Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fabrício Biguá

2º Torneio Mundial de Tucunaré

Posts Recomendados

Olá turma...abri esse tópico para informar-lhes sobre o 2º Torneio Mundial de Pesca na Amazônia.

O nosso amigo Zeca (Caterva) é um dos participantes e nos manterá informado diariamente sobre todo o desenrolar do torneio.

Para isso ele abriu "portal" exclusivo.

http://www.caterva.com.br/mundial/

:arrow: Aqui o banner do torneio..

Imagem Postada

Aqui um vídeo animal com várias capturas de gigantes...VALE A PENA VER...

A Turma do Biguá deseja a todos os integrantes muito boa sorte...

Depois comento mais sobre o assunto...estou todo enrolado agora...kkkk

Abs...

Fabrício Biguá

Mudança de "status", deixando de ser um tópico fixo e passando a ser um tópico normal ( 02.10.07 ) por Kid M

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Galera,

Estaremos saindo de BSB para MAO na quinta dia 13 as 9:50. Quem puder dar um pulinho no aeroporto será um prazer conhecer pessoalmente os amigos.

Torçam pra gente.

Um abraço,

Luizao

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Luizão...vc já tem o número do meu celular... :wink:

Vcs apenas farão conexão em BSB??? ou chegarão no dia anterior???

Bem...vamos nos falando...Estarei lá no aeroporto dando um força pra turma.

E pode deixar q torcida é o q não vai faltar... :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

vamos torcer por voceis,

E que tragam o trofel para o Brasil, a final o peixe e nosso, sabe quais outras equipes nascionais estarão participando do evento?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CANCELADO O TORNEIO

Com todos participantes em Manaus !

Li na Caterva, as informações do Zeca e "peguei o acesso" emprestado !

Super desagradável o ocorrido...

"Neguinho" pronto para esticar as linhas e surge uma "proibição" ? !

Mas como toda estória tem dois lados, vamos ver o que acontece...

Não estou com isso dizendo que "tá certo" ou "tá errado", só que É SACANAGEM fazerem isso com as pessoas já em Manaus !

Inclusive gente do exterior que certamente não só faz propaganda, como deve ser "formadora de opinião"...

Por isso, é bom que aguardemos os motivos...

Recomendo acessarem e leram o texto / explicações do Zeca acesando "o caminho" abaixo...

http://www.caterva.com.br/mundial/

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

CANCELADO O TORNEIO

Com todos participantes em Manaus !

Li na Caterva, as informações do Zeca e "peguei o acesso" emprestado !

Super desagradável o ocorrido...

"Neguinho" pronto para esticar as linhas e surge uma "proibição" ? !

Mas como toda estória tem dois lados, vamos ver o que acontece...

Não estou com isso dizendo que "tá certo" ou "tá errado", só que É SACANAGEM fazerem isso com as pessoas já em Manaus !

Inclusive gente do exterior que certamente não só faz propaganda, como deve ser "formadora de opinião"...

Por isso, é bom que aguardemos os motivos...

Recomendo acessarem e leram o texto / explicações do Zeca acesando "o caminho" abaixo...

http://www.caterva.com.br/mundial/

É Kid, vamos esperar o desenrolar da historia pra ver, mas se confirmando, só se confirma que tem neguinho que fica feliz é com a infelicidade alheia, ao menos parece que os organizadores são absolutamente sérios, bacana este lado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui o motivo do cancelamento...

"Então pessoal, quem lê este título não entende ou fica assustado. Mas infelizmente é verdade. Vou tentar explicar aqui o que aconteceu.

Chegamos aqui em Manaus e viemos para o hotel. Até então tudo estava correto e a previsão de saida era para o próximo dia as 5 da manhã. Durante a tarde recebemos a notícia de que tinhamos um problema que já estava sendo resolvido e sairiamos na hora do almoço. A hora do almoço passou e não saimos. Depois chegou uma outra notícia. O IBAMA junto com a Polícia Federal haviam descido com um avião e um barco lá no local do evento. Todas as pessoas que estavam lá retornaram e o local foi fechado. Então o Don Cutter, que é o dono teria vindo para Manaus tentar resolver. Até este momento não tinhamos mais informação do que isto.

O dia passou e praticamente nenhuma informação. Mais tarde ficamos sabendo que estavam entrando com uma liminar no fórum para que o torneio fosse realizado e que no mais tardar no outro dia pela manhã teríamos um retorno.

Acordamos cedo e seguimos para o café da manhã. Toca o telefone do Hidelbrando. Era a advogada do Don Cutter pedindo para que algumas pessoas fossem até o fórum levando o cartaz do torneio para confirmar que realmente iria acontecer.

Sairam Luizão, Hidelbrando e Willer? foram até a casa da juiza e apresentaram tudo. Inicialmente ela pareceu entender e até tentou ajudar. Mas a juiza de plantão era outra, e esta é quem poderia deferir ou não. Isto foi logo cedo..

A resposta ficou marcada para o horário do almoço. Um pouco depois do almoço os americanos vieram para o hotel e tudo parecia muito bem? belas risadas? boas conversas?

Depois adiada para as 14 horas? e depois adiada para as 17 horas. Quando chegou a hora final recebemos a informação - O TORNEIO ESTAVA PROIBIDO PELO JUIZ FEDERAL. Claro que nem precisa dizer como foi a nossa cara? chegar até Manaus para pescar em um local maravilho e nem sequer colocar uma isca na água.

Então tínhamos 2 opções.

1. Tentar levantar dois barcos e subir para o Sucundurí

Encontramos os barcos, mas precisavamos voar ate Nova Olinda, esperar abastescer e carregar todos os suprimentos do barco e depois subir o rio por 12 horas para chegar nos pontos de pesca.

2. Ou voltar para casa.

Nesta opção todo o nosso gasto seriam devolvido e voltaríamos a hora que fosse melhor.

Ficamos num dilema? tentava arrumar uma pescaria ou voltávamos para casa? arrumamos várias pescarias, porém todas elas caras, pela urgência da coisa e com horas de viagem ou com fretamento de avião. Ou seja, praticamente inviável.

A escolha da maioria foi retornar. Nesta hora que a gente separa as pessoas sérias das outras.

O Don chegou para TODOS e disse que ele iria restituir todo o dinheiro e todo e qualquer custo que tivemos em nossa estadia. Pagando a passagem de todos, mais os custos envolvidos com remarcação e as diárias e alimentação. Depois disso colocou dois advogados para que pegassem todos os dados da turma, remarcassem os voos e calculassem o que cada um gastou. Escreveram um contrato entre a empresa e a pessoa onde eles garantem tudo o que foi falado. Contrato assinado entre todas as partes. Dentro de 30 dias todo o dinheiro seria devolvido - prazo estipulado pelo Código do Consumidor.

Eu nunca tratei com pessoas tão transparentes e corretas assim? coisa dificil de se ver.

Então foi assim? todos terão seus custos pagos e o dinheiro devolvido? e além disso ficou o convite para retornar em uma hora oportuna e um desconto especial a cada um deste grupo.

Mas vocês devem estar pensando? PORQUE O AVIAO FOI PARAR LÁ? QUEM DENUNCIOU?

Bom, estou é outro caso? um caso de muita inveja e de vingança? Um operador de turismo de pesca da região fez a denuncia de que o Don não tinha liberação para organizar um torneio. Esta pessoa tinha todas as informações possívels, incluindo horários de voos.

Eu sei o nome de quem fez, mas ainda não recebi a comprovação nem mesmo os documentos. Mas a advogada do Don vai me enviar todos. Assim todos vão ter acesso a estes documentos.

Não sei se vcs podem, mas tentem imaginar a nossa situação? quase 1 ano programando o torneio? comprando material? preparando ? preparando?.

Eu estou voltando pra BH amanha as 3:15 pm. Chegando a BH tarde da noite?

No momento que eu tiver a documentação eu apresento quem fez a denúncia e todas as provas?

Infelizmente isto tudo é verdade, adoraria estar fazendo uma brincadeira? mas não é."

E qualquer novidade eu posto novamente... :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois é... isso é sacanagem. Não sei se este é o caso de alguns participantes. Mas digamos, se fosse eu. Eu ia estar muito indignado com a situação. :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: :evil: Não por causa da grana, mas porque no meu caso eu teria marcado férias para esta época. E assim em cima da hora não dá mais para alterar a data.

Não sei se alguns dos participantes estão com esse problema. Mas se remarcarem este torneio. Alguns que iam participar podem não poder mais participar.

Isso é uma coisa lamentável. O que a inveja e o ciúmes não faz as pessoas fazerem.

Agora uma coisa é certa, quem fez isso ainda vai se lascar. Porque tudo que semeias, colhe-se depois. :twisted: :twisted: :twisted: :twisted:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, dá licença que eu vou xingar.PQP. Quem já foi pescar na Amazônia sabe as dificuldades que a gente enfrenta. Agora, é meio estranho, na minha opinião. Quem organiza um torneio mundial de pesca, com a presença de estrangeiros ou não, tem que ter autorização dos órgãos competentes. Será que houve falha da organização? Vamos esperar os acontecimentos, mas que é lamentável é, Fica aquí minha solidariedade aos companheiros

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Realmente é uma pena e tanto, tava apostando no biguá como possivel campeão!! muita trairagem!!! nem pelo fato da disputa, mais pelo fato da ansiedade de pescar! e tudo o que fora programado antecipadamente!!! lamentavel!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É de fato muito difícil imaginar a frustração dos participantes do Torneio. Tive uma experiência infinitamente menos traumática que essa ? em Manaus, o barco que contratamos foi substituído por um menor, mas pescamos, apesar do atraso e do conforto aquém do esperado.

Com a percepção de um brasileiro pescador, penso que, independentemente da causa ou do causador, as informações que temos até agora já evidenciam a necessidade de cuidados com a imagem do nosso turismo de pesca. De forma positiva, podemos até especular sobre a necessidade de aperfeiçoar a logística, ou revisar a regulamentação, ou simplesmente melhorar a comunicação.

Porém, se admitimos que até os acidentes podem ser previstos e evitados, não há como negar que é possível implementar ações que minimizam os riscos de situações indesejadas, como a que estamos discutindo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Assim como eu postei no Caterva...aqui vai a minha opinião...

Ops....olha eu aparecendo...hehee...

Turma...estou vendo vcs detonando o nosso IBAMA, o nosso País (q é de lascar, kkkk), e por aí vai.

Estive refletindo ontem sobre o q pode ter acontecido para q o Torneio fosse cancelado...Acabou q corri atrás de informações...e encontrei bastante coisa para justificar o q pode ter ocorrido.

Já começei a escrever esse texto uma 20 vezes, e de 20 formas diferentes para q eu não fosse mal interpretado, pois eu sou um dos brasileiros q cobra de nossas autoridades uma providência no sentido de não deixarem os norte americanos tomarem conta dos nossos rios.

Em 2006 fiz uma denúncia junto ao IBAMA (n.° 23426/2006 - IBAMA) e + uns 10 órgãos governamentais sobre esse "monopólio", agora, eu detonei uma légua de gente, desde prefeitos, fiscais, agenciadores norte americanos, comunidades de boca de rio, e por aí vai....Até para o MP e Senado Federal, incluindo PF, ANA, Funai, Ipaam, Abin, dentre outros, eu encaminhei essa denúncia. (quem quiser cópia é só me mandar um e-mail).

Irei dividir esse episódio em 2 capítulos dististos. O primeiro é relativo ao torneio e aos competidores, e o segundo, no q diz respeito aos agenciadores norte americanos q operam no médio Rio Negro.

Não há o q se questionar quanto a sacanagem q foi esse cancelamento. Inclusive eu, se não fosse por falta de grana, era para estar lá, junto com a turma participando do torneio, e consequentemente, chateado e indignado da mesma forma. Isso daí é ponto passivo. Foi uma sacanagem??? Foi. Não há o q se discutir. A turma aí pra cima desmostrou como nós, torcedores, estamos indignados.

Agora vamos para outra parte...q muitos de vcs desconhecem, e não tem a mínima noção de q ocorre lá praquelas bandas. :wink:

Atualmente existem 2 gigantes agenciadores de pesca no médio Rio Negro, ou melhor, esses dois agenciadores estão por toda a amazônia. Trata-se de Luiz Brown, e Don Cutter, parceiros de empreendimento, e o organizador desse torneio.

Aonde vc for pescar na amazônia esses dois sujeitos estarão, ou já passaram por lá.

Eles são uma praga. :roll:

Vejo vcs indignados pela situação por conta dos nossos amigos pescadores...mas nós brasileiros temos é q tirar o chapéu para o trabalho do IBAMA, pois esses caras (norte americanos) estão tomando conta do q é meu, é seu, é nosso. Eles estão tomando conta dos nossos rios, e se deixarmos eles vão conseguir. Eles agem policamente, culturalmente, psicologicamente, e financeiramente por todo o médio Rio Negro.

Politicamente - Eles agem junto a comunidades, prefeituras, políticos, donos de terra da região na intenção de fazerem acordos de pesca onde os principais beneficiados são eles mesmos. Eles explodem pistas de pouso clandestinhas, vôam com aviões/hidroaviões sem autorização, contratam pessoas sem cumprir os seus direitos trabalhistas, e por aí...(mas isso é assunto para outro tópico)

Culturalmente - Já foi paga tanta "propina" por parte dos norte americanos as comunidades q moram na boca dos afluentes do Rio Negro, q hj qualquer um de nós q se atreva a pescar em um deles, mesmo sabendo as nossas águas são livres, seremos cobrados por essas comunidades, q estarão lá, de mãozinha esticada, pedindo propina.

É uma máfia tão grande (dessas comunidades) q eles estão querendo retornar a condição de índios para conseguir arrancar algum benefício do governo, demarcar suas terras como indígenas, e só permitir o acesso de pescadores ao "seu" afluente, mediante propina. Ou seja, os norte americanos ensinaram nossas comunidades a ganharem muito, sem fazerem nada. Só ficam na boca do rio cobrando em dólar.

Psicologicamente - É impressionante o poder de persuasão desses agenciadores. A coisa mais comum q tem é vc escutar do povo humilde daquela região conversas no sentido de q o Luiz Brown, ou o Don Cutter "compraram" a cabeçeira de certos rios. Esse ano eu fiquei sabendo q o Luiz Brown comprou a cabeçeira do Jurubaixi..hehee...E para convencer o povo de lá q aquilo era uma mentira quase q eu tive q bater neles..hehee...

Mais abaixo eu comentarei sobre esse acordo de pesca do rio Unini, mas antemão, gostaria de informar a todos vcs q o Luiz Brown pesca lá, no Unini, com EXCLUSIVIDADE há 3 anos. Até os pequenos agenciadores de pesca de Barcelos acreditam q esse acordo de pesca foi conseguido pelo Luiz Brown para q apenas a empresa dele pudesse pescar na cabeçeira do Unini. Os comandantes dos barcos hotéis de Barcelos ao serem indagados sobre a possibilidade de se pescar no alto Unini respondem prontamente q lá apenas a River Plate (de Luiz Brown) tem permissão para pescar lá. Falam inclusive q existem capangas armados proibindo o acesso de outros barcos hotéis no afluente.

O acordo existe sim...mas para qualquer um do povo, só q atualmente apenas os norte americanos se beneficiam.

Financeiramente - Questão delicada essa daqui. As comunidades das bocas dos afluentes ficam apenas esperando a chegada da temporada dos "americanos"...Algumas chegam a cobrar 500 reias por dia para se ter acesso ao rio. :shock: Resumindo, uma verdadeira farra.

Ano passado, segundo os pescadores de Santa Izabel, foi oferecido 30.000 reais para a comunidade da boca do rio Uneiuxi, para q os acampamentos de Luiz Brown entrassem no rio com exclusividade. Ou seja, eles entram...mas se algum brasileiro tentar entrar...cacete na cabeça dele.

Eles tb não deixam nada para o município. Até a propina de 250 dólares q eles cobram dos pescadores norte americanos para o pagamento de proprinas, lá nos EUA, quando do fechamento do pacote de 4500 dólares a semana, eles fazem. Enquanto isso o município está lá todo lascado vivendo da temporada dos pescadores menos afortunados.

Vamos voltar ao acordo de pesca do rio Unini, local onde seria praticado o torneio.

Esse acordo de pesca surgiu em setembro de 2004, aqui vai a Instrução Normativa.

http://www.ipaam.br/intrucaoNormativa/Instru%C3%A7%C3%A3o%20Normativa%20%20Unini%20%20IBAMA%20IPAAM.doc

Aqui vai o mapa q delimita os tipos de pescaria realizados no rio Unini.

http://www.ipaam.br/mapaAereaAcordo/Mapa_Acordo_pesca.pdf

De acordo com o decreto nº 22.747 de 26 Julho 2002, com alterações de Dec.23.050,de 02/12/2002, q trata sobre os requisitos necessários para a prática da pesca esportiva no rio Unini, fala;

"Art. 7º - A realização de torneios e campeonatos de pesca esportiva no Estado do Amazonas fica condicionada à emissão de autorização pelo Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas - IPAAM.

Art. 8º - Os pedidos de autorização com informação sobre o local, data e horário em que as competições serão realizadas, devem, ser encaminhados ao IPAAM, com antecedência mínima de 30 (trinta) dias data de inicio do evento, e seus promotores só poderão iniciá-la após expedida a autorização.

Art. 9º - O regulamento e todos os impressos alusivos às competições devem ser anexados ao pedido de autorização, condição indispensável para que seja analisado pelo IPAAM.

Parágrafo único - No regulamento deve constar, obrigatoriamente, a necessidade de os participantes estarem cadastrados e licenciados junto ao IPAAM."

Para a prática de Torneio de pesca esportiva ou recreativa é necessário ter os seguintes documentos (a empresa):

? Cadastro de recolhimento da taxa de expediente (modelo IPAAM);

? Cadastro especifico da atividade (modelo IPAAM);

? Cópia do regulamento do torneio.

Em se cumprindo esse requisito será expedido:

? Carteira

? Certificado de registro

? Licença

Agora vem a pergunta: Será q isso foi providenciado pelo organizador do torneio???

Independentemente de terem ou não providenciado essa documentação quem se lascou nessa foram os nossos amigos pescadores.

Ainda, segundo o mesmo decreto, para as atividades de hotéis de selva, flutuantes, praias ou similares, será requisitado.

? Cadastro de recolhimento da taxa de expediente (modelo IPAAM)

? Cadastro especifico da atividade (modelo IPAAM)

? Cópia do cadastro social ou similar

? Cópia do comprovante de inscrição no CNPJ

? Cópia do Alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura do Município de localização do empreendimento

? Cópia da licença ambiental expedida pelo IPAAM

? Comprovante de registro na regional EMBRATUR do Estado Amazonas.

Em se cumprindo esse requisito será expedido:

? Certificado de registro

? Licença

Agora vem a pergunta: Será q isso foi providenciado pelo organizador do torneio???

Independentemente de terem ou não providenciado essa documentação quem se lascou nessa foram os nossos amigos pescadores.

Resumindo...E acho, veja bem, eu acho, q os norte americanos se achavam tão donos do Unini q não providenciaram a documentação necessária para operarem por lá, inclusive, documentação necessário para q o torneio ocorresse. Daí todo esse problema. Quando viram, era tarde.

Pq eu digo isso?

Quase nenhum agenciador de pesca brasileiro se atreveu a pescar no rio Unini desde 2004, (pelo q eu saiba)...Seja foi por falta de informação, seja por incopentência, seja por medo, o fato é q quem "manda" na cabeçeira do Unini são os norte americanos.

Ano passado o Luiz Brown marcou as escondidas uma reunião com as comunidades da boca do rio Cuiuni, logo acima de Barcelos, na intenção de propor um acordo, também, com essas comunidades, ou seja, se as comunidades aceitassem...ele provocaria o legislativo, q criaria a lei, e ele monopolizaria a cabeçeira de mais um afluente, aos moldes do q já ocorre com o Unini.

No dia seguinte a essa reunião os agenciadores de Barcelos ficaram malucos...pois pensavam q não poderia mais pescar no Cuiuni.

Solicitei uma cópia da ata dessa reunião, q me foi enviada via fax...e o texto dela era praticamente uma cópia do acordo do Unini...só q com um detalhe, todos os barcos hotéis interessados em pescarem na cabeçeira do Cuiuni, só poderiam fazê-lo depois de inscreverem-se junto a uma determinada associação, só q esta era de quem??? era de propriedade de um norte americano...hehee....kkkk...legal, né?!?! :shock:

Daqui de Brasília nós descobrimos q a tal ata da reunião fora assinada várias vezes por uma mesma pessoa, ou seja, de uns 8 "interessados" do povo/comunidade nesse acordo...surgiram 30 assinaturas...hehee...Quem vcs acham q estava bancando esse acordo??? Nem preciso responder.

Esses agenciadores norte americanos são tão odiados na região...q até o dono do Rio Negro Lodge, q tb é norte americano, colocou a pousada dele a venda, e olha q ele é pioneiro na região. Investiu milhões de dólares em estrutura, com mais de 60 bass boats, 3 hidroaviões (mas ele tb voa sem permissão), e um barco hotel. O Aracá Camp q tb era de propriedade dele...já foi vendido.

O cara está tão puto com esses dois "parceiros" norte americanos, q está vendendo tudo. (é um furando o olho do outro) :twisted:

Bem...desculpem o grande texto...mas é bom q vcs tenham uma visão regional dos agenciadores norte americanos. Pode ser q nem tudo isso q disse ai pra cima seja verdade....mas o fato é q esses agenciadores é q construíram essa imagem lá pra cima.

Todas as vezes q eu conversei com o Luizão ele sempre me disse q o Don Cutter é gente finíssima...e um grande profissional...e eu acredito...Só não queria era ser operador de barco e concorrer com ele na região...hehe...

A lástima de todo esse episódio foi o fato de o IBAMA resolver agir bem na semana do torneio e ter estragado a festa dos nossos amigos...Agora, se o IBAMA e a PF forem agir detonando essa galerinha estrangeira q ganha milhões de dólares nas nossas costas e ainda querem proibir o acesso de nós, brasileiros, em nossos rios....aí sim, eu tenho q tirar o chapéu pra eles.

Para finalizar gostaria de dizer o quão fico chateado pelo ocorrido. De um lado nossos amigos pescadores...e do outro uma cambada de gringos querendo tomar o q é nosso. Complicado, não?!?!

É isso.... :wink:

Abs...e tomara q tudo esteja certinho para o próximo torneio. Tenho certeza q a água estará mais baixa, e os nossos amigos brasileiros ferarrão só os cavalões...

E vamos nos falando...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Biguá, excepcional coloação, digna de quem conhece profundamente a realidade da pesca esportiva e seus bastidores no local.

Concordo plenamente com tudo que postou, inclusive no que diz respeito a única lástima ser de esta operação acontecer nas vésperas do campeonato e terminar por prejudicar outras pessoas que não os organizadores.

No mais, muitíssimo obrigado pelos esclarecimentos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro amigo Fabrício,

Não sei se você reparou que ao escrever meu texto, baseado na informação do Zeca, mencionei que seria necessário apurar os "dois lados da estória" !

Longe de querer discordar das afirmações que faz, principalmente da ação mafiosa da "dupla americana", mas é importante, mesmo nesse momento de indignação revelado, que como sempre, se faz necessário ressalvar que que há americanos e americanos...

Não tenho ( nem quero ) procuração de quem quer que seja, mas as minhas experiências em lidar com estrangeiros, notadamente os americanos, tem revelado uma faceta diferente da então exposta !

Antes que alguém me rebata, permitam-me esclarecer que não me refiro a "gangsters", mas a pessoas de índole esportiva ( e até mesmo comercial ) que desenvolvem atividades profissionais na região ! Não sei quem são esas pessoas mencionadas, assim como não acredito que sejam "denúncias infundadas" as feitas pelo Fabrício, mas não devemos generalizar uma situação por um fato constatado, mesmo que ele seja absolutamente verdadeiro !

Incomodamo-nos pelas práticas realizadas pela "dupla", até por conta deles se apropriarem de regras & critérios próprios, sem sequer ter a ver com os aspectos legais existentes ! Mais do que justas as ações implementadas !

Mas como o próprio Fabrício ressaltou, isso já vem ocorrendo há tempos na região, e por que somente agora é que algo se faz... ( antes tarde do que nunca, é verdade ! ). Espero estar enganado, mas tem alguém que "devia ganhar alguma coisa, e ficou de fora... " ! Esse sim é que deve ter sido um dos reais motivos das ações realizadas...

Viajo, assim como outros de nós, com alguma frequência para a Amazônia, e o que está sendo descrito, não é específico desses ( ou de outros ) americanos ! Acontece a miúde, e com operadores brasileiros... Quantos não são os esquemas de "ajuda de custo" às populações ribeirinhas para acesso e uso de águas "ditas públicas", mas que como acontece nas metrópolis, tem sempre um "flanelhinha" atrás de algum...

Não defendo qualquer dessas práticas, por quem quer que seja, mas já me sinto numa idade em que as coisas não são necessariamente o que aparentam, principalmente ( e infelizmente ) no nosso País ! Não digo com isso que "a culpa" existe por conta do Ibama, ou qualquer outro orgão regulador, pois isso é covardia, quase como "pescar com bomba" ! A verdadeira responsabilidade de fatos como esses, é o nosso absoluto despreparo como cidadãos para exigir ações mais transparentes por quem quer que seja !

Pelo pouco que vejo, e é um quase nada, os usuários externos ( aqueles de quem "invejamos" a riqueza e o poder de compra de suas "verdinhas" ) são muito mais cuidadosos com o meio ambiente que nós próprios, que nos intitulamos "donos do pedaço" ! Eles usufruem daquilo que têm acesso, e como tal, tem comportamente diferenciado... Será que temos alguma condescendência quando nossas empresas operam em Angola e em outros lugares ainda mais atrasados que nós... ? Melhor voltar para o foco da pescaria...

Não tenho, me repetindo, qualquer problema em enfrentar uma realidade, seja ela boa ou ruim, tenho problema sim, de camuflar algumas "visões" por pureza ou inocência ! Infelizmente não consigo mais acreditar em "Papai Noel" ! Se desejamos ( e acho que devemos ) impor uma medida de ação contra situações como essas que vêm acontecendo, precisamos nos preparar para substituir as ações que indiretamente vem irrigando os povos ribeirinhos, e suas sempre crescentes necessidades ! Será que temos cultura, prioridades e força política para tal ? Será ?

Finalizando, até porque uma coisa deriva em outra, e por aí vai...

Precisamos resgatar a alegria de Torneios com a participação dos verdadeiros desportistas ( e seus patrocinadores - sejam multinacionais, ou não... ), pois somente teremos possibilidade de "aprendizado e crescimento qualitativo" através desse tipo de "aculturamento", mas algo sério, permanente, e - principalmente - com a transparência devida e necessária a qualquer ação dessa envergadura !

Como já disse o Fabrício, que eles ( os que foram, mas não pescaram... ) retornem às águas amazônicas, e encontrem os níveis d'água dos rios ainda mais adequados a nos inspirarem na busca de grandes troféus da região ! Há de se ter mais cuidado, não com os "gangsters", mas com os que vem ( e retornam ) na paz dos pescadores... Essa é inviolável !

Desculpem pela aspereza do texto, e as discordâncias apresentadas, mas às vezes o que não pode acontecer é haver um "consenso" em torno de um tema / situação como essa ! :twisted:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fabricio.......

realmente faço da suas palavras as minhas.... Tinha como voce postar no outro forum isso tambem da uma olhada o que eu coloquei!!!1

Isso tem que mudar, hoje a gente pesca pensando onde esses operadores nao operam pois eles prostituem a pesca esportiva.....

Essa pu.....ria das comunidades cobrarem pra pescar começou por causa deles!!!!

Isso tem que mudar!!!

o que voce precisar pode contar comigo nessa batalha, a gente ta no Brasil... isso aqui e nosso, e nao como eles ensinam nas escolas americanas que a amazonia nao e brasileira......

O assunto nao foi bem o evento que fracassou mais o foco foi a pesca entao valeu!!!!

isso tem que mudar

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caracas estes operadores americanos tem que ser podado em todos os forun de pesca, e ficar sem clientes pro resto da curta vida da sua empresa.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Assim como eu postei no Caterva...aqui vai a minha opinião...

Ops....olha eu aparecendo...hehee...

Turma...estou vendo vcs detonando o nosso IBAMA, o nosso País (q é de lascar, kkkk), e por aí vai.

Estive refletindo ontem sobre o q pode ter acontecido para q o Torneio fosse cancelado...Acabou q corri atrás de informações...e encontrei bastante coisa para justificar o q pode ter ocorrido.

Já começei a escrever esse texto uma 20 vezes, e de 20 formas diferentes para q eu não fosse mal interpretado, pois eu sou um dos brasileiros q cobra de nossas autoridades uma providência no sentido de não deixarem os norte americanos tomarem conta dos nossos rios.

Em 2006 fiz uma denúncia junto ao IBAMA (n.° 23426/2006 - IBAMA) e + uns 10 órgãos governamentais sobre esse "monopólio", agora, eu detonei uma légua de gente, desde prefeitos, fiscais, agenciadores norte americanos, comunidades de boca de rio, e por aí vai....Até para o MP e Senado Federal, incluindo PF, ANA, Funai, Ipaam, Abin, dentre outros, eu encaminhei essa denúncia. (quem quiser cópia é só me mandar um e-mail).

Irei dividir esse episódio em 2 capítulos dististos. O primeiro é relativo ao torneio e aos competidores, e o segundo, no q diz respeito aos agenciadores norte americanos q operam no médio Rio Negro.

Não há o q se questionar quanto a sacanagem q foi esse cancelamento. Inclusive eu, se não fosse por falta de grana, era para estar lá, junto com a turma participando do torneio, e consequentemente, chateado e indignado da mesma forma. Isso daí é ponto passivo. Foi uma sacanagem??? Foi. Não há o q se discutir. A turma aí pra cima desmostrou como nós, torcedores, estamos indignados.

Agora vamos para outra parte...q muitos de vcs desconhecem, e não tem a mínima noção de q ocorre lá praquelas bandas. :wink:

Atualmente existem 2 gigantes agenciadores de pesca no médio Rio Negro, ou melhor, esses dois agenciadores estão por toda a amazônia. Trata-se de Luiz Brown, e Don Cutter, parceiros de empreendimento, e o organizador desse torneio.

Aonde vc for pescar na amazônia esses dois sujeitos estarão, ou já passaram por lá.

Eles são uma praga. :roll:

Vejo vcs indignados pela situação por conta dos nossos amigos pescadores...mas nós brasileiros temos é q tirar o chapéu para o trabalho do IBAMA, pois esses caras (norte americanos) estão tomando conta do q é meu, é seu, é nosso. Eles estão tomando conta dos nossos rios, e se deixarmos eles vão conseguir. Eles agem policamente, culturalmente, psicologicamente, e financeiramente por todo o médio Rio Negro.

Politicamente - Eles agem junto a comunidades, prefeituras, políticos, donos de terra da região na intenção de fazerem acordos de pesca onde os principais beneficiados são eles mesmos. Eles explodem pistas de pouso clandestinhas, vôam com aviões/hidroaviões sem autorização, contratam pessoas sem cumprir os seus direitos trabalhistas, e por aí...(mas isso é assunto para outro tópico)

Culturalmente - Já foi paga tanta "propina" por parte dos norte americanos as comunidades q moram na boca dos afluentes do Rio Negro, q hj qualquer um de nós q se atreva a pescar em um deles, mesmo sabendo as nossas águas são livres, seremos cobrados por essas comunidades, q estarão lá, de mãozinha esticada, pedindo propina.

É uma máfia tão grande (dessas comunidades) q eles estão querendo retornar a condição de índios para conseguir arrancar algum benefício do governo, demarcar suas terras como indígenas, e só permitir o acesso de pescadores ao "seu" afluente, mediante propina. Ou seja, os norte americanos ensinaram nossas comunidades a ganharem muito, sem fazerem nada. Só ficam na boca do rio cobrando em dólar.

Psicologicamente - É impressionante o poder de persuasão desses agenciadores. A coisa mais comum q tem é vc escutar do povo humilde daquela região conversas no sentido de q o Luiz Brown, ou o Don Cutter "compraram" a cabeçeira de certos rios. Esse ano eu fiquei sabendo q o Luiz Brown comprou a cabeçeira do Jurubaixi..hehee...E para convencer o povo de lá q aquilo era uma mentira quase q eu tive q bater neles..hehee...

Mais abaixo eu comentarei sobre esse acordo de pesca do rio Unini, mas antemão, gostaria de informar a todos vcs q o Luiz Brown pesca lá, no Unini, com EXCLUSIVIDADE há 3 anos. Até os pequenos agenciadores de pesca de Barcelos acreditam q esse acordo de pesca foi conseguido pelo Luiz Brown para q apenas a empresa dele pudesse pescar na cabeçeira do Unini. Os comandantes dos barcos hotéis de Barcelos ao serem indagados sobre a possibilidade de se pescar no alto Unini respondem prontamente q lá apenas a River Plate (de Luiz Brown) tem permissão para pescar lá. Falam inclusive q existem capangas armados proibindo o acesso de outros barcos hotéis no afluente.

O acordo existe sim...mas para qualquer um do povo, só q atualmente apenas os norte americanos se beneficiam.

Financeiramente - Questão delicada essa daqui. As comunidades das bocas dos afluentes ficam apenas esperando a chegada da temporada dos "americanos"...Algumas chegam a cobrar 500 reias por dia para se ter acesso ao rio. :shock: Resumindo, uma verdadeira farra.

Ano passado, segundo os pescadores de Santa Izabel, foi oferecido 30.000 reais para a comunidade da boca do rio Uneiuxi, para q os acampamentos de Luiz Brown entrassem no rio com exclusividade. Ou seja, eles entram...mas se algum brasileiro tentar entrar...cacete na cabeça dele.

Eles tb não deixam nada para o município. Até a propina de 250 dólares q eles cobram dos pescadores norte americanos para o pagamento de proprinas, lá nos EUA, quando do fechamento do pacote de 4500 dólares a semana, eles fazem. Enquanto isso o município está lá todo lascado vivendo da temporada dos pescadores menos afortunados.

Vamos voltar ao acordo de pesca do rio Unini, local onde seria praticado o torneio.

Esse acordo de pesca surgiu em setembro de 2004, aqui vai a Instrução Normativa.

http://www.ipaam.br/intrucaoNormativa/Instru%C3%A7%C3%A3o%20Normativa%20%20Unini%20%20IBAMA%20IPAAM.doc

Aqui vai o mapa q delimita os tipos de pescaria realizados no rio Unini.

http://www.ipaam.br/mapaAereaAcordo/Mapa_Acordo_pesca.pdf

De acordo com o decreto nº 22.747 de 26 Julho 2002, com alterações de Dec.23.050,de 02/12/2002, q trata sobre os requisitos necessários para a prática da pesca esportiva no rio Unini, fala;

"Art. 7º - A realização de torneios e campeonatos de pesca esportiva no Estado do Amazonas fica condicionada à emissão de autorização pelo Instituto de Proteção Ambiental do Estado do Amazonas - IPAAM.

Art. 8º - Os pedidos de autorização com informação sobre o local, data e horário em que as competições serão realizadas, devem, ser encaminhados ao IPAAM, com antecedência mínima de 30 (trinta) dias data de inicio do evento, e seus promotores só poderão iniciá-la após expedida a autorização.

Art. 9º - O regulamento e todos os impressos alusivos às competições devem ser anexados ao pedido de autorização, condição indispensável para que seja analisado pelo IPAAM.

Parágrafo único - No regulamento deve constar, obrigatoriamente, a necessidade de os participantes estarem cadastrados e licenciados junto ao IPAAM."

Para a prática de Torneio de pesca esportiva ou recreativa é necessário ter os seguintes documentos (a empresa):

? Cadastro de recolhimento da taxa de expediente (modelo IPAAM);

? Cadastro especifico da atividade (modelo IPAAM);

? Cópia do regulamento do torneio.

Em se cumprindo esse requisito será expedido:

? Carteira

? Certificado de registro

? Licença

Agora vem a pergunta: Será q isso foi providenciado pelo organizador do torneio???

Independentemente de terem ou não providenciado essa documentação quem se lascou nessa foram os nossos amigos pescadores.

Ainda, segundo o mesmo decreto, para as atividades de hotéis de selva, flutuantes, praias ou similares, será requisitado.

? Cadastro de recolhimento da taxa de expediente (modelo IPAAM)

? Cadastro especifico da atividade (modelo IPAAM)

? Cópia do cadastro social ou similar

? Cópia do comprovante de inscrição no CNPJ

? Cópia do Alvará de funcionamento expedido pela Prefeitura do Município de localização do empreendimento

? Cópia da licença ambiental expedida pelo IPAAM

? Comprovante de registro na regional EMBRATUR do Estado Amazonas.

Em se cumprindo esse requisito será expedido:

? Certificado de registro

? Licença

Agora vem a pergunta: Será q isso foi providenciado pelo organizador do torneio???

Independentemente de terem ou não providenciado essa documentação quem se lascou nessa foram os nossos amigos pescadores.

Resumindo...E acho, veja bem, eu acho, q os norte americanos se achavam tão donos do Unini q não providenciaram a documentação necessária para operarem por lá, inclusive, documentação necessário para q o torneio ocorresse. Daí todo esse problema. Quando viram, era tarde.

Pq eu digo isso?

Quase nenhum agenciador de pesca brasileiro se atreveu a pescar no rio Unini desde 2004, (pelo q eu saiba)...Seja foi por falta de informação, seja por incopentência, seja por medo, o fato é q quem "manda" na cabeçeira do Unini são os norte americanos.

Ano passado o Luiz Brown marcou as escondidas uma reunião com as comunidades da boca do rio Cuiuni, logo acima de Barcelos, na intenção de propor um acordo, também, com essas comunidades, ou seja, se as comunidades aceitassem...ele provocaria o legislativo, q criaria a lei, e ele monopolizaria a cabeçeira de mais um afluente, aos moldes do q já ocorre com o Unini.

No dia seguinte a essa reunião os agenciadores de Barcelos ficaram malucos...pois pensavam q não poderia mais pescar no Cuiuni.

Solicitei uma cópia da ata dessa reunião, q me foi enviada via fax...e o texto dela era praticamente uma cópia do acordo do Unini...só q com um detalhe, todos os barcos hotéis interessados em pescarem na cabeçeira do Cuiuni, só poderiam fazê-lo depois de inscreverem-se junto a uma determinada associação, só q esta era de quem??? era de propriedade de um norte americano...hehee....kkkk...legal, né?!?! :shock:

Daqui de Brasília nós descobrimos q a tal ata da reunião fora assinada várias vezes por uma mesma pessoa, ou seja, de uns 8 "interessados" do povo/comunidade nesse acordo...surgiram 30 assinaturas...hehee...Quem vcs acham q estava bancando esse acordo??? Nem preciso responder.

Esses agenciadores norte americanos são tão odiados na região...q até o dono do Rio Negro Lodge, q tb é norte americano, colocou a pousada dele a venda, e olha q ele é pioneiro na região. Investiu milhões de dólares em estrutura, com mais de 60 bass boats, 3 hidroaviões (mas ele tb voa sem permissão), e um barco hotel. O Aracá Camp q tb era de propriedade dele...já foi vendido.

O cara está tão puto com esses dois "parceiros" norte americanos, q está vendendo tudo. (é um furando o olho do outro) :twisted:

Bem...desculpem o grande texto...mas é bom q vcs tenham uma visão regional dos agenciadores norte americanos. Pode ser q nem tudo isso q disse ai pra cima seja verdade....mas o fato é q esses agenciadores é q construíram essa imagem lá pra cima.

Todas as vezes q eu conversei com o Luizão ele sempre me disse q o Don Cutter é gente finíssima...e um grande profissional...e eu acredito...Só não queria era ser operador de barco e concorrer com ele na região...hehe...

A lástima de todo esse episódio foi o fato de o IBAMA resolver agir bem na semana do torneio e ter estragado a festa dos nossos amigos...Agora, se o IBAMA e a PF forem agir detonando essa galerinha estrangeira q ganha milhões de dólares nas nossas costas e ainda querem proibir o acesso de nós, brasileiros, em nossos rios....aí sim, eu tenho q tirar o chapéu pra eles.

Para finalizar gostaria de dizer o quão fico chateado pelo ocorrido. De um lado nossos amigos pescadores...e do outro uma cambada de gringos querendo tomar o q é nosso. Complicado, não?!?!

É isso.... :wink:

Abs...e tomara q tudo esteja certinho para o próximo torneio. Tenho certeza q a água estará mais baixa, e os nossos amigos brasileiros ferarrão só os cavalões...

E vamos nos falando...

Muito bom o seu texto Fabricio, não é a primeira vez que vi falar sobre este assunto até mesmo no Ex ECOPESCA foi falado sobre a tal PROPINA, mas logo que li sobre o cancelamento do Evento e Fiquei sabendo sobre os Organizadores fiquei pensando MAS PORQUE UM AMERICANO ORGANIZANDO UM CAMPEONATO NO BRASIL. foi bem estranho para mim. Agora esta tudo claro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kid...excelentes palavras....Tiro o chapéu pra vc...hehe... :mrgreen: Temos q tomar cuidado com as palavras, sempre.

Depois do ocorrido o administrador do Tucunazul (q eu nem sei quem é na verdade)...andou pesquisando sobre o ocorrido...aqui vai o texto dele lá no fórum do Tucunazul.

Amigos,

Ao ler o lamentável episódio ocorrido com nossos amigos de Uberlândia sobre o torneio que seria realizado no rio Unini, entramos em contato com o IBAMA do Amazonas, que afirmaram não haver qualquer denúncia sobre a realização do evento. Segundo o que pudemos apurar, o fato do cancelamento se deu em função da deflagração da Operação Anavilhanas, a qual se encontra em plena execução, e visa apreender armas, fiscalizar atividades ilegais e crimes ambientais diversos.

Vejam abaixo o balanço da operação até o momento

Os dois primeiros dias da Operação Anavilhanas resultaram na prisão em flagrante do madeireiro Eleny Costa Barbosa, 39, por porte de cinco motoserras sem licença e arma sem registro e porte, na autuação por crimes ambientais do madeireiro e vereador do PR Evilásio Lucas do Nascimento, junto com mais dois madeireiros e um comerciante que praticavam crimes contra o meio ambiente. Na manhã de quinta-feira, 13, a Operação Anavilhanas entrou na segunda fase em Novo Airão, Amazonas, onde agentes do Ibama e da Polícia Federal apuram denúncias de atentados e ameaças contra servidores do Ibama.

Segundo informações da PF, aconteceram diversos atentados contra servidores do Instituto em Novo Airão, como o atropelamento de um analista ambiental, o envenenamento de cães e gatos, o incêndio do carro de um servidor do escritório do órgão e diversos pequenos furtos no flutuante que fica em frente à instituição. Os agentes federais firmaram um acordo de parceria com a prefeitura do município, onde o prefeito se comprometeu a manter a ordem e auxiliar aos servidores do Ibama na execução da Política Nacional de Meio Ambiente naquele município.

Na quinta feira à tarde a Operação Anavilhanas foi dividida em duas equipes. A primeira, que ficou no município, estourou um acampamento de caçadores que abatiam animais silvestres na margem do Lago do Matias, no rio Baepindi dentro da Estação Ecológica de Anavilhanas para abastecer o mercado de Manaus. A equipe de Agentes da PF e fiscais do IBAMA apreendeu no acampamento 19 quelônios ?cabeçudos?, 6 pacas, 1 porco-do-mato, 1 tatu, 25 quilos de pescados diversos, 2 motores de rabeta e 5 canoas utilizadas para a prática da caça, além de arpões, zagaias e cartuchos de diversos calibres. No Parque Nacional do Jaú, a operação federal flagrou um barco de pesca com mais de 500 quilos de pescado capturado dentro da Unidade de Conservação Federal de proteção integral.

A segunda equipe foi de avião até a cabeceira do rio Unini, onde o Governo Federal criou a Reserva Extrativista do Unini, no município de Barcelos, que ainda não tem conselho gestor e nem plano de manejo. No local, distante de Manaus 440 quilômetros em linha reta, os agentes encontraram um complexo hoteleiro em funcionamento com dois hotéis flutuantes, doze canoas de pesca, dez quartos flutuantes, além de estrutura de alojamento para funcionários, armazém de alimentos, depósito de combustíveis e geradores de energia.

A empresa Amazon Fishing Adventure, de propriedade do norte americano Donald Cutter, iria dar início na manha desse sábado, dia 15, em um torneio internacional de pesca de tucunaré sem autorização do governo brasileiro. Junto com a empresa de Cutter, a polícia Federal e o IBAMA autuaram as empresas Brasil Pousadas e De Guedes por participar o crime ambiental. O empresário chegou ao local num pequeno avião poucos minutos depois da chegada da operação e foi indiciado por entrar e por causar danos em Unidade de Conservação e por fazer funcionar atividades empresarias sem licenciamento ambiental. Além da multa e do indiciamento criminal, os infratores tiveram ainda toda a estrutura apreendida e as atividades embargadas, ficando proibido exercer qualquer tipo de pesca por pessoas que não sejam moradores da reserva.

Depois de alguns comentários ele postou esse segundo tópicos sobre o episódio.

Amigos,

Como citamos na msg anterior, nosso objetivo em abordar este tema foi somente esclarecer os fatos e deixar claro nossa indignação com o que ocorreu com nossos amigos que freqüentam o fórum e com os pescadores de boa fé, de um modo geral.

E claro q não iríamos lidar com um tema tão delicado, baseados apenas em reportagens de jornais.

Para expor tais fatos, entramos em contato telefônico com o Sr. Marcelo Dutra, analista ambiental do IBAMA de Manaus, o qual esteve envolvido na operação que culminou com o cancelamento do evento. Ele nos disse que as informações sobre o torneio foram levantadas em março último, através de fontes do próprio órgão. E como perceberam que o evento seria realizado em área de proteção ambiental, procuraram contato com os organizadores, fato que foi levado a efeito através do advogado dos organizadores, o qual alertaram sobre as irregularidades.

Ocorre que nem o advogado nem qualquer outro representante do evento voltou a contatar o IBAMA, de modo que os mesmos resolveram assumir por conta e risco a realização de um evento que já tinha sido declarado como ilegal.

Por fim, o IBAMA resolveu agir, e no decorrer da operação Anavilhanas, estiveram no local, onde comprovaram inúmera irregularidade, entre as quais, falta de autorização para operar na área, falta de licença ambiental, falta de empresa instituída, entre outras.

Segundo a mesma fonte, há ainda outras questões que estão sendo investigadas pela Polícia Federal e que envolve a invasão e abertura por estrangeiros de negócios ilegais em território nacional, e por conseguinte, da sonegação de impostos, evasão de divisas e outros crimes.

O Sr. Marcelo Dutra também nos disse que os empreendimentos que existem dentro do rio Unini foram embargados, e como foram construídos ou edificados em local proibido, serão demolidos.

E com o exposto acima, a adminstração TUCUNAZUL encerra sua particiapação neste episódio, já que nossa intenção é apenas informar.

Bem...de certa forma eu acertei na bucha...kkk...

Uma pena para os nossos competidores...Torço para q tudo seja resolvido da melhor maneira possível.

Com essa "batida" da PF nos acampamentos do Unini a coisa ficará melhor para nós brasileiros, q poderemos, agora, entrar no sorteio para acesso a cabeceira do rio....antes, apenas esses acampamentos subiam pra lá.

Torço também para q os nossos órgãos fiscalizadores atuem realmente na região. Existem tantas irregularidades lá pra cima q vcs não tem idéia.

Acho q devemos aproveitar esse momento e fazer valer os nossos direitos.

Esse ano estarei levando equipamento de áudio-vídeo lá pra cima...Quero forçar a entrada em todos aqueles rios...e filmar toda essa sacanagem de cobrança de propinas pelas comunidades ribeirinhas.

Depois de denunciados eles não se agitarão muito...mas tenho certeza q as prefeituras dos municípios em questão...ficarão de orelha em pé...Já q eles são obrigados a garantir o cumprimento da lei sob pena de prevaricação...hhehee...

E vamos nos falando...

Abs.

Fabrício Biguá

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Meu amigo Fabrício,

"Cautela e desconfiança" são atributos sempre presentes nos que atingem uma idade de maior experiência... nada além disso !

Os fatos relatados terminaram mostrando que não é tudo assim como se imaginou, embora ( SEMPRE) onde há fumaça, sempre haverá fogo...

Precisamos ser cuidadosos e lembrar de escutar "o outro lado" da estória, por mais que não a desejamos ouví-la !

E vamo que vamo ! :wink:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...