Ir para conteúdo
Entre para seguir isso  
Ne.

ARGENTINA 2008 - EQUIPE "Tucunaveia"

Posts Recomendados

ARGENTINA, DOURADOS, MARÇO DE 2008.

Esperança forte no coração, armados até os dentes com boa tralha e caminhonete na estrada.

A equipe ?Tucunaveia? ( não completa ), composta por Ne, Gui, Fábio e Primo, mais uma vez se dirigiu até Ita-ibaté, Argentina, onde os grandes dourados e piracanjubas habitam as cristalinas águas do Rio Paraná, ali muito preservado.

A pousada escolhida, de novo, foi a ?Gêmeos Pesca Esportiva?, sem dúvida a mais bem equipada da região, com lanchas novas com 17 pés, motores 115 hp 4 tempos e guias atentos ao perfil dos pescadores esportivos que ali chegam.

Imagem Postada

Gui e um de nossos guias preferidos, ?Pacula?.

Imagem Postada

Imagem Postada

A pesca naquela região costuma ser farta, e pode ser realizada com iscas artificiais dos seguintes modos: corrico com iscas de meia água e de fundo; baitcasting ( arremesso nas margens com plugs, especialmente de meia-água e subsuperfície ); e fly.

A nossa equipe nessa ocasião preferiu arremessar iscas artificiais em corredeiras nas margens e, raramente, em galhadas ou pedras em região de maior profundidade ( meio do rio ), pois os peixes estavam encardumados por todas as partes e proporcionavam verdadeiros espetáculos em busca dos pequenos plugs.

Para quem não conhece o local, os maiores dourados dali e também pintados ( é verdade, pintados na artificial ) são apanhados no corrico e com iscas que vão ao fundo do rio, em profundidades extremas.

Já pescamos demais nesta modalidade, mas faz tempo que ficamos mesmo com o bait, pela esportividade que proporciona. E valeu a pena, pois os dourados pareciam que nunca haviam visto comida!

Imagem Postada

p><span style=O equipamento utilizado, similar em toda a equipe, foram varas rápidas ou extra-rápidas, 10-20lb, linhas multifilamento 20 e 30 lb, com líder fluorcarbono 0.40 e 0.50.

Pessoalmente, deixo 3 equipamentos montados. Um, vara 10-20 lb, com isca de meia água em torno de 10cm. Outro, vara até 17lb, com uma isca twitchbait ou outra subsuperfície pequena ( 7 cm ), para variar e ficar pronto quando o ?point? das piracanjubas aparecer. A terceira, também 10-20 ou superior, mais potente, com uma isca maior ( 11 ou 12 cm ), objetivando estar pronto para buscar paus e pedras no meio do rio, em locais cuja forte correnteza e a profundidade sugerem a presença de algum dourado de porte ( e ali dourado de porte pode chegar a 22Kg!!! ).

O Gui, integrante que mais foi ao local, usa, como regra, uma Vara de 8 a 17 libras pras iscas menores, com a linha 0,31mm X8 da Sumax, cor amarela ( por isso o líder, que sempre causa polêmica mas, nesta pescaria, que envolve peixes muito ariscos como a piracanjuba e a piraputanga, traz mais alegrias que tristezas... ). Os dois outros conjuntos são similares aos meus. Destaco que ele se deu bem com os dourados na isca de superfície ( jumping minnow e skitter walker da rapala ) nas pontas de ilhas.

Apesar do tamanho dos dourados, via de regra, permanecer inferior a 4 Kg nesse tipo de pesca ( baitcasting ), houve alguns peixes que alcançaram a casa dos 7 kg!

Ne: http://img523.imageshack.us/img523/2914/1000071tr2.jpg' alt='1000071tr2.jpg'>

w361.png

Gui: dsc00721ek1.jpg

w640.png

Fábio:

itaibatemaro2008024hs8.jpg

w320.png

itaibatemaro2008008qy7.jpg

w640.png

A região é farta demais em peixes de escama como dourados e piracanjubas, as quais também não se acanham em atacar as iscas artificiais. Por lá são chamadas de Salmon.

Para arremessos, iscas artificiais de 7 a 11 cm são as mais indicadas, sempre atentando para o fato de que ali há piracanjubas de até 8 Kg, sendo comum entrarem peixes desta espécie em torno de 3Kg. E como são esportivos...

Primo:

dsc00847jj7.jpg

w640.png

pescaargentina2007eranckt5.jpg

w640.png

dsc00674ot5.jpg

Então, atenção: se perceber que em determinado local ou horário sua isca está sendo atacada sem que o peixe ?entre?, possivelmente ?o peixe? é uma piracanjuba ou mesmo piraputanga ( e lá também são crescidas ) e sua isca possivelmente está grande, já que a boca destes é pequena. Experimente com uma isca menor...

Vale lembrar que as garatéias devem ser trocadas por outras reforçadas ( caso as originais sejam fracas, como são a maioria das iscas menores ), sempre com posterior teste objetivando verificar se a isca não teve seu trabalho prejudicado pelo aumento de peso ou tamanho da garatéia ? isso é muito importante. A boca do dourado é dura e, acreditem, após algumas horas de pescaria ficarão impressionados com o estado das iscas utilizadas.

100e0079im1.jpg

1000063kf3.jpg

w640.png

itaibatemaro2008012yb9.jpg

p><span style=Pessoalmente tive muito sucesso com as iscas Ina 70 e 90, Rapala X-RAP 10 e, principalmente, Twitching Rap. São também as preferidas do Gui, que usa demais as Borá, do Nelson Nakamura, e a araçatubinha de madeira ( hoje difícil de encontrar ). Não deixe de levar biruta 90 e lelé, as quais, apesar de trabalharem com dificuldade na correnteza, fizeram a diferença em momentos em que o peixe estava menos ativo, especialmente com as piracanjubas.

http://img523.imageshack.us/img523/8242/1000057fp0.jpg' alt='1000057fp0.jpg'>

w640.png

Outra dica importante: sempre leve iscas de cores vibrantes e também as ?muito? discretas. A água do Rio Paraná na Argentina, em determinadas épocas, fica cristalina, de modo que não é raro os peixes insistentemente refugarem ( iniciarem ataque e desistirem quando próximos ) iscas chamativas e atacarem com maior precisão aquelas transparentes, ?invisíveis? na água, ou levemente azuladas e sem brilho, ou seja, opacas.

dsc01465zr8.jpg

itaibatemaro2008001iu1.jpg

w320.png

Piracanjubas são ariscas. Iscas grandes, apesar de servirem para ela e para o dourado, muitas vezes espantam o cardume ao caírem violentamente na água ( aliás, nesta questão, o Fly é imbatível ). Portanto, caso as piracanjubas estejam ?desaparecidas?, experimente uma isca pequena em torno de 7 cm, com apresentação mais suave ( tipo cultiva ou X rap 08 ). Tente, ainda, com iscas pequenas em cores cítricas verdes, vermelhas e rosas. Piracanjubas comem peixes, mas também gafanhotos ( que são verdes ) e frutas, muitas frutas. Nessa pescaria a maioria de minhas ?piracas? apanharam a isca ?na caída?.Por fim, o arremesso lateral ( side cast ) é imprescindível para sucesso com as piracas, pois a isca deve cair debaixo das copas das árvores.

Devo acrescentar que, apesar de termos dedicado boa parte do tempo para o bait, quando a exaustão chegava alguns de nós acabaram corricando apenas um pouquinho...e...belas surpresas deram as caras, como esses dois dourados em torno de 9 e 13 Kg capturados nas varas de

Primo e Fábio.

dsc01480cd6.jpg

w640.png

itaibatemaro20080422fv8.jpg

Bom pessoal, espero que gostem. Cada integrante poderá, depois, postar o seu relato pessoal dessa pescaria, mais específico. Ao todo, desde o começo, foram dezenas de viagens, então o material é grande. Ficamos por aqui desta vez para não nos alongarmos demais.

Abraços a todos

?Play total?

Ne., com a colaboração do Gui.

?Tucunaveia?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Putz Ne., chegou chutando o pau da barraca.

Excelente relato, técnico e com dicas... mestre::

Outro ponto interessante, só vejo relatos de corrico nesta região, é raro relato de pincho como o seu, que é uma modalidade que acho que interessa muito mais a maioria por aqui.

Parabéns a turma, ótimo relato e ótimas fotos mestre:: doutor::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Animallllllllll suici:: suici:: suici::

Matou a cobra e mostrou o pal.

Muito legal o relato, é uma pena ver que aqui no Brasil tinhamos uma fartura de dourados e agora nos pescadores esportivos temos q ir para argentina pescar esse peixe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O local é ótimo, fora o serviço da pousada que não se compara, os caras são 10!

Parabéns pela pescaria e pelos belos peixes.

Uma curiosidade, quanto tempo vocês levaram para chegar lá indo de carro? No meu caso foram oito horas só de ônibus saindo de Fóz do Iguaçú.

Abraços.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Obrigado!

De fato, lá percebemos que a grande maioria dos pescadores procuram o corrico, até porque os próprios guias não destacam o baitcasting...

Muitos sequer sabem do potencial da região para essa modalidade, a qual ali dá resultados impressionantes, pois em quase todas as vezes que fomos para lá cardumes e mais cardumes de dourados atacavam as iscas com sem descanso, além das piracanjubas e piraputangas de peso.

abraço,

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cacete!!! Isso não é Relato, é uma AULA!!! mestre:: mestre:: mestre:: mestre::

Parabéns, Excelente!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

doutor:: doutor:: doutor:: doutor:: doutor:: doutor::

Olha os TucunaVéia aparecendo!!!!!!!!!

Valeu galerinho...mais uma vez....SHOW de Relato (Aula)....!!!

Abração

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Ne.,

Ficou nota dez o relato.

E as fotos deram certo. Estava preocupado se iriam ou não chegar para vc.

Vendo isso, já estou louco para voltar lá.

Um forte abraço

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal a pescaria!!!

Esses douradões são muito lindos!!!

Estou querendo fazer uma pescaria de Dourados no São Francisco!!!

Depois de Abril... quem sabe!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os caras do TUCUNAVEIA já mostraram do que são capazes...

Imagem Postada

Logo no 1º relato, esse SHOW de imagens, dicas, comentários... palmas::

Precisamos ver agora essa Turma, lidando com os "bocudos" brutos da Amazônia !

Qualificação para isso é o que parece não faltar... joia::

Parabéns a todos eles e obrigado por compartilharem esses momentos conosco ! joia::

Eu quero é mais !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que bom que a turma gostou.

Valeu Ne., o relato ficou jóia.

Xandego, realmente, no local a pesca de corrico tem quase 100% de adeptos. O argentino ( prinpalmente de Ituzaingo e Ita Ibate ) se orgulha de saber corricar. E eles sabem mesmo. Já corricamos demais por lá, e qualquer dia o Ne. posta um relato específico. Mas faz tempo. Hoje, só pra descansar um pouco, e mesmo assim é raro. O resto é pincho.

O bait está crescendo no local de uns 05 anos pra cá. Inclusive os guias estão sendo treinados pra isso ( lembrando que posicionar o barco na água corrente é mais difícil que em lagoas ). O Ruy Varella da Pesca e Cia está dando consultoria no local e treinando os guias. Já conversei inclusive com os donos ( Diego e Daniel, que acabaram virando amigos ) para eles comprarem umas duas lanchas mais específicas pro pincho ( incluindo o fly ). Quem sabe? A coisa vai ficar melhor ainda, espero!

Aconselho demais a quem gosta de pinchar que vá pra lá. É uma pena termos que ir tão longe ( como mencionou o Popper, já que estes peixes habitavam, até em maior número, nossas aguas..... )!

Kleverson: quanto às horas de viagem a partir de Foz do Iguaçu ( de carro próprio ), temos que considerar o seguinte: na fronteira com a Argentina perdemos um bom tempo com a documentação. Depois, a polícia te pára o tempo todo, principalmente na primeira província ( Missiones ). Sempre chegamos na pousada depois das 5 da tarde.

Jpsjean: vai fundo nos dourados do São Francisco! Quem pescou lá foi o Primo e pegou bem!

Abs a todos

gui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lindo relato, realmente completasso ... parabens msm ! Tenho vontade d conhecer essa pousada, deve ser nota 1000 d servicos né ? Fora a quantidade d peixes ... Um dia ainda vou pra lá

Abs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito legal a pescaria!!!

Esses douradões são muito lindos!!!

Estou querendo fazer uma pescaria de Dourados no São Francisco!!!

Depois de Abril... quem sabe!!!

jpsjean, tudo bem ?? Legal ter gostado do relato !!

Sobre o São Francisco é um Rio lindo, fiquei muito empolgado com a quantidade de dourados pegos no pincho. No sentido Uberlandia - Pirapora, pescamos em uma fazenda 70 Km antes de Pirapora, para chegar 50Km de terra e posso garantir as traçadas sofrem quando chove !!

Naquela região os piloteiros só conheciam e se pescava apenas com colher no caso das artificias, mas a grande pescaria deles é feita com iscas vivas pegas no próprio local. Duas situações me incomodaram; Os piloteiros tem o costume de sair muito tarde ( 7:30h ) para pescar as iscas, para depois rodar dourados em torno das 9:00h, tentamos conversar porém sem resultado. Outra situação, o costume de apoitar a noite para pescar dourado com tuvira, mas vamos lá...Como tive a liberdade de pescar sem piloteiro por estar com minha lancha, arrebentamos no Pincho em todas as margens e pequenas corredeiras próxima as margens, a Inna 70 foi campeã inclusive nas corredeiras e varas até 17 lb. Os maiores saíram no corrico com iscas de sub-superfície e na rodada a corredeira era monstra. Já apoitado com tuvira, tive um resultado legal usando chumbada de 100gr, dois anzóis, com um arremesso curto e depois rodadinha com chumbada batendo no fundo; fazendo tripé mesmo.

Nessa região, tem muito barranco dificultando o acesso dos barcos e motores principalmente acima de 25 Hp. A carne dos peixes são uma delícia, fantástica.

Essa foi minha pequena aventura no São Francisco. Grande abraço, PRIMO.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primo, não sabia que tinha sido bom essa do São Francisco não...

faz tempo que voce foi? Qual a distância desse local que vc foi de nós...

Nada mal acertamos um aida lá hein... fome::

abç

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primo, não sabia que tinha sido bom essa do São Francisco não...

faz tempo que voce foi? Qual a distância desse local que vc foi de nós...

Nada mal acertamos um aida lá hein... fome::

abç

Foi muito legal Ne, ressaltei bastante sobre essa pescaria com Gui ::evil:: . Fiquei sabendo através de um médico amigo meu, que vai muito para lá. O turismo de pesca é bem pequeno e sem estrutura; esse lugar fica dentro de uma fazenda na beira do Rio. Foi um Deus nos acuda para descer a lancha, mas pesca-se perfeitamente com os barcos locais.

Tem uma corredeira mostra que precisa do piloteiro com remo no bico para controlar palmas:: , parece Boiacross, ali estão os monstros e segundo o pessoal dourado acima de 10 Kg não é raro. Nossos maiores foram de 7 e 8 Kg. Esperando o piloteiro na frente do rancho, pegava 10, 12 douraditos!!! No Fly vai ter muita ação. São 850 Km de Araraquara.

Abraço, PRIMO. viola::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

é uma bela "pernada" até lá hein...

na próxima brecha vamos tentar lá...

abraço,

Primo, não sabia que tinha sido bom essa do São Francisco não...

faz tempo que voce foi? Qual a distância desse local que vc foi de nós...

Nada mal acertamos um aida lá hein... fome::

abç

Foi muito legal Ne, ressaltei bastante sobre essa pescaria com Gui ::evil:: . Fiquei sabendo através de um médico amigo meu, que vai muito para lá. O turismo de pesca é bem pequeno e sem estrutura; esse lugar fica dentro de uma fazenda na beira do Rio. Foi um Deus nos acuda para descer a lancha, mas pesca-se perfeitamente com os barcos locais.

Tem uma corredeira mostra que precisa do piloteiro com remo no bico para controlar palmas:: , parece Boiacross, ali estão os monstros e segundo o pessoal dourado acima de 10 Kg não é raro. Nossos maiores foram de 7 e 8 Kg. Esperando o piloteiro na frente do rancho, pegava 10, 12 douraditos!!! No Fly vai ter muita ação. São 850 Km de Araraquara.

Abraço, PRIMO. viola::

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Participe da conversa

Você pode postar agora e se registrar depois. Se você tem uma conta, CLIQUE AQUI para postar com a sua conta.

Visitante
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Apenas 75 emojis são permitidos.

×   Seu link foi automaticamente incorporado.   Mostrar como link

×   Seu conteúdo anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   Não é possível colar imagens diretamente. Carregar ou inserir imagens do URL.

Processando...
Entre para seguir isso  

×
×
  • Criar Novo...