Ir para conteúdo

Posts Recomendados

Esqueci, desculpe o textão - e não é nada pessoal, por favor! Mas sem duvida se seguirmos o que escrevo no último paragráfo com certeza teremos muito mais proveito dessa fantástica ferramenta que nos permite trocar tantas informações e experiências. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Pepe Melega disse:

Vou acrescentar um dado que tenho de anotações de muitos anos. As águas da bacia do rio Negro são acidas, isso não significa que as águas da aAmazônia são acidas somente - isso é uma observação.

Água ácida provoca desgate químico em aço isso era notado principalmente em garatéias de diversas marcas. Durante anos - mais de vinte, acompanhei isso e notamos que as garatéis da VMC eram a que menos sofriam essa ação, mas também sofriam. Logo sim pode acorrer um desgate nos equipamentos por ação químico. Mas reparem que eu falo de garatéias que estão em constante contato com a água. 

Não tenho duvida que a maioria dos casos de desgaste em carretilhas são decorrentes do mal uso e ou inadequado a pescaria que se realiza, há recomendações dos fabricantes que não são levadas a serio, etc e isso é um problema, principalmente quando se divulga e se difunde informações de forma errônea. Não sou o dono da verdade, não gosto de afirmar conceitos - principalmente na pesca onde muito de preferências pessoais alteram a realidade, mas há coisas que são fatos e precisam ser repensadas. Cada ano que se passa estamos atrás de carretilhas e ou molinetes mais leves para um pescaria que não é indicada para ser feita baseada nessa escolha. Entendo o uso de linha com diâmetros maiores (e consequentemente resistência também) pela caraterística de se pescar o tucunaré amazônica. Mas não entendo a necessidade de fricção (drag) extremamente fortes como muitos desejos - primeiro porque o teste de fricção que é feito não corresponde a ação de um peixe como o tucunaré. Testar fricção por adição de peso é um forma de medição - unicamente isso, não representa em nada a pancada e arrancada inicial de um tucunaré, a meu ver é muito mais importante ter um fricção de três a quatro kg no conjunto - sim se mede o conjunto vara, linha e carretilha - pois uma ação de todos os três que se acumulam na hora em que a fricção é exigida. Flexibilidade da vara, elasticidade da linha - sim existe, inclusive nos multifilamentos - é baixa, mas existe e maciez da carretilha e forma de como abastecemos essa tudo isso gera resultados diferentes na hora da pratica, na hora de pegar os peixes. Detalhe os peixe também têm comportamento diferente e isso precisa ser levado em consideração. 

Não tenho duvida que toda carretilha se bem cuidada e usada de forma adequada não terá problemas. Fricção foi feita para funcionar e de modo macio provocando um resistência adequada ao que vamos pescar. Exemplo se um tucunaré retirar 10 metros de linha de sua carretilha você já o perdeu - logo muita quantidade de linha não se faz necessário. Se um bonefish tirar 100 metros de linha de sua carretilha você ainda está brigando com ele - pelo ambiente em que se pesca, logo precisamos de muita linha, mas não muito resistente. Eu procuro evitar alguns coisas, quando uso em ambiente mais hostil, carreteis muito aliviados de liga mista eu evito de usar em água salgada, pelo simples fato que depois de usa-lo não tenho saco de retirar toda a linha para lavar e abastece-lo novamente. O problema está no que a linha absorve de água e fica retida nas camadas inferiores e em contato com pontos que já tiveram desgaste do material ao serem feitos. Se tivesse o paciência de tirar a linha lavar o carretel, limpar a linha - deixa-la secar ao sol e reabastece-la novamente eu usaria sem problema, mas não tenho, então evito. 

Usem a carretilha que lhe agrade e que seu bolso pode pagar, lembre-se de ter algumas cuidados como o fabricante sugere e faça manutenção preventiva sempre após o uso - a manutenção preventiva é lavar - limpando-o para retirar toda suspensão que encontramos na água e acabam achando local para se acumular junto ao corpo e lubrifique de forma adequada os pontos onde se faz necessário por recomendação do fabricante. Oleo e graxa para isso faz muito diferença, escolha o mais adequado também!

Cite argumentos quando tiver embasamento para tal - pode ser cientifico ou pratico, mas saiba sobre o que está citando, não o faça para parecer o phodão, faça para agregar informação, para ajudar aos demais que tem a mesma paixão que vocês - a pesca esportiva.

 

Abraços

 

 

 

 

 

Perfeito, em relacao as águas  amazônicas, de fato é uma bacia imensa, 7 milhões de quilômetros quadrados, desses 3.8 só no Brasil envolvendo 7 estados. Mas notei que nos fóruns, principalmente nesse, quando se fala de águas amazonicas, ou sobre peixes amazônicos, se referem as águas escuras e ácidas onde habitam os açus. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Vicente_SennaJR disse:

Pessoal,

Aproveitando o utilíssimo post, estou indo para SIRN com as seguintes carretas: VENATOR (a modelo antigo), CURADO 201 E7, CITICA 201 HG, CURADO 201 HG. Tá bom? Qual devo usar para hélices?

Abs

Tá excelente, Vicente. 

Citica e Curado são praticamente iguais. Tanto faz qual das duas vai usar para hélice, mas essas devem ser as principais. 

As outras duas já seriam boas opções sem as HG, mas são excelentes opções de reserva para você que tem modelos mais modernos e confiáveis. 

Abraço e uma ótima pescaria!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Marcel Werner disse:

Tá excelente, Vicente. 

Citica e Curado são praticamente iguais. Tanto faz qual das duas vai usar para hélice, mas essas devem ser as principais. 

As outras duas já seriam boas opções sem as HG, mas são excelentes opções de reserva para você que tem modelos mais modernos e confiáveis. 

Abraço e uma ótima pescaria!

Obrigado Marcel.

Abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 08/12/2017 em 07:54, Pepe Melega disse:

Vou acrescentar um dado que tenho de anotações de muitos anos. As águas da bacia do rio Negro são acidas, isso não significa que as águas da Amazônia são acidas somente - isso é uma observação.

Água ácida provoca desgate químico em aço isso era notado principalmente em garatéias de diversas marcas. Durante anos - mais de vinte, acompanhei isso e notamos que as garatéis da VMC eram a que menos sofriam essa ação, mas também sofriam. Logo sim pode acorrer um desgate nos equipamentos por ação químico. Mas reparem que eu falo de garatéias que estão em constante contato com a água. 

Não tenho duvida que a maioria dos casos de desgaste em carretilhas são decorrentes do mal uso e ou inadequado a pescaria que se realiza, há recomendações dos fabricantes que não são levadas a serio, etc e isso é um problema, principalmente quando se divulga e se difunde informações de forma errônea. Não sou o dono da verdade, não gosto de afirmar conceitos - principalmente na pesca onde muito de preferências pessoais alteram a realidade, mas há coisas que são fatos e precisam ser repensadas. Cada ano que se passa estamos atrás de carretilhas e ou molinetes mais leves para um pescaria que não é indicada para ser feita baseada nessa escolha. Entendo o uso de linha com diâmetros maiores (e consequentemente resistência também) pela caraterística de se pescar o tucunaré amazônica. Mas não entendo a necessidade de fricção (drag) extremamente fortes como muitos desejos - primeiro porque o teste de fricção que é feito não corresponde a ação de um peixe como o tucunaré. Testar fricção por adição de peso é um forma de medição - unicamente isso, não representa em nada a pancada e arrancada inicial de um tucunaré, a meu ver é muito mais importante ter um fricção de três a quatro kg no conjunto - sim se mede o conjunto vara, linha e carretilha - pois uma ação de todos os três que se acumulam na hora em que a fricção é exigida. Flexibilidade da vara, elasticidade da linha - sim existe, inclusive nos multifilamentos - é baixa, mas existe e maciez da carretilha e forma de como abastecemos essa tudo isso gera resultados diferentes na hora da pratica, na hora de pegar os peixes. Detalhe os peixe também têm comportamento diferente e isso precisa ser levado em consideração. 

Também não há duvida que toda carretilha se bem cuidada e usada de forma adequada não terá problemas como aqui se menciona. Fricção foi feita para funcionar e de modo macio provocando uma resistência adequada ao que vamos pescar. Exemplo se um tucunaré retirar 10 metros de linha de sua carretilha você já o perdeu - logo muita quantidade de linha não se faz necessário. Se um bonefish tirar 100 metros de linha de sua carretilha você ainda está brigando com ele - pelo ambiente em que se pesca, logo precisamos de muita linha, mas não muito resistente. Eu procuro evitar alguns coisas, quando uso em ambiente mais hostil, carreteis muito aliviados de liga mista eu evito de usar em água salgada, pelo simples fato que depois de usa-lo não tenho saco de retirar toda a linha para lavar e abastece-lo novamente. O problema está no que a linha absorve de água e fica retida nas camadas inferiores e em contato com pontos que já tiveram desgaste do material ao serem feitos. Se tivesse o paciência de tirar a linha lavar o carretel, limpar a linha - deixa-la secar ao sol e reabastece-la novamente eu usaria sem problema, mas não tenho, então evito. 

Usem a carretilha que lhe agrade e que seu bolso pode pagar, lembre-se de ter algumas cuidados como o fabricante sugere e faça manutenção preventiva sempre após o uso - a manutenção preventiva é lavar - limpando-o para retirar toda suspensão que encontramos na água e acabam achando local para se acumular junto ao corpo e lubrifique de forma adequada os pontos onde se faz necessário por recomendação do fabricante. Oleo e graxa para isso faz muito diferença, escolha o mais adequado também!

Cite argumentos quando tiver embasamento para tal - pode ser cientifico ou pratico, mas saiba sobre o que está citando, não o faça para parecer o phodão, faça para agregar informação, para ajudar aos demais que tem a mesma paixão que vocês - a pesca esportiva.

 

Abraços

 

 

 

 

 

Excelente !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...

×
×
  • Criar Novo...