Ir para conteúdo

MatheusGirardelli

Membro
  • Total de itens

    19
  • Registro em

  • Última visita


Histórico de Reputação

  1. Thanks
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Arthur Perrucci Junior em Snap comum ou de engate rápido?   
    Na pesca do tucunaré azul, já usei Capella "mini-mini" e Glico engate rápido de 10,20 e 40lb. Hoje, uso exclusivamente o Glico 40lb, não abre e facilita muito na troca das iscas, mesmo nas pequenas e ainda não atrapalha em nada o trabalho delas.
    Sem dúvidas o Capella é muito resistente, mas achei difícil de abrir para trocar as iscas e em algumas iscas não passava no pitão, jigs especialmente.
  2. Upvote
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Luciano Lopes em Carretilha em torno de R$1000,00   
    Comprei uma Daiwa Tatula SV TW em 2019 e um molinete Daiwa Legalis LT em 2021, ambos no AliExpress, entregues em menos de 20 dias e sem imposto de importação. Comprados nas lojas WEST DOOR FISHING TACKLE STORE e SeaKnight Outdoor (USA) Co.,Ltd.
     
    Recomendo sem pensar duas vezes, se está disposto a gastar R$1000,00 procure nessas lojas por Daiwa Tatula Elite ou Tatula Sv Tw 103, Shimano Curado MGL 70 ou Scorpion MGL 150.
     
    Vai pegar azul e amarelo o ano inteiro sem dor de cabeça. Se não quiser importar, fique com a nova Liger ou Venator AC.
  3. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Mauricio.Florindo em Carreteis de freio ACB Marine Sports   
    Galera, noto que muitos tem dificuldade e duvida ou até curiosidade sobre os tamanhos de carreteis da MS e quais são os maiores ou menores, especialmente sobre os que carregam o freio ACB, após um tempo tive contato com os tais carreteis, e posso afirmar os tamanhos dos mesmos, e aqui vai, lembrando que estes dados são os de diâmetro , e não necessariamente significa que os mesmos possam ter compatibilidade entre os modelos, pois existem mais observações a serem tomadas, como largura do carretel, espessura e comprimento do eixo, mas podem ser úteis na hora de ver sobre capacidade de linha, e velocidade de recolhimento; de qualquer forma. aqui vão os dados:
     
    35 mm.
    Venator GTS (roxinha)
    Venator SE
     
    34 mm.
    Lubina black widow GTS
    Lubina black widow GTX
    Chroma GTS 
     
    32 mm.
    Venator Lite
    Venator Lite SW
    Venator Lite pink
    Venator S
    Venator GS
    Venator AC (Lançamento)
     
    30 mm.
     Liger GTS (nova)
     
    tá aí galera, espero ter sanado a duvida de alguns!
     
  4. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a JCKruel em COVID19 - Goiás - Pesca proibida novamente - Maio 2020.   
    Pois é...
     
    Depois que o STF autorizou os estados e as prefeituras a legislar concorrentemente com a União, creio que o nosso País conseguiu se tornar mais difícil ainda de ser governado,,,
     
    Aliás, caminhamos para situações inacreditáveis no que se refere a gestão pública e, em minha modesta opinião, mesmo após a pandemia veremos a tentativa da perpetuação dos abusos de governadores e prefeitos, brasis afora, por um longo tempo!!
     
    Vocês podem ficar se perguntando por qual motivo manifesto opinião tão desabonadora em relação aos poderes executivos estaduais e municipais e eu responderia dizendo que o momento retrata com exatidão a cultura e o despreparo dos gestores públicos, alguns analfabetos de fato e outros analfabetos funcionais de longa data. Sequer busco ou nomeio culpados, pois estou convicto de que a culpa nos cabe por termos elegidos uma trupe despreparada até para dançar, quanto mais para governar alguma coisa,
     
    É que a oportunidade de legislar (proibir/determinar) sobe a cabeça de uma forma tão brutal neste desavisados. que não importa mais se direitos individuais estão sendo arrancados da constituição, se a barbárie tenha se institucionalizado a partir do Supremo, onde alguns togados já tenham a convicção que viraram deuses, mesmo expondo a sociedade a possibilidade da utilização do art. 142, porque algumas atitudes extrapolam não só a formação jurídica dos doutos mas a qualquer ato de bom senso que preserve a independência dos poderes. A conferir, mas creio que a próxima será a ultima pois o Brasil não aguenta mais estas interferências indevidas!!
     
    Fiz esta breve introdução para que pudéssemos refletir  sobre a conveniência e a oportunidade da edição da portaria 79/2020 e verificar se ela tem fundamento técnico/científico ou se é mais uma pirotecnia  de um secretariado que eventualmente adota uma postura ditatorial. De antemão deixo claro que não tenho absolutamente nada pessoal contra a secretária do meio ambiente de Goiás, que por sinal tem prestado bons serviços à área ambiental do estado de Goiás!
     
    Então, no que se refere aos aspectos sanitários de proteção às populações ribeirinhas considero uma preocupação louvável do poder executivo goiano, posto que conhecendo como conheço a realidade dos municípios ribeirinhos é inegável que nenhum tem condições de enfrentar contaminações pelo covid 19 em larga escala, pois a rede hospitalar municipal de tais municípios não está preparada para exercer tal controle e amparar os necessitados. 
     
    O problema é que não é da competência da secretaria de Meio Ambiente tomar decisões de saúde pública até porque não tem conhecimento científico para adotar normas  de controle de epidemias (que dirá de pandemias), pois salvo melhor juízo tais ações devem emanar do Secretario de Saúde ou do próprio governador que é médico!!!
     
    Por vezes. a secretária Vulcanis na ânsia de bem servir a sociedade, toma atitudes vulcânicas onde atropela normas federais desconsiderando a superveniência das leis (passou a legislar em bacias hidrográficas federais) e até revoga o art, 5º da CF88 onde proíbe o transito de embarcações, o direito inalienável de ir e vir, e o faz por tempo indeterminado  num momento em que a sociedade, empresas, trade do turismo, alguns estados e municípios buscam desesperadamente alternativas  para tirar o país da epidemia econômica que além de botar a nação de joelhos poderá provocar um caos tamanho, com o risco de nos levar a uma convulsão social causada pela fome!
     
    Creio que o momento é de uma profunda reflexão, da busca do entendimento (consulta aos prefeitos?) vereadores, deputados estaduais que tem sua base eleitoral nestes municípios, e sociedade organizada,  para que possamos adotar, se for o caso. medidas desagradáveis mas capazes de evitar num futuro próximo a adoção compulsória de medidas desastrosas  capazes de levar a nação a consequências imprevisíveis.
     
    Ando meio adoentado, me recuperando de uma brutal cirurgia de câncer na próstata, com uma consequente infecção hospitalar por uma superbactéria que não morre com antibiótico nenhum e com uma herança de duas hérnias que terei que operar após a pandemia.  Como estou isolado desde dezembro perdoem a aridez do texto, alguma frase inapropriada pois minha intenção é contribuir para que vocês não percam a cidadania que sempre os homens livres exerceram aqui no FTB,
     
    Um grande e afetuoso abraço
     
    Kruel
  5. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Guilherme Oliveira Barion em Barcelos - Março 2020   
    Amigos...

    Em setembro estivemos em Barcelos para a primeira pescaria do meu pai na região, a pescaria foi top ele ficou feliz demais, adorou a amazônia, porém em termos de peixe acabou não pegando peixes maiores.
     
    Em fevereiro/2020 encerrei um ciclo profissional e me mudei de São Paulo para Franca (cidade que nasci) no meio de tanta mudança, nada melhor que uma semaninha relax em um dos melhores lugares do mundo, a amazônia.
     
    Desta vez foi apenas eu e meu pai, fechamos a pescaria 20 dias antes do embarque, as noticias eram as melhores, rio muito seco e secando.
     

     
     
    Nos ultimos anos estive sempre na operação Tayaçu2 e Açu3, como desta vez era só eu e meu pai, Paulo e Guerreiro prontamente nos ofereceram uma operação um pouco diferente, desta vez a viagem seria no barco de apoio das lanchas maiores, foi feito uma suíte com ar condicionado e banheiro neste barco e ficou excelente para pescaria em dupla.
    Fomos, eu, meu pai Valtinho, Azamar (capitão do Tayaçu2), Pedro (piloteiro), Sr Origó, Pedrinho (filho do Pedro) e a Cozinheira/Arrumadeira Mara.
     
    Apesar de um barco menor e mais simples, a operação como de sempre foi de ponta, tudo exatamente como nas lanchas maiores Tayaçu2 e Açu3.
    Destaque para comida, se não se cuidar a chance de voltar mais fortinho é grande, vantagem que nessa pescaria conseguíamos andar bastante.
     
    Azamar, Pedrinho, meu pai e eu.

     
     
    Aqui era onde tomava uma gelada no final da tarde.

     
     
    Jantar sempre uma delicia.

     

     

     
    Café da manhã de hotel 5 estrelas.
     

     
     


    Vamos a pescaria..

    Começamos a pescar já na tarde de sexta-feira, saimos por volta das 14:30hrs, foram pouco mais de 3hrs de pesca de inicio tivemos varias ações de peixar pequenos, muito Tucunaré Borboleta atacando na superfície e no final da tarde acerto um peixe bom, vimos ele atacando e T20 em cima.. não deu outra.
     
    76cm

     

     

     
    No sábado começamos a desfrutar o nível baixo do rio, em várias situações descíamos do barco, quem já fez uma pescaria na cheia sabe como é passar uma semana em cima de um barco.
     

     

     
    Neste dia, meu muita ação de borboletas e alguns açús ja deram as caras.
     

     

     
    Detalhe:
    Na hora do almoço paramos numa praia para almoçar e vejo peixes caçando bem na nossa frente, ai já viu né....
     

     
    meu pai diz que sou fominha demais... kkkkkk
     
     
    Final de tarde que dá saudade no meio desta pandemia!

     
    No domingo, bastante peixe médios na parte da manhã...
    No almoço aquela vista paradisíaca... tem gente que prefere shopping...

     

    VID_20200307_132235.mp4  
    Saindo do almoço já acerto esse belo açu na Hélice, porrada inesquecível na Rip Roller 5.25
     
    Na Adrenalina não tirei foto dele na régua, mas foram 72cm.
     
    No mesmo ponto outro peixe estourou na hélice, mas não saiu para foto.
     

     
    Aqui cabe um parentese...
     
    Como estava muito raso, o peixe estava atacando na superfície e não queria meia água, apesar do meu pai pescar há aproximadamente 45 anos, desde que começou a pescar com iscas artificiais nunca foi fã de iscas de superfície, sempre pescou tucunarés azuis/amarelos e traíras na nossa região, usando iscas de meia água.
     
    Porém aqui foi a virada de chave, depois de ver as explosões na superfície não resistiu e pediu para ensiná-lo a trabalhar, como ele ainda não tinha muito jeito, sugeri que começasse com a hélice que era a isca que o peixe estava mais ativo.
     
    Meia horinha e 💥💥💥💥 seu primeiro peixe na superfície...
     
    Um tucunaré açu de 76cm e 16lbs
     

     

     

     
    No final do dia fomos verificar uma passagem para parte de cima do rio que estávamos pescando.
     

     
    No dia seguinte segunda-feira saímos de madrugada para conseguirmos começar a pescar bem cedo na parte de cima.
     

     

     

     
    Na ida é uma alegria só...
     

     
    Equipe disposta a te levar de cara com o peixe grande.
     

    VID_20200309_072227.mp4  

     
    Cenário impar.... eram paisagens deslumbrantes... nem parecia que em setembro pescamos ali com a água na copa das árvores.
     

     
    Depois de 1:30hrs puxando barco (nós muito pouco, a tripulação não deixava ajudar) e 6km pelo GPS.
     
    Chegamos ao ponto que o rego d'agua volta a ser rio, não precisa de muitos arremessos para entrar os primeiros peixes, a expectativa já estava la em cima.
     
    Quando de repente vejo um peixe caçando... Hélice neles!
     
    Powww  💥💥💥
     

     

     

     

     
    Segundo parenteses...
     
    Nesta pescaria estava comum o estouro dos açús atras dos cardumes de pequenos peixes.... principalmente dos cardumes de araris.
     
    Eu vejo uns cardume de araris correndo e uns 20 pulando para fora, cena linda... mando a hélice 10 metro para o lado....
     
    Com as pernas ja tremendo do que aconteceria.... powww 💥💥💥
     
    Black Mamba trabalhou....
     

     
    Até o Pedrão quis tirar foto com o peixe... Quero deixar meu agradecimento ao Pedro, é muito bom quando o Guia entra na vibe e vibra cada peixe que conseguimos pegar... Cada peixe no puçá era grito em cima de grio... vibe sensacional!

     

     

    SL_MO_VID_20200309_103007.mp4  
    No meio tempo muito peixe médio e borboleta eu acelerava a isca para não perder tempo... era uma região com muito peixe grande.
     
    Logo após o almoço chegamos numa praia que tinha um pauzinho dentro bem na beiradinha... o Pedro diz... seu Valter manda la... (precisa nem falar né) powww 💥💥💥
     
    Peixe toma linha e vai embora, arremesso em cima.. eeeeee.....
     

     

     

     
    Parecia que eu estava num sonho, sabe aqueles dias pré pescaria que deitamos na cama e ficamos pensando como poderia ser??
     
    Na volta para o barco o fominha aqui vai andando com uma vara na mão.. e vê uma lagoinha resolver dar um pincho... não vejo que é muito raso e no primeiro arremesso pego uma traíra (na jet 120)...
    Mas estava sem alicate..... aiaiai  😥
     

     
     
    Vale lembrar que neste dias só meu pai pegou mais de 40 peixes, muito tucunaré borboleta, cansou de tirar peixe, mas esses foram os maiores.
     
    Na terça feira foi um dia engraçado, tivemos muitas ações de peixes grandes, mas o impressionante que o macho batia, errava e na sequencia a fêmea acertava.
     

     

     
     

     
    Tucunaré Açú com 4 listras (eu nunca tinha visto pessoalmente)

     

     

     

     
    No final da tarde estava bem cansado por subir as rasuras por dois dias seguidos, estávamos descendo para o barco quando vemos um cardume atacando, eu (o fominha) nem pensei em arremessas, meu pai corre, joga a helice e trabalha umas 3x, um peixe grande da uma enorme batida mais erra, então essa fêmea acerta na segunda batida.
     
    Gostei de ver meu pai, quando viu os peixes batendo foi direto na vara com isca de hélice...
     

     
    Na volta uma pintura para fechar o dia!
     

     
     
    Na Quarta-feira foi um dia incrível!
     
    Entramos em uma lagoa que tinha no máximo 1 metro de água, vi peixes gigantes perto do barco, porém não estavam atacando (segundo o Guia estavam nos vendo).
    Alguns peixes entraram quando arremessava bem longe, quase descarregando a linha da carretilha.
     
     
     

     

     

     
    No final da lagoa o guia fala... de entrar um peixe aqui, tenta segurar, se correr e for na galhada mata o ponto...
     
    uns 10 arremessos.... 💥💥💥
     
    A primeira corrida já foi pro rumo da galhada e o guia diz, vira ele, segura, segura...
     
    Resultado...

     
    Depois dessa foi só risada!
     
    Após o almoço entramos em outras lagoas, meu pai querendo aprender a pescar com outras iscas encana com um popper e pede para o Pedro escolher uma isca...
     
    Pedro escolhe a Maria Pop Queen 105, os primeiros arremessos para aprender a trabalhar e já foi melhorando...
     
    Vimos um cardume de açus grande caçando... insisto na hélice e nada, meu pai continua no mesmo ponto com a Pop Queen.
     
     
    💥💥💥💥 Explosão na superfície!
     
    Arremesso do lado e pego um paquinha (que não era tanto Paquinhaaa assim rs)
     

     

     
     
    Briga linda.... Pedro gritando é grande Sr Valter.... kkkkk que alegria! Esse momento acredito que nunca mais esquecerei!
     

     

     

     
    Logo na sequencia resolvo pescar com a Hunter Bait de 14cm...
     
    Trabalhando o stick bem lento, não foi aquela pancada... o peixe só suga a isca e saí tomando linha!!
     
                 
     

     

    SL_MO_VID_20200311_095116.mp4
     
    Gostei dessa isca... trabalhando bem lento e..... 
     

     
    Humn... nao ficou! rs
     
    Garatéia substituída e segue o jogo!
     

     
    Nesse dias perdi alguns peixes grandes que batiam e simplesmente não ficavam... Não batia e saia tomando linha, só dava uma porrada e só!
     
    No almoço eu brinco com o Pedro que ia colocar a camiseta da sorte que o 80up viria!!
     
    Entramos numa lagoa e começamos a ter bastante ação!
     
    Desta vez na Sara Sara 120
     
    Tic Tac Tic Poooow 💥💥💥💥
     
              
     
     

     
    Por favor não me acordem!!!
     
    Essa hora meu pai só queria tomar uma e curtir o final da pescaria!
     
    Eu ainda dando uns pinchos agora com sara sara 120.
     

     
    Logo após esse peixe me lembro que não tinha dado um arremesso com isca de meia agua e resolvo por um jig para dar uns arremessos... mas foi só isso! rsrs
     
    Chegando no barco com esse visual era o êxtase da melhor pescaria da minha vida!
     

     
    Não tinha como ser melhor!
     
    Foram 5 dias e 3 horas de pescaria intensos! 
     
    Pescaríamos mais um dia, mas a noticia que um provável voo para Manaus poderia acontecer no dia seguinte nos fez regressar a Barcelos. (até então estava planejado voltar de barco)
     
    No dia seguinte não deu certo o vôo e resolvemos então ir de recreio, uma vez que esse sairia um dia antes do expresso.
     
    No mesmo barco foram os Atletas de Jiu Jitsu de Barcelos, muito legal ver a esperança que o esporte possa mudar a vida de cada um ali.
    Eram 54 crianças e lá foi meu pai comprar bala para todos eles. kkkkkk
     

     
    Cresci assistindo os programas de TV na amazônia e os grandes tucunarés, comecei a pescar com iscas artificias por volta de 97/98, porém sempre aqui na nossa região.
     

     
    Poder ter uma semana como essa, num lugar como esse, realiza um sonho de criança e com meu parceiro junto é para ficar na história!
     
    Quero agradecer meu pai, por ser sempre parceiro, foi ele quem me ensinou a pescar em ambos sentidos! 
     

     
    Quero agradecer também minha mãe, que sempre me motivou a correr atras dos meus sonhos.
     
    Minha Esposa Verônica e minha filha Maria Flor pela paciência com minhas pescaria.
     
    E por último, queria deixar aqui para quem quiser visitar meu projeto profissional atual, deixei minha vida em São Paulo, onde trabalhei na área comercial do varejo por 12 anos para seguir outro sonho, empreender! no caso já que é no ramo de pesca ai fica melhor né?rs
     
    http://www.focanapesca.com.br
     
    Quem precisar de algum material de pesca ou só bater um papo é só me chamar será um prazer atende-los.
     
    Desculpe se me estendi demais, é que fazendo esse relato revivi essa pescaria!
     
    A pesca nos conecta!
     
     

  6. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Amayumi em Coronavirus: algum pacote barato de pesca?   
    Prezado, boa noite.
     
    1. Nao que importe ou que alguém se interesse em saber, mas trabalho com controle de doenças há bons 25 anos, participo de grupos de ação nacionais e uma ou outra atividade internacional. Por isso, creio q tenho uma noção até razoável da situação atual. Não a que passa na tv e sim a situação real, incluindo relatórios, artigos, taxas de transmissão e letalidade, variações em função do clima local, animais que transmitem a doença e que não há porque discutir agora para nao criar o caos social, medicamentos funcionais ainda em teste, entre outras informações que nao haveria porque citar em um fórum de pesca. Pouca gente se interessa por esse nível de chatices e acredito que ninguém vem a um fórum de pesca para ler tal coisa.
     
    2. Dito isso, registro q não há uma pandemia stricto sensu, e sim uma situação bastante grave sendo sobrexplorada politicamente, para fins diversos (políticos e econômicos). E embora o caso  presente mereça atenção e cuidado, pandemia mesmo é a gripe, que contamina milhoes e mata centenas de milhares todos os anos sem sair no JN.
     
    3. Imagino que na sua rua, como no resto do brasil, o comércio já funcione com meia porta aberta (ao menos no Brasil real, aquele que não sai na tv). A recessão causada pela interrupção desse comércio (i.e., interromper a troca de valores por bens e serviços) quebraria a economia, causaria desemprego em massa e FOME. E não apenas no porteiro ou entregador de pizza que atendem nossa casa, mas em muitas famílias que dependem de ALGUM trabalho para viver, como, por exemplo, quem vive de catar isca viva.
     
    4. Não obstante, concordo que o capitalismo é realmente o pior sistema de trocas inventado pelo homem. Com excessão apenas de todos os outros sistemas. Nele, as coisas funcionam por oferta e demanda. É o que faz o amigo escolher o posto mais barato para abastecer, assim como outros clientes decidirem que serviços cabem ou não em seu bolso. Se não há demanda, as coisas fecham, sejam mercados, vendinhas ou pousadas. É bem simples de entender e não exige prática nem tão pouco habilidade.
     
    5. Acredito que todos possuem liberdade para expressar suas opiniões,  inclusive, se é o que está ao seu alcance, aquelas limitadas, brutas, deselegantes ou de qualquer outro modo socialmente aleijadas, como parece ser o caso do colega.
     
    6. Falar de tal modo, contudo, não o torna senhor da razão. Só mostra para os ouvintes a sua volta o material de que vc é feito e a educação que recebeu de seus pais.
     
    7. Aos demais colegas que aqui vieram contribuir, peço desculpas pelo textao e agradeço a sempre gentil paciência e conselhos diante de tantas perguntas repetitivas. 
     
    Obrigado a todos.
  7. Like
    MatheusGirardelli deu reputação a Kid M em Que dificuldade na comunicação... Será só isso mesmo ?   
    Preocupa-me (e sei que não estou sozinho nisso) com a dificuldade de comunicação do Estado sobre a "pandemia".
    Não quero nem entrar no mérito do "certo e do errado", mas da total confusão gerada pela mídia (tanto pró quanto contra)
    Falar de "pró e contras" deveria ser em termos de cuidados com a população, mas vislumbro mesmo uma batalha política em curso.
    Se eu, com essa idade (e alguma experiência de vida) sinto dificuldade em entender o que se deseja seja feito, imagine os mais jovens...
    Tenho lido (e ouvido) coisas que jamais imaginei serem passíveis de verbalização, principalmente num momento de "pandemia".
    Mas nossos políticos (independente de sigla) são - de uma forma geral, com raras exceções - abnegados em buscar por mais poder.
    O exemplo deveria nortear o esforço de todos, onde os incluo, mas o que vemos é o aproveitamento de procedimentos escusos.
    Tem algum cabimento que numa crise como a que enfrentamos (como o resto do mundo), todo o foco não seja para deter o COVID-19 ?
    Nessa altura ficar com "lero-lero" diante dos 3 poderes, como se fosse um "cabo de força" em quem pode mais é uma tristeza.
    Não estamos sequer enfrentando o estágio do pós-pandemia, quando a fome, desemprego, saúde estiverem no cenário real.
    Temos uma condição única de superarmos esses percalços (claro que vai ter dor), mas é preciso assim desejarmos. Sem união não vai.
    Se quisermos aproveitar o "pós-pandemia" do mundo, teremos que nos livrar de conceitos atuais e desenvolver novos, mais participativos.
    Não desejaria voltar a ver uma intervenção militar no nosso Brasil, mas não creio que isso esteja descartado pela beligerância "dos lados"... 
    Estaremos "adentrando" na chamada fase crítica de aparecimento de infectados e de ampliação da base da população que estava exposta.
    O esforço de logística em torno do tema (sanitário) é primordial, mas não menos importante que o de manter o abastecimento da população.
    Manifesta-se o povo com enormes filas para vacinas contra influenza (gripe), confirmando o despreparo de cuidar de uma epidemia.
    Não interessa "culpar" qualquer dos 3 poderes (municipal, estadual ou federal), pois eles precisarão estar juntos mais que sempre.
    Estamos falando de algo que poderá superar qualquer estatística pessimista e teremos (como país) que ter uma contingência para isso.
    Claro que a torcida para que os efeitos sejam menores do que os esperados é um desejo de quase todos que pretendem se preservar...
    Permito-me de tempos em tempo rascunhar algumas de minhas considerações aqui no FTB, mesmo que não tratando do tema primordial
    Aos que não interessar a leitura, basta seguir adiante mudando para um outro tópico mais ameno de ser lido, pois esse é só tristeza... 
     
              
  8. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Luciano Lopes em Vara sumax Hilux   
    aquilo não é pra balancear o blank ? se tirar desbalanceia toda a vara , ainda mais numa vara 6" 
     
    não foi colocada à toa 
  9. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Francisco Jr em MADAGASCAR 2020.   
    OLÁ AMIGOS DO TURMA DO BIGUÁ, TUDO BOM? ABRAM PELO INTERNET EXPLORER, PARA O RELATO ABRIREM TODAS AS FOTOS.
     
    AO LONGO DO ANO A TURMA VEM SE PLANEJANDO A PESCARIA DA VIDA DE MUITOS, INCLUSIVE A MINHA. COM DESTINHO A DIEGO SUAREZ EM MADAGASCAR.
    Francisco Jr, Mega, Ian, Xandego, Hugo, Fabiano, Fernão e Marlos.
     
    COM A ORGANIZAÇÃO TOP DOS AMIGOS IAN E MEGA QUE TEM UM BOM CONTATO COM A DIREÇÃO DA POUSADA GT ONE FISHING COM GRANDE VARIEDADE DE PEIXES E OS ESPERADOS GTs.
     
    A turma se encontrou em Guarulhos, para fazer escala em Joanesburgo e chegar em Antananarivo no qual passamos uma noite no hotel abaixo.

    O Primo da minha Família que é italiano mas mora em Antananarivo salvou a pátria em umas bagagens  que chegaram no dia seguinte.
     

    WhatsApp Video 2020-03-19 at 13.40.56.mp4  
    Pegamos o voo a Antsiranana, Diego Suarez, para depois pegamos as picapes e fomos pelas estradas com destino a pousada na beira da costa interna do mar de Madagascar no destino final.
     
     
    Chegamos na ótima estrutura da pousada, que possuí dez quartos single de frente ao mar, muito confortáveis...
     
     

     
      
     
     
     

     
    A turma estava bem equipada com os materiais indicados para a pesca dos peixes da região.

     

     

     

     
    Infelizmente no final da turma anterior havia dado ventos fortes no outro lado da costa e parece que agitou um pouco o Mar, atrapalhando o primeiro dia de pesca.

     
    Para dar entrada nas pescarias com as ótimas lanchas.


     

     
    Vamos lá para os Peixes da nossa Trip.

     

     

     

     

     

     
     
     

     

     

     
     
     
     

     

     

     

     
     
     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     
     
     

     

     
     
     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     
     
     

     

     

     
    Refeições na Pousada muito Top.
     
     

     
     
     
     

     
    Para finalizar na pousada postar as lindas paisagens da região.
     
     

     


     

     

     

     

     

     

     

     

     
    Voo de volta a Antananarivo.

     
    Infelizmente com o Coronavirus interrompeu nossa viagem menos da metade de dias de pesca e passeio, mas Graças a Deus estamos em casa.
     

     
    Venho agradecer a todos os amigos que organizaram essa viagem e aos amigos que me ajudaram com tralhas dicas etc.
     
  10. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Eder Nascimento em Três Marias Espetacular, Dezembro/2019 – Para fechar o ano com chave de ouro – Guia Jaida Machado   
    Três Marias Espetacular, Dezembro/2019  – Para fechar o ano com chave de ouro – Guia Jaida Machado
     
    Nos últimos dias 12, 13 e 14 de Dezembro realizamos uma pescaria surreal no Lago de Três Marias.
    Abastecido pelas águas do Rio São Francisco o Lago de Três Marias tem água cristalina e nesta época do ano apresenta uma cor esverdeada com azul turquesa incrível, que em alguns pontos você se sente no Caribe.
    E é nessas águas que mora o famoso tucunaré azul, Cichla piquiti, mais conhecido como azulão de Três Marias, além do valente e muito briguento tucunaré amarelo, Cichla Kelberi. Muitas outras espécies também são encontradas no lago. Mas para os amantes das tomadas de linha os destaques são esses dois, além das traíras que por muitas vezes também fazem a nossa alegria.
     
    A viagem
     
    Partimos para Três Marias no dia 11, sempre bom ir um dia antes para organizar tudo. Meu grande amigo Igor Toniato pousou em Confins bem no início da manhã e eu o outro grande amigo Rogério Lima fomos buscar ele no aeroporto e de lá mesmo partimos para estrada.
    Viagem tranqüila, muito bate papo e risadas lembrando das nossas aventuras na Amazônia, é cada história que chegamos em Três Marias em um piscar de olhos.
    Tudo organizado e era apenas esperar o outro dia para pescar, as notícias eram muito boas, desde o torneio a pesca estava muito produtiva, com grandes exemplares.
     
     
    Primeiro dia de pesca
     
    Logo pela manhã bem cedo após um bom café da manhã partimos para o ponto de encontro no Lago, utilizamos a estrutura do Guia Helder para embarcar. Helder é um cara super do bem e também um excelente guia que oferece uma estrutura muito boa.

    Eder, Igor Toniato e Rogério Lima
     
    Descendo a rampa nosso guia já estava lá, e era nada mais nada menos do que um dos caras que mais admiro dentro da pesca esportiva, o amigo Jaida Machado, conhece muito de pesca e um grande apaixonado por tudo que esta relacionado à pesca esportiva.
    Mesmo com muito vento pela manhã acertamos bons peixes e por volta das 11h da manhã Rogério acerta o troféu do dia, um belo azulão de 59.5 cm. O peixe brigou bonito e depois de embarcado sessão de fotos e peixe liberado.
    Durante a tarde muitos peixes de pequeno e médio porte, alegria garantida e mesmo com vento tivemos um bom dia de pesca.

    Bela traíra capturada pelo Rogério.
     

    Belo azul de 59.5cm 
     

    Muitos amarelos deste porte de valentia incrível
     
    Segundo dia de pesca
     
    Que dia senhores, que dia!
    Água parada, zero de vento e muito peixe.
    Depois de alguns pequenos tucunas Rogério acerta o primeiro 60up da pescaria, 61cm de uma bela briga.
     

    Que placa senhores! Que placa!   61cm
     

    Jaida Machado
     
    Pouco tempo depois eu avisto um casal na praia de não penso duas vezes, arremesso preciso e o machão entrou na isca, a fêmea saiu para o fundo. Briga no limpo e macho de 59cm embarcado.Nesse momento Jaida Machado mostrou sua experiência, colocou o macho no viveiro, que ficou muito bem oxigenado e nos instruiu a continuar batendo isca subindo a praia e que voltaríamos batendo isca descendo a mesma praia que a fêmea estaria lá esperando o macho. E foi dito e feito, depois de cerca de 15 minutos descendo a praia Igor acertou a fêmea que também brigou no limpo com seus 57cm.
    Depois de uma bela briga soltamos os namoradinhos juntos que saíram bonitos um ao lado do outro, cena linda de se ver.

    Esse boné nunca falha em Três Marias - 59cm                                          57cm
     

     

     
    Um dia com muitos peixes.
     

     
    E o dia seguiu com muitos peixes, amarelos saltando ferozmente da água para acertar as iscas e diversão garantida.
    Numa pequena ilha puxei a minha isca de superfície que estava indo ficar presa em galho ao puxar a isca um amarelão salta todo para fora da água e erra a isca, que susto! Nesta hora olhei para minha direita e no final desta ilha em um parte muito rasa avistei um casal gigantesco de tucunaré azul. Porém fiquei calado, estava muito longe e não tinha certeza, não queria passar vergonha. Mas quando senti que conseguiria alcançar no arremesso eu fui preciso os peixes apenas ameaçarão a atacar a superfície, recolhi na velocidade da luz e passei a mão no conjunto que estava com a isca XT3.
    Mais um arremesso preciso que passou no meio do casal e o macho ataca primeiro, a briga mais linda da minha vida e a fêmea ao lado muito brava esperando a vez dela. Rogério jogou uma superfície e ela ameaçou. Gritei com eles para jogar isca de fundo, Rogério jogou a brutal e não acertou logo em segui orientei ao Igor jogar o spinner e ele foi certeiro, que duble! Detalhe que no dia que chegamos a Três Marias tinha orientado ao Igor para deixar um conjunto montado com spinner porque seria nele que sairia o 60up dele.
    63.5cm
    64.5cm

    63.5cm                                                                                                        64.5cm 

    Mais um duble para conta - Fazendo dubles com este parceiro desde 2017 no Trombetas.

     

     
    Depois disso ainda acertamos muitos peixes, alguns em cardume. O dia foi incrível.

     
    Terceiro dia de pesca
    Dia com muito vento, mas ainda assim pegamos uma quantidade boa de peixes eu ainda acertei um belo azul. Não fotografamos os menores neste dia.
     

     
    Bastidores
     

    Seu Alevino, pensa num menino bom de garfo.
     

    Descontração total no barco e aquela saudade de Camaiu Camp.           Momento do click.
     
    Atendimento do guia
     
    Preciso deixar uma menção honrosa para Jaida Machado, não apenas pelo belo Bass Bout Quest Angler com motor Yamaha 250hp. Mas sim pelo seu atendimento diferenciado, tudo feito com muito carinho para o pescador.
    Serviço de primeiríssima qualidade, café quente servido a qualquer momento do dia, equipamento disponível para emprestar para o cliente, iscas diferenciadas e até abacaxi gelado foi servido.
    Além de todo material fotográfico e de vídeo disponibilizado para o cliente, uma atendimento que ainda não tinha recebido em Três Marias e olha que já pesquei com alguns guias top por lá, mas com esse atendimento ainda não vi nada que chegue perto.
    Por isso deixo aqui os contatos e super indico para quem gosta de um atendimento de qualidade e um guia com muito conhecimento.
     

    Jaida Machado – (31) 93998272
    Instagran: @jaidamachado @machadopescaesportiva
    Facebook: Jaida Machado
     

    Uma pescaria que ficará registrada para sempre na minha memória não apenas pelos peixes, mas por esses caras ai principalmente.
     

    Teve até premio para quem pegou os maiores peixes.                                Os demais também ganharam, merecido pegaram bons peixes nos dias anteriores.
     
    Agradecimentos
    Em primeiro lugar agradeço a Deus pela minha saúde e pelos amigos que ele me deu através da pesca esportiva. Minha família que é compressiva na minha ausência e torce para que eu acerte a pescaria.
    Aos amigos que se deslocaram de longe para estar comigo e que confia em mim.
    Ao trabalho espetacular de Jaida Machado que fez a diferença.
     

    A isca dos gigantes e que mais pegou peixe.
  11. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a João_Medeiros em AZULÕES do feriadão em Anaurilândia/MS e Presidente Epitácio/SP (nov/2019)   
    Fala pessoal! Aproveitei o último feriado e pesquei 3 dias na Represa Sérgio Motta, sexta e sábado em Anaurilândia/MS na Pousada Estância Zé Tacca, e no domingo no caminho de volta paramos em Presidente Epitácio/SP para um último dia de pesca.
    O vento não ajudou muito nos dois primeiros dias mas na insistência capturamos alguns bons azulões, os maiores com 54cm e 62cm.
     




     





     
    Para ler o relato completo com mais fotos, contatos e detalhes, clique AQUI ou no link abaixo:
     
    http://historiadepescador.com/post.php?id=169
     
    Obrigado a todos!
  12. Upvote
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Cristiano Rochinha em HÉLICES OCL   
    M-Prop 140 Slim
    M-Prop 140
     
    Vídeo da M-Prop 140 trabalhando 
     
    As lojas que já estão vendendo, conforme o Instagram deles:
     

     
    Gosto muito da Spitfire 75 da OCL, imagino que essa hélice também seja muito boa!
     
  13. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Marcos Vinicius de Oliveir em PESCARIA RIO IRIRI - PARÁ   
    Bom demorei 1 ano para fazer este relato da pescaria mais louca que ja fiz , a mais aventureira a mais arriscada a mais tudo rs.. mas vamos la.
     Em setembro de de 2018 abri mao de ir mais uma ano para barcelos , para fazer uma pescaria no rio iriri -PA , 6 meses de preparacao atraas dos gigantes trairoes e o que mais tivesse que vir rs....
    so que em  10 de agosto ,sofri um acidente de moto vindo a quebrar a clavicula , esquerda meus amigos da viagem imediatamente foram ate o hospital nao para saber se eu estava bem, mas pra saber se eu poderia ir na viagem  ou ninguem iria rs...... atestado de 40 dias e viagem marcada para 23 dias apos o acidente , como era a esquerda ou seja o braco que uso para recolhimento , fui assim msm de tipoia e tudo rs , mas eu iria nem que fosse com um braço só .
     Saimos de goiania em duas camiontes toda equipada com todo tipo de coisa que puderem imaginar , 6 pescadores e rodamos cerca de 30 hrs sem parar ate a cidade de sao felix do xingu , la alugamos as canoas ,metemos no suporte que levamos em cima da camionete, atravessamos o xingu e 'investimos' mais 28 hrs para rodar 230 km, isso mesmo menos de 10 km por hr de media , nao existia estrada , o corpo ja nao aguentava mais tanto saculejo era como pescar em alto mar com dias agitados rs.... mas enfim chegamos , sem durmir em uma cama a 3 dias apenas banco de tras e com carro andando quem conhece a regiao vai confirmar meu relato.
     Fizemos uma pescaria de tudo é um rio extremamente farto , com variedade imensa de peixes , trairao , tucunare , bicuda de metro , pintado aos monte , cachorra,piau ,pacu borracha , ou seja tinha diversao pra tdo gosto . pegamos o rio um pouco cheio ainda o que nao e normal , mas mesmo assim fizemos uma otima pescaria.
     
    NOTA: chegando la achavamos que mais ninguem poderia estar em um lugar tao no meio do nada , mas surpreendentemente tinha e ao contrario de nos que somos praticantes do pesque solte , eles estavam de caminhao 6 freeezers e muitos metros de rede atravessando o rio em varios pontos  , fora arma e tudo mais , tudo peao de um fazendeiro que mandou eles la pra matar o que desse para levar para os amigos. foi triste de ver , mas no ultimo dia passamos a faca na rede toda haahhahaha e saimos vazado.
     
    vou lembrando e vou colocando aqui rs... na ida paramos em uma currutela para almocar  já la pra dentro da cultura,  tinha dois caminhões de gado parado os motoristas da mesma fazenda a base do ribite e sei la oq mais , saímos depois deles do restaurante , derrepente um dos caminhões estava la  parado no meio da estrada que so passa um  , sem embreagem , la vamos nos amarrar cabo de aço no caminhão e amarrar uma camionete na outra pra puxar o caminhão para tras e abrir um espacinho p passarmos , la se foi  mais de 1 hora parado e muita terra na cara .
     ACHAM QUE ACABOU??
      NAO MEUS AMIGOS , O OUTRO CAMINHAO TAMBEM DEU PAU UNS 2 KM A FRENTE E BEM NA PONTE , VOCES CONSEGUEM IMAGINAR A CENA? KKKKKKKKK EU NAO SABIA SE SORRIA OU SE CHORAVA KKKKKK , MAS COM A EXPERIENCIA DO PRIMEIRO , FIZEMOS A MESMA COISA , DETALHES OS MOTORISTAS BEBADOS SO FALARAM :  SE QUISEREM RETIRAR PQ EU NAO COLOCO A MAO , VOU BEBER. ARRASTAMOS E DEIXAMOS O CAMINHAO LA MEIO NO MATO MEIO NA ESTRADA.
     

     
    AINDA A 200 KM DE GOIANIA UM PEQUENO BURACO PRA ATRASAR AINDA MAIS A VIAGEM , BRASIL BRASIL!!!
     
     

     
    EM GURUPI PARA COMPRAR UM NOVO PNEU.
     

     
    JA NA BALSA AS 3:00 ATRAVESSANDO O RIO XINGU NA CIDADE DE SAO FELIX DO XINGU.
     

     
    DEPOIS DE UMAS 15 HRS RODANDO NA ESTRADA DE CHAO , OLHA O NIPE DO MEU AMIGO ... RSRSRS ,PIOR QUE TODO MUNDO TAVA DO MESMO JEITO RS....
    MAS VAMOS LA FALTAVAM APENAS MAIS ALGUMAS HORAS.
     

     
    JIBOIA NA BEIRA DA ESTRADA MOSTRANDO TODA SUA BELEZA , SO NOS COUBE PARAR E ADMIRAR E AJUDAR A TIRAR DA ESTRADA.
     

     
    QUASE CHEGANDO FALTANDO APENAS 70 KM , CERCA DE 10 HRS E A BALSA NAO ESTAVA LA KKKK, O JEITO FOI ARRISCAR E VER SE ESSE 4X4 FUNCIONAVA MSM

    20180922_165852.mp4  
    ULTIMA CIDADE , OLHA O NIVEL DA BOMBA DE COMBUSTIVEL , O FRENTISTA DISSE QUE GRAÇAS A DEUS COLOCARAM UMA BOMBA PRA PUXAR O COMBUSTIVEL , PQ ATE UNS DIAS ANTES ERA NA MANIVELA , O BRAÇO DELE DIREITO ERA MAIS GROSSO QUE O ESQUERDO KKKKKK.
     
    VAMOS AOS PEIXES........ A GRANDE MAIORIA FICOU NA NA CAMERA DO MEU PARCEIRO E ATE HOJE NAO PEGUEI COM ELE ,  DEPOIS EU POSTO AQUI QNDO ELE ME PASSAR
     



     
    ESQUECI DE DIZER QUE NO SEGUNDO DIA EU RETIREI A TIPOIA O MEDICO ME LIBEROU CASO ME SENTISSE CONFORTAVEL PQ O OSSO JA HAVIA COLADO NO OUTRO , POREM NAO HAVIA SOLIDIFICAÇAO ,OU SEJA ELE SUPORTARIA UM MOVIMENTO LIMITADO , MAS NAO ACEITARIA DESAFORO. POIS BEM NO 6 DIA VOLTANDO ANOITE DA PESCARIA ,LA É UM RIO COM MUITAS PEDRAS , ACHAMOS UMA NO CAMINHO E VOEI LA PARA A PONTA DO BARCO E POR EXTINTO COLOQUEI A MAO PARA NAO CAIR DE CARA , FEITO, O OSSO DESCOLOU E ACABOU COM A GRAÇA RS.....  NA VOLTA CHOVEU NO ULTIMO DIA DE PESCARIA ,  TIVEMOS DIVERSOS ATOLEIROS , USAMOS A MOTO SERRA UMAS 4X DEVIDO AS ARVORES QUE CAIRAM NA ESTRADA , MAIS O PIOR FOI QNDO NA ULTIMA ARVORE A GASOLINA DA MOTO SERRA ACABOU  E ONDE ESTAVA O COMBUSTIVEL? EXATAMENTE LA NO FUNDO DO BOLSAO DA CAMIONETE DENTRO DO COMPARTIMENTO QUE FIZEMOS PARA NAO TER RISCO DE VAZAR , EMBAIXO DE TUDO ISSO QUE PUDERAM VER NA FOTO , E DETALHE DEBAIXO DE CHUVA EM UMA ESTRADA QUE SO PASSAVA A CAMIONETE , COM MATO CHEIO DE ESPINHO E EU COM UM BRAÇO SÓ PRA AJUDAR EU TAVA MAIS PRA MAESTRO . MAS VALEU A PENA CADA KM RODADO , TENHO UMA HISORIA E TANTO PRA CONTAR PARA O MEU GURI.
     
    ABRAÇOS E SE DEUS QUISER EM NOVEMBRO ESTOU INDO A BARCELOS MAIS UMA VEZ E COM MAIS UM RELATO , MAS LA É LUXO NÉ PAE , BEM NUTELLA MESMO RS......
     
    SEGUE UM VIDEO QUE AMIGO DO GRUPO FEZ PARA YOUTUBE.
     
    https://www.youtube.com/watch?v=2zCvjZMNm1Y
     
     
     
     
  14. Thanks
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Guilherme Oliveira Barion em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Esse vídeo tem que estar no Youtube, Instagram e até Orkut se possível! Que coisa linda!
  15. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Guilherme Oliveira Barion em Pancada na hélice - Rio Aracá - AM "vem titio"   
    Amigos,
     
    Na semana passada tive a felicidade de registrar uma cena, que embora se não filmada, com certeza nunca mais sairia da minha cabeça.
    Essa viagem pra mim foi diferente, pois meu pai me acompanhou, nesse momento fazia algum tempo sem ação e quando vi uma parte com terra acreditei, no oitavo ou nono arremesso eu ainda brinquei, vou chamar o peixe e ele vai vim, vcs  vao ver! 
     
    No vem titio.. o bixao nao resistiu! kkkkk
     

    GOPR0607_1569078437816_high_3.mp4  
    grande abs
  16. Like
    MatheusGirardelli deu reputação a Custom by Marco em [Cabo de vara] Sabugo de milho!!!   
  17. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Marcel Werner em Modelos de iscas X anzóis Inline - na prática!   
    Olá, amigos!
     
    Este tópico contém a parte prática sobre os anzóis Inline nas iscas artificiais. Para quem não acompanhou, a discussão sobre os motivos está em outro tópico, consulte em caso de dúvida.
     
    O único aspecto que eu não falei no tópico da discussão foi que a isca arranha menos. Eu menosprezei a importância deste fator, mas aqui é Brasil, uma simples Bonnie custa o olho da cara, toda economia é bem vinda. Inclusive, você pode usar uma Sará Sará, que é top e baratinha, por muito mais tempo. 
     
    Cabe lembrar que eu não tenho qualquer patrocínio, vivo da minha operação de pesca, portanto tudo que está aqui é sincero, são as coisas que eu realmente uso, que compro com meu dinheiro e acredito ser o melhor. 
     
    Vou separar em duas partes: iscas amazônicas e iscas não amazônicas. A intenção é que este tópico seja colaborativo, então sofrerá atualizações e adições, com os devidos créditos. Portanto, após um tempo, revisite, pois você pode ter algo a contribuir, tirar uma dúvida nova ou ainda encontrar algo que não tinha visto antes.
     
    ISCAS AMAZÔNICAS
     
    Quase sempre, iscas parecidas receberão os mesmos anzóis. Também há muito menos modelos de anzóis do que de garatéias, então foi mais fácil encontrar o melhor, que até o momento em que escrevo é o Decoy Sergeant Jigging'n Single.
     
    Vocês vão notar que tem anzóis de outras marcas nas fotos, são ainda dos testes, eu insistirei com eles até que todos abram, assim posso ver suas fraquezas. Quando eu falar de varas de 20 lb para algumas iscas, abro a possibilidade de uso do Owner 3/0 e Decoy 2/0. Para varas de 25 lb, somente Decoy 3/0 em diante.
     
    Vamos começar pelo principal. T20, Realis Pencil 110, Sará Sará 120, as principais iscas de superfície usadas na Amazônia vão todas muito bem com o 3/0. Vale também para Vaprax, João pepino da KV, Entre outras de 11/12 cm. 
     

     

     

     
    Algumas iscas são mais fininhas, o 3/0 fica grudando nas costas. Para estas iscas, anzol 2/0 e varas de 20 lb, em lugares onde a quantidade de peixes é o maior atrativo, e não o tamanho. É o caso da Sticknina 110, Hunter Bait, Sammy 115, Giant Dog-X, e, provavelmente, da Bonnie 107, só saberemos quando alguém testar e postar aqui o resultado.
     

     
    O PopQueen 105, considerado o popper mais eficiente para os Açus, também vai de 2/0, assim como os mais acessíveis Barracudinha e Stick Popper, ambos da Borboleta. Vou experimentar este ano o popper do momento, que é o Feed Popper, da Tackle House, no tamanho 130 com 3/0, queria também um do tamanho 100 com 2/0, mas não encontrei na cor que eu gostaria.
     

     
    Algumas zaras mais compridas, entre 13 e 14 cm, estilo Super Spook, são bem populares, mas eu particularmente só gosto da Bowstick. Ela pega anzóis 3/0, assim como a maioria das iscas deste perfil. Já iscas mais volumosas como Miss Carnä 140 e Red Pepper Magnum vão melhor com 4/0. 
     

     
    Abro agora um espaço para uma observação extra. Sei que muitos estavam ansiosos para eu falar qual anzol vai na Rover e Bonnie 128, seja porque gostam muito dessas iscas, seja porque já notaram que elas possuem uma diferença. Eu tenho aqui uma isca com a mesma característica, chamada Iron Mouth. Os pitões dela são ortogonais ao maior eixo da isca, ao invés de longitudinais. Em palavras mais fáceis, eles são cruzados ou virados. A foto abaixo deixa bem claro. Devemos lembrar que precisamos de um anzol forte e um split ring forte (vale frisar que é importante usar 1 split ring, nem 2, nem 0), e que o anzol precisa ter um olho largo o suficiente para a argola se movimentar livremente. Depois de muitas buscas, encontrei o Owner SJ41, foto abaixo. É caro, porém funciona, é leve e de bom formato. O 1/0 funcionou bem na Bahia, agora vou testar o 3/0 na amazônia.
     

     
    Saindo da superfície, temos as twitch baits, a maioria pega anzol 2/0, como a Perversa e a SubWalk 09, além da Curisco 110. Na verdade, caso use algum modelo forte de anzol 3/0 que não se cruze facilmente, poderá usar estas iscas com mais chances de tirar um peixe grande. Desculpem a sinceridade, mas eu não gosto destes modelos de isca, nenhum desse tipo, mesmo já tendo usado e comprovado sua altíssima produtividade, os 3 citados.
     
    Eu prefiro usar iscas de barbela. Toda a sensualidade da Saruna 125F e até da 147MAX são dispensáveis na amazônia. São iscas fantásticas, mas o Açu não está nem aí pra elas, se recolher direto pega mais do que ficar trabalhando sofisticado. Assim, acaba que uma reles Inna 135 é super eficiente, assim como Juana da Borboleta e, claro, as iscas tops de meia água, Maria The First 140F, Aile Magnet, K-Ten etc. Todas essas grandonas pegam 4/0, o que é ótimo. Já a Saruna 125, eu usaria com vara de 20 lb - lembrando: Decoy 2/0 ou Owner 3/0 como na foto abaixo. Power Minnow e a maior das Raptor também são excelentes iscas.
     

     

     
    HÉLICES
     
    Estas merecem um capítulo à parte. Vou começar relembrando um princípio: a isca deve ser facilmente abocanhada, para que fisgue dentro da boca do peixe ou nos seus lábios. O anzol contribui para isto acontecer. Mas isso também significa que, quando a isca não entrar na boca do peixe, terá mais perdas, e é aí que o pescador tem que analisar o que quer. Se reduzir a isca, vai ter mais peixes fisgados. Se não reduzir a isca, vai perder a maioria dos peixes pequenos e também alguns ataques de peixes grandes. Se o peixe grande estiver ativo, ele vai atacar de novo, então não tem problema e dá mais emoção ainda, na pior das hipóteses você vai ver muitas porradas, ainda que não pegue o peixe. Se estiver manhoso na hélice, opinião minha, você está usando a isca errada. Simples assim.
     
    Jet 120, pegadeira demais, apesar do visual controverso. Já peguei um peixe de 82 cm no Lago do Maçarico com esta isca e ela mata a pau no Vazzoleri Camp também. 3/0 nela, mas por ser fininha tem que ter atenção para o anzol não laçar a isca.
     

     
    Também tenho usado a Rip 4.25"e a Caribe de 4.5", já tem até uma Dojô parecida com esta Caribe. Todas precisam da substituição dos pitões pelos CCM, exceto no pitão da hélice, desde que você tenha uns de reserva, não precisa ser tão grosso, porque você nunca irá colocar anzol ali, então pode aguentar até ele ficar fininho. Anzol apenas na barriga, em tamanho 4/0, Decoy ou Owner. O interessante dessas iscas pequenas é que não cansam o pescador. Tive uma cliente que arrebentou da ripzinha e pegou até de 16 lb, assim como um garotinho de 11 anos que só conseguia pescar com esta isca de hélice, pegando peixes de até 14 lb. Falta eu testar com o Açu, mas devido à hélice ser igual à da Rip 5.25", acredito que terá o mesmo bom desempenho. Essa isquinha só com 1 anzol grande fica muito matadeira e quase não gira o corpo. E o peixe pode levar pra onde ele quiser, que não vai enroscar.
     

     
    Já no tamanho mais comum, que é 5.25", anzóis 5/0, ou até 6/0, pode ser Decoy ou Owner (acho que o Owner até 5/0 só, o 6/0 é meio exagerado até para iscas de quase 20 cm). Você deve testar isca por isca para achar o equilíbrio. Algumas iscas podem receber um pitão extra no corpo, outras não. Com 2 anzóis na barriga é melhor para quem gosta de puxar hélice bem rápido.
     

     

     

     
     
    ISCAS NÃO AMAZÔNICAS
     
    Agora, as iscas que usamos nas pescarias de tucunarés fora do paraíso. 
     
    Para varas de 17lb: anzóis Decoy e Owner, mas notem uma coisa muito importante. O menor Decoy é 2/0 e tem tamanho intermediário entre os Owner 1/0 e 2/0. Portanto, você deverá usar a sua sensibilidade e fazer as alterações que julgar necessárias, pois você provavelmente não tem o equipamento idêntico ao meu e nem trabalha a isca exatamente como eu. Essas diferenças naturais entre as pessoas vão provocar pequenas diferenças na preferência, mas nada que seja muito distante, a ponto de alterar o equilíbrio das iscas.
     
    2/0 da Owner ou Decoy: Bonnie 95, Giant Dog-X, Sammy 100, Aile Magnet 105, Borá 10 (contribua)
     

     
    Ideais para Owner 1/0: Saruna 110F, Fakie Dog 90, Sledge 6F, Silent Assassin 99F, Queen 90, The First 90, Firestick, Red Pepper 10cm, X-80, Dog-X Speed Slide & One Knocker,  (contribua)
     

     
    Para varas de 14 lb e 12 lb: Aqui, o VMC 7237 #1 ganha destaque, devido a ser resistente, com ótimo formato e, o que pesa mais, o fator preço. Sim, é absurdamente mais barato que os já comentados até aqui. Por isso, e para nossa sorte, a maior das listas de iscas para tucunarés azuis e amarelos é justamente com esse anzol.
     
    VMC #1: T10, Bonnie 85, Realis Pencil 85, Water Moccasin, Mudscuker 80, Dog-X S ou W antiga, Wavy 85S, Saruna 95F, X-rap 08, X-80JR, Squad Minnow 80, Vision 95, Bream Pencil, Fakie Dog 70, 
    Rozante 77, MS Raptor 70, Brava 77 (contribua)
     

     

     
    Para varas de 10 lb: aqui entram as iscas específicas para pescarias de amarelinhos. Eu prefiro molinete nesta categoria. Os anzóis da Gamakatsu são bem caros, mas são finos, fortes, afiadíssimos (nunca fisgue o tucunaré com esse anzol, ele já vai se fisgar só de triscar na isca, é incrível como entra fácil no peixe) e bem leves para não alterar o nado da isca. Basicamente, uso apenas 2 tamanhos.

    O Gamakatsu 53SALT #2 em todas as iscas que eu testo e aguentam. Dog-X JR, Wavy 65S, Saruna 80F, Rozante 63, Athlete F7 "gordinha" (contribua)
     

     
     
    E o Gamakatsu #4, o menor que uso, para iscas miudinhas que o #2 fique grande: X-70, Athlete F7 "magrinha", e outras miudezas que não lembro direito, acho que são poucas nessa lista, quando falamos de tucunarés. Mas contribua se souber de algum que não falei.
     

     
    EXCEÇÃO: a Realis Pencil 65, apesar do #2 se cruzar com relativa facilidade, eu achei que fica perfeitamente equilibrada, então uso #2 mesmo com esse inconveniente. Se você não gostar, diminua o anzol.
     

     
     
    Só lembrando: este tópico sofrerá acréscimo de fotos e modelos de isca com o passar do tempo, para que sirva como livro de referências. Eu mesmo tenho centenas de iscas para postar, mas você pode me ajudar. Envie fotos que eu vou acrescentando no tópico inicial, com os devidos créditos.
     
    Espero que tenha sido útil.
     
    Forte abraço a todos e boas pescarias.
     
    IMG_6135.HEIC IMG_6134.HEIC IMG_6130.HEIC IMG_6133.HEIC
  18. Like
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Rafael Komoda em Opinião - Nova Revo Rocket 4 10:1   
    O Marcelo do programa Pesca Verdade fez um vídeo sobre ela, parece ser tão boa como as outras!
     
     
  19. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Marcel Werner em Anzóis no lugar de garatéias - como e porque.   
    Após dois anos usando anzóis single/inline nas minhas iscas, hoje cheguei a um ponto que não uso garatéias. 
     
    Apresentarei neste tópico todas as análises que fiz e os resultados que obtive, me levando a tomar esta decisão.
     
    Não pretendo aqui ser dono da verdade, já tem muitos fazendo este papel. Mantenho minha cabeça aberta, pois a mesma convicção que tenho hoje quanto a anzóis, já tive de pensar estar fazendo o certo com garatéias. Que venha uma discussão saudável.
     
    O problema original
     
    As garatéias que vêm nas iscas são projetadas, geralmente, para a pesca do bass. Tucunarés pequenos abrem com muita facilidade essas garatéias. Eficientes para o bass, as garatéias originais das iscas, para tucunaré, são inúteis.
     
    A análise errada sobre a resistência das garatéias é que os anzóis que a compõem são finos e de material fraco, errada porque desconsidera qualquer outro fator. Daí, a "solução" encontrada foi a substituição por anzóis triplos cada vez mais grossos e resistentes, ignorando todas as outras variáveis e obtendo um resultado que nunca me deixou satisfeito. Por mais reforçadas que sejam, as garatéias continuam abrindo e, poucos percebem, proporcionando fisgadas superficiais - este item é, na minha opinião, o maior vilão para suas capturas.
     
    A minha análise leva em consideração muitos fatores da pescaria, e não a resistência do anzol como fator isolado. Na prática, e em resumo, os anzóis são mais resistentes que as garatéias, a ponto de resolverem esta questão, mas vamos falar de cada item que analisei.
     
    O GAP ou abertura do anzol
     

     
    O espaço entre a haste e a ponta do anzol deve ser proporcional ao tamanho da boca do peixe. Parece simples, mas isso é ignorado pela maioria dos pescadores. Uma garatéia de tamanho #1, normalmente usada na T20, a isca mais comum na pesca do tucunaré na Amazônia, tem uma abertura tão pequena que é a mesma de um anzol utilizado na pesca de tilápias em pesqueiros, ou de pequenos peixes de praia. A desproporção é evidente. O resultado é que muitas fisgadas são superficiais, o famoso "pelo fio do bigode", que costuma resultar em fuga do peixe por rasgar aquele fiozinho.
     
    Na substituição por anzol, há um ganho de abertura que leva a fisgadas mais consistentes, com mais material da boca do peixe, que fica mais difícil de rasgar. Engana-se quem acha que 3 pontas levam a uma maior chance de trazer o peixe até o barco. Embora sejam mais chances de perfuração, os anzóis não fixam firmemente em grande parte das vezes.
     
    Para o argumento numérico, deixo a eficiência do fly, da colher e do jig como reflexão.
     
    O comprimento da ponta do anzol
     
    O tucunaré salta bastante e chacoalha a cabeça. Também chacoalha dentro d'água. Esse é um dos pontos mais fáceis de visualizar. Quanto mais comprida a ponta, mais difícil de desfazer a volta e escapar. E a comparação se torna muito clara.

    O ponto de apoio do peixe no anzol
     
    Eu não sou muito bom de física, mas quando o peixe apóia o peso dele na ponta do anzol, abre mais facilmente, enquanto que a mesma força na curva do anzol é muito mais difícil de abrir. Num anzol triplo, é frequente que duas pontas fixem no peixe, então ele fica apoiado em duas pontas e nenhuma curva. Aparentemente, é mais fácil abrir duas pontas de uma garatéia (já me aconteceu dezenas de vezes) do que abrir um anzol simples. Como eu disse, não sou expert nesse ponto, é minha observação como leigo no assunto.
     
    A espessura dos anzóis
     
    Um anzol inline pode (dependendo do modelo) ser mais grosso do que cada anzol da garatéia que substitui, e ainda assim ser mais leve. Portanto, na quantidade de material e resistência à tração, o anzol tende a ser mais forte. Não testei em laboratório, somente uso prático.
     
    Aliás, cabe lembrar que testes de laboratório frequentemente contradizem a prática, no tocante à resistência das garatéias. Os peixes não abrem tão facilmente as garatéias Owner como sugerem os testes, nem as VMC são tão indestrutíveis assim. Há diferença, mas ela é muito menor na boca do peixe do que no laboratório, além da questão do GAP.
     
    A isca na boca do peixe
     
    Este item é fundamental para mim. Quando pescamos, queremos que o peixe morda a isca. As bocas dos predadores suportam muitas injúrias, que acontecem naturalmente na alimentação do peixe, e é por isso que as perfurações não são danos tão importantes. Me incomodam as fisgadas na cara do peixe, na lateral, em qualquer lugar que não seja a boca. Já presenciei olhos sendo arrancados por garatéias, e já deixei alguns peixes cegos durante a briga. A sensação é das piores! 
     
    Com o uso de anzóis, a isca fica menos volumosa, enxarutando melhor. As fisgadas com anzóis costumam acertar no canto da boca, o famoso "canivete", não sei o motivo ou a dinâmica disso, é o que constato nas minhas observações.
     
    A remoção do anzol também é muito suave, bastando desfazer a volta no sentido da curvatura. Por serem muito fechadas, as garatéias frequentemente travam, demandando puxões mais fortes ou trancos para a remoção. Quando são duas pontas da mesma garatéia, pior ainda.
     
    O tempo de manuseio é um dos maiores fatores de estresse ao peixe. A redução desse tempo é fundamental para uma melhor sobrevivência dos animais e prática mais correta da pesca esportiva.
     
    O equilíbrio da isca
     
    Este item é bastante polêmico. O menor volume do anzol proporciona um arremesso melhor, por menor arrasto no ar. Isso vale para 100% das iscas que testei.
     
    Porém, também diminuirá o arrasto da isca na água, modificando seu nado. Embora pareça uma vantagem, não são todas as iscas que reagem bem. A GC Waka-Pen é um modelo que eu não consegui acertar com anzóis de nenhum modelo. A Fakie Dog 70 ficou perfeita e a 90 não prestou. A Saruna é uma isca que desliza muito na água, nos tamanhos 110 e 125 fica deslizando demais, a ponto de atrapalhar o nado. Para a enorme maior parte dos modelos, fica mais leve e suave de trabalhar, melhora o trabalho da isca, mas há exceções como exemplifiquei.
     
    A flutuabilidade também será alterada, porque os anzóis são mais leves. Isso é vantagem quase sempre, mas também pode haver exceções. Alguns poppers podem ficar pulando, outras iscas podem ter suas possibilidades de trabalhos diminuídas - ou aumentadas. Na minha experiência, as iscas ficaram ainda mais atrativas com o nado mais solto.
     
    As hélices tendem a girar mais. O arrasto das garatéias na água ajuda a evitar o giro do corpo da isca. Claro que a puxada fica mais leve, mas a maior desvantagem desse tipo de isca é torcer a linha. Curiosamente, meus testes ficam muito melhores com iscas de hélice de tamanhos pequenos. Mas sigo testando - renderá tópicos específicos no futuro.
     
    Desvantagens
     
    Sem dúvida, o pouco conhecimento e prática são os maiores desafios nessa transição. Estou aprendendo tudo na raça, gastando tempo e dinheiro para obter este conhecimento.
     
    Outro fator é que os anzóis são bem caros. Nas iscas pequenas, podemos usar os VMC com segurança, mas nas iscas grandes para Amazônia não dá. Tem que ser Decoy 3/0 para quase todas as iscas, pois os Owner abrem facil neste tamanho e o VMC não dá nem pro cheiro. Nas hélices, como usamos 4/0 até 6/0 dependendo do tamanho da isca, nesses tamanhos os Owner podem ser suficientes, e os Decoy continuam sendo os melhores. O modelo da Decoy mais indicado é o Jigging Single (há ainda o modelo plugging e o castin, excessivamente grossos e com formato mais aberto).
     
    Um capítulo à parte são as grandes iscas de hélice. Como o peixe não coloca a isca dentro da boca, e sim a atravessa, as fisgadas diminuem. Também não há grandes ganhos de qualidade de fisgada, porque garatéias 2/0 em diante já são suficientes para agarrar bem na boca do tucunaré. Então para iscas acima de 15 cm, pode ser uma troca desvantajosa. Eu mantenho o uso por uma questão de testes, mas ainda considero a garatéia mais eficiente neste tipo de isca - com a ressalva das fisgadas fora da boca, que considero anti-esportivas. É meu grande ponto de dúvidas.
     
    Segurança
     
    Obviamente, o anzol é muito mais seguro para nosso manuseio do que as garatéias. Contudo, uma boa fisgada em nossa carne poderá ser mais traumática, já que a penetração pode ir muito mais longe, além da maior espessura. Amassar as farpas pode ser muito interessante, eu faço isso para principiantes.
     
    Quando um pescador acerta um piloteiro, parceiro ou ele mesmo, seja no arremesso ou puxando a isca que estava enroscada, as chances de acidentes são menores.
     
    Na Amazônia, é muito comum o guia mergulhar para buscar um peixe que enroscou. É muito mais seguro fazer isso quando se usa anzóis, devido ao menor número de pontas soltas - quando há.


     
    Vantagens adicionais
     
    Cabem muito mais iscas em cada estojo. Isso pode significar um estojo a menos no barco ou na mala de viagem.
    As iscas enroscam menos umas nas outras no estojo, facilitando pegar.
    As iscas não enroscam no capim e enroscam muito menos em qualquer outro tipo de estrutura. 
    Se o peixe for pro enrosco, dificilmente acertará a única ponta solta na galhada - isso se houver ponta solta, pois geralmente a isca fica toda dentro da boca.
    As iscas se desgastam muito menos! Tenho Bonnies com uma semana de uso e não estão marcadas quanto estariam em apenas duas horas de uso com garatéias. Usando anzóis, as iscas carregarão principalmente as marcas das bocas dos peixes, ficando muito mais belas e cheias de histórias para contar. Tenho uma repulsa por iscas que ainda estão novas, mas têm aquela marca profunda de garatéia.
    Vários pontos de enrosco bem fechado que não arriscaríamos arremessar, com anzóis podem ser muito melhor explorados, sem medo da isca ficar lá e nem do peixe se prender após fisgado. Também vale para vegetações, pedras etc.
     

     
    Regra básica de substituição 
     
    Os anzóis não devem ser capazes de se cruzar. Em alguns casos raros, o equilíbrio depende de anzóis tão grandes que isso pode acontecer.
    Os anzóis devem ser os maiores e mais reforçados possíveis, desde que não atrapalhem o nado da isca.
    Os anzóis devem ser proporcionais à boca do peixe-alvo.
    Os anzóis devem ter as pontas em direções opostas em zonas limpas ou com apenas capim. Se houver mais vegetações ou nas galhadas de mangue, as duas pontas devem ficar viradas para trás. Nas iscas de hélice, eu não uso no pitão da hélice, mas se você for colocar, a ponta deverá ficar para frente, senão ela bate na hélice durante o trabalho e perde o fio em poucos minutos de trabalho. Mas esse anzol atrás é totalmente dispensável, pois é raro ele acertar o peixe e costuma quebrar a isca quando pega ali, além da própria hélice ser um empecilho para acertar bem o peixe.
    A resistência tem muito a ver com a vara utilizada, e não significa que todos os tamanhos de anzóis de uma determinada marca são bons. Farei tópicos mais específicos sobre as particularidades de cada modelo.
     

     
    Minha postura e decisões
     
    Na minha operação (lá vem jabá kkkk) eu proibi o uso de garatéias! Agora, só usaremos anzóis. Algumas turmas que vendi antes dessa regra, poderão usar garatéias, mas todos compraram alguns anzóis voluntariamente e vão testar, em respeito aos nossos princípios. Muita gratidão por isto!
     
    Nas minhas pescarias, as garatéias também foram abolidas.
     
    Espero ter ajudado. Eu também gosto de discutir os assuntos técnicos e mantenho este tópico aberto a contribuições. Um forte abraço a todos e aproveitem.
     
     
    IMG_5747.HEIC
  20. Upvote
    MatheusGirardelli deu reputação a Eder Nascimento em VILANOVA AMAZON - O ESPETACULAR CAMAIU CAMP   
    OPERAÇÃO VILANOVA AMAZON – CAMAIU CAMP 
     
    Depois de quase um ano de espera a turma se reúne novamente, e mais uma vez a operação de pesca escolhida foi a já consagrada Vilanova Amazon, do meu grande amigo, Victor Vilanova.
    Desta vez o destino era o Camaiu Camp, lugar sonhado e desejado por todos nós desde a experiência espetacular que tivemos no ano de 2018 em que por dois dias tivemos a oportunidade de pescar neste Rio quando tivemos a bordo do Angler II com a pesca focada no Rio Sucunduri. Deixo aqui o link deste relato da melhor semana de pesca da temporada do Sucunduri em 2018.
     

    Vista aérea  do Camaiu Camp
     
     
    O GRUPO
     
    Falar deste grupo ao mesmo tempo em que é fácil por sermos amigos é uma responsabilidade imensa, tenho um carinho especial por cada um deles. Por isso o que posso dizer para resumir em apenas uma única palavra é: FAMÍLIA. 
    @Evaldo Guerra - @Mozart -  @Rafael Nunes Lima -  @Igor Toniato - @Lucas Postali Furlani - Rogério Lima - Antonio Carlos Fortunato - Ederfishing

    Encontrando nas conexão em Brasília: Evaldo, Mozart, Eder, Rafael e Fortunato - Partindo de SP: Rogério e Igor.
     
    A grande maioria juntos há três anos e muitos outros virão.
    Todos nós chegamos um dia antes em Manaus  (02 de Agosto) para já ir aquecendo e aproveitando a cidade.
    Passeio no encontro das águas, aquela tradicional visita no Teatro Municipal, na Feira, no Shopping Manaura, Sucuri Pesca e claro nos restaurantes da cidade.

     
    Eu fiquei no hotel, estava passando mal demais, tinha que ficar bem para pesca.
     
    A OPERAÇÃO
     
    Pescar com a Vilanova Amazon é ter um atendimento impecável em todos os sentidos, tudo é minuciosamente bem elaborado.
    Ao chegar em Manaus nos hospedamos no Hotel Quaity, super bem localizado e com muito conforto, com café da manhã muito bem servido e com muita variedade. Esta diária já é incluída no pacote de pesca. Chegar em Manaus e não ter custos a parte com Hotel na minha opinião é um diferencial da operadora.
     
    No domingo bem cedo, logo após o café da manhã, o translado já estava nos aguardando para partir para o aeroporto.
    Ter a comodidade de embarcar de hidroavião e já pousar no local de pesca é algo impressionante, faz toda diferença e é um show a parte.

    Preparando para decolar                                                                                                                                                  Boné top - cortesia da operação
     
    Com apenas 1h30min de vôo sobre a floresta amazônica já estávamos pousando no lindíssimo Rio Camaiu.
     

    Pousando no Rio Camaiu
     
    O CAMP
     
    Que lugar mágico! Realmente a áurea deste lugar é diferente de tudo que eu já vivi, você sente de fato que esta em meio à selva. Ambiente realmente selvagem, mas com um conforto impressionante e internet via satélite wi-fi, o que nos deixa mais próximos de nossas famílias.
    Os 4 quartos super amplos, com excelentes camas e um banheiro grande, cada quarto atende uma dupla. Área social para turma se reunir comendo petiscos, tomando uma e resenhando sobre como foi o dia de pesca e um refeitório bem grande que atende perfeitamente os 8 pescadores.

    Camp
     

    Vista do Camp

    Amanhecer do Camaiu
     
     
    A equipe do Camaiu Camp conta com:
     
    1- Gerente ( Zilane mulher nota mil)
    2 - Cozinheiras ( a comida é maravilhosa);
    2- Camareiras (serviço de quarto e lavanderia nível 5 estrelas);
    1- Garçon ( Ceará, com educação e atendimento preciso);
    1 - Apoio (Chico, sempre pestativo)
    4- Super guias (Magno, Toniel, Daniel e Preto)
     

    Grupo de pescadores e parte da equipe Vilanova Amazon
     
    A PESCA
     
    Foram seis dias completos de pesca, dias de muito, muito trabalho. Isca na água o tempo todo, sem descanso, acho que todos nós nunca trabalhamos tanta isca nas nossas vidas.
    O peixe estava super, mega, power, manhoso. Com alguns dias de pesca identificamos que os peixes estavam formando ninho, preparando para colocar as ovas e alguns já no choqueiro.
    Vimos muitos peixes grandes, só pinimas gigantes. O Rio Camaiu é onde se encontra os maiores pinimas do mundo. Peixe muito forte, nutrido nas corredeiras do Rio, não se entrega fácil e dá muito trabalho para tirar da água.
    Tivemos muitas histórias de peixes perdidos na beira do barco, linhas estouradas, snaps quebrados. Não vou descrever todas aqui, mas pode acreditar que são reais, não é papo de pescador.
    Eu mesmo perdi um peixe muito grande que correu em direção ao barco muito rápido e não tive nem tempo para trabalhar o bicho, o gigante saltou tão alto que quase caiu dentro do bote.
    Assim como eu vários dos amigos passaram por algo parecido, como o peixe estava manhoso muitas vezes o peixe tocava na isca, chegava a carregar mas não sugava e simplesmente soltava a isca. Só peixe gigantesco, a se tivessem atacando com vontade!!!
    Mas como todo esforço é honrado não saímos do Camaiu sem as recompensas, muitos dos amigos foram premiados com grandes pinimas.
     
    CHEGA DE PAPO E VAMOS AOS PEIXES
     

    Igor (Seu Alevino) - 70up                                                                                                                                              Mozart (Moranguinho) - 70up

    Mozart e Guia Magno com maior peixe do primeiro dia                                                                                        Evaldo - sempre mandando bem

    Rafa e um pinima de coloração linda                                                                                                                        Eu e meus paquinhas

    Rafa e um pinima de 68.5cm que eu levantei para ele kkk                                                                   Três arremessos com a bonnie e dois pacas
     
     

    Lucas com um paca de 73cm                                                                                                                             Rogério com um 60up (Ele pegou vários acima de 60cm e perdeu muitos também)

    Evaldo um pinimão de 75,5cm                                                                                                                                                                                          Rogério e mais um acima de 60cm
     

    Lucas com mais alguns belos exemplares
     

    lgor e mais um tucuninha                                                                                                                            Evaldo antes de perder a bonnie 128 para um gigante que quebrou seu snap
     
    EU E MEUS PEQUENOS PEIXES
    Impressionante como não tive sorte com peixe grande e os que bateram não ficaram, sem contar que perdi um gigante na hora de embarcar. Fortunato também passou por isso, mas pelo menos ele dominou as cacharas como verão mais abaixo.
     

     
    FESTIVAL DE CACHARAS
     
    Impressionante como tem cacharas no Rio Camaiu, se tirar uma tarde para dedicar nelas pega bastante. Com apenas uma tarde Fortunas pegou 12 e Moranguinho que estava pescando com ele pegou umas 8. 
    Rafael parou 15 minutos e pegou 2 eu com coisa de 15 minutos também peguei um Jundia e um Barbado.
    Rogério e Evaldo também parou pouco tempo e pegaram algumas, inclusive fizeram duble.

    AS PAISAGENS DO CAMAIU
     

     
     
    MAIS ALGUNS MOMENTOS DURANTE A PESCARIA
     

    Logo na chegada no Camaiu Alevino rola no chão com chachorro (Ele é violento! kkk) e ainda faz jus ao apelido.                                                                                      Como eu disse : Ele é violento! kkkkkk
     

    Sashimi de piranha?  Só arremessar uma meia água em frente ao Camp.
     

    Caldo de piranha? Teve também.
     

    Pescaria em alto nível.

    Magnata e Toniel, guias extremamente qualificados. Preto e Daniel também são espetaculares. 

    Amigos que a pesca  me deu, todo o grupo é minha família. 

    Camisa que projetei junto a Presa Viva, ficou top demais.
     
    O GRANDE TROFÉU DA PESCARIA E DA TEMPORADA ATÉ O MOMENTO
     
    Rafael garantiu o maior pinima da temporada com quase 80cm e beirando aos 8kg. Com muita persistência, técnica e maturidade ele acertou esta placa de tucunaré que merece uma foto em destaque.
    Parabéns meu amigo, fiquei feliz demais por você.

     
     
     
    MOMENTO DA PARTIDA
     

    Alevino é violento mesmo, até na hora de ir embora me abre uma saidera, kkkkk.

    Deixando a nossa marca no Camp.
     
     
    AGRADECIMENTOS
     
    Em primeiro lugar agradeço a Deus pelo privilégio de desfrutar deste lugar e por amigos tão preciosos. Agradeço a minha amada família.
    Não poderia deixar de agradecer a cada amigo que esteve comigo nesta jornada e em especial ao amigo Victor Vilanova por toda sua dedicação em nos entregar o melhor.
     
    Claro que agradeço também aos que leram até aqui com paciência este meu relato.
     
    ANO QUE VEM TEREMOS MAIS UMA JORNADA, SE PINTAR ALGUNS INTERESSADOS EM AUMENTAR A FAMÍLIA SERÁ BEM VINDO.
     
    MAIS ALGUMAS FOTOS DESGARRADAS 
     
     
     









  21. Upvote
    MatheusGirardelli recebeu reputação de Marcelo Terra em NOVA LIGER   
    Conforme já postado no instagram da Marine Sports (@marinesportsfishing), é possível ver duas coisas: o pinhão será apoiado por rolamento e haverá freio centrífugo!
    Segue as fotos em anexo.
     


×
×
  • Criar Novo...