Ir para conteúdo

O FTB foi atualizado e otimizado.

Antes, para visualizar todas as nossas salas, era preciso descer a barra de rolagem por muito tempo. Isto dificultava a nossa vida, principalmente a dos novos usuários, que não encontravam as salas/assuntos de interesse.

Agora as salas foram transformadas em "sub salas" e incluídas em grandes fóruns.

Esperamos que tenham gostado. :amigo:

ThiagoRossi

"Pescadores" profissionais...

Posts Recomendados

Boa tarde !

Assisti hoje de manhã no Globo Rural um reportagem sobre o atraso no pagamento do Seguro Defeso dos pescadores de Porto Velho.

O que chamou a atenção foram as partes do vídeo onde aparecem as caixas de tucunarés abatidos sendo preparados para a comercialização.

 

Vejam no link: http://g1.globo.com/economia/agronegocios/noticia/2014/07/pescadores-de-ro-reclamam-de-atraso-no-pagamento-de-seguro.html

 

Sei que isso já foi debatido muitas vezes aqui... mas nada me tira da cabeça que, senão o pior, um dos grandes responsáveis pela situação precária dos estoques de pescado hoje em dia são os "pescadores" profissionais. Claro, trata-se apenas a minha forma de enxergar as coisas.

 

Abraço.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É chover no molhado.

Infelizmente continuará assim, pois a legislação entende que o peixe é um BEM a ser explorado da natureza, assim como jazidas minerais.

Enquanto não mudar essa filosofia extrativista enraizada desde o nascimento do nosso país, nada mudará.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom nesse topico eu falo justamente que o que destroi os rios nao sao os pescadores amadores ou de final de semana como nós.... pode conferir : http://www.turmadobigua.com.br/forum/topic/33742-olhem-a-ignor%C3%A2ncia-destes-pescadores/

 

ribeirinho, pescador profissional... etc pra mim poderia tudo ir se aquecer no andar debaixo.

 

Sem contar algumas coisas, pesca nada mais é que CAÇA só que de um jeito diferente. Então no brasil temos proibicao de caça, mas pescadores profissionais? Sério mesmo? hehehe

 

Já viu fazelado? Na grande maioria delas, a fazela tem luz e esgoto encanado de um jeito ou de outro. Favelado podemos genericamente dizer que são marginais que vivem a parte da cidade e com baixissima ou nenhuma renda familiar ok? Ribeirinho o que é? Nao é gente que vive a margem da sociedade só que nos rios? Nao tem baixissima ou nenhuma renda familiar? Entao pq ribeirinho pode pescar de td q eh jeito, jogar esgoto no rio, lavar coisas no rio etc? é dificil pra eles? CLAROOO  q eh! Mas tb eh dificil pra muita gente meu amigo.

 

se olharmos a maxima que seu direito acaba onde comeca o do outro. Ribeirinho ou pescador profissional nao poderia existir, pois eles acabam com o peixe do pescador amador que tem tanto ou mais direito que os primeiros em curtir a natureza e pescar.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É chover no molhado.

Infelizmente continuará assim, pois a legislação entende que o peixe é um BEM a ser explorado da natureza, assim como jazidas minerais.

Enquanto não mudar essa filosofia extrativista enraizada desde o nascimento do nosso país, nada mudará.

2x.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa Tarde aos amigos, assunto controverso, inicia-se um tema e vai-se logo a outros

referente ao topico inicial:

Defeso novembro a março - (os pescados são atuais, não da epoca do defeso), intenção do defeso - repovoamento dos rios, permanecendo o direito a extração do pescado fora desta epoca

primeira parcela Abril - atraso de tres meses - provavelmente inicio de pagamento a partir de algum dia "a ver data de deposito, ja esta prometido"; me imagino aqui em casa, tres meses sem receber um valor que ja estava destinado a contas pendentes (haja vista que fiquei sem exercer minha atividade - pesca - no periodo do defeso, no entanto mantive minhas despesas)

- lembro eu que nas ultimas vezes que estive em Manaus/Barcelos/SIRN, e se la estivesse hoje, provavelmente em minha refeição (em algum momento), apareceria um pescado (tucunare, pacu, pintado, pirarucu,pirarara, piraiba ...)- aqui em São Paulo muda o pescado (Salmão, linguado, atum, pescada, Marisqueira, ...; outros frutos do mar - camarão, lula, ...) - de algum lugar vem este pescado (logico, poderia vir de fazendas de peixe - há aqui muitos destes - pacu, tilapia, pintado, ...)

- ainda mais, fazendo um analogo - vendo lapis por que alguem compra lapis (a culpa é de quem vende, de quem compra, de quem.....)

====

bem sobre o topico é isso; sobre direitos aos desfavorecidos, isso é antropologia, sociologia, outras "ias"  que não seria possivel discorrer em poucas linhas, além de fugir do topico inicial

abraço, e a temporada começa em 2 a 4 semanas, e com certeza estarei comendo alguns peixes em Manaus e em Barcelos (incluindo alguns pescados por mim outros por amigos do grupo de pesca e provavelmente outros por algum/alguns  pescadores profissionais)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Aqui no fórum já houve uma matéria falando disso:

Pescadores Profissionais aproveitadores - A casa caiu.
Criado por Fabrício BiguáAbr 27 2011 21:47- Não é novidade que o problema em nosso País, não é somente a corrupção e sim a impunidade. Fica difícil senão impossível fiscalizar o meio ambienta, por nossa extensão territorial, bem como, o número insuficientes de fiscais, fiscalização, etc.  Quem frequenta as praias paranaense em especial Guaratuba na temporada, indo comprar  pescados e frutos do mar no mercadinho do peixe na praia central, vai observar que boa parte dos pescadores estão nos barzinho próximos, tomando uma cervejinha, uma pinguinha, enfim "festando". Poucos deles estão preocupados em guardar algum dinheiro para quando a temporada acabar e garantir o sustento da família, mesmo porque, existe o seguro defeso, sem falar no conluio com algum político local, que dá um "jeitinho" de favorecer inclusive aqueles moradores que nem sequer pescaram um dia na vida. Más este não é o único problema, não raro, pode ser visto aqueles que realmente pescam, usando redes sem respeitar a distância determinada por lei, afinal, a fiscalização também e ineficiente. Tente pescar na praia fora da temporada,. Você fica horas lavando a isca, pois, as redes de arrasto para camarão, acabam com tudo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

 

 

Astra-Taranis

Membro Participante

  • photo-thumb-10473.jpg?_r=1404225835
  • Membro
  • bullet_black.pngbullet_black.png
  • 196 posts
    • Tempo Online: 12d 15m
  • LocalizaçãoRibeirão Preto - SP

Postado 22/07/2014 - 13:37

Bom nesse topico eu falo justamente que o que destroi os rios nao sao os pescadores amadores ou de final de semana como nós.... pode conferir : http://www.turmadobi...es-pescadores/

 

ribeirinho, pescador profissional... etc pra mim poderia tudo ir se aquecer no andar debaixo.

 

Sem contar algumas coisas, pesca nada mais é que CAÇA só que de um jeito diferente. Então no brasil temos proibicao de caça, mas pescadores profissionais? Sério mesmo? hehehe

 

Já viu fazelado? Na grande maioria delas, a fazela tem luz e esgoto encanado de um jeito ou de outro. Favelado podemos genericamente dizer que são marginais que vivem a parte da cidade e com baixissima ou nenhuma renda familiar ok? Ribeirinho o que é? Nao é gente que vive a margem da sociedade só que nos rios? Nao tem baixissima ou nenhuma renda familiar? Entao pq ribeirinho pode pescar de td q eh jeito, jogar esgoto no rio, lavar coisas no rio etc? é dificil pra eles? CLAROOO  q eh! Mas tb eh dificil pra muita gente meu amigo.

 

se olharmos a maxima que seu direito acaba onde comeca o do outro. Ribeirinho ou pescador profissional nao poderia existir, pois eles acabam com o peixe do pescador amador que tem tanto ou mais direito que os primeiros em curtir a natureza e pescar.

   Nossa...eu nunca li tanta besteira e falta de senso comum, humanismo e respeito pelo próximo em tão poucas linhas....

É muito fácil criticarmos o  ribeirinho q arma rede, pesca indiscriminadamente mata a natureza pra sustentar a familia....quando temos bons lares, comida na mesa, gastamos R$6000 em aventuras de pesca etc.

Mas afinal de contas ta ruim pra todo mundo...".então se eu ralei pra ter alguma coisa, ou herdei algo e tenho uma vida um pouco melhor...que se dane todo mundo q ta pior..."

É por esse pensamento de alguns como o citado acima, dos politicos e da maioria das pessoas...é que o ribeirinho (marginal de acordo com nosso amigo) esta lá destruindo a natureza...

Se houvesse uma politica forte de  tanques de criação, educação para os locais , infra estrutura para que todos pudessem ter uma situação digna...pode ter certesa que não haveria a depredação...E todos poderiam gozar de condições melhores...tanto quem viaja para curtir a natureza, praticar a pesca..quanto pro ribeirinho, que teria uma vida mais digna..sem precisar vender o almoço pra comprar a janta...

Afinal de contas...nunca conheci um pescador profissional rico.

Resumindo...quando julgamos o que as pessoas fazem para sobreviver precisamos ter muito cuidado e bom senso pra entender a verdadeira realidade das pessoas.

Temos que parar com o conceito de que se um pode...qualquer um pode....Quando vemos a historia contada pelos jornais...do menino favelado que vira violinista de uma orchestra importante da europa....achamos que se um pode todos podem, que este garoto é esforçado e todos os outros são pessoas ruins....

É ISSO QUE ELES QUEREM QUE VOCÊ ACREDITE...Pq se todos pensarem assim, ELES não serão cobrados...ELES transferem a culpa de toda sua derrota, toda suas impossibilidades pra você....usando uma minoria como exemplo.

Não podemos ser minimalistas assim....A questão é social e politica. Pessoas simples não são ruins ou degradam a natureza por prazer.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Nessa, por enquanto, vou ficar na Moderação...  blink:: 

 

Comportem-se e lembrem-se que Pontos de Vista podem ser divergentes, mas jamais arrogantes ou prepotentes !  Naonao::

arrow:: Vamos tocar o assunto em frente (se quiserem) mas lembrando que acima de tudo vale mesmo o respeito ao que for escrito (mesmo discordando do mesmo) !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Kid nao precisa moderar nao... 

 

Patrick: entendo.. entao na sua opinião somos todos ricos, playboys pq gastamos sei la qtos mil em pescarias e nao podemos criticar? Nao vejo dessa forma, sinceramente. aliás faço as suas palavras exatamente as minhas no que tange a primeira linha do texto, sobre tudo que escreveu, mas toco o barco...

 

Vamos lá. Sou empresário, não gasto R$6 mil em pescaria , tenho outras prioridades familiares, mas se tivesse sobrando talvez iria. Sendo mais especifico, sou consultor empresarial, ou trocando em miudos: trabalho com empresas que precisam melhorar, estão indo pro caminho errado, novos projetos etc...

 

É muito comum eu me deparar com empresarios pedindo para criar "solucoes" e os mesmos se darem bem, quebrar a empresa pra sair com dinheiro, burlar o governo, burlar o colaborador, enfim todo tipo de falcatrua que nem vem ao caso comentar. Basicamente, pagam (e muito bem) para que eu faca isso.

 

MESMO ASSIM, eu nao faco, nao aceito, nao pego e me recuso a continuar trabalhos dessa forma. Logo não é por que esta disponível, que todos fazem, que nao tem problema, que é assim mesmo, e bla bla bla bla que eu vou fazer, diferente de centenas que fazem por aí (e sabem muito menos que eu ...).

 

Eu nao sou rico, to longe disso, pra ser sincero, desde dezembro eu parei com a consultoria justamente por que nao compartilhava desse tipo de atitude, mesmo PODENDO ficar rico, preferi ter dignidade e durmir tranquilo.

 

Portanto, nao venha com essa que nego faz por que nao tem outra opção, ou por que nao sabia, ou bla bla bla por que QUEM NAO QUER, NÃO FAZ.

 

Todo ribeirinho sabe muito bem que rede arrebenta, sabe MUITO melhor que eu ou voce o que deve  e o que nao deve ser feito. Se continua a fazer, é por que nao esta preocupado e olha apenas pro próprio umbigo.

 

Não é por que eu estou em situacao melhor ou pior que alguem que vou deixar de pensar nos meus atos. Em especial aqueles que pouca coisa que eu fizer prejudica e muito outras pessoas.

 

um bom exemplo disso, são os pescadores caiçaras do projeto TAMAR. Aquele das tartarugas. Antes eles pescavam e comiam indiscriminadamente as tartarugas, durante decadas fizeram isso, ate que elas quase foram extintas, aprenderam no projeto que preservar e nao comer nao iria deixa-los mais rico ou menos rico, hoje os pescadores são tão ou mais importante na preservação que os proprios cientistas.

 

Ribeirinho que pesca com rede, vende sem imposto na feira, faz uma matanca sem resultado nenhum apenas pro bolso dele, pra mim esse cara é sim um ser que destrói e nao retorna em nada, nem pra natureza, nem pra sociedade dele.

 

Ribeirinho que pesca consciente, faz parte de uma cooperativa , empresa, etc que tem suas obrigacoes, cota de pesca, paga imposto, retorna de alguma forma pra sociedade é bem diferente... 

 

Agora qtos % fazem isso na realidade? Nao tenho numeros, mas acredito que nao seja nem 1%...

 

Em suas primeiras linhas, vc diz que ribeirinho que pesca indiscriminadamente para sustentar a familia... PERA AE! A menos que o cara tenha 20 ou 30 filhos , nao precisa de mais de 2 ou 3 peixes por dia! ISso se comer peixe todo dia! Entao pra que sair pra pescar de rede e tirar centenas do rio todo dia? Isso nao é sustentar familia!

 

Sou o primeiro aqui no forum a afirmar: é pra comer? Vai alimentar gente? Entao tira da agua... sem problema... Agora é pra ganhar dinheiro (pouco dinheiro diga-se) ? É pra nutrir um mercado de peixe que cobra R$40/kilo do peixe sem ter gasto 1 real pra isso? Entao esse cara é um aproveitador NATO.

 

E trazendo para a realidade, basta ir em qqr rio do estado de SP nem precisa ir longe (lembrando que SP nao tem cultura de empresas de pescado), pra ver como os coitadinhos estao arrebentando o rio com as redes. E nunca agem sozinho, sempre em bando de 10 ou 20 deles...

 

Nao tem outra opcao? Vai ser piloteiro... Pedreiro... Pintor, vai catar latinha, vai ser jardineiro, vai ser o que for, mas nao vem destruir a natureza. Simples assim.

 

Eu preferi nao ser ladrão de colarinho, preferi nao lesar nenhum outro ser humano, e mesmo tendo outros tipos de trabalhos dentro do meu mercado, preferi sair e aguentar as pancadas ate arrumar outra coisa. Simples assim! Nao é por que o Fulano faz que outros tambem podem.

 

Mas de qqr forma, respeito a sua opinião, mesmo considerando equivocada. Pra mim, ribeirinho que pesca pra sustentar a familia é uma coisa pega la seus 2 ou 3 peixes no dia (normalmente esses pescam isso a cada 15 dias, pq criam galinhas, tem outras fontes de comida) é MUITO diferente de ribeirinho que sai num barco de 6 metros muntado numa motor de 40hp com centenas de metros de rede jogando dentro do rio... tem muita diferenca entre pescar pra sustentar a familia e pescar indiscriminadamente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cara, desculpe se fui rispido em algum momento...mas vamos lá...

não disse que quem gasta pra ter ou fazer algo esteja errado...Não acredito no conceito playboy....acho que quem tem possibilidade de realizar sonhos independente do dinheiro que se empreende nisso deve faze-lo....Mas nunca em detrimento dos outros ou pensando apenas em si próprio...

Independente do que você faz ou dos caminhos que você toma com relação a sua profissão ou no que você faz para manter-se e manter as pessoas que você quer bem...Acredito que de alguma forma você tem opção....Muitas pessoas não tem...

Quando você diz que ele poderia pescar dois ou tres peixes para comer....acredito que pessoas não vivem apenas de comer...pessoas precisam de remédios, utensílios e "n" coisas que demandam dinheiro.

Com relação ao projeto tamar, quando existe a iniciativa publica ou privada, que leva melhoria substancial a qualquer região..acredito que nenhum pescador é contra...mas todos sabemos que não é isso que acontece. Que projetos sustentáveis em regiões ribeirinhas são muito poucos e muitas vezes ineficazes...Haja vista a matéria que foi o inicio do post...Aonde os pescadores estão a meses com a ajuda que lhes permite não pescar na época de defeso atrasado.

Eu já pensei como você, eu tbem já pensei que se vc se esforçar pra caramba vai conseguir tudo que quer...mas hj vejo que não é bem assim...muitas pessoas não tem o básico, a oportunidade não sorri para todos. É dificil estudar e ir bem nas aula sabendo que vc não vai ter o que jantar...É díficil vc pensar em preservar algo que tras a vc o sustento.

Sou completamente contra desmatamento e a matança indiscriminada dos peixes de nossos rios....Mas não acredito ter o direito de culpar e crucificar o ribeirinho por isso...Culpo o governo que não leva desenvolvimento, que não leva condições para que o ribeirinho não precise fazer isso.

Vou te falar o que me fez pensar assim.....

Estive  pescando tucunarés pela primeira vez esse ano...e em alguns pontos que tentamos haviam redes armadas....a primeira reação de todos pescadores esportivos e amantes da natureza é a revolta a indignação....e desabafei ao piloteiro a minha revolta....Ele prontamente me respondeu.."O grande problema é que o governo não fomenta a criação de tanques para que os pescadores profissionais não precisem fazer isso, nem incentivam a profissionalização da pesca para que assim eles tenham um registro na carteira que lhes deem o direito de receber o auxilio de defeso...Eu era pescador de rede, felizmente tive a oportunidade de virar piloteiro, mas para maioria isso não acontece...sem contar que eu como piloteiro dependo de temporadas e fora da temporada preciso trabalhar de outras coisas...

Então fiquei em silencio e pensei comigo...Um cara que estudou até a quarta série do primário pensa dessa forma...como eu que estudei minha vida toda, fiz 5 anos de graduação não consegui pensar isso....Pq muitas vezes estamos preocupados apenas com o nosso prazer, a felicidade na maioria das vezes é egoísta...e conclui meu pensamento.

Que direito tenho eu de criticar o pescador de rede, não tenho q odiar ele, nem achar que ele é marginal....tenho que odiar quem não leva a infra estrutura necessária para que ele não precise fazer isso.

Ele esta lá todos os dias...eu vou lá algumas poucas vezes me divertir.

Gostaria de deixar bem claro que sou totalmente contra a degradação do meio ambiente, mas sou mais contra ainda o julgamento generalizado de pessoas com menos opções e recursos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Não quero polemizar mais, só fazer um adendo.

 

Quem disse que os pescadores profissionais dependem de pescado pra viver ?

A maioria tá bem instalado nas cidades, muitos só são sindicalizados pra receber essa bolsa defeso! Tanto que o MPA teve que cruzar os dados com  Ministério do trabalho pra barrar as fraudes.

 

Muitos deles trabalham em outras profissões, convenientementes sem carteira assinada, pra continuar recebendo a bolsa defeso e outras mais.

E pra eles é fácil. Moram do lado do rio, trabalham até as 17:00, antes de anoitecer já estão rio no armando rede. É assim que acontece!

Não tem coitadinho nessa turma. 

 

Sei de uma cooperativa que recebeu DE GRAÇA, verba, equipamentos e projeto do governo pra criação de peixes em gaiolas. Vários pescadores profissionais se inscreveram no projeto, cada um com sua cota. Hoje quase todos já abandonaram. Por que? Porque tinha que IR TODO DIA tratar dos peixes, faça chuva, faça sol.

Falou em COMPROMISSO E PROFISSIONALISMO; não é com eles. 

Jogar rede na água, quando quer, é mais fácil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Caro Rodrigo,

respeito a opinião de todos, assim como acredito que toda discussão é saudável. Resolvemos os problemas quando debatemos e não empurramos os problemas para debaixo do tapete.

Porem acredito que não podemos generalizar. Quando leio:

 

ribeirinho, pescador profissional... etc pra mim poderia tudo ir se aquecer no andar debaixo.

 

Sem contar algumas coisas, pesca nada mais é que CAÇA só que de um jeito diferente. Então no brasil temos proibicao de caça, mas pescadores profissionais? Sério mesmo? hehehe

 

 

Me soa muito pejorativo

Quando leio...

 

 

Já viu fazelado? Na grande maioria delas, a fazela tem luz e esgoto encanado de um jeito ou de outro. Favelado podemos genericamente dizer que são marginais que vivem a parte da cidade e com baixissima ou nenhuma renda familiar ok? Ribeirinho o que é? Nao é gente que vive a margem da sociedade só que nos rios? Nao tem baixissima ou nenhuma renda familiar? Entao pq ribeirinho pode pescar de td q eh jeito, jogar esgoto no rio, lavar coisas no rio etc? é dificil pra eles? CLAROOO  q eh! Mas tb eh dificil pra muita gente meu amigo.

Me soa muito preconceituoso....me faz parecer que o cara é favelado pq quer...pq gosta.....

Eu sei que pode ter sido um comentário equivocado, no calor da emoção e que o amigo citado pode até não pensar assim de coração....que tudo que comentei desvirtua todo o intuito do forum....Mas faz parecer que o favelado é favelado pq quer....Não podemos generalizar....tenho conhecimento do que vc diz, existem pescadores profissionais que se aproveitam dos recursos sem merece-los, existem médicos que batem ponto em hospitais e vão para suas clinicas particulares...assim como existe gente ruim em todo canto...Mas não me sinto no direito de generaliza-los. 

Assim como não vejo um ribeirinho que trabalha fora até as cinco da tarde em um trabalho braçal devido a baixa escolaridade, chegar do trabalho pegar um barco, ir pro rio e armar uma rede...pq é mais fácil...ou pq ele gosta de destruir o meio ambiente....Infelizmente vivemos num pais de maioria miserável...maioria sem cultura e sem acesso...

Se em um pais justo,com mais igualdade, desenvolvimento, fiscalização, sustentabilidade, oportunidades....as pessoas tivessem atitudes predatórias em busca de enriquecimento eu seria o primeiro a critica-los....

Enfim, desculpem se desvirtuei o tópico o fórum...etc...Desculpem se fui rispido ou me excedi em algum momento...

Acredito que entramos num debate onde muitas opniões são diferentes e devem ser respeitadas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Prezados,

arrow:: De novo sem estar com o chapéu de Moderador !

 

Complicado quando a conversa sobe de nível e se tem argumentos aparentemente contraditórios, mas que no fundo acabam revelando algo muito próximo, que são "as causas" !

arrow:: Não há divergência nisso, se avaliarmos que o "grande culpado" desse estágio em que nos encontramos é exatamente a ausência de uma cultura adequada !

 

arrow:: Permitam-me exemplificar o que foi apontado pelo Patrick no dizer do piloteiro, como uma evidência natural para essa realidade ! Qual seria a alternativa daqueles ribeirinhos...

arrow:: Da mesma forma, o citado projeto TAMAR (das tartaruguinhas) revoluciona e emociona a todos que conhecem essa "nova realidade", e também ela parte do básico, que é uma alternativa para os nativos.

 

Não quero, nem vou me estender, contudo me pergunto se como CULTURA (ou Consciência Popular) apenas OUVÍSSEMOS os clamores populares, do povo, dos menos privilegiados, já estaríamos fazendo (ou construindo) ações a favor da melhoria e não apenas pontuando um e outro segmento prioritário na visão econômica do País ! Ambas as coisas são importantes, SEMPRE, mas temos a "nossa cultura" do desperdício, do "deixar pra lá", da "tirar vantagem" e não menos frequente, da corrupção e da impunidade dos fatos apurados ! Isso é o que verdadeiramente somos como "povo" !

Uns com maiores oportunidades que outros, uns pagando pelos outros, e acima de tudo, uma péssima exemplificação para as gerações futuras do que venha ser efetivamente a diferença do CERTO para o ERRADO !

 

Ainda nos mesmos exemplos abordados, será que a missão do Estado (seja ele Municipal, Estadual ou Federal) não seria buscar soluções efetivas que não as que temos habituado a presenciar, quase sempre carregadas de muito assistencialismo inconsequente... Por que não incrementar em grandes vertentes (a exemplo do que vem sendo feito com a indústria automobilística e o etanol) de alimentação de proteínas oriundas do pescado cultivado para essa finalidade, e não mais dos silvestres ? Quanto maior o volume, mais baratos os custos e maior a cadeia de ciclo virtuoso... Não é difícil a percepção de que tem um "trabalhinho de logística", mas só lembro que expandimos nosso sistema aviário (como exemplo) após uma quebra de paradigma de que era possível fazer proteína a um custo baixo... Peixe também !

 

No caso das "tartaruguinhas" (ou qualquer outro desses projetos conservacionistas), claro que existe a questão dos incentivos fiscais para atrair as empresas, e não vejo nada demais nisso, desde que esses recursos sejam devidamente aplicados no segmento pretendido ! O ganho maior contudo (além da própria preservação) é dar um sentido a muitas das vidas envolvidas no projeto, sejam elas das pessoas que trabalham (direta ou indiretamente), que usufruem, ou até mesmo que tomam conhecimento e passam a adotar - pela exemplificação - um novo patamar de consciência e cultura, tornando-se naturalmente um multiplicador desse processo, repassando-o em seus próprios termos a outras ações correlatas !

 

Temos uma longa estrada pela frente ! Temos inúmeras diversidades a serem ajustadas, mas acima de tudo, precisamos ter (e ainda não temos) um contingente de gente que QUEIRA (efetivamente) fazer a diferença, e mais que isso, fazer as mudanças que tanto desejamos (sempre no virtual lúdico) e precisamos para tornar esse nosso País melhor (ainda) do que é ! Depende de nós... (como diria Ivan Lins).  ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O problema no Brasil é que tem pouca gente querendo " fazer a diferença" como bem disse o KID, e muita gente não se importando com nada a não ser levar alguma vantagem.

 

Esse tópico me fez lembrar de um ocorrido:

Logo que instalei minha piscicultura tive que arcar com algumas "compensações" ambientais.

Fui no DPRN e Policia Florestal. Sugeri ao oficial que eu fizesse essa compensação através da liberação de juvenis de peixe no ambiente natural, e que isso serviria de incentivo à educação ambiental podendo contar com a presença de alunos. 

Bem .... a resposta não foi das mais agradáveis, algo como " Não inventa moda e plante as mudas".

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pois então pessoal, as "mudanças" se iniciam com atitude, mas principalmente pela propagação de exemplos !

 

Quando o Gérson ("canhotinha de ouro") fez o comercial do cigarro Vila Rica, jamais poderia imaginar que estivesse alterando o comportamento de milhões de pessoas !

A caricatura de "levar vantagem" idealizada para expressar o preço x "qualidade" da marca, extrapolou e se tornou um paradigma a ser seguido pelas pessoas, que passaram a "praticar" esse "conceito" em ações correlatas, e pior ainda, muito mais pelo lado da "vantagem" do que o da "qualidade"... Para um povo que já gostava de "dar um jeitinho em tudo", isso foi "sopa no mel"...  lingua2::

 

Claro que temos chance de virar essa história, mas nos faltam lideranças pragmáticas que nos estimulem ações e atos que os transformem em "nossos heróis" a serem seguidos...

Por onde andam os "Ayrton Senna" do nosso País ? Alguém tem dúvidas da força que esse iluminado transmitia ??  Falava-se "horrores" dele (até da sua sexualidade...), mas de forma incontestável, era uma pessoa respeitada e seguida por milhões de pessoas ao longo da vida ! Não precisa muito, basta se lembrar da comoção no seu enterro ! Mas o objetivo de citá-lo é mostrar a linha de exemplificação que nos dava (era um cara "do bem") e que ajudou a melhorar (e muito) a auto-estima da população brasileira. No esporte também conta, mesmo que não seja futebol. Foi um exemplo que sempre percorreu nossas casas nos dias de domingo e encheu de notícias (quase sempre positivas) as mídias da época ! Virou um "Mito" e conseguiu nos dar um rumo de decência e eficiência, mas se foi... Quem ocupou seu lugar ?  blink::

 

Retornamos sempre a questão básica dos valores, e mais que isso - e já me repetindo - dos exemplos ! Qual o primeiro exemplo que existe para alguém ? Os "retratos" do Pai e Mãe e consequentemente da Família ! Será que nesse nosso mundo atual de tantas "idas e vindas", deturpação do que seja uma família, isso ainda existe na necessidade básica para aculturamento dos novos rebentos ? Seja sincero...

O segundo grande exemplo na formação do caráter de um indivíduo está no exemplo escolar ! Como é o nível de comportamento e comprometimento desses "segundos pais" num momento em que o descaso com a educação chega a ser ridicularizada pelos próprios professores, e não sem motivos... Será que dá para mudar o conceito da exemplificação, quando já existe o conceito de "eu não cobro e você não reclama" ? Será que estou sendo muito rigoroso nesse posicionamento ?? Acho que não, e se fizerem um pequeno exame introspectivo, verão que essa é mesmo nossa realidade !

 

Diante disso, será que NOSSO EXEMPLO pode ir contra a maré ? Claro que sim ! Precisamos aumentar o número desses exemplos, e torná-los motivos de reconhecimento e não de "vergonha" (isso acontece muito e não são poucos os que tentam intimidar com essas admoestações preconceituosas). Temos o direito de fazer aquilo que desejamos, mesmo que venham ser fora da pauta tradicional da "moda em vigor"... É preciso SIM fazer com que tenhamos a oportunidade de exemplificar nossos pontos de vista, e através deles, SUGERIR novos comportamentos que se acumularão para gerar uma mudança, mesmo que parcial do que gostaríamos que fosse ! Os debates e fóruns representam uma enorme ferramenta de longo alcance, que permite essa comunicação, que precisam também acontecer de forma pacífica e educada, com os interlocutores respeitando os pontos de vista formatados já que ninguém é obrigado a mudar de pensamento, mas de pensar e tirar suas conclusões do que conversou a respeito.

 

Por fim, e me valendo de exemplos próximos, abusando da minha "amizade virtual" com o Wellington BSB (grande violeiro), por que por diversas vezes recorremos a ele nas nossas dúvidas no tocante às garateias que desejamos trocar e melhorar o desempenho das nossas iscas ? Talvez por reconhecermos nele, alguém que tem capacidade e conhecimento (palavras chaves) para nos basearmos nas nossas escolhas ! Será que podemos transpor essa minha exemplificação para os "os atuais condutores políticos" de nosso país (municipal, estadual e federal) ? Dia 05.10 é o dia da resposta ! Já sabe qual será a sua ? Pense bem e vote consciente de que ela tem validade para até 4 anos... (seja boa ou ruim) ! Não vamos colocar a "culpa" nos outros, vamos assumir a nossa parte, e isto começa em EXEMPLIFICAR !    ::tudo::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Minha opinião é que se a pessoa se presta a viver do pescado, que ela produza o pescado, não extraia da natureza...

Operações extrativistas foram ha muito tempo extintas em outros setores... porque na pesca poderia...

 

Sei que o assunto não é tão facilmente resolvido, tem todo um estudo, todo um alocamento destes pescadores extrativistas... mas enfim, se nada for pensado, nada será feito e nada teremos para pescar...

 

Essa é a minha opinião.

 

Obrigado

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Toda atividade de direito merece ser exercida porem FISCALIZAÇÃO com penalidades severas é o unico jeito de garantir que tais atividades não estão saindo de suas prerrogativas e se tornando prejudiciais ao ambiente, direitos sim, mas limites tambem e todos viveremos "felizes"

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
  • Pré-visualizar Post

×
×
  • Criar Novo...