Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Fábio Neves

Esta isca artificial salvou a minha pescaria!!!

Posts Recomendados

Acredito que uma grande missão dos fóruns de pesca esportiva é o compartilhamento de técnicas adequadas às diversas situações de pesca.

Gostaria de propor que cada pescador relate uma situação onde a maré não estava para peixe e uma mudança técnica salvou a pescaria. Pode ser uma isca, uma cor especial ou a forma de trabalho. Este tipo de informação não pode ser extraída das revistas especializadas ou de programas de pesca, por motivos comerciais óbvios.

Quanto mais detalhado melhor. Provavelmente poderemos aproveitar as experiências bem sucedidas nas nossas pescarias futuras.

Vou começar a série de contribuições.

Local: Represa de Serra da Mesa nas proximidades da Serra Negra.

Época: junho de 2008

Condição de pesca: represa ainda cheia, porém com água límpida. Clima frio à noite, quente e seco durante o dia. Poucos ventos e céu limpo.

Comportamento do peixe: peixe arisco, muitas vezes perseguindo as iscas de superfície porém não atacando com vontade. Tentei durante dois dias utilizar iscas de superfície (Trairão, Firestick e Dr. Spook Jr.) e de subsuperfície (Biruta 90 e TanTan) sem sucesso, mesmo variando as cores e a forma de trabalho. Pescamos em braços da represa, estrutura de pedras, ilhas submersas e espraiados, porém sem ações dignas dos grandes azulões de Serra da Mesa. O parceiro já estava desanimado e pensando em ir embora e dar uma passadinha em Caldas Novas. Comecei a apelar para as iscas de meia água com ação flutuante e o resultado continuava terrível.

Resolvi experimentar uma 3D Minnow de 10 cm, cor prateada e ação suspending na proximidade de umas ilhas pequenas no meio do lago e a maré virou. Em pouco mais de meia hora tive várias ações e consegui retirar uns tucuninhas médios (entre 2 e 2,5 kg), mas que naquela situação eram gigantes para mim. O interessante é que o colega de barco estava com uma isca da mesma cor, porém com ação flutuante e não entrou nada na isca dele. Poderia concluir que nesta situação as iscas suspending são melhores que as floating porque o peixe estava fundo e pegando na paradinha, e quando paramos a isca floating ela fica mais superficial e o peixe desiste. Mas este raciocínio não é válido porque o pescador que estava utilizando a isca floating era o Lori que é muito pé frio.

::evil:: ::evil:: ::evil::

Segue imagem da pegadeira, da estrutura e dos peixinhos.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Excelente iniciativa Fabão, sendo q esse tópico futuramente ficará arquivado nos Registros Internos do nosso fórum para sempre ser consultado.

Deixa eu dar minha participação.

Local: Serra da Mesa - Jan 2007 - Serra Negra

Condição de Pesca: Temperatura do ar e da água super quentes, clima seco, e água da represa extremamente clara.

Comportamento do Peixe: Como a água estava super limpa (num vi tão limpa assim) Era difícil um peixe sair lá debaixo, e subir para atacar alguma coisa...hehee...

Três dias inteiros pescando e os poucos bocudos q saíram foram na Aille Magnet System de meia água (branca/verde limão)...Superfície nem pensar...

No último dia de pescaria meu irmão estava com o dedo atolado, e estávamos pescando próximo a pousada, quando ele se rendeu e disse q poderíamos "puxar o barco"...Era umas 19h da noite/tarde (horário de verão), quando eu dei uma animada geral na turma e disse q só iríamos depois q o sol se pôsse.

Peguei uma Hélice Jr cor osso, na intenção de chamar os peixes lá de baixo, para q meu irmão e meu pai pudessem ferrá-los....e com 5 arremessos um bom peixe deu uma porrada lindíssima na minha isca...

Imagem Postada

Soltei o peixe e continuei trabalhando minha hélice até q mais outra porrada levantou a isca.....só q o peixe não ferrou.... babei::

Meu irmão resolveu passar tb para a mesma isca...e o show de porradas nos próximos 15 minutos ficou marcado como um dos melhores de todas as pescarias q já fizemos na SM.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Até dublê saiu..

Imagem Postada

Pitanta, tb.

Imagem Postada

Quem quiser ler o relato, aqui vai o link

http://www.turmadobigua.com.br/turmadobigua/forum/viewtopic.php?f=4&t=207

E aqui a foto da salvadora.

Imagem Postada

wink

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fabio , gostei do topico e realmente concordo com vc q tem coisas q nao se aprende em revistas nem em programas de pesca ....

Para te falar a verdade sou o fã numero 1 dessas iscas.

e tenho elas em dois tamanhos, 7cm - 7g e 10 cm - 10 g

e varias cores:

Prata dorso verde limao

Prata dorso verde oliva

branca cabeça vermelha

Laranja

e Transparente

O unico problema que acho no modelo de 7cm sao as garateias que sao fracas, sempre troco por umas melhores , essa mesmo dei uma turbinada , colocando a garateia do meio na cor vermelha ..

esta ai o resultado :

3D minnow 10 cm cor prateada dorso verde limao (serra da mesa)

Imagem Postada

3D minnow 7 cm cor prateada dorso verde limao (corumba 4)

Imagem Postada

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Interessante fabio.

Belo topico, realmente pescaria é uma caixinha de surpresas.

Por isso q sempre digo, temos q tentar de tudo, trocar isca, cor, tamanho e trabalho.

Uma hora a gente acerta, nem q seja aos 45:00 do segundo tempo.

Bração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tópico muito interessante Fábio!!!

Agora... Citar uma isca específica seria difícil!!! Tudo muda de pescaria para pescaria!!!

A que resolve em uma pescaria não surti mesmo resultado em outra!!!

Conhecer o trabalho de uma ou de outra isca, ter variedade de cores, etc!!! Mas quando o peixe não quer vir na sua isca, outro pescador c/ o mesmo material pode ter muito mais sorte e engatar todos os peixes possíveis!!!

Aí o que dizer???

Coisas de pescaria!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fábio,

Alguns dos pescadores que conheço, não abrem mão da eficiência das "suspending", embora pessoalmente prefira as "floatings", até por uma questão delas boiarem no caso de eventual perda ( já entrando na linha da "casquinhagem"... ). O principal argumento apresentado pelos que usam essas iscas "suspending" ( que ficam "em suspensão", ou seja, não afundam - "countdown" ou sobem para a superfície - "floating" ), é exatamente essa questão da "paradinha", quando as iscas param de ser tracionadas !

Um bom exemplo disso - caso ainda não tenham percebido - são as X-Rap da Rapala, que fazem o trabalho sem contudo mudar a profundidade em que estão, sendo - talvez por isso - a razão de sua eficácia quando usando-as na "meia-água" ! Outro ponto que também já observei, é que essas iscas "suspending", quando têm a garatéia traseira com um "penacho", ficam ainda mais atrativas, pois esses "acessórios" quando puxados "na manha" ( aos toques ), fazem um movimento praticamente irresistível para os predadores !

Agora, o melhor mesmo foi essa "alcunha" do Lori ser pé-frio ! smile:: lingua::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mandou bem dotô.

Realmente interessante o tema.

Eu não me lembro particularmente de uma isca que salvou a pescaria. Particularmente quando a pescaria está com fraco resultado, eu pego a melhor isca, guardo... e bebo até a hora de ir embora, heheheheheh...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Otima iniciativa Fabio, soh espero que nao ocorra isso semana que vem ehehehhe

LOCAL: Rio Urubaxi - AM

ÉPOCA: Outubro 2007

CONDIÇÃO DE PESCA: Rio cheio com Repiquete

COMPORTAMENTO DO PEIXE: PEixe manhoso, bem lento, chegava a acompanhar a isca ate o barco e sumia.

Eram 8 dias de pesca e nos ultimos 3 dias eu havia ganho uma isca do Flavinho e o memo perguntou se eu havia esprimentado a isca, foi tiro e queda, os 3 ultimos dias ela não saiu do snap e foi a salvação, tanto que os amigos dobarco ficaramlouco coma isca e apelidaram ela de Clodovil.

A isca é da Storm modelo Thundermac, acho que ja saiu de linha pois nunca vi em lugar nenhum a venda,mas ela eh uma Joao Pepino maiorzona.

Trabalho rapido com recolhimento lento.

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Local: Rio Paraná, Passo de La Patria, Argentina.

Época: Abril 2008

Após 3 dias de pesca, fisgando "apenas" dourados e piaparas, falei ao piloteiro "será que a gorja do surubi voltará ao Brasil". Mal acabei de falar minha carretilha cantou bonito, em seguida a dele tb. O meu 14 kg e o dele 11 kg. Cumpri o prometido ali mesmo, antes das fotos e soltar o provavel casal. Não quero tirar a seriedade deste tópico, mas ocorre fatos em pescarias além de nossa compreenção.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Estou com o Xande! Em minhas pescarias, costumo iniciar batendo as iscas que já conheço o resultado, tipo jumping minow, DR.Spock jr., fire stick, stick nakamura, skiter walk... wink

Se a coisa estiver ruim na superfície, parto para meia água, usando principalmente Marine sports, INNA, KIZU, Maria... morto::

Se a cois estiver preta com os plugs de meia água, parto para colheres e spiners... blink::

Se ainda não acertei a mão parto para o fundo com jigs e jumping jigs... lingua::

Se no fundo não deu certo com as artificiais parto para linguiçar com piabas... oloko::

Se não deu certo ainda eu tomo um litro de pinga e vou assar uma carne ou peixe... uhrm::

Durante esse circuito, às vezes eu acerto alguns hehehehehe ::evil::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Max Gaúcho, vc não entra nesse situação que essa isca salvou sua pescaria, pois, vc só usa ela ...então não vale...heheheheheheh

Lá vai a minha!

Local: Rio Negro - AM.

Época: Fev de 2008

Condição de pesca: Afluentes cheios, negrão seco, porém, peixes manhosos, vimos vários casais em alguns lagos, e nem olhavam pras iscas.... usamos de tudo, e nada...!!!

Até que aloprei geral, peguei a nikita da aicás e realmente salvou a minha pescaria, nesse dia, apenas eu consegui pegar peixe... ao ponto de ficar com dó do meu companheiro de pesca e emprestar essa minha única isca pra ele pegar peixe tb pra ficar feliz no dia... só que ele não quiz.

Além dos tucunas, peguei duas cacharas com ela, uma de 2,5 kg e uma de 9 kg...proporcionando uma briga com a danada fantástica....!!!

Imagem Postada

Imagem Postada

Imagem Postada

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nota 10 para este tópico, utilitário para as horas a toa ficar lendo e imaginando a cena.

Depois coloco o relato do Araguaia a salvação da pescaria foram as iscas artificiais, isso pq era um mito afirmar que isca artificial no Araguaia não pegava nada!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Show d isquinha hein .... bonita demais !! qual a marca ?

Abraco, e belo tucuna !!

Felipe,

Esta isca é da Yo-Zuri e chama-se 3D minnow. É facilmente encontrada em lojas de pesca, custando entre 20 e 25 reais.

[ ]'s

Fábio

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Grande Fábio,

Alguns dos pescadores que conheço, não abrem mão da eficiência das "suspending", embora pessoalmente prefira as "floatings", até por uma questão delas boiarem no caso de eventual perda ( já entrando na linha da "casquinhagem"... ). O principal argumento apresentado pelos que usam essas iscas "suspending" ( que ficam "em suspensão", ou seja, não afundam - "countdown" ou sobem para a superfície - "floating" ), é exatamente essa questão da "paradinha", quando as iscas param de ser tracionadas !

Um bom exemplo disso - caso ainda não tenham percebido - são as X-Rap da Rapala, que fazem o trabalho sem contudo mudar a profundidade em que estão, sendo - talvez por isso - a razão de sua eficácia quando usando-as na "meia-água" ! Outro ponto que também já observei, é que essas iscas "suspending", quando têm a garatéia traseira com um "penacho", ficam ainda mais atrativas, pois esses "acessórios" quando puxados "na manha" ( aos toques ), fazem um movimento praticamente irresistível para os predadores !

Agora, o melhor mesmo foi essa "alcunha" do Lori ser pé-frio ! smile:: lingua::

Mandou bem, Mestre KID!!!

Só complementando o assunto sobre a flutuabilidade das iscas. O grande problema das iscas "suspending" é que elas não aceitam adaptações. A densidade destas iscas deve ser igual a d'água e uma simples troca de garatéia ou acabamentos personalizados podem fazer a isca boiar ou afundar. A dificuldade está no fato das garatéias originais serem fracas, não suportando a força dos nossos peixes.

Uma isca "countdown" que tenho gostado muito é a Coringa da Aicas. Ela tem barbela, mas pode ser considerada um "Tubejig" por ter boa parte da estrutura metálica. O trabalho é fantátistico e praticamente não há erro na captura pois ela é curta e tem garatéias reforçadas. Quem não conhece deve ter na caixa pelo menos uma, para os dias onde o bichão está afundado.

Imagem Postada

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lá vai a minha!

Local: Rio Negro - AM.

Época: Fev de 2008

Condição de pesca: Afluentes cheios, negrão seco, porém, peixes manhosos, vimos vários casais em alguns lagos, e nem olhavam pras iscas.... usamos de tudo, e nada...!!!

Até que aloprei geral, peguei a nikita da aicás e realmente salvou a minha pescaria, nesse dia, apenas eu consegui pegar peixe... ao ponto de ficar com dó do meu companheiro de pesca e emprestar essa minha única isca pra ele pegar peixe tb pra ficar feliz no dia... só que ele não quiz.

Além dos tucunas, peguei duas cacharas com ela, uma de 2,5 kg e uma de 9 kg...proporcionando uma briga com a danada fantástica....!!!

Imagem Postada

Abração

Putz Marquinhos!!!

Eu já levei esta isca (idêntica a sua) duas vezes para Barcelos e ela nunca saiu da caixa. Da próxima vez ela vai trabalhar.

Valeu pela dica.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bem moçada, a isca que salvou a pescaria ao menos na parte da manhã tem um sabor especial pelo fato de ter escutado durante horas que no Araguaia isca artificial era coisa para Mané.

Chegamos em Luiz Alves e partimos rumo a barra do Cristalino, paramos em uma praia para almoçar e fazer um churrasco. Nesta época ainda não usava iscas artificiais e era um ?piabêro? de marca maior. Sem querer comprei em Brasília uma isca indicada pelo meu visinho que pescava no Lago Paranoá e trazia alguns Tucunas, tal isca ele chamava de ?piabinha?, fui na feira e comprei, tentei os Tucunas no lago e nada e larguei a isquinha na caixa. No Araguaia me deu na telha de usar ela, pois ninguém pegava nada naquela praia do almoço então tentei a sorte. Usando um molinete pois na época carretilha era mal vista aos meus olhos e uma linha 0,30 fiquei arremessando e recolhendo e vendo que a isca tinha um nado muito bom, do nada um tranco na linha e aquela corrida gostosa, um salto, mesmo que baixo mas o suficiente para o coração bater mais rápido e veio a primeira cachorrinha

Ai a rapaziada que falava que os peixes do Araguaia eram ?veacos? d + para caria na lábia de uma isca de plástico morderam a língua.

Imagem Postada

A isca:

Agora este ano fiquei curioso e pelo fato de utilizar mais iscas artificiais e também passando a conhecer fiquei curioso sobre a minha primeira isca e fui ver qual era, como não tinha mais a caixa da isca procurei ate que encontrei na barbela a marca e o modelo.

C11 Wee Shad ? Contton Cordel

Imagem Postada

Esta é a isquinha, a primeira que comprei isso quando tinha 14 anos e esta mostrou aos pescadores ?quadrados? do Araguaia que os peixes de la pegam sim uma artificial.

Vou ate comprar + umas deste fabricante!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu já tive vários momentos em que uma isca salvou minha pescaria.

Um vez na Serra da Mesa e duas em Corumba IV.

Na Serra da Mesa a salva vidas foi uma Eco Stick da aicas. Pegeui um azulão de quase 3 kg

E em Corumba IV, em duas oportunidades, uma Biruta 90 salvou minha pescaria.

E em Corumba IV tb, uma x-rap 10 Glass ghost salvou tb.

Portanto já tieve 3 iscas salva pescaria!

Ecostick, Biruta 90 e X-rap 10

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vam os lá. Gostei do relato. Vou citar minha experiência:

Serra da Mesa, mês de abril, tudo ruim. Lá pelas 5 da tarde, resolví usar uma meia água, já que nada dava certo. Em 30 minutos embarcamos 4 tucunas, na faixa de 3,5kg. Depois eu descubro o nome da bichinha.

Segunda experiência: Serra da mesa, 14, 15, 16 e 17 de julho de 2008, Pousada do Indaía. Ventania infernal, sem condições de navegar, dois dias batendo de tudo e nada. Apelação extrema: fui pescar de fundo, com isca viva, 5 km da pousada. Escolhí um lugar, o piloteiro foi contra, eu insistí. Resultado: 21 Tucunas só na parte da manhã. No outro dia nada.

Eu, particularmente, não vou pescar sem levar meia dúzia de Jigs. Normalmente eles salvam qualquer pescaria.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Vam os lá. Gostei do relato. Vou citar minha experiência:

Serra da Mesa, mês de abril, tudo ruim. Lá pelas 5 da tarde, resolví usar uma meia água, já que nada dava certo. Em 30 minutos embarcamos 4 tucunas, na faixa de 3,5kg. Depois eu descubro o nome da bichinha.

Segunda experiência: Serra da mesa, 14, 15, 16 e 17 de agosto de 2008, Pousada do Indaía. Ventania infernal, sem condições de navegar, dois dias batendo de tudo e nada. Apelação extrema: fui pescar de fundo, com isca viva, 5 km da pousada. Escolhí um lugar pousada. Escolhí um lugar, o piloteiro foi contra, eu insistí. Resultado: 21 Tucunas só na parte da manhã. No outro dia nada.

Eu, particularmente, não vou pescar sem levar meia dúzia de Jigs. Normalmente eles salvam qualquer pescaria.

OHHH seu João, não pode esquecer meia duzía de Jig, e caso não funcione. 4 duzias de Lamblure huahuahuahuahu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sr. João Biguá,

Acho que o senhor deveria acordar e parar de sonhar com a pescaria que ainda vai fazer.

14 a 17 de Agosto de 2008... ainda falta uma semana. rsrsrsrsrsrs

(brincadeirinha)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  

×