da cacheira da onça o rio já começa pegar a represa do Rio Sucunduri, impressionante, deste ponto em diante o peixe totalmente inativo, rio morto, e olha que lá tem cada lagoa monstro(mas ainda tinha 1,5mts de igapó). 10lbs-isca Jumping Minnow Nunca vi saírem tantos tucunarés pinimas gde em uma semana, realmente é o Rio dos Gigantes. Fotos doas amigos Jose Bento Akira sam Alfio Gustavo Sr Mitsushi Como tudo que é bom tem que acabar, no domingo cedo a nossa carona de hidroavião já nos aguardava... Vamos ficar com saudades. Agradeço a toda equipe do Camaiu Camp, pessoal muito fera, em especial ao gerente o Rodrigo, que não mede esforços para agradar o cliente. Na volta levando umas lembranças de Manaus...Abacaxi e a pimenta murupi Sem esquecer a lembrança das crianças Como sempre, gosto de afirmar que meu ganho de vida é outro, e não recebo nenhuma vantagem financeira do operador para fazer propaganda, falo bem porque gostei. Contatos do operador-Victor Villanova https://www.facebook.com/victorvilanovamazon https://www.facebook.com/pages/Camaiú-Camp/1926317310973319?pnref=about.work https://www.facebook.com/vilanovamazon/?pnref=about.work (42) 99122-0016 http://www.vilanovamazon.com.br victorvilanova@me.com Material utilizado: Varas: -Saint Croix SC III 20lbs 5'6" by Waka Custom -Vara Venator SE 5'6" 17 e 20lbs Carretilhas: -Aldebaram MG7, Venator Lite, Daiwa tatulla Linha: Samurai 55lbs Leader: Line System 50lbs Snap glico e capella Iscas mais utilizadas-Jumping minnow(90% do tempo) e jigs. Não tive muitas ações de helice acredito pelas águas rápidas. Agradeço a Deus e minha amada falia por esta vida maravilhosa. Aguardando a temporada começar. Abs Boa semana e pescaria a todos Carlos Dini Para quem quiser acompanhar minhas pescarias: facebook https://www.facebook.com/dini.dini.90260 Instagram @pescadini #pesca_dini
  2. Olá meus amigos do forum. Esse ano mudamos o roteiro. Ao inves de ir para Barcelos com translado de Manaus, resolvemos partir de Manaus. Com isso pesquisamos e fizemos o pacote com o Barco Hotel Manaia Fishing, de propriedade do Marcio Worth Barco muito confortavel, com capacidade para 10 pescadores, em 5 camarotes. Partimos do Porto do Hotel Tropical e seguimos cerca de 18 horas para o Jauaperi, divisa com Roraima. Fomos recepcionados pelo Marcio e sua tripulação, sempre gentis e atenciosos para com nossa estadia. Alimentação Farta e muito gostosa Sairam muitos peixes, em media 60 peixes por barco por dia. Sendo o maior de 6,0 kg e muitos na faixa de 4 kg Artur Giu Gugu Véio do Rio Ray Mandubé Nicola Ratão Garrote Magrão Mais fotos de peixes Pirarara na artificial nunca tinha visto Chegando nas lagoas, pura aventura Almoço Basico Visita à Comunidade Noite de Lua Cheia, sinônimo de Luau a beira do Rio Agradeço a Deus, Nossa Sra . e toda minha familia em propiciar momentos tão bons em minha vida Obrigado Marcio e toda Tripulação do Barco Hotel Manaia pela acolhida. Me senti em casa. Valeu moçada da Equipe de Pesca Jaburu e até a próxima Se alguem precisar de informações, só mandar MP que passo todas coordenadas
  3. Nem eu mesmo acreditei quando postei a idade da foto..rsrs...Parece q foi ontem. Aqui está a minha origem na pesca. Na verdade foi aqui q meu pai, eu e meu irmão começamos a pescar. Meu pai era caçador, sendo que poucos anos antes, a caça foi proibida no Brasil. O véio teve q se aposentar dos tiros e passou a pescar desde então. Essa fotos são da minha primeira pescaria de verdade (1986). Esse foi meu primeiro acampamento no meio do mato...Eu estava com 10 anos de idade nesta ocasião. Me lembro perfeitamente deste momento...rsrs...Até o local onde o barco estava eu me lembro...rsrs.. Neste ponto linguiçavamos atrás de pequenos surubins, bicos de pato e jurupocas. E como pegávamos. E no saco ao lado do barco jogávamos os peixes que íamos pegando.. E nessa época já éramos conservacionistas...Sim, aqui matávamos apenas o q pegávamos no anzol...Isso, em uma época onde 90% dos pescadores usavam redes, tarrafas e espinhéis (tb usávamos alguns). Essa era uma época onde os pescadores armavam estas redes e iam para o acampamento chapar a cara..rsrs. Mesmo assim, ainda matávamos muito...mas apenas o que "caía" no anzol. Essa fazenda onde pescávamos fica na região de Flores do Goiás, no rio Macaco, sendo que neste local o rio era muito largo...Nesta fazenda não era permitido usar motores de popa, redes, tarrafas e etc. Todos os dias passava um capataz da fazenda fiscalizando as famílias que lá estavam pescando. Eles chegavam a abrir as caixas de gelo para ver se alguém tinha matado peixes em excesso. Isso era algo extremamente novo para a época. E foi nesta pescaria q me apaixonei pelo tucunaré..Sim, foi logo na primeira pescaria. Nós pescávamos muito de barranco. Um amigo do meu pai, e membro do fórum (Thélio Braumn), estava pescando do barranco com uma colher...A água do rio era muito clara...Dava pra ver a colher trabalhando de longe...E foi numa destas q vi um cardume de tucunarés partindo atrás dessa colher como um louco...rsrs...Quando vi aquilo fiquei impressionado. A partir deste dia, em todo lugar q dava tucunaré, eu levava minha colher...rsrsr Na foto não dá pra ver direito, mas eles tinham fisgado uns 5 bons tucunarés..rsrs Bem...e foi assim q comecei a pescar de verdade. Tenho várias outras fotos de várias pescarias q fizemos nessa região q estarei postando aos poucos. Um dia estaremos rindo bastante dessas histórias. Faça o mesmo, escaneie suas fotos e compartilhe a sua história conosco. Grande abraço...
  4. Editado pela moderação. Olá Márcio...é um prazer tê-lo em nosso fórum. Sinta-se em casa. Apenas quanto ao seu anúncio, temos uma sala específica para isto. Peço-lhe apenas que dê uma olhada nas regras antes de postar. Aqui a sala a que me refiro: http://www.turmadobigua.com.br/forum/forum/226-convites-de-pescaria/ E aqui as regras para votar dentro dela: http://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/32684-regras-leia-antes-de-postar-para-depois-não-reclamar/ Qualquer dúvida é só me mandar uma MP. Abs.. Fabrício Biguá Editado agora por Fabrício Biguá
  5. Editado pela moderação. Olá Márcio...é um prazer tê-lo em nosso fórum. Sinta-se em casa. Apenas quanto ao seu anúncio, temos uma sala específica para isto. Peço-lhe apenas que dê uma olhada nas regras antes de postar. Aqui a sala a que me refiro: http://www.turmadobigua.com.br/forum/forum/226-convites-de-pescaria/ E aqui as regras para votar dentro dela: http://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/32684-regras-leia-antes-de-postar-para-depois-não-reclamar/ Qualquer dúvida é só me mandar uma MP. Abs.. Fabrício Biguá
  6. Boa tarde companheros... Eu e alguns amigos estamos querendo fazer uma pescaria de Jaús e Dourados em Porto Murtinho - MS, mas estamos com um pouco de dificuldade em conseguir um local com bom custo beneficio!! Será que alguém conhece um lugar bacana por lá? Não precisamos de luxo nenhum... quanto mais simples mais gostoso!! Abração companheirada...
  7. opa, depois de um longo inverno estou de volta. Gostaria de saber se junho ou julho seria bom para pesca no Cristalino, na Pousada Asa Branca. Como foi de chuva na bacia do Araguaia esse ano??? Dá uma ajuda aí galera....
  8. Amigos pescadores, passo a relatar pescaria realizada dos dias 20/10/2016 a 23/10/2016, no Rio Tietê em Pereira Barreto/SP. Todo o ano este grupo, que com o passar do tempo está crescendo, combina de pescar em algum lugar, para ir atrás dos bocudos mais vorazes que existem, bem como para tirarmos um momento de descanso. Este ano o local escolhido foi Pereira Barreto/SP no Rio Tietê, mais precisamente na pousada Beira Rio, de propriedade do André e sua esposa Edilena, aos quais deixo desde já meus sinceros agradecimentos pela acolhida, pois não mediram esforços para nos agradar. Nosso grupo foi composto por Fernando, Adriano, este que escreve (Flavio), Eduardo - (foto) -, Ibner e Tião, que não apareceram nesta foto pois estavam terminando de tomar café da manhã, turma nota 1.000. No primeiro dia de pesca, fiz parceria com meu grande amigo e parceiro Eduardo. A caminho do primeiro ponto de pesca há aproximadamente apenas 15 minutos da pousada, temos a seguinte vista. Chegando ao ponto de pesca, decidi, ainda que com um pouco de vento, bater iscas de superfície durante a primeira hora de pesca, mas nada de resultado, pois os peixes estava escondidos mais para o fundo. Neste momento meu parceiro já engatou seus primeiros 3 tucunas, todos de pequeno porte, porém nos dando sinal que seria um dia promissor, com muitas ações. Insistindo na superfície, após zaras e sticks, o piloteiro (Lobão) me aconselha a colocar uma isca de hélice. A Escolhida foi a baby torpedo, que trouxe meu primeiro peixe da pescaria. Vendo que não estava dando resultado na superfície, decidi pescar um pouco mais na meia água para me divertir também e começo a pegar inúmeros tricks, respeitando um valente amarelo, que foi para a foto. Passado algum tempo testando inúmeras iscas de meia água e vendo que a isca com mais resultado era a brava, eu e meu parceiro conseguimos um dublê de amarelos brigadores. Muitos bocudos de pequeno porte foram capturados e soltos. Posso afirmar que só na parte da manhã tivemos mais de 30 ações cada um. Foi quando trabalhando lentamente a brava, pois fui aconselhado pelo piloteiro Lobão a assim fazer, engato um grande azulão próximo ao barco, fazendo a alegria deste que vos escreve. Imagem da soltura do bruto. Demasiadamente feliz pela captura do primeiro azulão do dia, volto a pescar na superfície, com a magic stick, quando dois estouros erram a isca por duas vezes. Foi quando, deixando a isca na água lanço um jig e engato este amarelo. Mais um pego na meia água. Nunca imaginei que retornaria para o almoço antes do meio dia, porém nesta primeira manhã de pesca foram tanta ações que resolvemos retornar um pouco antes. Já no período da tarde, a mesma coisa, muita ação com pequenos e valentes amarelos, sem contar piranhas que nem foram para foto. Muitas, mas muitas piranhas mesmo. Finalizando o primeiro dia de pesca, posso afirmar que tive, só eu, mais de 80 ações no dia, sem contar piranhas. Fomos, então descansar (bebendo cerveja, é claro) e contar as "mentiras" de cada pescador. Foram tanta mentira que no dia seguinte outro parceiro decide ir comigo, para ver se não era "história de pescador". Amanhecendo no dia seguinte, eis que abro a porta do quarto e me deparo com uma ventania descomunal, muito forte mesmo. Trocando ideia com os piloteiros e com o André, dono da pousada, nos informam que poderia ser devido a mudança de lua. Não nos restou outra alternativa, senão esperar o vento baixar. Esperamos já calibrando a mira para acertar o alvo mais tarde, com muita cerveja para não desanimar. Após o almoço, ainda com um pouco de vento, porém bem mais brando do que no período da manhã, saímos em busca do troféu. Estava muito difícil capturar os bocudos, e o novo parceiro já estava falando que foi mentira os embates do dia anterior. Mas como pescador não mente, iniciaram-se as capturas. Pegamos um cardume, onde cada um tirou mais de 10 peixes cada. Destaque para um belo azul. Azulão do parceiro Adriano. Parou de bater no local do cardume e falamos para o guia ir para outro ponto, mas este nos disse que era para pararmos de pinchar um pouco que os peixes voltariam a ficar ativos após algum tempo depois. Dito e feito, voltamos a capturar mais alguns. Porém eu ainda queria meu troféu e insisti para o piloteiro para irmos para outro local, mas o guia insistiu dizendo que onde tem pequeno, tem grande também. E não é que ele apareceu? Confesso que ao engatá-lo já sabia que era de bom tamanho, porém somente quando ele veio dar as caras é que eu e meu parceiro olhamos e gritamos, "esse é bom"! E, foi pra foto. Já feliz por ter tirado meu troféu, ainda consigo mais um bonito azul para finalizar meu dia e a pescaria. E assim, termina minha jornada em Pereira Barreto, onde fiquei muito feliz, por se tratar do nosso Rio Tietê. Deixo desde já meus sinceros agradecimentos aos proprietários da Pousada Beira Rio (André e Edilena), cujo contato segue: (18) 99669-0428, bem como ao guia e agora amigo Lobão. Material utilizado: 2 conjuntos compostos por vara liger MS, 15lbs, com carretilha Daiwa Tatula type-r, linha multifilamento 30lbs, lider de fluor de 47lbs. vara liger MS 15lbs, com carretilha Daiwa Exceller, linha multifilamento 30lbs, lider de fluor de 47lbs. iscas utilizadas: zig zarinha, magic stick, stick lori, shinner king, inna, birutinha, jig, e a brava sendo a transparente a campeã.
  9. Estou começando a editar os vídeos da ultima pescaria realizada no Rio Marié, local muito preservado localizado próximo a São Gabriel da Cachoeira e Santa Isabel do Rio Negro. Meu relatos não são bem detalhados devido ao tempo, mas se quiserem mais informações favor perguntar, preparei um resumo do primeiro dia de pesca, devido ao defeiespero que apreciem, grande abraço.
  10. Bom dia pessoal! Tudo bem? Gostaria de saber se alguém daqui já esteve na pousada Juma Açu no Amazonas? Vocês indicam ou tem alguma crítica? Gostaria de saber. Obrigado! att. Léo
  11. Galera, segue relato da nossa pescaria no rio Mutuca. Espero que gostem. Abraços. https://www.youtube.com/watch?v=_9rHKTmE2gk
  12. Bom dia pescadores, bom a maioria aqui pelo que vejo não pesca em rios.. rs mas alguém ai tem pescado no rio moji? pesco nas cidades de rincão, guatapara, descalvado, porto ferreira, pirassununga, cachoeira de emas, santa eudoxia, pra esses lados... mas nunca acho alguém pra trocar informação sobre ponto de pesca ou alguma "manha" pra pegar os peixes, então pensei em criar o tópico pra ver se aparece alguém!
  13. Mês de maio pescaria no rio Paracatu 2016 Muito bom de Dourado!!! Rancho Mata Velha Acesse www.ranchomatavelha.com.br
  14. E aí galera! FIzemos uma pescaria no Rio Mutuca - AM no ultimo final de semana e saíram bons peixes. Espero que gostem. https://www.youtube.com/watch?v=qIZM73ImaYs Abraços.
  15. https://www.youtube.com/watch?v=9L4yXSlyGcI Dia fantastico esse depois muita ralaçao pra entrar e sair deste lago..... DEUS QUE OIA O SOFRIMENTO !!!!!!!! doeu:: doeu:: doeu:: ::tudo:: ::tudo:: ::tudo::
  16. Olá amigos, estamos no final de nossa 1ª temporada. Período de muito aprendizado, superação e realizações em meio a tantas dificuldades impostas pela nossa mãe natureza e por nossas próprias limitações. Dedicamos essas imagens do video a todos nossos clientes, parceiros e amigos, que nos presentearam com sua presença, confiança e luta pela realização do sonho de enfrentar um grande robalo. Que venha a próxima Temporada e que possamos realizar sonhos, superar expectativas e, cada vez mais, construir amizades! Vamos que vamos! Link do video Grande abraço!!
  17. Do álbum: Pousada Barra Do Arica

    A Pousada Barra do Aricá, está localizada as margens do rio Cuiabá no município de Santo Antônio de Leverger, no Estado de Mato Grosso, a aproximadamente 01 horas de carro da Capital Cuiabá, e a apenas a 65 km do aeroporto Internacional Marechal Rondon. Temos uma estrutura preparada para atendê-los com o que há de melhor na pesca do Pantanal Norte. Venha se hospedar conosco e desfrute das belezas naturais da região, da hospitalidade e da culinária do povo pantaneiro Venha conhecer o Pantanal, venha pescar conosco!

    © www.pousadabarradoarica.com.br

  18. Do álbum: Pousada Barra Do Arica

    A Pousada Barra do Aricá, está localizada as margens do rio Cuiabá no município de Santo Antônio de Leverger, no Estado de Mato Grosso, a aproximadamente 01 horas de carro da Capital Cuiabá, e a apenas a 65 km do aeroporto Internacional Marechal Rondon. Temos uma estrutura preparada para atendê-los com o que há de melhor na pesca do Pantanal Norte. Venha se hospedar conosco e desfrute das belezas naturais da região, da hospitalidade e da culinária do povo pantaneiro Venha conhecer o Pantanal, venha pescar conosco!

    © www.pousadabarradoarica.com.br

  19. Do álbum: Pousada Barra Do Arica

    A Pousada Barra do Aricá, está localizada as margens do rio Cuiabá no município de Santo Antônio de Leverger, no Estado de Mato Grosso, a aproximadamente 01 horas de carro da Capital Cuiabá, e a apenas a 65 km do aeroporto Internacional Marechal Rondon. Temos uma estrutura preparada para atendê-los com o que há de melhor na pesca do Pantanal Norte. Venha se hospedar conosco e desfrute das belezas naturais da região, da hospitalidade e da culinária do povo pantaneiro Venha conhecer o Pantanal, venha pescar conosco!
  20. Do álbum: Pousada Barra Do Arica

    A Pousada Barra do Aricá, está localizada as margens do rio Cuiabá no município de Santo Antônio de Leverger, no Estado de Mato Grosso, a aproximadamente 01 horas de carro da Capital Cuiabá, e a apenas a 65 km do aeroporto Internacional Marechal Rondon. Temos uma estrutura preparada para atendê-los com o que há de melhor na pesca do Pantanal Norte. Venha se hospedar conosco e desfrute das belezas naturais da região, da hospitalidade e da culinária do povo pantaneiro Venha conhecer o Pantanal, venha pescar conosco!

    © www.pousadabarradoarica.com.br

  21. Do álbum: Pousada Barra Do Arica

    A Pousada Barra do Aricá, está localizada as margens do rio Cuiabá no município de Santo Antônio de Leverger, no Estado de Mato Grosso, a aproximadamente 01 horas de carro da Capital Cuiabá, e a apenas a 65 km do aeroporto Internacional Marechal Rondon. Temos uma estrutura preparada para atendê-los com o que há de melhor na pesca do Pantanal Norte. Venha se hospedar conosco e desfrute das belezas naturais da região, da hospitalidade e da culinária do povo pantaneiro Venha conhecer o Pantanal, venha pescar conosco!

    © www.pousadabarradoarica.com.br

  22. Do álbum: POUSADA BARRA DO ARICA

    a importância do turismo sustentável e da prática da pesca esportiva.

    © pousada barra do arica

×
×
  • Criar Novo...