Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Bernardo Cassaro

Povoando represa

Posts Recomendados

Pessoal, boa tarde.

 

Estava querendo algumas dicas  (básicas) para o peixamento de uma represa.

 

Vou ficar "responsável" por essa parte (meu tio me deu de presente), e como o vício fala alto... a isca artificial irá reinar kkkkkkkkk! 

 

A finalidade dela não será a pesca, mas já que posso agregar esse prazer, por que não fazê-lo?

 

Pesquisei um pouco e vi o tão complexo que é essa parte (se for feita da forma corretíssima)... mas quero o básico do básico, como eu disse essa não será a finalidade da represa, assim o gasto será mínimo com essa parte.

 

O uso de ração será raro.. e também não haverá a tal calagem, adubação etc... Aguá dela é proveniente de nascentes, ficou uma vegetação que está sendo submersa (brejo) + algumas estruturas (árvores mortas e bambus que pedi para deixarem dentro).

 

A represa já está com 2/4 de água +-... eu sei que tem algumas tuviras por la e com certeza deve ter traíras (brejo).

 

A área inundada será de 90mil m² e a região aqui é QUENTE com força...

 

Tenho a minha disposição: tucunarés adultos e filhotes (peixe principal e minha paixão) + camarão + lambaris.

 

Para compra: 
Carpa Cabeça Grande + Carpa Capim + Carpa Húngara + Carpa Prateada + Curimbatá + Dourado +Matrinchã +Piauçu +Pintado +Pirarucu +Robalo +Tambacu +Tilápia Supreme

 

O que casaria melhor....uma forma que pode dar certo com as informações que mencionei?

 

O que deve ser solto primeiro? quanto tempo depois o restante?

 

Desde já agradeço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olha, não manjo muito disso, o maximo que tive foi represa de cará, mas por relatos que ouvi, e meio pela lógica, primeiros os lambaris, em boa quantidade, depois o casamento ( que eu apostaria na tilápia)  e depois o tucunaré, junto com trairas..  e pronto,  tudo certo, alimento pra voce, pros peixes, e pescaria garantida, pq vai ter tucunare crescendo bastante, lambari e tilapia reproduz muito rapido... mas o tucunare tambem, entao solte em 1/6 do que soltar de lambaris.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Bernardo , 90 mil é bastante são 9 hectares . Que parque de diversão heim,rsrsrs.

 

Como você consegue tucunarés grandes primeiramente terá que colocar os alevinos de outras espécies.

 

Seria da seguinte forma .

 

Fase 1   piau, lambari  e todas as carpas.

 

Após uns 6 meses

Fase 2  Tambacu , dourado , pintado e tilapia .

 

Após 3 meses

Fase 3 os tucunarés e pirarucu. 

 

Seria legal você alimentar os alevinos da 1 fase por pelo menos os três primeiros meses . Digo isso porque é a fase que que os peixes precisam de uma "ajuda"  para ganhar peso e consequentemente terá menos perda para outros tipos de predadores . 

 

Não coloquei a curimba porque é um peixe que divide espaço para se alimentar com as carpas e curimba não reproduz em represa enquanto as carpas sim . Outra carpa que acho bacana devido a sua fácil reprodução em açudes é a carpa colorida comum que poderia ser introduzida para ter peixe forrageiro.

 

Dourado é muito difícil de pegar em um ambiente que não vai tratar de peixe. Não compensa colocar.

 

Robalo eu não tenho a minima ideia ,rsrsrs.

 

Pense também sobre as invasões de outras pessoas que possam vir a ocorrer.

Pois sempre haverá e as vezes de onde menos se espera,rsrsrs.

 

Caso seja uma área de difícil controle de predadores de duas patas o melhor é soltar tilapia ,lambari e ums 6 meses depois solta tucunaré e só .

 

Espero ter contribuído e qualquer dúvida que eu possa ajudar é só chamar.

 

Abraço

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Oi Bernardo , 90 mil é bastante são 9 hectares . Que parque de diversão heim,rsrsrs.

 

Como você consegue tucunarés grandes primeiramente terá que colocar os alevinos de outras espécies.

 

Seria da seguinte forma .

 

Fase 1   piau, lambari  e todas as carpas.

 

Após uns 6 meses

Fase 2  Tambacu , dourado , pintado e tilapia .

 

Após 3 meses

Fase 3 os tucunarés e pirarucu. 

 

Seria legal você alimentar os alevinos da 1 fase por pelo menos os três primeiros meses . Digo isso porque é a fase que que os peixes precisam de uma "ajuda"  para ganhar peso e consequentemente terá menos perda para outros tipos de predadores . 

 

Não coloquei a curimba porque é um peixe que divide espaço para se alimentar com as carpas e curimba não reproduz em represa enquanto as carpas sim . Outra carpa que acho bacana devido a sua fácil reprodução em açudes é a carpa colorida comum que poderia ser introduzida para ter peixe forrageiro.

 

Dourado é muito difícil de pegar em um ambiente que não vai tratar de peixe. Não compensa colocar.

 

Robalo eu não tenho a minima ideia ,rsrsrs.

 

Pense também sobre as invasões de outras pessoas que possam vir a ocorrer.

Pois sempre haverá e as vezes de onde menos se espera,rsrsrs.

 

Caso seja uma área de difícil controle de predadores de duas patas o melhor é soltar tilapia ,lambari e ums 6 meses depois solta tucunaré e só .

 

Espero ter contribuído e qualquer dúvida que eu possa ajudar é só chamar.

 

Abraço

 

Ó Bernardo,

 

 

Você colocou uma questão muito bacana. Também não tenho muito noção sobre o assunto e preciso de umas dicas para "repovoar" um tanque na chacra.

 

Aproveitando o conhecimento do Luiz Fernando, queria ver se pode dar uma dica ou se posso manter a mesma que deu ao Bernardo.

 

Tenho um tanque com +- 55 metros por 25 metros. Ele fica do lado de uma Lagoa mas está fisicamente separado por muros de pedra. Tem uma ligação por uma passagem de água através de uma anilha de 1 mt coberta com rede.

O único ponto de circulação de água é essa ligação e a água da chuva... E não são alimentados...

Atualmente tem tilápia e tucunaré. Mas já teve muito mais. Achamos que houve algum artista que andou aproveitando (já peguei várias linhadas e até linha com isca artificial lá dentro)...

 

Ao contrário do Bernardo, o objetivo do tanque é precisamente pescar e soltar. Pura diversão.

Pensei em manter as tilápias e talvez adicionar piaú.

 

O que acha? Posso acrescentar outros?

 

Um abraço e obrigado pela ajuda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho certeza de que o Rodrigo Yamaki irá complementar as já excelentes dicas passadas pelo Luiz Fernando !

 

O processo de soltura dos alevinos precisa ser gradual e respeitando a ordem dos predadores !

 

Um ponto que não pode ser esquecido é a já existência das traíras, que não são fáceis de conter perante os alevinos !

 

Por outro lado, os lambaris, tão desejados como "forrageiros", são os maiores predadores dos ovos dos peixes mais "nobres" !

Eles são ótimos de se ter, mas diminuem o nascimento das espécies mais desejadas...

 

A tilápia é exótica, e dependendo da espécie, terá uma reprodução exponencial ! Não sei até onde isso é bom... (porque ela irá comer o que ?)

 

Outra dica interessante - apenas como opinião - é investir mais em "juvenis" e nem tanto em "alevinos" !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho certeza de que o Rodrigo Yamaki irá complementar as já excelentes dicas passadas pelo Luiz Fernando !

 

O processo de soltura dos alevinos precisa ser gradual e respeitando a ordem dos predadores !

 

Um ponto que não pode ser esquecido é a já existência das traíras, que não são fáceis de conter perante os alevinos !

 

Por outro lado, os lambaris, tão desejados como "forrageiros", são os maiores predadores dos ovos dos peixes mais "nobres" !

Eles são ótimos de se ter, mas diminuem o nascimento das espécies mais desejadas...

 

A tilápia é exótica, e dependendo da espécie, terá uma reprodução exponencial ! Não sei até onde isso é bom... (porque ela irá comer o que ?)

 

Outra dica interessante - apenas como opinião - é investir mais em "juvenis" e nem tanto em "alevinos" !

Muito bem lembrado pelo Kid.

 

Realmente esqueci de dar ênfase ao tamanho dos alevinos, que se forem pequenos a perda é muito grande. O correto seria juvenil sim. Além das traíras tem outros predadores da natureza. 

 

Mas o que daria maior resultado seria fazer umas gaiolas com 2 m x 2 m de vergalhão com uma tela de plastico , tipo essas de viveiro de passarinho. Fica muito pratico para tratar e com 2 meses já pode soltar os peixes na represa, aí fica show. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

9 ha é muita coisa, seria interessante uma consultoria com um profissional, é muita água. Uma coisa é certa para melhor aproveitamento dos alevinos em uma represa gigante dessa é imprescindível a utilização de tanques redes, senão a perda de alevinos será altíssima. Tenho uma represa bem menor, menos de 1ha de lâmina de água, alevinos que soltei lá praticamente sumiram, salvo carpas capim e tilápias.

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado Edson. 

Vou ver essa hipótese dos tanques redes, acho que consigo fazer algo.

 

Como eu disse, vou ter que me virar para o peixamento (R$), não dá para mexer com um profissional não, rss, pois eu estou de gaiato na historia, nem peixe iria ter na represa.

 

Abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para a pesca esportiva com iscas artificiais a matrinxã é uma boa opção também junto do tucunaré, o pintado não me agrada muito por se alimentar dos alevinos e ele come muito.

Tilapia reproduz bem igual as carpas, os peixes redondos no geral demoram muito a crescer sem uma boa alimentação no começo é bom você ter ciência disso também.

Enviado de meu SM-G355M usando Tapatalk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao contrário do que foi dito acima, eu não colocaria as carpas. São peixes que sujam muito a água e podem prejudicar o crescimento das espécies alvo, no caso os forrageiros e o tucuna.

Quanto aos tanques rede, são fáceis de fazer e de baixo custo. Investe nessa ideia até para adaptação inicial dos alevinos/juvenis.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao contrário do que foi dito acima, eu não colocaria as carpas. São peixes que sujam muito a água e podem prejudicar o crescimento das espécies alvo, no caso os forrageiros e o tucuna.

Quanto aos tanques rede, são fáceis de fazer e de baixo custo. Investe nessa ideia até para adaptação inicial dos alevinos/juvenis.

 

 

Qual peixe substituiria as carpas para não sujar a água?? Todas as especies de carpas sujam?? 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ao contrário do que foi dito acima, eu não colocaria as carpas. São peixes que sujam muito a água e podem prejudicar o crescimento das espécies alvo, no caso os forrageiros e o tucuna.

Quanto aos tanques rede, são fáceis de fazer e de baixo custo. Investe nessa ideia até para adaptação inicial dos alevinos/juvenis.

 

Pouco provável de turvar a água porque vai ser um peixe forrageiro , teria que ter muita carpa para sujar 9 hectares de área alagada !!!!! Sem chance de ter uma grande população desse peixe com tucunaré,pintado e pirarucú no mesmo habitat.

 

Carpa cabeça grande se alimenta de plâncton e carpa capim como o nome diz de capim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pouco provável de turvar a água porque vai ser um peixe forrageiro , teria que ter muita carpa para sujar 9 hectares de área alagada !!!!! Sem chance de ter uma grande população desse peixe com tucunaré,pintado e pirarucú no mesmo habitat.

 

Carpa cabeça grande se alimenta de plâncton e carpa capim como o nome diz de capim.

 

 

Valeu Luiz!!

 

Vou colocar 2 tipos de carpas.... a capim e + uma.. sugere a húngara ou a cabeçuda?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As carpas são onívoras, comem de tudo e por revolver a matéria orgânica no local acabam turvando a água. Claro que em pouca quantidade isso não irá ocorrer, mas como controlar? Somente com espécies carnívoras? Qual o objetivo delas no lago?

Se for para controla um pouco a proliferação de algas, coloca a capim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Luiz!!


 


Vou colocar 2 tipos de carpas.... a capim e + uma.. sugere a húngara ou a cabeçuda?


 

 

 

Bernardo , depende de qual finalidade você quer.A carpa cabeça grande e capim não reproduz em represa a reprodução é feita através da indução hormonal em laboratório

 

Se for para ter peixe forrageiro procure saber qual espécie colocar.

 

Se for para pescar coloca a carpa cabeça grande e capim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...